Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 08/Oct/2014 às 16:59
9
Comentários

PSOL indica neutralidade e “desaconselha” voto em Aécio

Em coletiva à imprensa, Luciana Genro declara que o PSOL não apoiará nenhuma candidatura, mas “desaconselha” voto em Aécio Neves por considerar que o tucano representa o “retrocesso”

psol voto luciana 2014
PSOL libera voto dos seus eleitores e militantes (divulgação)

Em coletiva realizada em São Paulo na tarde desta quarta-feira (8), a ex-candidata à presidência da República pelo PSOL, Luciana Genro, declarou que seu partido não apoiará nenhuma candidatura. Como justificativa, Genro disse que a chapa de Aécio Neves (PSDB) representa o “retrocesso” e que Dilma Rousseff (PT) é um “continuísmo conservador”.

Especificamente sobre o voto, a ex-deputada federal explicou que, embora não faça aliança com ninguém para o segundo turno, o PSOL libera seus filiados e militantes “para livremente escolherem em que votar”. No entanto, refutou o voto no candidato tucano. “Nós desaconselhamos o voto em Aécio Neves”, frisou.

Em nota divulgada pelo PSOL, o partido reforça a tese de não apoiar nenhuma das candidaturas, mas faz uma ressalva a respeito do não-voto em Aécio Neves. “Entendemos que Aécio Neves, o seu PSDB e aliados são os representantes mais diretos dos interesses da classe dominante e do imperialismo na América Latina. O jeito tucano de governar, baseado na defesa das elites econômicas e nas privatizações, com a corrupção daí decorrente, significa um verdadeiro retrocesso”, diz o texto.

Ainda durante a coletiva, Genro explicou que a posição do partido se reflete no fato de que as candidaturas não defendem pontos que eles apresentaram, tais como taxação das grandes riquezas, fim da guerra às drogas e combate à homofobia. Questionada se caso algum candidato topasse aderir a algumas destas teses, se o partido mudaria de ideia, ela negou e disse considerar tal atitude uma “barganha política”, em crítica indireta à postura de Marina Silva, que condicionou o seu apoio a Aécio Neves à adesão do tucano às suas propostas de fim da reeleição e manutenção dos programas sociais.

Marcelo Freixo, uma das principais lideranças do PSOL e deputado estadual mais votado do Rio de Janeiro, declarou voto em Dilma Rousseff. “Tenho muitas críticas ao governo do PT, da Dilma, no que diz respeito à Reforma Agrária, aos direitos das minorias, à política econômica, que são públicas. Mas não admito a possibilidade de um retrocesso que eu entendo que possa haver com um governo tucano. Independente do que o partido vier a decidir, eu vou votar na Dilma no segundo turno”, afirmou.

Revista Fórum

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. bruna Postado em 08/Oct/2014 às 17:12

    "No entanto, refutou o voto no candidato tucano. “Nós desaconselhamos o voto em Aécio Neves”, frisou." — FALSO! Caramba...basta dar um Ctrl + F e colar a palavra "desaconselhamos" no post da referida Luciana, que veremos que ela não disse, não refutou isso coisa alguma! Vocês estão manipulando e distorcendo o que ela disse. Poxa..vou deixar de seguir o pragmatismo. Achei que vocês fossem mais neutros. Engano meu! Chega de mídia manipuladora!

  2. Cristina Postado em 08/Oct/2014 às 17:22

    Pra bom entendedor, meia palavra basta!

  3. KARINA BB Postado em 08/Oct/2014 às 18:28

    Acho q luciana foi coetente,porem ha uma guerra em curso,,,e a esquerda dividida so favorece ao PSDBOSTA

    • Brahir Postado em 09/Oct/2014 às 16:20

      Pois é, é isso que a "Esquerda Coerente" não consegue entender... 1º Os projetos deles só servem como militância para a o PT, no Brasil é impossível uma ruptura com o capitalismo na forma que o PSOL pensa que conseguiria fazer, não duraria meio mandato, 2º Fizeram oposição durante o #NãoVaiTerCopa... a Militância do PSOL foi tão incoerente nas manifestações do ano passado quanto os coxinhas que estavam na rua pra por foto no Instagram, 3º eles só dividem a esquerda, aí... pra não fazer "Política" e manter a tal imagem dela de "Coerente" incentiva o PSOL a votar Branco e Nulo ¬¬" eles pensam que Só eles possuem princípios ideológicos, é ilógico isso.. não tem coerência, é uma juventude revolucionária mas não politizada ¬¬" só serve de massa pra Direita ¬¬"

  4. Leandro Rodrigues Postado em 08/Oct/2014 às 18:31

    "Não levante o dedo pra mim!"

  5. Luís Fernando Postado em 08/Oct/2014 às 19:51

    As pessoas estão simplesmente querendo " se livrar do PT" mas esquecem (ou não sabem?) o que foi o governo FHC, o famoso "príncipe da privataria". O PSDB quase acabou com o país nas suas privatizações e corrupções. O governo de Aécio tem um passado nada bom. Não gosto do PT mas não vou permitir que o PSDB ganhe a Presidência da República.

  6. Pablo Postado em 08/Oct/2014 às 21:47

    Lembrem de considerar as propostas também! Mesmo "esquecendo" os tempos de PSDB, a análise das propostas é suficiente para querer "se livrar deles"! A não ser, talvez, que o indivíduo seja rentista abastado!