Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 01/Oct/2014 às 15:10
21
Comentários

Revista Veja pode ajudar a reeleger Dilma

Ironia: Edição da revista Veja que estará nas bancas na véspera da eleição (04/10) pode ajudar Dilma a vencer a disputa presidencial ainda em 1º turno

revista veja pt dilma 2014

Eduardo Guimarães, Blog da Cidadania

Na edição de Veja que chegará às bancas no próximo sábado (4/10), a horas da eleição em primeiro turno, seus leitores serão surpreendidos por matéria inusual na revista por conter… a verdade. E essa verdade aparecerá já na capa, onde a publicação, há pouco tempo, fez chamada para matéria que o Tribunal Superior Eleitoral qualificou como “caluniosa”.

Os ministros do TSE julgaram que, em sua edição de 17 de setembro, a revista ofendeu a honra do PT ao afirmar, sem provas, que o partido pagou propina a um chantagista para se calar sobre escândalo que lhe traria danos políticos em ano eleitoral. Desse modo, a Corte determinou que Veja publique direito de resposta do PT com igual destaque dado à calúnia.

SAIBA MAIS: PT ganha direito de resposta na revista Veja

Diz o relator do processo impetrado pelo PT contra Veja, ministro Admar Gonzaga:

“(…) Se aquele que supostamente recebeu os dólares não quis se manifestar, de que forma a representada [Veja] conseguiu a fotografia das cédulas que, taxativamente, afirmou terem sido utilizadas para pagamento da chantagem? A revista não explica (…) Percebe-se que a representada não trouxe elementos consolidadores das informações e das ilustrações exibidas, circunstância que transforma o seu conteúdo em ofensa infundada, porquanto desconectada da trama descrita (…)”.

A decisão do TSE foi unânime. O direito de resposta foi concedido pelos ministros Teori Zavascki, Rosa Weber e pelo presidente do TSE, Dias Toffoli.

Apesar de a matéria caluniosa da revista ter sido adornada com imagens de supostos “documentos” que comprovariam sua acusação, o TSE deixou bem claro, ao conceder direito de resposta ao PT, que tais imagens constituíram mero artifício para reforçar uma acusação desprovida de elementos probatórios.

Coube ainda ao ministro Teori Zavascki refutar alegação da defesa de Veja de que, ao conceder direito de resposta ao PT, o TSE estaria ferindo a “liberdade de expressão” da revista:

“(…) Acho que é equivocado contrapor o direito de resposta ao direito de liberdade de expressão. Pelo contrário, o instituto jurídico do direito de expressão, tal como plasmado na Constituição, é composto também pelo direito de resposta. É assim que está estruturada a liberdade de expressão na nossa Constituição. Direito de resposta não significa punição, não significa uma limitação à liberdade de expressão (…)”

O presidente do TSE, Dias Toffoli, concordou:

“(…) Não é permitido ir para a calúnia (…) Não há manifestação de comprovação desses fatos. De tal sorte que realmente [a reportagem de Veja] transbordou para a ofensa”

A enormidade de reportagens publicadas sistematicamente contra o PT durante a campanha eleitoral resultará em forte abalo à credibilidade que ainda possa restar a Veja. Com essa decisão inédita do TSE, o eleitor passará a questionar todas as suas acusações sistemáticas ao partido e irá às urnas, domingo que vem, com tal pensamento ainda fresco na mente.

Dirão que o estrato social que lê a Veja é predisposto a acreditar em qualquer acusação que ela faça ao PT, mas não é bem assim. Parte do público da revista acredita nela por ingenuidade e, desse modo, surpreender-se-á com uma decisão judicial que afirma que ela mentiu.

E, se houver segundo turno, Veja sofrerá novo golpe. Sua reportagem de capa desta semana incorre nos mesmos vícios que sua edição de 17 de setembro, ora condenada pelo TSE. A revista foi ainda mais longe na matéria divulgada no último sábado: acusou pessoalmente a presidente Dilma Rousseff. E, de novo, sem provas.

Como Marina Silva, ao endossar as acusações de Veja a Dilma, tem se vinculado à revista, o direito de resposta concedido ao PT também afetará a candidata do PSB. Até porque, a acusação sem provas desta semana deve gerar novo direito de resposta.

Essas seguidas condenações de Veja pela Justiça anularão o potencial das acusações que a revista fatalmente ainda fará ao PT e ao governo Dilma durante uma possível campanha eleitoral em segundo turno.

Não que a avalanche de acusações e de terrorismo econômico que Globo, Folha de São Paulo, Estadão e Veja fazem ao PT e a Dilma tenham lá tanto poder. A disparada da presidente nas pesquisas mostra que mais da metade dos brasileiros está se lixando para essas acusações, obviamente por considerá-las mentirosas.

Se o PT explorar a decisão do TSE em seu programa de TV, o conjunto da mídia partidarizada – agora, pró Marina Silva – chegará a um eventual segundo turno com credibilidade ainda menor. A campanha de Dilma, pois, precisa divulgar intensamente essa condenação que Veja sofreu e as que ainda irá sofrer até o fim de outubro, se houver segundo turno.

PS: não cabe recurso à decisão do TSE que concedeu ao PT direito de resposta na capa e nas páginas internas de Veja.

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcio Pegoraro Postado em 01/Oct/2014 às 15:21

    Lógica coxinha: Fala mal do PT, Veja é demais, culta e sincera. Mente sobre o PT na caruda: PT monstro, Justiça petista! Dilma comprou o STF. Eu ainda rio com essa gente. Ainda.

  2. Fábio Postado em 01/Oct/2014 às 15:25

    Veja sendo obrigada a publicar a verdade, e ainda na capa??? Agora a p*rr@ ficou séria!!!

    • Eduardo Postado em 01/Oct/2014 às 17:49

      ninguém vai acreditar mesmo.....é por isto que vai publicar... o normal é a mentira ou materias anti petista.,...... eu não vou ler mesmo....

  3. Everton Postado em 01/Oct/2014 às 15:33

    Beijinho no ombro!!! rs

  4. Gabriel Postado em 01/Oct/2014 às 15:39

    "A disparada da presidente nas pesquisas mostra que mais da metade dos brasileiros está se lixando para essas acusações, obviamente por considerá-las mentirosas." Olha, não acho nem de longe que seja por aí. A grande realidade é que o desemprego tem diminuído e a distribuição de renda aumentou, embora haja, sem dúvidas, um recuo neste ano de 2014. O brasileiro médio quer saber da sua própria situação. Se o governo rouba ou não, em muitos casos, para grande parte da população, é irrelevante.

    • Eduardo Postado em 01/Oct/2014 às 17:53

      rouba ou não, sabemos disso, então vamos participar dos conselhos, das reuniões das camaras, e pelo menos mostrar aos safados que apodrecem toda uma estrutura que é construida para o bem de todos.... não podemos nos acomodar, mesmo que não chegue a nós..... A VITÓRIA DE DILMA LOGO NO PRIMEIRO TURNO, não é uma vitória simplesmente, é o povo trabalhando para que se economise milhões de reais, que seriam gastos no segundo turno.... podemos e devemos evitar isto.votem 13 DILMA, é o único caminho.

  5. KARINA BB Postado em 01/Oct/2014 às 15:41

    Sinceramente,depois que se descobriu q a veja se aliou a uma quadrilha mafiosa de cachoeira e CIA ,,partindo pro crime,,,perdeu completamente o direito de chamar quem quer que seja de ladrão,mesmo que seja verdade

  6. edilson Postado em 01/Oct/2014 às 15:56

    um leitor da Veja afetado!

  7. Thomaz Postado em 01/Oct/2014 às 18:00

    Creio que no momento que o conteúdo da delação premiada for compartilhado para a população saberemos se realmente a Veja mentiu em suas edições de Setembro. Concordo que as acusações foram feitas sem provas hoje, mas no momento que as provas forem veiculadas, o PT irá se retratar com a veja por fazer acusações verdadeiras? Tudo isso é apenas especulação, mas lembremos que o ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa irá devolver 70 milhões de reais aos cofres públicos, diretor que foi colocado pela diretoria do PT. Lembremos também que o ex-diretor foi solto, o que significa que seus depoimentos foram úteis para a operação da polícia federal.

    • Fabiano Postado em 01/Oct/2014 às 19:34

      Mas Thomaz, o verdadeiro problema aqui é outro, e muito grave. Saber se as "acusações" são ou não são verdadeiras (sejam lá quais elas forem, porque ninguém ainda sabe) é apenas metade da questão. A outra metade é que, justamente por correr a investigação em segredo de justiça, como é possível que a revista tenha tido acesso a alguma coisa? Das duas, uma: ou ela não teve acesso e está inventando tudo (isso é calúnia), ou teve e cometeu crime por acessar informação privilegiada. E para acusar é preciso ter provas. A revista apresenta essas provas? Se não apresenta, mesmo que fosse coisa que todo mundo soubesse que é verdade, comete crime. E se, no momento em que as acusações forem reveladas elas se mostrarem verdadeiras, não é com a Veja que o PT (ou seja lá qual culpado) deverá se retratar: é unicamente com a Justiça. Quando as acusações forem reveladas, repito, saberemos sobre a Veja apenas qual crime seus editores cometeram.

    • luiz Postado em 02/Oct/2014 às 07:54

      O Diretor a que vc se refere está na Petrobras ha mais de 20 anos colocado pelo Psdb ai pode, não era crime?

  8. Roger Postado em 01/Oct/2014 às 18:26

    O mimimi de Veja vem de longa data, desde que o Lula acabou com a mamata monopolista da Abril na distribuição da revista às escolas. Essa é só mais uma derrota aos inventores de notícia da (in)Veja, que vai de mal a pior e começa a sedimentar seu próprio fim. Nem os coxinhas aguentam tanto vexame e mentira.

  9. poliana Postado em 01/Oct/2014 às 19:12

    A veja perdeu credibilidade há tempos! E tomara mesmo q ela seja um fator importante numa possível vitoria do pt. Eh a velha história do feitiço q vira contra o feiticeiro. Ela e a rede globo são dois veículos da imprensa nacional q me dão nojo. Ambas são tão desleais em suas informações, tão tendenciosas e desonestas, q o nível a q elas se rebaixam pra tentar tirar o pt do poder, só me faz ter mais ódio ao psdb e sua corja sudestina, e mais convicção no meu voto em dilma e no pt. Típico caso do feitiço q virou conrra o feiticeiro. Duas derrotadas. Podem fazer o q quiser: gritar, espernear, inventar, instigar o ódio a dilma e ao pt, mas n vão conseguir derrubá-los. Se tudo der certo vão ter q nos aturar por mais 4 anos. E peçam a deus pra lula n voltar em 2018...só isso q falo!

    • AGDA Postado em 01/Oct/2014 às 20:54

      CONCORDO COM VC POLIANA, E ACHO QUE TODOS QUE ACREDITAM NA DILMA,DEVERIAM COMPRAR ESTA MALDITA REVISTA, QUE SAIRÁ NO DIA 04 DE OUTUBRO, E COLOCAR AQUI NA INTERNETE O QUE FOI DESMENTIDO, PARA OS COXINHAS E AQUELES INDECISOS VEREM, PODE SER NOSSA VITÓRIA NO PRIMEIRO TURNO.

      • Miguel Matos Postado em 02/Oct/2014 às 22:39

        Gilmar Mendes já cassou o direito de resposta do PT.

  10. cláudio Postado em 01/Oct/2014 às 19:37

    Há muito deixei de ler e assinar a revista Veja.Desde que ela passou a atacar sistematicamente o governo de Lula e Dilma e o pior , defendeu descaradamente a maracutaia de Aécio e seu aeroporto particular ,,, Cá prá nós : quem acredita em algo que ela publique ?e suas ligações escusas com Carlinhos Cachoeira ?

  11. Onda Vermelha Postado em 01/Oct/2014 às 20:41

    Infelizmente, o negócio é mas complicado do isso. A Revista Veja recorreu ao STF alegando "cerceamento à liberdade de expressão". E adivinhem na mão quem caiu a tarefa de julgar esse caso? Isso mesmo, o tucaníssimo Ministro Gilmar Mendes! Portanto, neste momento, as chances de que a Veja seja obrigada a publicar o direito de resposta até o próximo sábado, a meu ver, se tornaram remotíssimas. Gostaria de estar errado. Não por julgar que isso teria algum impacto eleitoral, mas para que servisse de lição para uma parcela da mídia que se julga acima e além das Instituições e dos valores inseridos em nossa Constituição!

  12. Ines S santos Postado em 01/Oct/2014 às 21:14

    Eu era assinante desta famigerada revista, que só coloca propagandas,tem pouco conteúdo e agora mentira.,E ainda fez a renovação sem o minha autorização,

  13. André Postado em 02/Oct/2014 às 04:20

    Não voto em partidos, voto em pessoas com convicções, até por considerar todos partidos farinha do mesmo saco. Mas o interessante é ver Dias Toffoli, como ex advogado do PT condenando a Veja. É de se pensar sobre isso.

  14. surfista pensante Postado em 02/Oct/2014 às 09:57

    Esse direito de resposta jamais será publicado. O PSDB/VEJA já entrou com recurso e vai pras mãos do... Gilmar Mendes... Só depois que ele negar(...), vai pro pleno... Aí já era...

  15. JAIRO MEDEIROS Postado em 02/Oct/2014 às 16:56

    A prima facie, EXCELENTE texto e contexto! Creio que, dentre as reformas do Estado Nacional, certamente os dos meios é uma delas basilares. O Código Geral das Teles o é de 1961... Antenado com as novas mídias? E as 6 'famiglias' que detém as comunicações no Brasil? No Brasil não se aplica mais a tática do nazifacista Joseph Goebbels onde "uma Mentira contada mil vezes, torna-se uma verdade"... Dia 5 de outubro é de verdade e dia da onça beber água! O povo brasileiro, que agora ironicamente num pais continental e celeiro mundial, que saí do famigerado 'Mapa da fome" da FAO/ONU agora tem é muita fome, fome de verdade!