Redação Pragmatismo
Compartilhar
Terrorismo 09/Jan/2015 às 15:08
16
Comentários

Polícia mata irmãos suspeitos de atentado ao Charlie Hebdo

França: polícia invade fábrica e mata os dois principais suspeitos pelo atentado ao jornal Charlie Hebdo que deixou 12 mortos na última quarta-feira

irmãos kouachi charlie hebdo
Irmãos Kouachi são mortos em ação da polícia francesa. Eles eram os principais suspeitos do ataque ao Charlie Hebdo (reprodução)

A polícia francesa matou no começo da noite desta sexta-feira (09/01), tarde no Brasil, os dois suspeitos pelo atentado à revista Charlie Hebdo na última quarta (07/01), após invadir o local onde os dois estavam cercados, na cidade de Dammartin-en-Goële, próxima a Paris.

A ação ocorreu ao mesmo tempo em que as forças de segurança entraram no mercado kosher no leste da capital, onde um homem armado faz pelo menos cinco reféns. Ele também foi morto.

VEJA TAMBÉM: O escritório do Charlie Hebdo após o ataque

Os suspeitos de terem executado o atentado – que deixou 12 mortos – eram os irmãos Said e Chérif Kouachi – também mantinham um refém que escapou com vida.

A informação das mortes dos dois irmãos foi confirmada à emissora CNN pelo prefeito de Dammartin-en-Goële.

O homem que, segundo a polícia, mantinha as pessoas reféns no mercado Hyper Cacher, estava armado com um fuzil Kalashnikov. Ele seria, possivelmente, o mesmo responsável pelo caso da policial morta a tiros nesta quinta-feira (08/01).

Informações obtidas pela agência Reuters, com fontes da polícia, são de que ao menos quatro pessoas morreram no mercado.

Autoridades francesas já relacionam os dois casos ao ataque à sede da revista.

SAIBA MAIS: Charlie Hebdo: Policial morto à queima roupa era muçulmano

Opera Mundi

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. vilmar Postado em 09/Jan/2015 às 15:19

    este casa pode ser o inicio de uma guerra assim como o 11 de setembro de 2001 em new york EUA.

    • itamar japa Postado em 09/Jan/2015 às 20:41

      eu tbm to achando que é meio fake esta ação terrorista

  2. vilmar Postado em 09/Jan/2015 às 15:21

    eu estou cansado de falar: o fanatismo religioso foi e está sendo o mal da humanidade...

    • Dulce Cabral Postado em 09/Jan/2015 às 16:01

      A fonte de todo o mal é a ignorância causadora da intolerância que por sua vez causa a injustiça social e, por fim, a guerra. Colocar todo o mal da humanidade nas costas do fanatismo religioso seja ele qual for é, desculpe, ingenuidade!

      • Felipe P Postado em 09/Jan/2015 às 16:22

        Não vejo a injustiça social nessa árvore que tu fizeste, Dulce. Cada caso deve ser analisado isoladamente. Nesse caso, não há dúvidas: o fanatismo religioso foi o grande vilão. A injustiça social, ao meu ver, não tem nada a ver. Há casos, no entanto, que a injustiça social leva a grande parcela de culpa pelo desentendimento entre as pessoas.

  3. FARUK ZAHRA Postado em 09/Jan/2015 às 15:46

    FALSE FLAG OPERATION

  4. tiago Postado em 09/Jan/2015 às 16:34

    ataque de falsa bandeira com certeza. Quando os suspeitos são mortos sem interrogatório é porque o objetivo é queima de arquivo.

    • mani Postado em 09/Jan/2015 às 17:33

      Hum...deve ser isso mesmo. Gostaria muito que aprofundasse o seu pensamento.Achei interessante seu comentário.

      • Thiago Teixeira Postado em 10/Jan/2015 às 16:38

        Dois.

  5. Cláudio Postado em 09/Jan/2015 às 16:56

    Justiça seja feita, pela morte desse gênio. Grande Charlie!

    • Gleidson Postado em 10/Jan/2015 às 08:56

      Justiça? Tem certeza de que eles eram os assassinos? Não existe justiça sem julgamento brother... Execução é justiçamento ou uma maneira de dar uma resposta rápida a sociedade sobre um caso onde, muitas vezes, a polícia não tem a mínima noção de como solucionar!!! Pelo visto os policiais brasileiros não são tão diferentes de franceses e norte-americanos...

  6. gustavo Postado em 09/Jan/2015 às 18:10

    Qual o valor deles mortos? Nenhum. Talvez foram mortos por saberem algo que não poderia vir à tona. Como um atentado para provocar uma guerra.

    • Carlos Postado em 10/Jan/2015 às 19:42

      São mortos porque reagem, são terroristas, daqui a pouco parece gente defendendo terrorista aqui, bando de lunáticos.

  7. Adalberto Postado em 09/Jan/2015 às 20:28

    Esse atentado é muito parecido com o que aconteceu naquela maratona na Geórgia, EUA, no qual encontraram e mataram logo os "suspeitos".

  8. Thiago Teixeira Postado em 10/Jan/2015 às 16:37

    E ai gringos? tiago e Gleidson fizeram uma pergunta ... porque não foram julgados? Também quero saber.

  9. Carlos Augusto Postado em 10/Jan/2015 às 20:14

    https://www.facebook.com/video.php?v=577574862377074 Os nossos são defendidos como coitadinhos e matam 100x mais. Lá são mortos ou perpetua.