Redação Pragmatismo
Compartilhar
Barbárie 15/May/2015 às 11:31
22
Comentários

Abandonados em alto-mar, imigrantes bebem urina para sobreviver

Imigrantes abandonados em alto-mar na Ásia bebem urina para sobreviver. Os imigrantes são da minoria muçulmana perseguida em Mianmar. Corpos de dez pessoas que morreram na embarcação foram lançados no oceano

imigrantes imigração tailândia ásia
Imigrantes esperam por ajuda em águas tailandesas (AFP)

Cerca de 350 imigrantes da minoria muçulmana de rohingya, que é perseguida em Mianmar e vem tendo sua entrada negada na Tailândia, estão há uma semana em um barco abandonado no mar de Andaman.

Até esta quinta-feira (14), quando helicópteros tailandeses jogaram suprimentos perto da embarcação, os migrantes estavam sem água e comida, com alguns tendo recorrido à própria urina para ter o que beber.

Os corpos de dez pessoas que morreram na embarcação foram lançados ao mar, disseram os migrantes. Os migrantes relataram que a tripulação quebrou o motor do barco antes de abandoná-los à própria sorte.

Crise migratória

A crise migratória no sudeste asiático se intensificou desde que a Tailândia tornou mais rígidas suas regras de imigração. Uma repressão regional vem assustando os contrabandistas, que se recusam a levar as pessoas para a terra e abandonam seus barcos, deixando os migrantes à deriva.

Nos últimos dias, milhares foram resgatados em alto-mar pela Indonésia e pela Malásia. Outras pessoas chegam até a costa desses países a nado.

imigrantes imigração tailândia ásia
Imigrantes Rohingya se alimentam de mantimentos atirados em alto mar por tropas tailandesas (AFP)

Isso não significa, no entanto, que esses governos estejam dispostos a receber os migrantes. A Organização Internacional de Migração acredita que 8.000 imigrantes de Bangladesh e de Mianmar estejam abandonados em alto mar na região.

Na terça (12), a Indonésia havia rebocado um barco com centenas de imigrantes para fora de suas águas territoriais,
seguindo uma decisão de um tribunal em Jacarta.

A Malásia, por sua vez, havia dito que só não rejeitaria barcos que estivessem afundando. “Não deixaremos nenhum barco estrangeiro atracar”, disse o primeiro-almirante da agência policial da Marinha da Malásia, Tan Kok Kwee.

informações de EBC, AFP e Agência Folha

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Rodrigo Postado em 15/May/2015 às 12:22

    impressionante : ninguém foge pra Cuba !! Aquela linda e formosa ilha , paraíso na Terra !! Ai esquerdistas : em vez de doar dinheiro pra pagar fiança de condenados do PT vcs deveriam ajudar os refugiados oprimidos e esquecidos do mundo ! Afinal de contas , é por isso que vcs lutam!! Ou vcs vão colocar a culpa disso no FHC também ???

    • Salomon Postado em 15/May/2015 às 13:05

      Cara, você é doente.

    • Riaj Postado em 15/May/2015 às 13:44

      Como vc é tosco e mal informado. Gaurda pra vc o entreguista príncipe da privataria. Esse pilhador do nosso país. Todos estão a investir em Cuba: China, França, Japão, Inglaterra, EUA... esses são por acaso bolivarianos. Mandaram ir para Cuba e eles foram. Estão vendo as oportunidades. Só falta o Brasil criar coragem e se livrar dos vira-latas como vc e investir na ilha. Vá abraçar farol de alexandria, àquele que comprou a reeleição por duzentinho à cabeça. Vá chafurdar no detrito sólido da mare baixa.

    • Fonseca Postado em 15/May/2015 às 14:17

      Rodrigo, pelo mesmo raciocínio: por que ninguém vai pra Serra Leoa?! Lá é Capitalista. E pra você saber, das ilhas do Caribe, cuba foi a que mais se desenvolveu após a revolução.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 15/May/2015 às 15:10

      Comentário mais irracional do dia, tranquilamente. E a concorrência aqui é braba...

    • Candil Postado em 15/May/2015 às 20:01

      Que triste essa sua opinião!

    • Evair Postado em 15/May/2015 às 20:29

      O imbecil,com o dinheiro do PROER(bolsa banqueiro)dava para alimentar o povo Rohingya por 500 anos!!!!

    • ejedelmal Postado em 16/May/2015 às 06:59

      Para desespero das Hóstes Reaço-Côxicas, só quem foge para Cupa é o Obama e a Rainha da Inglaterra. Que desgraça!

    • Marcelo Postado em 16/May/2015 às 15:27

      Revoltante seu comentário. Estamos falando de seres humanos, abandonados, como milhares que existem nesse mundo hipócrita. Haitianos, africanos, brasileiros, chineses, etc. E vc vem com piadinha política? Para vc essas pessoas não merecem ajuda, dignidade, uma vida decente?

    • Rodrigo Postado em 17/May/2015 às 10:34

      Você é um mala Rodrigo. Para atravessar o oceano e chegar à Cuba em um barquinho seria bem complicado seu pilantra, eles morreriam antes de chegar. E se chegassem certamente os deixariam atracar, pois lá não são capitalistas extremos.

    • Roberto Pedroso Postado em 18/May/2015 às 00:16

      E porque os apedeutas de marca maior entusiastas do pensamento neo liberal ao invés de mandarem as pessoas para Cuba não começam a se mobilizar exigindo o fim da legislação restritiva que impõe um embargo criminoso contra Cuba(condenado por cerca de 23 vezes pela ONU, salvo engano) imposto pelos Estados Unidos talvez assim começaria a se principiar um processo de abertura ao livre mercado e integração e inserção de fato da ilha na economia mundial e consequentemente a vida dos cubanos melhoraria e não teriam motivos(provavelmente )para tentarem se evadir de seu pais! em tempo a Bienal de Veneza abre seus trabalhos tendo como um dos principais temas das obras expostas a crise migratória que também afeta a Europa,só para lembrar morreram nas ultimas semanas, no mar mediterrâneo tentando chegar à Europa, mais de 1.700 pessoas (mais que o triplo de mortos no naufrágio do Titanic),mas estas mortes parecem não despertar muito interesse da opinião publica,mas uma coisa é certa este tema não deve ser tratado com o simplismo tipico dos idiotas e muito menos ser ignorado pela opinião publica com está ocorrendo pelo fato dos mortos em questão serem cidadãos oriundos de países em "desenvolvimento".

      • Robeto Pedroso Postado em 18/May/2015 às 11:41

        errata : ...COMO está ocorrendo pelo fato dos mortos em questão serem cidadãos oriundos de países em "desenvolvimento".

    • Ramon Postado em 19/May/2015 às 11:45

      Típico "Hater" de internet, Analfabeto político e sem nenhum pingo de empatia ou consciência social. Seu comentário só mostra o quanto você está preocupado com o seu próprio traseiro. Desejo que algum dia você cresça, e que essa mentalidade pequena e escrota fique no passado.

  2. Dinio Postado em 15/May/2015 às 13:58

    Este é o modus operandis da elite coxinha mundial. Matar o maior número possível de pobres, mundo a fora, por fome, doença, vírus, diabetes, fumo, drogas pesadas, álcool, tiro de drones , transgênicos, glifosato, anabolisantes, assalto aos países, afogados, e açúcar...muito açúcar...e gracha...muita gracha...e daqui a pouco umas ogivas nucleares cirúrgicas, só em pobre netc...só assim sobra mais uns trocados pros "pobres coitados" comprarem uma merda de quadro do Picasso por 150 MILHÕES DE DÓLARES...ALELUIA ...ALELUIA...VIVA O PIG MUNDIAL!

  3. Eduardo Postado em 15/May/2015 às 14:27

    Rodrigo. Você deve ser doente. Só pode. Você já, apenas por curiosidade, experimentou ver a distância da Tailândia a Cuba? Dá uma olhada no mapa Mundi. E outra. Exatamente como o Dinio disse. O negócio da classe "mérdia" brasileira é o Genocídio deliberado. Tudo em prol das soberanias, não é isso!? Acredita que existem brasileiros que estão vangloriando a Indonésia: lá se mata ladrão!! Meu Deus. Onde isso vai dar? Mas já sei. Antes de morrer tudo fica certo. Pedimos perdão a Deus e entramos diretamente no reino dos céus. Não adianta estudar nas melhores Universidades. Isso, cidadania e direitos humanos, é lição de berço. De sangue. De luta. Passado desde a infância ainda na formação do caráter da criança. Se não fizer... ixi.. aí já era. Vira um Rodrigo da vida. Reclamão que não faz nada para mudar a situação.

  4. Eduardo Ribeiro Postado em 15/May/2015 às 15:09

    É a vida humana sendo tratada como nada. Que mundo é esse.

  5. Denisbaldo Postado em 15/May/2015 às 22:09

    Uma matéria sobre a miséria humana em uma de suas formas mais cruéis e tem gente que ainda se preocupa com Cuba. É osso viu!

    • Salomon Postado em 16/May/2015 às 17:34

      Denisbaldo, como dizia Nelson Rodrigues, algumas décadas atrás: “Os idiotas perderam a modéstia.” frase atualíssima.

      • Rodrigo Postado em 17/May/2015 às 10:37

        Hahaha, esta foi muito boa Salomon!!! Este Rodrigo que entrou depois de mim e é um reaça que as vezes se disfarça de bom mocinho é um grande IDIOTA! Sempre baseando-se nas asneiras que leu na mídia convencional e idiotizante.

    • Denisbaldo Postado em 16/May/2015 às 22:42

      Triste, mas a pura verdade.

  6. Luiz Souza Postado em 19/May/2015 às 05:50

    E a Europa, essa porca velha, querendo autorização para alvejar imigrantes sob o pretexto furado de que estão combatendo traficantes de pessoas e o Jack Sparrow. A questão é que eles já alvejam imigrantes com artilharia de guerra há anos (tem vídeo no YouTube e tudo). Alvejado deveria ser quem financia o rapto de bebês e a prostituição infantil em países como o nosso.

  7. edna Postado em 20/May/2015 às 11:46

    Triste ....miséria... Tudo que o diabo gosta...