Redação Pragmatismo
Compartilhar
Homofobia 07/Apr/2015 às 09:41
36
Comentários

Homofobia: deixemos Deus fora disso

homofobia preconceito gays lésbicas lgbt novela religião

Delmar Bertuol*, Pragmatismo Político

Eu não sei se Deus existe. Eu, particularmente, acredito na existência de um deus. Escrevo no sujeito indeterminado porque o meu deus é um tanto diferente do Deus dos cristãos. O meu deus não é tão sisudo, intolerante e vaidoso (ele nem se importa que eu escreva seu nome em minúsculo e não preciso agradecer a ele, de joelhos, a cada conquista, embora eu, confesso, volta e meia lhe requeira algo).

Mas se Deus existe mesmo, Ele deve ser um sujeito(?) por demais ocupado. Imaginem, ele tem que cuidar das bobagens que bilhões de seres humanos fazem ou estão na iminência de fazer diariamente. Sem falar nos pedidos. Sim, pois na hora do desespero, até os ateus esquecem sua não crença e solicitam audiência por meio de preces. Há também os trotes. O meu Deus do Céu é dito a cada espanto cotidiano. Aí Deus, solícito que é, presta atenção ao chamado que, na verdade, não era chamado, era uma expressão dita depois de uma piada, por exemplo. Se tá de bom humor, Deus ri junto. Do contrário, manda um acesso de tosse inexplicável ao sujeito ou uma coceira no lugar mais indiscreto. Que nunca mais fale o nome de Deus em vão. Isso atrasa a fila.

Mas pior do que usar o nome de Deus em expressões ou jurar por Deus alguma coisa (Deus não dá bola pra isso. Ele sabe que ninguém mais acredita nessa de juramento pela Divindade), é usar o nome de Deus para a legitimação de mortes e preconceitos. Ah, isso deixa Deus bravo, podem ter certeza.

Leia aqui todos os textos de Delmar Bertuol

Em nome de Deus, foram feitas e ainda ocorre um sem número de guerras (e consequentes mortes) por esse Mundão de Meu Deus (desculpe, Deus, pela expressão. Não me manda um fora de hora acesso de tosse ou uma fisgada na coxa). Deus anda muito ocupado com isso. Deus existe (partamos desse princípio), mas não obrigou ninguém a crer nele. Por isso, aliás, Deus criou a possibilidade de pensamento e seus frutos, dentre eles, o ceticismo, as reflexões e os questionamentos vários. Portanto, é claro que Deus está muito preocupado com essas guerras ditas religiosas ao redor deste Mundão de Meu… do Mundo, enfim.

Como se não bastasse as guerras, virou mania, agora, usar Deus para outro crime que não o de guerra, a homofobia. Alegam, os homofóbicos, que não é coisa de Deus homem com homem, mulher com mulher, transexualismo, bissexualismo e outras “pocasvergonhas” mais. Deus está mesmo furioso. Com os homofóbicos, não com os gays, é claro.

Deus criou os sentimentos. O amor é o principal deles. Se um homem ama em sentido carnal, digamos assim, outro homem, Deus não fica bravo. O mesmo ocorre entre as mulheres e mesmo com o bissexualismo. Amem-se todos, sem pudores, deve dizer Deus enquanto que, num momento de rara folga, assiste à novela das nove.

Deus está preocupado com os males e não com as benesses do Mundo.

Deus não é contra, acreditem, nem mesmo, a poligamia. Ele indica a, por vezes chata, monogamia por uma questão de conveniência administrativa. Agora, se a pessoa consegue gerenciar dois casamentos/relações em que todos os envolvidos estejam cientes da situação (os problemas, lembro, são, neste caso, dobrados), que seja feliz. Talvez ganhe até um reconhecimento de Honra ao Mérito no dia do Juízo Final (Deus adora quando as pessoas, suas criaturas, se superam positivamente).

Deus criou o mundo para ser povoado, além de animais, por outros seres humanos, todos felizes e se amando. Por isso, os homofóbicos dizem que uma relação homossexual é pecaminosa (Deus não gosta de pecados), pois não gera outros seres humanos, o que deixaria Deus triste. Estão errados, contudo. Em primeiro lugar, Deus não é egoísta. Ele está mais preocupado com a felicidade dos Seus filhos do que a Dele própria. Na verdade, Deus é tão humilde que fica feliz apenas sabendo-nos felizes. E depois, Deus sabe que os seres humanos criaram um excedente. No amai-vos uns aos outros e multiplique-vos, a segunda parte foi sagradamente obedecida. A primeira não.

Saiba mais: Por que o beijo gay entre Fernanda Montenegro e Nathália Timberg chocou mais?

Vamos dar uma folga a Deus. Ele não legitima esses pensamentos homofóbicos e de ódio propagados por aí. E digo mais. Ele deve estar adorando a novela das nove. As grandes Fernanda Montenegro e Nathalia Thimberg contracenando, é algo que até Deus para pra olhar. Vamos deixá-Lo descansado para assistir.

*Delmar Bertuol é escritor, membro da Academia Montenegrina de Letras, graduando em história e colaborou para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. eu daqui Postado em 07/Apr/2015 às 09:50

    Quanto mais lésbicas melhor, que sobram mais homens pro meu harém de mártires.

    • Thiago Teixeira Postado em 07/Apr/2015 às 18:54

      Concordo Mina. Todas as mulheres deveriam ser Lésbicas e trazer suas amantes para um amor a três com o marido de fachada!!!!!!

  2. Sena Postado em 07/Apr/2015 às 10:14

    Esse Deus que o redator fala não passa de ser seu próprio pensamento, suas ideias inseridas no artigo. Como ele mesmo diz no começo do artigo, é a sua concepção de "deus". Agora, se a proposta do PP é expor ideias e pensamentos dos redatores, vai escrever uma novela.

  3. Icaro Lua Postado em 07/Apr/2015 às 10:31

    " até os ateus esquecem sua não crença e solicitam audiência por meio de preces"? Precisava mesmo desse recurso? Com base em que pesquisa afirmas isso? Ateus não "solicitam audiências" divinas. Comentário infeliz.

  4. Ricardo Postado em 07/Apr/2015 às 10:33

    Maravilhoso esse texto do Delmar Bertuol!

  5. luis Postado em 07/Apr/2015 às 11:16

    Parei de ler no "O meu deus não é tão sisudo, intolerante e vaidoso". O autor, na sua megalomania, inventa um deus só dele e não entende que o deus cristão é um só, sendo que o que muda são as visões de alguns cristãos entre si. O que existem são cristãos que são intolerantes, mas você não pode falar que o Deus cristão é intolerante e esperar ser levado a sério. O "seu deus" tá precisando estudar mais...

    • Gabriel Gabo Postado em 07/Apr/2015 às 11:48

      Esperto mesmo é você que acredita em um deus que nem mesmo você sabe quem o inventou

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 12:10

        Quem me inventou fui eu, e esperto é o camelo que tem as bolas nas costas pra não levar chute no saco ahuahauahauhauahuahauah

      • eu daqui Postado em 07/Apr/2015 às 12:53

        Se vc é capaz de se inventar ou então pq precisa dessa inferioridade de atacar a crença ou a descrença do outro?

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 13:01

        O autor não acredita em nada do que ele falou, apenas está contrastando o deus dele com o deus cristão que inventou a partir dos fundamentalistas que diz combater e acaba rebatendo em todos os cristão por tabelinha. Ele está atacando aqui, não eu.

    • eu daqui Postado em 07/Apr/2015 às 12:51

      Como vc sabe que deus é um só? Vc já morreu?

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 12:59

        Eeu não morri (ainda), mas se vc ler qualquer texto hebraico, judeu, católico ou mulçumano, vai estar escrito que é um Deus só (e exatamente por isso é escrito em maiúscula). Agora, existem os deuses romanos, gregos, etc.

      • IHATEu Postado em 07/Apr/2015 às 15:27

        eu prefiro os deuses egípcios, gregos, romanos, índios, maias, nordicos, do que essa coisa louca que vcs fazem com o Deus bíblico.

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 15:40

        Eu prefiro conhecer todos e aproveitar o máximo de cada cultura, incluindo a judaica/cristã/islâmica que fez muito mais do que só perseguir os outros, como uns idiotas por aí acham. Exemplos? universidades, bibliotecas, manutenção dos clássicos gregos, arquitetura, artes plásticas, música como forma de arte (não ritual) e milhares de coisas que você usufrui hoje em dia e nem sabe da onde vieram.

    • iHATEu Postado em 07/Apr/2015 às 15:25

      Também tenho um Deus só meu, que eu não inventei. É a forma que vejo e sinto as coisas. Favor respeitar o próximo. Jesus CANSOU de mostrar isso nos relatos, mas ISSO ninguém leva a sério.

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 15:36

        O engraçado disso tudo é que nas suas cabeças sou EU que não estou respeitando os outros. Invente o Deus ou os deuses que você quiser, só não venha criticar o meu. Não invente que o Deus cristão é intolerante só por causa dos pastores que assim o são.

    • Marcia Stemmer Postado em 07/Apr/2015 às 15:38

      Deveria ter lido até o final antes de criticar. Ah! Deveria tomar aulas sobre ironia e figuras de linguagem também.

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 22:50

        Infelizmente perdi a paciência com autores medíocres e argumentos saídos de livro de auto-ajuda. Fica pra próxima...

    • Patrícia Dantas Postado em 07/Apr/2015 às 16:39

      Luis cada um tem a sua concepção de Deus, e Ok isso ocorrer. O problema é quando cada um quer impor essa concepção ao outro. O mundo é grande e diverso o suficiente para comportar todas as idéias de Deus possíveis. Aceite, dói menos.

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 22:51

        Foi exatamente isso que eu quis dizer, criatura. O que dói mais é gente que não consegue ler um texto e vem me encher o saco.

  6. wildson Postado em 07/Apr/2015 às 11:27

    Por deixar Deus fora de tudo é que o mundo vai de mal a pior. Não podemos mais deixar Deus de fora e vê a sociedade se corromper cada vez mais.

    • eu daqui Postado em 07/Apr/2015 às 12:54

      É por atribuir tudo a deus que a ralé da humanidade vai de mal a pior para a minha alegria........

      • luis Postado em 07/Apr/2015 às 13:11

        é assim que você não "precisa dessa inferioridade de atacar a crença ou a descrença do outro", eu daqui? ahuahauahuahauhauahau

  7. Monica & Gleison Postado em 07/Apr/2015 às 11:32

    Se é pecado (por causa da não multiplicação) nós héteros também não o cometemos (usando preservativos e anticoncepcionais). E se for, aqueles que julgam estão querendo ser Deuses, pois pelo que sei só cabe julgar. Ninguém é obrigado assistir, tá insatisfeito muda de canal ou desligue a TV. Aff

  8. Rodrigo Postado em 07/Apr/2015 às 11:41

    (Outro Rodrigo) Um grave erro é a generalização, sempre. Muitos, claro, invertem a criação, passando a conceber Deus à imagem e semelhança do homem, ao que tantos outros tomam por parâmetro essa inversão indevida e pela mesma passam a medir a todos os demais. Aqueles, pois, que invertem a criação e veem o Criador como sua imagem e semelhança (deliberadamente ou não), confundem sua vontade com a do Criador (chegando até a impor aquela a esta), estabelecendo exceções, convenientes ressalvas, para os dois mandamentos nos quais Jesus resumiu os 10: "Amarás o Senhor teu Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo"; deixam de amar a Deus quando distorcem suas palavras, quando estabelecem que há próximos que não devem ser amados e deixam de amar o próximo como a si mesmo, ao praticar o desamor para com outrem. Já estes, vendo essa ruidosa distorção, a interpretação conveniente, ofensiva, agressiva, acabam por tomar a parte (mesmo que grande) pelo todo, deixando de enxergar mesmo o apelo que o Papa Francisco faz em prol do não julgamento, do acolhimento e do amor. Ainda que a crítica tenha lugar, que a necessária repreensão ao desamor (falsamente em nome de Deus) seja necessária, é de bom tom não passar a fazer o mesmo que é criticado (se critico a distorção da palavra de Deus, o uso conveniente e a distorção de seus desígnios e mandamentos, não posso arvorar-me à condição de conhecedor do que Deus pensa e quer ou não, proclamando-me, de forma contraditória à crítica, como porta-voz d'Ele). Assim, se for para Deus ser deixado "de fora", que seja das interpretações distorcidas, radicais, convenientes, de quem quer que seja, cada um assumindo como seu o excesso. Se for para ser "deixado de fora", que seja quanto ao respeito ao livre-arbítrio de cada um, ao querer ou não seguí-lo. Quanto ao mais, que sempre seja deixado "de dentro" ao ser lembrado que devemos "amar ao próximo como a nós mesmos", em toda a profundidade de tal expressão, inteligentemente invertida que foi, pelo Mestre Jesus (devo saber amar a mim, conhecer a profundidade do amor, do respeito, da caridade, para, então, saber que o próximo é merecedor do mesmo). Por fim, como já alertei em momento anterior, que se tenha o cuidado de não ficar a louvar esta ou aquela novela, refletindo se, em verdade, a mesma usa a homossexualidade ou não como forma de escandalizar, de chamar a atenção para uma forma de "entretenimento" que apenas contempla toda a sorte de maldades, de alocação dos personagens negros em núcleos serviçais, intrigas profissionais, familiares, traições, violência, chantagens. Como já disse, se fosse homossexual, teria era vergonha de a orientação em questão ser assim usada em programas dos mais diversos da TV.

  9. luis carlos Postado em 07/Apr/2015 às 11:56

    homofobia ho.mo.fo.bi.a sf (der do voc comp do trunc de homossexual+gr phobós+ia1, como fr homophobie) Aversão ou rejeição a homossexual e a homossexualismo. DEUS representa tudo o que nos rodeia eles fez animais assexuados e sexuados entre os sexuados ele criou macho e fêmea para uma relação sexuada o homem quer distorcer a natureza a biologia e o que Deus criou como Deus deve ficar fora dessa e Deus não é homofobico, Deus nos deus o livre arbitrio faça da sua vida o que vc quiser e outra esta questão deus com letra minuscula e maiuscula foi criado por Roma deus com letra maiuscula representa o deus pai (zeus)aquele que tem mãe e com letra minuscula os outros deuses que eram muitos. Pense antes de chamar alguém de homofobico .

  10. Salomon Postado em 07/Apr/2015 às 12:52

    Deus existe porque o homem é racional: temos ciência e consciência; e sabemos que vamos morrer. Fora isso, cada qual, dentro da sua esfera íntima de vida privada, cultue seu próprio Deus. Ou não. Cada um precisa de um Deus para chamar de seu. O meu, por exemplo, é o de Abraão, Isaac e Jacó, o Senhor dos Exércitos.

  11. José Ferreira Postado em 07/Apr/2015 às 13:51

    As pessoas falam dos Deuses por que eles não existem e não podem se defender.

  12. Eduardo Ribeiro Postado em 07/Apr/2015 às 14:49

    """"Como se não bastasse as guerras, virou mania, agora, usar Deus para outro crime que não o de guerra, a homofobia. Alegam, os homofóbicos, que não é coisa de Deus homem com homem, mulher com mulher, transexualismo, bissexualismo e outras “pocasvergonhas” mais."""" . Tem gente que diz isso ainda? Dizem isso a sério? Tipo, não basta ser um homofóbico vagabundo, tem que ser um homofóbico vagabundo do seculo XII? Olha, eu diria "graças a Deus" eu não convivo com uma única pessoa que tenha esse tipo de pensamento.

  13. toleno franco Postado em 07/Apr/2015 às 15:19

    Delmar, desenha pra esse povo entender, por favor

  14. Marcelo Postado em 07/Apr/2015 às 15:29

    Oque é homofobia ??? é eu dizer que as pessoas façam oque queiram da suas vidas , eu repeitar o direito de escolha delas , Mas eu querer que meus filhos sejam hétero e defender a eles esse principio de casal ???? dizer que as pessoas fazem suas escolhas mas eu acredito que foi criado Homem e Mulher.

    • Thiago Teixeira Postado em 07/Apr/2015 às 19:00

      A Homofobia que está em foco em nossa sociedade é discriminar, agredir ou perseguir pessoas homossexuais. Ninguém é obrigado a gostar, aceitar ou convencer os filhos a dar a bunda. Da mesma forma que convence desde cede seus filhos a não andar com preto, a Homofobia e Racismo pode muito bem ser disfarçados. Fique tranquilo.

  15. marcelo Postado em 07/Apr/2015 às 15:36

    vivemos em um Pais que se pode falar oque quer, fazer piadas , do Presidente da republica, de padres de pastores de qualquer crença e de quem quiser , se falar que não concorda com um comportamento é crime .

  16. neto Postado em 07/Apr/2015 às 19:08

    É uma guerra inútil. Afinal, Deus julga INDIVÍDUOS e não ideologias. Usar a palavra DEUS dizendo o que ele acha ou pensa ou quer é o maior dos PECADOS, afinal, o TODOPODEROSO não precisa de interpretes, ele fala diretamente ao coração humano...aí...não tem sexo envolvido não, é AMOR o som do coração e o coração fica DENTRO de cada um...como JULGAR o outro? usando a palavra de Deus...ah vá! É PECADO falar em seu nome, afinal, em meu coração ele fala em amor e...segundo meu conceito, amo meu pai, minha mãe, meus irmãos e irmãs, amigos , sexualmente é outra coisa, diferente disto! Por isto eu sei que PREGAR contra o amor de duas pessoas é sim PREGAR "pecando" contra Deus! quem dá este direito ao outro humano? O todo-poderoso sei que NUNCA, JAMAIS pregaria contra o amor (também não o valorizaria demais, mas punir é para outros "crimes", amor não é pecado não! )...para completar...se assim fosse, como prega minha Igreja...até o uso da camisinha é pecado, sexo só para PROCRIAR ;todos são pecadores pois fornicam entre si sem pensar em PROCRIAÇÂO.

  17. José Postado em 08/Apr/2015 às 03:24

    Sou ateu, mas diferente dos conservadores, conheço sobre todos os temas que falo, inclusive religião. Se levarmos em conta a Bíblia, lá há provas que esses que se camuflam de pastores e homens de deus, são na verdade o diabo. Isso está tão claro na bíblia, que só os loucos que seguem esses bandidos não compreendem, pq não tem capacidade para interpretar o que leem. Jesus de Nazaré, que originou o personagem Jesus Cristo, pregou abertamente contra os mercenários da fé e nunca espalhou o ódio e a violência como eles fazem, quem prega o ódio e manda matar crianças e "pecadores" na bíblia, é deus, que cada hora assume uma forma, a do tirano que está no poder, do bandido que quer o poder ou do carrasco fiel ao déspota, o que comprova que deus é uma criação do homem, para espalhar o medo e manipular os fracos.

  18. Márcia Postado em 09/Apr/2015 às 19:51

    Me aproprio do seu comentário, caríssimo Toleno Franco, realmente o autor terá que desenhar.