Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 03/Nov/2014 às 19:56
39
Comentários

A entrevista de Alberto Carlos Almeida no Manhattan Connection

O Manhattan Connection, da GloboNews, finalmente veiculou algo de relevante. A entrevista do cientista político Alberto Carlos Almeida ao programa foi uma aula de sensatez e desfez alguns mitos das eleições de 2014

Alberto Carlos Almeida manhattan connection
O cientista político Alberto Carlos Almeida foi entrevistado no Manhattan Connection (captura de tela)

Alberto Carlos Almeida, cientista político, foi convidado a discutir as impressões acerca das eleições de 2014 na bancada do Manhattan Connection, na Globo News. Com racionalidade e consistência argumentativa dignas de um estudioso da política, desfez alguns mitos que caracterizaram o imaginário popular nessas eleições, como o que relacionou a vitória de Dilma a uma suposta ignorância do seu eleitorado, que seria majoritariamente “ignorante e nordestino”, e que o PT no poder representaria uma tentativa de dominação do estado brasileiro.

Como se sabe e já foi exaustivamente repercutido na última semana, um dos integrantes do Manhattan Connection, Diogo Mainardi, que é ex-colunista da revista Veja, teceu comentários grosseiros contra os nordestinos (relembre aqui) após a consagração eleitoral de Dilma Rousseff nas urnas.

Datafolha

Alberto Carlos Almeida trouxe ainda informações relevantes a respeito das metodologias utilizadas pelos institutos de pesquisas durante as eleições. Segundo o cientista político, a margem de erro do Datafolha na pesquisa divulgada no sábado, véspera de eleição, era de 0,7 pontos percentuais e não de 2, como fora divulgado. A diferença de quatro pontos que o instituto apontou entre Dilma (52%) e Aécio (48%), portanto, estava fora da margem de erro. O Datafolha praticamente cravou o resultado final. A atual presidente foi reeleita com 51,64% dos votos contra 48,36% do candidato tucano.

Assista a entrevista de Alberto Carlos Almeida no Manhattan Connection:

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Roberto Postado em 03/Nov/2014 às 20:17

    Enquanto não aceitarem uma auditoria nas urnas ou o que seja, quer dizer que as eleições foram fraudadas, ora, quem não deve não teme.

    • ricardo Postado em 04/Nov/2014 às 17:10

      quem não deve não teme e quem tem certeza PAGA pra ver........ quem vai pagar essa auditoria? baseada em acusações feitas pelo facebook.......?

    • maria auxiliadora Postado em 04/Nov/2014 às 18:43

      ei cambada de desesperados, vão catar coquinho, vão... Lá no Nordeste tem e de boa qualidade, aliás, mais qualidade do que o que vocês carregam na cabeça!

  2. Pedro Postado em 03/Nov/2014 às 20:21

    Bancado pelo PT

    • Alessandra Postado em 03/Nov/2014 às 21:11

      Engraçado que se os jornalistas falam mal do PT, estão falando a verdade, mas se aparece alguém com um discurso mais neutro, só pode ser um "Petralha" bancado. Bem interessante essa lógica.

      • ricardo Postado em 04/Nov/2014 às 17:12

        Tu não terá resposta Alessandra.............. pq eles não tem argumentos pra refutar esse fato chamam o povo de burro, ignorante, etc mas ELES PRÓPRIOS NÃO TEM ARGUMENTOS!

    • matheus Postado em 03/Nov/2014 às 21:16

      Ele não falou bem do PT, até criticou a presidente Dilma, na verdade. O que ele fez foi negar as teorias ridículas e falaciosas dos entrevistadores, apenas.

    • poliana Postado em 03/Nov/2014 às 22:09

      e vc é um coxinha derrotado e péssimo perdedor!

      • jotat10 Postado em 03/Nov/2014 às 22:31

        Diz pra ele que chorar faz parte da democracia, eles querem de volta a ditadura ´essa é a cabeça desses Amebas.

    • Sílvio Postado em 03/Nov/2014 às 22:21

      Ai ai...Cara deu show de CONHECIMENTO!

    • Roger Postado em 03/Nov/2014 às 23:27

      Mimimimi, PT. Comi uma coxinha, hoje - bancada pelo PT. Comprei uma Veja hoje pra forrar a casinha do meu cachorro - bancado pelo PT. O duro é psdbista tentar comprar um cérebro - nem o PSDB banca.

      • Cris Postado em 04/Nov/2014 às 10:11

        hahahahahahahaha, muito boa =)

    • André Postado em 05/Nov/2014 às 08:47

      E quem te banca o P$DB. Qualquer um que fala algo diferente do que pensa é bancado e pago pelo PT? Aliás muito importante sua opinião, poderia ser dado lá no site da Oia o que acha??

  3. kennedy Postado em 03/Nov/2014 às 20:27

    Alguém mais ouviu o comentarista da globo falar bem no final da entrevista:"corta a cabeça desses caras"

    • Sílvio Postado em 04/Nov/2014 às 21:19

      Percebi e fiquei abismado com as "piadas" desses estado-unidenses não-disfarçados. É por isso e mais um pouco que deve haver a democratização e regulação da mídia!

  4. domfernando Postado em 03/Nov/2014 às 20:57

    Certas pessoas formadores de opinião deveriam responder na justiça por utilizarem um veículo de comunicação em massa por fazerem propaganda eleitoral...

  5. Natália MS Postado em 03/Nov/2014 às 21:18

    O Mainardi adora levar coice,como gosta.Esse cara precisa pegar um livro de História e começar pelo índice..

  6. Bruno Postado em 03/Nov/2014 às 21:42

    E aceito no programa PSDBista, faz sentido.

  7. Felipe Postado em 03/Nov/2014 às 22:28

    Primeiro deve se ter noção de estatística para começa a entender a diferença de uma pesquisa que induzida e o que é uma amostragem válida. Deixa eu apresentar um trabalho desse na faculdade pra ver se o professor aceita a fonte.

  8. Mariana Postado em 03/Nov/2014 às 22:38

    Kkkn risos eternos!!! Nunca mai vou parar de rir kkkkk

  9. Ricardo Postado em 03/Nov/2014 às 23:00

    O cara é tão foda que quando terminava de responder, os jornalistas não sabiam mais o que pergunta! Deu branco, ou ficaram impressionados pq o entrevistado sabia mais que os intrevistadores????

  10. Mary Postado em 03/Nov/2014 às 23:05

    Repare bem na cara dos entrevistadores e debochando do cientista: Essa é a cara de quem achava que ia manipular o entrevistado mas o tiro acabou saindo pela culatra!

  11. sandra appel forgiarini Postado em 03/Nov/2014 às 23:16

    Botou estes jornalistas facciosos, fazedores de opinião no seu lugar.

  12. Leonardo Barbieri Postado em 03/Nov/2014 às 23:26

    Mais uma vez o Mainardi teceu um comentário extremamente arrogante e preconceituoso: "Não seria o caso de fazer um 'Cabeça do paulista' e 'Cabeça do cearense'?" (em referência ao livro "Cabeça do brasileiro" escrito pelo autor) Achei excelente a análise do Alberto Carlos Almeida explicando as diferenças de votação entre as regiões do Brasil utilizando como exemplo países como Estados Unidos, França e Alemanha. Demonstra muito estudo e que sabe do que está falando, diferente desse obtuso Diogo Mainardi.

  13. louisa Postado em 03/Nov/2014 às 23:34

    Deu um banho nesses elementos que se dizem jornalistas. Já deram expediente na Veja hoje?

  14. KARINA BB Postado em 03/Nov/2014 às 23:36

    E o ESCROTO DO REINALDO AZEVEDO PRA VARIAR,CRITICOU O CARA,CHAMANDO O DE PETISTA,SO PQ ELE NAO CONCORDAVA CM TUDO Q O ENTREVISTADOR DIZIA,ELES ACHAM QUE TEM Q SER IGUAL A VEJA,LA TODO MUNDO CONCORDA COM TODO MUNDO,NAO HA O CONTRADITORIO,NEM TENTE COMENTAR NO SITE DESSA REVISTA GOLPISTA ,SE VC NAO TIVER A MESMA OPINIAO Q ELES,VC NAO COMENTA,,,E ESSE ENTREVISTADOR QUERIA A MESMA COISA ,

  15. Paulo Paganini Postado em 03/Nov/2014 às 23:58

    Na minha visão, acho que faltou trazer o aspecto histórico dos "mapas políticos" que o Carlos Alberto mencionou. A formação de cada região tem uma carga ideológica ainda presente, como, por exemplo, EUA com história a favor da escravidão no Sul e contra a escravidão no Norte. No Brasil temos uma concentração desenvolvimentista no "Sul" e uma concentração paternalista e coronelista no "Norte". Aos entendedores, me expliquem se faz sentido... (pelo debate saudável). Abraços

    • Felipe Postado em 05/Nov/2014 às 16:34

      Nao faz sentido algum. Procure o caso do Rio Grande do Sul e voce verá que o coronelismo era forte naquele estado.

  16. simone Postado em 04/Nov/2014 às 00:24

    Eu achava que eram os gaúchos os únicos partidário do "ou está comigo ou contra mim" mas já vi que este infeliz pensamento se espraiou pelo Brasil. Bastou não concordar com a "oposição" de direitista que o cara virou Petista. Gente reacionária. Ainda bem que ficamos livres por ao menos mais 4 anos!

  17. Paulo Postado em 04/Nov/2014 às 08:30

    Foi vergonhoso ver o baixo nivel intelectual dos nossos jornalistas que posam de intelectuais. Ele têm dificuldade em lidar com a forma metodologica de analise que o trabalho do Alberto Carlos exige.

  18. Deisi Postado em 04/Nov/2014 às 08:37

    Foi um nocaute! Os coxinhas do Manhattan Connection perderam até o rumo, mas isso acontece com pessoas desinformadas e ignorantes. Também não procuram se informar sobre o entrevistado, dá nisso um vexame atrás do outro, vão questionar um cientista politico capacitado, serio e com conhecimento sobre o Brasil, só podiam levar cruzado no queixo. Mas não apreendem por mais que apanhem esses idiotas. O Mainard em especial por ser o mais arrogante é o que leva mais lambada, A Luiza Trajano, acabou com o moço! O pior foi o colega da bancada admitir que ela estava certa, morri de rir.

    • Ricardo Postado em 04/Nov/2014 às 13:50

      Tanto não pesquisaram sobre o entrevistado que o mainardi passou pelo constrangimento de ser preconceituoso contra os nordestinos e ter de ouvir "e eu sou filho de nordestino" do entrevistado. Amadorismo é pouco. Se a Globo realmente acredita em meritocracia, deveria demitir este senhor.

  19. Lana Postado em 04/Nov/2014 às 08:51

    Nossa Paulo, CONCORDO plenamente com você, senti vergonha. Meu Deus, dá para analisar né "Globo News" tinha que ser...

  20. Anderson Batista Postado em 04/Nov/2014 às 09:57

    pronto e daqui a 4 anos é: LULÁLÁ BRILHA A ESPERANÇA....que venham aecinhos, alckminhos serrinhas e marininhas..... vai ser de Goleada.

  21. Vinicius Postado em 04/Nov/2014 às 10:29

    Fatalaty O cara humilhou

  22. Vanda Postado em 04/Nov/2014 às 12:36

    Que vergonha, quanto preconceito. Tem gente que acha que existe luta de classes no país. Mas não existe, o que existe é a opressão sistêmica das classes economicamente superiores em manter as classes economicamente inferiores sempre inferiores.

  23. Thaís Postado em 04/Nov/2014 às 16:12

    Os caras não tinham mais nem argumentos!! Ficaram tudo com cara de cuzão... Eles queriam que ele reforçasse a crença deles. O que adianta chamar alguém pro programa pra haver um debate se não houver opniões contrárias? É só pra fazer "sim" com a cabeça e concordar com tudo, ser PASSIVO em tudo. Pelo amor de DEUS... Ainda que iludir o povo que acabou de entrar na classe média, que são ricos a falar que o governo do PT está tentando censurar os meios midiáticos.. Vcs que censuram quando não deixam retorcem questões!!!!

  24. Salomon Postado em 05/Nov/2014 às 08:10

    Os argumentos preconceituosos desse Partido Político chamado Rede Globo foram confrontado com os fatos históricos e os fundamentos científicos do entrevistado. O resultado? Ah, o resultado: Knockout in Manhattan Connection (!).

  25. Renato Postado em 05/Nov/2014 às 11:33

    O choro é livre...chora pésSimoDB