Redação Pragmatismo
Compartilhar
Palestina 30/Oct/2014 às 17:46
7
Comentários

Estado Palestino é reconhecido pela Suécia

Suécia é o primeiro país da Europa Ocidental a reconhecer a Palestina como Estado independente. Palestinos comemoraram decisão do governo sueco

suécia reconhece palestina
Governo sueco reconhece nesta quinta a Palestina como Estado independente, diz a ministra Margot Wallström (Pragmatismo Político)

A ministra de Relações Exteriores da Suécia, Margot Wallström, anunciou nesta quinta-feira (30/10) que o país vai reconhecer oficialmente hoje a Palestina como Estado independente. Em artigo no jornal DN, a chanceler explicou que o objetivo do reconhecimento é “contribuir para um futuro em que Israel e Palestina vivam lado a lado em coexistência pacífica”.

O primeiro-ministro do país, Stefan Löfven, afirmou logo após ser eleito, no começo do mês, que a Suécia ia reconhecer o Estado. A oposição de esquerda representada por Löfven venceu eleições legislativas em meados de setembro passado, em meio a um aumento de votos para extrema-direita no país.

Dentro da União Europeia, alguns países como Hungria, Polônia e Eslováquia também reconhecem a Palestina, mas todos haviam decidido isso antes de passarem a fazer parte do bloco, em 2004. Assim, a Suécia passa a ser o primeiro dos membros antigos do bloco a mudar a forma de tratamento para com a região.

“Nossa decisão vem em uma hora crítica. No último ano, nós vimos como as conversas de paz emperraram novamente, como novas decisões de assentamentos na Palestina ocupada dificultaram a solução de dois Estados e como a violência retornou a Gaza. O reconhecimento de hoje é uma contribuição para um futuro melhor para uma região que já há tempo demais tem sido marcada por negociações congeladas, destruição e frustração”, afirmou a ministra no artigo de hoje.

“Há aqueles que vão argumentar que a decisão de hoje é prematura. Se muito, temo que seja muito atrasada. O governo irá agora, junto com outros países da União Europeia, os Estados Unidos e outros atores regionais e internacionais, trabalhar para apoiar negociações renovadas em um acordo de status final [para a Palestina.”

A decisão foi recebida com comemoração no território palestino.

“Apreciamos este passo e consideramos que é uma importante mídia que encoraja outros países a abordar o mesmo enfoque. Esta é a única maneira de apostar em uma paz séria na região”, declarou à Agência Efe um dos líderes da ANP (Autoridade Nacional Palestina), Yasser Abed Rabbo.

Yasser, assessor do presidente palestino, Mahmoud Abbas, disse que, “se o mundo não der passos valentes e reconhecer a Palestina, a coalizão de extrema direita em Israel continuará sua política de solapar a possibilidade de um Estado palestino mediante diferentes pretextos e desculpas”.

Opera Mundi

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Aleluia Postado em 31/Oct/2014 às 01:24

    Quem é o Estado brasileiro? O PT? PSDB? MST? É a população brasileira.

  2. jonas Postado em 31/Oct/2014 às 09:07

    Marx ia se revirar no túmulo lendo que a Suécia é socialista, kkkkkkk

  3. Thiago Teixeira Postado em 31/Oct/2014 às 10:23

    Bom mesmo é o mercado capitalista: Os mais fortes prosperam e os mais fracos e despossuídos ... DANE-SE! Vote 45 novamente em 2018, quem sabe?!

    • eu daqui Postado em 31/Oct/2014 às 11:24

      Os países bem sucedidos socialmente tem um sistema misto: o capital é importante sim, mas na medida em que serve ao bem estar social. Não pensemos por aqui que os escandinavos não olham e nenhum momento para o lado economico. Ao contrário, eles mantem a economia em constante vigilancia para que o crescimento não atinja somente os ricos e sim todos que trabalham.

  4. rainé Postado em 03/Nov/2014 às 02:05

    então inteligente nos explica melhor e deixa de ser sabichão ou é çabixão?Essa é para você ?Cesar Souza.Suécia socialista que deu certo?

  5. Pereira Postado em 03/Nov/2014 às 11:05

    "Bom mesmo é o mercado capitalista: Os mais fortes prosperam e os mais fracos e despossuídos ... DANE-SE! Vote 45 novamente em 2018, quem sabe?!" Bom , mas bom mesmo é o socialismo. Aquele que uma casta de governo totalitária se instala, sequestra o capitalismo apenas para si e para seu prórpio enriquecimento, aniquila com a democracia e oposição e manda os pobres para gulags , campos 14 e treblinkas da vida. Ou então explora mão de obra escrava do seu próprio povo, para capital estrnegeiro como a China faz negócio com o grupo Bilderberg.

    • Terra Postado em 03/Nov/2014 às 14:16

      E Pereira disse bem e pais como Brasil e toda America Latina sempre foi esses fracos e despossuidos na maos dos Fortes e poderosos! E ai voce como brasileira voce acha que vantagem temos se nunca pdemos vender certos produtos nos estados unidos porque nao tinhamos democracia, e bla, bla enquanto isso eles estavamos fazendo comprando produtos chines, porque era mais baratos dos que os nossos, fazendo acordo com Iraque, Libia do Kadafi qdo era convineinte sem se importa se ele se tornou asanguinario ditador, enguanto o Fidel Castro ele boicotava e boicota porque e uma ditadura!E por vai, acho que nao preciso desenhar tudo aqui pra ve o tamnho da hipocrecia desse paises capitalistas democratico! N.B: Eu nao devendo nem comunismo extremo e nem Selvagem Capitalismo, devendo um regime que o povo tenha liberdade e prosperidade pra todos e acho que talvez serimaos bom olhar a maneira da Suecia.