André Falcão
Colunista
Compartilhar
Eleições 2014 15/Oct/2014 às 12:29
10
Comentários

O que está posto para o segundo turno?

Dilma e Aécio. Duas histórias antagônicas de vida e modelos bastante distintos de enxergar o mundo se enfrentam neste segundo turno das eleições presidenciais de 2014

Tancredo Aecio Neves Cunha Dilma

André Falcão*

De um lado, um ex-garotão neto de político tradicional mineiro, de carreira forjada à sombra do pai e avô no exercício de cargos comissionados: aos 17 anos, nomeado secretário de gabinete de seu pai, deputado da então Arena; aos 25 anos, com um ano de formado, nomeado diretor de loterias da Caixa Econômica. Meritocracia, pois.

Governador, conquistou vários títulos para MG: pior salário de médico do país, de delegado e de professor; pior IDH e maior taxa de mortalidade infantil do Sudeste, 20º PIB que menos cresceu dos 27 estados, maior alíquota de ICMS das contas de luz do país. Contratou 98 mil servidores sem concurso, mais que dobrou a dívida de Minas, teve pífio desempenho no Senado. Ah! Elogiava Lula, e foi com a comitiva buscar a Copa para o país.

Impediu que 70 CPIs fossem instaladas, tentou censurar o Google, e processa 66 blogueiros que opinam ou divulgam o que lhe desagrada.

Constituinte, votou contra a estabilidade do trabalhador e contra a jornada limitada a 40h semanais.Tem em Armínio Fraga, o ex-ministro de FHC das taxas de juros a 45%, o ministro da economia de seu sonhado governo (toc-toc-toc). Para AF, o valor do salário mínimo está alto, há bancos públicos demais e é necessário enxugar os gastos públicos. Entenda-se: corte nos programas sociais, mais privatização (ainda resta alguma coisa que escapou da sanha de FHC, como a Petrobrás, o BB, a CAIXA), instauração de programas de demissão voluntária, redução de concursos públicos, e por aí vai. Naturalmente, as taxas de juros terão que aumentar, afinal os bancos privados precisam.

O governo mineiro e a COMPASA, na gestão de Aécio, são investigados em suposto desvio de R$ 4,3 bi da saúde, e teve seu nome de algum modo envolvido com os proprietários do helicóptero apreendido com meia tonelada(!) de cocaína e com a construção dos aeroportos em terras de sua família, próximas ao local onde antes pousara a aeronave. É um dos grandes quadros do PSDB, partido que vendeu a preço de banana a maior empresa de mineração do mundo (a Vale do Rio Doce), mais de 100 estatais, é um dos campeões em corrupção e, talvez por isto, protagoniza os dez maiores escândalos da história brasileira (carro-chefe: A Privataria Tucana ― leia o livro homônimo), devidamente escamoteados, claro, pela grande mídia.

Do outro lado? Dilma e o governo que vence a crise mundial e a fome, o povo exalta, a corrupção é combatida (como jamais, antes), e outros, afogados em sua ignorância, hipocrisia e preconceito, odeiam.

*André Falcão é advogado e autor do Blog do André Falcão. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. eu daqui Postado em 15/Oct/2014 às 12:37

    O texto é lisonjeiro: se os tucanos tivessem alguma maneira de enxergar o mundo era bom. Eles só tem maneira é de não enxergar nada.TUCANO < TUTANO.

  2. Weslei Prado Postado em 15/Oct/2014 às 13:10

    Já disse e repito: Meu voto é Dilma. Agora vamos lá... O Pragmatismo Político está fazendo aquilo que sempre repudiou na grande mídia: o apoio explícito à um candidato. Desculpe se estou sendo "chato", mas - AO MEU VER - isso não é uma forma de liberdade de expressão e sim uma forma de "induzir" o leitor a votar no candidato do portal. Mais uma vez peço desculpas e há algum equívoco em minhas palavras. Nem todos que votam em Aécio é um playboy/coxinha/reacionário, da mesma forma que nem todo que votam na Dilma é um pobre, analfabeto, comunista e recebe bolsa família. Vocês podem apoiar seu candidato SIM, mas não podem, de certa forma - intencional ou não - "induzir" (ENTRE ASPAS) seus leitores a apoiarem o mesmo, caso contrário, mude o nome "Pragmatismo Político". Obs: Aécio Neves, na juventude, parecia o Cazuza

    • Rodrigo Postado em 15/Oct/2014 às 16:16

      (Outro Rodrigo) Perfeito, Weslei.

    • Ernani Postado em 15/Oct/2014 às 16:25

      Também vou votar na Dilma e concordo 100% com o que você disse.

  3. Sandra Postado em 15/Oct/2014 às 13:31

    Ótimo texto, vou imprimir e distribuir. Parabéns ao autor.

  4. José Postado em 15/Oct/2014 às 14:33

    engraçado é a Dilma dizer que a Policia Federal é livre para fazer as investigações e a mesma Policia Federal só encontrar corrupção do PT! Será que a Dilma quer que o PT acabe? Ou será que não encontram corrupção do PSDB?

    • Onda Vermelha Postado em 15/Oct/2014 às 18:18

      Ai, ai, ai,ai! José? Somente no PT há malfeitos? Tens certeza? Por favor, leia "PSDB é o partido mais sujo do Brasil, revela ranking da justiça eleitoral" em http://www.pragmatismopolitico.com.br/2012/09/psdb-partido-mais-sujo-brasil-ranking-justica-eleitoral.html

  5. Onda Vermelha Postado em 15/Oct/2014 às 18:06

    Num raro registro dos “tempos bicudos”, o Jornal Nacional da Rede Globo numa reportagem comovente e “premiada” de 22 minutos de duração, exibe o mal do desemprego, da miséria e da fome em 2001, período em que o Brasil era governado pelo PSDB de Fernando Henrique Cardoso. Agora pare, pense e reflita! Que país você deseja para seus filhos e netos? Quer voltar ao passado? Penso que não! Lembre-se: segundo a FAO, órgão da ONU, em 2013, o Brasil deixou o Mapa da Fome! É Dilma, de novo, para o Brasil seguir mudando com distribuição de renda e liberdade de expressão! Veja em https://www.youtube.com/watch?v=-A9zEQ1-ODQ

  6. Onda Vermelha Postado em 15/Oct/2014 às 18:22

    Me desculpem. mas casa caiu para o Playboy baladeiro! Aécio garante o emprego: da família! Durante o debate de ontem (14), realizado na Rede Bandeirantes, a Presidenta Dilma acusou Aécio Neves de praticar o nepotismo ao nomear parentes para cargos públicos em Minas Gerais. O tucano negou e desafiou a Presidenta a informar onde trabalha a irmã dele. O Conversa Afiada publica, com auxílio da Rede Brasil Atual, a lista dos familiares de Aécio que Dilma citou no debate: - Oswaldo Borges da Costa Filho (genro do padrasto do governador), presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico e Minas Gerais; - Fernando Quinto Rocha Tolentino (primo), assessor do diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagem (DER/MG); - Guilherme Horta (primo), assessor especial do governador; - Tânia Guimarães Campos (prima), secretária de agenda do governador; - Frederico Pacheco de Medeiros (primo), secretário-adjunto de estado de governo; - Andréia Neves da Cunha (irmã), diretora-presidente do Serviço de Assistência Social de Minas Gerais (Servas); - Ana Guimarães Campos (prima), servidora do Servas; - Júnia Guimarães Campos (prima), servidora do Servas; - Tancredo Augusto Tolentino Neves (tio), diretor da área de apoio do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG). Veja em http://www.conversaafiada.com.br/politica/2014/10/15/aecio-garante-o-emprego-da-familia/

  7. Roberto Pedroso Postado em 16/Oct/2014 às 10:00

    Aécio que se julga uma espécie de versão moderna tupiniquim de Kennedy mas que na verdade se resume a uma versão PSDebista bem acabada de Fernando Collor,risível se não fosse trágico pelo fato deste individuo ser um dos postulantes à presidência da republica!