Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 25/Mar/2015 às 18:51
0
Comentários

Thomas Traumann sai da Secom e pode assumir comunicação da Petrobras

Governo oficializa a saída de Thomas Traumann da Secretaria de Comunicação Social. Ministro entregou pedido à presidente Dilma, que aceitou; Traumann é um dos cotados para assumir a comunicação da Petrobras

Thomas Traumann comunicação social
Thomas Traumann, ex-ministro da Comunicação Social (Folhapress)

A Secretaria de Imprensa da Presidência da República informou nesta quarta-feira (25) que o ministro da Comunicação Social, Thomas Traumann, entregou pedido de demissão à presidente Dilma Rousseff, que aceitou.

Traumann é o terceiro ministro a deixar o cargo no segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. Além dele, saíram Cid Gomes (Educação), substituído interinamente por Luiz Cláudio Costa; e Marcelo Néri (Secretaria de Assuntos Estratégicos), substituído por Roberto Mangabeira Unger.

Minutos após a Presidência confirmar a saída de Traumann, o ex-ministro usou sua conta no microblog Twitter para postar trechos da música “Novos Rumos”, do compositor Paulinho da Viola.

“Vou imprimir novos rumos ao barco agitado que foi minha vida. Fiz minha velas ao mar, disse adeus sem chorar e estou de partida. Todos os anos vividos são portos perdidos que eu deixo para trás. Quero viver diferente, que a sorte da gente é a gente que faz”, escreveu.

A Secretaria de Comunicação Social é responsável pela interlocução do Palácio do Planalto com a imprensa, por gerenciar as estratégias de comunicação de todos os ministérios e definir a aplicação das verbas publicitárias do governo nos veículos de comunicação.

Thomas Traumann está sendo cotado para assumir a comunicação da Petrobras, sobretudo após a demissão do gerente executivo de Comunicação Institucional da empresa Wilson Santarosa, que ocupava o cargo desde o governo do ex-presidente Lula.

Na nota divulgada pelo Palácio do Planalto, a presidente Dilma Rousseff reconheceu o empenho e a dedicação de Traumann, que está cotado para a assumir a área de comunicação da Petrobras.

NOTA OFICIAL

A presidenta Dilma Rousseff aceitou hoje, 25, o pedido de demissão do ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social, Thomas Traumann.

A presidenta agradeceu a competência, dedicação e lealdade de Traumann no período como ministro e porta-voz.

Secretaria de Imprensa
Presidência da República

Agência Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários