Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direitos Humanos 02/Apr/2015 às 11:37
101
Comentários

Rachel Sheherazade lista 10 razões para reduzir a maioridade penal no Brasil

Rachel Sheherazade lista razões para justificar a redução da maioridade penal no Brasil. Ao contrário do que fez a apresentadora, é necessário qualificar o debate sobre a questão, oferecendo subsídios para que as pessoas bem intencionadas e realmente preocupadas com a sociedade possam compreender a gravidade e o desafio que se apresenta em relação ao tema

rachel sheherazade maioridade penal
A apresentadora do SBT e da Jovem Pan, Rachel Sheherazade (divulgação)

por Douglas Belchior, em Negro Belchior

“Os opositores da redução da maioridade penal alegam que a medida não deverá acabar com a violência. Mas, esse não é o objetivo da proposta. Violência não é causa. É consequência. E leis não servem para evitar crimes, mas para puni-los. Simples assim.”

Assim termina o texto da jornalista Rachel Sheherazade, em comemoração ao prosseguimento da PEC 171/93, que prevê a redução da maioridade penal de 18 para 16 anos, publicado em sua coluna no site da JopemPan-Uol. O texto é acompanhado de um áudio, em que a jornalista descreve dez motivos que justificariam a redução da maioridade penal no Brasil.

Nas últimas semanas este Blog tem publicado diversos textos, alguns deles propositadamente didáticos, tais como os das 18 razões para não reduzir a maioridade e a dos 6 mitos sobre a redução, entre outros, todos no sentido de qualificar o debate e oferecer subsídios para que as pessoas bem intencionadas e realmente preocupadas com a sociedade brasileira possam compreender a gravidade e o desafio que se apresenta em relação ao tema.

Infelizmente, como é de praxe, a grande mídia e seus personagens teimam cumprir o papel contrário, desqualificando e tratando questões complexas com a profundidade de um pires, tal como faz a nobre jornalista – sem ofensa à categoria – cotidianamente.

Desafio a Joven Pan! Desafio o SBT e todos as demais grandes redes de Rádio e TV a cumprir seu papel constitucional de empresa concessionária do direito público à transmissão, e abrir seu espaço para que movimentos de defesa dos direitos humanos e da infância e juventude possam expor também seus posicionamentos. Desafio Sheherazade para um debate público. Duvido que tenha coragem!

E o que mais dizer sobre alguém que faz uso da popularidade e do espaço público para proferir ódio, como já fez e faz Sheherazade, e promover a triste ideia de que leis existem para punir e não para garantir direitos.

Tive vontade de escrever um texto com a descrição de mortes de jovens negros e pobres, assassinados pelas polícias em todo país. Mas seria frágil, ineficaz, desrespeitoso e nada inteligente.

A permanente violência em que estamos mergulhados, e que é a mesma que serve de argumento aos que defendem a redução da maioridade, é ela em si a prova de que, num país que tem a terceira maior população carcerária do planeta e uma das polícias mais letais do mundo, a aprovação de novas leis que punem e encarceram são como um novo vidro do remédio que sempre se tomou, mas que nunca deu fim à doença.

Por fim, é com o mais fraternal sentimento de vergonha alheia que replico abaixo os dez motivos de Sheherazade, para reduzir a maioridade penal no Brasil:

1 – Liana Friedenbach, 16 anos, sequestrada, torturada, estuprada, esfaqueada e morta pelo menor Champinha, de 16 anos.

2 – Victor Deppman, 19 anos, estudante – assassinado com um tiro na cabeça na porta de casa por um menor de 17 anos.

3 – João Hélio Fernandes morto aos seis anos de idade, depois de ser arrastado pelo asfalto por 7 km e 10 intermináveis minutos. O acusado de fechar a porta do carro e deixar a criança pendurada pelo cinto de segurança foi o menor “E”.

4 – Rodrigo Silva Netto, 29 anos, músico da banda Detonautas, assassinado a tiros por um assaltante menor de idade.

5 – Yorrally Dias Ferreira, 14 anos, assassinada com um tiro na cabeça pelo ex namorado, um menor de 17 anos que filmou a vítima ensanguentada e distribuiu as imagens pela internet.

6 – Silmara da Cruz Alves, dona de casa, 31 anos, assassinada a facadas por um assaltante de 17 anos por causa de 20 reais. Ele ria enquanto narrava o crime à polícia.

7 – Celso Mazzieri, jornalista, 45 anos, enforcado pelo namorado e mais dois menores de 17 anos.

8 – Lucas Bonfim de Jesus, um bebê de um ano e meio, esfaqueado e decapitado por um menor de 17 anos, o “Neguinho da Máfia” que aproveitou a ocasião para estuprar a mãe da criança.

9- Adriana Moura Miranda , 43 anos, estrangulada pela filha menor de idade. O namorado ajudou a queimar e esconder o corpo da vítima.

10 – Cinthya Magaly de Souza, dentista, 46 anos – queimada viva por um assaltante de 17 anos porque só tinha 30 reais na conta.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Randy Postado em 02/Apr/2015 às 11:59

    Que LINDO!!! ela justifica a redução da maioridade penal usando sensacionalismo e casos de repercussão nos telejornais de presunto que se abundam na TV aberta. Sensação atrás de sensação. só isso que ela sabe fazer!! Argumentos e idéias? NADA!!!

    • Hubaxson Postado em 02/Apr/2015 às 12:42

      Faria como se o motivo da discussão são estas atrocidades.

    • Paula Postado em 02/Apr/2015 às 12:52

      Nas entrelinhas está o argumento dela, contrário de quem condena a redução da maioridade, os quais dizem que antes dos 18 anos os adolescentes não tem consciência do que estão fazendo ou cometem crimes pra poder comer/sobreviver pq o sistema não deu opção para eles...Ela quer dizer, com essas citações, que eles tem plena consciência dos crimes e os fazem porque sabem que jamais serão condenados por isso e, além disso, sabem que ainda serão protegidos pela política de coitadismo...

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 13:57

        paula, o adolescente sabe sim o q é certo ou o q é errado, mas o q se discute nessa questão, é a maturidade do indivíduo aos 16, q ainda n está "pronta". a própria CIÊNCIA fala q o indivíduo atinge o estado total de maturação aos 18 anos de idade. a gente sabe q n pode matar, q n pode roubar, mas como um indivíduo se porta diante desses riscos é o q se discute. vc acha q a maturidade q vc tem hj, aos 30 anos de idade, por exemplo, é a mesma maturidade q vc tinha aos 16?????? a discussão é essa.

    • Roseane sp Postado em 02/Apr/2015 às 13:32

      nao importa isso, será que tem qye continuar essa violência ou ainda ta pouco.......nao importa a idade e sjm essa violencia gratuita.

      • GERALDO VILLELA Postado em 06/Apr/2015 às 16:02

        Enqto o brasileiro tiver esta mentalidade tacanha que a pessoa antes dos 18 não tem capacidade de responder pelo crime que cometeu, vai continuar assim, tem que se pagar pelo que fez, qto a maturidade, pelo amor de Deus,nem vou discutir isso, estes bandidos teriam que ir pra cadeia, cumprir pena e trabalhar para seu sustento,não me venha com esta que o estado é responsável por isso, em parte sim, é culpado por não punir estes bandidos mirins que assaltam, matam, estupram e ficam rindo da nossa cara,os que defendem estes, por favor, rezem, orem muito pq se cair na mão de um bandido deste, voce vai mudar de idéia em cinco minutos,só perguntar para as vitimas destes "ADOLESCENTES, me poupe.

    • magnum Postado em 02/Apr/2015 às 14:12

      sensacionalismo. kkkkkk pergunta pra vitima assim ela esta morta né, pergunta para os familiares, meu amigo falar atras de uma tela é facil mais viver a realidade aqui fora é outra coisa, até um menor alcançar vc tomara que nunca aconteça ae jaja tu muda de opnião, sinto muito mais eles sabem que naõ podem ser tocados e muito agem motivado por isso, naõ queria que fosse assim mais 16 anos ja é o suficiente para diferenciar o certo do errado.

    • edes pacheco Postado em 03/Apr/2015 às 14:34

      RANDY, VC É UM DOS TAIS QUE PEGA SEMPRE O BONDE ANDANDO, OU OUVI DIZER.VC LEU O CABEÇALHO DESTE COMENTÁRIO.? JÁ SEI NÃO LEU E SE LEU O FEZ PELA METADE, O OBJETIVO NÃO É FUZILAR MENORES E SIM COLOCAR UM FREIO, NÓS DESMANDOS COMETIDOS POR ELES, QUE ESTÃO SENDO USADOS POR MAIORES, NO CRIME ENO TRAFICO, DINHEIRO FÁCIL, PUMIÇÃO NENHUMA, ETC...! SE VC ACHA QUE O QUE RACHEL, FALOU E DEMAIS , PEGUE ALGUNS MENORES DESTES E OS LEVE PRA CASA. OU VC É A FAVOR OU É CUMPLICE...!

    • mirtes costa Postado em 04/Apr/2015 às 00:34

      10 casos. Cadeia não conserta ninguém /reduzir a maioridade penal pesa é uma atrocidade que envergonha o Brasil.vai recair sobre o menor pobre e negro.Quem tem que ser PENALIZADO é o Governador isso o Governador que se omite em proteger os adolescentes das periferias de seu Estado . O Governo tem o dever obrigação de criar políticas públicas para nossa Juventude. O Governador foi eleito pelo povo e se Omitir é danoso para O Brasil.Sou contra a redução da maioridade NÃO vai Passar A Juventude tem Direitos Direitos Humanos. Basta das polícias estaduais assassinar Jovens Negros os índices desses homicídios são altos de mais não é 1% não/ é mais de 60% essa é outra Vergonha.

  2. Francisco Nogueira Postado em 02/Apr/2015 às 12:04

    Porque o melhor argumento da tonta é expor exceções e transformá-las em regra. O pior é que tem muita gente tonta que cai nessa também.

    • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:00

      pois é...lamentável francisco! querem mudar uma legislação por conta de 1% dos casos! os crimes hediondos representam apenas 1% dos crimes cometidos por menores infratores. mais de 60% é de furtos e algo em torno de 30%, de roubos. mas por conta de uma minoria, querem cometer essa atrocidade. o brasileiro n sabe a tragédia anunciada q estar por vir caso essa redução da maioridade realmente vá pra frente. medo viu.

      • Doug Postado em 02/Apr/2015 às 14:15

        1%?, Exceção? Minoria?? medo da redução maioridade? Vc já teve um parente, filho, marido, mãe ou esposa mortos por dinheiro ou até por nada? Morto com requintes de crueldade? Não?! Então não tem moral ou direito de julgar quem já passou por isso, lute para que a corrupção acabe e que os recursos desviados sejam investidos em educação e cultura, 12 anos deste gover no lixoé o que mudou?? os indices de criminalidade diminuiram? a educação deu um salto de qualidade? Não julgue quem pensa diferente de vc, faça sua parte. Tenha sim, medo de entrar para a estatística de quem perdeu um ente querido nestas condições e ficou com aquela sensação de impunidade, de injustiça e impotência entalada na garganta.

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:21

        doug, eu n estou julgando quem passou por isso, tampouco a dor dos familiares das vítimas. n deturpe o q eu disse! e sim, as estatísticas estão aí pra comprovar. os crimes hediondos praticados por menores infratores nesse país, representam apenas 1% dos crimes praticados por esse nicho! e vc quer tratar como regra geral, algo q representa uma minoria???!! quer colocar um menor de 16 q furtou um chocolate ou um shampoo numa loja de conveniência, com verdadeiros criminosos nos presídios comuns?! como vc acha q isso irá reduzir a violência, solucionar nossos problemas e recuperar esse menor??? esse seu discurso de ódio é a prova q o q a sociedade quer é VINGANÇA, e n a recuperação desse menor infrator!!!

      • Eduardo Ribeiro Postado em 02/Apr/2015 às 14:40

        Rapaziada quer que o Estado legisle em cima de pífias exceções, quer que o Estado legisle com o mesmo espírito rancoroso e vingativo com que eles próprios, erronea e irracionalmente, analisam a questão.

      • Antonio Palhares Postado em 03/Apr/2015 às 16:18

        Isto é um assunto muito chato e dificil.Requer muita reflexção e ponderação.Eu fui atacado por menores e sai ferido no supercilio,quase tive o olho furado.Eles diziam que não lhes aconteceriam nada. Como de fato não acontece.Realmente o Brasil hoje é o pais ocidental mais violento.Sou de esquerda,reconheço a importancia, e apoio os programas sociais. Na minha infancia não tive as oportunidades que estes adolescentes tem. Tinha que trabalhar e estudar.Hoje todo jovem no brasil tem direito ao material didático,merenda , transporte,uniformes e outras coisas que minha geração não teve.Mesmo assim minha mãe conseguiu que quatro filhos terminassem a faculdade.Ninguem roubou nem matou.Vejo com muito orgulho jovens brasileiros pobres,que estudam em escolas públicas passarem em vestibular em universidades federais.Um professor pobre do pobre Piaui,tem uma turma campeã de matemática.E quem fala nisto?Prender um jovem porque fez pequenos furtos, eu sou terminantemente contra.Ele deve prestar serviços sociais educativos para aprender que não pode.Agora crime contra a vida, assassinatos com requintes de crueldade,como os citados,tráfico de drogas, merecem sim, punição. Tambem não acredito na recuperação do Champinha e outros iguais a ele.Repito o jovem hoje tem todas as condições que este governo, que sempre ajudei eleger, para estudar e ter um bom futuro.

      • poliana Postado em 03/Apr/2015 às 16:34

        antônio, eu concordo com vc. deve haver punição sim, e severa. várias reformas podem ser feitas na legislação sem q haja necessidade de se reduzir a maioridade penal! é isso q eu falo. um menor q comete crimes hediondos, n pode de forma alguma cumprir pena junto com um outro menor q furtou um chocolate nas lojas americanas, por exemplo. isso seria um grande risco para este último. pode-se, e deve-se reformar a legislação, mas sem q haja a redução da maioridade penal.

      • Fernando Brito Postado em 02/Jul/2015 às 20:02

        Voce está errada porque se baseia em estatísticas erradas propositalmente. Simples. Os crimes cometidos por menores não entram nas estatísticas. E outra. Segundo as próprias estatísticas do IBGE 90% dos crimes não são elucidados pela polícia, logo, voce não sabe ao certo o número de menores criminosos. O problema não é jurídico. É moral. Pobres e pretos vão mais para a cadeia por causa que são maioria na população. Essa lei pegaria aqueles 4 menores classe média brancos que atearam fogo ao indígena e saíram impunes..

  3. Marcus Postado em 02/Apr/2015 às 12:05

    bom, esses casos todos que ela contou foram verdade... ela não argumentou nada, pelo que vi ela apenas relembrou 10 casos reais de pessoas reais.

    • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:02

      ...e q representam apenas 1% dos crimes hediondos cometidos pelos menores infratores no brasil, marcus!! os "argumentos" da sheerazade, ou melhor, essa lista de exemplos q ela traz, pq argumentos n existem, só demonstram q o q a sociedade realmente quer é VINGANÇA! ninguém está preocupado com a recuperação desses jovens e sua reinserção na sociedade. é de uma hipocrisia grotesca!!!!!!!!!!!

      • Leonardo Postado em 02/Apr/2015 às 16:59

        Se um Jovem camarada desse mata alguém da minha família eu tbm não iria querer saber da recuperação e reinserção na sociedade... eu ia querer justiça e uma punição pra uma atrocidade dessas.

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 17:56

        leonardo, pros familiares das vítimas, até podemos compreender essa vontade, mas a sociedade e o estado n podem agir conforme o calor do momento, e a vontade de vingança. fazer justiça não é se vingar. somos um estado democrático de direito, n podemos retroceder aos tempos da barbárie. n é assim q se faz leis num estado democrático..pelo menos na deve ser.

      • Antonio Palhares Postado em 04/Apr/2015 às 08:51

        Mesmo que tirados temporariamente do convivio social estes jovens devem ter no reformatório educação voltada para a profissionalização. Em espaço adequado para suas faixas etárias,nunca com criminosos adultos.Segundo o grau de periculosidade de cada um e a natureza do crime cometido.Quem cometer crime hediondo,cumpre pena de crime hediondo, junto de seus iguais.

  4. Anibal Postado em 02/Apr/2015 às 12:06

    Pela primeira vez eu concordo com ela. O sistema produz criminosos através da segregação e da negação de políticas públicas essenciais, isso é fato. Mas o que fazer com os criminosos menores que estão na rua AGORA, matando pessoas com níveis absurdos de crueldade? Se prendê-los não é solução, tampouco deixá-los soltos é.

    • Rafael. Postado em 02/Apr/2015 às 12:22

      Mas do jeito que está a legislação brasileira, o menor que comete infração à lei pode ser privado de liberdade, só que em uma instituição para menores (que ainda ter que melhorar muito) e não em presídios no qual sua situação só vai piorar.

    • Stephane Postado em 02/Apr/2015 às 12:48

      Que tal cobrar a aplicação o ECA, o qual é um exemplo mundial de legislação, que se mostra muito mais eficaz do que esse nosso sistema prisional falido? É questão de lógica. Ninguém está dizendo que o adolescente deve ficar matando, roubando e estuprando ao seu bel-prazer; o que se defende aqui é que na PRÁTICA essa PEC não surtirá os efeitos desejados, quais sejam, a diminuição da criminalidade. Muito pelo contrário, o risco de esses adolescentes saírem piores de lá é muito alto, uma vez que nossas prisões são verdadeiras faculdades do crime. Devemos usar toda essa energia pra lutarmos por medidas que realmente surtam efeitos positivos na nossa sociedade, ao invés de atrasarmos mais ainda.

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:03

        perfeito stephanie. vc tirou as palavras da minha boca. nada mais a acrescentar!

      • Eduardo Ribeiro Postado em 02/Apr/2015 às 14:45

        Perfeita. O que mata é que a maioria dessas pessoas sequer deseja que a criminalidade diminua. Eles na realidade estão se lixando pra isso. O efeito desejado por eles é outro. Eles querem é analisar a questão com ódio, com rancor, eles querem meramente vingança. Se quisessem redução da criminalidade e analisassem a questão menos com o fígado e mais com a cabeça, jamais flertariam com a idéia de redução da maioridade.

    • William Santos Postado em 02/Apr/2015 às 12:57

      Ficam soltos pq o estado se recusa a recolhê-los a instituições adequadas para afastá-los do convívio social, como previsto no estatuto. Como há uma campanha contra o estatuto do menor, a sociedade não pressiona governo pelo cumprimento destas coisas. Pelo estatuto, as medidas 'punitivas' começam aos 12 anos no Brasil. Porém, na grande mídia, o estatuto é mostrado como a causa da falta de 'punição'. Eu tenho opinião de que em casos de crimes hediondos, a pena deva se estender à vida adulta. Assim, após passar pela internação e alcançar a idade adulta, o indivíduo deve ser novamente julgado, verificada sua conduta, avaliada sua recuperação e instituído um período de pena em penitenciária comum. Jamais um "perdão completo", como parece existir hoje. Mas esse papo de cadeia comum pra menor de 16 me parece uma bobagem. Medida fácil ineficiente que dá aquela falsa impressão de solução pra um problema bem mais complexo. Só pra dar uma ideia da complexidade da coisa, costuma-se dizer que nos EUA menores podem ser presos. É um fato em muitos estados realmente. Mas quantos menores estão cumprindo pena nos EUA hoje? São raros os casos de delinquência que levam garotos e garotas às cadeias. Em alguns casos, por ser raro, o estado dedica um espaço especialmente para a prisão do menor em uma penitenciária comum. Ou seja: nem compensa construir centros de detenção exclusivo para menores. Mas isso é pq lá tem cadeia para menores, ou pq as crianças norte americanas estão mais afastadas do aliciamento do crime desde o princípio? E as nossas, quais proteções do estado elas possuem? Sinceramente, eu gostaria de ver um grande debate hoje em torno de escolas de tempo integral, de altíssima qualidade e acessível a todos por todo o país, e não sobre como encarcerar indivíduos aos 16 anos.

      • Jorge Postado em 02/Apr/2015 às 13:05

        Falou tudo

    • Doug Postado em 02/Apr/2015 às 14:20

      Verdade Anibal, no mais o ECA precisa ser revisado, não esta funcionando, passa governo após governo e não vemos melhorias significativas em educação, cultura e renda, só funciona na propaganda, na teoria.

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:26

        o ECA n precisa ser revisado, ele precisa ser APLICADO NA ÍNTEGRA, RESPEITADO!!!! vc por acaso conhece o estatuto da criança e do adolescente? conhece a realidade das fundações casa pelo brasil??? se realmente conhecesse, saberia q o eca n precisa ser reformado, e sim aplicado. se isso acontecesse, certamente teríamos grandes retornos sociais na recuperação desses indivíduos. mas é mais fácil ser hipócrita e querer tapar o sol com a peneira. como se a redução da maioridade penal fosse resolver nossos problemas.

    • Wiliam Oliveira Postado em 02/Apr/2015 às 14:50

      Anibal, a sociedade precisa deixar de analisar essas questões de maneira tão superficial e utilizando tantos "lugares comuns". Não quero que deixemos de debater sobre o assunto, mas a galera "revoltadinha" acha que enfiar mais gente no falido sistema prisional brasileiro fará com que as coisas melhorem.

    • Wiliam Oliveira Postado em 02/Apr/2015 às 14:53

      O fato é que as nossas penitenciárias e cadeias, aliás, todos os membros do sistema prisional/judiciário não exercem suas funções da maneira que deviam ser feitas. Ou seja, não punem, não recuperam e não ressocializam. O Estado peca tanto na prevenção quanto na tentativa de reeducar e, para corrigir seu erro, ataca o efeito e não a causa.

    • Wiliam Oliveira Postado em 02/Apr/2015 às 14:58

      Agora, se a população quer isso, que seja feito. O efeito mais imediato será a colocação de uma praga como o Eduardo Cunha como um semideus (pois ele está pegando carona no resultado disso tudo). Daqui há 10 anos a gente pode voltar a conversar sobre os resultados da redução da maioridade penal, que certamente será aprovada pelo Congresso (que quer largar o lastro do caos político nas mãos do Poder Executivo). Aliás, eu gostaria de discutir sobre a redução da maioridade penal quando a Justiça fosse aplicada com o mesmo peso e recursos pra todos na sociedade.

  5. Patrick Postado em 02/Apr/2015 às 12:08

    É uma pena, que tenhamos uma pessoa como esta, que se diz jornalista, tendo espaço na grande mídia, para propagar argumentos bizarros como estes. No fundo, ela acaba falando a língua do povão, ou seja, estes meios de comunicação entendem bem da lei da oferta e demanda. Não informam, na verdade, desinformam para que o status quo seja mantido no país, o pobre mais pobre e o rico mais rico.

  6. Alan Postado em 02/Apr/2015 às 12:09

    No caso do Rodrigo Netto, do Detonautas, o próprio Tico Santa Cruz, vocalista da banda, se coloca contra a redução da maioridade. E essa jornalista fazendo a cabeça de milhares de pessoas... Veículos de comunicação de massa e seus representantes do senso comum...

    • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:17

      alan, o próprio pai da liana fridenbach, assassinada pelo champinha, virou vereador na cidade de sp, e hj ele é TERMINANTEMENTE CONTRA a redução da maioridade penal! aliás, toda essa historia da redução da maioridade penal começou com esse caso do champinha. aí reduz-se a maioridade penal pra 16 anos. amanhã ou depois, um menor de 14 anos comete um crime hediondo e toda essa discussão voltará atona e vão pedir a redução da maioridade pra 14 anos. até o dia q um menor de 10 tb praticar um crime hediondo e assim em diante. vamos chegar ao ponto de tempos a maioridade penal reduzida pra 5 anos????? tá vendo q isso é tapar o sol com a peneira???!!! essa redução n resolverá em nada o problema da violência. as pessoas estão cegas de tanta sede de vingança!!!!

  7. assalariado. Postado em 02/Apr/2015 às 12:11

    Peguei no site do https://www.facebook.com/ticosanta.cruz?pnref=story O assunto é: redução da maioridade penal. LUGAR DE CRIANÇA E ‪#‎PRESA‬ NA ESCOLA Sou a favor do ‪#‎aumento‬ da maioridade ‪#‎escalar‬. Isso mesmo, lugar de criança é presa na escola (das 8 as 17 h) e sendo ‪#‎torturada‬ por ‪#‎aulas‬ de ‪#‎matemática‬, ‪#‎português‬, ‪#‎ciências‬, ‪#‎música‬, ‪#‎teatro‬, ‪#‎geografia‬, ‪#‎química‬, ‪#‎física‬... ou ‪#‎tomando‬ banho de ‪#‎sol‬ enquanto fazem educação física. Quando começarem a criar ‪#‎asas‬, tranca-las na ‪#‎biblioteca‬ para aprenderem a ‪#‎lapidar‬ ‪#‎sonhos‬. Nessa ‪#‎cadeia‬ os ‪#‎professores‬ com super ‪#‎salários‬, super ‪#‎treinamento‬, super ‪#‎motivados‬ não deixaram nada, nem ninguém escapar da ‪#‎castigo‬ ‪#‎sabedoria‬. Serão tempos difíceis para ‪#‎ignorância‬. Depois de ‪#‎cumprirem‬ pena se tornaram cidadães terão ‪#‎liberdade‬ assistida... pelos ‪#‎pais‬ orgulhosos. Poeta Sérgio Vaz

    • Luís Postado em 02/Apr/2015 às 12:23

      Concordo. Precisam ir para a escola para aprender gramática e saber conjugar os verbos "matar", "estuprar', "roubar"... precisam aprender física pra poder calcular a balística de uma bala de três oitão... precisam aprender História para saber que não passam de oprimidos pelo sistema...

      • Paulo Pinheiro Postado em 02/Apr/2015 às 12:39

        O problema é que esses "anjinhos" lá na escola ameaçam diretores, espancam professores, matam colegas e fica tudo por isso mesmo porque - afinal de contas - eles são "pobres vítimas do sistema".

    • Maria das graca Postado em 02/Apr/2015 às 12:25

      Realmente essa pena mudaria a cara do Brasil

      • GERALDO VILLELA Postado em 06/Apr/2015 às 16:17

        o problema é que o brasileiro não está vendo a gravidade deste problema,estes menores já sabem que nada acontece com eles, e a tendencia é aumentar e muito o nr número de homicídios, estupros, latrocínios etc, de 1% como voces dizem, daqui a pouco se nada for feito vai chegar em torno de 90%, aguardem,e não me venham com essa de que eles não sabem o que fazer vamos parar de hipocrisia, se voces são contra, adote um e me fale depoois, tente ressocializa-lo,'BALELA"

    • Gabriela Postado em 02/Apr/2015 às 12:30

      Nossa, incrivel esse texto. É do sério vaz mesmo?

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:06

        é sim, gabriela. o pp o publicou ontem aki no site: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/04/a-poesia-de-sergio-vaz-sobre-a-reducao-da-maioridade-penal.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+PragmatismoPolitico+%28Pragmatismo+Pol%C3%ADtico%29

    • assalariado. Postado em 02/Apr/2015 às 12:52

      Paulo Pinheiro, sim, "pobres vítimas do sistema". Para entender de onde vem os anjinhos, teras primeiro que entender o antes. Isto é, para que? e para quem? está montada esta sociedade/ sistema capitalista. Já ouviu falar de causa e efeito? Abraços.

    • Germano Molardi Postado em 02/Apr/2015 às 12:55

      O poema é de Sérgio Vaz, criador da Cooperifa

  8. cristina Postado em 02/Apr/2015 às 12:16

    Então se isso não reduz violência e não resolve, que façamos campanha para pena de morte pra crimes hediondos ,serua esta a solução. Só sei que terá que haver um BASTA.

    • Vinicius Postado em 02/Apr/2015 às 21:19

      Nossa que solução inteligente ein!!!(Ironia)

  9. Guilhermo Postado em 02/Apr/2015 às 12:18

    Gente, as vezes eu não entendo porque se preocupar tanto com essa redução. Se as pessoas não cometerem crimes, não irão presas. Pelo menos essa é a regra, que, como todas, possui exceções. De qualquer forma, essa lei não está punindo os jovens de 16 anos que levam uma vida decente. Essa lei visa punir apenas os delinquentes juvenis. É indignante saber que um desses assassinos não será preso apenas por ter 16 ou 17 anos. nessa idade todos já sabemos "que não se deve roubar, não se deve estuprar nem matar" etc.

    • Filipe Ramos Postado em 02/Apr/2015 às 13:29

      Perfeito.

    • Ricardo Postado em 03/Apr/2015 às 15:52

      Tudo bem. E o guri ou guria de 15 anos que cometer um crime hediondo?! Afinal, ele/ela vai saber que, com 15 anos "nada vai acontecer"... O que está ocorrendo com tudo isso é expondo a insuficiência do paradigma racionalista liberal, mas ninguém está se dando conta... Mesmo porque sociologia, no Brasil, é visto apenas como "conversa de bar"... Lamentável!

  10. gilmar Postado em 02/Apr/2015 às 12:22

    Ela sabe o que fala! Muito fera! RACHEL PRA PRESIDENTE!

    • William Porto Postado em 02/Apr/2015 às 13:29

      Só que não...

    • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:07

      affffffffffffffffffffffffffffffffff!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Ricardo Postado em 02/Apr/2015 às 15:58

      E você não sabe o que escreve! Dãa! Muito fera! Você é um retardado mental!

    • enganado Postado em 05/Apr/2015 às 23:04

      Taí Gilmar, pode até ser que votaria nela, mas antes gostaria de vê-la de biquíni e/ou na Playboy. Depois disso decidiria meu voto, sempre pensando na ex-governadora do Alasca, Sarah Palin. Imagina aquela governadora-avião ser presidente dos EUA e já posado para a Playboy, é o caso desta energúmena posar bem a vontade! Quem sabe que o caldo é baum!

  11. Sena Postado em 02/Apr/2015 às 12:24

    O principal foco do estado seria o dever de prevenir tais atos, não pensar em punir como a redução da maioridade. Se esses jovens fazem tais coisas, é culpa do Estado que não cumpre seu papel com Estatuto da criança e do adolescente, declaração dos Direitos Humanos, viabilizando a falta de estrutura social, urbana, política e econômica. O Estado e toda a socidade é responsável por esse jovens, o qual só sabe oferecer a ostentação, o querer ter bens materias, e não oferece o caminho pra isso, a educação, o empregro digno e etc. Agora, encarcerar resolve o problema, tirar das vistas da população resolve tudo. Oh povinho de senso comum que não pensam. Admiro, eu, uma repórter com um ensiono superior com um pensamento tão simplista. Acorda Rachel!

    • lia mo Postado em 02/Apr/2015 às 13:35

      Falou tudo!

  12. Morena Postado em 02/Apr/2015 às 12:28

    Anibal, faço minhas as suas palavras. Trabalhar eles não podem porque é crime. Educar e disciplinar os pais também não podem nem falar um pouquinho mais alto porque também é crime. e na escola então? Sem palavras. Não façamos nada, vamos deixar do jeito que tá, eles livres, sem limites, sem responsabilidade, soltos na vida ao seu bel prazer.A hipocrisia é mesmo um câncer maligno.

  13. JH Corvetto Postado em 02/Apr/2015 às 12:28

    Na boa? Estes 10 argumentos causam vergonha em qual sentido? Se essa lista fosse de 10 crimes cometidos contra homossexuais, estariam todos filosofando de como o projeto de criminalizar a homofobia é fundamental, quando o babaca do Levy Fidelix deu aquela opinião escrota sobre "órgão escretor" vi um monte de representantes da esquerda dizendo que a cadeia era o certo para ele. Realmente a discussão sobre a maioridade penal deve levar em conta a base de dados e a coerência, coisa que impediria que o projeto fosse aceito, já que nada mudará em relação aos crimes cometidos e outro crime também o será: punir jovens e condená-los definitivamente ao submundo do crime, ao invés de salvá-los através de educação... mas, caramba, minimizar os motivos da Sheherazade é uma prova de insensibilidade incrível, coisa que os esquedistas gabam-se de ter acima dos coxinhas. Vocês acreditam mesmo que por terem uma base intelectual fomentada anula os questionamentos do outro lado? Acham que a fomentação contrária é absolutamente burra? Vergonha tenho dessa insensibilidade mascarada de benfeitoria. Nestes últimos tempos, aqui em São Paulo, um jovem de 17 anos matou sua mãe, esquartejou-a e fez uma festa com os amigos ao lado do corpo... isso não é passível de punição? Uma pessoa dessa idade não tem condições de responder por ato tão bárbaro? Deve!!! A avó do garoto disse que lutaria pela redução da maioridade para punir o neto que matou sua filha... os casos apresentados pela Sheherazade necessitam de punição, vocês os leram? São absurdamente cruéis, cometidos por menores que já são homens e mulheres na sociedade, menos na lei. Com 16 anos já podemos separar um psicopata da sociedade. A discussão deve ser de quais crimes entram na nova lei, e não fingir que tudo é raiva ou burrice do outro lado.

    • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:14

      jh, os casos apresentados pela sheerazade representam apenas 1% dos crimes cometidos por menores infratores!!! 1%!!!! é uma minoria!!!! e a sociedade, massa de manobra da grande mídia, se deixa levar por isso, acreditando q se trata da regra geral!!!!!!!!!!!!!!!!! vc acha correto mudar uma legislação, por conta de uma estatística MINORITÁRIA!!! uma minoria!!!?????!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! se vc ler o ECA, perceberá q é uma legislação excelente, referência mundial, e q se fosse respeitada e integralmente aplicada pelo estado, teríamos um retorno muito melhor na recuperação desses jovens. leia o eca e verá o quão eficiente é esse diploma se fosse respeitado pelo estado. agora transformar uma exceção em regra geral, e por isso mudar uma legislação q é protegida constitucionalmente, apenas pra atender o clamor social, totalmente manipulado pela mídia sensacionalista, isso sim é de uma insensibilidade absurda!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      • Guilhermo Postado em 02/Apr/2015 às 16:43

        Poliana, na sua opinião, o que você pensa sobre uma alteração parcial na legislação vigente? Me refiro a pena de prisão aos jovens de 16/17 anos que cometerem algum crime hediondo, como o citado pela Sheherazade e o cara acima. Enfim, punir o 1%. Na minha visão essa seria a solução. Crimes cometidos sem violência por esses menores não necessitaria de prisão.

      • Leonardo Postado em 02/Apr/2015 às 17:18

        Qual o problema de ser minoria? a esquerda não gosta da minoria e a defende tanto?

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 18:01

        guilhermo, olha, eu creio q algumas alterações podem ser feitas na legislação sim, sem q se diminua a maioridade penal. por exemplo: os bandidos q usam do menor pra cometer crimes, esse fato deve ser uma qualificadora da pena deles. pra esses menores q cometem crimes hediondos, penso q eles devem ser mantidos em estabelecimentos próprios pra eles, e q suas penas sejam maiores, mas q PRINCIPALMENTE, O ESTADO TRABALHE NA RECUPERAÇÃO DESSES INDIVÍDUOS, entende? podemos fazer alterações na legislação sem diminuir a maioridade penal. discutir essa questão já seria de grande valia...a sociedade pode e deve debater tal questão, mas reduzir a maioridade penal, JAMAIS! isso n resolverá os nossos problemas...as consequências serão muito piores pra sociedade.

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 18:04

        leonardo, deixe a ironia de lado. vc sabe qa discussão aki é séria.

      • Guilhermo Postado em 02/Apr/2015 às 21:13

        Entendo, Poliana. Também acho que o Estado deveria trabalhar na reabilitação desses jovens. Aqueles que cometeram pequenos delitos provavelmente se reabilitam logo. Tenho dúvidas em relação aqueles q praticaram atos de atrocidades. Nesses casos, talvez o encarceramento seja melhor solução porque tenho sérias dúvidas se é possível a ressocialização..

      • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 21:29

        encarceramento sim, guilhermo, mas em estabelecimento diferenciado. jamais com os presos comuns. dá uma lida nessa matéria aki da carta capital: http://www.cartacapital.com.br/revista/838/se-cadeia-resolvesse-4312.html com ela vc entende um pouco a gravidade dessa questão. lê, vale muito a pena.

    • Guilhermo Postado em 02/Apr/2015 às 16:43

      Concordo 10000% com você.

    • GERALDO VILLELA Postado em 06/Apr/2015 às 16:27

      Cara, você falou tudo, é isso aí. Os que são contra, tudo esquerdista que não sabem o que falam.

  14. Mila Postado em 02/Apr/2015 às 12:34

    O que eu penso: Rachel Sheherazade DITADORA, INSUPORTÁVEL, EVANGÉLICA FALSA, FARISAICA... NÃO PERCO MEU TEMPO DE TEMPO ASSISTIR ESSES JORNAIS FAJUTOS, DO TIPO QUE ELA APRESENTA.

  15. Diego Postado em 02/Apr/2015 às 12:41

    Internet virou isso, discurso beirando a infantilidade, com gancho de sentimental e muitor sensasionalismo barato para discutir coisas sérias. Sheherazade não faz ideia (ou talvez faça) do quanto envergonha o jornalismo brasileiro juntos com seus amiguinhos da Veja. E seus seguidores não sabem (talvez saibam) o quanto envergonham a espécie humana, pelo menos a que teve educação básica.

    • Eduardo Ribeiro Postado em 02/Apr/2015 às 14:33

      Você diz isso porque provavelmente não ouviu ela junto com seus amiguinhos da Radio Jovem Pan. Bicho...ali é pauleira. É pra vomitar sangue as coisas que você é obrigado a escutar ali.

  16. Marcio Postado em 02/Apr/2015 às 12:44

    Detalhe, nenhum desses menores está solto. E ela sabe disso ;)

  17. Kelly Specht Postado em 02/Apr/2015 às 12:45

    Rachel já foi rechaçada inclusive pelo conselho de jornalismo. Lixo de profissional! Representa so fatos parciais e baseados nas crenças dela, sem embasamento cientifico, sem levar em conta estatisticas reais de instituições sérias (nem me refiro as brasileiras, já que os maldosos apontam com tanto odio). No fundo,ela só deseja pós graduação na prisão para esses menores infratores sairem ainda mais experientes e ainda mais identificados com presos de crimes notórios! Vive no mundo do Mickey esta ignorante.

  18. wagner Postado em 02/Apr/2015 às 12:53

    Menor que mata e rouba e na cadeia mesmo, gostaria de saber a opinião de vocês que são contra, quando um desses menores roubar, matar, ou violentar alguém de sua família se mudariam de idéia.

  19. Márcio Ferreira Postado em 02/Apr/2015 às 12:55

    No pensamento simplista dela, se houver caso de parricídio, a lei deveria proibir que as pessoas tenham filhos...

  20. André Postado em 02/Apr/2015 às 12:57

    O maior motivo: idade não te torna um criminoso, suas atitudes e intenções sim. Defender bandido por causa da idade ainda é defender bandido, ponto. Não há o que contestar, são fatos.

  21. Rafael Postado em 02/Apr/2015 às 12:59

    Vendo esses motivos que a sheherazade cita fico lembrando daquela dona de casa confundida com uma suposta sequestradora, linchada e assassinada em público, com tudo filmado à luz dos preceitos de justiça que a jornalista apregoa. Penso eu: esse assassinato pode servir de um primeiro motivo para sheherazade responder criminamente, de forma análoga ao jeito sensacionalista como ela fez sua listinha?

  22. Bruno Volkov Postado em 02/Apr/2015 às 13:01

    Agora ela faz uma lista com os casos de todos os maiores de idade que cometeram atrocidades e nós fazemos uma comparação para ver se prender menor realmente é solução.

  23. MARIA Postado em 02/Apr/2015 às 13:01

    PREPARAR PARA A CONTAGEM REGRESSIVA DE REDUÇÃO DE PENA DA MAIORIDADE! 16 NÃO DEU CERTO! 14, NÃO! 13,NÃO! 12,11,.... E AI , VAI RESOLVER?

    • MARIA Postado em 02/Apr/2015 às 13:13

      VC NÃO Bolso Naro! VC NÃO VALE, É CAFÉ-COM LEITE!

    • poliana Postado em 02/Apr/2015 às 14:29

      que é isso, naro! n seja tão leviano...vc sabe q isso n resolve nada! a espanha e a alemanha, q reduziram a maioridade penal pra 16 anos, hj voltaram atrás pq isso n resolveu o problema da violência e da criminalidade entre os menores infratores no país. e vc realmente acredita q redução aki no brasil resolverá o problema da violência!?? dá uma lida nessa matéria, e veja como os eua trata essa questão: http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/04/a-poesia-de-sergio-vaz-sobre-a-reducao-da-maioridade-penal.html?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+PragmatismoPolitico+%28Pragmatismo+Pol%C3%ADtico%29

  24. assalariado. Postado em 02/Apr/2015 às 13:17

  25. Tiago Postado em 02/Apr/2015 às 13:57

    Os defensores da redução defendem simplesmente apenas a teoria retributiva da pena.

  26. Eduardo Ribeiro Postado em 02/Apr/2015 às 14:15

    Calada ela é uma poetisa. Quando a Musa Reaça abre a boca o chorume é certo.

  27. Vinicius Postado em 02/Apr/2015 às 15:37

    Pela mesma linha de raciocínio, ela poderia citar 10 (ou 10 milhões?) menores de idade que não tiveram condições dignas de vida durante sua menoridade e sugerir uma maior proteção do Estado, principalmente através da maior tributação sobre ricos como os seus chefes.

    • Nadia Suzanne Postado em 02/Apr/2015 às 16:20

      Tenho vergonha dessa pessoa (recuro dizer o nome). É lógico que ela não entende e maioridade penal, tem cabeça de 10 anos.

  28. Wander Postado em 02/Apr/2015 às 16:53

    Essa é uma jornalista que não acrescenta absolutamente nada. A culpa é de quem um dia deu essa liberdade à ela. As opiniões ditas por ela são ricas em ódio e ironia. Na radio JP, apêndice da revista veja, ouvi-la ao lado daquele babaca do Villa e outros idiotas é de vomitar o café recém ingerido. Quando sobra pra ela comentar alguma coisa de bate pronto, junto com sua voz irritante, vemos uma pessoa extremamente despreparada em termos de conhecimentos de ciência política, isso sem contar os "nés" em suas falas. O negócio dela é achincalhar e aparecer.

  29. doni Postado em 02/Apr/2015 às 17:42

    Têm muita gente achando que simplismente diminuindo a maioridade penal reduzirá a violência, terrível engano. É logico que esses menores sabem o que estão fazendo, são criminosos sim e não deveriam viver em sociedade,porém não será dois anos a menos na maioridade que resolverá o problema. Para começar a resolver a longo prazo, a sociedade teria que ser reestruturada onde a diminuição das desigualdades seria fundamental!!! Voltando aos menores vocês acreditam que eles deixariam de cometer crimes depois que completassem 18 anos por responderem pelo crime cometido, ou deixarão de ser criminosos com 26 anos depois de cumprirem 10 anos de cadeia.

  30. J. Vieira Postado em 02/Apr/2015 às 20:00

    Vergonha alheia mesmo! Achei que ela citaria algo inteligente pelo menos sobre possiveis impactos da lei sobre as ações dos delinquentes, mas é sperar muito de uma criatura tão ridícula. Li apenas Argumentos idiotas de uma jornalista idiota! Uma vergonha pra classe.

  31. André Anlub Postado em 02/Apr/2015 às 20:11

    A esmagadora maioria que defende a diminuição é formada por (sub)conscientes racistas que entendem essa lei como uma espécie de cota para colocar na cadeia os menores afrodescendentes.

  32. Deisi Postado em 02/Apr/2015 às 20:35

    Perfeito André! Inclusive a cristã evangélica sherazedo, usa a teoria de dois pesos e duas medidas, negro merece ser amarrado em poste, ser espancado e ter orelha cortada, por um suspeito de estrupo branco. Seu discurso hipócrita também vale para defender as contravenções do Justin Bieber, são coisas de adolescentes. Essa escória não merece respeito, causa danos a saúde, intolerância, discurso de ódio, a ponto de justificar que se faça justiça com as próprias mãos.

    • Roberto Pedroso Postado em 04/Apr/2015 às 10:48

      De fato a senhora esta corretíssima, mas esta cidadã não merece nenhum credito por suas opiniões tortas e mal estruturadas (sem embasamento teórico sério)se valendo apenas, como de costume, do apelo popular vulgar para defender sua opinião no melhor estilo "jornalismo"apelativo baseado em escandolatria e sensacionalismo esta "jornalista" se esquece de mencionar que devemos antes de tudo investir em politicas publicas de amparo e apoio a juventude desassistida que vive em condições de extremo risco social e investimento pesado em educação publica para então concomitantemente pensarmos em realizar uma mudança no ECA possibilitando que jovens que cometam crimes graves possam ficar mais do que apenas três anos detidos em instituições correcionais,do contrario qualquer medida tomada por forte comoção estimulada pelo clamor popular não resolverá os problemas, apenas dará a população "esperanças vãs" como já foi muito bem dito por um dos ministros do STF.

  33. Alexandre Labatut Postado em 02/Apr/2015 às 21:38

    Douglas, vá assistir no primeiro semestre qualquer aula no curso de Direito e você entenderá exatamente o que disse Sheherazade. Não adianta a turminha de Direitos Humanos fazer a dança da chuva. Cada ação contrária a alguma lei, deverá ser punida com uma sanção. Leis não provém direitos. Vai estudar, rapaz e pare de escrever abobrinha.

  34. Mateus Postado em 03/Apr/2015 às 00:17

    A grande maioria dos países do mundo possuem penas extremamente mais severas que o Brasil só estudarem.

  35. Murilo Postado em 03/Apr/2015 às 03:28

    A poucos dias caiu na França um avião AIRBUS A320. É algo que choca, tanta gente morrendo assim. Aqui vimos a discussão da maioridade penal, e entre os argumentos contra a redução, é que as mortes causadas por menores são menos de 1%. O que não se diz, é que esse 1% é mais ou menos o mesmo que 4 aviões iguais o da França, com 150 passageiros, de pessoas assassinadas todos os anos no Brasil por menores. Não se trata apenas do 17 casos famosos lembrados pela excelente jornalista, e sim de mais de 500 mortes que ficam totalmente impune por ano. Tratar as causas? É obvio que tem que tratar. Mas se esquecer das consequências? È claro que não, pois é preciso prevenção e combate quando o assunto é a violência que passou de 13 mil mortes no ano em 1985 para o recorde assustador e cabuloso de 56 mil em 2014

  36. Cecília Postado em 06/Apr/2015 às 07:53

    É o argumento mais fácil, por isso a maioria vai pra esse lado...

  37. Rogerio Postado em 06/Apr/2015 às 08:45

    Um menor de 18 pode não ter maturidade total, mas tem o suficiente. Sabe o que é camisinha? Sabe que arma mata? Então que seja punido.

  38. Thiago Teixeira Postado em 06/Apr/2015 às 11:44

    Observe que o argumento da direita é sempre QUEM é a pessoa que morreu. Dentista, jornalista, ou seja, alguém branco da classe média. E o agressor sempre um neguinho favelado. Não interessa, se foi o neguinho favelado já existe leis para corrigir isso, mas estas unidades de correção não punem e não socializam ninguém, e o marginal volta ao mundo do crime. Reduzir a maioridade eu até torço para que aconteça só para ver a cara desses ancoras safados se persistirem a violência.

  39. Marcos Vinícius Postado em 06/Apr/2015 às 12:09

    Nós temos todo o direito de nos indignar com a violência. Sem dúvida! Os problema não reside nisso, mas sim quando confundimos justiça com vingança que nada mais é do que um combustível para defender coisas como a redução da maioridade penal e a pena de morte (que também mostrou-se fracassada). Podem prestar atenção como os apoiadores da redução sempre apelam para o lado emocional e vingativo das pessoas, quando não levam para o lado pessoal.

  40. andre Postado em 07/Apr/2015 às 08:05

    Essa tal de maturidade em. Se até os 16 anos ainda não se tornou uma pessoa "madura". Imagino que transformação esses seres imaturos teriam de sofrer em 2 anos. O que se faz com 16 se faz com 18 da mesma forma e praticamente com a mesma conciência.