Redação Pragmatismo
Compartilhar
Direita 19/Nov/2014 às 18:53
29
Comentários

A arte de dialogar com quem fala por clichês

A difícil arte de argumentar com quem está limitado por uma bolha de intolerância e de ignorância onde só há espaço para odiar, gritar e julgar. Todos os clichês escolhidos para compor o diálogo abaixo são reais. Qualquer semelhança com o seu dia a dia não é mera coincidência

clichês de direita charge
(Charge: Vitor Teixeira)

Leonardo Sakamoto

– Petralha! Petralha!

– Desculpe, é comigo?

– Petralha imundo! Desgraçado! Corrupto! Boçal! Seu idiota intolerante!

– Acho que você está me confundindo. Votei no Eduardo Jorge no primeiro turno e no Aécio, no segundo.

– Vermelho é a cor dos comunistas do PT!

– Mas eu votei no Aécio!

– Comunista assassino! Defensor de ideologia genocida!

– Meu amigo, nem eu sou do PT, nem vermelho é monopólio de comunista, nem sou comunista, nem o PT é comunista. Aliás, nem o PT é de esquerda mais.

– Vermelho é comunista!

– Claro, Papai Noel veste vermelho por conta de uma marca de refrigerantes que está tramando a revolução.

– Você tá num país livre! Cala a boca e volta pra Cuba, seu cretino!

– Voltar como se eu não vim de lá?

– Vai morar na Venezuela, na Coreia do Norte.

– Não consigo nem tirar um final de semana para descer para Mongaguá, que dirá Venezuela…

– Tenho ódio de vocês! Se você gosta de pobre, por que não viver com eles? Mas o circo está fechando! Seus amigos vão todos parar na Papuda!

– Não, meus amigos vão todos lá para a Vila Madalena, hoje à noite, porque tem roda de samba no Ó do Borogodó.

– Então, você aprova o mensalão!

– Não, aprovo o samba.

– Tô cansado de tudo isso! Tô cansado de vocês afundarem o Brasil com o dinheiro dos meus impostos!

– Meu amigo, acho que você não está bem. Você tá ficando vermelho…

– Cala a boca! Vermelho é cor de comunista!

– Meu Deus…

– Se eu não fosse alguém de paz, já teria te enchido de porrada para parar de falar mentira. O PT é que criou a pobreza, a divisão entre ricos e pobres e a luta de classes.

– Não sou petista, mas desconfio que isso seja um pouco mais antigo. Quando eu falo com meus alunos…

VEJA TAMBÉM: Anti-antipetismo

– Seu bandido! Os comunistas colocaram representantes nas escolas para doutrinar nossas crianças! Você deveria ser preso! Morra! Moooorraaaaaa!

– Como na época da ditadura?

– Saudades da época em que comunistas não podiam nos fazer mal. Deve estar ganhando um por fora para defender a Petrobras, mensaleiro dos infernos, ladrão, corrupto!

– Se tivesse, acha que estaria a pé para economizar o dinheiro do bumba?

– No dia em que os militares restituírem a ordem você vai ver. Vai ser o primeiro a ser preso para parar de roubar os cofres públicos! Vamos acabar com todas essas bolsas-esmolas e botar o povo no eixo, fazê-los trabalhar, que é trabalhando que se conquista a dignidade.

– Arbeit macht frei?

– O governo controla minha liberdade de expressão, não posso falar o que penso mais! Sou censurado!

– Imagina se pudesse.

– O Brasil está acabando.

– Nisso concordamos.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Tatiana Postado em 19/Nov/2014 às 19:15

    essa galera nem sabe o q ta falando, fala sem conhecimento de causa, sem pesquisa, alienados... Vota no aecio pq n votam em terrorista comunista, mas nem sabiem quem era o vice do aécio -alienados. Petrolão é coisa do PT! Já existe a 15 anos - alienados! Infelizmente a internet deu voz a quem n tinha - por razoes obvias!!

    • LHCT Postado em 19/Nov/2014 às 20:38

      Sabia que o termo alienação foi criado por Karl Marx.Pelo menos você sabe o que é alienação?

      • assalariado. Postado em 19/Nov/2014 às 21:11

        LHCT, as palavras tem origem muitas das vezes, além do que imaginamos. Indico este site que, é de etmologia. Pode ajudar a nós todos. Aqui está: http://origemdapalavra.com.br/site/palavras/alienar/

      • André Postado em 20/Nov/2014 às 09:18

        Que burro dá zero para ele...rsrsrsr

      • Alex Postado em 20/Nov/2014 às 12:15

        Na verdade não, o sentido da alienação ligado ao processo produtivo Marx desenvolveu, mas ele retirou o conceito de Hegel, que tem um sentido mais ligado a uma concepção idealista.

    • Marcus Postado em 20/Nov/2014 às 10:11

      Vc sabia que essa última frase "infelizmente a internet deu voz a quem não tinha - por razões óbvias" é igual ao clichê "maldita inclusão social" - de uma coxinhez incontestável? Isso mostra o quanto VOCÊ está alienado, meu caro.

  2. Ademar de Oliveira Ruela Postado em 19/Nov/2014 às 19:21

    É puro non-sense.

  3. poliana Postado em 19/Nov/2014 às 19:22

    Kkkkkkkkkk...perfeito sakamoto! Eh bem assim msmo! Rsrs

  4. Sara Postado em 19/Nov/2014 às 19:31

    Muito boa!!!

  5. gustavo Postado em 19/Nov/2014 às 19:42

    Muito bom! É impressionante como que aqui no Brasil, em meio á toda ignorância do nosso digníssimo povo, as coisas se inflamam com uma imprevisibilidade e imponência de dar inveja a mais feroz e contundente erupção de qualquer vulcão havaiano. Mas não há combustível intelectual suficiente para manter acessa essa labareda de insatisfação ardendo por muito mais tempo,é o famoso fogo de palha, embora eu enxergue mais como aqueles antigos balões dirigíveis repletos de gás hélio que se incendiavam em pleno voo, causavam a morte da tripulação,mas que tocavam o solo já quase apagados,resumindo: - A histeria coletiva pseudo-política durará até as primeiras batucadas e goles de cerveja que antecederão o carnaval, será um outono com cara de outono... Obs.: O Petrolão poderá ser o fator surpresa que arruinará esta previsão,que como á grande maioria, está também sujeita á reviravoltas.

  6. Claudio Postado em 19/Nov/2014 às 19:43

    "Petista" quando sai da boca de um "tucanista" é palavrão. ...cansei de ser xingado por pessoas da minha própria família, mesmo dizendo que não sou petista. O clima aqui não ficou bom. E a culpa é toda dessa imprensa maldita.

  7. Jardel Costa Postado em 19/Nov/2014 às 19:50

    o contrário também acontece né? só pra lembrar! "e aí burguesinho de merda?" ; "cala a boca tu é elite babaca!" ;"papai já comprou o seu ipod?" ; "sai daí seu reacionário lixo!" ; "fascista do inferno!". Intolerância e arrogância tem dos dois lados.

  8. Denisbaldo Postado em 19/Nov/2014 às 19:51

    Papagaios que repetem os Azevedos, Loboes, Mervais, Mainardis, etc. Esse eh o problema, em uma sociedade ignorante palavras faceis viram leis.

  9. Eduardo Santos Postado em 19/Nov/2014 às 19:57

    Esse pessoal, caso vivessem no Chile durante o governo Allende, com toda certeza seriam membros do Patria y Libertad e outros grupos paramilitares de extrema direita que apoiaram o golpe de 1973.

  10. Carlos Postado em 19/Nov/2014 às 20:28

    Eu vejo muito mais a esquerda do que a direita julgando, infelizmente a rotulação está virando uma pratica... EX: quando falo q a Maria da Penha é inconstitucional (viro machista, cara q bate em mulher, ou ignorante em relação a situação da mulher no Brasil) quando na verdade só to falando da matéria "direito". ... EX2: Se eu falo mal das cotas, as quais eu acho um absurdo, sou logo taxado de racista, quando na verdade meu ponto é puramente analítico, enfim.

    • Ricardo Postado em 21/Nov/2014 às 23:24

      1. Se vc acha a lei maria da penha inconstitucional, não conhece direito constitucional. Pode-se cogitar, no caso, uma interpretação conforme à constituição (com a ampliação da proteção a qualquer pessoa que se encontre em situação de violência familiar), e não haveria qualquer inconstitucionalidade. 2. Se vc acha cotas "um absurdo", provavelmente não leu Dworkin; se leu, sabe que não é nenhum absurdo (claro que pode continuar não concordando, mas absurdo não é). E provavelmente acredita na parolagem do mérito. 3. Contestar não é a mesma coisa que julgar. Você é livre para falar o que pensa, mas não é livre para impor a aceitação aos interlocutores. 4. Não é "taxado" (ref. taxa), mas tachado. 5. Análise impõe uma decomposição do argumento, e não uma adjetivação, um "achismo".

      • Carlos Postado em 23/Nov/2014 às 12:13

        O argumento da isonomia material não pode ser usado nem na Maria da Penha nem na lei de Cotas , o TJDFT decidiu nesse ano que "Maria da Penha não exclui legitima defesa" ou seja, é sim inconstitucional no ponto em que afeta direito, fere claramente a isonomia, e põe fim a toda discussão em torno do tema que era basicamente essa... http://www.cnj.jus.br/atos-administrativos/10810:lei-maria-da-penha-nao-exclui-legitima-defesa ... enquanto que a lei de cotas é uma politica importada dos EUA, com a filosofia dos EUA e não se aplica a realidade mestiça brasileira, não da forma que vem sendo feito, injustiçando a muitos, afetando direitos, pagando um mal com outro

  11. Guilhermo Postado em 19/Nov/2014 às 20:45

    Só esqueceram do famoso: "Coxinha" que já li tantas vezes por aqui!

  12. Salomon Postado em 19/Nov/2014 às 22:47

    Esses chavões e frases feitas são exatamente os mesmo usados pelos nazistas. Com algumas pequenas variações. Quem quiser pode assistir ao filme "o julgamento de nuremberg". Tá tudo lá.

  13. ademar Postado em 20/Nov/2014 às 10:54

    Sakamoto comentou somente o lado que lhe interessa, não necessariamente precisaria ser imparcial, nada de errado em ter sua ideologia, defender suas convicções, mas precisava ser honesto em mencionar que : o mesmo ocorre da outra parte, as ofensas e verborragias contra aqueles que nem precisam se posicionar como direita ou qualquer outra ideologia, apenas se fizer qualquer manifestação de pensamento diferente já é taxado dos mais variados adjetivos com sentido pejorativo. Sakamoto vamos elevar um pouco o nível, honestidade , não deixe-se cair na mediocridade das ofensas.

  14. Roberto Pedroso Postado em 20/Nov/2014 às 11:51

    Concordo com Denisbaldo o mais impressionante é que o coro dos descontentes bebem das palavras de Reinaldo Azevedo,Diogo Mainard,Olavo de Carvalho e afins,talvez devessem ler mais Eric Hobsbawm,Antonio Gramsci e o próprio Marx assim deixariam de falar tantas bobagens e sandices desmedidas pois quem critica os ideais de esquerda quase sempre nunca leram nada destes nomes anteriormente citados e isso é que gera discussões o despreparo daqueles que partem do discurso do ódio(odeiam o PT,odeiam a esquerda e odeiam ainda mais o hábito de leitura dos clássicos da literatura politica),se ao menos apresentassem argumentos sólidos e devidamente embasados mas partem unica e exclusivamente do discurso do ódio desbragado pela esquerda e tudo aquilo que ela representa.E isso não é ofensa e sim uma constatação !

    • Roberto Pedroso Postado em 22/Nov/2014 às 12:30

      Lembrando meu caro que o ponto de partida para a estruturação das ideias de Marx era a Inglaterra pós Revolução Industrial que contava com um acúmulo de capital e meios de produção estruturados sendo,partindo desse pressuposto, a revolução deveria partir daquela que era uma das locomotivas econômicas do mundo,ademais no caso do leste europeu a revolução ocorreu em um cenário onde não havia acumulo de capital suficiente e nem mesmo meios de produção estruturados para levar a cabo a revolução como havia sido pretendida em seu conceito original,enfim é preciso analisar o cenário histórico e sócio politico em que a obra foi escrita para seu melhor entendimento.

  15. Rosendo Postado em 20/Nov/2014 às 13:21

    Realmente nem vale a pena tentar fazer entender,pois são nulos em seus raciocínios.

    • José Humberto Postado em 21/Nov/2014 às 13:28

      E também entre os de direita, os quais exibem, com orgulho, exemplares da obra de Olavo de Carvalho, acreditando que deixaram, ou deixarão, de ser idiotas. Além disso, o pessoal das universidades particulares não costumam demonstrar nem mesmo a capacidade de reproduzir ideias prontas. Quando se generaliza corre-se o risco de cometer "idiotices".

  16. Rodrigo Postado em 21/Nov/2014 às 11:27

    (Outro Rodrigo) E, quase a totalidade dos comentários, é baseada em clichês... É complicado o efeito espelho: não paramos de nos enxergar no outro, de medir o outro com a nossa régua.

  17. Carlos Postado em 21/Nov/2014 às 14:59

    A esquerda é o maior clichê que existe.

    • Renan Postado em 21/Nov/2014 às 16:15

      Bem verdade. A esquerda Brasileira é caricata e incoerente como sempre.

  18. Renan Postado em 21/Nov/2014 às 16:14

    Isso vindo de um cara só usa clichê chamando de coxinha, fascista, homofóbico ou qualquer outra coisa os que tem posições contrárias a dele, ou seja de direita. Sakamoto é a caricatura esquerdista, tal qual Luciana Genro, Maria do Rosário, O ex-BBB, e os esquerdinhas que esperam suas declarações pra dizer que omitiram uma opinião, a falta de senso crítico e fuga do lugar comum esquerdista é até assustadora. Dá até pra deduzir o que eles vão falar a cada acontecimento cotidiano, o que eles vão fingir defender como um véu de ideias que cobrirão seus interesses sórdidos.

  19. Renan Postado em 21/Nov/2014 às 16:18

    E bem verdade é que é essa a forma de dialogar com esse povo, tal como o próprio Sakamoto, você tem que descer ao nível mais sórdido que as ideologias que eles defendem o fazem descer e mostrar pra ele o quão ridículos são os modos de agir, de pensar, de falar. Depois disso, dá pra pensar em ter algum diálogo, mas antes, é como falar com um chimpanzé raivoso.