Redação Pragmatismo
Compartilhar
Cuba 27/Jan/2015 às 14:27
14
Comentários

Fidel Castro rompe silêncio sobre aproximação EUA-Cuba

Fidel Castro finalmente rompe o silêncio de mais de um mês sobre a histórica aproximação anunciada por seu irmão e presidente de Cuba, Raúl Castro e o presidente dos EUA, Barack Obama

fidel castro cuba eua
O líder cubano Fidel Castro

O líder cubano Fidel Castro disse nesta segunda-feira (26) que não confia nos EUA e que não conversou com Washington, rompendo, assim, o silêncio de mais de um mês sobre a histórica aproximação anunciada por seu irmão e sucessor Raúl Castro e pelo presidente Barack Obama.

“Não confio na política dos Estados Unidos, nem troquei uma palavra com eles. Isso não significa – longe disso – uma rejeição a uma solução pacífica dos conflitos”, disse Fidel, de 88 anos, afastado do poder desde 2006, em uma carta dirigida à Federação Estudantil Universitária.

Com a data de hoje (27), a carta foi lida pelo presidente da Federação, Randy Perdomo, esta segunda à noite na televisão cubana.s

O pai da Revolução Cubana não criticou o acordo anunciado por Raúl e Obama em 17 de dezembro passado, por meio do qual ambos pretendem normalizar as relações bilaterais. O acontecimento foi saudado em todo o mundo.

“O presidente de Cuba deu os passos pertinentes de acordo com suas prerrogativas e com as faculdades que a Assembleia Nacional e o Partido Comunista de Cuba concedem a ele”, escreveu Fidel Castro.

“Defenderemos sempre a cooperação e a amizade com todos os povos do mundo e, entre eles, os dos nossos adversários políticos. É o que estamos reivindicando para todos”, completou Fidel Castro, o grande ausente no histórico processo de aproximação entre ambos os países, após meio século de inimizade.

No longo texto, Fidel fala dos mais diversos tópicos, indo da Grécia Antiga à incursão militar cubana na África, nas décadas de 1970 e 1980, e encerra com seus comentários sobre a reaproximação com os Estados Unidos.

O silêncio de Fidel voltou a alimentar rumores sobre sua saúde e sobre sua morte no início do mês, até que o ex-jogador de futebol argentino Diego Maradona, seu amigo pessoal e que estava de visita em Havana, anunciou há duas semanas ter recebido uma carta do líder cubano.

A última aparição pública de Fidel foi em 8 de janeiro de 2014, quando assistiu à inauguração de uma galeria do artista cubano Alexis Leyva “Kcho”, também seu amigo.

VEJA TAMBÉM: CIA reconhece que esteve perto de assassinar Fidel algumas vezes na história

AFP

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook

Recomendados para você

Comentários

  1. cELIO Postado em 27/Jan/2015 às 14:57

    - Disse o velho Ditador vestido com seu moletom capitalista opressor da Addidas. Abraços lixos esquerdotários

    • Marcelo Postado em 27/Jan/2015 às 15:46

      Abraço direitoso sem capital :)

      • Luis Postado em 27/Jan/2015 às 18:06

        Direitão pão com mortadela

      • Tiago Postado em 27/Jan/2015 às 18:13

        Fantástico Marcelo!

      • Gustavo Postado em 28/Jan/2015 às 15:44

        Ótima resposta! Vou adotá-la!

    • William Postado em 27/Jan/2015 às 15:57

      Quando dizem que não devemos ler comentários é por alguns como esse. rsrsrs Calma aí Deus todo poderoso, tenha piedade dos seres humanos.

      • Marcos Postado em 27/Jan/2015 às 18:53

        Faço minhas as palavras do William.

    • anderson Postado em 27/Jan/2015 às 18:44

      Onde socialismo quer dizer voto de pobreza? Socialismo é um regime econômico cara, em Cuba há uma ditadura, mas isso nao é prerrogativa do sistema econômico de la. Precisas ter um pouco mais de leitura sobre esses conceitos. Ainda lhe dou uma dica, nao.leia o jornalismo da globo, ele deturpa todos esses conceitos.

      • Eugênio Gonçalves Postado em 28/Jan/2015 às 16:37

        Russia Cuba Venezuela Coreia do Norte Congo Somália Etiópia Angola. Ah, e a China? A China vai bem, e quem a visitou vê o capitalismo escancarado nas ruas. O comentário do Senhor Luis Guilherme parece uma piada fraca.

    • Alvaro Postado em 27/Jan/2015 às 20:37

      Perdeu a chance de ficar calado, otário!

    • Mateus Postado em 28/Jan/2015 às 01:20

      Eu não sou socialista nem comunista, mas te informo que nenhuma das duas ideologias é contra industrialização...

  2. William silva Postado em 27/Jan/2015 às 23:25

    Ta foda esses comentários.

  3. Isaac Postado em 28/Jan/2015 às 21:27

    Quando Fidel Castro saiu o povo votou para o irmão dele assumir? Não. Socialismo de cuba significa: pouco para todos e muito para família Fidel.

  4. Aristóteles Postado em 28/Jan/2015 às 23:03

    Salve, Salve, Comandante Fidel Castro!!