Redação Pragmatismo
Compartilhar
Preconceito social 15/Jan/2015 às 12:07
57
Comentários

"Não pediria desculpas. A verdade dói", diz colunista de O Globo

Silva Pilz, blogueira de O Globo que debochou de pobres diz que não pediria desculpas: "Não ofendi ninguém. Fiz um texto divertidíssimo. A verdade dói"

Silva Pilz, a blogueira de O Globo que ganhou as manchetes por publicar um texto que debocha e expõe sua ojeriza as pobres [relembre aqui], afirmou que não pedirá desculpas pelo artigo. “Não ofendi ninguém e fiz um texto divertidíssimo”, revelou em entrevista à BBC Brasil.

No artigo que gerou polêmica e repulsa, Silvia descreve, em tom de deboche, o comportamento dos mais pobres em consultórios médicos. A blogueira afirma que essas pessoas costumam inventar doenças e fazem drama para faltar ao trabalho. “Acho que não conheço nenhuma empregada doméstica que esteja sempre com atacada da ciática [leia-se nervo ciático inflamado]. Ah! Eles também têm colesterol [leia-se colesterol alto] e alegam ‘estar com o sistema nervoso’ quando o médico se atreve a dizer que o problema pode ser emocional”, escreveu.

Ela afirma ainda que essas pessoas costumam inventar doenças e fazem drama para faltar ao trabalho. “Acho que não conheço nenhuma empregada doméstica que esteja sempre com atacada da ciática [leia-se nervo ciático inflamado]. Ah! Eles também têm colesterol [leia-se colesterol alto] e alegam ‘estar com o sistema nervoso’ quando o médico se atreve a dizer que o problema pode ser emocional”, escreveu.

A blogueira enfatiza que, com a democratização dos planos de saúde, fazer exames se tornou um programa divertido para os pobres, que se arrumam especialmente para a ocasião, chegam cedo e, admirados com o ar-condicionado e o piso de porcelanato dos laboratórios, aguardam ansiosamente pelo lanche oferecido após os exames. Ela finaliza dizendo que a principal preocupação do pobre é “procriar”.

Confira abaixo alguns trechos da entrevista de Silvia à BBC:

Como recebeu os comentários negativos?

Fiquei perplexa porque o texto é uma sátira. Esperava uma repercussão diferente. Há muitas pessoas que se divertem e outras que se revoltam. Meu blog fala sobre hipocrisia, eu digo ali o que eu penso. É o tipo de assunto que está todo mundo superacostumado a ver em novela da rede Globo. Fiquei um pouco chocada, as pessoas xingam, são brutas.

Fiz um texto tolo, corriqueiro, de humor, você escolhe a palavra que achar mais interessante, relatando o cotidiano da classe média. Meus textos são politicamente incorretos, sim, mas acho que muitas pessoas se divertiram muito.

E houve também quem não se divertisse.

Essas pessoas talvez se identifiquem, ou se sintam agredidas com o que está colocado ali. Nem todo mundo entende o humor sarcástico.

Dizer que “pobre gosta de procriar” não seria pejorativo ou ofensivo?

Não. Pobre gosta de procriar. Não é fato? O que dói no leitor é a verdade. Pobre gosta de procriar, você concorda comigo? Eles têm mais filhos do que deveriam ter.

Você convive com pobres em que situações da sua vida?

Eu convivo com pobre como qualquer pessoa da classe média.

Por exemplo?

Deixa eu pensar com que pobres eu convivo (pausa). Que pergunta mais estranha. Eu convivo com… Essa resposta é f*da porque ela pode me sujar, digamos assim, né? Eu convivo com pobres que são professores, bailarinos, músicos, empregadas domésticas, porteiros de prédio, motoristas de ônibus.

Você diz que as pessoas não entenderam a graça do seu texto. Qual é a graça dele?

Eu acho super engraçado. Acho que humor não se explica. A graça do texto são os detalhes.

Essa fascinação pelos exames acontece. As pessoas, porque têm plano de saúde, ficam contentes e ávidas por fazerem exames. É uma brincadeira que fiz com uma coisa complicada que é doença. Talvez tenha sido aí o ponto de explosão do texto. A graça é a mudança de comportamento da sociedade com relação às novidades. Como na aviação. Há anos, só as pessoas que tinham dinheiro podiam viajar. Agora temos passagens a preços acessíveis e isso gera situações cômicas.

Gostaria de deixar alguma mensagem aos leitores ou não leitores?

Não. Só acho que as pessoas deveriam de repente serem menos ofensivas, tomarem muito cuidado.

Você pretende tomar cuidado em ser menos ofensiva em seus próximos textos?

Não. Eu não sou ofensiva. Eles veem como ofensivo. Eu sou divertida nos meus textos. Eu nunca fui ameaçada, foi a primeira vez. Fui ameaçada de morte nos comentários.

VEJA TAMBÉM: Morador da rocinha rebate texto ‘anti-pobres’ de Silvia Pilz

com informações de BBC

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. Alguém Postado em 15/Jan/2015 às 12:17

    Alguém me diz que droga essa mulher usa, to afim de viajar também...

    • Marlene Postado em 15/Jan/2015 às 23:57

      Usa a droga da arrogância. Do sentir-se superior. Achando-se dona da verdade.Mal sabe ela que,quão fútil é.Desprezo bem merecido da maioria!!!

  2. Jorge Postado em 15/Jan/2015 às 12:21

    Gente, que mulher escrota. Porque não vivi a própria vida ? Quem deve ter achado graça do texto, só pode ter sido a classe médica, branca. Ridículo. Se ela quer fazer humor, quer que as pessoas riem, faça um texto falando de si mesma. Dos ricos que são cômicos. Sempre, o pobre, o preto, o gay é engraçado. Chega! Esquecem o que é liberdade de expressão com ódio. Falam e acham q está tudo bem. A mídia, principalmente a glob me anoja.

  3. Jonas Schlesingef Postado em 15/Jan/2015 às 12:23

    Tem preconceito sim, mas como eu já disse e repito: ela só pode ter nascido pobre, ficou rica e agora pisa nos outros. É fato que quando alguém fica rico e não nasce rico, costuma ser tão sujo quanto aquele que nasce rico.

    • Otto Lima Postado em 15/Jan/2015 às 15:10

      Isso seria até compreensível (mas também não justificável) se ela tivesse emergido da pobreza, mas não é o caso: ela nasceu e cresceu em uma família de classe média-alta de Ipanema e estudou em um dos melhores colégios da Zona Sul do Rio.

  4. jose Postado em 15/Jan/2015 às 12:32

    se você não tivesse tido as oportunidades que teve na vida talvez hoje você estaria falando errado também, não acho divertido rir do próximo porque não sabemos o que pode nos acontecer no amanhã.

  5. Tadeu Rosa Postado em 15/Jan/2015 às 12:35

    NÃO TENHO MOTIVOS PARA GASTAR MEU PORTUGUÊS.......É UMA IMBECIL....

  6. Aparecida Morelli Postado em 15/Jan/2015 às 12:36

    A sua verdadfe não dói pq não é verdade. Usamos as pessoas como espelho de nossa própria ignorância. Terapia é bom, aceita a sugestão?

  7. Antonio Postado em 15/Jan/2015 às 12:37

    Só tenho uma palavra pra senhora: ESTÚPIDA!

  8. Leticia Postado em 15/Jan/2015 às 12:42

    Engraçada ??? Onde??? As pessoas tem que ser cuidadosas mas ela não!!!! Atitude no minimo abusiva !!! E ainda se da ao direito de estar chocada com as criticas recebidas ???? Repito: feia,ridícula,podre e agora mais um fútil !!

  9. ju xavier Postado em 15/Jan/2015 às 12:44

    Pena que foi só uma ameaça! Ninguém quer sujar as mãos com um lixo como vc. Vc não vale nada e o que as pessoas tem que aprender é ignorar seres insignificantes como vc.Vc vive em um país pobre, ofende uma nação Inteira e quer se fazer de vítima? Não aguento mais ouvir falar nesta mulher desqualificada pra função que exerce.

  10. Luiz Henrique Postado em 15/Jan/2015 às 12:49

    "É o tipo de assunto que está todo mundo superacostumado a ver em novela da rede Globo" EXATAMENTE... está todo mundo acostumado a ver pobres nas novelas, sempre negros, analfabetos e ocupantes de cargos considerados "indignos" como porteiros e empregadas. Mas todo mundo também já está cansado disso, porque não é engraçado.

  11. Cristiane Postado em 15/Jan/2015 às 12:50

    Ela conseguiu o que queria: aparecer.

  12. gibson Postado em 15/Jan/2015 às 12:51

    Se o Eike caiu...imagine uma miseravel dessa.

  13. Raquel Postado em 15/Jan/2015 às 12:53

    Por esse tipo d sátira que aconteceu tudo aquilo na França ....tomara q ela não acha nenhum pobre pela frente revoltado....fica a dica PR essa pessoa sem caráter. Estúpida...

  14. Fernanda Postado em 15/Jan/2015 às 12:55

    bando de hipócritas. Não defendo ela, como não defendo ninguém, mas piadas deste tipo sempre existiram. To achando a sociedade com sérios problemas de baixa estima. O humor tem que ser livre, e temos publico para qualquer tipo dele. Tem quem ache graça sim!

    • Vinicius Postado em 15/Jan/2015 às 18:52

      Humor n tem q ter limites ?Fazer humor do holocausto, tragédias e etc. Ok pra vc né? Porque sempre haverá público. Se uma pessoa e assassinada pode se fazer humor , porque sempre haverá público e a pessoa só está exercendo seu direito de liberdade de expressão. Me poupe viu!!!

    • Mariza Vandresen Postado em 15/Jan/2015 às 19:41

      Humor? Onde?

    • Andre Cde Postado em 18/Jan/2015 às 18:16

      Você quis dizer "baixa auto estima"?

  15. Rogério Postado em 15/Jan/2015 às 12:56

    Ela devia mandar curriculum vitae pro Charlie Hebdo

  16. Ana Lúcia Postado em 15/Jan/2015 às 13:01

    Ela é uma estúpida, que quer apenas chamar atenção. Este tipo de gente tem que ser ignorada. Esqueçamos que ela existe.

  17. nanci pedro Postado em 15/Jan/2015 às 13:03

    Pobre eh voce com esta cabeça tacanha, mediocre...

  18. Salomon Postado em 15/Jan/2015 às 13:08

    É um contra senso a falta de bom senso dessa jornalista. Esse é um caso extremo de falta de senso crítico do dono do meio de comunicação no qual ela escreve. E o senso de humor? Ora, até para fazer humor é necessário um mínimo de sensatez. Pela entrevista fica claro que o "ponto de apoio" da blogueira é o preconceito contra os pobres. Trata o pobre como um animal irracional. E isso está expresso em suas palavras. Contra o que ela diz, ficam de pé mais argumentos a favor da regulação da mídia. Então, ela não vai ser responsabilizada pelo seus atos? Chega, é hora de dar um basta nessa sacanagem. O "dies irae" desse tipo de jornalismo de m*, que acirra o ódio de classes, vai chegar.

  19. Andre Ribeiro Postado em 15/Jan/2015 às 13:09

    O GLOBO! Elite coxinha!

  20. Isaac Bezerra Postado em 15/Jan/2015 às 13:47

    Agora piorou! Ela tenta defender suas ideias e se defender ao mesmo tempo q demosnstra ainda mas preconceito, nenhuma base nos seus achismos, não consegue manter um raciocínio, acho que é patológico. Se não, é uma das pessoas mais estupidas de quem já tive o desprazer de ler algo.

  21. Gavinho Postado em 15/Jan/2015 às 14:07

    O que aconteceu com o humor engraçado??? Hoje os que se pretendem humoristas perderam totalmente o rumo e difinitivamente não sabem o que é humor, não sabem nem fazer uma "gracinha" sem ofender alguém. A blogueira em questão se defende dizendo que pretendia um texto divertido, errou feio! Mas ao mesmo tempo ganhou "ibope", será ela mal intencionada ou só incompetente...

  22. Carlos Postado em 15/Jan/2015 às 14:23

    vadia, fdp!!!!

  23. poliana Postado em 15/Jan/2015 às 14:29

    Bem que dizem q a inteligência tem limites, mas a estupidez não!! Q mulher nojenta gente! Impressionante! Qdo a gente acha q n pode piorar...

  24. Dalva Postado em 15/Jan/2015 às 14:51

    O termo "liberdade de expressão" virou chacota. Agora todo mundo se acha no direito de falar um monte de sandices em nome dessa "liberdade de expressão". Ela acha engraçado o que escreveu? claro, afinal de contas onde ficaria a auto estima dela?

    • Vinicius Postado em 19/Jan/2015 às 18:54

      Pois é cada dia é cada uma desses "jornazistas", toda profissão tem um código de ética, jornalismo não tem não? Está uma falta de respeito danada, esses "profissionais" achando que podem falar tudo que bem entendem sem medir esforços com o jargão da "liberdade de expressão", acaba queimando imagem de jornalistas esforçados e sérios.Criando pessoas alienadas.O objetivo do jornalista deveria ser informar a pessoa, não manipular e alienar. Como esta sendo conduzida essa questão da liberdade de expressão, daqui a pouco vai virar um caos, principalmente com o desenvolvimento da internet ninguém respeitando ninguém.

  25. Otto Lima Postado em 15/Jan/2015 às 15:17

    "Com o tempo, uma imprensa cínica, mercenária, demagógica e corrupta formará um público tão vil quanto ela mesma." Joseph Pulitzer (1847-1911)

    • Vinicius Postado em 19/Jan/2015 às 18:55

      Dito e feito !

  26. AdeRicce Postado em 15/Jan/2015 às 15:25

    Puxa, se eu tivesse as mesmas oportunidades que essa mulher eu estaria fazendo um trabalho muito mais satisfatório que o dela. Acho que ser blogueira é uma coisa fútil e banal, e ela conseguiu piorar ainda mais esta imagem. Ela é muito infeliz em dizer que pobre tem plano de saúde pois, se tem, ela não conhece pobres como eu. É pena ver pessoas com esse pensamento tão havidas em mídias sociais. O assunto escolhido é muito tolo; com tantas coisas banais para uma blogueira escrever, preferiu ditar a vida de uma pessoa pobre, de uma forma sórdida e "cômica". Torno a dizer, se pudesse ter as mesmas oportunidades que ela, faria um trabalho muito mais construtivo. Sou pobre, não tenho plano de saúde, não tenho interesse em procriar, não tenho CNH, meu saldo em conta é negativo, e não, não me sinto em cenário de novela quando vou a um consultório - me sinto triste, se estou doente irei gastar dinheiro, dinheiro que não tenho.

  27. Margarete G Marambaia Postado em 15/Jan/2015 às 16:19

    Espero sinceramente que vc tenha vida longa e que um dia deixe de ser da tal classe de MER...e passe um tempo enorme frequentando laboratórios e de preferência para ver os nódulos da sua mente psicopata. Vc tá se divertindo em ser cruel, arrume alguém para te amar (se isso for possível), vc deve ser alguém que nunca soube o que é isto é outra coisa, vc não tem a menor vocação para o humor, mesmo sendo humor negros. Seu QI NO GLOBO DEVE SER BOM!

  28. Rita Candeu Postado em 15/Jan/2015 às 17:00

    A jumenta é tão cretina que fala de pobre com plano de saúde kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk a imbecil acha que pobre tem plano de saúde eitaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  29. testemunha binocular Postado em 15/Jan/2015 às 17:26

    Ela é que precisa ir ao médico. Rápido !

  30. Thiago Teixeira Postado em 15/Jan/2015 às 19:12

    "Eles". Ela se refere as pessoas com baixo poder aquisitivo como se fosse uma entidade completamente diferente do dela. Já disseram que ela é uma EMPREGADA? Se fosse realmente classe mérdia, teria um negócio próprio ou estaria em Dubai. Pobre que compra apartamento e carro financiado em 300 vezes, tem um empreguinho e se acha classe mérdia é dose.

    • Divina Rocha Corte Postado em 15/Jan/2015 às 23:29

      Thiago, você falou tudo. Interessante, ela disse que pobre tem plano de saúde, pelo jeito ela também é pobre porque frequenta os mesmos consultórios, senão como poderia estar descrevendo-os, falo isso porque já tive plano de saúde executivo fornecido por uma empresa que trabalhei e mesmo assim não pude fazer um exame num certo laboratório dito classe A. E ainda, será que ela paga plano de saúde para a empregada dela?

  31. Dirceu Postado em 15/Jan/2015 às 19:24

    Numa época em que qualquer insulto politicamente incorreto é glamourizado como "humor inteligente", as pessoas acham que qualquer texto imbecil, desde que tenha preconceitos na sua forma mais pura, se torna automaticamente uma obra-prima do humor.

    • eu daqui Postado em 19/Jan/2015 às 09:48

      Humor inteligente é aquele que faz rir sem abusar do direito à expressão. E reação inteligente ao insulto é aquela que se defende sem abusar do direito à reação. Eu só vejo burrice e abuso de ambos os lados.

  32. Roger Postado em 15/Jan/2015 às 20:09

    E essa ilustre desconhecida conseguiu seus minutos de fama. OK, Silvia Pilz, já confirmaste, com essa entrevista, que tu és uma idiota preconceituosa sem noção e nenhum talento para o humor. Agora, volte para o ostracismo do seu blog.

    • Vinicius Postado em 19/Jan/2015 às 19:00

      Essa ai é a nova Raquel "Sheheranazi" , antes dela falar as besteiras dela eu e muita gente nem sabia que era aquela medíocre.

  33. Jonas Schlesinger Postado em 15/Jan/2015 às 20:21

    Nossa, quanto mimimi. Vão cuidar do feijão pq tá queimando!

  34. Roberto Pedroso Postado em 16/Jan/2015 às 09:46

    E ainda dizem que não há luta de classes no País! com formadores de opinião do quilate desta senhora que de forma nojenta sem reservas ou ressalvas destila seu veneno mordaz em um grande veiculo de imprensa atacando as classes menos favorecidas de forma a retrata-las de maneira pejorativa e preconceituosa.

  35. enganado Postado em 16/Jan/2015 às 14:39

    " ... "Não pediria desculpas. A verdade dói", ... ". Sua Biltra, desculpas deve pedir a DEUS e não aos homens porque quem nos criou sabe perfeitamente a melhor vestimenta que nos cabe nesta vida. Quem achas que é para julgar quem é pobre ou rico? Vamos, agora conte as mazelas dos ricos qdo debocham daqueles que estão abaixo de suas rendas. O que?! Não estou ouvindo! Ah sim, falta coragem porque senão perde o empreguinho e virarás pobre. porque pichação aos ricos lhe trará uma série de problemas, como por exemplo: Não ser mais convidada para os regabofes da Direita, a qual, sua celerada, pertence. Humildade faz bem para a alma.

  36. Deisi Postado em 16/Jan/2015 às 15:08

    A senhora rica empregadinha do Globo é tão pobre, tão pobre, só tem dinheiro, me parece que nem é tanto assim. Coitada! é ainda mais pobre de espírito.

    • Thiago Teixeira Postado em 16/Jan/2015 às 16:31

      Estava sumida!!!!!!!!

  37. Deisi Postado em 16/Jan/2015 às 16:47

    Thiago, estou passando por um momento muito difícil, depois de um ano em Blumenau onde meu esposo estava na fila de espera de transplante, depois de tudo dar certo e voltarmos para casa, uma semana depois de estarmos em casa. Meu esposo teve um AVC comprometendo o lado direito e fala, foram 20 dias de UTI agora são dez no quarto. Motivo do meu sumiço!

    • poliana Postado em 17/Jan/2015 às 12:05

      Ô deise, q pena! Sinto muito por tudo isso que sua familia está passando. Seu esposo está fora de perigo? Já estando no quarto eh uma boa notícia? N houve rejeição do órgão transplantado n, houve? Melhoras ao seu esposo deise...com fé em deus toda essa má fase vai passar e ele ficará bem.

    • eu daqui Postado em 19/Jan/2015 às 09:44

      PQP ! E a gente pensa que tem problema......Força e saúde pra vc resolver esse pepino !

      • Deisi Postado em 19/Jan/2015 às 14:04

        Obrigada pelo apoio!

  38. Deisi Postado em 18/Jan/2015 às 14:12

    Obrigada pelo carinho Poliana, Não houve rejeição do órgão, mas está deprimido por suas limitações, mas com fisioterapia voltará seus movimentos, com certeza. Se Deus quiser esta fase vai passar!

    • Thiago Teixeira Postado em 19/Jan/2015 às 09:02

      Vai dar tudo certo Deisi. Pensamento positivo!!!!

  39. Aldo Dewlla Monica Postado em 19/Jan/2015 às 11:49

    Quem são essas bostinhas como esta aqui, a xerazada, a rildegard para merecer tanto barulhos por parte de páginas consideradas sérias. Isso tudo está nauseando até os fígados mais saudáveis. Que tal falarmos de assuntos mais relevantes.... serve até Anitta, ou Valessa Popozuda.... mas poupem-nos destas nulidades em busca de projeção através do "jornalismo" minúsculo que praticam

    • Vinicius Postado em 19/Jan/2015 às 19:09

      Concordo, antes eu nem sabia quem era "Sheheranazi" ,"Ridigard" e etc. Mas é importante mostrar as besteiras que esses "fulanos " dizem para que o preconceito e a desinformação não se perpetue.

  40. Carlos Postado em 19/Jan/2015 às 12:01

    A questão não é ser pobre, antes os pobres tinham mais dignidade que os ricos, hoje com o funk por exemplo eu tenho vergonha de ricos e pobres.

  41. Sandra Postado em 02/Jan/2016 às 16:12

    Senhora Sílvia, a senhora não é engraçada, a senhora é desprezível e ridícula.