Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 16/Oct/2014 às 11:31
14
Comentários

“Sujo contra o mal lavado”, diz Luciana Genro sobre debate entre Dilma e Aécio

Para Luciana, debate da Band foi o “sujo” contra o “mal lavado”. Candidata derrotada do PSOL no 1º turno não apoia nenhum dos candidatos. Alguns dos seus companheiros de partido, como Marcelo Freixo, Jean Wyllys e Chico Alencar declararam voto em Dilma

luciana genro psol debate
Luciana Genro disputou a Presidência da República pelo PSOL em 2014 e foi a quarta candidata mais votada, atrás de Dilma Rousseff, Aécio Neves e Marina Silva (Band)

Para a candidata derrotada do PSOL no primeiro turno, Luciana Genro, o debate entre Dilma Rousseff (PT) e Aécio Neves (PSDB) na Band foi a “confirmação” do “sujo” contra o “mal lavado”. Após receber mais de 1,6 milhão de votos, ela decidiu ficar neutra na disputa do segundo turno.

“Assim como falei na campanha, o debate de ontem novamente foi o confronto do sujo falando do mal lavado”, afirmou em entrevista ao Portal da Band por telefone. “Isso foi evidente quando eles falaram de corrupção. Faltou, na verdade, uma esquerda coerente neste debate”.

Luciana afirmou que Aécio não poderia fazer críticas à Dilma sobre os escândalos na Petrobras. “Ele fica desmoralizado pelo comportamento do PSDB em todos os aspectos. Ele faz críticas, mas não tem autoridade para isso, pois as táticas do PSDB são iguais ou piores do que as do PT”.

Para a ex-candidata, o fato de Aécio ter conquistado a maioria dos apoios no segundo turno “mostrou que eram poucos os candidatos de esquerda”. “Foi uma confirmação de tudo o que eu disse”, declarou. “A Marina Silva era a segunda via do PSDB e confirmou o apoio dela, assim como o Eduardo Jorge (PV), que fazia o jogo de direita. O fato de o PSOL não ter se alinhado com Dilma ou Aécio confirma que nós não estávamos para barganhar cargos”.

Bancada do PSOL

O PSOL elegeu cinco deputados federais neste ano. Luciana Genro destacou que o partido conseguiu transmitir sua mensagem e que cresceu nas eleições. “A esquerda coerente saiu mais forte. O ambiente eleitoral é adverso para quem não recebe financiamento de bancos e empreiteiras. Acho que essa votação foi importante e que o PSOL tem condições de liderar essa construção da esquerda coerente”.

Luciana também comentou o fato de os resultados nas urnas terem mantido a polarização entre PT e PSDB, apesar das manifestações em junho de 2013. “Depende da sociedade em organizar essa indignação para conseguir a reforma política. Se depender apenas da vontade do parlamentar, isso não acontecerá”.

Informações: Rede Bandeirantes

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Maria Maria Postado em 16/Oct/2014 às 11:42

    Parece que essa mulherzinha arrogante quer mesmo é aparecer como a guardiã da ética, mesmo que seja ao preço - que todos nós pagaremos - de dividir a esquerda e ajudar a candidatura da direita fascista. Só queria saber o que faria se fosse presidente da república. Das duas uma: ou teria que ceder algo para poder fazer alguma coisa pelo o povo - a única saída neste sistema político odioso que temos - ou seria derrubada do poder no dia seguinte à posse. Ridícula, invejosa e muito pouco inteligente.

    • Dhoco Postado em 16/Oct/2014 às 12:17

      Desculpe, mas convido você a ler as propostas por ela apresentada, e conhecer melhor a história politica dela, antes de formular suas opiniões baseadas em "achismos".

      • Sleiman Postado em 17/Oct/2014 às 09:18

        A gente não acha nada. A esquerda, radical ou não, moderada ou não, deve se unir. Se queremos combater o inimigo comum é assim que tem que ser. Aliás, sempre foi assim... Não se perca nas teorias. O Brasil, em apenas 12 anos, saiu do mapa da miséria. Isso basta, sim!

    • Dinio Postado em 16/Oct/2014 às 14:28

      É simples de desmoralizar esta babaca, que nunca trabalhou. Se fez politicamente em cima do PT e da qualidade e categoria do pai Tarso Genro, este sim muito qualificado, que está lutando bravamente para tentar livrar o Rio Grande do Sul das Garras Privatistas da RBS! Já disse e repito aqui, ela se comportou como uma "franguinha" nos estúdios da RBS, onde conseguiu uns minutos de fama. Não disse um "aí" ao oligopólio da mídia no RS e Brasil. E o Maridão Robaina é o ETERNO CANDIDATO do PSOL no RS, isto ela não fala. Macaco não olha o rabo...só usa para se pendurar nas árvores políticas, plantadas com o trabalho e o suor de milhares de militantes. Ela é em gênese igual que o Aécio, a diferença é que Tarso não é o Tancredo, Tarso é Tarso!

  2. Onda Vermelha Postado em 16/Oct/2014 às 12:00

    Esqueçam a Luciana Genro! Não vale a pena queimar "energias" com ela! Melhor contrapor a ela isso! Marcelo Freixo declara voto em Dilma. O deputado estadual mais votado do Rio de Janeiro, com 350 mil votos, Marcelo Freixo, do PSOL, declarou hoje em entrevista a uma rádio que apoiará a presidenta Dilma Rousseff no segundo turno da eleição presidencial. Professor de História, Freixo é atuante defensor de direitos humanos há 20 anos. Antes de se tornar parlamentar, trabalhava junto ao sistema penitenciário, denunciando as más condições dos presos. Se notabilizou também pelo trabalho à frente da CPI das Milícias na Alerj, que indiciou 225 pessoas. Sua atuação acabou também lhe rendendo inúmeras ameaças de morte, o que faz com que tenha, há anos, a escolta de seguranças armados. Freixo inspirou o personagem Diogo Fraga, também deputado estadual, do filme Tropa de Elite 2, que combate o fenômeno das milícias. O deputado apoiou as greves dos bombeiros e a paralisação dos policiais militares no Rio de Janeiro, em 2011 e 2012, e foi opositor da gestão Sérgio Cabral. Freixo disse, na entrevista, que embora tenha críticas a alguns pontos do governo do PT não admite a possibilidade de um retrocesso representado pela candidatura de Aécio Neves. “Independente do que o partido vier a decidir, eu vou votar na Dilma no segundo turno”, afirmou Marcelo Freixo. E nós do Muda Mais ficamos muito felizes com o apoio de Marcelo. Seja bem vindo! Ouça a entrevista do deputado Marcelo Freixo aqui: http://download.sgr.globo.com/sgr-mp3/cbn/2014/noticias/freixo_141006.mp3

  3. Walter Postado em 16/Oct/2014 às 12:14

    Soberba e arrogante por isso que eles não chegam a lugar nenhum , ela esquece que o PSOL estava aliado ao PSDB antes mesmo do primeiro turno a não ser o PSOL carioca.

    • lucas Postado em 17/Oct/2014 às 15:39

      psol do ceará é bastante crítico aos governos atuais, tanto federal quanto estadual. o partido, em si, não declarou apoio a nenhum dos candidatos, para presidente e governador, no segundo turno. no entanto, os candidatos do psol foram livres para escolher apoiar ou não qualquer candidato. porém, é óbvio que nenhum deles apoiariam o aécio.

  4. Felipe Peters Berchielli Postado em 16/Oct/2014 às 13:15

    Ao contrário dos torcedores do PT,o PSOL cresce no meu conceito não apoiando o PT,o PT só esquerda ao PSDB, já não é esquerda de fato há tempos,o PSOL é uma esquerda mais coerente, e eu entendo o voto do Jean e do Freixo, antes Dilma do que Aécio, ok, respeito, mas para mim tanto faz Dilma ou Aécio. Em 2002 faziam um terrorismo danado se o Lula vencesse, hoje o PT faz o mesmo em relação ao Aécio, se ele ganhar o Brasil vai virar um inferno,etc etc etc.

    • Gleidson Postado em 17/Oct/2014 às 09:29

      Comentário mais sensato até aqui. Militantes do PT e PSDB são idênticos, assim como seus representantes. Não aceitam ouvir o contraditório e partem para denegrir a imagem pessoal de que, na verdade, disse o que todos já sabem.

  5. Fernando Yanmar Narciso Postado em 16/Oct/2014 às 16:22

    Apesar de ter votado nela, imagino como seria se o Psol chegasse ao poder... provavelmente algo semelhante a quando lex luthor foi presidente dos Estados Unidos na revista do superman!

  6. Jonas Schlesinger Postado em 16/Oct/2014 às 18:46

    E a Heloísa Helena, fundadora do partido, recebeu apoio dos tucanos em Alagoas pra derrubar Collor. ...esquerda coerente... sei... kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  7. Abel Postado em 16/Oct/2014 às 22:39

    Luciana, menos ok?

  8. Eu próprio Postado em 17/Oct/2014 às 07:42

    É por essas e outras que o PSOL vai ser sempre um partidinho esquerdista radical! Falta leitura a essas esquerdistas radicais! Vai ler Lênin filha!

  9. Cristiane Carvalho Postado em 17/Oct/2014 às 09:29

    Para o PSOL seria ótimo o Aécio ganhar. O país ficaria uma merda e eles teriam espaço pra aparecer como salvadores da pátria. Com o PT no poder, não existe pátria a ser salva porque ela já está em boas mãos. E não gosto de gente que fica em cima do muro.