Redação Pragmatismo
Compartilhar
Política 26/Nov/2014 às 11:49
28
Comentários

Grávida é humilhada por policiais em vídeo divulgado no Facebook

Grávida de 19 anos é chamada de “lixo“, “sem vergonha“ e “filha da p…“ em vídeo divulgado no Facebook. Secretaria de Segurança Pública diz que conteúdo foi enviado à Corregedoria, que afirma desconhecer a situação

vídeo grávida polícia civil facebook
Vídeo em que policiais humilham grávida de 19 anos será analisado pela Corregedoria (Pragmatismo Político)

Luis Adorno, /Ponte

Um vídeo divulgado no YouTube e Facebook [assista abaixo] no início de setembro mostra dois policiais civis humilhando uma pessoa suspeita. Na gravação, feita por um dos próprios policiais, J.M., de 19 anos, grávida de dois meses, foi chamada por diversas vezes de “lixo“, “sem vergonha“, “bandidona“ e “filha da p…“. Procurada, a jovem pediu para não ser identificada.

O caso aconteceu em São José dos Campos, a 94 km da capital paulista. Assim que abriram o porta-malas da Blazer preta identificada como P-23338, placa DJL-4211, onde a jovem estava, os policiais a obrigam a dizer seu primeiro nome. Depois, começam a perguntar sobre suas postagens no Facebook, que seriam contra a atuação da polícia e a favor da maconha. Na sequência, foram feitas perguntas sobre posts específicos da jovem.

Lamentável

A SSP (Secretaria da Segurança Pública) não soube informar o motivo da detenção, quem são os dois garotos mortos em São José dos Campos e como os policiais sabiam o que a suspeita postava em sua rede social. Questionada sobre a indicação que o policial fez sobre pedidos da população para “morrer mais“ suspeitos, a pasta também não se pronunciou.

Em nota oficial, a SSP afirmou que “a Polícia Civil, ao tomar conhecimento do vídeo, enviou o conteúdo para a Corregedoria, que adotará as providências disciplinares cabíveis“. Por telefone, ninguém da Corregedoria da Polícia Civil soube informar nada sobre o caso. Um dos corregedores atendidos pela reportagem chegou a afirmar que o órgão sequer tinha ciência sobre o assunto.

Para o ouvidor das polícias de São Paulo, Julio Neves, o caso pode não ter sido enviado à Corregedoria de fato. “Quando a gente se pauta por uma polícia digna, obviamente a gente pensa que o caso foi enviado ao corregedor, mas nem sempre isso acontece“, disse. O órgão que fiscaliza as polícias do Estado só ficou sabendo do caso na manhã desta sexta-feira (21). Com as provas em mãos, a Ouvidoria disse que levará o caso até a Corregedoria.

Neves lamentou a atitude dos policiais gravada no vídeo. “É uma situação que mostra a realidade da polícia do Estado de São Paulo. É lamentável que os agentes policiais se manifestem desta maneira“, afirmou.

José Vicente, coronel da reserva da PM (Polícia Militar) e ex-secretário Nacional de Segurança Pública na segunda gestão Fernando Henrique Cardoso, classificou o ato dos policiais como “um absurdo antiético e amador“. “O que se vê é um conjunto de absurdos inaceitáveis de um profissional“, disse.

“Todo contato com o detido, no momento da apreensão, deve ser simplesmente para verificar o crime que a pessoa pode estar envolvida. Ficar fazendo gozação, destratando, humilhando, a respeito de qualquer coisa, é errado. É um problema de ética profissional. Amadorismo“, complementa o ex-secretário.

Para José Vicente, os policiais devem ser identificados o mais rápido possível. “Eles precisam ser severamente punidos. Além de fazerem tudo errado, gravaram e depois divulgaram na internet. E ainda utilizando a farda da corporação. Nada certo“, afirmou.

Desde a publicação do vídeo no YouTube e em páginas e perfis do Facebook, o conteúdo teve poucas críticas dos internautas e muitos elogios à atitude dos policiais. Os comentários foram desde “Não gosta da polícia, chama o Batman e fica suave“ até pedidos de morte a quem infringe a lei: “bandido bom é bandido morto“. O vídeo teve mais de 124 mil compartilhamentos.

Segundo Caroline Teófilo, advogada especialista em direito digital, o que os policiais civis fizeram é ilícito e pode gerar indenização à J.M. “De acordo com a nossa Constituição Federal, Artigo 5°, V e X, a imagem é um direito protegido e sua violação pode ser, por exemplo, com a publicação de uma foto ou de um vídeo sem autorização. Assim, a violação dá àquele que teve sua imagem violada direito a indenização pelo danos sofridos, no âmbito civil“, disse.

“Também, atribuir a alguém um fato que afete sua honra, no entanto não especificamente descrito como crime na lei, caracteriza difamação. Levar ao conhecimento de outros fatos que afetem a reputação de um indivíduo, como a publicação de um vídeo na internet com argumentos que afetam a honra daquela pessoa, caracteriza o crime de difamação, previsto no Artigo 139 do Código Penal: pena de detenção de três meses a um ano, e multa“, afirmou Caroline.

No âmbito penal, a ação é de iniciativa privada exercida pelo ofendido ou seu advogado, mediante queixa-crime. “É importante que a prova seja armazenada, ou seja, podem ser feitos prints de tela ou uma ata notarial em cartório específico do conteúdo, para, caso ele seja retirado dos canais nas mídias sociais, seja possível comprovar a sua existência. A partir daí a vítima terá seis meses para entrar com a queixa-crime“, finaliza a advogada.

Vídeo:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Maria Postado em 26/Nov/2014 às 12:02

    offtopic Gostaria de parabenizar o Pragmatismo Político por ser um site coerente com o esquerdismo, por não objetificar e hipersexualizar a mulher, enfim, por ser feminista. acabei de ver uma discussão tão nojenta no DCM, que parecia que eu tava lendo a VIP nunca mais acesso esse site. Pra mim não dá pra se chamar de esquerdista quem é machista

  2. Tatiana Postado em 26/Nov/2014 às 12:33

    depois ficam afetadinhos qndo falam mal da policia...agem como bandidos... como dizia a minha avó, quem com porcos se junta, farelo come! (esperando n ser parada e esculachada em nenhuma blitz)

  3. Rachel Postado em 26/Nov/2014 às 12:53

    Gosto muito da página, mas essa reportagem esta muito mal escrita!!!

  4. nelsoncarvalho Postado em 26/Nov/2014 às 13:04

    SE FOSSE UM LADRÃO DO PCC ELES RESPEITAVAM

  5. André Anlub Postado em 26/Nov/2014 às 13:28

    Imagina na ditadura. (adubo)

  6. ABDALLAH Postado em 26/Nov/2014 às 13:43

    Entendo que o trabalho está sendo feito de acordo com a lei, isso nada mais é do que condução policial. A polícia não está para passar a mão na cabeça de ninguém! Se fosse uma pessoa correta não estaria dentro de um camburão, como pelas próprias palavras dela que fuma maconha na frente da filha, isso é normal? A polícia deve ser assim rígida, vai para a síria para ver o que se faz com quem usa drogas, é preso e fica um bom tempo, além de levar algumas chibatadas, a polícia faz o seu serviço, quem não deve não teme!

    • Sabrina Postado em 26/Nov/2014 às 14:05

      No caso, quem seria você, a policia, pra saber o q é certo ou errado!! O problema é que as pessoas estão "brincando de Deus". Acham que podem julgar os outros e não conseguem olhar pro seu próprio rabo, pros seus próprios erros. E outra coisa, se policia resolvesse alguma coisa, não teria aumentado o indice de violência. Policiais são corruptos e interesseiros, ou por acaso tu ve a policia agir da mesma maneira com os politicos que roubam, claro que não, pq recebem propina!! Mas vamos abrir os olhos, começar a usar o cerebro

    • Dalmo Postado em 26/Nov/2014 às 14:55

      A polícia não está pra passar a mão na cabeça de ninguém, mas deve agir dentro do que determina a lei, seu argumento arcaico caberia bem na idade média.

    • Policial do Povo Postado em 26/Nov/2014 às 23:27

      A função da política é meramente administrativa, "executar a lei", não executar suspeitos e nem fazer julgamentos morais e "passar sermões". Se o policial quer se achar o "guardião da moral", deve lembrar que as igrejas já estão aí para isso, e não estão autorizadas a doutrinar ninguém de maneira compulsória e agressiva. Além do mais, está claramente configurado não apenas o abuso de autoridade (se é que uma corporação com este nível de qualidade pode possuir "autoridade") e ainda os crimes de injúria e calúnia. Ou seja, os policiais, combatendo o crime (e isso supondo que esta suspeita cometeu um crime), agiram criminosamente. Contradição pouca é bobagem, né não, Adballah...

  7. A verdade Postado em 26/Nov/2014 às 14:03

    Fumar maconha com um bebê no colo não é um exemplo de conduta, e se foi presa foi porque fez alguma merda. Não sou a favor da atitude dos policiais, mas essa grávida aí não é nenhuma santa.

    • enganado Postado em 26/Nov/2014 às 20:21

      Concordo!

  8. Sabrina Postado em 26/Nov/2014 às 14:07

    Quem é vc pra chama de vagabunda ou não?!! E se for, o cu é teu ou dela? Queria ver se fosse uma amiga, ou parente sua na mesma situação se tu ia agir da mesma forma. Pimenta no cú dos outros é refresco.

  9. Luís Marques Postado em 26/Nov/2014 às 14:36

    Cambada de pulicero canalha, seu babacas vc's não são pagos pra dá esse tipo de dura não, isso é trabalho pra JUSTIÇA, seus justiceiros canalhas ! Vc's são corruptos sim, bando de lixo, seus guardas pretorianos dos infernos .

  10. Daniel Santana Postado em 26/Nov/2014 às 15:02

    Espero que o abuso de autoridade seja esclarecido e devidamente punido. Assim como espero também que as supostas denúncias de induzir ou expor jovem ao uso de drogas, porte ilegal de armas também sejam apuradas e devidamente punidas. Espero que o crime de um, não se torne o esquecimento do crime do outro. Cada um paga pelo seu crime e fica tudo bem.

    • enganado Postado em 26/Nov/2014 às 20:22

      Concordo Daniel, porque o contraponto de um mal, não é outro mal e sim um bem.

  11. Amanda Queiroz Postado em 26/Nov/2014 às 15:19

    Nossa infelizmente o Brasil precisa evoluir ainda precisamos de 1000 anos para abrir a mente do povo, votam em corruptos e defendem a corrupção, defendem o abuso de poder, será que voces não enchergam que os policiais usaram de abuso de poder? Isso acontecia em época de ditadura, mas num país que se diz democratico qualquer cidadão, seja ele qual for tem que ser respeitado e levado a justiça quem tem que investigar e fazer perguntas não é a PM mas a policia civil que investiga, os PM estão abusando do poder, complexo de inferioridade, atacam humilham porque sentem que na realidade eles não valem nada apenas fazem o trabalho sujo dos politicos que não estão nem ai para o povo.

  12. Voltaire Postado em 26/Nov/2014 às 15:39

    Claríssimo abuso de autoridade. Não faz parte do trabalho policial agredir quem quer que seja, seja física ou verbalmente. O uso da força policial somente se justifica para garantir a aplicação e manutenção da lei, e dentro do estritamente necessário para isso. Por pior que seja o delinquente, uma vez preso sob custódia do Estado, ele deverá ser investigado pelo agente policial - com foco apenas no delito e com respeito a sua integridade física e moral-, acusado pelo agente público ministerial (ou não) e julgado pelo Judiciário culpado ou inocente, sendo-lhe então aplicada a pena prescrita em lei para o seu delito. Fora desse procedimento tudo passa a ser excesso, é a agressão gratuita, o despreparo, a incompetência institucional de órgãos públicos falidos que passam a abrigar uma espécie de escória do serviço público, agentes destituídos de caráter, de senso de dever, de honra, de equilíbrio, que se comprazem em causar dor e sofrimento naqueles aos quais eles sobrepujam em razão de seus cargos de autoridade. Nossa polícia é uma polícia sem pudor, sem respeito, sem postura (basta ver o comportamento dos policiais, uma gente chula e vulgar, ignorantes, mal educados), sem princípios éticos, enfim, um chorume de uma sociedade suja e doentia como é a nossa.

  13. Thiago Teixeira Postado em 26/Nov/2014 às 16:13

    A criminalidade jamais acabará no Brasil se continuarmos a perseguir e julgar a ação da Polícia. Na boa, está tão ruim assim? Retiremos a polícia da rua e vamos deixar a sociedade em livre arbítrio como ocorreu em Salvador recentemente, ai sim tudo ficará legal e mulheres como estas terão pleno direito de fumar maconha na frente do filho.

    • Policial do Povo Postado em 26/Nov/2014 às 23:28

      Claro, porque melhorar a atuação e a eficiência policial vai acontecer apenas sem crítica... hahahaha! Mais ignorante que isso não fica, Brasil!

  14. Luciana Lara Postado em 26/Nov/2014 às 17:52

    Pelo que vi ela não é uma santinha que tava em casa cuidando dos filhos e eles foram lá e a prenderam a toa. Ela tava fumando maconha na frente dos filhos além de ficar falando mal dos policiais nas redes sociais por terem matado bandidos. Eles podem até ter exagerado um bocado, mas não acho que eles estão totalmente errados. A mulher tá toda errada em dar essa péssimo exemplo para os filhos. Errada mesmo é a sociedade que vive querendo defender bandidos. Depois pergunta porque a marginalidade cresce no país.

  15. lily Postado em 26/Nov/2014 às 19:34

    Serio meu, nao vi nada errado na atitude dos policiais... como q eles devuam falar c essa mina? "Oh filha, ce num sabe q maconga faz mal pro seu filho? Querida, nao fale mal da policia em redes sociais pq estamos aki p servir a sociedade..." quaqua... Da licença meu, tdo grupo social tem uma maneira propria de falar, e essa eh a maneira de qq policial falar em qq lugar do MUNDO, ate na ficçao!!!! Vcs nunca viram CSI, ou criminal minds, ou Gotam, ou qq outro seriado policial nao??? Tenha do, depois o filho dela cresce e vai vender droga p o seu, ou entao ela faz amizade c sua mulher fingindo q eh vendedora da Avon e da as cordenadas da sua casa p os maluco te roubar e ainda dar uma geral na tua mulher... e ai ce fica feliz??? Cala a boca meu, e deixa a policia SER POLICIA!!!! Ta pensandocq eh facil ser policia eh? Vai pensando... policia nao eh diplomata, policia nao eh psicologo, policia nao eh professor, policia eh POLICIA!!! Se maluco(a) cair a policia vai ferrar pq esse eh o papel dela... Quer saber? APOIADO POLIÇA!!

  16. Pedro Postado em 26/Nov/2014 às 20:14

    Vocês não deveriam se espantar. Esse é o dia a dia das ruas, quartéis e delegacias. Fui policial durante 9 anos e este foi um dos motivos que me fez pedir a exoneração esse ano. Não compactuava com a "política" da Instituição e com frequência discutia com colegas por ter opinião diversa da deles.

  17. Pedro Postado em 26/Nov/2014 às 20:24

    O amigo aí em cima diz "Se fosse uma pessoa correta não estaria no camburão" Sabe de nada... Pelo visto nunca ouviu falar em prisão arbitrária...

  18. Carlos Augusto Postado em 26/Nov/2014 às 20:28

    Bobagem ela xingou a polícia e recebeu algo a altura apenas isso, quem deveria esculachar ela é a família dela e não a polícia, falta de base familiar acaba na polícia.

    • Policial do Povo Postado em 26/Nov/2014 às 23:32

      Algo à altura da estatura de anão da corporação policial, que como afirmei acima, não possui como prerrogativa fazer juízos morais ou combater o crime com outros crimes: de execuções como as denunciadas pela suspeita a injúria e calúnias, como as audíveis no vídeo para qualquer um que não é surdo da mente e nem cego de humanidade. Se depender de você, Carlos Augusto, nossa sociedade será essa selva de balas perdidas e cadávares achados, perpetuamente vingada a ferro e fogo. Mais consciência não irá te fazer mal...

  19. Diogo Postado em 26/Nov/2014 às 23:19

    Nossa Veja, vcs sao fogo viu! Colocando a menina como santa e oa policiais comp monstros! Não pera, to no pragmatismo!!! Jurava que tava lendo a veja! Pq afinal, ser imparcial r colocar aw infos dessa garota estudiosa, mãe exemplar nada nè!? Achei os policiais amadores em relacao a isso, lavando roupa suja! Nada a ver, coloca no banco de tras, leva pra dp e ela que se entenda com a justiça....Mas tbm ouvir que vc tem que morrer, que é tudo corrupto e safado nao é agradavel.... E o esculacho nao foi tao ruim assim! Que feio nao ser parcial Sr pragmatismo!

  20. Vanessa Santos Postado em 26/Nov/2014 às 23:36

    Todo mundo revoltadinho, alguém parou para ouvir a discussão da "Santa" com a polícia?? Eles estão esculachando uma mulher que fuma maconha com uma criança no colo, ou será que isso é correto?? Todos estão com uma enorme inversão de valores, onde fumar maconha com uma criança no colo pode e só não pode tomar uma esculhambada da polícia, é por isso que o Brasil está essa vergonha, pois ninguém mais tem senso de moral e ética, sou completamente a favor de um golpe militar, para acabar com essa Sodoma e Gomorra que se tornou o Brasil, ele tinha que ter feito muito mais do que só esculachar....

  21. Lucas Steinberg Postado em 27/Nov/2014 às 10:04

    Pra mim não vi nada de humilhação , policia tem que ser rígida mesmo! Esse título do video e da matéria , me desculpem, mas , foi muito tendencioso! Lutando se por tirar esses marginais, essas pessoas que pronta escarceus em nossa sociedade e gente querendo defender? Policiais não passaram do limite na minha opinião e agiram com total firmeza que se deve na situação e ponto!