Redação Pragmatismo
Compartilhar
Ditadura Militar 07/Nov/2014 às 20:13
40
Comentários

Stuart, torturado e assassinado aos 25 anos

Stuart foi torturado até a morte. Amarram-no a uma viatura, com a boca colada ao cano de escapamento. Daí deram voltas no pátio. A viatura acelerava e freava. Tuti com a pele esfolada, tossia forte [...]

Stuart Edgart Angel Jones ditadura
Stuart Edgart Angel Jones (arquivo)

Fernanda Pompeu, Nota de Rodapé

Histórias de pessoas de carne e osso – e também de personagens de papel – que viveram na roda viva da ditadura militar

Quando vi meu pai morto, faz um ano, pensei para me consolar: ele teve uma vida imensa. Conheceu o fracasso, mas também o sucesso. Tentou, errou, tentou novamente. Foi homem capaz de uma consistente história de amor de vida inteira com a minha mãe. Acreditou no comunismo dos quinze aos oitenta e três anos de idade. Deu muito azar em várias situações, mas, no balanço das perdas e ganhos, ele foi um sujeito de sorte.

Ao ler trechos das biografias dos mortos e desaparecidos políticos durante a ditadura militar, percebo o quanto a maioria era jovem. Gente que nem havia encostado nos trinta. Olho para as fotografias e me ponho a imaginar o que eles seriam hoje. Certamente, velhinhos e velhinhas interessantes. Talvez, alguns até desinteressantes. Não importa. Teriam décadas inteiras para viver suas histórias.

Por exemplo, me detenho no rosto de Stuart Edgar Angel Jones, o Tuti. Um rapaz findo aos 25 anos. Não por conta do vírus Ebola ou por desastre de carro. Ele foi torturado até a morte dentro do Centro de Informações de Segurança da Aeronáutica, no Rio de Janeiro. Amarram-no a uma viatura, com a boca colada ao cano de escapamento. Daí deram voltas no pátio. A viatura acelerava e freava. Tuti com a pele esfolada, tossia forte.

VEJA TAMBÉM: Torturado quando bebê, morre vítima mais jovem da ditadura militar

Essa cena foi testemunhada – e depois relatada a Zuzu Angel, mãe de Stuart – por um outro preso, o Alex Polari de Alverga. Fim da história? Não. Até hoje, novembro de 2014, os restos mortais do rapaz não foram encontrados. Há dois relatos diferentes: o primeiro diz que seu corpo foi jogado de um helicóptero em alto-mar. O segundo, ele teria sido enterrado como indigente em algum cemitério carioca. Grandes chances para ser o Cemitério de Inhaúma, aquele que Lima Barreto (1881-1922) eternizou no estupendo conto Os Enterros de Inhaúma.

Procuro mais informações e descubro que antes de ingressar no MR-8 – um dos pequenos grupos que optaram pela luta armada para enfrentar a ditadura – Stuart Angel havia sido um desportista, tendo ganho o bicampeonato de remo pelo Flamengo. Também tivera vida de estudante de economia na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Dois mais dois igual a quatro, tento imaginar o que Stuart teria feito se não tivesse a vida interrompida naquele maio de 1971. Medalhista de Olimpíada? Economista de banco? Professor de educação física? Vendedor de secos e molhados? Qualquer coisa poderia ter acontecido na vida dele, do mesmo jeito que qualquer coisa acontece nas nossas.

Na data de sua prisão, ele era casado com Sônia Moraes Jones. Uma moça também militante, também torturada e morta em 1973. Também desaparecida. Também cheia de possibilidades. Será que eles estariam juntos até hoje? Será que teriam filhos? Quem sabe agora teriam netos? Nenhum dos dois viveu para contar o futuro deles para nós.

Aliás, eles não tiveram foi tempo. Porque na casa dos vinte anos, a gente ainda nem tem um passado muito grande. Temos, em geral, a cabeça cheia de sonhos futuros. Eu por exemplo, em 1971, achava que seria médica. Acabei estudando cinema e me tornando escritora – entenda-se, alguém que escreve por prazer de escrever.

Mesmo quando narro uma história dolorida como essa, há a delícia de contar.

Stuart e Sônia foram apenas dois entre os muitos jovens que a ditadura militar torturou, matou e sumiu com os corpos. Também fizeram isso com pessoas mais velhas. Os torturadores e seus mandantes não faziam cerimônia. Eram todo-poderosos. E, até os dias atuais, esses senhores da morte estão livres e soltos por aí. Não digo leves. Pois não acredito que sejam.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. poliana Postado em 07/Nov/2014 às 20:40

    Stuart foi torturado até a morte. Amarram-no a uma viatura, com a boca colada ao cano de escapamento. Daí deram voltas no pátio. A viatura acelerava e freava. Tuti com a pele esfolada, tossia forte [...].................................. e tem gente saudosista dessa época, pedindo a volta da ditadura, pois nesse período "o brasil estava muito melhor do hj"..e ainda há akeles q acham q a ditadura militar no brasil n foi nada demais..apenas "algumas poucas e necessárias mortes"...sei não viu! VIVA A DEMOCRACIA!!!!!!

    • Cassia Postado em 09/Nov/2014 às 14:15

      Pois é Poliana, indignada com essa cambada de alienados que ficam pedindo, "pelo amos de Deus", por intervenção militar. Não respeitam nem aqueles que deram suas vidas em prol da liberdade que desfrutamos hoje. E ainda tem aqueles que dizem que os militares arrancaram apenas umas "unhazinhas" daqueles que estavam "fazendo merda". Faz me rir esses "brasileiros" preocupados com o destino desse país!

      • eu daqui Postado em 10/Nov/2014 às 12:01

        Sou a favor da livre manifestação como su a favor de tudo: com limites. Num caso como esse de patente desrespeito e risco para a democracia, digo, a solicitação da volta do regime militar, se deveria até mesmo esquecer um pouco dos valores democráticos e dar um jeito, dentro das normas legais, para "chamar as falas" oficialmente aqueles que se manifestam pela volta da carnificina.

    • MIRON Postado em 09/Nov/2014 às 15:30

      Lobão, por exempllo... Será que ele consegue ter noção de como foi uma cena dessas...? Um lesado pelas drogas que consumia... pobre fim de um filhinho de papai, alienado mas com um falso ar de vanguardista...

      • Júnior Postado em 09/Nov/2014 às 20:26

        Deixa esse trambiqueiro pra lá! Um falido artístico e espiritual. Segue a consequência lógica daquele sujeito hiper vaidoso, mimado, superestimado intelectualmente e politicamente pelos cadernos dois da grande midia. Não merece nem citação de quem sabe do verdadeiro sentido de lutar pelas causas sociais!

      • Eristal neias Postado em 10/Nov/2014 às 14:27

        Miron , você bem disse - lesado pelas drogas só pode. Alienado querendo permanecer na mídia esse tal de lobão. Devemos esquecer tipos de gente iguais à ele pra não dar Ibope .

    • LINDY Postado em 09/Nov/2014 às 18:50

      VIVA A DEMOCRACIA, POLIANA, MESMO QUE MEIO TORTA SEREI SEMPRE A FAVOR DA DEMOCRACIA.

    • soda cáustica Postado em 09/Nov/2014 às 20:27

      Uma das maiores covardias de que ouvi falar. E quem fez, está solto por aí. Abraçando o netinho...

    • suzyrodrigues Postado em 09/Nov/2014 às 20:51

      esses ditadores não gosta da democracia .

    • eu daqui Postado em 10/Nov/2014 às 12:09

      Fala sério: destilando essa quantidade de raiva que atira pra todos os lados o tempo todo, pobriana, vc seria a mais sádica das torturadoras, bastando para isso que a ditadura fosse do seu partido.

      • poliana Postado em 10/Nov/2014 às 13:55

        Dai-me paciência! Ô antipatia de pessoa!!!!!

      • eu daqui Postado em 12/Nov/2014 às 12:42

        Pode me chamar e me achar antipatica, sim. Se chamar de democrática vomitando extremismo é que é o problema.

  2. testemunha binocular Postado em 08/Nov/2014 às 11:29

    E continuo querendo saber o que os superiores do filho do Bolsonaro vão dizer pra ele.

    • Eterna Perplexidade Postado em 09/Nov/2014 às 19:35

      Eu não ia conseguir encarar o meu pai se ele tivesse o currículo como o desse aí. Não ia dar.

  3. Carla Postado em 08/Nov/2014 às 22:31

    Se o filhote e aprendiz de Bolsonaro não for demitido da PF a gente vai ter certeza que neste país só existe justiça para pobre, preto e petista.

    • Paula ALL Ferro Postado em 09/Nov/2014 às 13:32

      Concordo, Carla. Vil e torpe quanto o pai o filhote de Bolsonaro.

    • Felipe mello Postado em 09/Nov/2014 às 15:05

      Para a maioria então.. :)

    • Viviane Postado em 09/Nov/2014 às 16:46

      Não entendi sua linha de raciocínio...

  4. enganado Postado em 09/Nov/2014 às 10:47

    Será que os heróis desta tortura foram condecorados pelo Henry Kissinger, CIA, NSA, FBI pelos bons serviços prestados a Grande Pátria Americana=EUA que sempre nos desprezou/humilhou/roubou/chantageou/escravizou/tratou como resto/cuspiu na nossa cara/... etc ? Pois é hoje juntamos os cacos daquela época maldita que os militares não escondiam a preferência pelos EUA em detrimento da Pátria. No entanto hoje tentam disfarçar a mesma escolha defendendo a Marina=Bco. Itaú, Aecínico=PSDB/DEM/Banca Internacional Anglo Sionista e apoiados pela mÍRdia Anglo Sionista do BRASIL tendo como representante o GAFE+rede bunderantes, sendo que esta foi INTEIRAMENTE construída pelos militares contra os COMUNISTAS que deixariam os Patrões=EUA de cabelo em pé. Se perguntar, acho que não ofende, mas em se tratando de escrever algo de verdade sobre a Direita está arriscado um Bolsonaro da vida bater em minha porta e fuzilar nos; serão todos absolvidos porque o JB, Gilmar é que não faltam, já fizeram escola. Então pergunto aos militares: Qual a diferença entre um, por exemplo, coronel do exército da Rússia que tem em seus arsenais completos e um coronel do nosso Exército que precisa de muito ... ?

    • Luci Mara Gallucio Postado em 09/Nov/2014 às 15:49

      Embora ténhamos problemas na democracia,imagino como Chico Buarque escreveria a música Angélica para zuzu Angel. Com certeza Zuzu poderia fazer a moda poliítica junto ao seu filho e abraçá -lo a todo momento. Os netos cresceriam politizados,vislumbrando uma sociedade mais igualitária.

  5. Paula ALL Ferro Postado em 09/Nov/2014 às 13:24

    Ao fim de tão horrendo período e sem punição alguma aos mandantes de torturas e torturadores, ao menos cremos q esses miseráveis nunca, em tempo algum, apesar da liberdade, nunca foram leves.

  6. Larissa Postado em 09/Nov/2014 às 13:50

    E precisamos lembrar que a sua mãe, Zuzu Angel Jones, estilista de muito renome na época, investigou incansavelmente a morte do filho e também morreu 'acidentalmente' numa estrada... É muita tristeza para a história de uma única família.

  7. Marilena S S Rossi Postado em 09/Nov/2014 às 14:13

    Perdi alguns amigos nessa época, marcou a minha vida de várias maneiras e o que mais me impressiona é a alienação das pessoas que pedem a volta dos militares. É eles não sabem o que falam!!!

  8. Aline Postado em 09/Nov/2014 às 15:08

    Importante lembrar que a mãe dele, Zuzu Angel, também foi assassinada em um suposto "acidente" de carro.

  9. Marcos Postado em 09/Nov/2014 às 15:27

    Uma morte lamentável, sem dúvidas, mas convém lembrar que boa coisa o rapaz não era, pois se fosse não estaria na mira dos militares. Pra quem trabalhava e levava sua vida dentro dos conformes o regime militar é lembrado como uma época boa, houve desenvolvimento econômico, o país cresceu, se modernizou, a desigualdade era menor, violência menor, a educação era acessível, etc. Os militares pegaram um país com o 45º PIB do mundo, e 21 anos depois, entregaram aos civis o 10º PIB do mundo. O regime só perseguiu aqueles que queriam implantar o comunismo no Brasil, pessoas que queriam subverter a ordem, pessoas que se denominavam “guerrilheiros revolucionários”. Fico imaginando o desastre que seria o país hoje caso os militares não tivessem realizado essa intervenção, seríamos uma nova Cuba. Lembrem-se que antes de haver o endurecimento por parte dos militares já havia radicais explodindo bombas, roubando, sequestrando, saqueando e atirando em cidadãos de bem. Sem a intervenção militar, estes que assassinaram, roubaram e torturaram estariam hoje no poder.

    • Paulo Postado em 10/Nov/2014 às 13:27

      NAO. O "regime" persehuiu, torturou e assassinou todos que ousaram levantar a voz contra eles, e em muitos casos nem precisava tanto, como foi o caso da minha cunhada, que era professora, freira, e se viu as voltas com o DOPS durante bastante tempo porque seu nome constava em uma agenda de uma aluno preso. Em outro caso, uma senhora pintora foi presa por ter livros de pintura escritos em chines. Interssante e que nao vimos uma unica linha sobre o passado do Aluisio Nunes, vice do Aecio que foi nada menos que motorista e guarda-costas do Mariguella, tendo inclusive participado de acoes aramados. Os militares entregaram um pais quebrado com inflacao MENSAL na casa dos dois digitos, resultado de politicas economicas desastrosas e desmandos que ainda hoje expoe suas consequencias. Seus argumentos nao procedem e carecem de precisao historica.

  10. Carlos Postado em 10/Nov/2014 às 00:19

    É horrível mas Che Ghevara matou muito mais que os assassinos desse.

    • tania Postado em 10/Nov/2014 às 01:19

      `Por que mencionar Guevara que lutou contra aqueles que faziam de Cuba um quintal e do seu povo meros lacaios? Nestas lutas há o lado dos que defendem o povo de um país e há o lado dos que entregam se se vendem para estrangeiros por milhares de dólares. No caso do Brasil, quem fez tudo isso foi gente que se vendeu e traiu seu próprio país entregando os seus jovens para serem trucidados. E não foram somente os que lutaram de forma mais direta. Muita gente inocente foi delatada , presa e morta. Matar em defesa da sua casa, dos seus filhos é um direito, agor matar pra entregar o país para ser espoliado pleos EUA é outra coisa. País este que já matou mais por pura ganância do que sonham muito incautos.

      • Andre Postado em 10/Nov/2014 às 09:23

        Boa tania! Os EUA exploravam cuba através de sua riqueza e também com o turismo sexual! A revolução contou com amplo apoio da população!

      • Paulo Postado em 10/Nov/2014 às 13:33

        Tambem acho. As pessoas nao conhecem as circustancias que motivaram a revolucao Cubana, simples assim. Conforme muito bem retratado no segundo filme da saga "O Poderoso Chefao", Cuba foi durante muito tempo quintal americano, com o povo vivendo na miseria enquanto que seus lideres, como Fulgencio Batista, viviam nababescamente. A proposito, a maior oposicao a um reatamento de relacoes diplomaticas Cuba x Estados Unidos vem exatamente dos cubanos exilados, que foram os maiores prejudicados na revolucao.

      • Carlos Postado em 10/Nov/2014 às 22:26

        Em defesa de sua causa matou até crianças, causa bonita a dele matou mais seres humanos que toda história humana em um século, tenho vergonha da esquerda historicamente não sei como conseguem olhar no espelho atualmente.

      • Carlos Postado em 10/Nov/2014 às 22:27

        Tania leia outros livros além da sua seita, abra a mente, recomendo o "verdadeiro Che Guevara".

    • enganado Postado em 10/Nov/2014 às 11:21

      E os EUA assassinaram com suas BONDADES, 8,5 milhões de pessoas pelo mundo (sec. 20) com as deliciosas Intervenções Humanitárias. Acho até que o CHE deveria ter nascido Norte-Americano e/ou JUDEU e ainda Nazista para justificar suas atitudes, que cá pra nós, não foram excepcionais porque não usava farda do USArmy.

  11. Joana Paula Postado em 10/Nov/2014 às 02:14

    Pior que esses senhores vivem impunes e sem nenhum remorso.

  12. AQUINO Postado em 10/Nov/2014 às 09:16

    NA época da ditadura, vi meu irmão ser tirado a força de casa, porque não queria servir o serviço militar obrigatório. O mesmo estava fazendo faculdade e não queria perder o ano. Eu tinha dez anos , e vi aquela cena fiquei impressionado com a brutalidade deles naquele momento, meados de 1970. FICO A IMAGINAR AO LER ESSE ARTIGO" O QUE ELES PASSAVAM QUANDO ERAM APREENDIDOS DESSA MANEIRA , COMO FOI O MEU IRMÃO , DENTRO DO QUARTEL, COMO REPRESÁRIA".Hoje estou com 54 anos e ainda espero que nosso país seja dígno em responsabilzar , com mais veêmencia , estes que fizeram tudo isso e ainda estão impunes. Parabens a outros países , como Argentina e Chile que ainda hoje estão punindo todos o responsáveis na época em que sofreram tb essas atrocidades humanitárias.

  13. Dany Postado em 10/Nov/2014 às 09:29

    Capitão diz à CNV que Stuart Angel foi enterrado em Base Aérea do Rio http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2014/06/capitao-diz-cnv-que-stuart-angel-foi-enterrado-em-base-aerea-do-rio.html

  14. FRANCILENE Postado em 10/Nov/2014 às 09:38

    E PENSAR QUE ESSE PESSOAL QUE VOTOU NO PSDB, QUER ISSO.ALÉM DE IGNORANTES SÃO MONSTROS

  15. Ernani Postado em 10/Nov/2014 às 12:00

    Irmão, será que você consegue esquecer um pouco dessa luta ideológica e parar pra pensar como um ser humano? independente se era socialismo ou capitalismo, isso é uma atrocidade, nada justifica essas torturas e mortes. Queria ver se fosse um filho seu...

  16. Aline Postado em 10/Nov/2014 às 13:38

    Serve como resposta para aqueles que há alguns dias pediam a volta da ditadura. Não devem ter nenhum familiar, amigo ou conhecido que tenha passado por isso, acredito. Eu não preciso ter vivido naquela época para afirmar que jamais desejaria isso para meu país.

  17. Eduardo Cambrado Postado em 10/Nov/2014 às 15:42

    Quanta besteira dita por tantos... A ação é simples, foi torturado, humilhado e morto. Pronto, ocorreu, os culpados estão impunes e nada mudará isso. Temos é que nos lembrar desta época e nunca mais deixar acontecer. É nosso dever por eles que deram a vida por algo que achavam melhor. Vc ai militantizinho do PT, vc ai do PSDB e muitos outros, hoo vc ai do comunismo e vc ai do capitalismo, parem com tanta ideologia barata e vamos transformar esse país em algo melhor. Falar falar e falar não adianta nada e tirando opiniões sobre como foi cruel o crime, não vi nenhum incremento de melhoramento, só o bom e velho fanatismo... Para mudar temos que ir em frente, melhorar, trabalhar, estudar, dar o máximo, crescer e ponto. Cobrar o governo? Claro sempre !!!!