Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mídia desonesta 07/Nov/2014 às 16:36
19
Comentários

Fernando Rodrigues também é demitido da Folha

Depois de Eliane Cantanhêde, outro que deixa a Folha de S.Paulo é Fernando Rodrigues, um dos blogueiros mais lidos do jornal. Rodrigues não revelou as razões de sua saída, informando apenas ter encerrado sua "colaboração" após 27 anos

fernando rodrigues cantanhêde folha
Assim como Eliane Cantanhêde, Fernando Rodrigues também sai da Folha (Imagem: Pragmatismo Político)

Os jornalistas Eliane Catanhêde e Fernando Rodrigues são os nomes mais conhecidos entre os 25 profissionais que deixam a Folha de S.Paulo. Ambos escreviam para a página 2, na coluna ‘Brasília’, de maneira alternada. Eliane às terças, quintas, sextas e aos domingos.

Rodrigues informou aos leitores sobre sua saída do veículo ao publicar post no Facebook e em seu blog. O jornalista afirmou que continua a escrever para o UOL, onde está desde 2000. Seus comentários matinais na Jovem Pan, no ar desde 2006, também continuam sendo veiculados. “A partir desta sexta-feira (7.nov.2014), estarei aqui no UOL (onde já estava desde o ano 2000) e nos comentários matinais na JP (no ar desde 2006). Depois de 27 anos, encerrei minha colaboração no jornal Folha de S.Paulo”.

No impresso, a carreira dele é extensa. O profissional foi repórter, editor de Economia, correspondente em Nova York, Tóquio e Washington e, atualmente, estava na sucursal de Brasília produzindo suas colunas.

Crise na mídia impressa

As demissões de destaques das páginas políticas da Folha, que trabalham há décadas na publicação, indicam crise mais aguda na mídia impressa. As informações são do Portal dos Jornalistas.

Entre os demitidos estão os repórteres Flávia Marreiro, ex-correspondente do jornal em Caracas, Eduardo Ohata, de “Esportes”; Ana Krepp, de “Cotidiano”; Lívia Scatena, de “Gastronomia”; Euclides Santos Mendes, Editor do “Painel do Leitor”; Samy Charanek, pauteiro de “Cotidiano”; Gislaine Gutierre, “Ilustrada”; e Thiago Guimarães, coordenador adjunto da Agência Folha. Para anunciar a demissão, a direção do jornal disse aos funcionários que os cortes foram realizados por motivações econômicas.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. poliana Postado em 07/Nov/2014 às 17:04

    A crise ta feia hein!? Alguém sabe qdo começarão as demissões do pessoal da revista veja!?

  2. Elizabeth Aquino Marques Postado em 07/Nov/2014 às 17:14

    É boa pergunta ??? Cesar Souza ...

  3. Natália MS Postado em 07/Nov/2014 às 17:27

    Poliana:isso, espero que seja pelo Reinaldo Azevedo...

    • poliana Postado em 07/Nov/2014 às 17:40

      Seguido pelo constantino né natalia? Dois seres repugnantes!

      • Luciana Postado em 07/Nov/2014 às 22:16

        os dois de uma vez só espero...

  4. Deisi Postado em 07/Nov/2014 às 17:53

    O caguete do Wikileks, demorou mais enfim chegou o dia, depois de 27 anos, antes tarde do que nunca. Faz quase um ano que não ouço mais a Jovem Pan, mas minha decisão é para nuca mais sintonizar essa radio, o UOL só leio manchetes não abro uma noticia. Estou livre de ler e ouvir esse jornalista de caráter duvidoso, um espião dos Estados Unidos, não merece respeito. A vida é assim um dia mesmo que demore, tem a lei do retorno. O Aero tem feito estrago, todos seus seguidores tinham certeza da vitória, caíram na pilha se deram mal.

  5. Márcio Postado em 07/Nov/2014 às 18:07

    Acho que esse pessoal vai é se juntar pra criar um novo jornal....

  6. Roger Postado em 07/Nov/2014 às 18:27

    Depois da baixaria da imprensa "coxinha" estr, eu, se sou a Dilma, caio "matando" nessa mídia marrom. Dentro do rigor da lei, começa fazendo a Globo pagar o R$1 bi que deve ao fisco. Revistas e jornais também pagariam caro por suas calúnias e incitações ao ódio.

  7. poliana Postado em 07/Nov/2014 às 18:53

    Tu voltou infeliz? Tu n disse q ia embora e nunca mais voltava aki? Dibabastards: o lobão do pp!

    • KARINA BB Postado em 07/Nov/2014 às 20:35

      Kkkkkkkkkkk poli kkkkkkkkkk se ferrou dibastards kkk lobao do PP,,,,sabem porque Dilma nao fez isso no primeiro mandato,ela tinha medo,mas quando ela viu que mesmo mantendo o BV,eles passaram 4 anos fudendo com ela e o PT,sem treguas ela acordou e pensou se alimento esses vagabundos eles me fodem se nao alimento,me fodem tambem !!! Entao vou tirar o BV

  8. jose campos Postado em 07/Nov/2014 às 19:48

    Talvez se juntem e lance um jornal com a cara deles " O TUCANISTÃO"....

  9. Rocken Postado em 07/Nov/2014 às 20:34

    e oque você tem a dizer sobre a imprensa que divulgou isso sem dizer que a pouco tempo atras o incompetente do FHC deixou o desmatamento em taxa absurdas e o PT abaixou muuuuuito, se agora subiu é detalhe perto do que era, ele sempre usam os dados pontuais e nunca mostram o quadro geral, bando de bandido, e voce concorda em consumir esse lixo de imprensa http://g1.globo.com/natureza/noticia/2013/06/dado-consolidado-aponta-baixa-recorde-no-desmate-da-amazonia.html

    • Chico leitão Postado em 08/Nov/2014 às 18:41

      Kkkkk o meu FHC foi demais. Pqp a que ponto o ser humano chegou.

  10. Victor Postado em 07/Nov/2014 às 20:34

    Poxa, eu achava o Fernando mó top!

  11. Celio Bernstein Postado em 07/Nov/2014 às 20:40

    Nada de estranho ou diferente. Com o surgimento da internet era de se esperar que a mídia impressa definhasse aos poucos. Digo por mim mesmo, que antes era um consumidor regular de mídia impressa até assinar um provedor de internet. Até que esses jornalões e revistas estão resistindo firmemente! Mas este é o caminho da evolução e não terá volta. E o último que sair apague a luz.

  12. Deisi Postado em 08/Nov/2014 às 17:26

    Torço para que esse seja só o começo do fim da mídia impressa, os jornalecos e revistas golpista merecem a falência.

  13. leonardo Postado em 09/Nov/2014 às 02:19

    Jornais malvados!!! Onde já se viu criticar o governo?

    • Tchekowski Postado em 10/Nov/2014 às 13:25

      Não é só criticar o Governo. É assumir um lado, ser parcial, querer influir no resultado das eleições, pagar gente no Judiciário para vazar informações de interesse golpista, reverenciar os defeitos e esconder as virtudes. A mídia brasileira deveria fazer mais jornalismo e menos política. É hora de o Governo federal não anunciar mais uma frase na Veja e na Globo.

  14. Deisi Postado em 12/Nov/2014 às 11:05

    Perfeito Tchekowski! O povo não é bobo abaixo a rede globo, abaixo a Veja, o estadão, a Folha, UOL e IG, também a Band. Passou da hora de dar um basta na mídia golpista.