Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 08/Jan/2015 às 16:55
82
Comentários

Sheherazade faz estranha comparação entre Charlie Hebdo e revista Veja

Rachel Sheherazade compara Charlie Hebdo à “corajosa” revista Veja. A apresentadora, conhecida por opiniões conservadoras, disse que “há poucos veículos resistentes e independentes no Brasil. É o caso da revista Veja”

revista veja charlie hebdo rachel sheherazade
Rachel Sheherazade comparou Charlie Hebdo à Veja. No entanto, publicações encontram-se em espectros políticos e ideológicos completamente opostos. Outra distinção fundamental é que, ao contrário do Charlie Hebdo, revista Veja sempre caminhou ao lado dos poderosos (Imagem: Pragmatismo Político)

O ataque à sede do periódico francês Charlie Hebdo, ocorrido na última quarta-feira (7), chocou o mundo. Ao todo, 12 pessoas morreram; entre elas, quatro dos mais brilhantes cartunistas da atualidade. A ação, classificada pelo governo do país como “terrorista”, teria sido motivada pelas sátiras religiosas publicadas pelo jornal, que desagradaram alguns muçulmanos ao fazerem referência ao profeta Maomé.

Muitos profissionais da imprensa manifestaram solidariedade e consternação diante do episódio. A jornalista Rachel Sheherazade, porém, aproveitou a ocasião para estabelecer uma estranha comparação.

Em comentário feito na rádio Jovem Pan e divulgado em seu blogue pessoal, a apresentadora do SBT Brasil afirmou que falta liberdade de imprensa no Brasil, fazendo uma associação entre o revolucionário Charlie Hebdo e a revista Veja. “Há poucos veículos resistentes e independentes. É o caso da revista Veja”, enfatizou, ao citar a matéria em que a publicação acusou os petistas Lula e Dilma Rousseff de terem conhecimento sobre casos de corrupção na Petrobras e por isso, segundo ela, a editora Abril teria sofrido retaliações. “No Brasil, o maior temor da imprensa livre não são os radicais islâmicos, mas os radicais da esquerda”.

Sheherazade não parou por aí. A jornalista, conhecida por suas opiniões conservadoras, disse que a presidenta Dilma não foi ‘coerente’ ao lamentar, em nota oficial, o ataque. “A mesma mandatária que defendeu a liberdade de expressão na França apoia um projeto de regulação da mídia no Brasil, que pode restringir a liberdade de expressão e até evoluir para uma futura censura dos meios de comunicação”, destacou.

Do lado oposto ao representado por Sheherazade, movimentos sociais defendem que a regulação econômica da mídia, anunciada pela presidenta, poderá pôr fim à concentração de poder da imprensa nas mãos de poucas famílias e, assim, garantirá mais diversidade de programação e uma real representatividade da população brasileira nos meios de comunicação.

VEJA TAMBÉM: O desenho premonitório do diretor do Charlie Hebdo

Maíra Streit, Revista Fórum

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Onda Vermelha Postado em 08/Jan/2015 às 17:10

    Essa "Olavete" da Rachel Sheherazade poderia nos informar que "retaliações" a editora Abril teria sofrido. Se ela se refere a ação movida pela AGU cobrando o "direito de resposta" a uma reportagem infame como aquela então, então fica claríssimo a sua ignorância ou má-fé a respeito do tema. Até mesmo porque as polpudas verbas publicitárias recebidas pela editora Abril advindas do Governo Federal conforme a Secretaria de Comunicação da Presidência da República desmentem essa versão de que tenha sofrido qualquer retaliação. Tonta!

    • michel medeiros Postado em 08/Jan/2015 às 17:19

      Onda vermelha vc não tem TV ou e um cego. Caso naobtenha visto a editora abril foi atacada por mostra que Lula e Dilma sabiam de tudo.

      • Aline Dantas Postado em 08/Jan/2015 às 17:36

        Michel, a propósito do exemplo que você menciona é preciso que se esclareça que a revista Veja não "mostrou que Lula e Dilma sabiam de alguma coisa". Como de costume, a Veja especulou, antecipando a divulgação de sua capa às vésperas da eleição, sem apresentar nenhuma prova, com o claro objetivo de provocar mudanças nos rumos da disputa presidencial em favor de seu candidato preferido, Aécio Neves. Foi este, aliás, o entendimento do judiciário, que obrigou a revista a se retratar em suas próprias páginas. Não, a Veja não tem nada a ver com Charlie Hebdo. Eles são exatamente o contrário.

      • Fabão Postado em 08/Jan/2015 às 20:35

        Aline, não perca tempo. Só pela escrita se percebe que ele é um cão perdido por aqui.

      • Rafael Postado em 09/Jan/2015 às 08:49

        Michel, você entendeu o que o Onda Vermelha escreveu? Acho que não.

      • Lula Postado em 09/Jan/2015 às 13:06

        Porque não te callas

    • Elizabeth Brito Correia Postado em 08/Jan/2015 às 17:25

      Essa comparação não tem nada a ver comparar a revisteca Veja com a Francesa. Essa é sem noção mesmo.

      • sergio pires ferreira Postado em 09/Jan/2015 às 10:54

        A Veja faz acusacoes sem quaisquer provas.Nao ha como fazer tal comparacao.O que a Veja escreve so e'lido por seus assinantes que nao enxergam um palmo adiante do nariz e saem repetindo como papagaios, com uma irresponsabilidade imensa.

    • poliana Postado em 08/Jan/2015 às 23:42

      Ela só provou o q todos já sabiam: eh de um burrice sem precedentes! Qta estupidez nessa comparação infeliz da sheerazade meu deus! Impressionante!

    • Douglas Postado em 09/Jan/2015 às 01:16

      Falou tudo

    • victor de la isla Postado em 12/Jan/2015 às 13:55

      UJS não atacou ninguem né nenem!!!! Esquerda nao gosta e nunca gostou de liberdade. Ainda mais de opiniao

  2. Marcos Postado em 08/Jan/2015 às 17:11

    O nome do jornal que ela apresenta é SBT Brasil, e não Notícias.

    • B. Ferreira Postado em 25/Jun/2015 às 11:48

      E daí?

  3. Ricardo Postado em 08/Jan/2015 às 17:18

    Certa vez ouvi dizer que ela tem formação jurídica. Se está correto, não se pode aceitar que ela defende a discussão jurídica em um Tribunal, segundo as regras do contraditório, da ampa defesa e do devido processo legal como retaliação (ou ela seria contrária ao acesso ao Judiciário?!); logo, só pode ser má-fé. De qualquer sorte, não sei qual dos dois é pior no caso dela, tendo em vista o alcance de suas "opiniões" em razão do veículo da mídia de que dispõe... A propósito, se são tão favoráveis à "liberdade de pensamento" e contrários ao "pensamento único", por que os grandes veículos da mídia não contratam jornalistas ou comentaristas esquerdistas para estabelecerem um contraponto...?! O inferno são ou outros...

    • Josué Postado em 08/Jan/2015 às 17:33

      Muito bom ler comentários como seu! Obrigado!

    • Glênio Tonon Postado em 08/Jan/2015 às 18:50

      As redações sempre tiveram apinhadas dos seus pares comunistas. Só que agora há outras vozes para contrapor seus argumentos. Aceita que dói menos.

      • Fabão Postado em 08/Jan/2015 às 20:36

        Giênio, mas tá mais pra Iimbecil.

      • Valter Augusto Postado em 08/Jan/2015 às 23:22

        É o contrário,Coxinha Kid:as redações SEMPRE estiveram cheias de gente de direita,agora tem a imprensa alternativa pra apresentar outras versões da realidade.E vc está aqui pra prestigiar essa nova imprensa.

      • Marcia Weiss Postado em 10/Jan/2015 às 14:18

        É mesmo? quando? Mostre-me...

    • poliana Postado em 08/Jan/2015 às 23:35

      Ricardo..a sheerazade n tem formação juridica n. Ela eh jornalista msmo. Eh q antes de vir pra sp a convite dexsilvio santos, ela era servidora pub do trib de justiça da paraíba. Mas ela n tem qq formação juridica n. Se tivesse n falaria tamanhas aberrações q vão totalmente de encontro e são inimagináveis em um estado democratico de direito!

    • Ricardo Postado em 09/Jan/2015 às 00:21

      Só podia ser meu xará. Parabéns pela linha de pensamento

  4. Aderbal Cavalcante-Neto Postado em 08/Jan/2015 às 17:21

    A liberdade de expressão é o escudo dos jornalistas mentirosos, medíocres, chacoteiros etc., que não medem esforços quando querem denegrir. No Brasil, há muitos destes, sendo a revista Veja a que tem as páginas mais escritas por esse tipo de jornalista. A liberdade de expressão só é "buscada", "lembrada" e "enaltecida" quando diante de fatos mentirosos, de faláceas etc. Quando é verdadeira a informação, não se trata de liberdade de expressão, trata-se de informar a população da verdade. Nunca vi nenhum jornalista justificando suas reportagens verdadeiras utilizando-se da liberdade de expressão.

  5. Ricardo Lou Postado em 08/Jan/2015 às 17:22

    A liberdade de imprensa não pode ser invocada para humilhar pessoas ou grupos religiosos ou não. Não gosta de alguma coisa, faz crítica construtiva e não humilhação. Colheram o que plantaram!

    • Jane Postado em 08/Jan/2015 às 17:32

      Hum... eu faço uma piada sobre sua religião, você me mata e você acha isso justo? Fale-me mais sobre seu fundamentalismo.

      • Eduardo Postado em 08/Jan/2015 às 17:40

        olha bem o que você disse.... "fazer piada sobre a religião alheia".... ora sentimentos alheios é uma coisa que não se deve brincar.... se você acha que sim, então assuma as consequências.......

      • Juca Postado em 08/Jan/2015 às 22:31

        Se você gosta de fazer piada (provocação, faltar com o respeito) de religião, e eu gosto de matar quem faz piada de religião, acho justo, pous ambos estão fazendo o que gostam.

      • raquel Postado em 09/Jan/2015 às 09:42

        Boa. Endosso seu comentário.

    • Eduardo Postado em 08/Jan/2015 às 17:44

      concordo com você amigo, invocando a Lei de Newton.... Toda ação provoca uma reação igual de efeito contrário.... ninguém sabe a intensidade da dor do outro quando se mexe com seus sentimentos.... pela história podemos ver milhares de relatos de atrocidades cometidas por sentimentos feridos.... Só para ilustrar Leiam o conta A CARTOMANTE de Machado de Assis, e verão o que pode dar com fazer pouco do sentimento alheio.

      • marcelo b Postado em 08/Jan/2015 às 18:51

        Invoco a lei da relatividade de einstein, embora creia que não se trata de fisica aqui, esse papo de ação e reação pareceu mais a lei de talião, só que nenhum cartunista matou um mulçumano ou religioso qualquer.

      • Elavi Cunha Postado em 09/Jan/2015 às 13:54

        Inicialmente gostaria de retificá-lo. É a 3ª lei de Newton, a qual diz: "A toda ação há sempre uma reação oposta e de igual intensidade: ou as ações mútuas de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e dirigidas em sentidos opostos." Nesse caso a ação "contrária" dos fundamentalistas provocará uma ação inversa proporcional do governo francês, pode esperar.

    • Baca Postado em 08/Jan/2015 às 17:58

      Bem por ai.

    • Virgínia Postado em 08/Jan/2015 às 20:19

      As crianças em Toulouse que morreram Vítimas do atentado no ano passado plantaram o quê? É impressão minha ou vc está tentando justificar esse ato insano e desmedido ?

    • Leonan Brasileiro Postado em 10/Jan/2015 às 05:58

      Ninguem tem o direito de matar ninguem por religião! eu tenho o dever de te respeitar como cidadão, mas não de respeitar a sua religião ou o seu pensamento!

  6. Rafael Martini Postado em 08/Jan/2015 às 17:22

    Que comparação ridícula. Consegue enfiar o PT até num episódio tão lamentável como o do atentado. Aliás, gostaria de saber a opinião dela sobre alguma publicação brasileira que estampasse em sua capa charges de ícones cristãos em poses sexuais, a Bíblia sendo alvejada por tiros, uma representação de Deus sendo ridicularizada, etc. Qual seria sua reação? Será que ela defenderia a "liberdade de expressão" diante de tais condições? Mas e quanto aos seus admiradores, cristãos "cheios de amor"? Ficariam ao lado de uma "liberdade de expressão" a qualquer custo, ainda que seus símbolos religiosos fossem achincalhados de forma tão vil? Em tempo: é injustificável a barbárie ocorrida em Paris, aquilo foi coisa de radicais selvagens. Mas eu não aplaudo quem ridiculariza o que é sagrado para outrem e, de quebra, fomenta islamofobia para a crescente ultradireita local. Definitivamente, "eu não sou Charlie".

    • Amanda Postado em 08/Jan/2015 às 18:23

      Espetacular sua reposta!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    • Virgínia Postado em 08/Jan/2015 às 19:24

      Concordo plenamente Rafael

    • Sara B. Postado em 08/Jan/2015 às 20:57

      Bravo!

    • Marcio Postado em 08/Jan/2015 às 22:27

      Rafael mas a Charlie Hebdo já postou uma charge de Maria com as pernas abertas e jesus saindo como se desse um mergulho.

    • Alexandre Postado em 09/Jan/2015 às 09:15

      EXCELENTE SEU COMENTÁRIO!!!!! Sintetizou plenamente o que eu também penso. Sou completamente contra qualquer tipo de ação ou reação violenta ao que quer que seja a causa. A intolerância surge em várias formas, inclusive em uma charge aparentemente humorística mas recheada de preconceitos, incompreensão aos fatos e intolerância a divergência cultural e pensamentos. Se "pseudos" pensadores são contra as religiões, porque se preocuparem com a aceitação de paradigmas e dogmas? Definitivamente: "Je ne suis pas Charlie".

      • Katia Sanson Postado em 09/Jan/2015 às 11:11

        Charlie Hebdo fomenta a islamofobia? Não! Eles criticam o fanatismo! E num país onde a laicidade e a liberdade de imprensa não vão ser calados tão facilmente.

    • raquel Postado em 09/Jan/2015 às 09:46

      Oras! Dia desse um bando de feministas enfiou santos da religião católica em vários orifícios aqui no Brasil e não me lembro de ler/assistir seus assassinatos a sangue frio. Sequer uma acaozinha da igreja contra elas...

    • Erik Anderson Postado em 09/Jan/2015 às 14:19

      Excelente comentário, Rafael Martini.

    • Claudinei Postado em 09/Jan/2015 às 19:25

      Parabéns Rafael! Um dos comentários mais inteligentes, provocativos e racionais que já li na net. Parabéns mesmo!

  7. andre gialluisi Postado em 08/Jan/2015 às 17:29

    estão enchendo a bola dessa senhora. ela é ignorante,um fruto da midia,uma "ratinho" de saias. não tem embasamento cultural historico

  8. ricardo Postado em 08/Jan/2015 às 17:41

    Só falou verdades, e ficaram tudo brabinho... Se a veja não tem mais verba do governo dá para chamar de independente. E a reação da Dilma em relação a este ato de terrorismo e a depredação da Veja é no mínimo contraditória, para não dizer cínica...

    • Jose Roberto Postado em 09/Jan/2015 às 00:53

      Terminantemente não. A Veja continua tendo verba do governo que sempre a sustentou: da oposição, eh claro. so ver os contratos milionários celebrados pelo Governo de SP, pagos com seus tributos, em favor da Revista VEJA. Ela de fato é INDEPENDENTE, do PT, ja que depende de outro grupo. Quanto absurdo, Allah!!!

    • Leonan Brasileiro Postado em 10/Jan/2015 às 06:04

      Liberdade de expressão e mentiras no fim de campanha politica são 2 coisas bem diferentes! A veja não merece o meu respeito e nem vc! Vai me matar tbm?

  9. Ewerton Postado em 08/Jan/2015 às 17:46

    Essa jornalista é no mínimo ridícula e oportunista. Como ela se atreve a comparar o lixo Veja com a revista francesa? Tenho certeza de que se houvesse uma revista satírica no Brasil, ela seria a primeira a vomitar suas caretices e cretinices, cunhando o semanário de "petralha", "esquerdopata". Para de falar bobagens bruxa do jornalismo nacional.

  10. Thiago Teixeira Postado em 08/Jan/2015 às 17:52

    Como eu queria que essa Jornalista apresentasse um bloco, apena um bloco, fazendo seus comentários modinha e que riquinho (a) da massa cheirosa gosta de ouvir lá na Coréia do Norte. Meu glorioso líder Kim Jon un tem um tratamento especial aqueles que insinuam um golpe.

  11. Vanusa Postado em 08/Jan/2015 às 17:56

    Começou o oportunismo deliberado e essa comparação só demonstra o quanto ela não sabe nada sobre esse jornal. Porque ele é um jornal com um viés de extrema esquerda e a Veja, bem a Veja... Parei. rs

  12. Malu Couttinho Postado em 08/Jan/2015 às 18:04

    Essa jovem é louca coitada. Ñ merece credito em uma linha do q diz! Se supor algo é prova suficiente p/ condenar alguém, estamos perdidos, pois o papel da Lei cai por terra, onde é necessário ter provas p/ se condenar alguém antes de condenar. E nisso, o perigo está ñ p/ esquerda ou direita, partidos ou políticos, e sim p/ nós cidadãos, pois qualquer um pode supor q alguém é culpado de algo e ñ mais precisar de provas. E nós sabemos q no Brasil, qnd a imprensa quer condenar alguém, ainda q inocente, consegue.

  13. Yrae Postado em 08/Jan/2015 às 18:10

    Essa jornalista ou é desinformada sobre o atual contexto multicultural da França ou simplesmente deturpa os fatos para conseguir mais seguidores. O tal jornal não é de direita, nem de esquerda, é anarquista.

  14. Jessica Postado em 08/Jan/2015 às 18:24

    Ela fez uma péssima comparação,sim, mais vocês pestem atenção Rachel é uma das poucas jornalistas do Brasil que "Da a cara a tapa" ela pode ter algumas opiniões contrarias"conservadoras" mais ela tem opinião e forte por sinal, não acho que seja conservadora ela tem pulso tem coragem digna de uma verdadeira jornalista ao contrario de muitos no Brasil. Siim e expor a opinião se for contraria a sua não que dizer que seja conservadora, blz ? A liberdade de imprensa não é humilhar pessoas ou grupos religiosos isso não é jonarlismo isso é ridículo e bastante feio,falta de criatividade e profissionalismo alem de ferir as pessoas(pra min não é jonarlismo) parabéns aos cartunistas eles tem muita criatividade não estou criticando eles, mais sim esse site e alguns desenformados que não sabem d nada e falam aquilo que não sabem.

    • Vinicius Postado em 08/Jan/2015 às 22:12

      Desculpa, mas ela não fere e humilha pessoas? Para mim ela " da a cara a tapa " só para se aparecer.E minha querida quais provas você tem que esse site e quem comenta aqui fala aquilo que não sabe. Isso são frases feitas de gente alienada isso sim.

  15. Guilherme Postado em 08/Jan/2015 às 18:33

    SInceramente, thiago, que comentário repugnante

  16. victor Postado em 08/Jan/2015 às 18:44

    Será que ela sabe que na França a mídia(assim como o SBT e a Jovem PAN) é regulamentada??? E outra, comparar terrorismo contra inocentes com pichar algumas muretas da revista que divulgou notícias mentirosas dias antes de uma eleição presidencial, é meio desproporcional. Não acham??

  17. Sergan Postado em 08/Jan/2015 às 18:46

    Ela conseguiu o que queria, estar em evidencia de novo. E nós ainda ficamos discutindo as bobeiras que ela fala.

  18. gerson dos santos Postado em 08/Jan/2015 às 18:53

    Será que devido a decadência, falência moral e econômica, a revista veja quer colar no SBT e aumentar sua credibilidade a qual nem tem? É uma comparação ridícula, é até um menosprezo a Charlie Hebdo. A revista veja é omissa, covarde, jamais denunciou a crueldade da ditadura militar, jamais foi a favor da opinião publica ao contrário tentou e tenta disvirtuar a opinião publica a seu bel prazer. Rachel Sheherazade deve estar com febre ou com algum devaneio temporário, não tem lógica, não tem sentido uma comparação como esta. A revistinha veja nunca lutou pelo bem comum, nunca sequer fez algum trabalho que almejasse o Brasil se não pelos seus interesses em monopolizar, desinformar. Em momento algum, fez qualquer critica dura em relação a direita, jamais denunciou a privataria tucana, jamais denunciou a matança provocada pela ditadura militar, jamais denunciou a fome a miseria nesses períodos desde a ditadura militar, época de FHC com a compra de votos, não se pode comparar esta revistinha que esta fadada a falência, pois ninguém mais quer ser enrolado, ser enganado, as pessoas tem internet para se informar. A charlie sempre denunciou todas as mazelas, ao contrário desta revistinha que sempre trabalhou para o poder econômico, inventando mentiras, não tem nenhuma pedagogia que possa enaltecer o homem, não tem uma didatica para a colaboração de uma sociedade harmonica, portanto é abominável essa comparação Rachel Sheherazade precisa tomar um remédio para baixar a febre e que sua lucidez venha a tona novamente.

    • Vinicius Postado em 08/Jan/2015 às 22:04

      Ao meu ver essa "Sheheranazi" tem é falta de vergonha na cara mesmo.

  19. Rafael Postado em 08/Jan/2015 às 18:55

    Quem matou jornalistas no Brasil até hoje foi a direita! Segundo o sindicato da categoria em São Paulo forma 25 ao todo.

  20. Hilton Postado em 08/Jan/2015 às 20:43

    Faltou ela comparar Charlie Hebdo a Diogo Mainardi.

  21. sergio Postado em 08/Jan/2015 às 20:43

    Não é a toa que essa moça está no SBT. Lugar de gente sem noção e de extremo mau gosto.

    • sergio Postado em 08/Jan/2015 às 20:46

      Começando pelo cafona do próprio dono da emissora.

  22. Otávio Postado em 08/Jan/2015 às 21:30

    Ambos os atentados, de Paris e o da Veja, tiveram como objetivo repudiar uma forma livre de direito de expressão. Independente se o conteúdo da veja era verídico ou não, cabe a pessoas competentes julgar e punir a revista caso seja provado a falsidade do conteúdo. O que aconteceu na sede da editora abril foi um repúdio a um direito legítimo de expressão e ponto final.

  23. Vínicius Postado em 08/Jan/2015 às 22:02

    Sabia que essa mídia iria dar um jeito de se beneficiar. Daqui a pouco vai aparecer na imprensa francesa "mídia brasileira se aproveita do ataque terrorista..." nem respeitam as vítimas e franceses desse atentado, essa mídia é suja e despresível. Essa "Sheheranazi" ou "Chechelenta" vem querer comprara com a veja, uma total falta de respeito. Essa revista francesa estimulava o senso crítico com humor, já a Veja manipula, a Veja é uma revista que não serve nem para limpar coco de cachorro. Se algum francês estiver lendo esse texto, peço desculpas em nome desses golpistas .

  24. Marcio Postado em 08/Jan/2015 às 22:24

    Mas a Militância do PT não atacou e depredou o prédio da revista Veja??? Acho a comparação bem logica.

  25. Bruno Postado em 08/Jan/2015 às 23:55

    Enquanto as declarações "polêmicas" da Sra Sheherazade tiverem repercução o "jornalismo" do SBT a manterá com a boca no microfone. É só ignorar que ela volta pro anonimato.

  26. Inaldo soares Postado em 09/Jan/2015 às 01:51

    Por favor, Seu Sílvio Santos, demita essa moça urgentemente. Ela não sabe o que é jornalismo, não consegue distinguir esquerda de direita nem de anarquismo, e ainda por cima é uma legítima reacionária, mesmo sem saber o que essa expressão significa. Demita-a já, por favor. Pelo jornalismo, pelos jornalistas em geral, pelo povo brasileiro e, sobretudo, pelo povo paraibano, que deve se retorcer de vergonha a cada burrice reacionária que essa moça insiste em cometer.

  27. Luiz Souza Postado em 09/Jan/2015 às 02:12

    Uma das charges do Charlie Hebdo trata justamente do amor entre sionistas e neonazistas. Tudo a ver com Veja. Assim como nos protestos de maio de 2013, os chantagistas da Marginal tentam a própria inserção em algum rodapé da História. Patético.

  28. Junio Postado em 09/Jan/2015 às 09:24

    Como diria o Rei Juan Carlos: Sheherazade ¿Por qué no te callas? Absurda comparação, nem o "marginalzinho do poste" é tão desinformado e tão tendencioso quanto esta senhora!

  29. Alexandre Postado em 09/Jan/2015 às 09:38

    Se neste momento o mundo todo só fala em liberdade de expressão, então vamos deixar a jornalista falar o que quiser, afinal ela pode falar o que pensa... Não é este o princípio da liberdade de expressão? Aceite o que ela diz ou compara quem quiser aceitar. Nos comentários aqui já tá cheio de gente com intelerância à Sheherazade. VIVA E DEIXE VIVER!!!!!

  30. lima Postado em 09/Jan/2015 às 10:17

    Eu também não sou Charlie! Sou agnóstico mais respeito as crenças alheias!

  31. MARIA Postado em 09/Jan/2015 às 10:48

    SENHORA RAQUELSONARO, ESPERO QUE TOME CUIDADO COM OS SEUS COMENTÁRIOS SOBRE O QUE ACONTECE FORA DA NOSSO PAÍS, POIS, AQUI VOCÊ E OUTROS TANTOS PODEM FALAR A "BORRACHA" QUE QUISEREM, E TEM GENTE QUE ATÉ APLAUDE!, POREM, FORA DO NOSSO PAÍS, SUGIRO: PRUDÊNCIA SOBRE CERTOS ASSUNTOS E PRINCIPALMENTE ESSE ACONTECIMENTO TÃO LAMENTÁVEL! AINDA VIVEMOS EM UM PAÍS LAÍCO! EM PAZ COM O MUNDO! E POR FAVOR! NÃO COLOQUE A NOSSA NAÇÃO EM SITUAÇÃO DIFÍCIL, EM NOME DE FRAZES DESCONECTADAS E COMENTÁRIOSZINHOS INFELIZES,AQUI EM NOSSO PAÍS ACEITAMOS PEDIDOS DE DESCULPAS , PODE ATÉ ROLAR UM PROCESSOZINHO,MAS,NO "ESTRANGEIRO".

  32. Rodrigo Postado em 09/Jan/2015 às 11:06

    Essa moça é "Bonitinha, mas ordinária."

  33. José Aldo Postado em 09/Jan/2015 às 13:45

    A comparação é nojenta, mas vivemos num país democrático e ela pode dizer as besteiras que quiser, ninguém vai invadir a Jovem Pan ou SBT ou Veja por causa disso. O que mais revolta é saber que ao mesmo tempo que faz uso da democracia para expressar opiniões absurdas e se revolta com os terroristas da França, ela apoia o fascismo e a ditadura, defendendo os nossos fundamentalistas e fanáticos. É burrice, demência ou ambos? Intervenção Psiquiátrica Já!

  34. Edison silva Postado em 09/Jan/2015 às 14:23

    Imprensa, jornais, tv, rádio... ninguém está aí para defender os fracos e oprimidos... é tudo uma fachada.... só visam o dinheiro.

  35. eder f paiol Postado em 09/Jan/2015 às 15:39

    Esses cartunistas já vinham sendo ameaçados há vários anos e direto rolava algum intriga com os radicais islâmicos por causa das charges que denegriam fortemente a imagem de Maomé. Eles já vinham avisando ha vários anos para que eles parassem se não haveria alguma retaliação, mesmo assim continuaram a brincar com a sorte. Os cara matam a própria mãe por causa de Alah, imagina alguns francêzinhos que quer botar defeito em tradições seculares. Agora olha aí, tá todo mundo no inferno agora. Pois eles sacaneavam quase todas as religiões. kkkkkkk Mas, eu apoio totalmente os cartunistas. eram excelentes e astutos. Porém, pessoas morrem a milhares de anos por desafiar grandes religiões.E esse antentado contra eles era totalmente previsível. Não entendo por que essa surpresa toda.

  36. Osvaldo Olimpio Postado em 09/Jan/2015 às 15:54

    Infelizmente, algumas pessoas sofrem da Síndrome "País-Colônia". É fato que alguns migrantes de regiões carentes quando se dirigem a áreas mais prósperas manifestam tal disfunção. Os sintomas são claramente visíveis: total subserviência, deslumbramento com os holofotes(em casos extremos, a luz de uma lanterna já é suficiente), ausência de autocrítica e bom senso, pensamento confuso e contraditório, dentre outros. Em estágio mais crítico, ocorre a negação de suas origens e passam a requerer a modificação de sua Naturalidade. Estudos científicos observaram que pessoas acometidas de tal disfunção têm a situação agravada caso visitem território americano ou europeu. Existem relatos de que ao aportarem naquelas plagas seu primeiro impulso é obter a Cidadania Americana ou em algum país Europeu. Talvez, seja esse mais um caso a ser desvendado pela Medicina.

  37. sergio50 Postado em 09/Jan/2015 às 16:57

    Espero que agora fique esclarecido para todos que esta senhora não passa de uma burra (com todo respeito ao animal). Sempre tive esta certeza, daí nunca levá-la à sério. Uma ignorante que só arranja emprego em empresas que praticam subjornalismo (casos de SBT e Jovem pan). Claro, sempre haverá inúteis ainda mais idiotas do que ela para admira-la. Mas aí já é questão de doença... e não tem cura.

  38. enganado Postado em 09/Jan/2015 às 23:40

    Ô gente! Essa moça é muito burra, se não em engano leu o papel errado. Afinal toda loira é burra, não assim o ditado, e desde qdo a colônia judaica vai contratar gente inteligente. As barbaridades cometidas pelos patrícios (iSSrael e EUA) ultrapassam qualquer matanças de qualquer nação do globo terrestre. Gente são 8,5 milhões de seres vivos assassinados por iSSrael e EUA devido suas Bondades Humanitárias executadas contra nós mortais. Então, ainda pergunto se ela foi alfabetizada em português, senão justifica em parte sua burrice jornalística.

  39. Paulo Quadros Postado em 10/Jan/2015 às 09:20

    WTF sheherezade??? JUMENTA que só fala JUMENTICE!!!

  40. testemunha binocular Postado em 12/Jan/2015 às 11:06

    Ela reflete a ruindade de certa classe social nesse país. Não a toa tem que usar carro blindado e esconder a família.

O e-mail não será publicado.