Redação Pragmatismo
Compartilhar
Contra o Preconceito 12/Nov/2014 às 20:13
22
Comentários

Mulheres protestam contra a 'gordofobia' em Brasília

Após sofrerem com comentários preconceituosos em hotel, mulheres realizam manifestação contra a "gordofobia" em frente ao Congresso Nacional. Intuito é provar que elas não têm vergonha do corpo

gordofobia preconceito gordos brasil
Contra ‘gordofobia’, misses protestam de lingerie em frente ao Congresso

Após serem vítimas de preconceito em um hotel de Brasília, quatro misses plus size protestaram com roupas íntimas contra a “gordofobia” em frente ao Congresso Nacional na tarde desta terça-feira (11/11). Ao fazerem o check-in no hotel, uma recepcionista disse a duas delas que não caberiam na cama de casal do quarto disponível. “A moça foi bem sarcástica e isso me deixou chateada. Pensei: ‘estamos na capital do país. Temos que tentar mudar isso'”, conta Camila Bueno, 19 anos.

VEJA TAMBÉM: Professora é barrada em concurso público por ser ‘obesa’

Além de Camila, Flávia Gomes, 29, e Evelise Nascimento, 25, vieram de São Paulo para participar de um ensaio de fotos do projeto BSB Plus Size, idealizado pela miss plus size DF Janaína Graciele, moradora de Planaltina. A missão do projeto, que existe há dois anos, é melhorar a autoestima de mulheres que estão acima do peso. “As meninas, que conheci durante o concurso nacional, vieram para ajudar a chamar atenção para a questão do preconceito, e acabaram sendo vítimas de discriminação logo que chegaram”, lamenta Janaína.

Janaína conta que, um dia antes do ocorrido no hotel, quando estavam em Planaltina, as quatro modelos também ouviram comentários maldosos de rapazes em um bar da região administrativa. “Assim que chegamos, eles nos chamaram de ‘um bando de gordas’”, conta. Segundo Janaína, a ideia de fazer fotos em frente ao Congresso Nacional nesta terça-feira surgiu com o intuito de protestar. “É aqui que as leis são aprovadas. Será que vamos continuar sendo vítimas de preconceito?”, questiona.

Evelise Nascimento, 25, conta que o protesto foi, não por si mesma, mas também por outras mulheres. “Somos um modelo de vida para muita gente. Por sermos misses, nos cuidamos, estamos sempre com maquiagem e bem arrumadas. Mas e as outras mulheres que não saem de casa por estarem acima do peso?”. Para Evelise, o gesto de silêncio na fotografia significou “fique quieta, sociedade. Nos aceitamos e estamos super bem”.

Flávia Gon Soares, 29, conta que na hora da foto em frente ao Congresso Nacional, que atraiu os olhares de muitos curiosos, preferiu não pensar a respeito. “Agora que a ficha está caindo. Meu sentimento é de ajudar outras pessoas. Fico muito feliz quando recebo mensagens de mulheres que sofrem preconceito dizendo ‘hoje eu saí de casa graças a você'”, relata.

Correio Braziliense

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Cleber Postado em 13/Nov/2014 às 00:28

    Me amarro numa gordinha!

    • Marjory Postado em 13/Nov/2014 às 15:51

      e vc acha que ta contribuindo com o que com esse comentário fetichizador?

      • Luiz Souza Postado em 13/Nov/2014 às 17:19

        Esse vota 45!

  2. Maurício Postado em 13/Nov/2014 às 06:50

    Adorei! Parabéns pela coragem de enfrentarem o preconceito.

  3. Cristiano Postado em 13/Nov/2014 às 10:33

    AAAAaaaa ta Preguiça e Gula agora são motivos de orgulho. Para este trem mundão. EU quero descer.

    • marcos Postado em 13/Nov/2014 às 13:38

      Sim concordo com você, tudo falta de vergonha na cara, muitos falam, ah mais eu não tenho tempo de ir numa academia, então para de comer em Fast-food que você não vira uma bola, porque não conheço ninguém que tem uma alimentação regular que é gordo.

    • Francis Postado em 13/Nov/2014 às 15:10

      E você ser otário é motivo de orgulho?

      • B. Ferreira Postado em 24/Jun/2015 às 12:49

        KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    • Marjory Postado em 13/Nov/2014 às 15:52

      desce logo porque o mundo precisa de menos pessoas preconceituosas como vc

    • Luiz Souza Postado em 13/Nov/2014 às 17:20

      Coió querendo chocar.

    • Suzan Postado em 13/Nov/2014 às 17:27

      Pensa assim: talvez vc tenha como deixar de ser assim ignorante, mas isso seria difícil e trabalhoso. Talvez um dia vc consiga deixar de expor sua opinião boba na internet, mas até lá vc não precisa ter vergonha de ser vc mesmo. Sacou agora? Funciona do mesmo jeito com quem está acima do peso.

  4. Elizabeth Aquino Marques Postado em 13/Nov/2014 às 11:27

    Com tantos problemas nesse país as pessoas ficam inventando moda ...Sou gorda e daí ...

    • Deisi Postado em 13/Nov/2014 às 15:21

      Moça, leia o texto que você vai entender, o motivo do protesto. O preconceito é algo abominável, acredito sim que com essa atitude elas irão ajudar muitas pessoas. São felizes, são modelos plus size, andam sempre arrumadas, maquiadas e são lindas. E mesmo assim sofrem preconceitos, imagine muitas mulheres com baixa auto-estima, que por vários motivos engordaram, depois fica muito difícil emagrecer que sofrem muito. Obesidade é doença, não é tão simples como você pensa, a ditadura da beleza leva muitos jovens a transtornos alimentares graves como bulimia, anorexia e depressão em alguns casos até a morte, já vi modelos que morrem de anorexia. Talvez você não considere preconceito um problema grave, mas é, basta só se colocar um pouquinho no lugar do outro para entender, ou sofrer na pele. Mas um pouco de sensibilidade não faz mal a ninguém, desejo de coração que você nunca sofra nenhum tipo de preconceito para sentir o quanto dói.

  5. Melina Postado em 13/Nov/2014 às 12:17

    Eh isso ai, parabens pela coragem de se impor perante preconceitos e grosserias!!!!! A gordura e a vida são nossas, ninguém tem o direito de palpitar sem ser consultado!!! Não eh orgulho de ter preguiça e gula, eh orgulho de se aceitar com qualquer pessoa q tem defeitos e qualidades e merece respeito!!!!!!!!

  6. Gerlandy Postado em 13/Nov/2014 às 12:53

    Vou protestar porque ninguém me acha bonita

  7. Mariana Postado em 13/Nov/2014 às 13:00

    Lindas! Infelizmente a maioria das pessoas vivem na ditadura da beleza, seguindo um modelo imposto pela sociedade... Parabéns meninas! Sigam firmes, ainda existe muita coisa pra mudar...!

  8. marks Postado em 13/Nov/2014 às 13:33

    Velho a não ser que seja alguma doença que deixe você gordo, ai pode ser aceitável, pra mim ser gordo é ser largado, relaxado, a pessoa não pode esta satisfeita com 150kg, toma vergonha na cara fecha a porra da boca e para de comer merda, parece que gosta, sabe que o Brasil é dificil pra quem é considerado "normal". Bando de falso moralista, quando um gordo vem sentar ao lado de vocês no ônibus vocês são os primeiros a olhar torto.

  9. Patricia Postado em 13/Nov/2014 às 14:04

    Preguiça e gula nem sempre são os motivos para que uma pessoa seja gorda! Existem diversos fatores relacionados ao organismo que contribuem para a obesidade! Da mesma maneira que existem pessoas esqueléticas que fazem de tudo pra engordar e não conseguem e mesmo assim nunca vi ninguem dezendo que ser magro demais é preguiça de comer! Lembrando que ser magro demais também causa diversos problemas de saúde, tal qual a obesidade! Por favor, antes de julgar alguém procure saber qual a realidade de cada um! Ninguém é gordo porque quer! Ou vcs (que julgam) acham que as pessoas gostam de ser chingadas e mal tratadas? Pode ter certeza que muitas pessoas obesas chegam a passar fome, se machucar e se esconder por culpa de "pré-conceituosos" como alguns que comentaram a matéria!

  10. Francine Postado em 13/Nov/2014 às 16:01

    Um indivíduo fez uma postagem bem preconceituosa a respeito do protesto das misses. Ele apagou a postagem hoje. Mas eu dei alguns printscreen. A quem interessar: https://www.facebook.com/fbarbosas/posts/10152858498762372?ref=notif&notif_t=like

  11. Danila Postado em 13/Nov/2014 às 16:20

    Se elas se realmente se aceitassem, como disseram, não estariam chateadas por serem chamadas de "bando de gordas". Eu até concordo que não foi nada elegante da parte dos rapazes (e eles não tem nada a ver com o peso delas) e se a recepcionista foi mesmo sárcastica, deve ser advertida. Mas não vejo problemas em chamá-las de gordas. Magras é que não são.

  12. Bruno Moreira Lima Postado em 13/Nov/2014 às 18:55

    É o que penso: http://bmoreiralima.blogspot.com.br/2013/06/gordofobia.html

  13. Ruy Acquaviva Postado em 15/Nov/2014 às 11:32

    Uma atitude digna essa das jovens. Tem que denunciar o preconceito mesmo... Isso se chama cidadania.