Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 01/Apr/2015 às 21:30
6
Comentários

O discurso histórico de Rubens Paiva na madrugada do golpe contra Jango

Ouça o discurso histórico e corajoso de Rubens Paiva em defesa da legalidade e convocando o povo a resistir ao golpe militar que depôs o presidente João Goulart

rubens paiva discurso
Rubens Paiva (Arquivo)

É histórico o áudio do discurso [vídeo abaixo] do deputado federal por São Paulo, Rubens Paiva – feito na madrugada do dia 2 de abril de 1964 -, convocando o povo a resistir ao golpe civil-militar do dia anterior e em defesa da legalidade do presidente João Goulart, que acabara de ser deposto.

A gravação foi transmitida ao vivo pela Rádio Nacional e mostra Rubens Paiva convocando trabalhadores, estudantes e o povo paulista a não se entregarem aos militares, que classificou como “fascistas” e “golpistas”.

A filha de Rubens, quando ouviu a gravação pela primeira vez, no ano passado, ficou emocionada. “Foi uma emoção sem par para toda a família, depois de 43 anos, ouvir a voz de Rubens Paiva. Naquele tempo, a gente não tinha condição de guardar a voz. Tudo o que temos são fotos e algumas imagens, mas sem voz”, disse Vera, emocionada.

Para ela, ouvir a voz do pai 43 anos depois fez despertar um orgulho profundo. “Orgulho profundo em ver a atitude dele de sair de São Paulo, onde morávamos, e ir até a Rádio Nacional, no Rio, para, em um ato de coragem, apoiar a legalidade”, revelou.

Ouça o discurso histórico de Rubens Paiva:

VEJA TAMBÉM: O sumiço do corpo de Rubens Paiva e um depoimento bárbaro

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 01/Apr/2015 às 22:37

    Emocionante, muito atual e contextualizado o depoimento do nobre deputado!

  2. Wander Postado em 01/Apr/2015 às 22:41

    Nesse discurso do deputado Rubens Paiva, se trocarmos os nomes dos personagens para os atuais, o script fica exatamente igual o que estamos vendo hoje. É inacreditável ainda nos depararmos com pessoas que ainda apoiem o regime militar. Desta vez essa chaga na história do Brasil não se repetirá.

  3. won taylor Postado em 02/Apr/2015 às 13:55

    Esse discurso podia ser falado hoje no congresso nacional para que essa pequena e poderosa parte da elite entenda que não dá mais para pisar, manipular e escravizar a grande maioria desse povo sofredor...

  4. Marília Cardoso Postado em 02/Apr/2015 às 15:02

    Depois desse discurso o Deputado Rubens Paiva desapareceu nos quarteis da ditadura. Acho que essa galera que clama pela volta desse regime não tem noção do que aqueles anos de chumbo. Temos que cuidar, pois há verdadeiras facções esperando uma brecha pra dar o golpe, novamente.

  5. Tony Amaro Postado em 02/Apr/2015 às 15:50

    Hoje são os coxinhas que saíram as ruas Para exigir um golpe.Que coisa feia,e sempre tem que começar em São Paulo.As paneleiras de São Paulo não sarão ouvidas,hoje temos os blogueiros que não existiam em 1964, e a imprensa golpista não é a única voz a ser ouvida.

  6. Roberto Pedroso Postado em 06/Apr/2015 às 11:29

    Marcelo Rubens Paiva foi mais uma vitima do terror instituído pela ditadura militar foi assassinado nas dependências do Doi-Codi de forma covarde,mais uma triste historia e agora eu me pergunto onde estão os cretinos celerados que defendiam o estado de exceção? pergunto onde estão os reacionários imbecilizados tão equivocados quanto mal intencionados que nos dias atuais defendem uma nova intervenção militar? será que conhecem a história dos desaparecidos políticos de nosso passado recente ?será que esses idiotas tem ideia de quantas famílias foram destruídas pela atuação violenta e covarde instituído pelo estado de exceção e seu signo da maldade?com a palavra os reacionários que costumam frequentar, inclusive este site, defendendo ideias tortas e minimizando os efeitos deletérios e torpes da ditadura covarde que se impôs em nosso pais em um passado historicamente recente.Com a palavra os reacionários.