André Falcão
Colunista
Compartilhar
Direita 25/Feb/2015 às 08:00
47
Comentários

Coxinha de classe média

Descobri que a classe média é repleta de coxinhas. Então resolvi ajudar a todos quantos que, como eu, também não sabiam o que era um coxinha, nem porque eram chamados de coxinha.

classe média coxinha psdb direita

André Falcão*

Hoje resolvi falar um pouco sobre um termo que vem sendo muito usado por esses petralhas duma figa, e que me deixam muito incomodado. O coxinha. De início demorei uma barbaridade para entender, afinal como todo coxinha, eu também tenho as ideias curtas. Algumas vezes tive vontade de perguntar a algum deles o que era afinal um coxinha, por mais que de algum modo sempre intuí que eu devia ser um. Mas tive vergonha, porque aí é que eles iriam dizer que eu era um coxinha, mesmo. Então deixei quieto e fiquei tentando pescar, aqui e ali, alguma pista. Sei lá…

Até que um belo dia me deparei no https://www.youtube.com/watch?v=_Y06KFJUlX0” target=”_blank”>Youtube com uma bela composição chamada “Classe média”, que seria de autoria de Max Gonzaga e Banda Marginal. A composição é muito inteligente (até um coxinha como eu consegue perceber) e bem humorada. Finalmente pude perceber o que é um coxinha. Ainda que não seja só aquilo, afinal, sabendo agora o que é um, posso constatar que há coxinhas em classe média alta, classe alta, e até na classe mais baixa. Mas descobri que a classe média é repleta de coxinhas. Então resolvi ajudar a todos quantos que, como eu, também não sabiam o que era um coxinha, nem porque eram chamados de coxinha. Segue a letra (vale ir lá e ouvir):

Leia aqui todos os textos de André Falcão

Sou classe média, papagaio de todo telejornal; eu acredito na imparcialidade da revista semanal. Sou classe média, compro roupa e gasolina no cartão, odeio ‘coletivos’ e vou de carro que comprei à prestação. Só pago impostos, estou sempre no limite do meu cheque especial. Eu viajo pouco, no máximo um pacote CVC tri-anual. Mas eu ‘tô nem aí’, se o traficante é quem manda na favela; eu não ‘tô nem aqui’, se morre gente ou tem enchente em Itaquera. Eu quero é que se exploda a periferia toda, mas fico indignado com o Estado quando sou incomodado pelo pedinte esfomeado que me estende a mão. O para-brisa ensaboado, é camelô, biju com bala, e as peripécias do artista malabarista do farol. Mas se o assalto é em “Moema’, o assassinato é nos ‘Jardins’, e a filha do executivo é estuprada até o fim, aí a mídia manifesta a sua opinião regressa, de implantar pena de morte ou reduzir a idade penal. E eu que sou bem informado, concordo e faço passeata, enquanto aumenta a audiência e a tiragem do jornal. Porque eu não ‘tô nem aí’, se o traficante é quem manda na favela; eu não ‘tô nem aqui’, se morre gente ou tem enchente em Itaquera. Eu quero é que se exploda a periferia toda; toda tragédia só me importa quanto bate em minha porta. Porque é mais fácil condenar quem já cumpre pena de vida…”.

*André Falcão é advogado e autor do Blog do André Falcão. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Luís Postado em 25/Feb/2015 às 08:47

    E ainda mais imbecil é achar que todo mundo que é de direita ou faz oposição ao PT faz essa figura aí. é ignorância e idiotice no mais alto nível.

    • Felipe Postado em 25/Feb/2015 às 09:27

      Assim como tbm é ignorância dizer que todos aqueles que são de esquerda - e do próprio PT - apoiam os descaminhos e as políticas desse atual governo. Há muitas divisões dentro do PT, algumas delas discordam radicalmente das posturas adotadas pela Dilma, ainda mais nessa nova composição ministerial. O problema do PT é que o partido ainda não conseguiu fazer uma boa autocrítica e a Dilma não teve a artimanha de Lula para consolidar as alianças com outros partidos e grupos.

    • Carlos Correa Postado em 25/Feb/2015 às 10:17

      Tem gente que é de direita por ideologia e por levar vantagem com isso, esses eu até entendo. Coxinha é aquele sujeito de direita, geralmente classe media, que nem sabe que é de direita. Como disse Tim Maia, no Brasil, além de jabuticaba tem pobre de direita.

    • Fábio Postado em 25/Feb/2015 às 10:45

      Da mesma forma que é ignorância dizer que todo petista ou eleitor do PT é bandido e corrupto ou que compactua com a corrupção. Existe uma grande diferença entre um voto ideológico de esquerda e a corrupção instalada no pais todo, por uma questão cultural do povo e por um sistema de governo que impõe a venda de cargos por apoio político.

    • Sergio Salvador Postado em 05/Mar/2015 às 23:23

      . Não entendeu nada: é coxinha!

    • Robson Souza. Postado em 23/Apr/2016 às 11:05

      Se eu fosse um de vocês teria vergonha em atacar partido político, pois todos estão mais sujos que puleiro de galinheiro. Toma vergonha se quer um Brasil melhor, vamos lutar realmente um Brasil de todos para todos e não um Brasil de partido político.

  2. isaac Postado em 25/Feb/2015 às 09:22

    André Falcão, está a fim de comprar um papel higiênico usado por mim? Mil reais tu levas. Fiquei sabendo que vocês petralhas são bons de negócio. huahuahuhuahuahua Não vai deixar passar essa André...

  3. Alexandre Postado em 25/Feb/2015 às 09:30

    O pobre é o oprimido, o rico é o opressor. A classe média também se fode, está mais próxima do pobre do que do rico. Porém, ahhh porém.... a classe média vive numa eterna ilusão e ambição de um dia ser o tal do opressor, o que o faz defender tudo aquilo que o enraba diariamente.

    • Rodrigo Marques Postado em 25/Feb/2015 às 11:26

      Ótimo!! Gostei da sua análise, Alexandre.

    • poliana Postado em 25/Feb/2015 às 13:50

      exatamente alexandre. o sonho da classe média é ser elite. mas como a elite jamais deixará isso acontecer, a classe média fica amargurada e se revolta com o pobre, q é tão oprimido (pela elite) qto ela. em vez de ela se virar contra o verdadeiro opressor, a classe média se tornou amargurada e se revoltou com o tão pobre e oprimido qto ela. triste!!!

      • fernando Postado em 27/Feb/2015 às 20:08

        ess tipo de explicação simplista e mediocre a leva a acreditar no PT e nesse governo, a sociedade é muito mais complexa do que esta analise rasa que vc faz...

    • Alexandre Postado em 25/Feb/2015 às 15:53

      Acontece que isso é premeditado pelo sistema no qual vivemos. Aprendemos a acreditar na meritocracia. Que se nos esforçarmos, trabalharmos, nos matarmos pelo sistema, seremos alguma coisa na vida. E o que é ser alguma coisa na vida? É ser rico! A Classe média ser coxinha é o óbvio pela lógica capitalista. Eu me esforço para ser algo, consequentemente critico o pobre por que ele "não se esforça" como eu e "escolhe" ser bandido, mas eu não chego a lugar nenhum. E isso não serve para esse cara se revoltar com este sistema, afinal "quem é rico, chegou lá porque se esforçou", então um dia eu chego lá. Eeeeeee felicidade! Conclusão, o pobre não é gado sozinho. Você, que se gaba por ter feito uma merda de um curso universitário e se acha superior a qualquer um, é tão gado, ou mais gado que o pobre. Por que você acredita no sistema que te enraba todos os dias.

      • Denisbaldo Postado em 25/Feb/2015 às 19:38

        A classe média ao mesmo tempo que quer ficar rica, morre de medo de ficar pobre. Então, baba ovo pro patrão. Toma de um lado e toma do outro. É o recheio do sanduíche capitalismo.

      • raquel Postado em 26/Feb/2015 às 09:06

        Ah, deixa eu ver se entendi seu raciocínio: então eu devo me envergonhar de ser esforçada, de trabalhar para ter e dar conforto para minha família e, sendo envergonhada, deveria continuar morando na favela pois é assim que vou mostrar ao sistema que eu não sou gado? E você, devo acreditar, está escrevendo de um computador que tomou de alguém, de um gatonet e pede dinheiro no farol para sobreviver? Até entendo o pensamento socialista, mas abomino hipocrisia. Abomino um coxinha de esquerda chamando um de direita de coxinha... Oh, Lord!

      • Luiz Postado em 26/Feb/2015 às 10:11

        Raquel, acho que mostrar que não é gado é diferente disso. Não é se contentar com sua condição, é buscar meios alternativos de sair dela, não a mesma via que nos é enfiada goela abaixo. Não ser gado é votar consciente, acompanhar mandato de parlamentar, conversar sobre politica, consumir conscientemente, se preocupar com a conservação dos recursos naturais, buscar aprimoramento intelectual, técnico, profissional. Não ser gado é negar que você deva explorar o trabalho para poder ostentar, fazer as coisas não pra se afirmar perante os outros. O coxinha de esquerda é o que prega o ódio à direita como se houvesse essa distinção entre as pessoas e ele é realmente tão ruim quanto o de direita. Mas o que o Alexandre disse é válido: as pessoas pautam suas vidas numa expectativa ditada pela mídia e pelo sistema consumista. Compram o celular da maçã não por ser melhor, mas por ser mais caro. Andam de carro não porque é mais prático, mas porque andar de ônibus è coisa de pobre. Se arrebentam no cartão de crédito e no Aliexpress porque engolem toda necessidade que lhes é imposta, não porque realmente precisam do que consomem. E fazem tudo de forma gadística, com o perdão do neologismo, sem contestar. E isso vale pra "direita" e pra "esquerda".

  4. isaac Postado em 25/Feb/2015 às 09:44

    O dia em que os brasileiros pararem de defender a esquerda, assim como pararem de defender a direita, e lutarem com todas as forças apenas por políticos HONESTOS, seremos um país com futuro. Até hoje o capitalismo só criou políticos interesseiros. Mas não se enganem, o socialismo também. Ou vocês acham que Fidel Castro e presidente da Coreia do Norte comem a mesma merda que o povo? Precisamos de HONESTIDADE na política. É por isso que temos que lutar, HONESTIDADE...

    • eu daqui Postado em 25/Feb/2015 às 10:10

      Nesta m não existe esquerda por uma razão muito simples: esquerda é sinonimo histórico de trabalhismo e não dos opostos dele: banditismo e vitimismo. A prova mais cabal do antiesquerdismo petista é o recrudescimento tanto da criminalidade quanto do assédio moral laboral no governo petista. Pode-se falar aqui nesta m de nação em direita populista. E em direta elitista. Em esquerda, jamais.

      • eu daqui Postado em 27/Feb/2015 às 11:04

        FALEI AQUI DA DEFINIÇÃO HISTÓRICA DO TERMO ESQUERDA E NÃO DA COMTEMPORANEA APLICAÇÃO DA DISTORÇÃO DO TERMO. VAI ESTUDAR, COTISTA !!!!!!!!!!!! COXINHA CLASE BAIXA !!!!!!!!!!

      • eu daqui Postado em 09/Mar/2015 às 12:59

        E quem se identificou aqui como socialista, adivinhão de merda ? O que vc sabe de mim pra querer me definir ideologicamente? Vc nem ao menos sabe se sou macho ou femea. Se é que vc sabe distinguir um do outro. Vai lutar bolsista. !!!

    • guilhermo Postado em 25/Feb/2015 às 10:36

      Comentário perfeito.

    • Pedro Accioli Postado em 28/May/2015 às 11:29

      Não me faça rir! Não existe político honesto em lugar nenhum! Muita gente não faz por merecer para exigir honestidade dos políticos! Babaquisse isso!

  5. Pereira Postado em 25/Feb/2015 às 09:46

    Quando falta argumentos, o recurso é partir para a agressão física e o insulto sem lógica. Exemplo foi na sessão de pornografia que Lula promoveu no RJ em "defesa" da Petrobras. Enquanto o ex nada em sala fechada disparava besteiras e ignorâncias, militantes pagos partiam para a violência física contra manifestantes contra a política que dilapidou a estatal. Assim é esse termo de "coxinha", isso só aparece quando os poucos e rasos argumentos findam. Assim é quando chamam o povo que quer o fim da era PT é chamado de "fascista", sequer sabem o que esse termo significa; apenas é usado como insulto da mesma ordem de FDP. É triste o espetáculo pornô proporcionado por um governo falido e sem apoio.

    • Erick Postado em 25/Feb/2015 às 11:44

      Eu entendo você Pereira... O "ex nada" vem forte para 2018 (e vai ganhar) e isso deve dar arrepios em pessoas como você. Relaxa e aceita: vai doer menos...

    • Denisbaldo Postado em 25/Feb/2015 às 19:39

      CHUPA QUE É DE LULA! HAHAHA!

  6. Gustavo Postado em 25/Feb/2015 às 10:00

    Que ironia! A classe média repleta de coxinhas cresceu graças aos governos do PT. Reclamam porque pagam muito IR e esquecem que o imposto é proporcional à renda! Não agradecem pelo aumento da renda mas reclamam do aumento dos impostos.

    • eu daqui Postado em 27/Feb/2015 às 11:05

      Imposto é pra ser e deveria ser proporcional a renda. Mas não tem sido. Ao menos não nesta m de país.

  7. Pedro Postado em 25/Feb/2015 às 10:03

    Poxa, a musica do Max Gonzaga é relativamente antiga. Enfim, agora que a midia esta com o pé no acelerador para criminalizar o PT e todas as esquerdas (o PT inventou a corrupçao, a Petrobras era limpinha antes do PT e as obras do periodo militar NUNCA tiveram propina) cai bem.

  8. Pereira Postado em 25/Feb/2015 às 10:08

    "porque pagam muito IR e esquecem que o imposto é proporcional ". Vai estudar meu filho a tabela do IR está defasada em quase 60% e a Dilma não quer reajustar. Quem vai pagar mais imposto não é a classe média são os pobres.

    • Salomon Postado em 25/Feb/2015 às 12:19

      Doutor Pereira, data maxima venia, mas a argumentação de Vossa Excelência chega a ser pueril.

  9. Rodrigo Postado em 25/Feb/2015 às 11:09

    (Outro Rodrigo) Quando a pessoa se assume como um salgadinho ("pastel de vento"), em vez de cidadão... Quando, por efeito espelho, vendo-se no outro, acha que seu concidadão também é um salgadinho ("coxinha")... Quando resume o cenário político a uma bandeja de buffet de festa infantil (coxinhas e pastéis de vento)... Realmente vemos que estamos indo de mal a pior... A imaturidade, o maniqueísmo, a altivez nos consome. E tudo isso em nome de quê? Do "agora é a minha vez"?

  10. Thiago Teixeira Postado em 25/Feb/2015 às 11:19

    "eu daqui"???????? Acho que nosso amigo André fez esse texto para você, mina!!!!!! kkkkkkkkkkk

    • eu daqui Postado em 25/Feb/2015 às 11:25

      Pode me estigmatizar à vontade, mino: funciona muitíssimo comigo: sentir-me-ei intimidada, retaliada e amordaçadíssima !!!! Seu amigo André não pode ter feito este texto pra mim pq sou a coxinha que ele e a maioria não conhecem: sou a coxinha de caranguejo do porto de Monte Alegre: apimentada, temperadíssima, especial em tudo e, portanto, para o paladar de poucos. kkkkkkkkkkk

      • Thiago Teixeira Postado em 25/Feb/2015 às 11:56

        Como não mina? Olha essa parte: "...eu não ‘tô nem aí’, se o traficante é quem manda na favela; eu não ‘tô nem aqui’, ..." RSRSRSRS Mas brincadeiras a parte você está muito longe de ser coxinha, você tem atitude e uma visão particular das coisas, não segue nenhuma linha de raciocínio pronta!!!!!

      • eu daqui Postado em 26/Feb/2015 às 10:38

        Realmente não sou uma alma comum Thiago. Isso pode até ser lisonjeiro em alguns aspectos. Mas, ao menos em nosso contexto brasileiro, não pense que tem sido confortável ou fácil ser assim: alguém fora do usual.

  11. MARIA Postado em 25/Feb/2015 às 11:29

    A TAL CLASSE MÉDIA ANTES, ERA A CLASSE P DE POBRE QUE EMERGIU PELO GOVERNO PT E AGORA COSPE NO PRATO QUE COMEU! ESQUECEU QUE A 12 ANOS ATRÁZ " TAVA RAPANDO O ... COM A UNHA " E AGORA QUER DE NOVO SOFRER NAS MÃOS DOS HERDEIROS LATIFUNDIÁRIOS,COMO SE FOSSEM TER ALGUMA RECOMPENSA COM ISSO, VCS AGUARDEM ! POIS EU SEI QUE APENAS MEIA DUZIA DE PESSOAS SERAM BENEFICIADAS COM O GOLPE! POVO USADO! ENGANADO! ACORDA! UMA FORTE BENEFICIADA SERA A REDE BOBO SE VC TIVER AÇÕES LÁ VÁ EM FRENTE! "SIRVAM OS MAIS FRACOS" EM VEZ DE SE SERVIREM DELES. (PAPA FRANCISCO).

    • José Ferreira Postado em 25/Feb/2015 às 11:56

      Sem exagero... Não vai ter golpe nenhum.

  12. poliana Postado em 25/Feb/2015 às 13:44

    coxinha de classe média = pobre com mania de grandeza!!!!!!!!!

  13. Pereira Postado em 25/Feb/2015 às 14:58

    "a classe média vive numa eterna ilusão e ambição de um dia ser o tal do opressor, o que o faz defender tudo aquilo que o enraba diariamente." Que barbaridade. A Classe média vive sem segurança, paga toda a corrupção com os impostos(é a classe que mais paga impostos) e não tem nem o direito de se sentir ameaçada quando alguém mal vestido se aproxima as 10 da noite seja branco ou negro. A única coisa que a classe média não faz, é defender quem a enraba. Não defende legalização de droga, por exemplo, para que seus filhos não sejam mais afetados ainda mais do que já são, pois não tem auxílio do governo para tratamento. Dos 56 mil assassinatos que acontecem por ano no Brasil, a maioria é de classe média. Eu sou pobre, tenho que pensar duas , três, quatro vezes antes de sair a noite com meu filho pequeno(coisa que não faço mais). E se 3 ou 4 adolescentes mal encarados com aquelas calças caindo na bunda e boné de mano se aproximar, eu não posso ficar com medo, pois serei racista, fascista, nazista evidentemente. Sempre terá um esquerdista analfabeto dizendo que a culpa é do capitalismo e da má distribuição de renda. aí que eu fico com mais medo ainda.

    • Ricardo Postado em 25/Feb/2015 às 17:03

      Oh, Iluminado! Explicai pra nós, analfabetos, o que é o fascismo! Ridiculão.

    • Adyneusa Postado em 22/Jul/2016 às 15:34

      Para você o que gera a violência? Como funciona a tabela de IR? Quem é responsável pela segurança da população, quais impostos pagamos, e quem é nosso opressor? Quem são nossos inimigos reais e imaginários? Não quero que pense como eu, mas que pense!

  14. Pereira Postado em 25/Feb/2015 às 15:12

    Fico ainda mais com medo porque há gente mais analfabeta ainda, que acredita nessas baboseiras de culpar a não justa distribuição de renda do capitalismo pela violência extrema que vivemos. Analfabetos com formação superior, influência no governo e rótulo de intelectual. Culpam um racismo que não existe na proporção que querem, sendo forçados a inventar culpados fictícios como a tal da "violência policial" que combate o tráfico com as precariedades habituais do estado. TUDO NO FIM DAS CONTAS ESTOURA NA CLASSE MÉDIA E POBRE. Rico paga segurança particular, não se importa se a gasolina sobe ou os alimentos faltam. Agora a classe média e os 99% de homens e mulheres honestos que vivem nas favelas, esses sim pagam com a vida o descaso do governo.

    • Adyneusa Postado em 22/Jul/2016 às 16:59

      Acho que a pessoa indicada para responder se existe racismo no Brasil(mundo), é uma pessoa negra. Se falas nos ricos, na burguesia de um país, que são os 1% da população, etão chegaste perto de saber quem são nossos opressores. A quem o capitalismo favorece senão a eles, que enriquecem com a força de trabalho dos trabalhadores, não importando quem seja, pobres, classe média ou classe média alta, são trabalhadores. Sabes como funciona o sistema capitalista? quando criticamos o sistema, não queremos acabar, mas debater em sociedade, e achar um jeito menos injusto da distribuição de renda. Meritocracia, só existe no papel, na real, só algumas exceções ficam ricos, a regra, são 99% de trabalhadores explorados pelo sistema.

  15. Pereira Postado em 25/Feb/2015 às 15:35

    "Relaxa e aceita: vai doer menos..." Aqui no Brasil é assim, é o "C....U complacente". Entra tudo e ninguém sente nem mesmo uma honrosa dor no rabo. É preferível aceitar o estupro que doerá menos. Coisas de Brasil, coisas do país do funk cultura.

  16. Deisi Postado em 25/Feb/2015 às 15:59

    André Falcão, como sempre perfeito! sou fã de todos seus textos, esse especialmente definiu a classe média paulistana. São todos coxinhas com raríssima exceção!

  17. Carlos Postado em 26/Feb/2015 às 10:10

    Ainda sim melhor que ser petista hoje em dia.

    • Marlon Bravo Postado em 27/Feb/2015 às 13:15

      O "petismo" reduziu a população de miseráveis no país de 25% em 2002 pra 4% hoje !!! Fonte Nações Unidas ! Vai estudar coxinha !

      • eu daqui Postado em 02/Mar/2015 às 11:07

        E aumentou a população de criminosos em 100%. Fico grata por provarem por mim que banditismo nada tem a ver com desigualdade. Vai trabalhar, bandido !!!!