Redação Pragmatismo
Compartilhar
Capitalismo 02/Feb/2015 às 20:43
29
Comentários

Declarações do Papa em apoio aos mais pobres incomodam bilionário americano

Bilionário norte-americano ameaça parar com doações caso o Papa Francisco continue a criticar o capitalismo e discursar em defesa dos mais pobres

papa francisco capitalismo pobres

O bilionário Kenneth Langone, fundador da Home Depot, empresa varejista norte-americana de produtos para casa, enviou um aviso ao Papa Francisco durante uma entrevista no canal CNBC: pessoas “como ele” estão se sentindo ofendidas com as mensagens do Vaticano em apoio aos mais pobres.

Para completar, disse que se o Pontífice continuasse a fazer declarações contra o capitalismo, ele iria parar com as doações que realiza.

Em um discurso realizado no Brasil em julho, o Papa Francisco pediu para “aqueles que têm posse de grandes recursos” não pararem de lutar por um mundo mais justo e solidário. “Ninguém deve se manter insensível em relação à desigualdade que enfrentamos”, afirmou Francisco.

Conservadores incomodados

Na era Reagan, os republicanos conservadores sentiam que tinham no Papa João Paulo II um poderoso aliado, pois sua enérgica postura anticomunista e contra o aborto era levada a cabo na política americana.

Os conservadores de hoje estão apreensivos em relação ao Papa Francisco, que não modificou as doutrinas, mas modificou o tom e a cultura da Igreja Católica em menos de dois anos de pontificado. Ele enfatiza, com veemência e autenticidade, mais um compromisso com a pobreza e com a desigualdade de renda do que com as questões sociais que dominaram grande parte do debate católico nos EUA.

O papa ajudou a intermediar o recente descongelamento das relações entre os EUA e Cuba, para consternação de conservadores como o senador da Flórida, Marco Rubio. Francisco agora está decidido a fazer com que a mudança climática seja um imperativo moral para os 1,2 bilhão de católicos do mundo.

Isso não quer dizer que Francisco seja o papa dos sonhos dos democratas liberais: “Ele está desafiando a todos”, disse Carr, que agora dirige a Initiative on Catholic Social Thought and Public Life na Universidade de Georgetown. “A maioria dos democratas não falava sobre pobreza”.

Visita aos EUA

O papa visitará os EUA em setembro. Ele irá a Filadélfia, a Nova York e, provavelmente, a Washington. Se assim for, ele pretende visitar a Casa Branca, e também algum refeitório popular ou algum outro lugar que atenda os pobres. E poderia aceitar o convite do presidente da Câmara, John Boehner, para ser o primeiro pontífice a discursar em uma sessão conjunta do Congresso.

Em privado, alguns republicanos de direita resmungaram por causa desse convite, mas eles não podem fazer nada. Não é difícil imaginar o momento excepcional no Capitólio quando democratas que defendem o aborto se contorcerem ao ouvir o papa celebrar a santidade da vida e republicanos se remexerem ao ouvir o Sumo Pontífice falar de justiça social e da desigualdade de renda.

VEJA TAMBÉM: O pensamento do Papa Francisco sobre pobreza, economia e justiça social

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Pedro Postado em 02/Feb/2015 às 23:08

    Se o ficticio Jesus Cristo, como nas fabulas da biblia, realmente tivesse existido, e voltasse, como ele se daria com os bilionarios atuais e com o Vaticano? Chega de religiao: nao serve pra nada. E dane-se o bilionario. O povo nao precisa de esmola.

    • Augusto Postado em 02/Feb/2015 às 23:37

      Se o fictício Pedro tivesse estudado um pouco de história, sua opinião teria algum valor.

      • Francisco Postado em 03/Feb/2015 às 13:43

        Ah ah, boa, o cara não sabe nada de História e muito menos de religião. Ô Fictício, Cristo não fundou religião nenhuma, fundou uma Igreja. Religião é invenção dos homens.

    • Giovanni Postado em 02/Feb/2015 às 23:37

      Fale o que quiser da religião, sem ela a ciência não teria opositor e se estenderia tanto que Acabaria com a existência da vida, guerras existiram por culpa da religião, assim como também existiram durante o período onde a religião não se manifestou (vide séc. XX). A religião é um bem (ou mal se você preferir assim) necessário para contrabalancear os poderes terrestres, assim como existe a oposição em um governo. Fora o fato de ela também ser a base da ética mundial, afinal, o que (além da religião) te diz que matar é errado? (lembrando que seus princípios vêm dela, logo eles não são a resposta dessa pergunta).

    • Annie Postado em 03/Feb/2015 às 07:12

      Pedro, Jesus não é um personagem fictício, é um personagem histórico. A fabulação é só na parte dos milagres e coisas fantásticas que lhe creditam. Só Deus mesmo é que é fictício.

      • eu daqui Postado em 03/Feb/2015 às 10:59

        Isso não torna crer sinonimo de saber nem conhecer nem de direito de impor.

    • Gerson Martino Postado em 03/Feb/2015 às 10:33

      Jesus quem? $$$$$

  2. Carlos Saldanha Postado em 02/Feb/2015 às 23:19

    Pedro, acho que os historiadores não compartilham da tua opinião. "Praticamente todos os academicos contemporâneos concordam que Jesus existiu realmente" - http://pt.wikipedia.org/wiki/Jesus

    • Eric Postado em 16/Feb/2016 às 04:41

      Você sabe que a informação estar no wikipedia não quer dizer necessariamente que ela é verdadeira, não é? Nunca li baboseira maior; alguns acadêmicos acreditam que Jesus existiu, e diversos outros não acreditam. É uma grande mentira dizer que "praticamente todos os acadêmicos contemporâneos concordam que Jesus existiu realmente", quando na verdade a maioria discorda. Não existem provas reais de sua existência. E todos os relatos existentes, foram escritos muito depois de sua suposta morte, então não servem como prova. Nada foi escrito sobre ele, durante o período em que supostamente ele estava vivo. Nunca foi encontrado túmulo ou corpo. Nunca foi encontrado nada. É como Deus, não existem provas de que existe/existiu, assim como não existem provas contrárias; o que faz com que cada um possa decidir se quer ou não acreditar.

  3. Eduardo Postado em 03/Feb/2015 às 00:37

    se tem uma coisa que o Papa Francisco não parece ser é covarde.... duas palavras... não vai ser as esmolas desse sujeitinho que o fará lutar pelos menos privilegiados.... isso que esse cara tá fazendo no Brasil tem nome de CHANTAGEM....

  4. shark Postado em 03/Feb/2015 às 00:45

    Este bilionário,com certeza faz doações por obrigação,e não por amor ao próximo,mas dizer que JESUS é ficção e a BÍBLIA uma fábula, faz de você "pedrotário" parecidíssiimo com este infeliz bilionário.

    • Ivonildo Cezar Postado em 03/Feb/2015 às 19:12

      Onde está a fonte do seu comentário, você fez uma afirmação, inclusive disse: "com certeza faz doações por obrigação."

  5. Rogério Postado em 03/Feb/2015 às 03:41

    Não devemos 'demonizar' os grandes empresários porque eles sustentam muitos pais de família criando empregos. Todavia achei mesquinho e desnecessário o comentário desse homem. Muitos não aceitam reduzir a desigualdade social.

    • eu daqui Postado em 03/Feb/2015 às 11:01

      Ao contrário: muitos pais de família sustentam muitos empresários memso trabalhando nas piores condições possíveis. Esse seu planeta é um barato ! Onde fica mesmo?

      • Ricardo Postado em 03/Feb/2015 às 15:11

        Perfeito! O pessoal inverte as coisas!

  6. Elvis Oliveira Postado em 03/Feb/2015 às 08:42

    Pois bem, tantos os católicos ou protestantes ou ate os que que se dizem ateus, tem que aceitarem que o Papa Francisco é um líder de Estado diferenciado, pois na nunca na história da igreja católica se diexou aberta as discusões sobre o segundo casamento, homossexualidade e acima de tudo sobre o sistema que oprime e faz com que a pobreza e a miseria se aumente no mundo, sistema esse conhecido como capitalismo. A reação dos que mantem esse sistema é justamente essa mesmo, pois até então as criticas esboçadas ao mesmo eram criticas que se precisava de um cunho intelectual para ter acesso, agora uma critica vinda de um lider de estado e acima de tudo religioso as coisa mudam pois é comum na história das religiões seja ela católica ou protestante de serem cúmplices do capilitalismo. Parabéns ao Papa Francisco não só pela critica ao capitalismo, mas por estar quebrando certos paradgmas que ao invés de tornar a igreja agregadora dos fracos e necessitados, pregou por muitos anos a segragação de genero e raça.

    • eu daqui Postado em 03/Feb/2015 às 11:02

      Além de não ser líder de nada ele é um chefe de estado nada diferenciado. UM ESTADISTA DIFERENCIADO É NECESSARIAENTE LAICISTA DENTRE OUTRAS QUALIDADES E NÃO CHEFE DE UM ESTADO TEOCRATICO COMO O VATICANO.

      • Elvis Oliveira Postado em 03/Feb/2015 às 13:24

        Meu amigo você deveria se informar um pouco melhor, para esclarecer algumas coisa, o Papa é chefe de Estado eleito em um colégio de cardeais denominado conclave para um cargo vitalício, detém no Estado do Vaticano os poderes legislativo, executivo e judicial, desde a criação do Vaticano pelo Tratado de Latrão, em 1929. Quando me referi a ele ser diferenciado, foi pela questão de tratar e lutar pelo direito dos generos e etinias como tem que ser feito, pois o que mais vemos é lideres religiosos com preconceitos e lideres ou chefes como você queira ultrajando pessoas que tem o mesmo direito que você e eu temos. E isso é a diferença entre ser um religioso, lider ou cefe, como você queira digno de elogios, ou você compactua com a ideia do capitalismo que prega a segregação a exploração e a miseria? E mais sabemos que dentro das igrejas tanto católicas como protestante estão cheias de pessoas que se dizem religiosa e vivem com preconceitos contra as pessoas.....

      • eu daqui Postado em 04/Feb/2015 às 10:46

        É por isso que não me informo melhor: pra não ficar igual a vc: confundir fato com interpretação e assim ficar incomodado com a subjetividade do outro. ABAIXO RELIGIÃO !!!!!!!!!!!!!!!!

  7. José Ubaldino Motta do Am Postado em 03/Feb/2015 às 10:58

    Jesus Cristo promete voltar para ficar de vez, renovando todas as coisas (Parusia, dogma da Igreja). Só que aqueles como esse milionário ou esse Pedro ignorante (parece até coisa da Manhattan Conection) vão se danar: "Afastai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno ..."

  8. Zbgniew Brzezinski Postado em 03/Feb/2015 às 11:04

    A maioro hipocrisia do Papa é que ele só espera sacrifício dos outros, enquanto que a Igreja Católica é uma das instituições mais abastadas da face da Terra.

  9. Mary Dal Bosco Postado em 03/Feb/2015 às 11:38

    Então... A sede do Vaticano vai oferecer banho aos moradores de rua de Roma. Efetivamente, não é a religião que nos modera. É esse sentimento de transcendência, é ele que dá sentido e finalidade à vida, por mais que as pessoas neguem. Porém, a maioria das pessoas necessita de um terceiro elemento para que essa ocorra. Como nem todos são o nosso Betinho, a maioria adere a uma religião.

  10. leonardo Postado em 03/Feb/2015 às 12:53

    Nasceu de uma virgem, fez milagres, ressuscitou, sabe quem foi? Apolonio de Tiana, existe um extenso relato sobre ele feito, me digam que Deus ou Zeus não teve um filho pagão ?? E os relatos sobre Apolonio de Tiana possuem a mesma qualidade histórica do que Jesus, se você chama paganismo de mitologia e não estava lá para ver, o cristianismo pode ser chamado do mesmo jeito, o mais engraçado é que ambos nasceram em épocas iguais praticamente !!

  11. Sergio Carneiro Postado em 03/Feb/2015 às 15:32

    Que bom que o Papa defende os pobres. Quando o Vaticano vai começar a vender seus bens para ajudar os pobres?

    • Thiago Teixeira Postado em 03/Feb/2015 às 19:49

      É um começo cara, não podemos esperar que de repente tudo fique as mil maravilhas.

    • eu daqui Postado em 04/Feb/2015 às 10:48

      Como chefe de um estado teocratico, hierarquico e classista como o vaticano, esse papa está sem nenhuma integirdade: o discurso del em muito está divergindo das escolhas.

  12. Elvis Oliveira Postado em 04/Feb/2015 às 16:02

    Entao meu amigo de "eu daqui", a questão não é confudir fato com interpretação, e sim reconhecer que há pessoas que detem o poder, que estão pondo a cara para bater contra um sistema economico que cada vez mais gera desigualdade, e quanto a religião não sou nenhum fanático poderia ser um lider Budista, Pastor, ou um lider do Candobré ou Maconaria, que fizesse criticas e discordasse desse sistema opressor teria meu respeito.

  13. Furnandes Albaralhim Postado em 13/Feb/2016 às 19:01

    debate ruim. vocês têm filhos? conversam desse jeito com eles? Tá. Entendi. Saíram do assunto e ficaram batendo punheta uns dos outros sobre seus próprios preconceitos. Que merda. Isso é um show de ignorância. Vão todos catar coquinho. Já! Amém!

  14. Alan Pires Ferreira Postado em 14/Feb/2016 às 23:51

    Nesse mesmo dia o filho de puta se uniu ao líder da igreja ortodoxa para declarar guerra aos homossexuais "que impedem a procriação" - como se os 7.000.000.000 de macacos que povoam o mundo atualmente estivessem em perigo de extinção por outro motivo que não eles mesmos! Como homem de esquerda tenho ASCO dessa nossa esquerda regressista eternamente ajoelhada diante do clero, aplaudindo todo o que esses misóginos homofóbicos fazem Vocês não têm vergonha na cara, canalhas?