Redação Pragmatismo
Compartilhar
Polícia Militar 30/Apr/2015 às 17:40
19
Comentários

Foto de PM do Paraná "machucado" que viralizou tinha sangue falso

Após centenas de internautas suspeitarem da veracidade da imagem, Polícia Militar do Paraná admitiu que 'sangue' em foto viral de PM em protesto é tinta. O policial, que publicou a foto desonesta com a legenda "Professor, conta outra...", se chama Umberto Scandelari

pm ferido paraná farsa imagem
Tentando se passar por vítima dos professores que participaram de manifestações no Paraná, PM publicou uma foto em que aparentava estar ferido, mas a farsa não durou muito tempo e ele apagou a imagem (Reprodução)

A Policia Militar do Paraná confirmou a suspeita de que as manchas vermelhas aparentes no rosto, mãos e braços do PM Umberto Scandelari eram tinta e não sangue, como ele quis aparentar em foto publicada no Facebook logo após o protesto de professores no Paraná. A imagem viralizou e foi compartilhada mais de 5 mil vezes em menos de 24 horas.

O produto utilizado por Umberto para simular o sangue é um componente de bombas usadas para munições menos letais, como forma de marcar pessoas que estão envolvidas em manifestações.

Imediatamente após divulgar a imagem, amigos de Scandelari questionaram como estava o seu estado de saúde e desejaram melhoras. “Mano, você tá bem?”, “Melhoras, parceiro”, “Melhoras e se cuida”.

O PM tentou se passar por vítima. “Sim, td bem, mas se os caras não invadissem nada disso teria acontecido”.

Com a declaração da Polícia Militar do estado revelando que tudo se tratava de uma farsa, o PM foi criticado e virou motivo de chacota no Facebook. A maioria dos internautas usavam piadas como “Sangrou groselha”, “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de morango”, “Estourou a caneta de correção dos profs nele” e “Professor malvado de artes, tadinho”.

“Nenhum maquiador mais preparado para dar um toque mais realista a essa tinta rosa barata?”, questionou outro internauta. “Engraçado, a farda está intacta”, alertou uma usuária. Os comentários não pararam por aí: “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de morango”.

Ao contrário de Scandelari, centenas de professores e servidores se feriram de verdade em decorrência da violência policial nesta 29 de abril. As imagens dos feridos de verdade podem ser relembradas aqui.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. David Postado em 30/Apr/2015 às 18:09

    Esse sangue surgiu depois que uma bolinha de papel atingiu o policial, kkkkkkkkk Modis operandis tucanis.

    • Gustavo Postado em 02/May/2015 às 11:49

      O Luis Fabiano do São Paulo faz melhor.

    • Thiago Lopes Postado em 02/May/2015 às 17:09

      Essa é a polícia brasileira, como sempre BURRA.

  2. poliana Postado em 30/Apr/2015 às 18:54

    vindo dessa corja, nada me assusta!! mau caráter!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Marlon Bravo Postado em 01/May/2015 às 17:42

      Tem que ser expulso junto com os agressores covardes !

  3. Paulo Rozendo Ferreira Postado em 30/Apr/2015 às 19:25

    Este governador além de meter a mão nos direitos adquiridos dos professores, ainda dá ordem a policiais desqualificados, que talves iam a escola só para gozarem com a cara dos professores, e aterrorizarem os professores para passarem de ano, tanto o governador quanto o comandante desse pelotão deveria ser julgado por arruaça e tentativa de assassinato .

  4. Eduardo Ribeiro Postado em 30/Apr/2015 às 19:51

    Tive o prazer de acompanhar em tempo real o desenrolar dessa comédia ontem a noite. O bullying foi pesadissimo e sem limites, do jeito que tem que ser mesmo.

  5. Stella Postado em 30/Apr/2015 às 20:19

    Que vergonha! Como é que alguém se presta a um papel desses? Ainda é burro por achar que alguém acreditaria nessa hahahahah

  6. Salomon Postado em 30/Apr/2015 às 22:09

    Ora, mas os coxinhas acreditam em tudo (o que passa na TV). Não conseguem pensar sozinhos, sem um "motor de arranque".

    • Laguna Postado em 01/May/2015 às 10:32

      Policia Militar = Asshole

  7. Gladstonier Serrano Postado em 01/May/2015 às 11:25

    Ele disse nos comentários que não era sangue, que foi atacado com tinta e pedras... poderiam pesquisar antes de reproduzir mentiras...

    • Salomon Postado em 01/May/2015 às 12:16

      Gladstonier, um policial da tropa de choque da polícia militar, com armadura e tudo, se dá ao trabalho de postar um vídeo para dizer que foi covardemente atacado com "tinta"? Ora, vocês coxinhas não tem um mínimo de senso crítico. Não é à toa que são considerados ingênuos, subservientes e infantis.

    • Deisi Postado em 01/May/2015 às 16:42

      Mentiras moço? E os professores também foi tinta? Oito em estado grave também é mentira? Você superou todos os limites do bom senso de um verdadeiro reaça!

    • Eduardo Ribeiro Postado em 02/May/2015 às 19:35

      Não seja burro, menino. Ele realmente disse, mas disse bem depois. Somente quando viu que a vaca tinha ido pro brejo. No início a idéia era atribuir aos professores agressividade, era afirmar que apanhou, levou pedrada, paulada e tudo mais, de professores, e que aquilo era o sangue fruto dessa violência. Para incriminar os professores, vilaniza-los e descredibilizar o movimento, e ao mesmo tempo justificando a truculência da PM que estaria apenas "se defendendo" dos maléficos professores. Deixe de ser ingênuo, garoto. Rapaziada com tanta informação ao alcance da mão, abusam demais do direito de ser burra.

  8. Deis Postado em 01/May/2015 às 16:39

    Era tinta rosa, nem vermelha o mau caráter usou, como fascista jamais usaria, seria esperar demais!

  9. Salomon Postado em 01/May/2015 às 18:59

    A Waffen-SS do Beto Hitler ainda vai colocar esses professores-petistas-baderneiros-vagabundos num campo de concentração e exterminá-los na câmara de gás. Ou passarão fome como em São Paulo. Nos Estados dos eleitores coxinhas a corrupção é o menor dos problemas. Custa caro ser analfabeto político e o preço é a dor.

  10. Bruno Postado em 01/May/2015 às 23:35

    "Não confio na polícia raça do caralho."

  11. James Postado em 03/May/2015 às 11:53

    Redação competente: “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de morango”. Os comentários não pararam por aí: “Quero a marca desse batom”, “Derrubou ki-suco de morango”.

  12. Thiago Teixeira Postado em 03/May/2015 às 18:54

    1° DE MAIO na mídia golpista foi ridícula, passei o dia em frente a TV para ver notícias das manifestações do dia do trabalho e não passaram nada, falaram só dos acontecimentos internacionais como na Grécia, Itália e Turquia. Para não passar em branco filmaram o porco do Paulinho da Força, Aécio e Eduardo Cunha na FORÇA DESSINDICAL.