Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mercado 26/Nov/2014 às 13:56
3
Comentários

5 dicas para aproveitar a Black Friday

Black Friday Brasil 2014 terá relação de lojas oficias com selo de qualidade que assinaram código de ético. Objetivo é não repetir reclamações dos anos anteriores. Confira 5 dicas para aproveitar bem as promoções e não ser enganado

black friday brasil cuidados
Black Friday: é preciso estar atento e tomar as medidas certas para aproveitar bem as ofertas e não ser enganado (reprodução)

GGN

Para queimar e renovar o estoque e começar o aquecimento para a temporada de compras de Natal, o varejo norte-americano criou uma data no calendário, denominada Black Friday. Neste dia, os americanos vão às compras de produtos com até 80% de descontos. Tradicionalmente, o evento ocorre sempre depois do feriado de Ação de Graças, o Thanksgiving Day, nos Estados Unidos, coincidindo com a última sexta-feira do mês de novembro.

LEIA TAMBÉM: Aprenda a ser um consumidor consciente

Nos Estados Unidos a data já é um sucesso, com as pessoas formando enormes filas nas lojas e “brigando” pelos produtos. No Brasil, o evento que está em sua quinta edição também ocorrerá na próxima sexta-feira (28) e promete se consolidar também como data importante no calendário de compras com descontos. Tornando, inclusive, um bom momento de adquirir os presentes de Natal.

Participam do evento não só as lojas virtuais, mas as físicas também. No site blackfriday.com.br/lojas há a relação das lojas oficiais participantes.

Lojas com selo de qualidade

Como o evento no passado foi alvo de muita reclamação com muitos consumidores se sentindo lesados – ou pela não entrega de produtos ou com descontos falsos, a Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico criou desde a última edição o Black Friday Legal, que é a instituição de um Código de Ética propondo ao comércio eletrônico uma autorregulamentação e destacando as lojas que se comprometeram com as boas práticas: oferecer descontos reais, não acrescer o valor do desconto ao frete e relacionar de forma clara os produtos em promoção. Essa ação serve para proteger o consumidor de práticas abusivas.

A loja que tiver ter o selo Black Friday Legal tem que além de assinar o código de ética, passar por uma inspeção da Câmara de E-commerce.

O Código de Ética pode ser encontrado em http://www.camara-e.net/blackfriday/.

Números

Segundo o site Busca Descontos (empresa que organiza o Black Friday no Brasil), em 2013 no dia do evento foram quase 2 milhões de pedidos e o tíquete médio da compra foi de R$ 437, um valor considerado alto e compreensível já que no topo da lista de compras estavam smartphones, TVs e tablets.

O faturamento no dia foi de R$ 770 milhões, conforme divulgou o E-bit (empresa de informações do comércio eletrônico). Outro dado que aponta a consolidação da data por aqui foi trazido pela Braspag, empresa de soluções de meios de pagamento, que mostrou um volume de 660 mil transações no ano passado.

A expectativa é que o evento continue sendo robusto neste ano, uma vez que o Brasil é o quinto país mais conectado do mundo com 100 milhões de internautas e 80% desses acessam sites de comércio eletrônico. A E-bit espera um faturamento das lojas virtuais durante o evento de R$ 1,2 bilhão.

Fique de olho

É importante o consumidor ficar de olho nos sites dos organizadores e também nos sites das lojas oficiais e seguir os comunicados e orientações. Já estão sendo identificadas algumas fraudes com nomes de lojas participantes prometendo descontos e ofertas falsos.

Os perfis oficiais das lojas nas redes sociais estão orientando devidamente sobre o que é real ou não.

O site Reclame Aqui, que reúne as reclamações dos consumidores, também tem a prática de acompanhar de perto as ações neste dia de ofertas. Qualquer irregularidade pode denunciar em reclameaqui.com.br.

Dicas para aproveitar bem

1) Prepare uma lista do que deseja comprar e faça um cadastro antes nos sites de interesse. Se possível cadastre alertas de preços.

2) Há sites que procuram e comparam os preços o que ajuda a identificar as melhores ofertas.

3) Verifique a credibilidade da loja online nos canais oficiais do evento.

4) Evite o horário de maior pico que são as primeiras duas horas do evento e prepare também o seu computador para acompanhar as ofertas.

5) Guarde todos os e-mails e comprovantes das compras.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Selvia Postado em 26/Nov/2014 às 14:31

    O link de lojas e do código não estão funcionando, um remete para outro que não tem nada a ver e o outro para página que não existe.

  2. Elton Postado em 26/Nov/2014 às 15:03

    Tudo pelo dobro da metade do preço!!!

  3. Vinícius Postado em 26/Nov/2014 às 16:05

    O link correto para as lojas participantes é: http://www.blackfriday.com.br/lojasparticipantes/