Redação Pragmatismo
Compartilhar
Injustiça 05/Nov/2014 às 13:36
79
Comentários

"Faria tudo de novo", diz agente de trânsito condenada a indenizar juiz

Agente condenada por dizer que ‘juiz não é Deus’ não se arrepende: ‘Faria tudo de novo’. Não é a primeira vez que o juiz João Carlos de Souza Correa se mete em confusão

agente trânsito juiz condenada
A agente de trânsito Luciana Silva Tamburini e o juiz João Carlos de Souza Correa (Imagem: Pragmatismo Político)

A decisão do desembargador José Carlos Paes, da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, provocou um sentimento de impotência a Luciana Silva Tamburini. A agente licenciada do Detran-RJ, condenada em segunda instância a indenizar em R$ 5 mil o juiz João Carlos de Souza Correa, diz não se arrepender de ter dito ao magistrado — abordado durante uma blitz da Operação Lei Seca, no Leblon, Zona Sul do Rio — que “juiz não é Deus”.

O caso aconteceu em 2011, quando João Carlos de Souza Correa foi parado pela fiscal por dirigir um veículo sem placas e estar sem a Carteira Nacional de Habilitação. O magistrado chegou a dar voz de prisão a Luciana por desacato. Segundo a agente, a decisão que a condena por “ironizar uma autoridade pública” é uma ameaça ao trabalho de fiscais de trânsito e quaisquer outros agentes de segurança pública.

“A sensação que fica é o medo de trabalhar, porque se a gente faz o errado, está errado; se a gente faz o certo, também está errado. Quem trabalha com segurança pública ou com o público em geral não pode ter medo. É desmotivante. No primeiro tópico do acórdão, eles falam que eu abusei de autoridade, mesmo que o magistrado estivesse irregular, por ele ter uma posição na sociedade. Você tenta fazer um trabalho direito e está errado por causa disso.”

O processo, originalmente, foi movido pela agente contra o magistrado. Ela exigia indenização do juiz, alegando que ele tentou receber tratamento diferenciado por causa da função do cargo. Em primeira instância, no entanto, a Justiça entendeu que a policial perdeu a razão ao ironizar uma autoridade pública e reverteu a ação, condenando a agente a pagar a indenização. Luciana informa recorrer da manutenção da decisão, em segunda instância. O caso deve ir para o Superior Tribunal de Justiça.

“Eu vou até o final. Pode ter certeza que vou recorrer, porque sei que agi corretamente. Não me arrependo de nada, se tiver que fazer hoje de novo, farei a mesma coisa.”

Reincidente

João Carlos de Souza Correa já havia se envolvido em uma confusão, com um policial rodoviário, em 2009, quando foi parado em Rio Bonito. Além do excesso de velocidade, chamou a atenção dos agentes um giroflex azul (luz de emergência giratória, usada por carros da polícia, por exemplo) no teto. Assim como no caso da agente da Lei Seca, ele também deu voz de prisão ao policial que fez a abordagem.

Segundo o policial rodoviário Anderson Caldeira, que comentou o caso em 2011, logo que desceu do veículo, o magistrado, aos berros, disse que era juiz de direito:

“Ele relutou muito em se identificar e em nenhum momento parou de gritar e me ameaçar, dizendo que me colocaria na rua, que a minha carreira no serviço publico estava acabada etc”.

Extra

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. poliana Postado em 05/Nov/2014 às 13:43

    cara, lamentável! esse magistrado deveria ser destituído do serviço público! um infeliz desse só mancha a credibilidade do nosso Poder Judiciário! Q NOJO!! essa condenação foi um absurdo!!!!!!!!!!!!!!!!! vergonha!!!!!!!!!

    • jamilson Postado em 05/Nov/2014 às 17:50

      voce quer o que? intentar uma acao judicial contra um juiz, é certeza que ira perder e ainda mais tera de pagar todas as custas do processo alem dos 5 mil de indenizacao, mias custas. no certo tera de trabalhar mias de 6 meses para pagar tudo. tem vezes que é melhor abaixar a cabeça e seguir a vida.

      • poliana Postado em 05/Nov/2014 às 19:44

        a conduta desse magistrado requer imediatamente a instauração de um p.a.d. meu filho. ele poderia sim sofrer um processo administrativo e como sanção ser destituído do serviço público! quem sofre as consequências por ter um indivíduo desse em seu quadro de servidores é o próprio poder judiciário, q diante de situações absurdas como essa, perde cada vez mais a credibilidade q tem diante do povo brasileiro...mas é melhor baixar a cabeça pra esses casos lamentáveis né?! esta é sempre a melhor opção nesse país!! vai ver esse pobre juiz n estava num bom dia qdo isso aconteceu..devia tá na tpm!

      • Cauê Postado em 05/Nov/2014 às 20:11

        PAD para magistrado? Ele é vitalício, amiga. Sem PAD. Só ação judicial.

      • Alencar sousa Postado em 05/Nov/2014 às 20:34

        O que é isso cara? Abaixar a cabeça e seguir a vida? Que visava teria depois disso? Ela está certíssima. Temos que acabar com estes abusos de autoridade. Fala sério.

      • Paula Postado em 05/Nov/2014 às 23:07

        Se for um fracassado como você, realmente o melhor é abaixar a cabeça e seguir a vida. Presta atenção, meu caro, nós vivemos num país DEMOCRÁTICO. TODOS, todos estão abaixo da mesma LEI. Um juíz tem mais é que dar o EXEMPLO e seguir as leis, cumprí-las, fazer seu papel, pois antes de ser juíz ele é CIDADÃO, uma pessoa como qualquer outra. É por causa de pessoas como VOCÊ que o país não vai pra frente, fracassadas, que abaixam a cabeça para a INJUSTIÇA. Fique quieto se for pra dar esse tipo de conselho.

      • Rodolfo Postado em 05/Nov/2014 às 23:30

        Mas por baixar a cabeça eh que ele esta com toda essa pose , pq se achasse alguem que peitasse ele de verdade e baixasse a crista dele, com certeza ele amansaria, isso eh um moleque que conseguiu passar num concurso publico, ou ate mesmo foi indicado por outro que nao tem a minima responsabilidade.

      • Artur Postado em 05/Nov/2014 às 23:57

        São por pensamentos como esse que o Brasil continua essa máquina corrupta. E uma penas que esse pensamento seja tão comum. Precisamos é acabar com isso, e é pela raiz!

      • Marcos Postado em 06/Nov/2014 às 09:14

        Tem vezes que tem que existir alguém pra lutar e enfrentar os ferimentos pelo benefício da maioria covarde.

    • Divair Eloi Postado em 05/Nov/2014 às 20:45

      Vou dar o nome de MAGISTRATURA OSTENTAÇÃO. Vexatório!!!

    • maria de fatima rodrigues Postado em 05/Nov/2014 às 22:59

      REALMENTE É UMA VERGONHA !!!!!!!!!! ELE TODO ERRADO AINDA DIZ QUE É JUIZ. SERÁ JUIZ DE QUE ? DOS CACHORRO NÃO PODE SER PQ EU ACREDITO Q OS ANIMAIS IRRACIONAIS NÃO SÃO ASSIM , SOMENTE OS RACIONAIS. " PARABÉNSSSSS LUCIANA SILVA TAMBURINI, TEMOS QUE SERMOS HONESTA!!!!!"

    • Raimundo Postado em 05/Nov/2014 às 23:06

      A justiça muito bem faria ao Brasil se parasse de proteger culpados. Não importa se é um culpado que usa toga, tá errado e pronto! Por ser um ente do judiciário e ter pleno conhecimento da lei deveria receber pena dobrada, ou pior, ser destituído de uma vez.

    • Marco Postado em 06/Nov/2014 às 00:03

      Não só ele, como também o que deu ganho de causa à ele. Corporativismo claro.

    • Otávia medeiros Postado em 06/Nov/2014 às 01:05

      Acrescente que este mesmo juiz em 2013 foi também detido por embriagues tendo dito tetida a sua carteira. O tal juiz tem 28 pontos por infrações na carteira e nunca pagou nenhuma que somam mais de r$2.000,00

    • Guto Postado em 06/Nov/2014 às 01:23

      Clássico exemplo do absurdo do abuso de poder... Juiz de Direito está mais para Sem Juízo de Direito e os outros juízes ou autoridades que competem à esse caso deveriam revogar o t'itulo dele ou no mínimo punição de suspensão grave ou fica a prova da máfia dos ditos Juízes de Direito... Profissional de péssimo exemplo para a classe dele! Segundo o relato a Agente de trânsito agiu corretamente.

  2. Felipe Peters Berchielli Postado em 05/Nov/2014 às 13:50

    Meu professor de direito uma vez disse que a diferença de um juiz de primeira e segunda instancia é que um acha que é deus e o outro tem certeza. Achei que era uma piada na época.

    • clarice Postado em 05/Nov/2014 às 14:56

      perfeita descrição!

  3. Aleluia Postado em 05/Nov/2014 às 14:05

    http://oglobo.globo.com/rio/juiz-de-buzios-perde-acao-contra-professora-2816392 O mesmo Juiz. lamentável demais, revoltante. O estatuto da magistratura é da época da ditadura militar, não é de se estranhar que eles fazem o que querem. Reforma política tem de englobar judiciário.

  4. Rafael Martini Postado em 05/Nov/2014 às 14:07

    Um corporativismo podre.

  5. Peterson Silva Postado em 05/Nov/2014 às 14:33

    Who watches the watchmen?

  6. Cristiane Carvalho Postado em 05/Nov/2014 às 15:22

    Aposto que o juiz votou contra os "corruptos" nas últimas eleições...

    • Leles Postado em 05/Nov/2014 às 17:22

      Ele não vota, a urna tem o dever de saber a vontade dele, e votar pelo todo poderoso. Ou então, ele manda acabar com as eleições.

  7. Deisi Postado em 05/Nov/2014 às 15:29

    Não tem coisa mais abominável que carteirada! Ouvi uma frase de um comunicador de rádio do Rio, juiz acha que é Deus, desembargador tem certeza. Cabe muito ao senhor citado, parabéns a Agente de transito por cumprir a lei, mesmo que venha sofrer por ser honesta.

  8. Igor Postado em 05/Nov/2014 às 15:47

    Bando de esquizofrênico, o caso está em TODOS os veículos da mídia. Não sei se está na veja, pq meus dedos relutam em digitar esse nome na barra de endereços...

  9. Jorge Luz Postado em 05/Nov/2014 às 15:48

    Estamos com você! Que julgamento absurdo, onde foi parar a OAB e os Direitos Humanos nessa hora?

  10. CARLOS HENRIQUE DE ALMEID Postado em 05/Nov/2014 às 16:05

    Esse rapaz tem que ser afastado da função de juiz, é um desequilibrado, imagina que nós pagamos esse cidadão para ele fazer justiça, diga ai se não fosse a sociedade que pagasse seus salários ele teria matado o Policial Rodoviário. Esse rapaz é do PT, ele pensa que Dilma, ou Lula, DEUS ele não é que DEUS não é idiota.

    • Jessica Postado em 05/Nov/2014 às 17:09

      Um cara desse, dizendo que é Deus tenho que rir disso kkkkkkkk, que eu saiba Deus não costumar punir os seres humanos assim dessa maneira, Deus é bandoso, e esse cara não tem nada de bondoso kkkkk só rindo mesmo, tem que ir pro psiquiatra ou melhor, ser internado nun Opício aff.

    • Abrahao Postado em 05/Nov/2014 às 19:46

      Na verdade ele tem as características de ser tucano. Fez o mesmo que o Aecio Neves! Kakakaka

    • edinelson Postado em 05/Nov/2014 às 20:22

      Dirigir sem habilitação e embriagado me faz lembrar de um ex candidato a presidente, que para muitos representava mudança. Ele, também, parecia onipotente e monopolizador da ética.

  11. José Postado em 05/Nov/2014 às 16:12

    Não faz muito tempo, o CNJ aposentou à força (compulsoriamente) uns 12 ou 13 'deuses' do TJ de Mato Grosso por desvio de dinheiro (cooperativa ligada a maçonaria), nepotismo (o deus empregou os dois filhos que estudavam em período integral). Aqui mandaram matar um juiz de abriu o bico - interessados pesquisem "Leopoldino Marques do Amaral" e o caso se arrasta há décadas. Não é fácil ser deus, hehe

    • Alexandre Postado em 05/Nov/2014 às 17:29

      Pois é... Mas a aposentadoria compulsória como penalidade chega a ser risível. Eu tb queria ser aposentado com vencimentos integrais se fosse pego "por desvio de dinheiro"...

  12. ricardo Postado em 05/Nov/2014 às 16:12

    o hilariante é que tem vários alguns conhecidos advogados que defendem o cara... o corporativismo já vem da faculdades já...

    • Jason Millertt Postado em 05/Nov/2014 às 16:57

      Ricardo, corporativismo existe entre membros defuma mesma classe. Advogados são advogados; Juízes são juízes.

  13. Ingrid Postado em 05/Nov/2014 às 16:22

    Os que deveriam exultar a lei são os primeiros a querer fugir dela. Esse juiz é uma vergonha.

  14. Juliano scapim Postado em 05/Nov/2014 às 16:25

    Isso não é novidade no Brasil, aqui existem essoas acima de tudo no universo. Esse é o Brasil do fuituro

  15. Barbara Postado em 05/Nov/2014 às 16:30

    Me diz onde essa Agente mora que eu vou lá apertar a mão dela !!!! Tem mais culhão que muito marmanjo aí !!! Parabéns agente Luciana !!!!

  16. Mariah Postado em 05/Nov/2014 às 16:46

    A decisão do TJ também foi de amargar. É duro engolir essas coisas. Como que pode alguém que é pago pra fazer respeitar a lei, é o primeiro a desrespeitá-la e ainda acha quem dê cobertura. lamentável!

  17. Mallu Postado em 05/Nov/2014 às 16:51

    Quanto aos advogados, ao menos em meu percurso no curso de direito, eles não defendem este tipo de postura, ao contrário, são os que mais sofrem com essa divindade atribuida (auto atribuida..) aos Juizes, DEUSembargadores ( sim, alguns professores se referem a eles desta forma) e lutam contra, já ouvi vários relatos de professores que tem a coragem de "enfrentar" juízes com essa postura acima de todos e de tudo, gerando consequências até adversas ao mesmo. De qualquer modo, abominável a conduta deste senhor que se diz juiz e deus. Imagine o que não acontece no judiciário devido a essas condutas.

  18. Jefferson Thomas Postado em 05/Nov/2014 às 16:52

    Vejam só! O poder judiciário está infestado de pessoas como essa.

  19. Helberth Ávila Postado em 05/Nov/2014 às 17:04

    Gente, eu proponho que façamos uma campanha para financiar o recurso às instâncias superiores, chegando até ao STF, se preciso, para que haja a retificação dessa sentença estapafúrdia. Caso já tenha decorrido o prazo para recurso, sugiro que se faça um esforço para arrecadar os recursos referentes à multa absurda imposta pela justiça para que a agente de trânsito não arque sozinha com esse ônus injusto e imoral.

    • Nazaret Postado em 06/Nov/2014 às 13:30

      Aí cara! Vamos nos organizar e mostrar que mais uma vez a população (nós) quem pagamos pelos desmandos da própria justiça. Até pq se esse infeliz ganha horrores dos cofres públicos, o salário de um agente de trânsito é, no mínimo, sem comentários.

  20. Eduardo de Almeida Postado em 05/Nov/2014 às 17:20

    Na minha faculdade tive um professor que uma Vaz me disse "cabeça de juiz e fralda de BB, VC não sabe o que vai sair"...

  21. Antonio Palhares Postado em 05/Nov/2014 às 17:20

    Um juiz dirigindo um carro sem placas e sem carteira de motorista pego em flagrante. Da um a carteirada e é eximido pelos iguais das penalidades da lei.São magistrados assim que soltaram o Cacciola que fugiu depois de roubar dois bilhões de dólares no tempo do FHC.

    • Claudio Postado em 05/Nov/2014 às 18:33

      Roubo de 2 US bilhões, Cacciola, FHC...bem lembrado. Adoro tudo sobre a história do FHC.

  22. Felipe Peters Berchielli Postado em 05/Nov/2014 às 17:21

    Ahh os estudantes de direito não são todos contra isso não,até porque muitos almejam a posição de deus. Até porque ha o maldito dia do "Pendura aí" que sempre ouvi de todo estudante de direito,que ansiava pelo dia de encher a barriga e não pagar um centavo por isso.

    • Rodrigo Postado em 05/Nov/2014 às 18:02

      (Outro Rodrigo) Prezado, não tome todos pela mesma régua. Lembre-se, pois, que acima de cores/raças, gêneros, orientações sexuais, condição econômica, instrução, profissão e muito mais, há um ser humano. E, se este não cultivar valores mínimos em seu íntimo, então, não importando qualquer dos caracteres anteriores, ou qualquer outro, se dará à imoralidade, a comportamentos antiéticos ou mesmo criminosos.

  23. roger mariz Postado em 05/Nov/2014 às 17:28

    A vaquinha deve ser para angariar recursos para defender essa servidora desse abuso corporativo em favor de um juiz infrator e, ao que tudo indica, reincidente. Pagar cinco mil para esse infrator que se coloca acima da lei é um absurdo. Gastar cinquenta ou cem mil reais para resgatar a dignidade dessa servidora será pouco e, se for preciso, irei contribuir. Nada de esmorecer, digna agente de trânsito. Não pague. Recorra, não lhe faltaremos!

  24. Fabia Postado em 05/Nov/2014 às 17:30

    Esse juiz é uma fraude. O maior absurdo foi a agente de transito ser condenada! "Que vergonha"

  25. Ecthor Postado em 05/Nov/2014 às 18:19

    Bem vindo ao Brasil !!!

  26. Rafael Postado em 05/Nov/2014 às 18:34

    Essa doença chama Juizíte, e os sintomas são esses mesmos: Algum tempo após empossado a pessoa para de defecar e o intestino se acumula todo no cérebro, depois tem vem a confusão da própria identidade com o Uno, passando ele a ser o próprio deus ... você tem que ver como dois infectados por Juizíte brigam quando estão juntos! Seria de rir se não fosse tão sério!

  27. ROSANGELA DE SOUSA MELO Postado em 05/Nov/2014 às 18:37

    Acredito que o desembargador,José Carlos Paes, conheça o juiz e que isso interferiu no julgamento. Um cara para ser juiz passou por um grande processo e nessa área ou em qualquer outra é natural que se conheça. Um caso assim, só levaria o juiz perder se o desembargador fosse um desafeto dele.

  28. Marly Autran Postado em 05/Nov/2014 às 19:52

    Situações assim afetam a credibilidade do judiciário brasileiro. Entretanto creio que não podemos generalizar. Posturas abusivas é muito comum na sociedade brasileira.É uma questão apenas de educação. Independente do cargo ou profissão o que muda é apenas o tipo de privilégio.

  29. Duarte Postado em 05/Nov/2014 às 20:02

    Sempre ouvi dizer: Juiz pensa que é Deus e desembargador tem certeza. São poucos os juízes que tem humildade! Sentença triste. que vergonha!

  30. Roger Postado em 05/Nov/2014 às 20:04

    Vai ficar barato, assim, isso? O cara dá carteirada, ele, sim, desacata a agente no exercício de sua função, comete tripla infração de trânsito, tem um monte de antecedente de carteirada e abuso de poder e ainda é ele quem deve ser indenizado??? Esse juizinho, mancha na categoria, deveria ser exonerado a bem do serviço público e ainda responder civilmente pelos vários crimes de trânsito! E olha a foto do cara: total desleixo, barba por fazer, cabelo despenteado, isso é postura de um magistrado?! Meus pêsames, também, ao magistrado que inverteu a polaridade do caso. Corporativismo vil que denigre o Judiciário.

  31. Landab Postado em 05/Nov/2014 às 20:18

    Provavelmente quer ser aposentado com salario integral + regaliaskkkkkkkkkkkkkkkkkkDeixa eu ri um poquinhokkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkDevemos fazer um apoio na internet para ele ser processado por desacato a autoridade. Ela estava cumprindo o trabalho dela e o gostosao se achou no direito de mandar prende-la. sujeitinho sem nocao......que se acha acima da lei. Tem quer ser destituido sem direito a nada.Nao queremos essas porcarias no Poder Judiciario. Deveria ter levado um sabao e tomado um sermao de como deve ser um juiz de verdade. ao inves de tido cobertura. Provalvemente quem esta cobrindo e ajudando deve ser da mesma laia.

  32. Márcio Postado em 05/Nov/2014 às 20:24

    Existem juízes e existem pessoas de má índole e caráter duvidoso que passam no concurso da Magistratura. Eis a diferença. Um juiz de verdade não age assim. Não se sente acima da Lei e faz uso da "posição de destaque na sociedade" para obter proveito próprio. Jamais. Isso é coisa de gente que presta concurso público pela motivação errada. Juiz não é celebridade, é a voz do Estado na aplicação da Lei e manutenção do Estado Democrático de Direito (se é que ainda existe aqui). Não é por alto salário que as pessoas devem escolher a Magistratura, mas sim por vocação. E, pra legitimar a triste conduta de um juiz, nada com um de seus pares, mediante sentença. Talvez proferida até mesmo por um juiz togado também pela motivação errada.

  33. Marcelo Postado em 05/Nov/2014 às 20:25

    Corporativismo clássico.

  34. Douglas Postado em 05/Nov/2014 às 20:42

    Esse país é um lixo. Infelizmente juízes e outras autoridades se acham donas do mundo. Às vezes tenho vontade de fazer igual ao capitão Nascimento do Tropa de Elite: pegar esses engravatados e mostrar que são parte de uma corja, engravatados mimados e encher de porrada. Parabéns à Agente de Trânsito !!

  35. Ana Postado em 05/Nov/2014 às 20:42

    Lastimável , absurdo! O supremo não pode aceitar isso! Não tem que pagar nada pra esse juizinho ridículo .

  36. Andre Postado em 05/Nov/2014 às 21:08

    Existe uma vaquinha pra ajudar a pagar, vamos mostrar a este nojento que ele esta mexendo com o nrasileiro nao com um!

  37. Denival Postado em 05/Nov/2014 às 21:21

    é por isso que sinto vergonha desse país, o juiz que deveria ser um exemplo é pego em uma fiscalização errado e ainda quem vai condenado é a pessoa que estava cumprindo seu trabalho.

  38. Ana Brito Postado em 05/Nov/2014 às 21:32

    Vergonha mesmo foi essa sentença. Nem posso falar nada, se não a justiça vai me obrigar a pagar R$5.000 pra ele, também. E como estou desempregada, vão arrestar minhas poucas roupas para pagar. Nem tenho mais o que dizer.

  39. Albert Postado em 05/Nov/2014 às 21:36

    Magistrados de todo país deveria repugnar esse tipo de postura!!! O corporativismo nojento é lamentável!! SENTENÇA DEVERIA SER CAÇADA E DESEMBARGADOR SER INVESTIGADO!!!! Cade MP???

  40. Rodrigo Postado em 05/Nov/2014 às 22:27

    É no mínimo lamentável ver que o país não cresceu muito desde a ditadura. De lá para cá ainda há pessoas que se julgam melhores do que as outras por causa de um título qualquer.

  41. Tadeu de Araújo Postado em 05/Nov/2014 às 22:29

    No Brasil, como o corporativismo e a impunidade protegem principalmente aqueles que deveriam servir de exemplos, não se assustem se o infrator for promovido a desembargador, e o desembargador for promovido a ministro do STJ ou do STF. Aqui, infelizmente, se o mal exemplo vem de cima, a tendência é a promoção. Se bem que, acreditamos que há desembargadores no Rio de Janeiro que não se coadunam com essa prática nefasta que só causa mal-estar aos dignos aplicadores do direito e da justiça! Acorda, CNJ, a população que ler sua posição sobre o absurdo!

  42. oanjo Postado em 05/Nov/2014 às 22:59

    Desde os tempos de Jesus Cristo, aqueles que regem as leis, se recusam a cumpri-las, que coisa irônica em Seu Juiz. O sr, devia dar exemplo de cidadania e no entanto recusa-se isto, e nós a população o que devemos fazer?

  43. carlos Soares Postado em 06/Nov/2014 às 02:50

    Sugiro que façamos uma campanha para pagarmos as custas dessa agente, seria uma forma bem interessante de nos posicionarmos contra esse idiota. E mostrarmos que sua carteira não pesa muito se comparada com o peso da organização da rede social. Luciana, crie uma conta, caso não se faça justiça que eu serei o primeiro a colaborar para precisar este rato. Um fraterno Abraço

  44. Alex Firmino Postado em 06/Nov/2014 às 07:42

    Realmente em nosso país ou se tem dinheiro ou se tem cargo; pois a, mais uma vez, vemos que a lei é feita para favorecer aqueles, e condenar os pobres. Cade a aplicação do artigo 5 da CF. -onde está o "todos são iguais perante a Lei"-. 1 absurdo: alegar que o juiz tem posição na sociedade, a única que ele tem é de servidor público (aquele que trabalha para o público); seu cargo não é de destaque nem melhor que o de qualquer outro funcionário... e lembramo-nos que o juiz so é juiz em seu tribunal ou em diligencia, fora do expediente é uma pessoa qualquer; no caso o juiz é que cometeu abuso de poder: invocar as prerrogativas de seu cargo para obter a vantagem de não ser multado... deveria era responder por crime contra a administração pública. O desembargador alega que a Agente abusou de autoridade, e que zombara do cargo do juiz- ao meu ver quem zombou do próprio cargo, foi o juiz, e mais zombou da própria justiça- e como vemos, mais de uma vez... Juiz está acima da lei ou esta desobrigado de cumpri-la??? que moral terá este para punir qualquer um do povo? E o pior, é que se esse bosta se aposenta compulsoriamente, ainda ganhará um salário exorbitante dos cofres públicos-- Isso tem de ser mudado, o juiz quando exonerado não deve receber mais nada - abaixo a vitaliciedade...

  45. Thiago Teixeira Postado em 06/Nov/2014 às 09:03

    Toma vergonha bando de magistrados SAFADOS. PANELINHA.

    • Arnaldo Postado em 06/Nov/2014 às 09:45

      Isso e uma vergonha, a culpa disso ai e a lei Brasileira, Brasil vergonhoso, tem que andar errado pra ser certo, Dilma faz uma limpeza no Congresso Brasileiro, esses ministro e deputados so faz ganhar o dinheiro sem trabalhar, tenho vergonha de ser Brasileiro.

  46. juracema Postado em 06/Nov/2014 às 09:15

    Só no Brasil mesmo, quem deveria dar exemplo de como cumprir a lei, sai por ai com essa arrogancia se achando o maximo porque é um juiz de direito. Quer dizer que leis são feitas para eles julgarem os outros e não cumprir? Quem conhece as leis e sabe o que é certo e errado, deveria ter uma pena maior que as pessoas com pouca informação.

  47. Roberto Postado em 06/Nov/2014 às 09:49

    Médicos são julgados por um conselho composto por médico , os juízes pelos deses do OLIMPO. Mas acho que o Thor votou contra....

  48. Antonio Carlos Postado em 06/Nov/2014 às 10:41

    Juizinho de quinta não respeita a lei, só pode abusar do poder! Esse desembargador José Carlos Paes é um babaca deveria se colocar no lugar dele. Venha prender a impressa agora que divulga essa vergonha.

  49. Wedson Gaspar Postado em 06/Nov/2014 às 11:01

    É revoltante ver que o Judiciário se tornou um brinquedo nas mãos desses indivíduos. Não sei o que é pior, carteirada ou o fato desta Agente de Trânsito ter sido julgada e ainda sim condenada? Corporativismo inescrupuloso. Queria ver se fosse o "Joãozinho da Esquina" processando a Agente, se o desfecho seria o mesmo?

  50. Berg Souza Postado em 06/Nov/2014 às 12:21

    O princípio da igualdade ou da isonomia provavelmente tenha sido utilizado em Atenas, na Grécia antiga, cerca de 508 a.C. por Clístenes, o pai da democracia ateniense, mas só mente lá, pois no Brasil juízes, policiais ou qualquer outro cargo que invista cidadão comum com poder ele não faz mais parte da sociedade, são considerados Semi-Deuses ou Deuses e não mais meros mortais. Estão acima de qualquer Lei ou Princípios.

  51. Eduardo Vasconcelos Postado em 06/Nov/2014 às 13:22

    Essa é a Justiça brasileira.

  52. D. Harry Postado em 06/Nov/2014 às 14:49

    Hoje, com mais esse caso para reforçar, pode-se dizer que o Judiciário é o grande Câncer desse país... Condenam inocentes, absolvem culpados, arbitrariamente, sem lógica e sentido algum, com corporativismo e interesse, argumentando que estão simplesmente "seguindo a lei"... Foi-se o tempo em que se culpava somente o legislativo pelas falhas grotescas do Judiciário... Eles terão que responder melhor a sociedade se quiserem continuar nessa mamata.... Isso sem contar que muitos técnicos judiciários comentam que quem trabalha mesmo são eles, e não os Juízes... Infelizmente, muitos precisam e dependem desse órgão corrompido para poderem exercer sua cidadania...

  53. George B. Postado em 06/Nov/2014 às 17:49

    Este individuo(eu nao o chamaria ou mencionaria qualquer specie de rank que o distinguishe como autoridade) definitivamente ele se esbarrou na pessoa certa. Precisou de alguem como esta jovem Luciana para refrescar a concepcao distorcida deste individuo que antes de qualquer titular representa uma ameaca a todos aqueles que entendem os principios basicos essenciais para se formar uma sociedade descente.

  54. maria de fatima rodrigues Postado em 16/Nov/2014 às 17:41

    ACHO QUE DEVERIAMOS NOS UNIRMOS E FAZER UMA MANIFESTAÇÃO CONTRA ESSE JUIZ E CONTRA QUEM O DEFENDEU . AFINAL ESSES JUIZES SÃO PAGO POR NÓS .PQ ISSO QUE ACONTECEU FOI UMA VERGONHA NACIONAL. POR ISSO TEM HAVER UMA PUNIÇÃO SEVERA.