Redação Pragmatismo
Compartilhar
Polícia Militar 23/Feb/2015 às 15:06
28
Comentários

Policial para menino de 12 anos: "morre com dignidade"

'Morre com dignidade', diz policial a garoto de 12 anos agonizando após batida. Pai do menino se disse “chocado” com as filmagens. “Tenho certeza que os policias têm filhos. Não acredito que conseguiram fazer isso com o meu”. PM afirmou em nota que investigará o caso

Familiares dos cinco adolescentes de Brasília mortos em um acidente após perseguição policial durante o carnaval fecharam a BR-020 na altura de Planaltina na manhã desta quinta-feira (19) para denunciar suposta omissão de socorro. Os garotos ocupavam um carro com placa clonada e desobedeceram a ordem de parada de uma equipe da PM. Vídeos mostram membros da corporação debochando de duas vítimas que agonizavam no asfalto. Homens que não aparecem no vídeo chegam a falar: “Chora não”, “você não rouba, c******? Você não rouba, desgraça?”, “assume o papel de homem” e “morre com dignidade” (sic).

A Polícia Militar afirmou que abrirá investigação do caso. “Todo policial é formado para servir e proteger a sociedade, como sempre fizemos. Este tipo de atitude isolada que denigre a imagem da corporação não será aceita”, declarou em nota a PM do Distrito Federal.

Em nota, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) negou que tenha participado da perseguição e disse que acionou socorro para as vítimas. “Quando os PRFs chegaram ao local do acidente, já havia bombeiros resgatando a vítima sobrevivente”, disse.

Em um determinado momento da gravação, um policial, que não aparece no vídeo, ilumina com uma lanterna um dos jovens agonizando no chão e diz: “Olha, moço, o tamanho dessa carniça”.

O promotor de Justiça Nísio Tostes disse que está analisando as imagens e vai estudar quais procedimentos serão adotados.

Acidente

O acidente aconteceu na madrugada de domingo. A equipe da PM tentou abordar o carro em que estavam os jovens, com idades entre 12 e 18 anos, na entrada de Planaltina. O motorista tinha 17 anos. Ele se recusou a parar e acabou colidindo com outro veículo na entrada. Três garotos morreram na hora, incluindo o condutor. Policiais tiraramo as vítimas do carro e as colocaram no chão.

Pai do menino de 12 anos que aparece agonizando nas imagens, o pedreiro José Cícero Ferreira, de 44 anos, se disse “chocado” com as filmagens. “Estava viajando e quando soube da notícia voltei correndo. Eles mataram uma criança. Eles tinham que ter socorrido o meu filho. Na hora em que eles bateram, os policiais tiraram os meninos do carro e jogaram no chão. Meu filho estava pedindo socorro e não ajudaram. Tenho certeza que os policias têm filhos. Não acredito que conseguiram fazer isso com o meu. A gente não quer briga, só queremos paz e justiça.”

Pai do menino que dirigia o carro, o motoboy Raimundo Ribeiro, de 41 anos, criticou a ação policial. “Meu filho trabalhava e estudava à noite, nunca teve passagem [pela polícia]. Queremos justiça para que policiais nunca mais façam isso com os outros”, afirmou.

Morador da região, o estudante de direito Juliano da Silva, de 25 anos, também se mostrou indignado com os vídeos e com a postura dos policiais envolvidos. “Não interessa se é bandido ou não. Na hora do socorro os policiais tiraram eles do carro e isso já foi um erro. As pessoas têm que ser bem tratadas. Os jovens daqui não têm lazer, não têm justiça, não têm esporte. Queremos um tratamento igual.”

VEJA TAMBÉM: A luta de um pai para provar a inocência do filho assassinado

O pedreiro Juscelino de Matos, de 53 anos, contou que o filho, de 18 anos, chegou a ser levado para o Hospital de Base com um corte na boca e no supercílio, além de uma perna quebrada. “Se tivessem socorrido mais rápido, tinham salvado a vida do meu filho. Eles podiam ter feito um cerco, pelo menos meu filho estaria preso, mas vivo.”

O garoto era filho único e havia se alistado recentemente no Exército. “A gente sabe que ele não vai mais voltar, mas esses policiais precisam pagar pelo que fizeram.”

Vídeo:

Raquel Morais e Isabella Calzolari, G1-DF

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Gustavo Postado em 23/Feb/2015 às 15:28

    Julgamento rápido! Com pena de morte! Policiais ou super juízes?

  2. Chamugo Postado em 23/Feb/2015 às 15:30

    O que me preocupa é quando um bandido desses pega um trabalhador inocente, humilha, bate, debocha e até mata para rouba-lo e quando é capturado pela polícia é solto por ser menor de idade. Errado? Sim, os PMs se comportaram erroneamente em omitir o socorro. Mas quem socorre as vítimas desses "garotos" quando são assaltadas, surradas e mortas pela sanha por dinheiro e da maldade deles?

    • Fernando Postado em 23/Feb/2015 às 16:40

      Mas? Não tem mas, mas, mas, mas. Esses policiais cretinos fizeram uma cretinice. Se alguém balançasse uma carteira de dinheiro eles a\tendiam na hora. São carniças morais mortas andando fardadas pela rua. Podre

    • Ednaldo Postado em 23/Feb/2015 às 16:48

      O que me preocupa são psicopatas como você, com seu relativismo moral, que se passam por pessoas de bem e tem um discurso perverso que busca identificação com outros doentes semelhantes. Sério, procure ajuda que isso não é normal.

    • tiago Postado em 23/Feb/2015 às 17:29

      Policial não tem obrigação de socorrer ninguém ainda mais acidentado com carro a remoção pode agravar o quadro do maldito acidentado.

      • Eduardo Postado em 23/Feb/2015 às 20:26

        ...sinto discordar.... tem que socorrer sim, um policial é um empregado público e sua função é nos dar segurança e fazer com que tenhamos integridade. Como um médico, qualquer cidadão tem obrigação moral e cristã de socorrer seu semelhante.

      • Jonas Schlesinger Postado em 23/Feb/2015 às 21:08

        E quando o policial é ateu e não quer saber de atitudes cristãs?

    • mary Postado em 23/Feb/2015 às 17:34

      Que bandidos? Eram garotos sem passagem pela polícia. Pobres, tiveram uma chance de se divertir. A polícia deveria ter feito o cerco a eles, conforme manda a lei. E eles deveriam ser punidos para perceber e reparar seu erro. Os policiais abortaram essa possibilidade. Enquanto, sim, há muitos bandidos nas ruas,

      • luana Postado em 23/Feb/2015 às 21:41

        Garotos se divertem soltando pipa, jogando bola....não andando em carro roubado e dirigido por menor.....qualquer criança de 8 anos já sabe o q é certo e errado....e esses pais estão colhendo o q plantaram....se tivessem educado bem os filhos não os teriam perdido assim.

  3. marc Postado em 23/Feb/2015 às 16:17

    Chocada com isso! Temos pena de morte para crianças no Brasil e executadas por policiais despreparados

  4. Jonas Schlesinger Postado em 23/Feb/2015 às 16:33

    Os policiais mataram? Li que eles retiraram os jovens de dentro do carro e largaram-nos no chão. Matar é dar um tiro à queima roupa, atropelar alguém, etc. Deixar a vítima que faz vítimas agonizando é no máximo indiferença. O que podemos crer é que... o que as pessoas realmente querem. Vamos acabar com a polícia? Deixar a sociedade à mercê da bandidagem? Desmilitarizar seria a solução ou ensinar os PMs enquanto militar? As pessoas dizem que pobres e negros são confundidos com bandidos, daí pergunto: o que há de diferente no governo do PT para o governo republicano norte-americano? São reflexões que podemos ter e, com meditação, afirmar que os governos não estão nem aí para o contribuinte. Agora, querer apedrejar a polícia é no mínimo viver num paradoxo. Vc precisa da polícia pra sair nas ruas com segurança, mas repudia veemente a corporação toda só porque houve casos isolados? De fato, é lamentável que os brasileiros comecem a ter a síndrome da Utopia. Querer viver num mundo cheio de florzinha e bonitinho é utópico. Que tal uma fábula.

    • Fernando Postado em 23/Feb/2015 às 16:43

      Que faz uma generalização lamentável é vc

    • Vinicius Postado em 23/Feb/2015 às 17:07

      Não mataram, mas omitiram socorro, independente do que fizeram têm direito ao atendimento. Em periferias esses casos não são isolados. E se fossem jovens de classe média ou alta, os policiais agiriam da mesma forma? Concordo que jogar pedra na polícia não é a solução , mas é necessário que haja um maior preparo dos policiais. Para mim quem quer viver num mundo de "florzinha" e 'bonitinho" são as elites que quem estimular a desigualdade social a troco de seus interesses. Não adianta as teorias inconsistentes da pena de morte e diminuição da maioridade penal só para agradar a classe média e elites. Quanto maior a desigualdade social maior são os índices de violência. *Outro Vinicius

    • Meu nome Postado em 23/Feb/2015 às 17:27

      Omissão deliberada de socorro em caso de vida e morte, para mim, meu senhor, chama-se assassinato. E que segurança que a polícia inspira? O senhor é loiro, branco e rico? Porque, para o resto de nós, só o fato de estarmos próximos de um policia já aumentam-se as chances de sofrermos algum tipo de violência - inclusive morte.

  5. Janine Postado em 23/Feb/2015 às 16:42

    Não se trata de governos, moço! Tem que mencionar partido político até mesmo numa situação como essa? Deixar morrer e tripudiar é matar sim e com crueldade. Ninguém falou em desmilitarizar, parece que não entende as coisas. Por que, ao invés do que disse, não pensou direito e disse que os policiais estão sim cumprindo seu dever, mas de forma errada, tripudiando, com sadismo. Que todo policial para se-lo deveria antes de tudo, passar por um teste psiquiátrico.

    • Jonas Schlesinger Postado em 23/Feb/2015 às 17:29

      Trata-se de governo sim, moça. Tem que expor o partido sim, moça. Quem tá no poder? A esquerda, certo. Mas e quando era a direita? O que há de diferente nas duas, além das direções? Não há uma reforma sequer nas leis para acabar com as brechas nas leis e deixá-las mais rigorosas, sem pena capital ou diminuição da maioridade. Concordo quando dizem que ricos e pobres devem ser tratados do mesmo jeito, mas quem tá no poder? Quem pode contribuir com uma melhora no quadro criminal brasileiro? Tudo isso é refugo para quem tá no poder. Eles lá querem saber de militância, partidarismo... o que importa é o cargo.

      • carlos trigueiro Postado em 23/Feb/2015 às 21:41

        Que esquerda está no poder, filho? PT não é esquerda há muito tempo... Pena capital? Você está indo na contramão do mundo civilizado! Afinal, você apoia esse tipo de atitude dos PMs em questão? Até parece que isso resolve o problema.... como o idiota do Bolsonaro falando que o melhor no Maranhão é o Presídio de Pedrinhas, como se aqueles presos um dia não sairão piores ainda daquele inferno!

      • Thiago Teixeira Postado em 24/Feb/2015 às 08:24

        Esquerda é o DEM.

      • Jonas Schlesinger Postado em 24/Feb/2015 às 09:53

        Meu Deus, Carlos. Ou vc é burro ou se finge. Porque eu discordei da pena capital quando eu disse "sem pena capital". Pqp mermão.

  6. Sabrina Postado em 23/Feb/2015 às 17:22

    Pq qnd morre vira estudantes e trabalhadores. Se fugiu pq devia. Não acho legal a atitude dos policiais. porém tbm não tenho pena é não os chamos de coitados. Kd um tem aquilo q merece. Foi o castigo deles. Pode ter certeza q esses aí não vão roubar mais ng

    • Thiago Teixeira Postado em 23/Feb/2015 às 20:12

      Se os comparsas metessem bala na cabeça dos policiais, iríamos saber da notícia apenas na parte de mortuários, pois a notícia seria substituída por um policial que agrediu uma senhora de 65 anos grávida, de cadeira de rodas e cega numa cidade fictícia no interior do Amapá.

  7. heiny Postado em 23/Feb/2015 às 17:23

    se a polícia faz igual o bandido, pra que ela existe? essa tem que ser a diferença.

  8. Eduardo Teles Postado em 23/Feb/2015 às 17:33

    O Policial é o reflexo da sociedade, o mesmo reflexo é menor que rouba, mata e sai impune. Querem solucionar algo? cobrem dos politicos, sabem que a ponta do iceberg são os policiais, cade matéria culpando os governos pela falta de segurança? Pq não noticiam quando o bandido de menor faz o mesmo que os policiais fizeram com os garotos? não da ibope né?.

  9. Joel Junior Postado em 23/Feb/2015 às 17:41

    A falta de estrutura não e só social e coletiva, os jovens estão errados? Sim! Porem, os policiais também estao, por suas atitudes. Mas como esta o psicológico desses policiais depois de horas e horas de trabalho, sem um tempo adequado para um descanso, ou seja, em todo período de festividade toda corporação sofre por não ter um contigente adequado, pensem nisso, o maior cupado e o governo. Só o que eu penso, caso muito lamentável.

  10. Gabriel Postado em 23/Feb/2015 às 17:53

    o PRIMEIRO comentário da matéria é de um maluco preocupado se "um bandido desses pega um trabalhador inocente, humilha, bate, debocha e até mata para rouba-lo ". Em momento nenhum a matéria relaciona os menores com qualquer tipo de crime, além da infração de trânsito em não parar pra polícia. Ainda vêm me falar que não existe julgamento social. É gente assim que acha que na favela só tem bandido e que esse tipo de ação truculenta é, não só aceitável, como necessária.

  11. Thiago Teixeira Postado em 23/Feb/2015 às 20:09

    Neste final de semana foram 9 policiais baleados no RJ, 4 mortos e 1 filhos de PM assassinado em Vitória ... alguém se importa com isso? Não vi nenhuma comoção na internet ou sequer comentários. A tá ... policial bom é policial morto.

    • Jonas Schlesinger Postado em 23/Feb/2015 às 21:11

      Joinha.

  12. Maria Lucia Postado em 24/Feb/2015 às 10:29

    Ah mas se fosse um carrão importado, com filhinhos de papai bem vestidos eles teriam tido a maior paciência e fariam um socorro de primeira.