Redação Pragmatismo
Compartilhar
Música 05/Jan/2015 às 16:37
51
Comentários

Globo suja biografia de Tim Maia e tenta livrar Roberto Carlos

Roberto Carlos é um detalhe na falsificação da biografia de Tim Maia pela Rede Globo. O que estão fazendo com sua história é caso de polícia

tim maia biografia globo roberto carlos
O jovem Tim Maia (reprodução)

Kiko Nogueira, DCM

Tim Maia era um gênio complexo e contraditório. “Preto, gordo e cafajeste”, como ele se definia. Mas o que estão fazendo com sua biografia é caso de polícia.

A Globo transformou um filme lançado no final de 2014 num docudrama — mistura de ficção e documentário — em dois capítulos. Desfigurou tudo. Incluiu depoimentos de artistas, cortou cenas, alterou a ordem de acontecimentos.

Aproveitou para limpar a barra de Roberto Carlos. No longa, que é inspirado no livro de Nelson Motta, Tim é esnobado por Roberto até conseguir uma reunião por insistência da mulher de RC, Nice, em que Roberto acaba topando gravar “Não Vou Ficar”.

Os dois eram amigos da Tijuca no fim dos anos 50 e fizeram parte de um grupo vocal chamado Sputniks. Quando a Jovem Guarda estourou, Tim havia voltado dos EUA quebrado. Procurou Roberto em busca de uma chance no programa. Foram meses de batalha, eventualmente humilhantes.

Nelson narra algumas dessas histórias no livro. Na biografia censurada de RC, Paulo César de Araújo ainda lembra uma ocasião em que Roberto, na saída do Teatro Record, manda seu empresário dar dinheiro para “Tião”. A grana foi amassada como uma bola e atirada em sua direção. “Eu tive um acesso de choro na hora”, afirmou Tim.

Essa luta está no cinema. Na TV, porém, Roberto surge dizendo que ajudou, sim, o cantor, e por vontade própria, não de Nice (nem a pobre Nice, morte em 1990, pode se defender). Na pele do ator Babu Santana, Tim Maia dá um depoimento: “Foi assim que Roberto Carlos lançou o gordo mais querido do Brasil”. Você consegue imaginar essa frase idiota na boca de Xuxa, mas não na de Tim Maia.

O diretor Mauro Lima criticou a adaptação no Instagram, sugerindo que ninguém assistisse o “subproduto”. A emissora declara ter realizado uma “recriação”. Nelson Motta, como era de se esperar, não falou nada e não vai falar.

Há muitas pontas que não fecham. Como um diretor permite que seu trabalho seja mutilado em nome de ficar mais “didático”? Se autorizou, reclama do quê? Estava no pacote da Globofilmes uma versão televisiva tabajara? Quem está ganhando com toda essa falsificação? Se fosse o contrário — uma telebiografia de Roberto Carlos com um papel, digamos, controvertido de Tim Maia, Tim seria chamado para dar um tapa?

Agora, não é apenas a relação com Roberto que era complicada. Tim Maia vivia às turras com a Globo. Processou a emissora por direitos autorais algumas vezes. Deu uma longa e divertidíssima entrevista ao Jô sobre isso (no SBT, evidentemente).

Foram décadas de confusões legais. Não é nota de rodapé. Mesmo sendo muito cuidadoso, Nelson Motta incluiu diversas passagens a esse respeito em seu best seller. Em 1993, numa trégua jurídica, Tim deu um cano no Faustão. “Na segunda-feira, a vice-presidência de operações da Rede Globo enviou um memorando a todas as centrais vetando a participação de Tim Maia em programas da emissora”, escreve.

Tim era louco, mas não era burro. Descontente com a capa de um disco, quebrou a sala do diretor artístico da Philips, avisando a secretária que deixou uma “lembrancinha”. Montou sua gravadora, a Seroma, para ter o controle sobre sua obra.

Foi um dos primeiros artistas independentes do país, numa época em que isso simplesmente não existia. As composições eram registradas na editora, a distribuição dos discos terceirizada. Ganhou dinheiro — gastou muito dinheiro.

Nunca escondeu suas excentricidades em entrevistas antológicas. Mas não era um inocente útil, um trouxa, um junkie burro. Suas brigas com a Globo são parte fundamental de sua vida. Morto, a emissora faz o que ele nunca permitiu: apropriou-se de Tim Maia. Roberto Carlos é apenas mais um detalhe feio nesse vale tudo.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. dalmir fraga Postado em 05/Jan/2015 às 17:07

    O filme tb é uma m desfaz da memoria do grande tim.

  2. nanorj Postado em 05/Jan/2015 às 17:09

    Normal de uma empresa que só publica lixo e tira sempre o dela da reta ...

    • VIVIANA BENEVIDES Postado em 05/Jan/2015 às 22:15

      De acordo!!! huahuahua

  3. magda Santos Postado em 05/Jan/2015 às 17:31

    Eles não tem capacidade nem pra fazer um documentário honesto, por menor que seja, sem macular o nome, a honra e a lembrança das pessoas. A safadeza está inerente em tudo em que botam a mão. É uma GLOBOSTA mesmo!!

  4. MAGALI Postado em 05/Jan/2015 às 17:31

    Ela (emissora) só faz esse tipo de coisa porque tem quem colabora, como no caso do Nelson Motta. Que deveria ter se recusado a dar depoimento. Mas não é novidade nenhuma esse fato vindo dessa emissora. Ela costuma deturpar tudo mesmo.Coisa feia heim!!!!!!!!!!!!!!Principalmente porque a pessoa em questão não pode se defender. Isso é sujo.............

    • SARA Postado em 06/Jan/2015 às 09:18

      Concordo com vc, Magali... falou tudo...Rede esgoto de televisão...é assim mesmo.

  5. Patricia Postado em 05/Jan/2015 às 17:35

    Estou decepcionada!! Assisti e acreditei em td, vou ver o filme para ver a realidade, pois a Globo nao ta c nada!!

  6. Priscila Postado em 05/Jan/2015 às 17:43

    Todos em são consciência sabem que não podem basear a história de um artista ou de qualquer assunto através da Globo né?! Agora, foi muito bonito ver Roberto Carlos e Tim Maia apresentando juntos, o Tim humilha o "rei"! Até hje não entendo pq Roberto Carlos fez e faz tanto sucesso, pq sua voz é uma merda!! Ele serve mais pra ator do que pra cantor, e olhe lá!

    • anita Postado em 05/Jan/2015 às 18:09

      porque a grande maioria e alienada!!!!!!!!

    • mani Postado em 05/Jan/2015 às 18:18

      Concordo. A família de Tim deveria tomar providências contra a Globo, por se apropriar da imagem de Tim Maia.

      • Rino Postado em 06/Jan/2015 às 11:45

        a familia de tim esta dividida, essa tal janaina na vdd nao existe foi uma "condensaçao" das duas maes de seus filhos essa manobra tem um jogo de interesses por tras

    • mani Postado em 05/Jan/2015 às 18:23

      A familia deveria processar a Globo por usar a imagem de Tim Maia.

    • mani Postado em 05/Jan/2015 às 18:52

      Concordo. Ainda bem que eu o filme no cinema, por três vezes.

    • Vinicius Postado em 05/Jan/2015 às 18:55

      É porque a Globo promove ele, todo ano tem aquele repetido especial com ele. Tim Maia dispara na frente de Roberto Carlos.

      • poliana Postado em 05/Jan/2015 às 19:15

        Q por sinal, está a cada ano mais decadente o especial do roberto carlos na globo! N tem como levar a serio essa emissora, tampouco um artista q apoiou a ditadura militar e eh mecenário de mão cheia!

    • antonia Postado em 05/Jan/2015 às 20:15

      A farsa é tão grande que Erasmo disse que escrevia para Tim. Grande mentira, porque Tim que estava nos EUA, não tinha nem endereço certo. E se de fato eles se comunicavam, por que Tim teve que ficar de tocaia na frente do hotel que Roberto estava para finalmente falar com Nice, que pediu pra Roberto dar uma forcinha para Tim? Tim, só se tornou conhecido mesmo, depois que Nelson Motta o encontrou e ele pode gravar These are the songs com Elis. Esta sim o ajudou na carreira. A Globo fez isso pra " limpar a barra " do seu " patrimônio histórico" Roberto Carlos.

  7. Leici Postado em 05/Jan/2015 às 17:55

    Dourar a pílula é a especialidade da TV. De quem interessa só mostra-se o lado belo.

    • mani Postado em 05/Jan/2015 às 18:21

      Dourar a pílula em favor do seu funcionário Roberto Carlos.A família de Tim Maia deveria processar a Globo por usar a imagem de Tim Maia.

  8. shalin wei lopes wu Postado em 05/Jan/2015 às 18:04

    UM DESRRESPEITO PARA O VERDADEIRO REI DA VOZ!! inclusive no livro do nelsom muita invenção criada !!puta que PARIU SER ARTISTA QUE SE PREZA E QUE TEM COMPROMISSO COM UMA MÚSICA DE QUALIDADE TÁ FODAVIVER NESSE PAÍS DE MERDA!

  9. vilmar Postado em 05/Jan/2015 às 18:12

    as vezes as pessoas ficam se perguntando: caramba, tal cantor ou jogador de futibol vive da fama e não do talento, e isso tem muito a ver com o roberto carlos

  10. Paulo Oliveira Postado em 05/Jan/2015 às 18:33

    Roberto Carlos é um pau mandado da Globo, no festival nos anos 60 ele era isolado, pois só tinha gente boa de talento, e teve que fazer ie ie ie ou ilare ilare ê.

  11. Guilherme Ostrock Postado em 05/Jan/2015 às 18:45

    O melhor texto que li sobre o tema

  12. Guilherme Ostrock Postado em 05/Jan/2015 às 18:46

    http://entretenimento.r7.com/blogs/ricardo-alexandre/roberto-carlos-esta-so-comecando-a-pagar-por-seu-desprezo-pelo-jornalismo-e-pela-historia-20150105/

  13. Vinicius Postado em 05/Jan/2015 às 18:58

    Também o que se esperar da Globo, campeã na artimanha de distorcer tudo ao favor dos interesses dela.

  14. CELSO GOMES Postado em 05/Jan/2015 às 19:02

    TIM MAIA, SEMPRE SERÁ TIM MAIA, POIS ETERNIZOU-SE EM SUA ARTE. A GLOBO PASSARÁ SEM DEIXAR RECORDAÇÕES EDIFICANTES, ATÉ PORQUE COM A EVOLUÇÃO DOS TEMPOS, TODA AS LAMBUSEIRAS DESTA ORGANIZAÇÃO E DE SEUS DIRIGENTES, SERÃO POSTAS AS VISTAS DO MAIS SIMPLES DOS MORTAIS.

  15. Nalda Postado em 05/Jan/2015 às 19:07

    A apropriação da imagem do TIM por parte a Globo não me surpreende afinal não conseguiu dobrá-lo em vida. Esta emissora tem esta prática: transforma pessoas em mocinhos ou bandidos de acordo com sua conveniência. Quanto ao RC é só um mausoléu sem graça e de caráter duvidoso vai sobreviver enquanto a rede plimplim se interessar. Lamento pela massa alienada cujo o único entretenimento é ficar no sofá se encantando com as sandices da mega cinquentenária

  16. Jean Postado em 05/Jan/2015 às 19:30

    Alguém parou pra assistir será? Ninguém liga para o que não está na moda.

  17. Luiza mendes Postado em 05/Jan/2015 às 19:35

    eu entendo o descontentamento de todos porém temos de dar o nome aos bois, uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa. a globo errou em ter modificado a historia do Tim mas o Roberto Carlos não mandou eles fazerem isso por tanto não podemos tirar os méritos do rei. Eu amo Tim Maia e o Roberto Carlos, como cantores e compositores cada um com seu estilo como artistas eles são maravilhosos embora achar que o Roberto não é mais o mesmo nas suas composições. e o Tim então é um cantor que nunca sai de moda suas musicas agradam todas as gerações.

    • Eduardo Postado em 05/Jan/2015 às 20:22

      O Roberto é um mentiroso que quer posar de santo. Falou que foi ele que ajudou TIm, e não a Nice. Mentira. Foi com a Nice que Tim conversou primeiro e ela gostou do jeito do Tim e insistiu com Roberto para ajudá-lo. Gosto não se discute. Tem gente que gosta do pinguço do Rener , que atropela gente inocente, mas o gostar não transforma mau caráter.

    • messias Postado em 05/Jan/2015 às 23:32

      Tenho minhas dúvidas se roberto algum dia compôs alguma coisa.

  18. [email protected] Postado em 05/Jan/2015 às 20:10

    Só acho que o show do Roberto Carlos no final de ano. ..Já era. ..Tem que mudar...Inovar...Chega de detalhes, amanhã de manhã, e por aívai ...Um Feliz Ano Novo. Sem Roberto Carlos por favor. ..

  19. Francisco Borges Postado em 05/Jan/2015 às 21:00

    Acho Que Não Preciso Dizer Mais Nada! Praticamente Todos Os Comentários Anteriores Falam Por Mim. Tim Maia Era Um Gênio Enquanto Roberto Carlos É Só Um Pobre Coitado Que Teve A Sorte De Ter A Rede Globo Lhe Ajudando Na Sua Carreira Porque Se Não Fosse Isso,Seria Apenas Mais Um Na Multidão.

  20. Valéria Regina Perini Postado em 05/Jan/2015 às 21:01

    Gostei muito de ver o filme de forma integral e real.Sobre a Globo não me surpreende saber de mais um episódio visto que está tem sempre tal postura manipuladora e.elitista.

  21. Caio Gullane Postado em 05/Jan/2015 às 21:08

    Sobre o Diretor Mauro Lima ter " autorizado" acho bom esclarecer que o Diretor nao e o dono do Produto. Ele é contratado pra fazer um trabalho de direcao nao têm acesso aos acordos que o Produtor, R. Teixeira, fez com a Globo Filmes. Na verdade é de praxe no Mercado a Globo aportar 3 milhões de reais via incentivo fiscal e um adicional de recursos não incentivados para poder fazer essa versão pra TV. Lamentavel. Mas nao e a primeira v z que a Hlobo faz essa M.

  22. Danilo Postado em 05/Jan/2015 às 21:16

    Eu só assisti na globo e terminei o filme achando que Roberto Carlos agiu mal com o amigo. Mesmo vocês dizendo que a Globo tentou cortar esses detalhes, acho que essa impressão não conseguiram apagar.

  23. Enio Postado em 05/Jan/2015 às 21:54

    mpressionante: todos os jornalistas replicando a história das botas e do dinheiro amassado, dizendo que Nelson Motta contradiz o que escreveu no próprio livro. Todos esses jornalistas NÃO LERAM o livro. Não tem nada disso, de dinheiro amassado. Roberto foi até sacaneado de leve no começo de carreira pelo Tim. E realmente deu uma mão pro amigo. Não uma, mas algumas vezes. Leiam o livro e parem de escrever besteira (não, não sou fã de Roberto. Nem de Tim Maia)

    • Luiz Souza Postado em 10/Jan/2015 às 04:13

      Houve outros três livros que serviram de inspiração ao filme: o censurado Roberto Carlos Em Detalhes e O Réu E O Rei, ambos de Paulo Cesar de Araújo, além do livro do paraguaio Fábio, cantor e amigo íntimo de Tim.

  24. Sueli Postado em 05/Jan/2015 às 22:30

    O Tim Maia faria sucesso com ou sem a ajuda de Roberto Carlos. Ele simplesmenrte viveu a vida da maneira que quis sem medir consequências de nada. Cada um usufruiu do sucesso do jeito que quer . Culpar Roberto Carlos não é justo. Cada um naquele momento estava correndo atrás dos seus sonhos. Gosto dos dois artistas. Infelizmente Tim cavou sua própria sepultura.

  25. pedro Postado em 05/Jan/2015 às 23:22

    Água mole em pedra dura tanto bate até que fura !!! A Globosta tem que fechar as cortinas ...

  26. Almir Rogério dos Santos Postado em 06/Jan/2015 às 00:15

    Obvio que é verdade, eu que vi o filme original e li o livro tenho certeza q a intenção era livrar a cara do traíra.. ops... Roberto Carlos.

  27. Gilvan Barbosa Postado em 06/Jan/2015 às 00:39

    O que estanos esperando gente? Vamos compartilhar este texto. O Brasil precisa saber disto.

  28. Aurea Gitahy Postado em 06/Jan/2015 às 01:44

    Incrivel e decepcionante que um icone nacional fizesse o que fez com o filme do TIM MAIA... A Globo ja vem mostrando a que veio por varias vezes , conforme seu interesse no lucro da noticia e ao meu ver quis ganhar na onda do filme do TIM MAIA, e tambem concordo com o que ja foi comentado acima, de que a Globo nao conseguiu dominar o TIM em vida e quis levar vantagem nessa palhacada de remontagem... Uma pena terem permitido isso... (a familia). Um desrespeito para com o publico e também aos atores do filme, que se viram no filme adulterado e nada poderem fazer...

  29. Flavio Postado em 06/Jan/2015 às 10:36

    Infelizmente o diretor é pago para dirigir e muitas vezes quem monta o filme é o estúdio, nesse caso a globo filmes e muitas vezes isso pode acabar com a carreira de um diretor!!

  30. Mary Postado em 06/Jan/2015 às 10:49

    Na boa pessoal, eu também não gosto dessas documerdas da globo. Mas, eu não convivi com o Tim pra saber o que aconteceu realmente. E se, a família do Tim não fez nada até agora, é porque tem muita sujeira por "debaixo dos panos". Essa é minha opinião! Abraços.

  31. Renato Postado em 06/Jan/2015 às 11:10

    Só tenho a dizer sobre a grobo e o Beto Mau é que gente boa é gente boa e filho de uma puta é filho de uma puta.

  32. romero vieira da silva Postado em 06/Jan/2015 às 11:39

    Se o roberto carlos..sai da midia a globo quebra..so tem isso..

  33. GÉRSON Postado em 06/Jan/2015 às 12:22

    Ainda bem que não perdi meu tempo vendo essa porcaria da Globo. Aliás lá só coloco pra ver eventos esportivos que eles tenham exclusividade, o resto, novelas, seriados, telejornais, etc., tudo porcaria...

  34. anete antunes Postado em 06/Jan/2015 às 12:50

    Para maiores detalhes, leiam a biografia escrita por Nelson Mota, caceta. Tudo o mais = filme > mini-série + polêmicas e distorções - incluindo um "RC" desconstruído, derivam dele. Gente preguiçosa, pô.

  35. Manoel Augusto Postado em 06/Jan/2015 às 14:44

    Obrigado pela oportunidade, pois por aqui tive a curiosidade de assistir a não apenas um filme, mas a biografia de um dos maiores gênios da música brasileira... nunca fui muito fã de Tim Maia, mas por aqui conheci o outro lado do artista. Boa crítica, concordo que a emissora tem poder de manipular e de se apoderar, mas cabe a nós procurarmos a verdade. Abraço a todos!

  36. eu daqui Postado em 06/Jan/2015 às 15:17

    Quem ainda conseguir acreditar na Globo que assista.............

  37. Jeferson Santos Postado em 11/Jan/2015 às 14:05

    É realmente muito lamentável que Roberto Carlos esteja se prestando papéis tão ridículos quanto esse mais recente (de desmentir aquilo que foi documentado por n testemunhas sobre seus tensos encontros com Tim Maia) e o outro não muito antigo (a proibição da sua biografia, escrita por Paulo César de Araújo). Um artista como ele não tem a menor necessidade de protagonizar tantos vexames que o desumanizam a cada dia, pois nos mostram um ser inumano, irreal, sem sentido. Fico de fato mui sentido em saber que o Rei não tem honrado sua coroa como deveria. Nem mesmo o bobo-da-côrte é tão patético e sem graça quanto esse personagem estranho que é capaz de mutilar sua obra e história de forma tão bizarra, excêntrica, infeliz. Personagem que infelizmente tem ampliado a cada dia suas "esquisitices", que mais parecem amostras duma ganância desmedida, desenfreada. Preferindo agir como o pior dos plebeus, ele assume de vez sua condição de lacaio. E lacaio da pior espécie, lacaio da rede globbels. E se ser lacaio é pior que ser um reles súdito, neste caso em especial é ainda pior se deixar levar pela eugenia artística que essa emissora maldita pratica há anos.Um artista que deveria dar as cartas e que no entanto, como podemos ver, já se torna o mais volúvel dos artistas, deixando que o livro de sua história seja redigido por almas tão sebosas quanto a dele próprio. Melhor ter deixado o livro de PCA ser divulgado, pois ali trata-se de um fã verdadeiro e não de um borra-botas chapa-branca, como Nelson Motta tem-se mostrado ultimamente. Mais de 5 décadas de sucesso absoluto (sendo que os últimos 20 anos foram de viver do passado, seja com regravações de outros artistas, seja com pequenas mudanças de repertórios em RCs ), milhões de discos vendidos no Brasil e na América Latina, milhões de fãs por todo o continente, tudo isso sendo jogado fora por conta de uma excessiva "preocupação" com sua própria imagem. Não me lembro de nenhum outro exemplo de narcisismo tão iracundo e senil quanto esse. Em que pese as péssimas companhias e assessoramentos, mas Roberto poderia (e deveria) dizer não a tudo isso. Se não o faz, é porque a zona de conforto continua bem confortável. Resta saber até quando.