Redação Pragmatismo
Compartilhar
Contra o Preconceito 02/Mar/2015 às 20:30
89
Comentários

Gaúcha que insultou Maranhão será processada pelo Ministério Público

Gaúcha disse que “a cultura maranhense é horrível”, a maioria das mulheres é “piriguete” e os homens “malandros”. Natural de Gramado/RS, Isabela Cardoso estava morando no Maranhão há 1 ano e 7 meses e publicou as ofensas após retornar ao Rio Grande do Sul

ATUALIZAÇÃO

A imagem usada pelo perfil ‘Isabela Cardoso’ para as publicações das declarações preconceituosas sobre o estado do Maranhão é de Amanda Amorim, uma jovem de Pinheiral, e não da verdadeira agressora ou do verdadeiro agressor. O perfil de Isabela Cardoso, portanto, usou indevidamente a imagem de outra garota para disseminar ódio na internet. As declarações preconceituosas resultaram na instauração de um inquérito pelo Ministério Público da comarca de Imperatriz (MA).

amanda amorim gaúcha

_

Afirmar em uma postagem que a cultura do Maranhão é “horrível” e dizer que a maioria das mulheres daquele Estado é “piriguete” não seriam as primeiras ofensas feitas pelo responsável por um perfil no Facebook cujo nome informado é Isabel Cardoso, natural do Rio Grande do Sul. Em outra mensagem, a suposta gaúcha de 24 anos também teria chamado a cidade de Imperatriz, no oeste maranhense, de “feia e cheia de ladrões”.

Segunda maior cidade do Maranhão, Imperatriz tem mais de 300 mil habitantes e é um polo econômico do Estado. Conforme o perfil, a suposta gaúcha teria morado com o marido na cidade, localizada a cerca de 600 quilômetros de São Luís.

O responsável pela página teria publicado, em 1º de março, uma mensagem em que chama o Maranhão de “Estado pobre” e diz que “a cultura maranhense é horrível”, classificando o Carnaval local como “lixo”. Além disso, a postagem informa que a maioria das maranhenses é “piriguete” e os homens são malandros. No final da mensagem, há ainda a afirmação de que “mais da metade das pessoas são semianalfabetas”.

Conforme o Ministério Público do Maranhão, a publicação repercutiu na internet e nos meios de comunicação do Estado, motivando uma indignação generalizada dos habitantes.

“É uma publicação extremamente preconceituosa, rindo da pobreza do Maranhão. Além disso, ironiza o Bumba Meu Boi e o Tambor de Crioula, tradições da cultura maranhense” afirmou o promotor Joaquim Ribeiro Júnior, da comarca de Imperatriz.

Por causa desta postagem, ao lado de outros dois promotores, Alessandro Brandão e Ossian Bezerra, Júnior instaurou nesta segunda-feira um Procedimento de Investigação Criminal para apurar as circunstâncias em que ocorreram as afirmações. Segundo o órgão, o responsável pelo perfil pode responder pelo crime de preconceito, cuja pena pode chegar a cinco anos de prisão, além do pagamento de multa.

“Há o agravante de que foi uma publicação na internet, onde há um potencial de divulgação desse preconceito. Quando a mensagem chegou ao conhecimento do MP, não poderíamos ficar de braços cruzados” relatou o promotor.

Além das cobranças na internet, um dos habitantes de Imperatriz chegou a ir pessoalmente ao órgão cobrar punições ao responsável pela página.

Conforme Júnior, esta não seria a primeira mensagem preconceituosa divulgada pelo perfil. Em uma conversa no Facebook, cuja data não foi confirmada, o responsável pela página teria afirmado que a cidade de Imperatriz é “feia e cheia de ladrões”, onde “a maioria das mulheres não prestam”.

O MP notificou a empresa Suzano Papel e Celulose, que possui uma unidade industrial em Imperatriz, citada na mensagem, para que o responsável pelo setor de recursos humanos preste esclarecimentos sobre o caso. No domingo, segundo o órgão, a empresa informou que não tem conhecimento de uma jovem com o nome Isabela Cardoso e que o caso já foi encaminhado ao setor de RH. A companhia também pediu desculpas pelo ocorrido e destacou que se trata de uma opinião particular.

“Na época das eleições vimos outras mensagens preconceituosas, mas este é o primeiro caso em que alguém se refere particularmente a Imperatriz e seus moradores” completou Júnior, há quase três anos na comarca.

Para o promotor, a mensagem pode incitar a xenofobia, e a investigação servirá para desestimular esse tipo de atitude.

O perfil informa que a suposta Isabela Cardoso seria natural de Porto Alegre, mas moraria em Gramado, na Serra. No entanto, não há registros na lista telefônica do município com o nome informado. A página ainda informa que a mulher teria estudado na Feevale, entre 2009 e 2013. A assessoria de imprensa da universidade afirmou que não há nenhuma Isabela Cardoso no sistema de alunos e ex-alunos.

A investigação buscará identificar o responsável pela publicação por meio do endereço IP do computador usado para divulgar a mensagem. Conforme o MP, o perfil teria sido apagado no domingo.

O arigo 20 da Lei 7.716/89, de 5 de janeiro de 1989, define como crime “praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, religião ou procedência nacional”. Segundo o MP do Maranhão, o ato infracional tem pena de um a três anos de reclusão, mas se for cometido por intermédio dos meios de comunicação social ou publicação de qualquer natureza, um agravante, os condenados estão sujeitos a pena de dois a cinco anos de prisão e pagamento de multa.

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 02/Mar/2015 às 20:52

    Pilantra xenofóbica contra todos os nordestinos que aqui vivem, não só no Maranhão. Quanta vergonha dessa minha conterrânea, mas graças ao bom Deus que vivi em Porto Alegre até meus cinco anos e o resto da minha vida ficarei aqui em Fortaleza. Doente mental... merece ser levada para Guantánamo. Taí, que finalmente Guantánamo seria útil: abrigaria xenófobos e preconceituosos.

    • Jonas Schlesinger Postado em 02/Mar/2015 às 23:03

      Moderação, por favor me responda: houve excesso no meu desabafo? Porque meu comentário foi alterado. Eu sei que não é bonito chamá-la de vagabunda, mas como eu posso chamá-la? De santa que não é? Santa do pau oco seria o termo apropriado. Bem que poderia ser ela lá naquele tronco em que marco archer morreu. Seria uma xenofóbica de merda a menos no mundo!

      • Luís Postado em 02/Mar/2015 às 23:58

        MP entrou com ação de preconceito a Guantánamo, Marco Archer e paus ocos.

    • carlos Postado em 03/Mar/2015 às 07:16

      Quanto exagero hein amigo? Onde estava o MP nos 50 anos de roubo da família Sarney acabando aquele estado? Eles Fizeram coisa muito pior contra o povo do Maranhão, e quantos processos o MP moveu contra aquelas células malignas que é a família Sarney?

  2. Guilhermo Postado em 02/Mar/2015 às 21:19

    Nossa, então mais ou menos metade dos que comentam aqui deveriam ser investigados por preconceito... Incrível perder tempo com esse tipo de coisa enquanto tantos crimes graves acontecem nesse país. "Levar mil chibatadas e depois presa em Guantánamo para sempre" por postar uma opinião? kkkkkk... Cuidado então porque já li várias opiniões suas sobre SP que são bem mais ofensivas do que a da moça.

  3. Ingrid Postado em 02/Mar/2015 às 21:28

    Me digam, a diferença dela e esse Jonas Schlesinger?

    • Jonas Schlesinger Postado em 02/Mar/2015 às 23:07

      Que ela fale o que quer e ouça o que não quer. Ser ofendida porque ofendeu é sempre bem-vindo no mundo onde não há baratas, e sim humanos.

      • Luís Postado em 03/Mar/2015 às 00:08

        MP entrou com ação de preconceito contra baratas.

    • benJe Postado em 03/Mar/2015 às 08:26

      Muita. Ela foi xenófoba. Preconceituosa. Doentia. Ela, não.

  4. Daniel Coelho Postado em 02/Mar/2015 às 22:46

    Só falta ser gremista também...

    • Bruno Silva Postado em 02/Mar/2015 às 23:00

      Hipócrita. Não se combate o preconceito sendo preconceituoso.

    • Luís Postado em 02/Mar/2015 às 23:53

      MP entrou com ação por preconceito a gremistas

    • Luiza Mendes Postado em 03/Mar/2015 às 01:23

      eu sou gaúcha e gremista mas não sou preconceituosa !

  5. André Anlub Postado em 02/Mar/2015 às 22:50

    Está na hora de deixar esse tipo de gente imatura, prepotente e rasa de lado. Pessoa que generaliza e vive em mundo paralelo onde as pessoas passam em "testes" para serem merecedoras, ou não, de sua atenção ou seu elogio ou seu apreço. Todo mundo lá no Maranhão continuará vivendo sua vida com/sem essa figura, nem saberão se vive ou morreu. Há duas possibilidades na vida dela e isso é fato: (1) morrer achando que é o umbigo do mundo e o mundo é dependente dela ou (2) acordar em um belo dia e descobrir que viveu sua avida até ali como uma pessoa vazia, preconceituosa e vil.

    • Renata Postado em 03/Mar/2015 às 08:06

      Concordo contigo André. A pessoa que já é de natureza preconceituosa, má, vazia, já é infeliz por si só. Que tristeza que deve ser a vida de uma pessoa assim, tenho é pena.

    • raimundo Postado em 03/Mar/2015 às 09:16

      Andre voce falou pouco e disse muito garoto!!!

    • CESAR ARGENTA Postado em 03/Mar/2015 às 11:38

      Mesmo porque o maior equivoco desta figura foi se referir a algum outro Maranhão - o Maranhão que eu conheci é lindo, povo gentil e hospitaleiro, comida e culturas ricas, enfim, um bom lugar para se estar........voltarei com certeza.......em tempo - eu nasci no RS, mas adoro o Brasil como um todo!

  6. Marcoux Postado em 02/Mar/2015 às 22:54

    isso nao eh opiniao eh preconceito explicito. entao porque tem crimes grandes para investigar, todo mundo pode sair por ai cometendo delitos ditos menores e tudo bem. Pelo menos a trabalho comunitario e um pedido publico de desculpas ele deveria ser obrigada a fazer. Ta. faltando educacao e bom senso. Respeito por favor.

  7. André Postado em 02/Mar/2015 às 22:56

    Sirvam nossas façanhas de modelo a toda a terra :S

  8. Davi T. Postado em 02/Mar/2015 às 23:00

    Independente dela estar certa ou errada, estou chocado com a postura do Pragmatismo político de expor a imagem da moça, como aqueles programas policialescos que filmam o rosto do suspeito, dizem que é bandido, que tem que linchar. Baixíssimo nível! A moça da foto, que NÃO É a moça que postou os comentários, pode ser discriminada, sofrer uma agressão na rua ou ser excluída do mercado de trabalho, por causa do que outra pessoa disse. E de qualquer forma, espero que ambas as situações (de discriminação e de exposição) sejam decididas na justiça, e não no linchamento virtual.

    • Luís Postado em 02/Mar/2015 às 23:55

      MP entrou com ação por preconceito a programas policialescos.

    • Benje Postado em 03/Mar/2015 às 08:29

      Já eu parabenizo o Pragmatismo pela postura. Ela é preconceituosa. Não se preocupou em falar mal da região nordestina que lhe deu guarida. Tem de ser exposta mesmo. Parabéns à revista.

  9. Diego Antunes Postado em 02/Mar/2015 às 23:01

    Discordo daqueles que acham que devemos deixar esse caso de lado, como se preconceito fosse uma coisa pequena que pudesse ser relevada em face de outros crimes. De fato, há muita coisa para ser investigada, processada e punida no Brasil, mas se a Constituição Federal diz que preconceito e xenofobia são crimes, que seja cumprida a lei. Há uma razão para ela existir, visto que o preconceito é sempre uma agressão discreta mas possivelmente tão grave e dolorosa quanto uma agressão física. Não sou nordestino, mas me sinto mau vendo indivíduos da metade sul do país reproduzindo pensamentos da época do Brasil colonial. Imagina então o que não pensam os próprios nordestinos ao lerem uma notícia dessa.

  10. Solano Lenfers Postado em 02/Mar/2015 às 23:05

    Metade das pessoas são semi-analfabetas enquanto você fala como uma completa idiota!

  11. CLÁUDIO LUIZ PESSUTI Postado em 02/Mar/2015 às 23:08

    Há um exagero neste caso. Ora, ela não disse que os maranhenses são uma subraça.Inferiores, nojentos ou coisa do tipo. As opiniões dela são generalizantes e inoportunas, mas , vejamos, ninguém é obrigado a gostar do Maranhão, de São Paulo, do Rio Grande do Sul ou da Alemanha ou da Espanha. Dizer que as mulheres são "piriguetes" , ora o que é piriguete, quem se veste com pouca roupa, o Maranhão é quente, ela que não entendeu, os homens são malandros, ora, tem mulher que diz que TODOS os homens são malandros não só os maranhenses. Dizer que o estado é pobre , que a população é semi-analfabeta, bem , não é lá nada muito diferente do que é mesmo.É claro que há motivações de ordem política , social, econômica para isso, mas ela não disse que o maranhense é uma "raça abjeta". Não vou referendar neste caso o preconceito. Já vi muito nordestino falando horrores de São Paulo, algumas coisas verdadeiras, outras, generalizações, aí vamos processar também? As pessoas tem direito á opinião.Mesmo que seja imbecil. Agora, se tivesse se referido a cor de pele, á raça, etc, seria diferente. Ninguém é obrigado a gostar da cultura alheia, de carnaval ou bumba meu boi. eu por exemplo não gosto daquelas danças gaúchas, campeiras, aquela coisa de gauderiada. Ninguém é obrigado a gostar de algo, o que não pode é discriminar.

    • Luís Postado em 02/Mar/2015 às 23:56

      MP entrou com ação de preconceito contra gaúchos.

    • Carol MG Postado em 03/Mar/2015 às 00:16

      Isso é uma verdade, não concordo nem com o que ela disse e nem com a forma que disse, porém não vejo nenhum crime. O MP pode ter entrado com a ação mas isso não faz dela criminosa, pra mim é só um ser com a cabeça fechada e cheio de arrogância e me desculpem, mas se isso for crime, só nos comentários acima conseguimos achar um monte de criminosos perigosos.

  12. Leander Postado em 02/Mar/2015 às 23:23

    Mais do que o uso das palavras "periguete" ou "malandro" o que incomoda é o uso da palavra maioria...Que parâmetros ela tem pra definir isso...ela pesquisou todo o estado do Maranhão...é provável que ela realmente convivesse com periguete e malandros...o que em hipótese nehuma quer dizer que todos os maranhenses assim o sejam...Será que ela é a periguete???

  13. Lara Postado em 02/Mar/2015 às 23:30

    Hoje em dia não é mais possível emitir opinião que os politicamente corretos de plantão estão prontos para criminalizar. Qual o problema se a moça não gostou dos maranhenses? Eles podem não ter gostado dela também.

  14. Fabiano Postado em 02/Mar/2015 às 23:31

    Não vou defender a guria mas o MP que vá cuidar de coisa mais importante... VSF

    • Tunico Postado em 03/Mar/2015 às 20:41

      Boa! Ela bem que poderia ir para fogueira, por ter opinião diferente, quem sabe assim o Maranhão enriquece e o pessoal esquece o clã Sir Ney....

  15. João Felipe Roessler Postado em 02/Mar/2015 às 23:35

    Muito bem mas que não processem também a todos que insultam o Rio Grande do Sul e a todos os gaúchos! Inclusive em programas podres da Rede Globo que passam em rede nacional! De 2 a 5 anos de cadeia também à todos os envolvidos!

  16. João Postado em 02/Mar/2015 às 23:42

    É preciso ter cuidado com o preconceito. A primeira palavra do título é "Gaúcha". Pergunto ao redator do texto qual a relevância desta informação para que analisemos o preconceito da moça? Sou gaúcho e não concordo com esta associação do lugar onde a moça nasceu e suas (dela) opiniões xenófobas. O Maranhão é lindo.

  17. márcia Postado em 03/Mar/2015 às 00:04

    emitir opinião e uma coisa, Ofender e outra,ela generalisou chamando os homens de malandros .Preconceituosa, tem mais e que se desculpar sim.

  18. renato Postado em 03/Mar/2015 às 00:11

    Nem vou entrar no mérito, mas uma coisa é certa: O português praticado no Maranhão é mais correto do que no RS.

  19. Thamires Postado em 03/Mar/2015 às 00:14

    Mas gente... As pessoas precisam aprender apreciar o mundo fora do seu quintal. A cultura maranhense é tão rica! O Estado tem seus problemas? Tem. Mas tem muita coisa boa também, a começar pelo povo de lá! O São João é animado e O Bumba meu Boi é massa DEMAIS! Que triste que a pessoa tenha morado quase dois anos em um estado tão bacana e não tenha conseguido gostar de nada. Tenho dó. Juro.

  20. Luiza Postado em 03/Mar/2015 às 00:17

    Tá cumprindo direitinho a lição da Odete Roitman essa fulaninha. Que nojo das palavras dela. Falar que não gostou da cidade, tudo bem. Mas isso não é desculpa pra sair falando mal do povo maranhense. Xenófoba!

  21. Sr. Secco Postado em 03/Mar/2015 às 00:18

    Atenção, já foi descoberto que o perfil é "fake". Agora muitos comentários de apoio que lemos aqui deveriam ser investigados !!!

  22. júnior Postado em 03/Mar/2015 às 00:21

    ela devia tá com raiva e da dilma mas ela n mentiu a dizer isso sobre analfabetismo.

  23. andré Postado em 03/Mar/2015 às 00:25

    Acho que o MP está sem trabalho... Precisa dar trela para qualquer retardado?!

  24. Mica Postado em 03/Mar/2015 às 00:34

    Pouco me importa a opiniao dela ou de qualquer um. Eu eh que formo a minha. Porem, pra mim nao passou disso, opiniao. Ela nao e o brigada a gostar de nada e o fato de ter se expressado, nao me influenciou a respeito do estado e da cultura. Acho que o brasileiro se doi muito. Dao muito ibope pra qualquer um. Com tantos problem as no Brasil, tratar isso como um crime e investor recursos nessa investigacao e digno de risadas.

  25. Luís Postado em 03/Mar/2015 às 00:35

    Esse perfil era fake. Parabéns Pragmatismo por incentivar uma caça às bruxas e desmoralizar a menina.

    • Thiago Teixeira Postado em 03/Mar/2015 às 07:48

      Luiz entrou com ação contra blogs e pessoas que tem preconceito contra preconceituosos.

      • Luis Postado em 03/Mar/2015 às 15:45

        MP entrou com processo de preconceito contra mim

  26. brunno marx Postado em 03/Mar/2015 às 00:44

    concordo que ela é uma pilantra xenofóbica: mas quero dizer ao ministerio publico,qualquer tipo de incitação que tenha objetivo – instigar, provocar,humilhar ou estimular a realização de crime: é crime Art. 286 – Incitação ao crime...srsº deveriam assistir mais DATENA,MARCELO REZENDE; que incitam a policia militar vulgo (pm) a cometer assassinatos,chacina todos os dias,porque a defesa da pm esta garantida,eles fazem atraves do espetaculo televiso o sensacionalismo: onde usam a maquina do governo (pm) para massacrar e assassinar os pobres,com um só intuito IBOPE (AUMENTO DA AUDIENCIA)...lei igual para todos srsº..

  27. João Paulo Postado em 03/Mar/2015 às 00:45

    Visitei Gramado há uns 8 anos. Naquela ocasião, a reclamação de um dono de restaurante era o crescimento desenfreado de favelas (lá tem outro nome) e da violência. Isso faz 08 anos ... Lá também tinha engraxate. A diferença é que ele era branco e de olhos claros. Em Gramado, eu e minha família éramos para ficar 04 dias. No terceiro, pedimos arrego para o tédio de olhar meia dúzia de ruas com casinhas europeias e o "mini-mundo" e viemos embora. Vi muita gente comprando barra de chocolate Lacta e Nestlé às barras de chocolate caseiro sem gosto e de preço extorsivos. Já fui a São Luís e aos lençóis maranhenses (passagem mais rápida). Confesso que, à exceção dos lençóis, não gostei muito. Se tivesse que escolher, certamente voltaria ao Maranhão. No mais, não sei se é tão maravilhoso assim morar em Gramado (um mês lá e eu já cogitaria suicídio).

    • Beatriz Postado em 03/Mar/2015 às 07:38

      Concordo. Que tédio é Gramado meu Deus!!!! Kkkkkkkk Minha filha foi com o namorado agora é achou o mesmo. Não volta, nem indica.

      • eu daqui Postado em 04/Mar/2015 às 10:32

        Engraçado. Não conheço a região sul mas é essa a idéia que faço dela: entediante e pseudodesenvolvida. Serei médium?

  28. Fran Postado em 03/Mar/2015 às 00:51

    Ninguém é obrigado a gostar de tudo e todos, mas pensar antes de falar é sensatez, falar sem pensar é estupidez. Penso que, tudo que vemos, se gostamos ou não, julgamos ou deixamos de julgar...reflete um pouco de nós mesmos.

  29. Henrique Postado em 03/Mar/2015 às 01:14

    Não vejo nenhum problema em alguém não gostar dos costumes de um lugar.Ela só expôs de maneira chula suas impressões sobre o lugar.Até onde sei,ninguém é obrigado à gostar de nada.Não houve nenhuma alusão pejorativa especificando uma etnia,região geográfica....O fato de muitas pessoas e o Ministério Público se preocupar com uma besteira dessas,mostra a falta do senso de proporções, e uma psicologia de Barbie psicótica,que se sente ofendidinha com qualquer comentário que contrarie seus ideais sociais e cotidianos.Ademais,se sentir ofendido facilmente é sinal de mesquinharia.

  30. Ary Junior Postado em 03/Mar/2015 às 01:37

    Ela vê o que muitos veem e não tem coragem de falar,principalmente muitos ludovicense...O estado do Maranhão está uma merda mesmo...So corrupção,roubo de políticos que em vez de elevar o estado do Maranhão a um lugar merecedor so pensam e neles...As praias de São Luís e poluição pura porquê as merdas dos riquinhos cai toda lá..Eu sou do Maranhão e tenho vergonha de tudo que se fazem por lá os políticos e familiares de políticos que estão a muito tempo no poder e so fazem o Maranhão afundar em desgraças culturais,morais,financeiras e estruturais.....

  31. Eduardo Postado em 03/Mar/2015 às 01:57

    É sabido em todo o Brasil que os estados mais pobres, quase miseráveis são o Maranhão e o Piaui, qual a novidade nisso??? Opiniões todos temos, e expressá-las é normal, quantos deveriam ser presos por expressar sua insatisfação com algo ou com alguém??? vivemos em um país mediocre, onde perde-se tempo em assistir novelas e BBB´s que denigrem o Brasil, A Familia, a Religião, principalmente a Mulher e mesmo assim o povo brasileiro ainda valoriza esses meios de comunicação, vivemos em um país onde homosexuais fazem o que querem, porque reagir contra as suas ações e Homofobia, expressar algo contra uma cidade é xenofobia, fala sério. se um homosexual sai pelado na rua é normal, está expressando algo, se uma mulher ou homem hetero sai na rua nu, é atentado ao pudor, nos desfiles de carnaval, nas globelezas pode, no mais é cadeia, da pra levar a sério alguma coisa???

  32. Sergio Postado em 03/Mar/2015 às 04:51

    Já vi americano metendo o pau no Brasil e coxinhas aplaudindo. Enfim, difícil identificar até aonde é liberdade de expressão e até aonde é discriminação! Já vi tantos comentários ofensivos, principalmente sobre politica, que já não vejo mais diferença. Depois daquele " ei Dilma vai tomar no c." em coro e para todo mundo ver, acho que nada pode ser mais ofensivo!

  33. Isabela Postado em 03/Mar/2015 às 06:29

    O nome não deve constar na faculdade pois ela casou e alterou o nome de solteira.

    • Luis Postado em 03/Mar/2015 às 15:47

      Não consta porque o perfil é fake. Ela se chama Amanda e mora no Rio. Não foi ela que escreveu. Essa notícia nem deia mais tá no ar.

  34. Carlos Postado em 03/Mar/2015 às 07:04

    Não vou fazer a defesa da dita cuja, mesmo sendo nordestino, em parte ela disse umas verdades, as autoridades é que querem cobrar o que não existe. Entendi que ela fala de periguetes pela forma como as mulheres mais humildes de vestem, e isso é verdade. É incrível que, quanto mais pobre, mais tentam andar com roupas minúsculas, se usam um short, usam torando o útero no meio, se usam uma saia, botam mostrando o rabo, só que isso não faz parte só do Maranhão, existe inclusive na cidade da dita cuja, isso vai depender do ambiente que ela frequenta, se em bairros de baixo poder aquisitivo, esse é o modelo. Quantos aos homens malandros, do mesmo modo, todo lugar tem seus desocupados, ela deve ter saído da sua cidade, para alguma favela do estado do Maranhão. A justiça é que mostra ter tempo e não ter o que fazer, para ficar cobrando o que existe nos 4 cantos deste país, vulgaridade das mulheres, homens desocupados sem trabalho e ter o que fazer. Quanto a ela, se mostra uma mulher fútil, metida a riquinha, e dondoca. Acho que o MP do Maranhão, esta sem problemas para cobrar dos políticos safados, cobrar da família Sarney, ficaram mandando nesse estado por mais de 50 anos, e o estado vive na miséria absoluta, e os Sarneys em berços de ouro, tudo dinheiro público, contando com a conivência da propria justiça, e ignoram os ladrões gravatudos. Lá, não deve ter tráfico de drogas, ou coisas mais sérias! Neste país se a pessoa der um peido, esta virando poluição do ar, e corre o risco de ser multado em milhões de reais! PAÍS DO FALSO MORALISMO!

  35. rafael Postado em 03/Mar/2015 às 07:04

    Quanto mimimi. Porque não processam esse pessoal todo que faz piadas e falam que nós gaúchos são homossexuais? só porque ela falou dos nordestinos agora tem que ser crucificada. Sem contar que eu morei em Imperatriz e realmente as mulheres são MUITO acessíveis, 90% do pessoal quer tirar vantagem de tudo, povo em grande parte só pensa em beber e não sabe escrever direito. Só a questão do bumba meu boi é gosto pessoal.

    • eu daqui Postado em 04/Mar/2015 às 09:33

      Não conheço Imperatriz mas acredito em sua experiencia. Aqui no nordeste temos a nossas aberrações como SP e sul devem ter as suas também E também temos nossos belos bumbas como vcs devem ter suas belezas também. Ninguém é obrigado a gostar da totalidade da cultura do outro. Só acho que a palavra "malandro", por geralmnete ter sentido de desonesto poderia ter sido eufemizada, já que não há lugar onde todos são desonestos.

  36. Mario Postado em 03/Mar/2015 às 07:22

    Como vários já disseram, está havendo um excesso de corretidão política. O Pragmtismo Político errou ao expor a menina desta maneira, fazendo quase um pré-julgamento. Não vejo diferença entre esta atitude o Pragmatismo Político e programas policialescos. No mais, isto só incita mais ódio de pessoas nos comentários.

  37. Sena Postado em 03/Mar/2015 às 07:45

    Sempre o povo gaúcho, claro que não são todos, preconceito generalizar. Mas que o sul está entre um dos mais preconceituosos, está. Nessas horas penso que a Guerra dos Farrapos podia ter dado certo.

    • P Mello Postado em 03/Mar/2015 às 08:32

      Bendito se fosse... por enquanto estou usando aquela máxima gaúcha de que o melhor Estado brasileiro é SC...

    • eu daqui Postado em 04/Mar/2015 às 09:34

      Não tenho nada contra separatismos. Se for da vontade da maioria gaúcha, acho que devem ter esse direito.

  38. Thiago Teixeira Postado em 03/Mar/2015 às 07:49

    Se o Maranhão é uma porcaria, porque o casalzinho loirinho não arrumou trabalho em RS?

    • mariana Postado em 03/Mar/2015 às 08:03

      Uma ótima pergunta. É o famoso "cuspir no prato que comeu". Espero que não precisem comer de novo em nenhum desses pratos nordestinos. Deus os livre!! No mínimo alguma maranhense muito gata pegou o marido dela gerando essa revolta! Hehehe.

    • Luis Postado em 03/Mar/2015 às 15:47

      MP entrou com processo de preconceito contra loirinhos.

    • Rodrigo Postado em 03/Mar/2015 às 22:02

      (Outro Rodrigo) Porque o perfil é falso... Porque a matéria não foi checada, antes de ser reproduzida... Porque a imagem e nome da moça foram indevidamente usados... E cá estamos nós, "loirinhos" e "negros" em conflito, arrancando os cabelos, em função de uma notícia que trata de caso não verídico.

  39. Denise Leleis Postado em 03/Mar/2015 às 07:52

    Preconceito precisa ser sim combatido para que haja respeito com o semelhante.

  40. Mariana Postado em 03/Mar/2015 às 08:00

    Tenho a impressão que a maior parte desses casos de preconceito e intolerância com outras regiões são oriundas do Rio Grande do Sul. Seria só impressão? Porque isso?

  41. nina Postado em 03/Mar/2015 às 08:37

    Será que essa imbecil vai ser eterna, que nunca vai morrer igual a todo mundo, que vai apodrecer e explodir embaixo da terra e que os vermes vão comer até ficar só ossos. pois é no final somos todos iguais.

  42. Rogério Postado em 03/Mar/2015 às 08:38

    Ofensas muito mais graves e que incitam muito mais ódio são cometidas contra muçulmanos. Nada se faz.

  43. Elza Postado em 03/Mar/2015 às 08:52

    Essa pessoa deve ter tantos problemas em sua cabeça, que esteve no Maranhão e deixou de apreciar um dos lugares mais lindos do Brasil. O mocinha presta atenção nas coisas que vc fala, que comentário infeliz esse seu, até porque piriguetes e malandros tem em todos lugares.

  44. Pereira Postado em 03/Mar/2015 às 08:58

    A censura do politicamente correto chegou a tal ponto, que não se pode nem criticar culturas teoricamente "desfavorecidas". Eu conheço essa cidade, e é feia mesmo. Assim como há cidades feias no sul também. É claro que esse processo não resultará em nada, assim como os ridículos processos contra Sherazade e Malafaia, por exemplo, não deram. Está feia a censura no Brasil. E a cidade é feia mesmo e a cultura pobre. Pode me processar.

  45. Pereira Postado em 03/Mar/2015 às 09:01

    Agora porque a mulher não gostou da cultura do lugar não pode se manifestar contra ? Mas onde e que tempo vivmos ? Se um nordestino criticar a cultura gaúcha pode o MP processá-lo ?

    • eu daqui Postado em 03/Mar/2015 às 11:42

      Se alguém postar publica e GENERALIZADAMENTE que TODOS os gaúchos são algo grave como desonestos ou pedófilos, acho que deve ser preso. Se for só naõ gostar da cultura e do povo é mera expressão da subjetividade.

  46. Pereira Postado em 03/Mar/2015 às 09:03

    "Em Gramado, eu e minha família éramos para ficar 04 dias. No terceiro, pedimos arrego para o tédio de olhar meia dúzia de ruas com casinhas europeias e o "mini-mundo" e viemos embora" Vou fazer uma queixa crime contra o senhor João Paulo por ofender os pontos turísitcos do RS. Veja a que ponto chega a loucura da censura que vivemos.

  47. Pereira Postado em 03/Mar/2015 às 09:05

    Se você acha que o RS é uma M.... diga !!! se vocÊ acha que SP é uma M... Diga !!! Se você acha que o nordeste é um B..... diga !!! CHEGA DE CENSURA, PELO AMOR DE DEUS !!!!!

    • Daniel Postado em 03/Mar/2015 às 14:25

      Eu acho que TODAS as suas opiniões são uma merda!

      • eu daqui Postado em 04/Mar/2015 às 09:28

        E toda e qualquer censura não chega nem a merda da ditadura.

  48. Carolina Postado em 03/Mar/2015 às 09:06

    Primeiro é preciso descobrir quem fez essas declarações horríveis. Segundo seria importante atualizar a reportagem com a informação abaixo: "A imagem de uma jovem de Pinheiral - que estuda em Volta Redonda - foi usada indevidamente num perfil “fake” (falso) para declarações preconceituosas sobre o estado do Maranhão. A postagem é de uma suposta gaúcha que se identifica como Isabela Cardoso, de 24 anos, mas na verdade a foto é de Amanda Amorim. As declarações preconceituosas resultaram na instauração de um inquérito pelo Ministério Público da comarca de Imperatriz (MA)." http://www.focoregional.com.br/page/noticiasdtl.asp?t=Correcao%3A+Jovem+de+Pinheiral+tem+imagem+usada+em+declaracao+preconceituosa+contra+Maranhao&idnoticia=117901 ..

  49. karyn Postado em 03/Mar/2015 às 09:19

    Por favorrrrrrrr. Menos né? Tô de saco cheio dessa mania de ser "politicamente correto". Ela não gostou e pronto. Grande coisa.

  50. Marcello Souza Postado em 03/Mar/2015 às 09:31

    É impressão minha ou ela errou o nome da empresa em que trabalha? kkkkkkk

  51. Renan Postado em 03/Mar/2015 às 10:58

    Um cara nessa pagina ofendeu os catarinense nesse site, sera que iram fazer algo tbm?

  52. Rodolfo Postado em 03/Mar/2015 às 11:35

    Gente este perfil é fake, as fotos na verdade é de uma pessoa que nem sequer passou pelo Maranhão ou muito menos no Rio Grande do Sul, a pessoa é de uma cidadezinha chamada Pinheiral no estado do Rio de Janeiro

  53. Divina Rocha Corte Postado em 03/Mar/2015 às 11:56

    Ela também deveria voltar à escola em vez de ficar criticando os maranhenses pois há vários erros de português: piriguetes, bomba meu boi e mais da metade das pessoas são semi-analfabetos.

  54. Pereira Postado em 03/Mar/2015 às 15:17

    "Eu acho que TODAS as suas opiniões são uma merda!" Perfeito ! Diga e não se faça de coitadinho.

  55. Pereira Postado em 03/Mar/2015 às 15:20

    "Se alguém postar publica e GENERALIZADAMENTE que TODOS os gaúchos são algo grave como desonestos ou pedófilos, acho que deve ser preso. Se for só naõ gostar da cultura e do povo é mera expressão da subjetividade." Então tu pode processar caras do casseta e planeta que nos insulta generalizadamente nos chamando de homossexuais. Estranho nunca vi coitadismo por aqui, Eles querem mentir sobre a sexualidade dos homens gaúchos, vão em frente, liberdade de expressão sempre.

  56. Luís Postado em 03/Mar/2015 às 18:35

    MP entrou com ação dfe preconceito contra Jacus.

  57. Rodrigo Postado em 03/Mar/2015 às 22:06

    (Outro Rodrigo) Vindo de onde veio? Das terras das "pegadinhas do Mallandro", perfis falsos e "notícias" não checadas? Rá! Ié Ié! Salsi Fufu! Todo mundo caiu na pegadinha e "geral" saiu destilando ódio, fazendo tudo aquilo que criticaram no perfil falso! P.S.: vergonha alheia, a gente vê por aqui!

  58. Kast Postado em 04/Mar/2015 às 11:48

    Não entendi porque o MP foi atrás dela. Ela emitiu sua opinião, de forma equivocada diga-se mas nada muito grave. Suponhamos que ela tivesse ido a Inglaterra e posta-se que achou uma merda, ou ido a Sao Paulo e postasse que os paulistas sao metidos a besta pensam que sao o maximo mas sao uns idiotas (sou paulista) , me digam sinceramente, teria algum problema? Nenhum, mas como existe essa questao com o Ne fazem esse barulho todo. Um estado com níveis socio economicos horrorosos como o Maranhao deveria ter o MP ocupado em cosias mais produtivas.