Redação Pragmatismo
Compartilhar
São Paulo 28/Jan/2015 às 18:49
71
Comentários

Pessoas que resolveram fugir de São Paulo explicam suas razões

Adeus, São Paulo! Atualmente, 57% dos paulistanos afirmam que, se pudessem, sairiam da cidade. É o maior índice de insatisfação desde 2009. Pessoas que decidiram fugir de São Paulo explicam as razões da partida

pessoas fugir êxodo são paulo caos água
(Imagem: Pragmatismo Político)

Tatiana de Mello Dias, Brasil Post

Caos. Trânsito. Violência. Preços altos. Trabalho demais. Falta de espaço. Falta de tempo. E, agora, falta de água. Não está fácil ser paulistano neste aniversário de 461 anos da cidade. Tanto não está que 57% dos paulistanos afirmam que, se pudessem, sairiam da cidade. O dado está em uma pesquisa feita pela Rede Nossa São Paulo, junto com o Ibope, divulgada em janeiro. É o maior índice de insatisfação desde 2009.

A mesma pesquisa diz que os paulistanos dão à cidade a nota 5,1 em qualidade de vida. Ok, vejamos o copo meio cheio: melhorou (no ano passado, a nota foi 4,8). Mas a nota ainda está abaixo da média (que é 5,5). Você está feliz em viver em uma cidade abaixo da média? Se não está, o que te impede de partir?

(Se você está entre os paulistanos que têm desejo de partir, um aviso: sua vontade pode aumentar se você continuar a ler este texto.)

Nós saímos de São Paulo porque achamos que o nível de qualidade de vida na cidade estava muito ruim. Trânsito, violência, poluição, preços abusivos, e a vibe no geral da cidade foram os motivadores para essa decisão“, conta Jaqueline Barbosa, 25, que saiu com o namorado, Emerson Viegas, há mais de dois anos. A dupla – responsável pelos projetos Hypeness, Casal sem Vergonha e Nômades Digitais, que quer justamente discutir a possibilidade de se viver de forma nômade – morou dois anos em Ilhabela, no litoral paulista, e agora está viajando pelo mundo. “A internet é a carta de alforria. Por mais urbano que você seja, a cidade te suga. Hoje em dia não é mais preciso abdicar de uma carreira de sucesso somente por não estar morando em São Paulo: você pode ser tão ou mais bem sucedido trabalhando remotamente, como no nosso caso.”

O Brasil inteiro sabe a fama: os paulistanos estão sempre apressados, só falam em trabalho, e esta é a cidade “que não pode parar“. Isso tem origem na formação da população paulista. O livro Metrópole em trânsito: percursos urbanos e culturais explica:

Desenraizado e afastado do círculo de suas relações sociais, esse migrante foi levado a criar um estilo de vida determinado pela condições de sobrevivência que se viu obrigado a enfrentar: vivendo em habitações mais baratas, por isso acanhadas, inacabadas, distantes do local de trabalho e usadas apenas como dormitório; enfrentando longas horas de trânsito caótico; realizando grandes cargas de horas-extra no trabalho; alimentando-se inadequdamente; sendo obrigado a afastar-se das relações de vizinhança e parentesco; apressando o estilo de vida e fugindo do contexto urbano no tempo livre; o paulistano criou um estilo de vida sacrificado, baseado no trabalho e fundado na ética da responsabilidade, do compromisso e da renúncia.”

Em São Paulo as pessoas são engolidas pelo tempo. Pelo trânsito, pelo trabalho. Não há tempo para viver o que realmente importa“, diz Helô Vianna, que se mudou há sete meses com a família para Ubatuba, litoral paulista. “Olhando de fora hoje acho assustador como todo mundo continua sendo engolido e vivendo anos e anos dessa maneira. Muitas vezes sem questionar.”

É claro que não são apenas as raízes migratórias que explicam a rotina do paulistano. Os altos preços da região metropolitana também são um fator que obriga a população a trabalhar muito para viver. Se você der uma olhada nos Índices de Custo de Vida do Dieese, verá que em praticamente todos os meses houve alta: uma hora dos alimentos puxam o aumento das despesas, em outra, a habitação. Em 2014, a vida na cidade ficou mais de 6% mais cara.

Em São Paulo trabalhávamos de segunda a segunda, a gente não saía porque a grana não dava. Fora a falta de vontade, porque todo lugar que ia tinha fila e trânsito“, conta Ingrid Cervatti, que se mudou há sete meses com o marido e o filho para Bertioga. “Hoje trabalhos na frente da nossa casa, que é de frente pro mar e ganhamos o suficiente pra bancar as contas e o nosso lazer regularmente.”

Agora, além dos problemas já conhecidos, o paulistano tem de lidar com a falta de água. Algumas empresas já anunciaram que deixarão as zonas desabastecidas. Embora os especialistas ainda digam que é cedo para falar em êxodo urbano, para algumas pessoas a crise hídrica foi a gota d’água – com o perdão do trocadilho.

A falta de água se somou ao combo trânsito, violência e aglomeração de pessoas“, conta Aline Dávila Bucci, que se mudou com o marido e a filha há um mês para Caçapava, interior do estado. “Já voltei duas vezes e não senti nada de saudade.”

O Brasil Post foi atrás de algumas das pessoas que resolveram levar o desejo de se mudar adiante e estão construindo uma vida nova longe do caos urbano. Quer ver o que mudou na vida delas?

De São Paulo para Ilhabela e, de lá, para o mundo

sair êxodo são paulo água caos

Responsáveis por três projetos de sucesso na internet, Jaqueline Barbosa e Emerson Viegas fizeram do ‘nomadismo digital’ uma bandeira. “Nós saímos de São Paulo porque achamos que o nível de qualidade de vida na cidade estava muito ruim. Por mais urbano que você seja, a cidade te suga“, conta Jaqueline. O casal viveu dois anos em Ilhabela, e no último ano estiveram em Búzios, Rio de Janeiro, Florianopolis, Los Angeles, Las vegas, São Francisco, Berlim, Barcelona, Amsterdã, Roterdã e Zurique. “Ganhamos muito em qualidade de vida, em felicidade, em tranquilidade, em equilíbrio (por causa do contato com a natureza) e em criatividade, já que nos sentimos muito mais inspirados quando estamos onde gostaríamos de estar, e não fechados num escritório na Berrini. Desde que nos mudamos, nossos projetos só cresceram.” O casal acorda, faz uma atividade física e começa a trabalhar. O dia de labuta dura até 19h, mas é cheio de pausas. “Estar num lugar mais tranquilo e bonito deixa esses momentos bem especiais.” Hoje um dos projetos da dupla é o Nômades Digitais, site/manifesto que divulga histórias e dá o caminho das pedras para quem quer deixar o escritório (e a cidade).

De Guarulhos para Caçapava

sair êxodo são paulo caos água

Quando a filha de Aline Dávila Bucci nasceu, o marido saía as 8h e só voltava as 21h, praticamente não via a mulher e a bebê. “Enquanto isso, eu ficava em casa sozinha com ela, porque mesmo morando em um apartamento, a indiferença e correria das pessoas da ‘cidade grande’ não nos permitiam muitas amizades e ficávamos sempre nós duas.” Nos últimos meses em Guarulhos, a família ficou quatro dias sem água. “A falta de água somou ao combo trânsito+violência+aglomeração de pessoas“, conta Aline. A família decidiu mudar para uma cidade que não fosse muito longe de São Paulo e tivesse rios e matas conservadas. Decidiram por Caçapava. “Colhemos frutas, trocamos com os vizinhos, pedalamos no final da tarde numa estradinha aqui perto, cuidamos do jardim“. Há um mês morando longe, não deu para sentir saudades. “Parece que eu não pertencia aquele lugar“, diz Aline. Hoje ela se dedica a uma nova profissão (é doula) e o marido também (é fotógrafo). “Estamos sempre juntos agora!”

Conheça outras histórias aqui.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 29/Jan/2015 às 10:13

    Eu quero e vou mudar para o nordeste! Desde que tenha praia, pois ninguém é de ferro!

    • Priscila Postado em 29/Jan/2015 às 10:33

      O litoral de SC também é 10! Mas o custo de vida não é tão barato... Eu morava em Curitiba, que não é tão caótico como São Paulo e estou muito feliz numa pequena cidade litorânea em SC, por mais que eu trabalhe, volto pra casa e sinto paz! Não precisa de muito dinheiro pra ser feliz...

      • Thiago Teixeira Postado em 29/Jan/2015 às 13:48

        Vou viajar para Itajaí em final do ano! Deve ser bom!

      • Leo B. Postado em 29/Jan/2015 às 15:31

        O pior é que já tem tanto paulista vindo aqui pra SC que estão conseguindo estragar nosso estado. Florianópolis, que já foi conhecida como ilha da magia, lar de pescadores, bichos-grilos e gente cordial, está com um trânsito infernal, violência crescente, e infestada de "baladeiros" ostentando suas lanchas e iates...

    • eu daqui Postado em 29/Jan/2015 às 11:11

      Pois se vc escolher Recife ou Salvador vai ter que ser de ferro na beira da praia: fuja dessas duas.

      • Thiago Teixeira Postado em 29/Jan/2015 às 13:47

        Essas duas eu não gostei muito, minhas favoritas são Fortaleza ... Aracaju ... Porto Seguro .... Natal .... Maceió ... pensa que sou bobo mina? kkkkkkk

      • eu daqui Postado em 30/Jan/2015 às 12:40

        Também gosto de Aracaju e Maceió. E também de Estância e Cipó.

    • poliana Postado em 29/Jan/2015 às 14:04

      Thiago...nem pense duas vezes: vá pra aracaju! A melhor capital nordestina! A q tem a melhor qualidade de vida! A cidade eh maravilhosa! Pra mim, aracaju e floripa são as melhores capitais do país em qualidade de vida. Salvador realmente n vale a pena. Eh extremamente caótica e muito violenta. Joãp pessoa tb eh muito boa.vc vai adorar!!!

      • Priscila Postado em 30/Jan/2015 às 10:43

        Pois é, Itajaí é bom... Mas existem cidades mais tranquilas... Depende do que vc gosta, porque Itajaí cresceu muito e o trânsito não está tão agradável, mas é bem melhor que São Paulo, tem que cuidar apenas com as enchentes, rsrs. Floripa é maravilhoso, porém o custo de vida é um dos mais altos do Brasil, e a aquela ponte que vc é obrigada a passar pra chegar lá é bem caótica, demora muito e nos horários de pico tem que sair muito cedo pra chegar na ilha. Bom mesmo é morar direto na ilha e trabalhar por lá! Bem, opções no Brasil a gente tem... Só espero que não venham acabar com a água aqui!

  2. Priscila Postado em 29/Jan/2015 às 10:22

    São Paulo não é vida!!! Sem água piorou...

  3. Guilhermo Postado em 29/Jan/2015 às 10:39

    Jamais iria querer morar em São Paulo. Mesmo que fosse uma metrópole organizada e segura, prefiro cidades menores. .

    • eu daqui Postado em 29/Jan/2015 às 11:12

      Tenho paixão por Sampa mas sei que sou suspeita já que se trata de minha cidade de passeio e não de labuta.

  4. Carolina Postado em 29/Jan/2015 às 12:12

    Moro em São Paulo e gosto muito da cidade. Essa situação da água é muito complicada e desesperadora... fico arrasada quando penso que chegamos a esse ponto...

  5. Calleb Postado em 29/Jan/2015 às 12:29

    Eu acho interessante isso. Eu vejo isso com bons olhos pois é uma forma de diminuir essa centralização que São Paulo impõe. O Brasil é muito grande, tem espaço pra muita gente e cidades ótimas para se morar, por que passar a vida toda numa cidade caótica, a não ser que você goste.

  6. fabricio Postado em 29/Jan/2015 às 12:32

    Vou sair de curitiba, nao da mais nao.

  7. Luis Postado em 29/Jan/2015 às 12:32

    Não mudo de SP porque arrumar trabalho na minha área é complicado em outros estados. Pagam muito menos (proporcionalmente bem menos). Apesar da qualidade mais alta de vida que teria, receber bem menos abaixaria bem essa qualidade de vida.

    • Lucas Postado em 21/Dec/2015 às 23:33

      Pensamento típico do paulista. O mesmo que tem feita da cidade o que ela tem de ruim. Desculpe, nada pessoal.

  8. Jonas Schlesinger Postado em 29/Jan/2015 às 12:33

    Pois tá mais do que na hora de São Paulo quebrar mesmo, apodrecer sem água. Fujam para os montes, ou para o nordeste. Mas não venham pra Fortaleza, pois, apesar de ser um lugar bom, a administração é pífia. Enfim, quem ficar terá de contentar-se com um baldin de água por dia, escovar os dentes com uma canequinha d'água entre outros. Resumindo: bem feito. Espero que uma cidade tão arrogante quanto sp afunde na sua arrogância, porque nem água tem pra afundar.

    • Carlos Postado em 29/Jan/2015 às 12:51

      Como definir uma cidade arrogante? Seu comentário além de sem sentido é infundado, uma vez que é repleto de ironias e forma jocosa de se expressar e sem foco e embasamento perde-se a legitimidade. São Paulo é uma cidade encantadora.

      • Jonas Schlesinger Postado em 29/Jan/2015 às 15:15

        Cidade encantadora. Aí é entrar no conceitodo ridículo. E ser ridículo no pp existem muitos, não seja mais um! Não defenda uma cidade q não respeita o seu cidadão, q explora o mais pobre. Aki em Fortaleza nunca vi uma pessoa, uma reportagem ou pessoas dizerem q acordam 4 da manhã e pegam 4 ônibus pra ir ao trabalho e depois voltar às 8 da noite. Qualidade de vida aí virou sinônimo de piada! E n preciso de ironia pra tentar da um respaldo no assunto. A própria matéria deixou bem claro isso. N dou eu q quero sair de sp, mas quem já mora aí. E olhe que ainda o ano nem começou, imagine daqui a uns 3 meses quando a sabesp começar o racionamento de 5x2. Aí, meu caro Carlos (e o outro puxa saco de sp que n quero pronunciar o nome), será quase impossível acreditar nas credibilidade de suas palavras, nao governo carcomido do Alckmin e na reversão do quadro delicado q se encontra sampa (argh).

      • Jonas Schlesinger Postado em 29/Jan/2015 às 15:40

        #N sou eu q quero...

      • eu daqui Postado em 30/Jan/2015 às 12:42

        Como boa nordestina, também acho Sampa encantadora. Principalmente porque se trata de minha cidade de lazer. Além de multi e intercultural, ela é dark.

    • Salomon Postado em 29/Jan/2015 às 13:19

      Dizer que São Paulo é uma cidade encantadora é o mesmo que confessar que não conhece outro lugar no mundo. O adjetivo 'encantadora' vale só para o turista de primeira baila.

      • lucas Postado em 29/Jan/2015 às 13:42

        São Paulo é sim uma cidade encantadora e impressionante, são essas as palavras de amigos meus que moram em Paris. Outra vez conversando com Vicenzo outro amigo que reside em milão, perguntei "o que gostaria de levar de São Paulo?" e ele me respondeu "fotos, apenas fotos dessa cidade belíssima". Agora com todo respeito, eu trabalho, estudo e moro aqui, tenho administrado muito bem minha vida, mantendo equilíbrio e sabedoria nas escolhas, não tenho o que reclamar, aqui cresci, aprendi (ainda aprendendo) e vivo. Posso dizer que existem falhas, como em todas as cidades do mundo que já conheci, é sim uma cidade cara, existe transito ... mas eu não trocaria por nada.

      • Carlos Postado em 29/Jan/2015 às 13:47

        Outro que julga sem ao menos saber do que se trata. Conheço algumas cidades do mundo sim, até pelo fato de ser geógrafo e lhe asseguro que São Paulo é encantadora sim, melhor em muitos aspectos que diversas cidades mundo afora. Evidente que os problemas tomam uma dimensão muito maior dada a magnitude da cidade. Não me ofendi por você ter me pré-julgado, alegando que não conheço outros lugares. Talvez se conhecesse o conceito de cidade no cerne da questão enxergaria de forma mais lúcida.

      • eu daqui Postado em 30/Jan/2015 às 12:44

        Eu conheço 3 continentes desse planeta e reafirmo: Sampa é uma cidade encantadora e inspiradora. Uma das mais que conheço. Só podia mesmo ficar na América Cucaracha. Achar que somente o que está fora do país pode ser encantador é provincianismo viralatista.

    • Brah Postado em 29/Jan/2015 às 13:45

      Nossa cara, quanto ódio! Sou carioca e por aqui, as pessoas também tem um certo preconceito por sp. Não entendo isso, todos os paulistas que conheci até hoje, e foram muitos, são sempre educados, tranquilos, nada arrogantes. Pra mim essa rivalidade entre estados e cidades é pura babaquice. E outra: A culpa dessa crise da água é do governo de sp, não das pessoas. Espero que os paulistas e brasileiros em geral comecem a pensar um pouco mais no meio ambiente, reciclem seu lixo, economizem água, pesquisem de onde vem a madeira dos móveis de casa, andem mais de bicicleta.... não é tão difícil, se todos fizessem aos poucos a vida no país todo ia melhorar.

      • wilson Postado em 30/Jan/2015 às 02:56

        Porque tanto ódio por São Paulo ? A lei da espécie, onde o mais forte sobrevive pode ser notada neste lugar, onde os extremamente fracos e em grande números se amontoaram na cidade. Mesmo fracos eram mais fortes que seus conterrâneos e mais sábios. Talvez muitos desses que reclamam não enxergaram o lado bom de São Paulo. Saiam desse lugar o 5 maior país do mundo só vive no litoral, parem de lotear terrenos de 5 metros de largura, deixem espaços para calçada e deixem de votar no PT.

      • Lucas Postado em 21/Dec/2015 às 23:59

        Você deu sorte. Sou mineiro e até hoje nunca encontrei um paulista educado que ainda more em SP. Tenho a impressão que o paulista se torna uma pessoa melhor depois que vai morar em outro Estado. Quando fui a Fortaleza, fui bem recebido por todos. Mas dos paulistas não costumo ter sorte. Até os parisienses foram mais simpáticos do que os paulistas, e olha que andava de metrô lá todo dia.

    • Renato Postado em 29/Jan/2015 às 13:49

      Quanta dor nesse coraçãozinho ! Por pior que SP esteja ainda é umas melhores grandes cidades do Brasil, tanto que quando se mudam os paulistanos não se distanciam mais que algumas dezenas de quilômetros.

    • Carlos Postado em 29/Jan/2015 às 15:46

      Além de fazer exercício de futurologia, o caro colega peca pela superficialidade reproduzindo o que lhe é imposto. Sem partidarismo, deixando a questão política de lado, concordo que o governo do PSDB é terrível e dispensa comentários, mas amigo estamos falando da cidade de São Paulo, ademais querer comparar o tamanho de São Paulo ao de Fortaleza isso sim é ridículo, evidente que o deslocamento ai é muito mais rápido uma vez que a cidade é bem menor. Pelo que me consta Fortaleza não é esse Shangri-lá que o senhor apregoa. Poderíamos debater a problemática de Fortaleza, mas não é o caso aqui e agora. Creio que nunca morou em São Paulo, portanto pare de reproduzir o que te forçam goela abaixo, fale com conhecimento de causa.

    • wilson Postado em 30/Jan/2015 às 02:44

      Acho que o senhor esta esquecendo que Fortaleza em sua estrutura Urbana é uma porcaria, esta cheia de favelas e mazelas. Qualidade de vida em Paraísos tropicais como o Nordeste é lindo. E com dinheiro no bolso é muito melhor. Não tem como esconder ou admitir, não há um povo tão guerreiro e determinado no Brasil que se assemelhe aos Americanos (estadunidenses) como os paulistas e Paulistanos. Aproveitem essa disposição dada por sua cidade e comecem a explorar o interior do Brasil e formas cidades de níveis de capitais, que a nova geração dividirá e formará novos estados no futuro. Cadê o espirito bandeirante do sec xx1 A falta dágua pode ser uma vantagem

    • Lara Postado em 30/Jan/2015 às 11:57

      Se você mora no nordedte deve saber bem oque é viver com um "baldin"né afinal essa e sua realudade a anoooos. Não se esqueça de quanto dinheiro SP e todo o Brasil mandou pro seu nordeste não morrer!

    • João Postado em 01/Feb/2015 às 17:44

      Arrogante é você, meu caro. Que moral você tem para falar mal da cidade ou mesmo do estado de São Paulo? Você sabe qual economia sustenta esse país? Você sabe quanto se repassa ao nordeste dos recursos gerados em São Paulo (seja por meio de repasses diretos ou horizontais, em decorrência do diferencial de alíquota do icms)? Sem as valiosas pessoas que se matam de trabalhar aqui, esse país sequer existiria. Que direito você tem para desejar que os outros passem necessidade, ou morram sem água? Que direito você acha que você tem de julgar os outros assim? Assim como os imbecis racistas que demonstraram seu preconceito contra nordestinos foram devidente denunciados, seu post está sendo denunciado. Seu preconceito deve ser devidamente punido.

  9. Milene Postado em 29/Jan/2015 às 12:34

    Sou dessas pessoas que saíram da região metropolitana e não se arrepende. Cresci em São Bernardo, estudava em Santo André, fiz pós em São Paulo e não dirigia ou seja, não tinha vida. Consegui um emprego em Taubaté e nem sonho em voltar.

  10. Salomon Postado em 29/Jan/2015 às 12:50

    O que faz de São Paulo um lugar desumano é a total ausência da qualidade de vida. No fim do ano fui correr a São Silvestre, pela segunda e última vez. Na avenida paulista, a sensação térmica era de 50 graus. Ao redor da aglomeração, nenhuma árvore, um arbusto sequer. O tempo que levei da zona Oeste para o local do evento foi de quase 3 horas. Detalhe, era feriado. Imagine nos dias "normais". O que mais chama a atenção é que as pessoas vivem com medo. Assustadas. Infelizes. Noto que o semblante do paulistano é de preocupação e sofrimento. São todos paranoicos...Ora, isso lá é vida? Uma palavra sobre São Paulo: fujam!

    • Carlos Postado em 29/Jan/2015 às 13:51

      Um lembrete: me aponte um lugar no mundo seguro hoje, um lugar que não seja permeado pela preocupação. Por que ainda mora em São Paulo se há tantos dissabores aqui?

  11. Vinicius Postado em 29/Jan/2015 às 12:55

    "Hoje em dia não é mais preciso abdicar de uma carreira de sucesso somente por não estar morando em São Paulo [...]" - algum dia, no Brasil, foi obrigatoriamente necessário morar em SP pra ter sucesso?

  12. Lucas Postado em 29/Jan/2015 às 13:21

    Eu amo viver em São Paulo, moro e trabalho aqui! consigo estabelecer horarios para minha rotina, tenho meu trabalho, tenho meus estudos e também tenho minha vida. Confesso que é uma cidade cara, que sempre tudo está aumentando, que há transito, mas não trocaria ela por nenhuma outra, aqui tive as maiores oportunidades de vida, aqui aprendi, cresci, estudei e sou feliz! Todos os dias agradeço por viver nessa cidade.

    • Priscila Postado em 30/Jan/2015 às 10:49

      Pois é Lucas... Conheço algumas pessoas que amam São Paulo e outras que odeiam... Tudo depende da vida financeira da pessoa.

  13. Luís Fernando Postado em 29/Jan/2015 às 13:22

    A minha vontade de ir embora de São Paulo (e nunca mais voltar) já dura 15 anos. O que me impede? Trabalho e subsistência. Lutarei até o último dia da minha vida pra ir embora daqui. Não existe mais qualidade de vida em São Paulo.

    • Lucas Postado em 21/Dec/2015 às 23:52

      A vontade de deixar de "ser" paulista já é o primeiro passo para o deboismo e para se tornar uma pessoa agradável.

  14. Ricardo Postado em 29/Jan/2015 às 13:24

    Aqui em São Leopoldo (RS) ainda está tranquilo... Muita gente vai para São Paulo para ganhar mais, mas se esquece que o padrão de vida não compensa, tanto em termos de saúde como financeiramente (as coisas são mais caras...). Com esta falta de água então... Enfim, cada um tem uma opinião sobre isto.

  15. Luciana Postado em 29/Jan/2015 às 13:33

    Saí da periferia de SP em 2007 e voltei no início de 2010, dessa vez para morar no Centro Histórico da cidade, o que me ajudou a suportar mais 4 anos a vida nela. A falta d'água foi a "gota" que faltava pra eu picar a mula e vir pra belíssima e cosmopolita Porto Alegre e "cair nos braços" dessa gauchada linda que faz a cidade tão agradável e aberta. Eu AMO Porto Alegre e não me arrependo nem um milímetro de ter vindo pra cá, mesmo com os perrengues iniciais que um imigrante passa. "Vou pra Porto Alegre... TCHAU!!!"

    • ELIDA Postado em 29/Jan/2015 às 15:57

      que legal luciana!!!! AMO PORTO ALEGRE E INTERIOR DO RIO GRANDE DO SUL SEJA BEM VINDA!!!!

    • poliana Postado em 29/Jan/2015 às 18:16

      Imagino esses "perrengues iniciais q todo imigrante passa". Triste!

  16. Glaucy Mota Postado em 29/Jan/2015 às 13:36

    Mudei também, faz um mês. Não pretendo voltar, existem outros caminhos. Não digo que seja uma cidade arrogante, é uma cidade ingrata com seu povo que não tem a liberdade de aproveitar tudo que tem a oferecer.

  17. Thales Postado em 29/Jan/2015 às 13:36

    Que se mudem todos,eu amo Sampa!

  18. CLÁUDIO LUIZ PESSUTI Postado em 29/Jan/2015 às 13:40

    Morei em São Paulo por 12 anos e me mudei para São Caetano e depois Santo,cidades da Grande Sã Paulo e a melhora já é muito grande,seja no trânsito,qualidade de vida, convívio com a família,custo de vida,e vários outros aspectos.São Paulo é a quintessência do sistema capitalista ,é muito boa mas só para quem tem muito dinheiro.

  19. Adilson Postado em 29/Jan/2015 às 13:46

    Não existe amor em SP... Os bares estão cheio de garrafas vazias...

    • eu daqui Postado em 30/Jan/2015 às 12:49

      Meus deus nao creio nisso que está postado aqui !!!!!!!! Se naquele lugar tão góticodark não existe amor, então onde existirá? Ora, garrafas vazias existem no mundo inteiro. Vc pode até dizer que elas são esvaziadas porque em SP não existem amores correspondidos, o que só a torna ainda mais romantica no sentido histórico do termo.

      • beto Postado em 22/Dec/2015 às 05:09

        Meu Deus, chega a ser irritante este "eu daqui" com essa fala reacionário com os comentários negativos relacionados a SP! Cara vai escutar Criolo, sabe quem é? O Adilson só postou frases da música do cara, deixa de ser impertinente e vai escutar "nao existe amor em SP" e agradece o Adilson pela dica depois.

  20. Felipe Peters Berchielli Postado em 29/Jan/2015 às 13:51

    Gosto do São Paulo...afinal sou paulistano,gosto de certos aspectos da cidade,do urbanismo,é uma cidade cosmopolita,ha muita coisa aqui... Agora os problemas parecem ser tão infinitos quantos as virtudes,é uma cidade que precisa ficar mais bonita...colocar esse monte de fio debaixo da terra e dar um jeito nos pixadores...como me da asco ver esse monte de pixe por aí. Mas o problema maior é a concentração de pessoas...não tem espaço pra mais nada...todo mundo com pressa...pretendo sair de SP também,por mais que goste da cidade...

  21. Marcelo Postado em 29/Jan/2015 às 13:56

    Não existe amor em SP

    • eu daqui Postado em 30/Jan/2015 às 12:50

      Uma cidade góticodark não precisa de amor. Esse tipo de lugar é próprio amor na acepção mais byronica do termo. .

  22. Cristina Postado em 29/Jan/2015 às 14:01

    Saí de SP em 2001. Nessa época eu já enlouquecia com o trânsito e sempre ficava doente com rinite e sinusite. Moro em Curitiba e não pretendo voltar a morar em SP.

    • Lucas Postado em 21/Dec/2015 às 23:50

      Nenhum paulista inteligente permanece em SP. O resto fica para votar no PSDB.

  23. Paaulo Henrique Postado em 29/Jan/2015 às 14:23

    Saí de SP há 5 anos e atualmente moro em João Pessoa, e digo amigos, quem puder faça o mesmo. Arrumei um emprego quem embora receba menos que em SP aproveito bem mais já que o custo de vida é menor. Hoje eu e meus filhos temos uma qualidade de vida excepcional além de resolver tudo por aqui mesmo, já que a cidade tem tudo que qualquer cidade de grande porte tem. Pretendo passar o resto da minha vida por aqui mesmo!!

  24. Maria Postado em 29/Jan/2015 às 14:37

    Se toda essa gente antipática que postou for embora vai melhorar muito!Ótimo,que estão pretendendo ir.Já compraram a passagem de ida??Eu,de minha parte, amo minha cidade...só sinto que tanta gente tenha vindo para cá....

  25. Francisco Postado em 29/Jan/2015 às 14:46

    Moro em São Paulo há dois anos e não pretendo sair daqui tão cedo. Estilo de vida é uma escolha pessoal; vim de uma cidade "segura", "calma", com custo de vida relativamente baixo, mas não era feliz lá. Aos que chafurdam sobre a crise hídrica, só lamento. E deixo um recado: ela não é restrita apenas à capital ou ao estado; Rio de Janeiro e Minas também já demonstram preocupação. Isso hoje. Amanhã, aos que se dispõem de fato a entender o problema, outros estados figurarão na lista. De qualquer maneira, não desejo isso e sei que todo esse processo nos tornará mais conscientes e solidários. Por fim, aos que acusam São Paulo de arrogância, é uma pena que conheçam a cidade apenas pelas novelas do horário nobre ou por visitas esporádicas.

  26. Vilmar Postado em 29/Jan/2015 às 14:50

    Sempre penso em sair mas dependo dos meus clientes , seria bom se mudasse e levasse eles juntos, mas pretendo morar em uma cidade pequena aqui por perto e continuar a trabalhar em São Paulo.

  27. Oh oh oh oh Postado em 29/Jan/2015 às 15:03

    Só não venham para Natal. Aqui já tem gente demais e, pior ainda, tem muitos estrangeiros. Fiquem por ai mesmo no sul.

    • Ivonildo Cezar Postado em 30/Jun/2015 às 04:11

      Sudeste!

  28. juca vicentin Postado em 29/Jan/2015 às 15:15

    não tá valendo apena morar aqui em São Paulo. O que se ganha , gasta , pois o custo de vida é alto. Transito de segunda a segunda. Muita fila pra tudo . Muito roubo , seguro de carro impagável , condomínios caros , tudo de ruim. Meu tempo aqui acho que acabou . Tá na hora de colocar a viola no saco e partir para outras bandas.

  29. Daniel Postado em 29/Jan/2015 às 17:20

    Consegui minha carta de alforria em agosto do ano passado. Agora, estou em Brasília há seis meses e não consegui ter saudades de São Paulo uma única vez sequer. Só não sei por que fiquei 19 anos lá. Ou sei: a cidade não era muito ruim, ainda, e sempre deu oportunidades de crescimento, que eu não teria aqui. É uma pena que tenha sido tão explorada e tão pouco cuidada pela maioria de seus prefeitos e dos governadores, naquilo que deles depende a capital.

  30. Salomon Postado em 29/Jan/2015 às 20:27

    Se chove em São Paulo, fica tudo parado. Se não chove, não tem agua. Aqui em Minas o problema é a falta de água, embora o Estado esteja longe do problema enfrentado pelos paulistas. Minas e São Paulo foram governados por tucanos por duas décadas. Não fazem obra, não fazem nada. Só ficam alardeando na mídia que são isso ou aquilo. O FHC quebrou o país 3 vezes e deixou a população sem energia elétrica. A mídia põe a culpa no povo porque não sabe economizar. Mas, há quem goste desses canalhas.O fato é que onde esses tucanos põem a mão, arregaçam com tudo. Para a felicidade da nação agora só tem tucano em São Paulo. Será que ainda querem se separar do Brasil?

    • poliana Postado em 29/Jan/2015 às 20:42

      E no paraná, salomon, infelizmente. Um estado maravilhoso, mas q esta indo pro buraco com a gestão tucana.

      • wilson Postado em 30/Jan/2015 às 03:11

        Não moro em São Paulo, mas fico indignado com a revolta dessas pessoas ! Se não gosta da cidade, então que vá embora ! Provavelmente depois de um tempo no paraíso verá que é um saco, porque VC saiu de São Paulo e foi junto consigo !

      • eu daqui Postado em 30/Jan/2015 às 12:52

        Se tucano consegue afundar SP, imagine o Paraná que é menos rico.

      • poliana Postado em 30/Jan/2015 às 15:42

        acho q vc se equivocou wilson. nunca morei em sp! um abraço querido.

  31. Douglas Postado em 14/Mar/2016 às 15:43

    A decisão de sair de São Paulo (ou qualquer cidade em que se resida) é unicamente pessoal, pois a qualidade de vida é algo relativo, o que é seguro e calmo para alguns, pode ser inseguro e caótico para outros, aí ainda contam outras variáveis como poluição, crise hídrica (como no caso de SP), muito barulho e pouco espaço verde, tudo isso varia de pessoa para pessoa. Pessoalmente eu não me vejo morando em uma cidade grande como Porto Alegre ou Belo Horizonte, que dirá em SP ou RJ, metrópoles globais. Cidades de 200 mil habitantes para mim já é caótico, nasci e cresci em uma pequena cidade de colonização alemã no interior do RS, onde todos se "conhecem" (modo de dizer), calma e segura, enquanto não surgir alguma ocupação que remunere muuuuuuuiito bem em cidades grandes, eu não saio daqui!