Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 03/Feb/2015 às 11:28
42
Comentários

Esposas de deputados exigem de Eduardo Cunha cota de passagens

Mulheres de deputados se reúnem com Eduardo Cunha para que ele interceda em favor da cota de passagens aéreas para esposas. Benefício foi retirado após escândalo do uso de bilhetes para viagens de férias e familiares

eduardo cunha esposa deputados
Eduardo Cunha em encontro com esposas de deputados (Imagem: Jorge William / O Globo)

Eleito no último domingo para a Presidência da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) não mediu esforços para se consagrar vitorioso e ocupar um dos cargos mais importantes e poderosos da política nacional. Um dos seus últimos compromissos de campanha foi um encontro com esposas de deputados que exigiam o retorno da cota de passagens aéreas na verba de gabinete dos parlamentares. Ao que parece, as esposas saíram satisfeitas da reunião.

A deputada Nilda Gondim (PMDB-PB), organizadora do evento que reuniu 20 esposas, disse que fez o convite a várias deputadas e mulheres de parlamentares, mas reconhecia a dificuldade de atrair muita gente porque o encontro ocorreu no sábado, véspera da posse.

“Hoje é difícil, além dos muitos eventos, tem a concorrência do cabeleireiro. Quis fazer isso porque gosto muito do trabalho do Eduardo”, afirmou a deputada.

Escândalo das passagens

Depois do escândalo do uso indevido das passagens da cota parlamentar para viagens de férias e de familiares, a Câmara decidiu que apenas os deputados teriam direito a passagens, abrindo exceção apenas para assessores, desde que autorizado pela Mesa Diretora.

Segundo Izamar Rodrigues, esposa do deputado Remídio de Amatur (PR-RR), Cunha prometeu lutar para que o direito das mulheres às passagens seja novamente garantido.

VEJA TAMBÉM: Conheça Eduardo Cunha, o novo presidente da Câmara

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Fábio Postado em 03/Feb/2015 às 11:49

    Vadias.... claro em as custas do contribuinte que viaja em ônibus lotado, e morrendo de pagar tantos tributos.

  2. cassia Postado em 03/Feb/2015 às 12:41

    nem li e não gostei, vão pagar como qualquer um cambada

  3. M. Esther Torinho Postado em 03/Feb/2015 às 12:45

    Querem mordomias demais, não basta as que já têm os COngressistas. O povo está cheio de pagar as contas altíssimas de Congressistas. Ainda ter que pagar viagens de esposas? Tem dó!

  4. Claudio Postado em 03/Feb/2015 às 12:50

    Madames: tomem vergonha nessas caras, e arranjem alguma coisa útil pra fazer. Porque as senhoras acham que o povo tem obrigação de pagar suas passagens?

  5. Bruno Postado em 03/Feb/2015 às 12:51

    como se já não tivessem dinheiro suficiente pra pagar qualquer viagem

  6. ivelize Postado em 03/Feb/2015 às 12:52

    Daqui a pouco até cota pra cabeleireiro essas abusadas vão EXIGIR neh. ..pq nem pedir se pede mais.

  7. Josiane Postado em 03/Feb/2015 às 12:58

    Que vergonha. Vão trabalhar ao invés de exigirem que o governo paguem suas viagens, paguem vocês mesmas.

  8. claudinei Postado em 03/Feb/2015 às 13:01

    Isto e uma VERGONHA !!!!!!!!!!!!

  9. TONIM VILA NOVA ALMEIDA Postado em 03/Feb/2015 às 13:02

    Toma vergonha na cara "SENHORAS"

  10. Luís Fernando Postado em 03/Feb/2015 às 13:04

    Mas esse país é uma merda mesmo. Ô vontade que eu tenho de ir embora e nunca mais voltar. A cada dia que passa mais sinto vergonha em ser brasileiro.

    • João Postado em 03/Feb/2015 às 13:52

      É triste admitir isso, mas eu me sinto do mesmo jeito :/ Todo dia só tem notícia ruim nesse país!

    • poliana Postado em 03/Feb/2015 às 20:21

      e o q tá fazendo aki ainda? já deveria ter ido embora há muio tempo, seu vira lata sarnento!

  11. Wagner Postado em 03/Feb/2015 às 13:06

    Esse país me da nojo!

  12. Marcelo Postado em 03/Feb/2015 às 13:13

    Que absurdo isso tudo, oque essas pessoas tem na cabeça? que vergonha dessa gente

  13. Marília Cardoso Postado em 03/Feb/2015 às 13:36

    Qual o motivo alegado por essas senhoras na requisição de tal benefício? Por acham que têm direito? Será que o salário de seus esposos não é suficiente para suprir os gastos com passagens aéreas? Só essa categoria de "trabalhador" teria direito a tal benefício? E as demais categorias, teriam que se mobilizar tbém para obter as mesmas facilidades, não concordam?

  14. Rafael Postado em 03/Feb/2015 às 13:39

    Que tal irmos às ruas protestar contra a eleição de Eduardo Cunha?

    • poliana Postado em 03/Feb/2015 às 18:07

      Q tal a rede globo divulgar esse fato, de preferência, no jn, pra q essa "reinvindicação" das madames n vá pra frente!!!??

  15. Isabel Cristina Postado em 03/Feb/2015 às 13:53

    Vão trabalhar e ajudar ao próximo,cambada de inúteis, querem ficar iguais aos maridos que já não fazem nada!!!!!! Me sentindo indignada e envergonhada desse Povo.....

  16. mauricio augusto martins Postado em 03/Feb/2015 às 13:57

    Faz-me lembrar de um fato no mínimo "inusitado" conhecido na Cidade em que moro, como o "Escândalo dos "Arames", a dedicada Esposa de um Vereador, desnecessário citar o partido, colocou por Conta do Erário Público um aparelho de correção da arcada dentária numa Prótese(Dentadura em Sum Pablo, e "Chapa" na Bahia), até que o "Sorrisos de Trilho de Trem" ficou chique-no-úrtimo, mas o MP não achou...maumau

  17. Elisangela Postado em 03/Feb/2015 às 14:15

    Não acredito que estou lendo isso? o que esse bando quer mais??? morar em Brasília?? os maridos já tem o auxilio moradia pra morarem com suas famílias que eu acho um absurdo considerando o salário que ganham se elas querem ver o marido com frequência é só ir morar com ele em Brasília!!!!

  18. carlos marquesi Postado em 03/Feb/2015 às 14:17

    Já que o marido não pode pagar, arranja um macho

    • Gidele Postado em 03/Feb/2015 às 23:00

      Gostei!kkkkkkkk bando de vazias!

  19. brasil Postado em 03/Feb/2015 às 14:22

    Vão trabalhar vagabundas

  20. Alexandro Postado em 03/Feb/2015 às 14:29

    Em tempos de corte de gastos a regra parece só valer para a população desfavorecida vítima do governo do mercado que é o PT e agora desta tragédia que é o Congresso. Privilégios das madames versus direitos dos pobres.

  21. Gustavo Postado em 03/Feb/2015 às 14:34

    Paguem do próprio bolso, vadias nojentas.

  22. guilherme Postado em 03/Feb/2015 às 14:56

    velhas pilantras

  23. Roberto Postado em 03/Feb/2015 às 15:01

    Porque não trabalham, ai não tem necessidade de ficar acompanhando o marido

  24. Gilberto Ramos Postado em 03/Feb/2015 às 15:07

    Bando de nojentas, se o novo presidente da câmara concorda com isso já esta dizendo para o que veio..

  25. Maria Luiza Mendes Postado em 03/Feb/2015 às 15:24

    TEM QUE BOTAR ESSAS VAGABUNDAS À LAVAR UM TANQUE DE ROUPAS SUJAS, OU CAPINAR UMA HORTA OU TRABALHAR EM CRECHES COMUNITÁRIAS , CUIDANDO DOS FILHOS DAS VERDADEIRAS DAMAS QUE TRABALHAM DE VERDADE PARA O BEM DESSE PAÍS!

  26. sleiman v m n Postado em 03/Feb/2015 às 16:10

    O que essas mulheres veem no Cunha, que, com descaramento, avançam sobre ele, para fazerem um pedido tão sem noção assim? Fariam o mesmo, se o vencedor fosse o outro?

  27. Eduardo Postado em 03/Feb/2015 às 16:39

    Além, de todos os privilégios ainda tem mais esta.... COTA DE PASSAGENS PARA DONDOCAS.....brincadeira.... e querem que sejamos sérios.... nunca desse jeito. E isso é muito mais que R$ 0,20.... REFORMA POLÍTICA JÁ....

  28. Nonato costa melo Postado em 03/Feb/2015 às 17:14

    Vai trabalhar bando sanguessuga ?oferecer algo de produtivo não né .mais buscar para si próprio está presente?

  29. Felipe Postado em 03/Feb/2015 às 17:49

    vão fazer alguma coisa de útil, suas farinha vencida. pensam que são da aristocracia, mas não têm 1% do que eles tinham. bando de pelada, burra e metida a besta.

  30. Thiago Teixeira Postado em 03/Feb/2015 às 19:34

    P Q P .......................

  31. Esdras Pereira Alves Neto Postado em 03/Feb/2015 às 20:55

    Meu Deputado já ganha bem demais e ainda suas mulheres querem passagem de graça, onde nós povo que pagamos através de nossos impostos. Mas nem pensem uma coisa dessas.

  32. Zé Carlos Postado em 04/Feb/2015 às 09:06

    Absurdo, um acinte à sociedade que sustenta tais representantes do povo. Também acho um absurdo o conteúdo machista da maioria dos comentários.

  33. Hélio Postado em 04/Feb/2015 às 12:59

    É um DESCARAMENTO SEM TAMANHO!!! E ainda sao capazes de se apresentarem com publicação de foto é tudo mais! Ainda temos muito que aturar até que isso melhore...

  34. Bruno Postado em 04/Feb/2015 às 13:15

    Engraçado como os coxinhas somem quando aparece um podre deles.

  35. aquino Postado em 04/Feb/2015 às 15:05

    Vão Trabalhar banho de mundiça

  36. Jose Inacio Postado em 04/Feb/2015 às 18:58

    Como eleitor, quero que seja criada a cota de passagens pra pagador de imposto que deverá ser paga via desconto na folha dos senhores deputados...e tenho dito....

  37. Julio Alves Postado em 05/Feb/2015 às 14:24

    É o cúmulo da cara de pau! Excesso de falta de vergonha! Exemplo de hipocrisia.

  38. Rosimeire Santos Postado em 05/Feb/2015 às 18:17

    É uma vergonha o que acontece em nosso país! Não há verba suficiente para aplicar na saúde, educação, infraestrutura, mas para este descalabro existe! Lastimável esta corja.