Redação Pragmatismo
Compartilhar
Preconceito social 07/Apr/2015 às 22:00
24
Comentários

O que Mano Brown pode aprender com Aécio Neves?

Mano Brown foi agredido e preso depois de ter seu carro parado numa blitz em Campo Limpo, São Paulo. A carteira e o IPVA estavam vencidos. Aécio Neves caiu num comando da Lei Seca no Leblon. Estava com a habilitação vencida e se negou a fazer bafômetro. Foi liberado e voltou para o aconchego do lar. O que o senador pode ensinar ao rapper?

mano brown aécio neves blitz
Mano Brown e Aécio Neves: em comum apenas o fato de terem sido parados em blitz (Imagem: Pragmatismo Político)

Kiko Nogueira, DCM

Mano Brown foi preso depois de ter seu carro parado numa blitz numa avenida na região de Campo Limpo, em São Paulo.

Brown teria cometido “desobediência, desacato e resistência”, segundo a PM. A carteira e o IPVA estavam vencidos desde 2012 e o carro estava no nome de sua mãe.

Seu advogado diz que ele foi “levemente agredido”. “Pediram para ele colocar as mãos sobre o capô. Ele colocou e os policiais puxaram seus braços para pôr as algemas. Ele pediu calma e eles o jogaram no chão”, afirma.

SAIBA MAIS: Eduardo Suplicy defende Mano Brown e pede ‘mais respeito aos negros’

O defensor do músico garante que há um vídeo provando os maus tratos.

Os soldados podem pedir os documentos de qualquer cidadão e a obrigação do cidadão é tê-los em dia, evidentemente.

Agora: se esse cidadão é o mesmo que escreveu “não confio na polícia, raça do caralho”, a chance de que ele terá problemas cresce exponencialmente. Ele precisava ter sido detido? As circunstâncias ainda precisam ser esclarecidas.

Mas vejamos o caso do nobre senador Aécio Neves.

Em 2011, Aécio caiu num comando da Lei Seca no Leblon. Foi de madrugada. Estava com a habilitação vencida — ele “não sabia” — e recusou-se a fazer o teste do bafômetro, considerado uma infração gravíssima (7 pontos e multa de 1 000 reais).

Os policiais, como no caso de Mano Brown, reconheceram o motorista. Só que, nesse caso, ele foi liberado e voltou para o aconchego do lar, após providenciar um estafeta sóbrio para pilotar o veículo.

Aécio, de acordo com sua assessoria, “cumprimentou a equipe policial responsável pelo profissionalismo e correção na abordagem”.

A história de Mano Brown foi matéria do Jornal Nacional, acabo de ver. A de Aécio passou batido. Claro que por descuido do pessoal, certo, mano?

Imagine, apenas imagine, se Brown tivesse tomado uma latinha de Skol.

Agora: não é verdade que, com a detenção de Mano Brown, quem entra em seu lugar nos Racionais MC’s é Aécio Neves. Ali não tem terceiro turno.

PS:. Os episódios envolvendo Mano Brown e Aécio Neves são apenas dois entre muitos que comprovam os pesos e medidas da Justiça, da Polícia e, de resto, das instituições que detêm poder no Brasil. No próprio site de compartilhamentos de vídeos Youtube é fácil encontrar registros em que pessoas brancas e ricas (ou de classe média) não recebem violenta abordagem policial quando paradas em blitz; nem mesmo quando estão embriagadas e/ou, erroneamente, debocham dos policias ou tentam agredi-los.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. enganado Postado em 07/Apr/2015 às 22:06

    Qual o nariz que está mais inchado? Dele! Tá ou não tá? Adivinhem por que? Pelo relógio são 16h 08 min. Mas a estas horas? É tudo tão estranho no BRASIL! rsrsrsrsrs .....

  2. Thiago Teixeira Postado em 07/Apr/2015 às 22:32

    Simples: Nasci branco e sou tucano.

  3. Carlos Postado em 07/Apr/2015 às 22:36

    Eu concordo pessoas brancas e ricas geralmente não atiram na polícia.

    • Eduardo Postado em 08/Apr/2015 às 00:17

      nada a ver amigo, os crimes mais crueis dos ultimos tempos foram, uma filha matando o pai e a mãe a cacetada, a esquartejadora do yoke... ambas ricas e brancas.... pelos crimes atirar na polícia seria pouco para elas....

    • Alysson Postado em 08/Apr/2015 às 10:34

      De fato, são essas pessoas as que mais preenchem nossas cadeias. Mas ao invés de julgar, te convido a pensar: na nossa sociedade, alguma coisa acontece com mais frequência em pessoas e pobres pra elas atirarem na polícia. Sugiro também pesquisar que tipo de crimes pessoas ricas e brancas costumam cometer, depois experimenta comparar os danos que cada tipo de crime causam.

    • claudia scatola Postado em 08/Apr/2015 às 10:38

      claro eles comandam a policia! são os chefões da criminalidade

    • Roberto Postado em 08/Apr/2015 às 10:50

      Mas jogam seus filhos pela janela. Matam seus pais para "aproveitar" a vida como merecem!?!?. Porque a justiça na realidade não é a do homem branco mas sim daquele que tem a inteligência suprema, diferente de todos nós, ainda muito ignorantes e as vezes imbecis.

    • Alexandre Postado em 08/Apr/2015 às 11:13

      Carlos, um simples idiota ou um troll dos mais fraquinhos?

    • Eduardo Ribeiro Postado em 08/Apr/2015 às 11:15

      Carlos foi lamentável. Mais explicitamente racista que isso é dificil.

  4. Denisbaldo Postado em 07/Apr/2015 às 22:41

    Mano Brown não tem nada a aprender com o Aécio.

  5. Luis Postado em 07/Apr/2015 às 23:19

    Mano Brown é um pobre morador de favela desassistido e sem recursos kkkk, SQN

    • Júnior Postado em 08/Apr/2015 às 10:28

      Logo vemos que você não sabe nada sobre o Brown...

  6. Wladimir T. de S. Rosa Postado em 08/Apr/2015 às 08:23

    entra pra MAÇONARIA , Mano Brown, que nada vai te acontecer ...

  7. Bruno Postado em 08/Apr/2015 às 08:57

    Racismo? Que nada. Favorecimento à eite? Que isso, magina. Brasil é um país de todos? Sim, mas claro! E quem acredita em tudo isso é lunático e desconhece a real face dos opressores difarçados de policiais (nem todos, mas boa parte são), políticos e proprietários privados? Aham.

  8. Antonio palhares Postado em 08/Apr/2015 às 09:13

    Vou refletir mais sobre o assunto. Mas, a priori. Tem gente que gosta do PSDB e da globo não gosta de povo e não gosta do país.Quem gosta de segregação fica com a globo e os Aécios da vida. Agora, a policia perdeu mais uma oportunidade de provar que todos cidadãos devem ter o mesmo tratamento.

  9. Evandro Postado em 08/Apr/2015 às 10:23

    O Brasil volta a ser dividido em tribos, distinção por raça, classe, posição, família, ideologias e outras diferenciações todas usadas para segregar...

    • Eduardo Ribeiro Postado em 08/Apr/2015 às 11:11

      Em que momento deixou de ser?

  10. poliana Postado em 08/Apr/2015 às 12:35

    "Se Aécio reage a uma abordagem policial vai preso do mesmo jeito."kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk....só rindo viu!!!!!! piada do ano!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  11. Viviane Postado em 08/Apr/2015 às 13:01

    Os Miseráveis. ‎Vítor nasceu… no Jardim das Margaridas. Erva daninha, nunca teve primavera. Cresceu sem pai, sem mãe, sem norte, sem seta. Pés no chão, nunca teve bicicleta. Já Hugo, não nasceu, estreou. Pele branquinha, nunca teve inverno. Tinha pai, tinha mãe, caderno e fada madrinha. Vítor virou ladrão, Hugo salafrário. Um roubava pro pão, o outro, pra reforçar o salário. Um usava capuz, o outro, gravata. Um roubava na luz, o outro, em noite de serenata. Um vivia de cativeiro, o outro, de negócio. Um não tinha amigo: parceiro. O outro, tinha sócio. Retrato falado, Vítor tinha a cara na notícia, enquanto Hugo fazia pose pra revista. O da pólvora apodrece penitente, o da caneta enriquece impunemente. A um, só resta virar crente, o outro, é candidato a presidente. Sérgio Vaz

  12. luciano Postado em 08/Apr/2015 às 13:37

    Todos comentários acima pra mim são hipócritas. Uns defendem Aecio outros mano Brown. Mano Brown tbm quis se prevalecer por ser famoso,teve injustiça? Teve mais quantas pessoas de comunidade foram presas e injustiçadas neste mesmo dia que mano Brown foi preso e ninguém falou nada . Porque será, se fosse vc que estivesse nesta situação sendo presa injustamente vc acha que Aecio ou mano Brown estaria ti defendendo em redes sociais?!...

  13. Marília Cardoso Postado em 08/Apr/2015 às 15:29

    Parafraseando George Orwell (Revolução dos Bichos), todos os homens são iguais, mas alguns são mais iguais que os outros... É, ... essas incoerências vem de tempos e não são exclusividade brasileira.

  14. Antonio Palhares Postado em 08/Apr/2015 às 16:45

    Sr Carlos Prado.Ele deu uma carteirada e se mandou. Ele é faz parte do "senatus populis" do PSDB. Jamais teria o tratamento do Mano Brown.

  15. Juca Postado em 08/Apr/2015 às 20:38

    O fato em questão ilustra bem a realidade brasileira com suas mazelas e equívocos. Não querer enxergar isto é que é hipocrisia. Dizer que não temos dois pesos e duas medidas, excluindo aqueles que são ou que parecem ser da periferia e poupando aqueles que são das áreas nobres, ou é burrice ou má fé. O pior é saber que os mais truculentos são os que mais afinam na hora da onça beber água.

  16. Hebert Postado em 09/Apr/2015 às 02:31

    Aí pessoal...fala sério...só uma pergunta...ou duas...ou três...ou quatro...se o policial for negro...ele vira branco por ser policial?....e...se o negro abordado fosse o Joaquim Barbosa? Sofreria as mesmas "agressões" do Mr. Brown?...então...é a cor ou a condição social?...e se for a condição social, como ficaria você nessa situação?...bem ou mal? e mais uma...você quer realmente o mesmo tratamento a todos ou é só discurso??? Na sua hora, você se diz respeitável, um cidadão de bem??? ou não precisa nem se identificar porque é branco? Você fala para o policial " e aí cara, beleza? somos brancos...somos amigos e do bem, né??!!" ...vamos parar com essa coisa de achar que negro só se fode...assim, a gente acaba potencializando...tenho amigos negros e bem sucedidos...PQP...vamos respeitar a sociedade...negra, branca, parda, amarela e quantas aparecerem...é a sobrevivência da espécie que está em jogo...abraço!