Redação Pragmatismo
Compartilhar
América Latina 21/Mar/2015 às 08:00
38
Comentários

Estados Unidos preparam cerco à Venezuela

Obama prepara cerco à Venezuela. A História como farsa: EUA tentam repetir, contra Caracas, campanha de desestabilização lançada por Ronald Reagan para sufocar revolução nicaraguense, nos anos 1990. Agora, chances são menores

obama venezuela maduro

Mark Wisbrot, Counterpunch. Tradução: Vila Vudu

Em 10 de março, a Casa Branca deu mais um passo rumo ao teatro do absurdo, ao declarar “emergência nacional com respeito à inusual e extraordinária ameaça à segurança nacional e à política exterior dos EUA que se manifesta na situação na Venezuela” – como o presidente Obama escreveu em carta que enviou ao presidente do Congresso, John Boehner.

Falta ver se alguém, do valente corpo de jornalistas que cobre a Casa Branca, terá coragem de perguntar o que, afinal, o chefe do executivo da nação mais poderosa do universo pensou que estivesse dizendo na tal carta. O quê?! Estará a Venezuela financiando iminente ataque de terroristas contra os EUA? Planeja invadir território norte-americano? Está construindo bomba atômica?

A quem essa gente pensa que engana? Alguns alegaram que o linguajar tinha de ser esse, porque é o que a lei dos EUA exige, para impor a mais recente rodada de sanções contra a Venezuela. Mas não melhora coisa alguma alegar, como se fosse defesa, que a lei norte-americana autoriza o presidente a dizer mentiras à vontade, para contornar o que não queira confessar.

Foi precisamente o que fez o presidente Ronald Reagan em 1985, quando fez declaração semelhante para impor sanções – inclusive um embargo econômico – contra a Nicarágua.

Como Obama em 2015, Reagan também tentava derrubar governo eleito que não agradava a Washington. Conseguiu usar violência paramilitar e terrorista, além de um embargo, no esforço bem-sucedido para destruir a economia da Nicarágua e, afinal, derrubar o governo do país. (Em 2007, os sandinistas voltaram ao poder e são hoje o partido governante.) O mundo andou adiante. Washington, não.

A Venezuela conta hoje com o forte apoio dos países vizinhos contra o que praticamente todos os governos na América Latina veem como tentativa do governo Obama para desestabilizar o país.

“A Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribe (CELAC) reitera seu forte repúdio à aplicação de medidas unilaterais coercitivas que violentam a lei internacional” – lia-se na declaração assinada por todos os países do hemisfério, exceto EUA e Canadá, em 11/2. Respondiam às sanções que os EUA haviam imposto à Venezuela, sancionadas por Obama em dezembro passado.

Alguém leu alguma coisa sobre isso na imprensa-empresa em língua inglesa? Provavelmente, também nada se leu sobre a imediata reação do presidente da União de Nações Sul-americanas ao golpe da Casa Branca, em 10/3: “A Unasul rejeita qualquer tentativa externa ou interna de interferência que busque qualquer violência contra o processo democrático na Venezuela.”

Washington já esteve envolvida na tentativa de golpe militar, rapidamente derrotada em 2002, na Venezuela; deu “treinamento, construção de instituição e outros apoios a indivíduos e organizações que se sabia estarem ativamente envolvidos no golpe” contra o presidente Hugo Chávez (golpe que durou apenas algumas horas) – segundo oDepartamento de Estado dos EUA.

Os EUA não mudaram sua política para a Venezuela depois daquilo e continuaram a financiar grupos de oposição naquele país. Assim sendo, nada mais normal do que todos que conheçam essa história recente e conheçam o conflito entre EUA e América Latina também no golpe militar de 2009 em Honduras, imediatamente concluam que, sim, Washington está novamente envolvida em golpismos para derrubar governo democraticamente eleito.

O governo da Venezuela já exibiu provas perfeitamente aceitáveis de que há um golpe em marcha no país: a gravação de um ex-vice-ministro do interior lendo o que obviamente é um comunicado a ser lançado depois que os militares derrubassem o atual governo; confissões de oficiais militares acusados; e uma conversa telefônica gravada entre chefes da oposição que admitem que há um golpe em preparação.

Independente de que se considerem suficientes essas provas, não surpreende que os governos regionais tenham-se dado por convencidos.  Praticamente há 15 anos, sem interrupção, veem-se esforços para derrubar o governo democraticamente eleito da Venezuela.  Por que seria diferente agora, quando a economia está em recessão e houve tentativa para derrubar o governo venezuelano ainda no ano passado?

Aliás… alguém alguma vez ouviu falar de tentativa de golpe para derrubar governo democrático, independente e progressista na América Latina, na qual Washington não estivesse metida? Pergunto porque eu, nunca.

A grande imprensa-empresa norte-americana e internacional fez grande alarde em torno do começo da normalização de relações entre EUA e Cuba. Mas entre os governos latino-americanos, qualquer traço de credibilidade que aquele movimento do governo de Obama talvez tivesse, acaba de ser radicalmente desmentido pela violenta agressão contra a Venezuela.

Duvido que alguém encontre um presidente, presidenta, ministro ou ministra de Relações Exteriores na região, que acredite que as sanções impostas à Venezuela teriam algo a ver com direitos humanos ou democracia.  Absolutamente não têm.

Considerem por exemplo o México, onde trabalhadores de direitos humanos e jornalistas são regularmente assassinados; ou a Colômbia, estado líder há anos nonúmero de sindicalistas assassinados. Nada sequer comparável a esses pesadelos de violação a direitos humanos jamais aconteceu na Venezuela em 16 anos de governos do presidente Chávez e do presidente Nicolás Maduro. E apesar disso México e Colômbia são os principais recebedores de ajuda dos EUA na região, incluindo financiamento para militares e policiais e para comprar armas.

O governo Obama está mais isolado hoje, na América Latina, que, até, o governo de George W. Bush. Por causa do abismo profundo que separa a grande imprensa-empresa internacional e o pensamento de governos regionais, nada disso é óbvio para os que não sejam dedicados estudiosos das relações hemisféricas.

Veja-se, por exemplo, quem são os autores da legislação que impôs sanções contra a Venezuela, em dezembro: os senadores Robert Menendez (que está prestes a ser indiciado criminalmente por corrupção ativa de funcionário público) e o senador republicano da Flórida Marco Rubio, ambos ardentes defensores do embargo contra Cuba. Pois o governo Obama anunciou, com orgulho – e sem vergonha – que as novas sanções “vão além do que essa legislação exige”.

Washington mostra, frente à América Latina, a face do extremismo. Apesar de algumas mudanças em algumas áreas da política exterior (por exemplo, a abertura de Obama em relação ao Irã), a face do extremismo norte-americano não mudou em nada, desde os dias em que Reagan “alertava” o país de que os sandinistas nicaraguenses estavam “a apenas dois dias de viagem, de carro, de Harlingen, Texas.” Foi ridicularizado por Garry Trudeau em “Doonesbury” e por outros chargistas.

A Casa Branca de Obama, Reagan redux, merece o mesmo tratamento.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 21/Mar/2015 às 08:14

    A Venezuela com a quantidade de petróleo que tem, o que ganha com essa frescura de richinha com o Tio San? Meu, que se dane, os Estados Unidos são os principais compradores e consumidores de petróleo, vale muito mais uma boa diplomacia, paz e dinheiro no bolso para levantar o pais e investir em politicas sociais. Isso é ser malandro, coisa de mané é fazer desfile militar para intimidar ... intimidar quem com dois tanquinho?

    • Paulo Postado em 21/Mar/2015 às 14:31

      Ganha o próprio petróleo ué. Toda a tretinha é por terem nacionalizado o petreleo.

      • Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2015 às 08:04

        Tudo bem, nacionalizou, mas vamos produzir e exportar, cacete!!!!!!!! Ganhar dinheiro!!!! Dane-se se é o Tio San que tá comprando!

    • tiago Postado em 23/Mar/2015 às 09:15

      a venezuela não tá de "richinha" com ninguém. Quem está de richinha são os EUA. A venezuela só está tentando se defender. A mídia nojenta que faz todo o mundo pensar que a venezuela é que está agredindo ou sendo arrogante.

    • Alexandre Postado em 23/Mar/2015 às 12:22

      Fica fácil dizer isso com barril a 1/2 do preço

    • Junio Postado em 25/Mar/2015 às 11:15

      Por que cada "estado independente" (lê-se país) é soberano para negociar seus produtos com que quiser! e depois, antes de tirar conclusões precipitadas, procure estudar sobre a atuação histórica dos USA em relação aos países abaixo do Caribe, depois você volta aqui com uma tese a ser defendida.

    • andre fln Postado em 27/Mar/2015 às 00:27

      É UFC economico, meus caros, a Am. Latina é o adversários fraco que tava no chao sem reação, agora agente tá de pé, eles vão tentar impedir nosso crescimento a qualquer custo. Não tem diplomacia pra isso, pro Tio sam a coexistência é o ultimo recurso. E,cara, não existe "a Venezuela está afundando". Como o Brasil, estamos apenas começando a retomada depois de um abismo histórico no desenvolvimento socioeconomico, então essa retórica de que o problema surgiu com os atuais governos não cabe assim como esperar uma solução milagrosa

  2. Luis Postado em 21/Mar/2015 às 11:38

    Chamar a Venezuela de democrática é demais hein. Mas os EUA estão sendo grandes imbecis nessa história. Pra quê perder tempo com a ditadurazinha insignificante se eles estão quase atingindo a autossuficiência energética? Prefiro que sejam os EUA à Rússia ou China a potência mundial dominante, mas eles fazem muita merda na política externa. Já era hora de dar um pé na bunda daquelas ditaduras árabes aliadas deles.

    • Cesar Ribeiro Postado em 22/Mar/2015 às 09:32

      Uma das coisas quem mantém a hegemonia americana é a manutenção dos países periféricos na sua devida miséria. Nós, por exemplo, poderíamos ser a maior potencia mundial, temos tudo, em termos de recursos naturais, que um país necessita para se tornar uma potência, temos água, riquezas minerais, extensão territorial com solo apto para agricultura, quase não temos catástrofes naturais, uma enorme extensão marítima, a maior floresta do mundo, mas não decolamos... Por quê será? Qual a razão dos governos progressistas sempre serem massacrados pela imprensa e em seguida pela opinião pública? Getúlio, Jango e, agora, Dilma? Qual a razão de sermos tão espionados pelo tio sam? Uma coisa é certa, os EUA não tem compaixão nenhuma, por ninguém, muito pelo contrário!!!

      • Eduardo Postado em 23/Mar/2015 às 11:42

        Típica mentalidade latino perdedora de encontrar um culpado externo pelos nossos fracassos. O que mantém a hegemonia americana é sua objetividade, estado de direito sólido, boa educação básica, excelente educação universitária, pouca burocracia, menor custo do estado, ampla abertura comercial, abertura a imigrantes e vários outros motivos. Em tudo que eu falei eles se saem melhor que nós. De quem é a culpa??

  3. enganado Postado em 21/Mar/2015 às 15:17

    Sr.Luís Vou apenas me limitar dizer lhe que o país que faz eleições DEMOCRÁTICAS da America Latina é a Venezuela. Lá na Venezuela não tem analfabetismo. Qto ao resto escreva para "Míriam Leitoa" e peça aquela jagunça da gRoubo para lhe contar o que o NACIONALISTA, cel Paraquedista Hugo Chávez fez pelo seu país; e não se esqueça de comparar com os militares daqui que querem entregar o BRASIL junto FHC/Aópio/PSDB/Clube Militar/Bolsonaro/... de quarto para so EUA/iSSrael. Faça isso, e pense no que senhor escreveu.

  4. Salomon Postado em 21/Mar/2015 às 15:34

    Errada é a Venezuela, claro! Os Isteites, como sempre, estão certos. Eis que vão salvar o mundo do comunismo e da ditadura. Calma, gente, eles têm que mostrar quem manda no quintal. Mais uma vez a história do Iraque se repete. E sempre sob os aplausos de um magote de imbecis. Os americanos, finalmente, vão acabar com essa "ditadurazinha de meia tigela" instalada na Venezuela, certo? Vai ser a luta entre o bendito e santíssimo Tio Sam contra o capeta da tirania soberba e afrontosamente ofensiva venezuelana. Esse governozinho cheio do opróbrio e da vileza introduzida por Hugo Chaves Frias tem que sifu. Oh! que pena não ser eu um Deus para lançar um raio sobre esses corajosos, orgulhosos e nacionalistas venezuelanos! Ora, ora, ora, palmas para a Rede Globo e para esse bando de brasileiros vassalos, abjetos e idiotas com complexo de vira latas. Esses babacas que apoiam os americanos são a favor da intervenção e contra a auto determinação dos povos. Bem que os ianques poderiam nos dar uma forcinha e nos livrar do PT, né? Somos incompetentes no voto, mas competentes no golpe. Afinal, imagina, quem é o Brasil para ousar ser um país melhor? Quem é o Brasil para um dia sequer pensar em ser uma potência mundial? Com esse povinho? Mistura de negro, índio e português? Eu, heim. o fato é que certo estava Machado de Assis, que dizia: "A onça mata o novilho porque o raciocínio da onça é que ela deve comer, e se o novilho é bobo e submisso tanto melhor: eis o estatuto universal.". Agora, fora de brincadeira, aqui entre nós: tomara que a Venezuela seja o novo Vietnã e dê uma surra nesses filhos da p.

    • Gabriel Postado em 21/Mar/2015 às 19:40

      Não velho, a Venezuela tá certinha, quero muito morar em um país aonde até papel higiênico está em falta no mercado. Isso é culpa dos EUA também? Acho errado obviamente a intervenção dos americanos, e sei que isso tudo é questão de interesse e não simplesmente querer ajudar a população venezuelana em acabar com a ditadura (que existe sim). Porém não adianta xingar os outros de imbecis se vc também pensa que existe um vilão e um herói nessa história toda, e não dois vilões.

      • enganado Postado em 21/Mar/2015 às 20:25

        Sr. Gabriel Vc sabe qtos anos a Venezuela foi governada pelos lacaios dos EUA até chegar ao poder o cel. Hugo Chávez (NACIONALISTA). Procure saber qtos anos. Este é o resultado do governo dos EUA na Venezuela, e mais, lá se importava "alface" do BRASIL. Por que será que os EUA, NUNCA, se interessaram em trazer algum desenvolvimento pora este QUINTAL. Durante anos o PIB da Venezuela eram 86% do petróleo e 2% a Mão de Obra. Por que será mesmo que os EUA não permitiram construir um a fábrica do raio do PAPEL? Pelo mesmo motivo que boicotam o desenvolvimento de foguetes do BRASIL, e que foram apoiados pelo Príncipe dos Ladrões=FHC, que por sua vez continua sendo apoiado pelo Clube Militar e consequentemente a voz das Forças Armadas do BRASIL, que por sua vez ainda apoiam o Aópio e a cambada de Apátridas=Direita do BRASIL. Então meu amigo, como aqui nunca tivemos um governo com coragem para sermos verdadeiros Brasileiros, pois quem manda aqui é a rede gRoubo , pau mandada dos Anglo-Sionistas/AIPAC/CIA/HASBARA/MOSSAD, nunca chegaremos a ter pelo menos a audácia de peitarmos os vagabundos dos EUA/iSSrael. Parabéns Venezuela, Cuba, Bolívia, Argentina, Síria, Rússia, China, Povo Palestino, Irã, .... .

      • Salomon Postado em 21/Mar/2015 às 20:48

        Se tem falta de papel higiênico na Venezuela, isso é problema deles, cara. Eles que se limpem com o que tiverem. Mas você mora num país onde falta água. O que é mais importante a água ou o papel higiênico? Se existe ditadura na Venezuela, ou não, isso é problema deles. O que é que você tem com isso, velho? E o que é que os americanos têm a ver com a falta de papel higiênico em outros países, pô? Por que você não se preocupa com o pré-sal? Você pelo menos sabe o que diabos é isso? A GloboNews já te explicou? Você, por um acaso, está preocupado com a falta de investimentos em reservatórios de água? Sim, claro, o importante é que os americanos querem muito ajudar os pobres coitados dos venezuelanos a se livrarem da ditadura e a comprarem papel higiênico. Vê o Brasil? Fizeram uma força danada para que nosso país saísse da pobreza. Até emprestavam dinheiro a juros impagáveis. Eles estão preocupados com os milhares de desempregados da Europa? Estão preocupados em acabar com a fome e a miséria, em algum lugar? Eles querem, em verdade, é um motivo justificável para invadir qualquer país, cara. Pessoas como você acreditam nos motivos errados. São inocentes úteis. Tolos. Abestalhados. Colonizados. Saem em manifestação pedindo intervenção dos Estados Unidos ou a volta da ditadura. Você já se perguntou por que a Venezuela passou a ser notícia? E sempre de forma negativa? Em verdade, em verdade, os isteites querem que essa "opinião pública" mundial atoleimada, da qual você faz parte, lhes apoiem. Só isso. A lógica deles é o dinheiro e o resto que se f. Eles não encontram resistência em lugar nenhum. E quem lhes resiste é que é taxado de paizinho, ditadurazinha, sem papel higiênico. Isso, sim, é a famosa abominação cognitiva.

    • Aristóteles Postado em 22/Mar/2015 às 11:13

      Valeu Salomon! A gente tem que escrever na língua desses direitões burros. De outra forma eles e elas não entendem mesmo. Só rezam pela cartilha desses porras desses americanos do norte. Até quando, hein amigo?

  5. Aristóteles Postado em 22/Mar/2015 às 11:06

    Povo venezuelano, não vendam a sua soberania com a desculpa de que "dinheiro no bolso etc e tal". Os americanos do norte não respeitam ninguém, nem nada; nunca respeitaram e, pior, tem gente que aplaude isso. Se preciso for, sejam mais um Vietnã na vida desses imperialistas sem alma!

    • luis Postado em 22/Mar/2015 às 16:18

      Vale pro Brasil também: não vendam sua soberania com a desculpa de que "dinheiro no bolso etc e tal" do bolsa família e da ascensão da classe c! Os comunistas não respeitam ninguém, nem nada; nunca respeitaram e, pior, tem gente que aplaude isso.

      • Ricardo Postado em 25/Mar/2015 às 17:19

        Primeiro leia Bobbio, depois pode escrever merda, se quiser.

  6. grego79 Postado em 23/Mar/2015 às 03:33

    Há uma discussão entre nós, brasileiros, país a fora, sobre a conduta do nosso governo, pedidos de golpe ou de "Impeachment"....;popularidade da presidente Dilma em baixa, do jeitinho que a direita quer. Mas que direita é essa? Os extremistas de direita estão a serviço do capital estrangeiro, e juntos vão os alienados e carentes de informação de verdade! Mas, porque alguns são alienados? bom.... O que nos importa a compra de um castelo por um sertanejo la no exterior? O que nos importa a vida das celebridades mais ricas do mundo? Será mesmo tão importante para nossas vidas a liga dos campeões? Morreremos de tristeza se perdermos a novela? O que uma paniquete tem de tão especial que sua mulher em sua casa não tem?!!! FOCO!...; é isso que a grande mídia tira do cidadão brasileiro, o FOCO! A criminalidade está em alta sim, mas vejamos a proporção por habitantes em cada cidade, o crescimento desordenado, estrutural, social e econômico, há justificativa, contudo, a cultura que nos é enfiada goela abaixo todos os dias! O brasileiro tem que se unir por um ideal comum, a vida! Chega de brigas e desacordos! É isso que o império norte americano quer não é verdade? Mas, que império é esse? A todo instante somos noticiados sobre a interferência norte americana na politica de outros países, porque eles fazem isso com tanta frequência? Não estou falando dos cidadãos americanos, mas da elite, há uma elite e há interesses. Há um interesse antigo nas reservas brasileiras, nossa amazônia, nossos minérios e nosso petróleo. Estamos a beira de uma guerra civil sim, mas não por ordem do PT, ou de uma tomada militar, nem o MST ou qualquer grupo guerrilheiro da America do Sul ou "infiltrados cubanos", essa guerra está sendo orquestrada lá fora, pressionando nosso comercio com países aliados no Mercosul e os BRICS. O Brasil é grande e soberano, com terra produtiva, aguá em abundancia( acreditem!);.. aqui não temos terremotos, nem ciclones....nosso país é abençoado! Pedidos de intervenção militar??? O exército brasileiro tem coisas mais sérias para se preocupar, nossa defesa! Pessoas que leem jornais de direita tendem a apoiar a direita, pessoas que leem jornais de esquerda tendem a apoiar a esquerda, e muitos sofrem a influencia da mídia! Vamos nos unir Brasil, deixemos de ser individualistas, vamos acabar com a "lei de Gerson" que a séculos vem se perpetuando em nossa cultura! Preste atenção todos vocês em cada noticia, cada boato ou comentário sobre nosso governo ou sobre a gestão nos estados e municípios, preste atenção nas atitudes de alguns lideres evangélicos no Brasil, preste atenção nos movimentos sociais, preste atenção na programação da "tv" que você assiste.....!! Eu apoio sim muitas coisas que o Partido dos Trabalhadores fez em nosso país. Coisas boas. Sinceramente, não acredito nem um pouco nesse fantasma do "sistema bolivariano" se instalando no Brasil. O poder corrompe, seja em qualquer esfera: Veja nossa democracia, podre, tudo corrompido pelo poder e ganancia. Com uma ditadura militar poderemos sofrer da mesma forma a que se imagina no sistema comunista, pois o poder corromperá o ser humano, na pior das hipóteses. Olavo de Carvalho é um senhor muito inteligente, e sempre aborda assuntos polêmicos, expondo sua opinião sobre diversos assuntos, pois então, devemos sim levar em consideração tudo que ele diz, como devemos também levar em consideração tudo que o conhecido Inri Cristo disser! Tudo é valido, toda a informação, mas tente filtrar as informações, não acredite em tudo que vê, lê ou lhe é repassado. A qualquer noticia, procure outras fontes, pois não existe a verdade absoluta! A verdade é que devemos nos unir, cada brasileiro. Devemos parar com esse ódio imbecil! Temos que ensinar nossas crianças a fazerem boas ações e respeitar o próximo ao invés de incita-los a fazer videos de ódio como se fossem uma geração mirim preocupados com o futuro do país! (eles não estão preocupados com o futuro do país, se preocupam com o video game, com o brinquedo maneiro, com a barbie princesa, ou as vezes com as brigas dos pais!) Nos unamos Brasil. Perdoem alguma coisa, seja pelas falhas, falta de concordância no texto ou falta de coerência no assunto!

    • luis Postado em 23/Mar/2015 às 11:34

      Em primeiro lugar: ninguém é obrigado a pensar em política 100% do tempo, senão vira aqueles vegans chatos que veem "assassinato" em tudo (só alguns, não todos!). Então, apesar de eu achar uma babaquice, não me incomodo de gente que assista novela, veja castelo de dupla sertaneja etc. Os brasileiros não tem que ter ideal em comum, não! Isso aqui é uma DEMOCRACIA!!! Ou seja, eu tenho o pleno direito de ir atrás dos meus sonhos e da minha felicidade sem que ninguém venha impor uma agenda pra mim, não! Aí você vem chamar essas pessoas de alienadas e tenta falar que a violência não está tão ruim assim. É piada, né? A nossa violência é pior que a de país em guerra!! Que eu me lembre, o primeiro que começou a falar em guerra civil foi o sr. Lulla em 2014 ao dizer que nós não sabíamos do que eles eram capazes pra permanecer no poder e ameaçou tacar o "exército do Stédile" na rua. Como que não é o PT que está incitando a tal guerra? Essa conversa mole de "Brasil maravilha" só serve pra gente que nem o Alckmin não querer racionar a água e depois lucrar com a miséria! Acorda!!! Que conversa é essa de que o poder corrompe tanto na democracia quanto na ditadura? É só o povo parar de votar em gente que JA É corrupta (Collor, Renan, Sarney) que para de subir corrupto lá em cima! E na ditadura é o próprio corrupto que se põe lá e mata quem tentar mudar alguma coisa. É ÓBVIO! Nem tudo é válido não, meu amigo desparafusado! Você não pode pegar um monte de mentiras ou um texto completamente desconexo como o seu e levar a sério! Esse tipo de material tem que ser jogado no lixo! Não existe verdade absoluta? Só se for pra "verdadinhas inocentes". Diga pra um cientista da NASA que os cálculos dele não são "verdades absolutas", aí quero ver se é possível viajar pra lua se 2+2 não é necessariamente igual a 4! Brasil, vá atrás da sua felicidade e fortuna através de seu próprio esforço, sem roubar ou tentar obter benefícios que você não merece! Voltando ao assunto do texto, sou contra que um país invada o outro. É o próprio povo que tem que ter dignidade e expulsar um político corrupto, assassino e incompente, se é que é o caso...

      • grego79 Postado em 24/Mar/2015 às 01:03

        Sr Luiz, em nenhum momento pedi que pessoas deixassem sonhos de lado. Também não quero que pessoas pensem o tempo todo em politica. Cada um tem seu gosto, e direito de escolha. Quanto a violência, em nenhum momento eu disse que "não está tão ruim assim", disse que está em alta, o que é um absurdo sim, mas pedi que pensassem num todo, as grandes cidades e seus problemas. Em nenhum momento fiz discurso de ódio no meu comentário. Tentei chamar a atenção no que diz respeito a cultura do brasileiro, com tanta coisa de real importância para o futuro, e muitos se preocupam com coisas fúteis, foi só isso. Pedi que nos unamos num ideal comum, viver bem. Se ficarmos brigando entre nós, a situação só vai piorar. Mas de fato, o que eu penso é bobagem. No final do texto pedi desculpas pelo "texto desconexo". Não peguei um monte de mentiras, e nem afirmei nada, a cada menção a possíveis motivos de tanta desordem, coloquei um sinal de interrogação! Também fico indignado com muita coisa que acontece no nosso país, seja na saúde, na segurança, na educação, tem coisa errada. Mas, esse ódio que está se espalhando pelo país só tende a piorar a situação. Sr Luis, em tudo, só gostaria que as pessoas acabassem com esse ódio. Agradeço vossa atenção, por ter tido paciência a ler todo meu texto desconexo. E peço desculpas se o sr se sentiu ofendido ou atacado em alguma situação, não era minha intenção, juro.

      • luis Postado em 24/Mar/2015 às 10:51

        É fácil você não se responsabilizar por nada, falar tudo nas entrelinhas e ainda pedir desculpa pelo texto. Eu refutei as consequências do que o seu raciocínio vai resultar.

      • grego79 Postado em 24/Mar/2015 às 12:33

        Mas meu raciocínio é tolo, não terá consequências, terá? Sr Luiz, não sou comunista e não quero as conquistas dos outros. Não vou discutir com cientista da NASA sabendo que a metade de 2+2 é igual a 3. Gostaria que nosso país fosse melhor, mas é meu país. Tenho medo de ir a rua com uma camisa vermelha e ser espancado na rua! Que ódio é esse? E, é mais fácil pedir desculpas.

      • luis Postado em 24/Mar/2015 às 14:05

        As consequências do seu pensamento já estão aí, não preciso expô-las aqui. Seu pensamento não é tolo, não: tem muita gente ganhando rios de dinheiro com ele. Esse ódio todo está sendo fomentado desde sempre pelos que estão atualmente no poder, basta ver aquele vídeo do pessoal do movimento negro invadindo uma aula da USP para ver que não são as pessoas que saem de camisa vermelha que estão sujeitas a serem atacadas, basta querer ir na faculdade "apenas" para estudar...

      • grego79 Postado em 24/Mar/2015 às 19:49

        Luiz, parece que o sr esta invertendo a situação, parece, mas, sobre seu ultimo comentário, o qual fala de cotas, e consequentemente sobre discriminação, me lembrei do caso do goleiro aranha...a garota foi na onda de centenas de pessoas e xingou o goleiro, as câmeras de TV focalizou ela e a usaram como exemplo, expondo ela para todo Brasil, inesgotavelmente. O resultado a gente sabe. Não achei nem um pouco correto a atitude dela, mas muito menos a da mídia, bem como um grupo de negros que se agruparam em frente a casa da garota pra mostrar todo descontentamento e o ódio. O goleiro "aranha" fez charme e continua ganhando o dinheiro dele! E a vida da garota e da familia dela, como, como ficou?! A mídia fez o seu papel com o "politicamente correto", e a vida se segue! Esta certo isso? E porque o apelido do goleiro é aranha? Seria por causa de um goleiro russo?!! Tem coisas que não concordo. Bom, paremos com essa discussão, que não vai dar em nada concorda?

      • luis Postado em 25/Mar/2015 às 00:35

        Mas é exatamente sobre isso que eu estou falando. Essa idéia de bem comum acaba preferindo destruir a vida de uma garota em nome do politicamente correto (em outras palavras, o indivíduo que se sacrifica em nome da sociedade). Agora porque o goleiro aranha tem esse nome eu não sei. Talvez ele defenda tão bem que pareça ter oito braços, vai saber...

      • grego79 Postado em 25/Mar/2015 às 01:59

        Meu ponto de vista é em relação a televisão brasileira e o desfavor que ela faz! Por isso critiquei a mídia....todo conteúdo! Novela, telejornal, esportes, dominicais, programas de fim de noite, quase todos não acrescentam nada! Mas é entretenimento ué!!!! Então o povo vota em quem a grande mídia quiser, lembre-se que existe rede de mídia regional. Manipulam as pessoas, e o que dizer dos mais carentes de informação? Nós devemos parar pra pensar, estamos fazendo o jogo deles! Brasileiros brigando entre si, pra quê?!!!! Sobre o apelido do goleiro, existe uma raça de primata com o nome aranha, então, suponho que o goleiro é chamado de macaco o tempo todo, mas, diz-se que o apelido surgiu quando ele treinava numa escolinha de futebol, em referencia a um goleiro soviético conhecido como aranha negra. Bom, não quero ser taxado como racista. E é isso sr Luiz, em um ponto a gente concorda, mas, em muitos outros não certo? Vamos apenas parar de ofender uns aos outros nas redes sociais, nas ruas, nas escolas....sei que é imbecilidade minha, mas não custa clamar a paz! Abraço.

      • luis Postado em 25/Mar/2015 às 08:33

        Por que parar agora que você começou a falar que nem gente? Realmente, a tv brasileira (e mundial, acredito) é manipuladora. Acredito que a solução seria quebrar os monopólios (lembre-se TODO monopólio é possível graças a a ajuda do governo) e abrir espaço para outros divulgadores de cultura. Para isso, o governo deveria parar de só financiar os poucos veículos que falam bem dele mais por causa de questões financeiras do que por questões ideológicas.

      • grego79 Postado em 25/Mar/2015 às 13:40

        kkkk, mas sou gente! bom....Nós vamos nos esbarrar em outros comentários. "Tamo aí". Abraço.

  7. André Luiz Bezerra Postado em 23/Mar/2015 às 05:28

    A Venezuela está sofrendo muito com fome e baixas de pessoas contrárias ao governo, pois estão na verdade um caos total, pois o líder deles Maduro está doido completamente, pois tem um parafuso a menos vulgarmente falando, pois nem seu irmão que também era perturbado chegou a desafiar os EUA desta maneira, pois cheguei conhecer pessoalmente Hugo Chaves e posso dizer com convicção de que ele sim era perturbado , mas não ao ponto de desafiar os EUA e até hoje lembro-me quando Hugo Chaves esteve no Brasil e disse com suas palavras em tom um pouco baixo é claro mas deu para ouvir, ele em sua loucura disse que o Brasil era um Brasil de merda, nunca esqueci isto, pois não estava somente eu mas tinha outros militares mas não sei por qual razão ninguém fez nada a respeito, mas mudando de assunto espero sim que a Venezuela seja invadida pelos EUA.

  8. eu daqui Postado em 23/Mar/2015 às 10:10

    É o negro no poder. Algo me diz que nunca mais teremos um Madiba ou um Nasser. Nem preto nem branco nem mongólico. A era dos grandes líderes chegou ao fim. Agora é mudar de planeta mesmo.

    • Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2015 às 10:41

      Mina, há uma diferença entre negro e Negrão! Madiba era Negrão!!!!!!!!!!!!!!!

      • eu daqui Postado em 24/Mar/2015 às 09:00

        Nasser sei que era mouro e tira cara disso mesmo. Aquele rosto de Madiba me parecia mais cafuzo. Pq negrão?

  9. Thiago Teixeira Postado em 23/Mar/2015 às 15:18

    Sinal que você é um TROLL contratado (ou militante) para vigiar sites de esquerda. Quer uma dica? Estamos precisando de servente aqui no concreto, topa?

  10. Pereira Postado em 23/Mar/2015 às 16:58

    Até parece que estão preocupados com a frágil Venezuela. Isso é cortina de fumaça para esconder a verdadeira ameaça aos EUA : A Rússia. Ele só engana esquerdista sulamericano com esse discurso.

  11. Ricardo Postado em 25/Mar/2015 às 17:21

    Quer dizer que, se não contribuísse, não teria direito de emitir opinião?! E se diz liberal?!?!?!?! Então tá. Cada louco com sua loucura.

  12. Ricardo Postado em 25/Mar/2015 às 17:26

    Mais burro é quem acha que os EUA vai invadir um país porque falta papel higiênico.