Redação Pragmatismo
Compartilhar
Corrupção 19/Feb/2015 às 15:11
39
Comentários

UOL esconde nomes dos brasileiros envolvidos no escândalo do HSBC

O UOL teve acesso aos nomes brasileiros envolvidos no bilionário escândalo do HSBC, porém só divulgou os envolvidos na Operação Lava Jato. O site diz que vai noticiar aqueles “que tiverem interesse público”. Investigações apontam 8,6 mil nomes do país que cometeram crimes de sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e evasão de divisas

swissleaks hsbc suiça escândalo
Mapa da lavagem de dinheiro feito por Martin Grandjean

Adriana Delorenzo, Revista Fórum

Apelidado por internautas brasileiros de “Suiçalão”, o escândalo envolvendo o HSBC trouxe à tona práticas do mundo financeiro para que clientes possam ficar livres de impostos e lavar dinheiro. O “SwissLeaks” mostrou que 100 mil contas bancárias ilegais movimentaram mais de US$ 100 bilhões entre 1998 e 2007 no HSBC da Suíça. Dessas, 8.667 seriam de brasileiros. Mas quem são eles?

O primeiro nome pode ser de Robson Tuma, segundo o jornalista Luis Nassif. Isso porque na lista do HSBC “aparece o endereço Avenida Cauaxi 189, ap 203, Alphaville, Barueri”. O local consta na declaração de bens pública do ex-deputado federal.

Edmond Safra, do Banco Safra, e a família Steinbruch, dono da Vicunha e da CSN, são outros nomes. Segundo Miguel do Rosário, “Steinbruch foi o principal comprador da Vale, privatizada no governo FHC”. O banco Safra “foi o banco usado pela Globo para comprar os dólares que enviaria às Ilhas Virgens Britânicas, quando se envolveu naquela ‘engenhosa operação’ para adquirir os direitos de transmissão da Copa de 2002 sem pagar os devidos impostos”.

Fernando Rodrigues, do UOL, aponta que “11 pessoas ligadas ou citadas de alguma forma no escândalo da Operação Lava Jato mantiveram contas na filial suíça do banco britânico HSBC”. Entre os nomes divulgados por Rodrigues estão o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco, delator na Operação Lava Jato e que já havia revelado ter mantido valores no HSBC, oito integrantes da família Queiroz Galvão, o empresário Júlio Faerman (ex-representante da holandesa SBM) e o doleiro Henrique Raul Srour.

O UOL teve acesso aos nomes brasileiros, porém só divulgou os envolvidos na Operação Lava Jato. O site diz que vai noticiar aqueles “que tiverem interesse público, e, portanto, jornalístico” ou os que se possam provar “que existe uma infração relacionada ao dinheiro depositado no HSBC na Suíça”. A justificativa para a escolha tem sido criticada nas redes sociais.

Para o cientista político Antonio Lassance, o caso do HSBC “tem merecido apenas notas de rodapé do cartel de mídia aqui presente”. “Como na época da ditadura militar, sabemos detalhes do escândalo mais pela mídia internacional do que pelo cartel midiático que nos habita. A mídia que achincalha a Petrobras protege indecorosamente o HSBC e os barões ladrões por trás desse grande escândalo financeiro”, argumenta.

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) protocolou solicitação de esclarecimentos e providências no Ministério da Justiça (MJ), pedindo a investigação de todos os brasileiros envolvidos com contas secretas do HSBC. Para ele, a mídia não tem interesse no SwissLeaks.

Vale lembrar que a lista de clientes internacionais traz o grupo de mídia Clarín, da Argentina, além de nomes vinculados a governos autoritários e tráfico de armas. A investigação foi revelada pelo ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos) baseada no vazamento de 60 mil arquivos. Foi o ex-funcionário do HSBC Herve Falciani quem forneceu o material a autoridades francesas, até que o jornal Le Monde o compartilhou com o ICIJ que reúne 140 jornalistas de 45 países.

Para Carlos Cordeiro, presidente da Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), “não é a primeira vez que o HSBC está envolvido nesse tipo de operação, já esteve envolvido nos Estados Unidos, no México. Isso só traz à tona o submundo do sistema financeiro, onde várias empresas e pessoas se escondem. Seria muito importante para toda a sociedade que houvesse um esclarecimento dessa situação, e que aqueles que pousam de éticos, de justos, pudessem sair debaixo dessa podridão que são esses porões do sistema financeiro e, de fato, mostrar a sua face. É por isso que a gente, inclusive, necessita de uma regulamentação do sistema financeiro, não só no Brasil, mas no mundo, para que, de fato, ele possa ser transparente e estar a serviço da sociedade, e não dos grandes empresários e dos grandes rentistas”.

Miguel do Rosário aponta um escândalo revelado também pelo ICIJ, anterior ao vazamento do HSBC, que mostrou a existência de milhares de contas secretas em paraísos fiscais das Ilhas Virgens Britânicas, Cingapura e Ilhas Cook. Entre elas, estão 50 nomes de brasileiros. “Não se trata especificamente do caso HSBC, mas é sonegação do mesmo jeito. Na verdade, é um caso ainda pior”, afirma.

Saul Sabbá aparece entre os brasileiros, com conta secreta ligada à offshore Maximizer International Bank S.A. Sabbá é dono do banco Máxima, que deu consultoria a FHC na privatização da Vale e da CSN.

Outro nome é Chaim Zalcberg, que já foi preso pela Polícia Federal, em 2012, na Operação Babilônia, suspeito de evasão de divisas e lavagem de dinheiro, e esteve envolvido no caso do Banestado.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Comentários

  1. antonio Postado em 19/Feb/2015 às 15:52

    esses nomes estão sendo blindado, se imita a blindagem da velha mídia a um grupo politico bem conhecido por nos brasileiros...

    • Maria Helena Postado em 20/Feb/2015 às 09:05

      Isso mesmo! Esse país sempre foi uma safadeza. Parece estar piorando.

    • Caloni Postado em 20/Feb/2015 às 11:47

      Não seja ingênuo culpando a "velha mídia" todos sabemos que se o governo e a justiça quisessem esses nomes seriam divulgados, acontece que entre esses nomes existem políticos e grandes empresários

      • liciane Postado em 21/Feb/2015 às 20:36

        e você acha que a imprensa não teria um papel importante a cumprir num caso como este? sim, a "velha mídia" golpista que impregna esse país com o atraso tem grande culpa.

  2. billcanovas Postado em 19/Feb/2015 às 16:05

    Nesta "via crucis" pig midiática Dilma-Lulo-Petista, espero que os verdadeiros tubarões sejam pegos no final. Só falta os tucanalhas conseguirem empurrar mais essa conta para o PT.

  3. poliana Postado em 19/Feb/2015 às 16:08

    O site diz que vai noticiar aqueles “que tiverem interesse público”...........kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!! foi a única reação q consegui esboçar lendo isso!!!!!!!!kkkkkkkkkkkkk

  4. Marcos Soares Postado em 19/Feb/2015 às 16:13

    Esse Fernando Rodrigues serve os patrões e mesmo assim foi demitido da folha. Cambada de sem vergonha, porque qualquer suspeita em alguem do PT já é publicado como se fosse verdade absoluta.

  5. José Ferreira Postado em 19/Feb/2015 às 16:26

    Usam um escândalo para encobrir outro, o escândalo do Petrolão.

    • José Porv In Postado em 19/Feb/2015 às 18:48

      Também acho que não deviam investigar mais nada neste país. Só petrolão...

    • Leandro Postado em 19/Feb/2015 às 19:45

      Como seria um escândalo para encombrir outro foi divulgado por um funcionário suíço que forneceu os nomes para um jornal francês? A malícia em blindar nomes está no Brasil, onde quem investiga os crimes passa a ser o próprio culpado.

    • alexmmartinez Postado em 21/Feb/2015 às 11:27

      E investigar só os politicos do PT, os outros não precisa... sou contra só a corrupissão do PT !! as dos outros não me interassam kkkkk

  6. Ciro Postado em 19/Feb/2015 às 16:49

    Cadê a lista? Fala mal do UOL mas faz igual.

    • Danilo Postado em 19/Feb/2015 às 19:31

      Falta de interpretação de texto é um problema sério. Fica subentendido que somente a UOL teve acesso aos nomes.

    • Leandro Postado em 19/Feb/2015 às 19:39

      Eles divulgariam se o UOL tivesse liberado.

  7. Carlos Postado em 19/Feb/2015 às 17:48

    A lista está nas mãos do UOL e da Receita Federal, ninguém mais no Brasil teve acesso a ela...

    • edson Postado em 22/Feb/2015 às 11:51

      E nenhum site estrangeiro divulgou a lista com nomes de brasileiros? Por que?

  8. alexandre lima Postado em 19/Feb/2015 às 19:26

    pra bom entendedor meia palavra basta. Daí vai sair coisas desde as privatizações, baneatado, marka e fonte sindan, etc....

  9. Leandro Postado em 19/Feb/2015 às 19:43

    "Os 88 bilhões são um cálculo aproximado de ativos supervalorizados. Imagine que, em vez da Petrobras, se tratasse da Abril. Suponha que a Veja, o principal ativo da casa, tivesse sido avaliada num balanço em 1 bilhão de reais. Depois, se verificaria que o valor estava inflado em 50%, digamos. No ano seguinte, o balanço corrigiria o excesso, e a Veja surgiria com o valor de 500 milhões de reais. É mais ou menos isso. Dentro dos 88 bilhões, existe uma parcela associada aos desvios. Mas ninguém sabe quanto é." - Jornalista Paulo Nogueiro do DCM

    • Orlando Pinheiro Postado em 20/Feb/2015 às 22:57

      Boa, Leandro, mas o povo não sabe sequer ler, que dirá entender.

  10. Manuel Gomez Filho Postado em 19/Feb/2015 às 20:35

    O UOL diz que vai noticiar (somente) aqueles “que tiverem interesse público, e, portanto, jornalístico”.. Essa é a piada do ano. Quer dizer que o UOL vai usurpar a competência dos órgãos públicos especializados na apuração desse tipo de maracutais? É ele - UOL - quem vai dizer quem incidiu em crmes de sonegação, evasão de divisas e lavagem de dinheiro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

  11. Eliane Postado em 19/Feb/2015 às 20:53

    Se divulga apenas alguns nomes, há imparcialidade!!! Ou para proteger alguns, ou para atacar outros, ou as duas coisas juntas. Dinheiro sonegado é dinheiro público, e é interesse público!!!

  12. Paulo Rozendo Ferreira Postado em 19/Feb/2015 às 21:00

    alguns meios de comunicação são tão imundos quantos os que não querem investigar, só se fala no PT, na cambada que roubavam antes do PT não falam, o povo não é besta, sabemos que vocês querem tirar o PT do poder, para poderem terem uma mão de obra barata, e um povo submisso , Vocês não aguentaram ver a classe média chegar perto da classe alta, a raiva de vocês e esta, queria os pobres como escravos, a mente do povo mudou CUIDADO eu não aceito mais coleira não, se vim colocar coleira em mim eu MORDO.

  13. Thiago Postado em 19/Feb/2015 às 21:24

    Ciro, sugiro que leia o texto atenciosamente e veja seu equívoco, só o UOL teve acesso à lista, o mesmo UOL a esconde, portanto o Pragmatismo Político não tem acesso à lista.

  14. Thiago Postado em 19/Feb/2015 às 21:29

    Não pago internet pra ler esse comentário.

  15. Marli Mantuan Postado em 19/Feb/2015 às 21:55

    O esquema do Petrolão começou na gestão tucana. Na época da gestão FHC a TV Bobo falava algo a respeito, mas comentava apenas o mínimo e pulava para a próxima reportagem. Quanto ao escândalo do HSBC basta dar uma googada a respeito, pois houve um esquema duvidoso onde o BC quebrou o Banco Bamerindus, do ex-senador e ex-ministro da gestão Itamar Franco e FHC, José Eduardo Andrade Vieira, e o HSBC veio e o comprou. Quem tem a lista com todos os nomes dos envolvidos é o UOL, quem deveria ter congruência e divulgar a lista completa, sem acobertar nome algum seria do próprio UOL.

  16. joca Postado em 19/Feb/2015 às 22:08

    Dos nomes que vazaram a maioria é de judeu. Coincidência ou antissemitismo?

  17. jarau Postado em 19/Feb/2015 às 23:12

    Globo, csn, vale ( o grupo clarin da Argentina), não tem nem um juiz de plantão para pedir todos os nomes, logico que não vai aparecer nem um Barbosa, não tem ninguém do PT. Os coxinhas vão ter o peito de sair as ruas no dia 15 de março, eu eu eu eu vou colocar uma faixa bem grande na paulista, SALVEM O HSBC. Tenho vergonha deste judiciário brasileiro, tem a grande oportunidade de entrar a fundo nesta vergonha. Ontem estava numa roda de amigos e estes em sua maioria condenavam o PT, muitos deles hoje já não condenam mais, buscaram mais informações fora da grande mídia e condenam todo esta palhaçada, esta historia do HSBC comentavam que era invenção de petistas, mas hoje recebi vários e-mail desta minha turma, desculpe amigo, você não estava errado.

    • Luiz Postado em 20/Feb/2015 às 02:47

      Jarau, até um grego v~e que esta operação lava jato devagar foi arquitetada desde a priemira eleição da Dilma. foi tudo armado para acontecer no Paraná, reduto da direita e quintal das elites da paulista, atropelaram o código civil e colocaram um juiz galã, filhote das elites para comandar uma investigação que deveria ser sigilosa mas toda hora vaza denúncias não comprovadas. isso se chama conspiração.

    • Orlando Pinheiro Postado em 20/Feb/2015 às 23:02

      Jarau, pelo em nos os teus amigos foram honestos em admitir. A massa manobrada é que é desonesta e atribui toa a culpa na atual chefe do executivo. Isso é que me deixa indignado. Abç!

  18. Pedrão Postado em 20/Feb/2015 às 00:31

    Viu, teu nome tá na lista. Pera aí, vc não vai publicar , né? Bem só depende de vc.

  19. Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2015 às 11:36

    Quero a Lista.

  20. Thiago Teixeira Postado em 20/Feb/2015 às 11:37

    Pronto .... estava demorando .... é culpa da DILMA!!!!!!

  21. Josmar Postado em 20/Feb/2015 às 12:52

    Alguém já leu um livro curto editado em 1913, por um italo argentino José Ingenieros, "O Homem Medíocre", específico um capítulo; "A Política das Piaras"? É tudo isso nos dias de hoje, nos de outrora e lamentável nos vindouros... (segunda tentativa)

  22. Marcos Postado em 20/Feb/2015 às 14:34

    Me pergunto por que o UOL-Folha-PIG esconde esses nomes - como se isso fosse resolver alguma coisa, já já vaza tudo mesmo. Será que tem algum nome da Folha-UOL envolvido? Ou será que tem algum nome de suas irmãs Globo, Abril, Estadão envolvidos?? Mistéeeeeeeeerio. heheheheheh Como se nós não soubessemos.

  23. santos Postado em 20/Feb/2015 às 14:50

    A lista completa deveria ser divulgada.Doa a quem doer.Seja de que partido for.O povo brasileiro sabe que não apenas os petistas tem problemas,mas os tucanos e seus aliados também.O caso do HSBC é tão grande quanto o da Petrobrás.A mídia que blinda o PSDB e os seus aliados não quer que apareçam os nomes de seus filiados e parceiros! Na época da privataria tucana, muita grana rolou para o exterior e agora está aparecendo devagar. É preciso que a nossa justiça , atenda ao ministério público para que sejam esclarecidas e divulgados os nomes dos correntistas que enviaram as quantias e a devida cobrança,pela evasão,retomada dos recursos,multa e prisão!

  24. Jorge Postado em 20/Feb/2015 às 15:56

    Alguém por favor me explica. Por que só o UOL? Não é possível que somente eles possam ter acesso a essa lista! TODOS os nomes têm que ser divulgados.

  25. Orlando Pinheiro Postado em 20/Feb/2015 às 22:54

    Estão nas mãos de políticos de todos os partido, dos donos de TV, planos de saúde, seguradoras, bancos e o empreiteiros. A burguesia fede!

  26. George Postado em 25/Feb/2015 às 09:50

    depois falam que "regulação na mídia é censura". MENTIRA. Isso é discurso da mídia monopolizadora que não quer perder a influência de ser o quarto poder no país

  27. Paula Postado em 26/Feb/2015 às 11:27

    é só você colocar no google 88 milhões da Petrobrás e verá que a folha de são paulo se retratou no outro dia dando a notícia verdadeira... é por isso que eu digo, antes de sair espalhando inverdades, tenha paciência e procure a verdade.