Redação Pragmatismo
Compartilhar
Dilma Rousseff 27/Nov/2014 às 12:49
15
Comentários

O encontro de Dilma com Leonardo Boff e Frei Betto

Dilma Rousseff recebe Leonardo Boff e Frei Betto e diz que prefere “ouvir críticas, do que apenas escutar as coisas boas”. Foi entregue à presidente uma carta com 16 demandas a serem analisadas em seu segundo mandato

leonardo boff frei betto dilma
Leonardo Boff e Frei Betto se encontram com Dilma Rousseff (Imagem: Pragmatismo Político)

O frade dominicano e escritor Frei Betto, o teólogo e intelectual Leonardo Boff e quatro integrantes do grupo Emaús se reuniram nesta quarta-feira (26) com a presidenta Dilma Rousseff e entregaram a ela uma carta com 16 demandas a serem analisadas em seu segundo mandato. Na avaliação deles, após a vitória de Dilma nas eleições, nas quais havia um “risco” de que o “projeto popular do PT” não continuasse à frente do país, é necessário maior diálogo com a sociedade.

Após o encontro, Leonardo Boff afirmou que a própria presidenta reconheceu a falta de contato com as bases. “[Dilma] se ocupava muito com a administração dos grandes projetos. Ela disse que a partir de agora será um ponto alto do seu governo um diálogo permanente, orgânico, contínuo, com os movimentos sociais, e com a sociedade em geral”, afirmou.

O documento, intitulado O Brasil que Queremos, contém reivindicações que passam por temas políticos, econômicos, sociais e ambientais. Segundo o intelectual, Dilma tomou nota das sugestões levantadas na conversa e disse que quer discutir com mais detalhes questões como a centralidade da ecologia. De acordo com Leonardo Boff, a presidenta disse: “Eu prefiro escutar críticas, do que apenas escutar as coisas boas que eu faço. Porque aí eu aprendo”.

Segundo Boff, a presidenta quer se encontrar mais sistematicamente com o grupo, e pretende também receber lideranças de movimentos sociais na próxima semana. Ela se comprometeu a “estudar o documento”, já que nem todos os pontos foram discutidos detalhadamente durante a reunião, que contou com a presença do ministro-chefe da Casa Civil, Aloizio Mercadante.

A carta, assinada por 34 pessoas do Emaús, pede um modelo econômico mais social e popular, a auditoria da dívida pública, proteção do meio ambiente, utilização cada vez maior de energias renováveis, defesa do direito dos povos indígenas e quilombolas. Solicita também a restrição de transgênicos e agrotóxicos, democratização dos meios de comunicação, universalização dos direitos humanos, instituição de nova política de segurança pública, valorização dos trabalhadores, o controle social da gestão pública e a ética na política, além das reformas política, urbana, agrária e tributária.

Paulo Vitor Chagas, Agência Brasil

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Iana Postado em 27/Nov/2014 às 13:19

    que pena que ausentram da petição a situação dos aposentados

    • Ricardo Augusto Rocha Postado em 27/Nov/2014 às 20:03

      Verdade, Iana. Mas ela receberá outras lideranças de movimentos sociais. E é esse o jogo agora.

  2. Felipe Postado em 27/Nov/2014 às 14:48

    Muito bom! Como o poder emana do povo, este deve ser sempre ouvido e consultado, uma vez que em grande parte, os deputados e senadores não representam o povo, mas tão somente seus interesses pessoais. Ao que parece, a Sra.Dilma está tentando acertar o caminho. Que Deus a abençoe.

  3. ricardo Postado em 27/Nov/2014 às 15:16

    Creio que a Dilma tem tido bastante oportunidades de ouvir críticas ultimamente... E creio que ela ouviu alguma coisa, pelo passos que deu na parte econômica.

  4. Pereira Postado em 27/Nov/2014 às 16:13

    Parecem o Patati Patatá. "intelectuais". Eu pergunto : Esses senhores de aparências estranhas foram eleitos por alguém para dar pitacos na polítca do planalto ? Quem eles acham que são para se autodeterminarem "porta vozes" do povo ? Isso aí não me representa nem na em marte.

    • Paula Soares Postado em 27/Nov/2014 às 17:36

      Dobre sua língua para falar do Frei Betto e do Leonardo Boff... ainda bem que eles não te representam... se lhe representassem, não seriam tão inteligentes quanto são e admirados por muitas pessoas no mundo!

      • Carmen Lima Postado em 03/Dec/2014 às 05:46

        Esses citados acima são sempre bem-vindos pela coerência ativa sempre em defesa dos mais excluídos.

    • Carmen Lima Postado em 03/Dec/2014 às 05:44

      Mas representa o povo mais excluído desse país.

  5. Heitor Postado em 27/Nov/2014 às 16:19

    Quer que ela se reúna com Olavo,Constantino e Merval?

  6. Pereira Postado em 28/Nov/2014 às 08:48

    Frei betto e boff não passam de 2 charlatães que criaram a versão marxista da bíblia.

  7. Renan Postado em 28/Nov/2014 às 10:29

    E qual o problema disso. Jesus Cristo foi, de longe, uma das personalidades historicas mais socialistas que já se viu.

  8. Pereira Postado em 28/Nov/2014 às 18:00

    Se Jesus fosse socialista, ele ficava com os 5 pães e 2 peixes pra ele, e em seguida manipulava a multidão a achar que todos viviam em igualdade.

    • Oblivion Postado em 28/Nov/2014 às 23:11

      Srº ou Srª Pereira, trazer o ridículo a uma discussão crucial para o desenvolvimento social não é nada progressista. E sugiro livros a todos que confundem socialismo com o comunismo soviético.

  9. Cleusa de Oliveira Postado em 30/Nov/2014 às 00:58

    Esperançosa

  10. MARIA Postado em 30/Nov/2014 às 12:34

    CONTINUO ACREDITANDO NO POVO BRASILEIRO!,ESPERANÇA DE QUE TUDO CONTINUARA #MELHORANDO...