Redação Pragmatismo
Compartilhar
Geral 06/Mar/2015 às 20:00
25
Comentários

O pedido de desculpas de Luciano Huck

Luciano Huck pede desculpas por polêmica das camisetas infantis. Acusada de incitação à pedofilia, marca do apresentador global foi notificada pelo Procon, que entendeu haver prática abusiva na comercialização do produto

luciano huck desculpas grife

Poderia ser só mais uma das inúmeras peças de roupa com mensagens polêmicas ou preconceituosas da marca Use Huck, mas a camiseta infantil com a estampa “Vem ni mim que eu tô facin” gerou tanta repercussão que a grife acabou sendo notificada pelo Procon do Rio de Janeiro nesta quinta-feira (5).

No anúncio do site, foram publicadas fotos de crianças usando a camiseta com a mensagem de claro cunho de objetificação e, nas redes sociais, a marca foi acusada de incitação à pedofilia.

Diante da infeliz campanha e sua consequente repercussão, o órgão resolveu notificar o site da grife e quer saber, exatamente, quantas peças foram vendidas, para quem e se já foi elaborada uma “contrapropaganda para apagar os efeitos negativos da publicidade ilícita no comportamento do consumidor”. Caso não preste os devidos esclarecimentos e não tome providências, a companhia pode ser multada e, o site, retirado do ar.

“Essa é uma prática abusiva prevista no artigo 37 do Código de Defesa do Consumidor, que incita a violência, se prevalece de vulnerável para obter lucro e denigre a imagem de crianças e adolescentes”, afirmou, em nota, a secretaria municipal de Defesa do Consumidor do Rio.

Huck pede desculpas

Luciano Huck utilizou o seu perfil oficial no Facebook para se desculpar publicamente e dar sua versão sobre o caso.

Na mensagem, publicada nesta sexta-feira (6), ele explica que uma “grave falha operacional da marca de camisetas que leva meu nome, uma estampa direcionada ao público adulto foi lamentável e indevidamente replicada num modelo infantil”, escreveu.

Segundo ele, seu erro foi não “ter criado mais mecanismos para zelar pelos processos e evitar que falhas desse tipo pudessem acontecer”.

Leia a íntegra do pedido de desculpas de Luciano Huck:

“Essa semana vivi uma situação que me deixou muito chateado e que me faz vir a vcs pedir desculpas. Por uma grave falha operacional da marca de camisetas que leva meu nome, uma estampa direcionada ao público adulto foi lamentável e indevidamente replicada num modelo infantil. Apesar da empresa para a qual licencio meu nome ter detectado a falha, retirado a estampa do site e também se desculpado publicamente, o fato gerou desconforto e indignação em um número razoável de pessoas entre as quais me incluo.

Mas não quero aqui me eximir de culpa. Acho que errei por não ter criado mais mecanismos para zelar pelos processos e evitar que falhas desse tipo pudessem acontecer. Poderia ficar aqui argumentando sobre o trabalho que tento fazer para fortalecer os valores em que acredito e que nada tem a ver com a mensagem equivocada que a tal falha gerou, mas prefiro pedir humildemente desculpas a quem se sentiu ofendido pelo ocorrido!

Não posso garantir que falhas humanas (de minhas equipes, parceiros e as minhas próprias) e de máquinas nunca voltarão a acontecer, mas posso sim me comprometer aqui assumindo o compromisso de que farei absolutamente tudo ao meu alcance para que erros desse tipo não se repetirão. Sei bem que meu nome e o que tento todos os dias construir de positivo em torno dele, só tem algum sentido em função da confiança que milhões de pessoas depositam em mim há vários anos.

Mais uma vez me desculpem pelo vacilo…
Abraços e beijos a todos.

Luciano”,

informações de Revista Fórum

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 06/Mar/2015 às 20:20

    Como os esquerdistas são moldados a ter ódio, eles não vão te desculpar. Eu desculpo, pois sou humano e sei que não há ninguém perfeito. Preste mais um pouco de atenção o que faz.

    • Eduardo Postado em 07/Mar/2015 às 00:17

      se colar colou....como não colou, me desculpem..... é assim que funciona.

    • Gabriel Postado em 07/Mar/2015 às 01:00

      vai perdoar os paulistas? hahahhaha, jonas fazendo discurso de aceitação, cara vc faz meus dias muito mais engraçados. O mais fofo é q vc não percebe que vc usou no mesmo comentário uma falsa aceitação, e um esteriótipo para criar rixa de uma classe que vc não gosta (esquerdistas). Paz e amor bro, que o ódio não vença.

      • magnum Postado em 08/Mar/2015 às 15:15

        kkkkkkkkkkkkkkkkkk bem observado eu pensei a mesma coisa ..

    • Thiago Lopes Postado em 07/Mar/2015 às 02:42

      Jonas, eu te desculpo por mais um comentário idiota da sua parte. Mas não faça isso novamente. Grato.

    • Silva Postado em 07/Mar/2015 às 07:50

      Onde você é humano Jonas? Deseja que os moradores de São Paulo morram de sede! Só pode ser ironia, se não for é hipocrisia ou piada pronta.

    • Stella Postado em 07/Mar/2015 às 11:21

      HAHAHAHAHAHAH Tão bonzinho esse menino.

    • Elias Montakis Postado em 08/Mar/2015 às 00:12

      Voce perdoaria o Hitler tambem, ja que errar e humano?

      • Jonas Schlesinger Postado em 09/Mar/2015 às 15:41

        Perdoaria, se ele mostrasse um pingo de arrependimento. Assim como Stalin tbm.

    • Élica Postado em 08/Mar/2015 às 22:22

      Odeio "esquerditas", então vou usá-los num comentário que não tem nd a ver!!! Tá faltando amor no seu coração amigo.

    • Ricardo Postado em 09/Mar/2015 às 17:11

      Problema: "arrependimento" é algo de foro íntimo, não há, na maioria das vezes, como controlar (significa dizer que ele pode ter publicado a nota sem acreditar em uma das palavras que escreveu; escreveu só porque era aquilo que o público esperava). Então, não é uma questão de ódio ou não, mas de responsabilizar a conduta. Em resumo: vc não SABE se ele se arrependeu ou não (e NUNCA vai saber); vc não perdoou por isso, mas por outro motivo, o qual não sei...

    • Lucas Cantino Postado em 11/Mar/2015 às 01:42

      AHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHH Jonas pra presidente , muito mais amor no Brazil

  2. Cezar Postado em 06/Mar/2015 às 20:36

    O safado é safo... armou tudo pra dar notoriedade ao lixo do site e vender mais roupas. Óh, sujeitinho mercenário e ordinário do cacete!!!!!! E não tem nada de esquerdista, não, ôh, idiota. Você que é um parasita imbecil que passa horas assistindo a essa porcaria de programação.

  3. poliana Postado em 06/Mar/2015 às 21:34

    qdo eu disse aqui q houve um erro crasso da equipe dele e o sócio da marca se desculpou publicamente e explicou o erro, o pessoal me linchou aqui..mas enfim...errar é humano minha gente. acontece...e eu seria a última pessoa a defender o luciano huck...mas......

    • Jane Postado em 08/Mar/2015 às 13:55

      Eu entendo e concordo em parte, mas não foi um simples erro, foi consequência de uma estratégia que só visa vender e não se preocupa com mais nada. Ok, é um direito dele, mas nem por isso menos passível de crítica. Não foi a primeira, nem a segunda, sequer a décima coisa absurda que esse cara e suas empresas fizeram. Vai haver esse pedido de desculpas e em breve ele estará fazendo de novo, seja uma camiseta com "somos todos macacos", uma tiração de sarro desnecessária com pessoas em seu programa, exploração da pobreza, ou vai subornar pessoas de novo pra transformar uma área pública em privada. Sinto muito, não desculpo e acho ele uma figura bastante inadequada pra estar em um veículo de concessão pública.

  4. José Antoniuk Postado em 07/Mar/2015 às 08:05

    LUCIANO BRONSTEIN ! Fazemos qualquer negócio ! Imbortante ganha dinherrinha ! Ele brecisa coitadinha de HUCK .

  5. Roberto Pedroso Postado em 07/Mar/2015 às 11:01

    Este caso é lapidar para entendermos que em nosso pais os membros das classes privilegiadas e abastadas estão muitas vezes acima dos conceitos e preceitos da lei,portanto estes representantes das classes privilegiadas detentoras de inexplicáveis prerrogativas continuam a cometer erros e falhas; Claro vamos continuar a desculpar o Playboy por cometer erros e deslizes imperdoáveis para alguém que quer ser respeitado como comunicador e principalmente que centraliza suas ações no publico jovem, vamos perdoa-lo por dirigir embriagado,por construir uma mansão em área de preservação ambiental por transformar a tragédia e desgraça alheia em meras atrações e entretenimento em seu programa popularesco que coloca sempre uma pessoa necessitada tendo que cumprir uma tarefa vexatória para conseguir algo(como a reforma de sua casa),por escrever em um jornal de grande circulação um texto revoltante defendendo a tese de que a policia deveria ser mais rigorosa e violenta no combate ao crime(após ter seu reloginho roubado no transito),vamos continuar perdoando o playboyzinho,eu de minha parte só acredito que todos deveriam ser iguais perante a lei.Essa é uma característica dos "esquerdistas"que os boçais não entendem defender que todos deveriam ser iguai,principalmente diante da lei,mas os boçais em sua compreensão desmesuram para com os ricos e poderosos acreditam que é salutar perdoar,pois os ricos e milionários podem errar o quanto quiserem segundo a ética da imbecilidade.

    • Roberto Pedroso Postado em 07/Mar/2015 às 11:50

      ...que todos deveriam ser iguais,principalmente diante da lei.

    • Paulo Cesar Postado em 08/Mar/2015 às 13:53

      Eu estava aqui pensando numa forma de expressar minha opinião. Você externou exatamente o que penso a respeito desse ser. Peço licença para colar/copiar! Parabéns pelas considerações.

  6. Danieli Postado em 07/Mar/2015 às 13:46

    o que mais me intriga nessa situação toda é o retrospecto. O cara já deu mancada antes, seja com a marca de camisetas, na tv ou fora dela. A campanha contrata pessoas (adultos e/ou crianças) para expor os produtos, portanto não se pode justificar o 'vacilo' como falha operacional, devido ao processo de criação até divulgação das camisetas. O que acontece aqui é uma falha grave de conduta em relação a violência num todo, não só direcionada a criança, tendo em vista que, ao meu ver, a mensagem é ofensiva a qualquer faixa etária.

    • Thaís Postado em 08/Mar/2015 às 14:43

      Nossa, você tirou as palavras da minha boca.

  7. luciano Postado em 08/Mar/2015 às 19:55

    ta desculpado, esse tem crédito

  8. Carlos Augusto Normann Postado em 09/Mar/2015 às 10:05

    a desculpa do Huck foi pior ainda que o incidente. Quando ele afirma que "uma estampa direcionada ao público adulto" dizendo "vem nimim que tô facim", ele está escancarando um machismo muito do canalha! De qualquer maneira, é mais um excelente motivo para ir nos sábados de tarde a um parque, um cinema, e não ver o narigudo aí na telinha!

  9. André Postado em 10/Mar/2015 às 10:15

    Desculpa é o escambau! Toda hora tu faz M. Vacilão idiota!

  10. Farias Postado em 12/Mar/2015 às 11:56

    Essa estoria de "Por uma grave falha operacional da marca de camisetas que leva meu nome, uma estampa direcionada ao público adulto foi lamentável e indevidamente replicada num modelo infantil." só cola em quem é retardado adorador do hulk hahahaha,e ainda deve ter gente defendendo esse safado. Quer dizer que foi replicado num modelo infantil, tá. E crianças fazendo propaganda, tbm foram replicadas? E toda a lojistica desse lote? ninguém percebeu o "erro da maquina"? por favor Hulk, não é todo mundo que assiste seu programa, tenha dó