Redação Pragmatismo
Compartilhar
Redes Sociais 04/Mar/2015 às 10:54
17
Comentários

Facebook disponibiliza 17 opções de identidade de gênero para usuários

Facebook agora permite que usuário escolha 17 identidades de gênero. Na nova lista, há termos como “travesti”, “homem transexual”, “mulher transexual” e “neutro”. Aqueles que não se identificarem com nenhuma das sugestões oferecidas também poderão escrever a sua própria identificação em uma caixa de texto

facebook redes sociais gênero trans homossexual

Revista Fórum

A partir desta segunda-feira (2), os usuários brasileiros da rede social Facebook terão a opção de escolher outras identificações de gênero, além de apenas “masculino” e “feminino”. Entre o total de 17 itens, há termos como “travesti”, “homem transexual”, “mulher transexual” e “neutro”. Aqueles que não se identificarem com nenhuma das sugestões oferecidas também poderão escrever a sua própria identificação em uma caixa de texto.

No Facebook norte-americano, a mudança já foi implementada em abril do ano passado, com mais de 50 opções de gênero. No Brasil, a lista foi definida com o apoio de ativistas LGBT locais, de acordo com a realidade do país; no entanto, ela ainda poderá ser ampliada.

Um dos ativistas que prestaram consultoria neste caso foi o deputado federal Jean Wyllys (Psol-RJ). Em sua página oficial no Facebook, ele saudou a iniciativa e aproveitou para criticar a postura tomada por alguns parlamentares diante do tema. “Enquanto o Congresso Nacional – e a Câmara Federal, em especial – fica parado em relação à promoção da cidadania LGBT, enquanto não aprova projeto nenhum, principalmente em relação às transexuais e os transexuais, a gente avança no plano da cultura, no plano da comunicação”, afirmou.

Veja abaixo a lista completa disponibilizada pelo Facebook:

• Feminino
• Masculino
• Trans homem
• Trans mulher
• Travesti
• Transgênero
• Homem transexual
• Pessoa trans
• Mulher transexual
• Pessoa transexual
• Mulher (trans)
• Homem (trans)
• Neutro
• Sem gênero
• Cross gender
• Mtf (homem que está em transição para o gênero feminino)
• Ftm (mulher que está em transição para o gênero masculino)

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. José Ferreira Postado em 04/Mar/2015 às 11:10

    Virou zona agora. Não adianta inventar XX é XX e XY é XY. Pode se amputar, usar roupas de outro sexo, afinar (ou engrossar) a voz, mas um homem sempre será um homem e uma mulher sempre será mulher. Não adianta inventar, pois a natureza é sábia.

    • Thiago Lopes Postado em 05/Mar/2015 às 09:41

      José, não te culpo por sua burrice. Mas talvez possamos te ajudar. Vou dar uma dica, pense aí na sua casa. Vc acha que o sexo é a mesma coisa que identidade sexual? Vamos lá, esforce-se para deixar de ser burro, acreditamos em vc!!!!!!!!!

      • José Ferreira Postado em 05/Mar/2015 às 10:23

        Não precisa partir para as ofensas. Esse negócio de "identidade sexual" é uma coisa inventada que não corresponde à realidade.

      • juliano Postado em 05/Mar/2015 às 10:42

        "Virou zona agora", "Não precisa partir para as ofensas." coerência, cadê?

      • José Ferreira Postado em 05/Mar/2015 às 13:05

        Se eu ofendi alguém, então foi o Marcão (criador do Facebook).

  2. Renato Postado em 04/Mar/2015 às 11:16

    Nossa, pra mim gênero era identificação científica binária, masculino ou feminino. Política virou ciência agora?

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 04/Mar/2015 às 11:42

      Está errado...isso é o sexo,nasce masculino ou feminino,genero é como se sente,aí nesse caso tem as variações,o facebook acertou nessa.

    • Luiza Postado em 04/Mar/2015 às 13:36

      Gênero != sexo, amor. Liberta a tua cabecinha, sim?

  3. Guilhermo Postado em 04/Mar/2015 às 13:08

    Faltou hermafrodita!

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 04/Mar/2015 às 13:56

      Hermafrodita não é genero nem sexo,é uma anomalia mas todo hermafrodita tem sexo definido.

      • luis Postado em 06/Mar/2015 às 07:31

        cuidado com o hermafroditofobia, hein.... anomalia é esse seu preconceito

  4. Henrique Postado em 05/Mar/2015 às 00:38

    Dar tanta importância à essas coisas banais,mostra a superficialidade desse movimento.

    • Veronica Postado em 05/Mar/2015 às 12:33

      Você só acha superficial pq não é a sua realidade, pq não precisa disso. "Privilégio é quando você pensa que algo não é um problema porque não acontece com você."

      • Henrique Postado em 05/Mar/2015 às 13:16

        Realmente,não preciso de uma opção de gênero no facebook para corroborar quem eu sou.Alias,privilégio é ter acesso à certas coisas em virtude de certos atributos compartilhados por indivíduos ou grupos,não é quando penso que algo não é um problema para mim.

  5. Hélio Postado em 05/Mar/2015 às 08:07

    Me faz rir pessoas que acham que seu entendimento de "natureza" serve de parâmetro para julgar pessoas que elas nem conhecem, e simplesmente definem um "homem" com um ser com pênis. Fica muito claro onde está a masculinidade de uma pessoa dessas. Tornar-se um homem é uma missão de vida, assim como tornar-se mulher ou qualquer outra coisa. Não se nasce pronto, se você quer ser homem terá que lutar e provar isso por toda uma vida, e muitos sequer conseguem, seja por interferências externas, ou por coisas que a natureza não dozou na medida certa. Esse é o inconveniente de se ser orgânico: não existe forma de bolo para que todos saiam iguais. Há por ai muitos seres nascidos com penis que esbravejam ser homens, mas tem comportamento de criaturas carniceiras, ainda desconhecidas pela biologia. O mesmo vale para mulheres. Entretanto para algumas pessoas o simples fato de aceitar que essas pessoas tenham o direito a existência (e digna) parece ferir a própria masculinidade, como se fosse algo contagioso. Podemos fingir, claro, que todo mundo nasce igual, isso facilitaria as coisas. Isso não explica por que a natureza nega certos hormônios a algumas pessoas incapacitando-as de agirem dentro de seu gênero de nascença permanentemente. Claro que ainda há o argumento que não podem ser mulheres por não engravidarem e etc., mas é bom lembrar que muitas mulheres não podem engravidar ou mesmo menstruar. São menos mulheres que outras? Mulher é gente, não uma máquina de procriação. transgeneros é um gênero a parte, mas obviamente não se tornam transgeneros por diversão ou perversão. A realidade desse pais mostra bem o quanto sofre qualquer cidadão que é “diferente” do meio comum. Para se ter uma idéia de quem nasceu “perfeito escapou mais ou menos disso aqui:  Aceruloplasminemia  Acondroplasia  Acondroplasia (Nanismo)  Adrenoleucodistrofia  Albinismo  Aneuploidia  Angioedema Hereditário  Aniridia  Anomalias Genéticas  Ataxia de Friedreich  Atransferrinemia  Atrofia Girata  Atrofia Muscular Espinhal  Braquidactilia  Cardiomiopatia hipertrófica  Cegueira Noturna  Cistinose  Citrulinemia  Coreia-acantocitose  Coroideremia  Daltonismo  Deficiência de Glicose-6-fosfato desidrogenase  Dermatopathia Reticular Pigmentosa  Discinesia Ciliar Primária  Displasia de Kniest  Displasia Ectodérmica Anidrótica  Displasia Tanatofórica  Distrofia de Duchenne  Distrofia de Fuchs  Distrofia Miotônica de Steinert  Distrofia Muscular  Doença da Urina do Xarope de Bordo  Doença de Alexandre  Doença de Batten  Doença de Canavan  Doença de Darier  Doença de Fabry  Doença de Gaucher  Doença de Huntington  Doença de Machado Joseph  Doença de Menkes  Doença de Pompe  Doença de Refsum  Doença de Stangardt  Doença de Tay-Sachs  Doença de Urbach-Wiethe  Doença de Von Gierke  Doença de von Willebrand  Doença de Wilson  Doença de Wolman  Eliptocitose Hereditária  Epidermodisplasia Verruciforme  Epilepsia Mioclônica Juvenil  Esclerose Tuberosa  Esferocitose Hereditária  Esteatocistoma múltiplo  Febre Familiar do Mediterrâneo  Fenilcetonúria  Fibrodisplasia Ossificante Progressiva  Fibrose Cística  Frutosemia  Hemocromatose  Hemofilia  Hidrocefalia  Hiperecplexia  Hiperinsulinismo Congênito  Hipermetioninemia  Hipocondroplasia  Hipospádia  Homocistinúria  Ictiose arlequim  Incontinência Pigmentar  Insônia Familiar Fatal  Miopatia Nemalínica  Nanismo  Nanismo primordial  Neurofibromatose  Ocronose  Osteogênese imperfeita  Osteopetrose  Picnodisostose  Polidactilia  Porencefalia  Porfiria  Progeria  Querubismo  Retinose Pigmentar  Sarcoma de Ewing  Sarcosinemia  Síndrome CHARGE  Síndrome da Insensibilização Androgênica  Síndrome de Aarskog  Síndrome de Aase  Síndrome de Abderhalden-Kaufmann-Lignac  Síndrome de Abruzzo-Erickson  Síndrome de Alagille  Síndrome de Algelman  Síndrome de Alport  Síndrome de Alström  Síndrome de Apert  Síndrome de Baller-Gerold  Síndrome de Bannayan-Riley-Ruvalcaba  Síndrome de Barakat  Síndrome de Bardet-Biedl  Síndrome de Bassen-Kornzweig  Síndrome de Bernard-Soulier  Síndrome de Birt-Hogg-Dubé  Síndrome de Blefarofimose-ptose-epicanto invertido  Síndrome de Bloom  Síndrome de Brugada  Síndrome de Chediak-Higashi  Síndrome de Cockayne  Síndrome de Costello  Síndrome de Cri-du-chat  Síndrome de Crouzon  Síndrome de Currarino  Síndrome de Denys-Drash  Síndrome de Down  Síndrome de Edwards  Síndrome de Ehlers-Danlos  Síndrome de Fanconi  Síndrome de Feingold  Síndrome de Goldenhar  Síndrome de Gorlin-Goltz  Síndrome de Hajdu-Cheney  Síndrome de Hartnup  Síndrome de Hermansky-Pudlak  Síndrome de Holt-Oram  Síndrome de Hurler  Síndrome de Jacobsen  Síndrome de Jervell e Lange-Nielsen  Síndrome de Jeune  Síndrome de Kartagener  Síndrome de Kearns-Sayre  Síndrome de Klinefelter  Síndrome de Kostmann  Síndrome de Larsen  Síndrome de Launois-Bensaude  Síndrome de Launois-Sandrow  Síndrome de Lesch-Nyhan  Síndrome de Li-Fraumeni  Síndrome de Liddle  Síndrome de Lynch  Síndrome de Maffucci  Síndrome de Marfan  Síndrome de McCune Albright  Síndrome de Mckusick-Kaufman  Síndrome de Merkel-Gruber  Síndrome de Miller-Dieker  Síndrome de Morquio  Síndrome de Muckle-Wells  Síndrome de Muenke  Síndrome de Muir-Torre  Síndrome de Noonan  Síndrome de Ondine  Síndrome de Opitz  Síndrome de Papillon-Lefèvre  Síndrome de Patau  Síndrome de Pearson  Síndrome de Pendred  Síndrome de Peutz-Jeghrs  Síndrome de Prader-Willi  Síndrome de Quilomicronemia  Síndrome de Rett  Síndrome de Riley-Day  Síndrome de Rotor  Síndrome de Rubbinstein-Taybi  Síndrome de Sanfilippo  Síndrome de Sly  Síndrome de Smith-Magenis  Síndrome de Spoan  Síndrome de Stickler  Síndrome de Timothy  Síndrome de Treacher Collins  Síndrome de Turcot  Síndrome de Turner  Síndrome de Usher  Síndrome de van der Woude  Síndrome de Von Hippel Lindau  Síndrome de Waardenburg  Síndrome de Warkany  Síndrome de Weill-Marchesani  Síndrome de Werding-Hoffmann  Síndrome de Williams  Síndrome de Wolf-Hirschhorn  Síndrome de Wolfram  Síndrome de Zellweger  Síndrome do Triplo X  Síndrome do X frágil  Síndrome Oculocerebrorrenal  Síndrome unha-patela  Tirosinemia  Tricoepitelioma  Tricotiodistrofia  Trombastenia de Glanzmann Sei que é uma lista bem extensa, mas são coisas dadas pela “natureza”. Isso é perfeição? Acho que devíamos olhar bem para as pessoas a nossa volta, e ver que talvez elas não sejam diferentes, mas sim, muito diferentes, mas com tanto direito a viver quanto qualqu

    • luis Postado em 06/Mar/2015 às 07:41

      Não seria mais fácil chamar de homem e mulher e deixar cada um cuidar da sua vida? Pra que ficar se prendendo num gênero específico?

  6. eu daqui Postado em 05/Mar/2015 às 11:17

    É muito genero pra pouco sexo..........