Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 16/Oct/2014 às 11:56
14
Comentários

Por que o site do TCE de Minas saiu do ar após Dilma denunciar Aécio?

Relatórios anuais do Tribunal de Contas de Minas Gerais sumiram do site. Dados, que estavam disponíveis para consulta pública, foram citados por Dilma no debate da Band para comprovar as irregularidades contra Aécio Neves

tce minas gerais aécio dilma
Tribunal de Contas de Minas Gerais diz que dados contra Aécio sumiram do site por causa da alta quantidade de acessos (reprodução)

Os pareceres técnicos sobre as contas do governo de Minas Gerais de 2006 a 2012, que estavam disponíveis para consulta no site na instituição, foram retirados da consulta pública entre a noite de terça-feira e o início da tarde de ontem. Antes disso, a página web também ficou fora do ar no mesmo período por quase 12 horas.

Os problemas ocorreram depois que a presidenta Dilma Rousseff (PT) acusou o adversário Aécio Neves (PSDB) no debate da Band na terça-feira de não cumprir o mínimo dos repasses na área de Saúde e convidou os telespectadores que acompanhavam o debate a checar o dado na página do TCE.

“No que se refere à Saúde pode-se entrar no site do TCE e lá vai estar claro que o governo de Minas foi obrigado a assinar um termo de ajustamento de gestão e que considerou-se que vocês desviaram em torno de R$ 7,6 bilhoes”, acusou Dilma. O valor corresponderia aos 12% do orçamento que deveria ter sido destinado.

O tribunal alegou, por meio de nota, que ocorreu uma falha técnica devido ao aumento excessivo de visitantes na noite de terça-feira e que o sistema “não ficou indisponível, mas sim, instável”. “O TCE possui capacidade para atender acessos de seus 3.334 jurisdicionados e também as demandas das diversas áreas da sociedade. Diariamente, são registrados, em média, 2.500 acessos”, informa a nota.

De acordo com o TCE, o número simultâneo de usuários que normalmente é de 30 chegou a 920 a partir das 22 horas da terça-feira. “De acordo com o Google Analytics (ferramenta utilizada para aferição de portais em todo o mundo), neste mesmo período, o Portal do TCEMG recebeu 53.491 (cinquenta e três mil quatrocentos e noventa e um) acessos, em decorrência de buscas na página “Fiscalizando com o TCE”, finaliza o texto.

Minas Sem Censura

De acordo com Bloco Minas Sem Censura, O Tribunal tentou dar o golpe, para proteger mais uma vez o Aécio.

“A menção a esses relatórios, pelo ex-governador Aécio Neves, ocorreu de forma irresponsável e distorcida. As aprovações das prestações de contas sempre foram dadas com ressalvas, indicando que, por sucessivas vezes, as gestões de Aécio e Anastasia não aplicaram o mínimo constitucional na saúde e na educação, usando diversos artifícios contábeis para chegar aos 12% (saúde) e 25% (educação). O valor que deveria ser investido nessas duas áreas chega a R$ 16 bilhões.

A atitude do TCE-MG constitui grave violação do princípio da publicidade e reforça condutas abusivas e de censura dos tucanos de Minas. Comprova o aparelhamento do Estado e o medo da transparência.

Esconder os relatórios só confirma o óbvio: governos tucanos em Minas Gerais desviaram recursos da saúde e da educação.”

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Pedro Postado em 16/Oct/2014 às 11:59

    Só dementes acreditam nessa história fajuta que o site foi tirado do ar premeditadamente. Tem que ser muito burro mesmo. Agora já foi, a lenda agora vai ser essa.

    • Joao Batista Postado em 16/Oct/2014 às 12:42

      Então me diga quantas vezes o site saiu do ar antes disso... Tem que ser é muito demente para achar que foi mera coincidência... E se foi por não comportar tantos acessos, então se concluem duas coisas: 1) muita gente quis verificar os fatos... isso é sinal de que o bicho vai pegar quando descobrirem a verdade; e 2) o que foi proposital foi esses arquivos não estarem lá quando o site voltou ao ar e só aparecerem 12 horas depois! Sérissimo esse assunto. Se liga!

    • Natalia Alencar Postado em 16/Oct/2014 às 16:49

      Pois... Igual ao incêndio na prefeitura de Cláudio, que destruiu material relacionado à construção do aécioporto, na véspera da fiscalização.... Não passam de meras coincidências. Faz-me rir, né Pedro.

  2. Onda Vermelha Postado em 16/Oct/2014 às 12:07

    Proposital ou não a informação é relevante para formação do juízo do cidadão-contribuinte-eleitor, por isso, a gente foi atrás e mostra assim mesmo. Hehehe! Os relatórios que confirmam que Aécio Neves "maquiou as contas" do estado estavam no site do TCE-MG até, pelo menos, segunda-feira. Foi quando o "Minas Sem Censura" acessou-o e fez o download dos disponíveis: 2006 a 2012. E agora podem ser acessados aqui: https://onedrive.live.com/?cid=045f03956b42d5ef&id=45F03956B42D5EF%21322&ithint=folder,pdf&authkey=!AFzPVtMg7PZNDMw

  3. Jurandy Postado em 16/Oct/2014 às 12:56

    A verdade ainda não sabemos. Conheço mineiros pobres que amam o Aécio. Continuo com o Aécio - Fora esta quadrilha do PT que se instalou no país, só da petrobrás foram 10 bilhões. Quanto vale a refinaria que o Lula ''DOOU''?; Quanto estão levando no MAIS MÉDICO?; A construção de mariel, etc, etc, etc, etc, etc,

    • Onda Vermelha Postado em 16/Oct/2014 às 13:36

      A "verdade" você não sabe ou não quer ver? Somente vê corrupção nos outros, né não? Sabe de nada inocente! Denúncia: Esse pequeno documentário de 8 minutos de duração trata das relações entre o Governo de Minas Gerais e a mídia no país, Rede Globo à frente, e de como ele se utiliza de seu poder econômico para conter críticas e assim, construir a imagem do Governador Aécio Neves através de investimentos publicitários. Por favor, divulguem! Ainda há tempo de evitar que um farsante como o Aécio Neves chegue a Presidência do Brasil. Veja em http://www.youtube.com/watch?v=BixdPe_Jqxw

    • Onda Vermelha Postado em 16/Oct/2014 às 13:39

      E tem mais "verdade" aqui! Olha só! Folha pega Aécio na mentira. Aécio maquiou gastos da saúde em Minas. Para cumprir mínimo constitucional, governador incluiu como despesas da área combate à febre aftosa e até construção de praça. Artifício foi utilizado em período em que tucano criou programas de "déficit zero" e "choque de gestão", suas maiores bandeiras eleitorais. Veja em http://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc1308200616.htm

  4. Felipe Peters Berchielli Postado em 16/Oct/2014 às 13:07

    Não acredito que tenha sido proposital, porque a queda seria retratada em matérias, saberiam disto, pra mim é a mesma lenda urbana que diz que a Dilma apoia o EI.

  5. Cauê Postado em 16/Oct/2014 às 13:10

    Porque essa independência entre os poderes só é normativa. Enquanto o chefe de um poder nomear o chefe de outro, isso vai ocorrer. O TCE tem uma atribuição: fiscalizar o governo. E como vai fiscalizar se este manda naquele? São muitas forças contrárias à boa administração. Mídia, golpes (vide o texto-manifesto feito pelo governador Tarso Genro) e outras correntezas. Perdemos essa eleição.

  6. Sandra Postado em 16/Oct/2014 às 13:34

    Jurandy, o pior cego é o que não quer enxergar. Nem com todas as evidências contra o seu candidato, vocês só falam da Petrobrás. Cuidado hein: Quando concluir a CPI da Petrobrás, vai ter pena de tucano voando tbém. Porque o seu candidato não falar sobre o relatório da ONU divulgado hoje que menciona que o Brasil foi o País que mais combateu a fome. Porque não fala que nos mês de setembro foram criadas mais de 100000 vagas de emprego. O seu candidato distorce as falas e senta no rabo para falar de corrupção, afinal o aeroporto particular, tráfico, nepotismo, caixa 2, é moralidade, eficiência, competência. Sinceramente, eu acho que o seu candidato se olha no espelho e enxerga o TOM CRUISE. Ele verdadeiramente, não se vê e nem você.

  7. Marcos Vincicus Postado em 16/Oct/2014 às 13:36

    O site sair do ar por excesso de consultas é compreensível, mas esses pareceres desaparecerem depois disso é altamente suspeito.

  8. Sandra Postado em 16/Oct/2014 às 14:02

    Muito bem, não vamos falar de corrupção já que não há "diferença". Vamos elevar o nível da discussão e falar de produção: O que o seu candidato fez durante a época em que foi Governador de Minas? Como Senador? Se puder falar, eu gostaria de saber!

  9. Paulo Postado em 16/Oct/2014 às 14:45

    Para verificar a veracidade do que foi afirmado por Dilma, acesse o site do TCE-MG http://www.tce.mg.gov.br/ clique em "acompanhamento de processos" e digite o número do TAG (Termo de Ajustamento de Gestão). O número é 862943. Minas não cumpre os mínimos constitucionais de 12% para a Saúde e 25% para a Educação. Tá lá! É só conferir!

  10. enganado Postado em 20/Oct/2014 às 00:24

    Por que o site do TCE de Minas saiu do ar após Dilma denunciar Aécio? É só perguntar ao pessoal da tv gRobo, porque quem entende de televisão são eles, pois lá não explicadores de plantão: bonner, merdal, monfort, sardenberg, neubarth, miriam leitoa, vidor, ...