Redação Pragmatismo
Compartilhar
Capitalismo 27/Nov/2014 às 18:06
23
Comentários

Economista francês diz que “Marx é possivelmente mais importante que Jesus”

Autor do polêmico 'Capital no século XXI', economista francês Thomas Piketty está no Brasil e participou de tarde de debates na USP. Através da análise de dados estatísticos, Piketty aponta as contradições do capitalismo e as suas respectivas mazelas, como concentração de renda e desigualdade

Thomas Piketty economista francês
O economista francês Thomas Piketty (divulgação)

“A diminuição de desigualdade de renda depende de políticas de valorização do salário mínimo e de políticas inclusivas. A difusão de educação de qualidade é o mais importante mecanismo para diminuir a desigualdade de renda. É preciso também criar taxações progressivas de renda e fortalecer movimentos trabalhistas.”

São palavras do economista francês Thomas Piketty, em São Paulo. Ele está na cidade para promover o lançamento de seu polêmico livro “O Capital no século XXI”. Piketty participou na tarde desta quinta de um debate sobre a sua obra na Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA-USP).

O título de seu livro remete ao clássico de Karl Marx. “Marx é possivelmente mais importante que Jesus”, disse ele na FEA.

Desigualdade e capitalismo

O livro de Piketty, recém-lançado em português no Brasil, vem sendo considerada uma atualização do livro de Karl Marx, “O Capital”, e transformou o economista em uma celebridade. Em seu provocativo livro, o autor conclui que a desigualdade de renda, que caiu por muitas décadas no século passado, voltou a aumentar no mundo.

O estudo avalia padrões econômicos e sociais, a partir da análise de dados inéditos de 20 países, em pesquisa que remonta ao século XVIII. A obra aponta uma contradição central no capitalismo que, em vez de dar oportunidades iguais de crescimento para todos, estaria tornando a desigualdade mais extrema, já que quem tem mais dinheiro consegue a riqueza em escala maior.

Segundo o economista, a desigualdade está aumentando porque o rendimento sobre o capital (aluguéis, ações, aplicações) tem sido maior que o da renda obtida com o trabalho e superior à taxa média de expansão da economia. Assim, quem tem dinheiro sobrando para investir vê o montante crescer mais que os que não têm.

De acordo com o autor, a sociedade estaria retornando ao “capitalismo patrimonial”, no qual as grandes economias vêm de dinastias familiares. Como possível solução, Piketty defende elevar o imposto pago pelos mais ricos e taxar as grandes fortunas.

informações de DCM e G1

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Peterson Silva Postado em 27/Nov/2014 às 18:19

    Alguém pode comentar o "snippet" dele na capa da Época (ou Exame, não lembro) em que se diz que ele não vê problema nenhum na desigualdade. Talvez seja uma frase tirada fora de contexto e ele quis dizer que a desigualdade é normal desde que não seja muito elevada, injusta, etc... Mas mesmo assim gostaria de confirmar. Se alguém leu e puder dizer algo sobre, seria grato :)

  2. Carlos Postado em 28/Nov/2014 às 00:52

    A religião estatal e o sonho dos grandes bilionários do mundo.

    • luiz junior Postado em 28/Nov/2014 às 12:41

      pode crê...

    • Renan Postado em 01/Dec/2014 às 11:53

      Essa é a religião que Marx quis dizer que é o ópio do povo, ópio que ele deu ao povo.

      • Valter Augusto Postado em 06/Jan/2015 às 13:24

        Hã??É isso mesmo que osr.Renan disse,produção?Um prêmio pra ele:uma coxinha de 1/2 kg com catupiry!

  3. Rocken Postado em 28/Nov/2014 às 03:19

    o que precisa é de governante decente, o Brasil não mudou impostos, não tem imposto de renda progressivo, não taxou grandes fortunas, e também tem uma lucratividade imensa dos bancos e mesmo assim CAIU o coeficiente de Gini por 12 anos seguidos, quero ver achar outro pais que fez isso com crescimento razoável e estabilidade econômica

    • Rodolfo Postado em 29/Nov/2014 às 20:17

      O Piketty disse que os dados da receita federal do Brasil não são transparentes nem confiáveis, por isso nosso país não entrou no estudo dele. Não sei quão bem o índice de gini reflete a desigualdade de nosso país, e no caso essa queda só foi proporcionada devido ao alto crescimento econômico deste período. Agora que parou de crescer, provavelmente haverá nova concentração.

  4. Rodrigo Postado em 28/Nov/2014 às 12:53

    (Outro Rodrigo) Realmente, quem vivia sustentado pelo primo, engravidou a pessoa que trabalhava na casa e quis que o primo assumisse o filho, pregando uma ditadura, é realmente alguém de máximo valor, um expoente da fraternidade, da caridade. P.S.: aí o crítico dirá: "bom é Bush", tentando colocar palavras na boca do interlocutor, como se, ao discordar de Marx, tivesse, necessariamente, que abraçar calorosamente todos os que se supõe serem, dele, muito diferentes.

    • Rodrigo Postado em 28/Nov/2014 às 14:58

      (Outro Rodrigo) Lembrando, ainda, ser consenso que ditaduras são ruins e que a visão da funcionária do lar como objeto sexual é coisificação, bem como que, também consenso, o abandono de mulher grávida, pelo genitor, é abominado, como ápice do machismo e da violência contra a mulher e a criança. Infelizmente, "indignare seletivamente" humano est, ou, ainda, "justificare" humano est.

  5. Mallu Postado em 28/Nov/2014 às 14:05

    Marx é genial. Mas apenas vê isto que estuda suas obras, e não apenas conhece algumas citações (direita) ou o marx do panfleto, como querem os comunistas ortodoxos. Mas, engana-se quem acha que esse estudo é fácil, não é, para compreender Karl Marx e todo o seu legado é necessário e fundamental conhecer as obras de Platão, Aristóteles (principalmente), Kant dentre outros... Infelizmente este é um dos autores mais deturpados, leituras totalmente errôneas, anacrônicas, etc. Lembremos que acima de tudo Marx era um pensador. E dos geniais, meus caros. Cito Hannah Arendt " (...) seremos capazes de compreender que, mesmo que toda crítica à Platão esteja correta, Platão ainda será melhor companhia que seus críticos. "

  6. Mallu Postado em 28/Nov/2014 às 14:19

    Cito ainda Cícero: "Errare mehercule malo cum Platone... quam cum istis vera sentire."

  7. Ivonildo Cezar Postado em 01/Dec/2014 às 01:16

    Marx é um conceito, Jesus é outro!

    • Valter Augusto Postado em 06/Jan/2015 às 13:28

      Mesmo porque Marx existiu mesmo,já G-Zuis...

  8. Roberto Pedroso Postado em 01/Dec/2014 às 09:22

    Melancólica a postura de alguns membros da direita que atacam o individuo e seus supostos desvios e não sua obra,mas isso é tipico dos conservadores pois a direita é pouco afeita a leitura e para os mesmos é tarefa extremamente penosa se debruçar sobre a obra do pensador para assim contesta-la de forma analítica em seu conceito e estrutura ademais lembrando que se fossemos julgar moralmente todos os escritores poucos escapariam ilesos de julgamentos dessa ordem,mas a direita lê pouco por isso não sabem disso, o que os conservadores de direita mais temem com a publicação desse livro é a comprovação,em números e estáticas, de que Marx estava certo em sua analise social e econômica,simples assim,mas o escritor Piketty começa a ser alvos de ataques pessoais pela imprensa conservadora,que sem argumentos aposta na desconstrução da imagem publica do escritor por falta de competência ou inteligencia para desmentir ou rebater as ideias contidas em seu livro,típico comportamento dos indigentes intelectuais. http://www.youtube.com/watch?v=F4nNOLl6x3g

  9. Maria Luisa Persson Postado em 01/Dec/2014 às 09:45

    Talvéz ele até tenha razao...uma vez que nos pais catolicos espera ainda MANÀ do céu!

  10. Daniel Postado em 01/Dec/2014 às 09:51

    Marx existiu! Jesus, não! O resto são interpretações!

  11. Samuel Postado em 01/Dec/2014 às 14:52

    Hitler ? WTF

  12. victor Postado em 01/Dec/2014 às 17:46

    Esse Piketty é foda! HAHAHHAHAHAHHAHAH os direitosos vão á loucura com ele, mesmo ele falando que é a favor do capitalismo, porém que o sistema precisa de reformas!

  13. GabrielG Postado em 02/Dec/2014 às 07:25

    Hitler? WTF ²

  14. Felipe Postado em 03/Dec/2014 às 19:13

    gente acéfala comentando, como pode,,,acho q foi a mae dele q escreveu

  15. Valter Augusto Postado em 06/Jan/2015 às 13:26

    Talvez ele tenha comido a m...que vc produz.

  16. eu daqui Postado em 06/Jan/2015 às 15:23

    EU AINDA PREFIRO BYRON...........