Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 17/Apr/2015 às 11:41
12
Comentários

Vai ter amamentação em público, sim!

Projeto de lei prevê multa para estabelecimentos que causarem constrangimento a mães amamentando em público

amamentação mulher bebê público saúde vida

Um projeto de lei que prevê multa para o estabelecimento que proibir ou constranger uma mãe durante amamentação foi aprovado em segunda votação na Câmara de São Paulo.

A multa prevista é de R$ 500,00 (quinhentos reais) e, em caso de reincidência a multa terá o valor dobrado. Agora a propositura segue para sanção do prefeito Fernando Haddad (PT).

O projeto é de autoria dos vereadores Aurélio Nomura (PSDB), Edir Sales (PSD) e Patrícia Bezerra (PSDB) e teve origem a partir da notícia de um “mamaço” realizado no Sesc Belenzinho em 17 de novembro de 2013, após a turismóloga Geovanna Cleres, de 35 anos, ter sido proibida de amamentar em público no local dias antes.

Leia também:

Mãe é obrigada a se cobrir com um guardanapo para amamentar em hotel
Facebook libera foto de mulher amamentando que havia sido deletada

De acordo com o projeto, ambientes públicos e privados poderão ser multados e, no texto, é citada a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do Ministério da Saúde de que a amamentação deve ser feita quando o bebê quiser e que o aleitamento materno deve ser feito exclusivamente até os seis meses de vida do bebê e como complemento a outros alimentos até os dois anos de vida ou mais.

Em nota publicada, a vereadora Patrícia Bezerra destacou que a medida é uma forma de garantir a saúde das crianças:

O aleitamento materno é fundamental para o desenvolvimento saudável de uma criança. Crianças que não são amamentadas dessa forma podem apresentar deficiências nutricionais e de crescimento.”

Já vereador Nomura acrescenta:

A amamentação é um ato livre entre mãe e filho. Desde a década de 1980 o Brasil tem incluído a promoção e apoio ao aleitamento materno em sua agenda de prioridades em saúde. Proibir ou constranger o ato de amamentar deve ser passível de multa.”

ATUALIZAÇÃO: O prefeito Fernando Haddad sancionou a lei que prevê multa para o estabelecimento que proibir ou constranger uma mãe durante amamentação.

Andréa Martinelli, Brasil Post

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. poliana Postado em 17/Apr/2015 às 11:59

    a lei mal foi sancionada e ontem mesmo num programa da gazeta, no final da tarde, a apresentadora e seus dois convidados estavam falando mal dela, dizendo q era uma lei desnecessária, q a amamentação é algo natural e q n precisa de uma lei pra ampará-la. q casos como os q a ensejaram são raríssimos,1 ou 2, no máximo. e antes estavam tacando o pau nas ciclo faixas. resumindo, desceram a madeira no mandato de haddad, e um do convidados, no meio da conversa, disse q gostava muito do geraldo alckimin e o achava extremamente íntegro e racional. lindo né?????

    • Thiago Teixeira Postado em 17/Apr/2015 às 12:33

      Essa mídia dá nojo Poli. E paulistano é um povo escroto sim, as pessoas para amamentar precisam colocar uma toalha nos seios e na cara da criança, as mães ficam preocupadas em não constranger os coxinhas, pois coxinha é assim, eles querem um mundinho bonitinho, cheiroso e só com pessoas saradas e fascistas ao seu redor. Precisa de lei SIM.

      • poliana Postado em 17/Apr/2015 às 13:23

        thiago, a opinião do querido jose ferreira aí em baixo só corrobora o seu pensamento.

  2. José Ferreira Postado em 17/Apr/2015 às 13:05

    Esse povo não tem mais o que fazer, pois existem necessidades mais urgentes em nossa cidade. O ato de amamentação é um ato íntimo de amor (no sentido familiar) entre a mãe e o filho, por isso não pode ser feito em qualquer lugar por aí.

    • Pereira Postado em 17/Apr/2015 às 13:19

      Desculpa José ferreira, mas vou discordar de você. Veja bem, desde que sou criança, e ja faz tempo isso, vejo mães amamentando em público sem o menos constrangimento. Isso é um ato fraterno, que incentiva o resguardo da instituição família, tão necessária para que a sociedade seja menos violenta e mais pacífica. O problema é que esses esquerdistas pegam tudo para causar conflitos na sociedade. Houve apenas um minguado caso de constragimento e eles já fazem disso uma guerra. Daqui a pouco eles levantam uma bandeira polítca para isso fazendo as pessoas brigarem com mais uma polêmica sem sentido, bem como fazendo supostos números da violência contra quem amamenta em público. É isso que eles querem na real com esse tipo de polêmica.

      • José Ferreira Postado em 17/Apr/2015 às 13:23

        Embora não concorde com você, posso dizer que esse argumento é válido.

    • Pereira Postado em 17/Apr/2015 às 13:33

      "desde que sou" .... desde que era criança, queria eu ser ainda criança.

    • neto Postado em 20/Apr/2015 às 21:44

      José Ferreira...ato de amor tem lugar certo ou o amor pode se dar em qualquer lugar, público ou privado?

      • Pereira Postado em 23/Apr/2015 às 12:47

        Eu amo minha esposa, talvez eu faça sexo com ela na frente do shoping. Ou lasque um chupão desuntupidor de pia dentro de uma igreja ou na frente de uma creche.

  3. Pereira Postado em 17/Apr/2015 às 17:25

    Não há problema nenhum, houve um miserável caso de constragimento registrado e os esquerdistas já transformam isso em motivo para guerra. Quando eu era criança em 1980 eu via direto mães amamentando sem problema algum.

    • poliana Postado em 17/Apr/2015 às 19:07

      1 único caso nada pereira. isso é polêmica no mundo inteiro! até o papa francisco já fez um discurso defendendo a amamentação em público. n seja cínico. até parece q é um caso isolado. toda vez q uma mulher aparece amamentando em público neguinho berra...até o pp já postou aki alguns casos. uma num hotel em londres, outra universitária americana q na formatura postou uma foto nas redes amamentando o filho e foi extremamente criticada, e virou notícia no mundo todo. amamentação em público é uma polêmica mundial, e vc sabe disso. n minimize dizendo q é um caso isolado, pelo amor. até o papa se manifestou a respeito...a gisele bundchen tb aderiu a essa campanha..várias famosas brasileiras tb. qta má fé de sua parte em dizer q é um caso isolado..

  4. eu daqui Postado em 20/Apr/2015 às 10:00

    Vai ver os despeitados ficam com inveja de quem tem peito........