Redação Pragmatismo
Compartilhar
Religião 19/Jan/2015 às 16:51
23
Comentários

Papa Francisco critica sociedade machista em missa recorde para 6 milhões

papa francisco machismo missa recorde manila
Papa Francisco critica sociedade machista em missa recorde para 6 milhões (Imagem: Pragmatismo Político)

O papa Francisco reuniu seis milhões de pessoas neste domingo sob a chuva em Manila, um recorde mundial para uma missa papal, na qual enviou uma poderosa mensagem aos pobres ao fim de seu giro pela Ásia.

“Temos seis milhões” de pessoas, anunciou o presidente da Autoridade de Desenvolvimento de Manila, Francis Tolentino. Desta forma, a participação superou o último recorde, também registrado nas Filipinas em 1995 para uma missa do papa João Paulo II, que contou com a participação de cinco milhões.

Em sua homilia, o Papa evocou o Santo Menino (Jesus), muito venerado nas Filipinas. “Que o Santo Menino possa continuar abençoando as Filipinas e apoiando os cristãos desta grande nação em sua vocação de ser testemunhas e missionários da alegria do Evangelho na Ásia e em todo o mundo”, disse perante a multidão.

“As Filipinas são o principal país católico na Ásia. É um dom de Deus, uma bênção, mas também uma vocação. Os filipinos foram chamados a ser missionários da fé na Ásia”, acrescentou.

Também falou contra a “pobreza, a ignorância e a corrupção”, um tema levantado com frequência durante sua visita às Filipinas. Cerca de 25 milhões de filipinos, ou seja, um quarto da população, vive com 60 centavos ao dia ou menos, segundo dados oficiais.

Apesar da chuva, milhares de pessoas começaram a se reunir horas antes de Francisco, de 78 anos, chegar a um parque junto à baía de Manila a bordo de um papamóvel em forma de jeepney”, os famosos micro-ônibus filipinos.

Vestido com uma capa de chuva amarela, o Papa sorriu e saudou a multidão, parando várias vezes para beijar os bebês que se aproximavam. Depois chegou ao palco para uma missa de duas horas.

As Filipinas são o principal reduto católico na Ásia, onde 80% dos 100 milhões de habitantes do país, uma antiga colônia espanhola, praticam um catolicismo fervoroso.

Sociedade machista

Francisco falou também sobre uma sociedade machista que não deixa espaço para a mulher. O Papa lamentou a “pouca” presença de mulheres na cerimônia e assegurou que “as mulheres têm muito que nos dizer na sociedade de hoje”. O discurso foi proferido durante encontro com milhares de fiéis na Universidade São Tomás de Manila, nas Filipinas.

“Às vezes somos muitos machistas e não deixamos lugar para a mulher, mas a mulher é capaz de ver as coisas com olhos diferentes dos olhos dos homens”, acrescentou.

Segundo o pontífice, “a mulher é capaz de fazer perguntas que os homens não conseguem entender”.

‘Quando vier o próximo papa às Filipinas que haja mais mulheres’, pediu Francisco.

Crianças em situação de rua

Antes da missa, o Papa se reuniu com algumas crianças em situação de rua que foram abrigadas pela igreja católica, como Glyzelle Palomar, uma menina de 12 anos que perguntou soluçando ao Papa por que Deus deixa que as crianças caiam nas drogas e na prostituição.

“É a única que perguntou algo que não tem resposta e que não sabia expressar em palavras, mas com soluços”, disse o Papa após um longo abraço na menina.

Para a chegada de Francisco, as autoridades filipinas colocaram em andamento um enorme dispositivo de segurança, com cerca de 40.000 soldados e policiais mobilizados na zona. “Enfrentamos um mar de fé”, disse Leonardo Espina, chefe da polícia.

A visita do pontífice foi afetada pelo mau tempo, e no sábado ele precisou encurtar sua visita à ilha de Leyte, onde iria se reunir com os sobreviventes do tufão Haiyan, que em 2013 deixou mais de 7.350 mortos.

“Peço perdão a vocês”, disse o Papa, anunciando que precisava ir embora rapidamente. “Fico triste, de verdade”, repetiu antes de voltar ao aeroporto.

com AFP

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 19/Jan/2015 às 17:43

    Esse é meu VÉLHO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Pereira Postado em 19/Jan/2015 às 17:57

    Padreco Comunista. Está dando trabalho para o setor de imprensa do Vaticano para desmentir as bobagens que fala. Deve ser outro adepto da Teologia da libertação.

    • Diego Vieira Postado em 20/Jan/2015 às 09:06

      Jaguara

    • TAPA NA CARA Postado em 21/Jan/2015 às 09:40

      O padre é comunista, e Jesus era hippie...

    • GabrielG Postado em 21/Jan/2015 às 14:42

      Pereira, já sabemos que você não é de cristo, és satanista. Vá de reto gramulhão! Não tem respeito por vossa santidade, imagina por Jesus Cristo nosso salvador.

  3. Ricardo Postado em 19/Jan/2015 às 18:03

    Chupa, Pereira! ahahahahaha

  4. Priscila Postado em 19/Jan/2015 às 18:41

    O Pereira está com problemas psicológicos... Até o Papa é comunista pra ele, kkkk!! Admiro muito este Papa, veio pra revolucionar. Apesar de não ser adepta a religião, tenho que admitir que o Papa Francisco é um admirável homem!

  5. Murilo Postado em 19/Jan/2015 às 19:04

    Sociedade machista? e uma mulher não pode assumir um alto cargo na hierarquia cristã? esse papa está tentando abrir muitas portas, parabéns. Mas o cristianismo já fez muitas peripécias por ai ao longo do tempo, creio que está em descrédito a pelo menos 1 milênio

    • Lucas Rodrigues Postado em 19/Jan/2015 às 20:16

      Os tempos mudam Murilo; antes tudo era diferente de hoje. Tabus estão sendo quebrados agora, então por que a Igreja Católica não pode quebrar os dela? Tá na cara que isso está acontecendo, graças ao atual Papa. Clamamos sempre por mudanças e a igreja católica também está fazendo sua parte. É sim um BELO começo.

      • Arthur da Paz Postado em 20/Jan/2015 às 15:23

        Sim! Falta o bom senso e a sensibilidade. As pessoas estão acostumadas ao negativismo, ao pessimismo e ao caos. Climas naturais de um planeta no estágio evolutivo como o nosso. Mas é preciso romper as barreiras destes pensamentos retardatários, e vislumbrar novos horizontes no panorama político e religioso da atual civilização. O Papa Francisco é o único líder vivo que tem inspirado milhões. Justamente por não encarcerar seu pensamento e seus atos "numa doutrina".... Mas pratica o bem universalmente, e por isso transcende a fortaleza da Velha Igreja que manchou-se ao longo da história. Estamos vivendo um momento único, uma transição impressionante. Nada que contrariar os desejos do progresso e avanço moral da civilização poderá permanecer. Acredito, que o que estamos assistindo, é o estrebucho dos maus anti a vitória inexorável, fatal, do bem, que é o desejo maior de todas as pessoas. O mundo cansou-se do mau humor. É hora de abrirmos um sorriso nos corações e espalhar bondade por onde passarmos. Para que, no futuro, ao olharmos para trás, não precisamos ferir os olhos nas coisas fizemos, para sangrar lágrimas em nossos corações. Agora, o mundo pode mudar. Mesmo com tanta loucura gritante. O bem vai impôr freio ao mal. Aliás, é obrigação de todos os que buscam a fraternidade humana. Em fim... Esta é a minha minúscula contribuição: otimismo e felicidade.

    • Helena Postado em 20/Jan/2015 às 11:38

      Não se pode julgar uma pessoa em si pelos males de toda uma instituição. O Papa é um exemplo de revolucionário quando vai de contra muitas coisas do passado ligado ao cristianismo, mas não pode, da noite pro dia, mudar tudo na igreja.

    • Fabiano Postado em 23/Jan/2015 às 00:06

      Bem, há algumas coisas a se discutir sobre isso. Primeiramente, os "altos cargos" na hierarquia cristã são para servir os demais, não são meras honrarias... Assim, ninguém tem menos valor por não ocupar esses cargos. As mulheres são biologicamente diferentes, mas não menos importantes do que os homes; da mesma forma, na Igreja, elas possuem papéis diferentes, porém não menos importantes. Por fim, lembro que o papa Francisco já comentou sobre a ordenação de mulheres e essa possibilidade não existe dentro da Igreja, conforme esclarecido de modo definitivo pelo João Paulo II (carta apostólica ORDINATIO SACERDOTALIS).

  6. Sergio Postado em 19/Jan/2015 às 23:41

    Pereira, como disse o Rei da Espanha! Porque não te calas!!

  7. José Francisco Postado em 20/Jan/2015 às 10:39

    Pô, Pereira. Acho que vc é tucano.

  8. Marlene Gomes Postado em 20/Jan/2015 às 12:03

    Uma mulher abriu as portas ao cristianismo, Maria. Portanto, não é o cristianismo que tem ignorado a importância do papel da mulher mas, sim, as diferentes culturas ao longo da historia. Papa adepto da Teologia da Libertação? Seria possível uma teologia não libertadora? Para o Cristianismo a fé em Jesus Cristo, bebida na fonte, é libertadora. Problema é as pessoas se dizerem entendidas em religião sem ler, ruminar, entender, experienciar as fontes religiosas, no caso do Cristianismo, a Bíblia, com especial atençao para o Novo Testamento.

  9. deisi Postado em 20/Jan/2015 às 14:59

    Sou feliz por ter o papa Francisco como representante da igreja católica, humilde e humano, o mundo de hoje padece de falta de amor e compaixão. O papa Francisco é um predestinado para mudar, tanta falta de amor entre os homens, acredito que ele está no caminho certo. Porque só o amor pode mudar os homens e como consequência mudar o mundo.

  10. Camila Ferreira Postado em 21/Jan/2015 às 00:39

    Estou com Francisco!!!!!!!!!!

  11. Virginia Postado em 21/Jan/2015 às 09:30

    Espero que o papa Francisco, possa mudar e melhorar muitas coisas... Difícil mas, nada é impossível!

  12. eu daqui Postado em 21/Jan/2015 às 13:20

    Que for ou merecer ser argentino que acredite: líder de uma religião como essa com afinidades feministas. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  13. Pereira Postado em 21/Jan/2015 às 15:20

    "admitir que o Papa Francisco é um admirável homem!" Não é atoa que você admira o papa. Admirar um "cristão" que diz que se falarem mal da mãe dele ele senta a mão, é realmente coisa de revolucionário socialista psicopata(Dr. Andrew lobacewski explica). Para quem pede tolerância para terroristas islâmicos, esse papa está mais para colaborador do terror do que para pregador do cristianismo. Não sou eu que preciso de acompanhamento psicológico...é você !!! ..e o papa !

  14. Pereira Postado em 21/Jan/2015 às 15:25

    "Mas o cristianismo já fez muitas peripécias por ai ao longo do tempo, creio que está em descrédito a pelo menos 1 milênio". Então vem aí a via alternativa ao cristianismo: O islam. Esse deve ser bom, tolerante, não é machista nem homofóbico. Vai dar a sua contribuição para restaurar a moralidade e a ética da humanidade. Afinal, o islam não mata ninguém; só "defende sua honra" de cartunistas mau educados.

  15. Roberto Pedroso Postado em 22/Jan/2015 às 10:57

    Realmente este Papa surpreende até mesmo aqueles que não são adeptos do catolicismo com um discurso de tolerância respeito ele levanta a bandeira do verdadeiro ideal cristão,esses senhor não apresenta apenas a apostura de líder religioso mas também de um verdadeiro estadista, será que estamos prestes a presenciar mudanças históricas dentro da igreja católica semelhantes as ocorridas no Concilio do Vaticano II promovido por João XXIII? lembrando que alguns grupos de "católicos"minoritários acusavam o Papa João XXIII de ser um esquerdista,herege modernista,no entanto foi canonizado, enfim ouvimos os mesmos ecos do subterrâneo se levantarem contra mais uma liderança progressista e reformista dentro da igreja católica,parabéns a esse novo papa que possui consciência histórica politica e social para além dos conceitos e preceitos religiosos.

  16. machado Postado em 23/Jan/2015 às 02:45

    6milhoes de pessoas aplaudindo um homem, e tanta igreja vazia. "Vossa Santidade", santo pra mim só tem um significado JESUS CRISTO. NAO ESTOU CRITICANDO NINGUÉM APENAS UMA OPINIAO.....