Redação Pragmatismo
Compartilhar
Desenvolvimento Brasileiro 16/Oct/2014 às 11:09
13
Comentários

Brasil é o país que mais reduziu a fome no mundo, diz ONU

Nesta quinta-feira, Dia Mundial da Alimentação, ONU afirma que Brasil é o país que mais diminuiu a fome no planeta

brasil combate fome reduz
ONU: Brasil é o país que mais combate a fome no mundo (divulgação)

O Brasil é o país no mundo que mais tem diminuído a fome, principalmente por conta das políticas sociais implementadas na última década. É o que afirma o representante da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura no Brasil, Alan Bojanic.

O dado é motivo de comemoração neste Dia Mundial da Alimentação, celebrado em todo o mundo. Ainda segundo Alan Bojanic, controlar o preço dos alimentos é um dos grandes desafios para se garantir a segurança alimentar.

Dois mil e quatorze é também o Ano Internacional da Agricultura Familiar, segundo definição da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura.

VEJA TAMBÉM: Por que a mídia escondeu a notícia da redução da fome e da pobreza no Brasil?

No Brasil, a agricultura familiar é destaque no mercado agrícola e representa 83% dos estabelecimentos rurais brasileiros, segundo dados do Ministério da Agricultura. É o que ressalta o gerente do último Censo Agropecuário do IBGE, Antônio Florido.

Este tipo de produção é também destaque no mercado agrícola, conforme explica a ministra de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

O Dia Mundial da Alimentação foi criado em 1981 pelos países membros na 20ª Conferência da Organização das Nações Unidas para a alimentação e a agricultura.

Rádio Agência EBC

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. Onda Vermelha Postado em 16/Oct/2014 às 11:51

    Num raro registro dos “tempos bicudos” do PSDB no poder, o Jornal Nacional da Rede Globo numa reportagem comovente e “premiada” de 22 minutos de duração, exibe o mal do desemprego, da miséria e da fome em 2001, período em que o Brasil era governado pelo PSDB de Fernando Henrique Cardoso. Agora pare, pense e reflita! Que país você deseja para seus filhos e netos? Quer voltar ao passado? Penso que não! Lembre-se: segundo a FAO, órgão da ONU, em 2013, o Brasil deixou o Mapa da Fome! É Dilma, de novo, para o Brasil seguir mudando com distribuição de renda e liberdade de expressão! Veja em https://www.youtube.com/watch?v=-A9zEQ1-ODQ

    • Félix Postado em 29/Mar/2015 às 09:31

      295 x 365 x 8 = FHC é o maior genocida da atualidade!

  2. Rogério Postado em 16/Oct/2014 às 13:20

    Tem que divulgar isso no Brasil inteiro. O PT mostra resultados mas o povo não vê!!!! De que adianta?

    • eu daqui Postado em 16/Oct/2014 às 14:51

      Eu vi a redução da fome e da pobreza em geral sim, embora não pelos meios que considero ideais que é a volorização do trabalho, da produtividade, educação, sáude etc. MAS que reduziu a míséria, reduziu sim. Eu só gostaria que isso tivesse sido feito por caminhos mais trabalhistas e menos coitadistas.

      • Onda Vermelha Postado em 17/Oct/2014 às 00:39

        Ah, sim "eu daqui"! Imagine se o Lula lá em 2003 em vez de se comprometer num discurso considerado antológico, já durante sua posse, em erradicar a fome, ele tivesse dito algo como: "Gente é o seguinte! Vocês 40 milhões de famintos precisam esperar 12 anos para que possamos gerar 20 milhões de empregos para que vocês possam com os seus rendimentos de seus próprios trabalhos para adquirir a ração básica que os mantém em pé". Seria fulminado na hora e taxado de insensível!

      • Valter Augusto Postado em 17/Oct/2014 às 10:30

        eu daqui,ninguém gosta de ser dependente de ajuda dos outros.Os mais pobres não são exceção."Coitadismo" é um termo pesado.Países europeus dão auxílio aluguel,auxílio comida e o escambau e ninguém chama aquilo de "coitadismo"!Já que o Estado existe(infelizmente!) ele deve amortizar os efeitos que o capitalismo causa!Sim,eu disse:CAPITALISMO,uma palavra que a direita usa pouco e pratica muito.Vc é claramente de direita e imagina que o capitalismo é o sistema econômico ideal e que basta esforço pessoal e individual que vc vence na vida e blábláblá.Não posso culpá-lo de pensar assim:o sistema tem conta com uma eficiente rede de propaganda:pais,escola,mídia,enfim,o aparelho ideológico do Estado.Ideologia no sentido marxista de ocultamento da realidade."Coitadismo" é um termo ideológico.E me incomoda demais,mano!Outra coisa é a "valorização do trabalho".É como se os pobres não gostassem de trabalhar e como se o sistema CAPITALISTA produzisse vagas pra todos.Vou te contar um negócio:o sistemão não produz emprego pra todos e nem pode,sob risco de por sua própria sobrevivência em risco.Mais:"valorização" de que trabalho?O trabalho alienado que a maioria das pessoas realiza?Procure o conceito de alienação e depois me diga o que vc acha.Mais ainda,no sistema CAPITALISTA(é pra vc se acostumar com a palavra e não confundi-la com DEMOCRACIA,que são termos opostos),a maior parte dos trabalhos serve apenas para manter o (mal)dito sistema.Ou vc acha que vendedores,gerentes,administradores produzem algo de útil?Úteis são agricultores,pedreiros,médicos,professores.Lixeiros e garis também! Por fim,vc deve estar se perguntando porque minha resposta foi tão longa.É porque esse assunto é complexo,embora vc o enxergue de maneira simplista.Vc defende,sem perceber,um sistema cruel,injusto,feio e sórdido.Talvez por que pense que não há alternativa e as que existem são piores.Deve estar pensando na URSS,China ou Cuba,lugares de sofrimento e ranger de dentes,esquecendo-se de todo um ideário humanista e das lutas históricas dos trabalhadores que resultaram em férias remuneradas,aumento salarial,diminuição de jornada de trabalho.O Estado e o Capital fizeram essas concessões com medo da classe trabalhadora e de seus ideais que,no passado acabaram se transformando em ditaduras sangrentas.Como se a direita não tivesse suas ditaduras! Gostaria muito que vc pensasse em todas essas coisas com carinho,mano velho.Que vc esquecesse suas certezas e seu "pensamento" e "opiniões" balofas,seu senso-comum e pensasse de verdade.O capitalismo não é bom.Pra ninguém,nem pras classes dominantes que acabam se tornando guardiães dos seus "bens".Existe alternativa.E não é Cuba,não é URSS,não é ditadura.E essa alternativa pode bem ser a nossa salvação como espécie. Abraço.

      • poliana Postado em 17/Oct/2014 às 13:43

        BRILHANTE VALTER. amei sua resposta! aplauso!

  3. Lucy Oliveira Postado em 16/Oct/2014 às 22:15

    Sinceramente não vi Aécio mostrar nenhuma proposta para o seu governo... Muito pelo contrário, tudo o que fez foi acusar a presidenta.. Perdeu uma oportunidade de mostrar que é um político sério e que é a melhor escolha para governar o Brasil..

    • poliana Postado em 17/Oct/2014 às 13:45

      o psdb faz isso desde 2002 lucy, n adianta. eles n mostram uma proposta de governo, um projeto sólido para o país, apenas se dedicaram a atacar ferozmente o pt. é a única coisa q eles sabem fazer há 12 anos! nem os próprios eleitores tucanos sabem quais são as propostas do psdb para o país, simplesmente adotaram o ódio cego ao pt q o importante é tirá-lo do poder. n importa como aécio neves será como presidente da república, o fundamental é derrubar o pt. a ótica tucana é essa! lamentável!

  4. Sophia Postado em 17/Oct/2014 às 00:40

    Essa matéria devia sair no Jornal Nacional! #Sóqñ!

  5. Jomyr Postado em 17/Oct/2014 às 23:14

    Parabéns Valter, muito bem observado Lucy, Poliana corretíssima tua observação , finalizando: Sophia duvido que " Elles" publiquem...

  6. Chico Lobo Postado em 26/Mar/2015 às 16:39

    Direita rançosa , arcaica, conservadora, fascista, neo-nazista, misógina, racista, homofóbica, arrogante, soberba, violenta, egoísta e mal caráter...

  7. As elites não ligam para corrupção, elas participam da corrupção, não é isso que a deixa furiosa – Falando Verdades Postado em 15/Aug/2016 às 20:58

    […] CONFERIR: (1) Brasil é o país que mais reduziu a fome no mundo, diz ONU (2) Desemprego no Brasil em 2014 é o menor no índice histórico (3) Brasil se aproxima de países […]