Mailson Ramos
Colunista
Compartilhar
Eleições 2014 29/Oct/2014 às 21:52
20
Comentários

Brasil dividido: um muro para a intolerância

romeu tuma jr xenofobia preconceito nordeste
(Imagem: Pragmatismo Político)

Mailson Ramos*

Somente alguém com o grau de egoísmo extrapolado, com a essência latente do despreparo poderia sugerir a divisão do Brasil por um muro.

Este Romeu Tuma Jr. e aqueles que concordam com suas opiniões não mereciam uma simples linha escrita em nenhum blog ou portal de noticias brasileiro; não mereciam um reles comentário ou post nas mídias sociais para despertar a mais frívola das discussões; gente de caráter maldoso, separatista e xenofóbico deve pertencer a outros níveis sociais reduzidos à baixeza de suas opiniões. E depois de séculos de luta, de homens históricos que doaram suas vidas pela união da nação, um sujeito desprovido de qualquer bom senso democrático expõe a ideia de dividir o país.

Sempre, depois das vitórias do PT, existe uma luta intensa contra o nordeste. As agressões começam nas mídias sociais e são levadas a cabo com troca de ofensas dos dois lados. O erro primeiro é não respeitar a escolha dos eleitores nordestinos. É não aceitar seu direito de escolha. Onde fica a democracia cantada em verso e prosa pelos eleitores de Aécio que agora não aceitam a derrota? Só existiria democracia se o candidato tucano vencesse? Onde está escrito na Constituição que o sudeste e sul brasileiro decidem a vida política do país?

Romeu Tuma Jr. deve ter se esquecido das aulas de história do Brasil e da política do café-com-leite, quando Minas Gerais e São Paulo se revezavam no poder. Nós contemporâneos nos achamos muito evoluídos em termos de pensamento: naquela época o nordeste e os outros estados poderia se rebelar contra mineiros e paulistas? As oligarquias dos fazendeiros de café e dos produtores de leite eram as grandes beneficiárias destas eleições. E onde ficava o nordeste, o norte e o centro-oeste do país nesta divisão? Poderiam eles também sugerir um muro de divisão?

Não estou dizendo com isso que o apoio do nordeste aos governos petistas é uma vingança histórica. É simplesmente o privilégio de manter uma estrutura que fez e faz avançar políticas públicas nunca antes referendadas pelo poder central do país. Ganhamos vulto na área da educação superior, famílias deixaram a miséria, existe hoje uma condição de êxodo urbano reforçado pela ideia de que as zonas rurais preservam melhores condições de vida com água, luz e tecnologia necessárias para superar a vida difícil nos grandes centros urbanos.

Leia aqui todos os textos de Mailson Ramos

A partir de 2008, as pesquisas dão conta de que a presença nordestina tem diminuído em São Paulo, embora, São Paulo, como território brasileiro, coberto pelas leis da Constituição que privilegiam o direito de ir e vir pertença a todos nós e não apenas aos seus gentílicos.

Envergonha o fato de que algumas pessoas muito mal intencionadas queiram transformar o estado paulista em território quase independente. A verdade é que estas considerações esdrúxulas de divisão do país surgem num momento de derrota política, mas uma derrota que pode ser vista como pressuposto de diálogo com o governo.

O que preocupa esta gente mal intencionada é a ojeriza e o ódio que ela conserva em relação ao PT. Como dialogar com algo que abomino? E isso não é política. Este Romeu Tuma Jr. e todos aqueles que concordam com suas proposições devem acordar do mundo das ilusões e colocar os pés no chão como fez o candidato derrotado Aécio Neves, quando disse em sua entrevista coletiva que a presidenta deveria, como primeiro ato de vitória, unir o país após os desgastes. Percebe-se que Aécio conserva um grau de entendimento político não diluído entre seus eleitores. A eles restam as ideias malfadadas e a indignidade de morar seja em São Paulo, seja no nordeste. Neles não há nada de brasilidade.

*Mailson Ramos é escritor, profissional de Relações Públicas e autor do blog Opinião e Contexto. Escreve semanalmente para Pragmatismo Político. Contato: [email protected]

Acompanhe Pragmatismo Político no Twitter e no Facebook.

Recomendados para você

Comentários

  1. KARINA BB Postado em 28/Oct/2014 às 20:09

    Essas pessoas que estao falando em impeachment, golpe militar separatismo e tals estao precisando é de umas borrachadas no lombo,caçar um trabalho voluntario,um tanque pra lavar roupa,uma privada pra limpar,ler um livro,enfim,isso é falta do que fazer,em ultimo caso podem enfiar o dedo no cú e cheirar,isto seria mais digno do que ficar vomitando sandices e barbaridades,vão caçar um macho gentalhaaaaaaaa

  2. poliana Postado em 28/Oct/2014 às 20:55

    Eles insistem em ignorar q minas gerais e rio de janeiro, 2 dos 3 maiores colégios eleitorais do país, foram fundamentais para a reeleição de dilma! Sem eles, dilma jamais teria sido reeleita! Coxinhas, parem de mimimi..o candidato de vcs perdeu...seu próprio berço político rejeitou-lhe, e dilma esta reeleita! Viva a democracia e conformem-se q vcs perderam a hegemonia do voto. N eh sp q detém o poder de decidir os rumos políticos do país. Aceitem q perderam e pronto. DILMA ESTÁ REELEITA! A MAIORIA QUIS ASSIM, INCLUSIVE EM ESTADOS DO SUDESTE! Acabou!!!! Ponto final!

    • João Paulo F. de Assis Postado em 28/Oct/2014 às 22:24

      Aécio perdeu inclusive no Campo das Vertentes, que é o reduto de seus avós maternos.

  3. enganado Postado em 28/Oct/2014 às 23:08

    País divido UMA OVA! Os 52% dos votos da Sra. DILMA foram votos puro sangue, ou seja, votos com convicção e sabiam no que estavam votando. E quem garante que os 48% do Aechaça foram só PSDB? Foram uma salada de: Marina/PMBD rebeldes/anti-petista/ricos que não conseguiram entrar em algum rachucha/ ... e finalmente PSDB, não passam de 60%. Então pela 2ª vez entregar o país a um play boy=cheirador=mentiroso=acordo com o diabo=apoiado pela gRobo e mÉRdia apoiada com grana EUA/iSSrael/... é uma afronta aquém teve um mínimo estudo, bom senso, senso de família, honestidade, patriotismo, ... etc. Dialogar com quem? Com essa gente que não tem um mínimo de educação e que a Lei(Constituição) só vale para quem votou na DILMA, não vale para os Inteligentes da Pátria. Essa gentalha NÃO TEM FREIOS, ainda não começaram as mortes, são vândalos é este o perfil dos eleitores do Cheirador, claro que não poderia ser diferente, o nível de educação, escolaridade e civilização são iguais ao Aópio. Os pobres/desvalidos JAMAIS teriam o COMPORTAMENTO dos ANIMAIS do PSDB, não duvidem se em S. Paulo as gangues começarem a matar NORDESTINOS. Atenção, NÃO VAI DAR EM NADA, o governador é do PSDB, podem tudo, não há lei para esta corja! Sim o BRASIL está divido entre aqueles que obedecem a CONSTITUIÇÃO e AQUELES (PSDB) que a CONSTITUIÇÂO não passa de um rolo de papel higiênico que só a Direita pode usá-lo. A nossa Presidenta sem o apoio das Forças Armadas (porta-voz delas são os Clubes Militares, gostam do Aético) não sei se conseguirá chegar no fim do mandato. Aqui no BRASIL não acredito em Democracia, é DEMOCRADURA de DIREITA e fim de papo. "Manda que pode (Forças Armadas=EUA=OBAMA=George Soros=CIA=NED=banca internacional=imprensa press-tituta ... a fauna é farta) obedece quem tem juízo. Vamos ver quem tem razão! Aguardem!

  4. Denisbaldo Postado em 28/Oct/2014 às 23:55

    Esse cidadão parece desconhecer que mais da metade dos votos de Dilma em termos absolutos vieram do Sul, Sudeste e Centro Oeste. E mais um detalhe, muitos nordestinos que moram e trabalham em São Paulo e no resto da região Sul-Sudeste do Brasil não votaram em Dilma porque nunca transferiram seus títulos. Muitos, talvez alguns milhões de eleitores menos favorecidos do país, por suas más condições de vida, não conseguiram realizar seu sonho de votar em Dilma. Moro no centro de São Paulo e aqui estava meio a meio, mas uma boa parte não votou por não ter transferido seu título. Destes 20% que não compareceram para votar, a maioria é Dilma, a maioria é gente excluída sem condições de votar por estarem em "trânsito" dentro do país. Se tirarmos a maracutaia da mídia então, a Dilma teria massacrado esse playboy otário. Perdeu de pouco, saiu barato a fatura.

  5. Valdivino Gomes Postado em 29/Oct/2014 às 00:03

    Na verdade, temos que entender algumas situações neta eleição que fizeram o diferencial pró-Dilma Roussef. Não se questiona a legitimidade da eleição, mesmo porque segundo as regras do jogo, ainda que a candidata petista, tivesse cinquenta por cento dos votos e mais um, teria sido eleita. A questão que se discute são os meios pelos quais o PT conseguiu essa aprovação nas urnas. O Brasil, longe de criar uma economia sólida que ofereça crescimento real e consequentemente, emprego e condições favoráveis ao cidadão brasileiro, principalmente nas regiões Norte e Nordeste, sustenta a política populista que o mesmo PT antes de se tornar governo, criticava impiedosamente. Agora, a contradição é que desde 2005, quando da crise do mensalão e com o afastamento da classe média das fileiras petistas, Lula se voltou para o subproletariado das referidas regiões, com uma política de transferencia de renda e a contrapartida exigida dos beneficiários, como suporte político. Aliás, todos nós brasileiros sabemos que foi exatamente essa fração da classe trabalhadora, conforme análise de vários sociólogos brasileiros, que na disputa à presidencia em 1989, contra Collor, preferiu o candidato do PRN ao invés de Lula. Dai que foi criado pela ciencia política o termo que se consagrou na mídia como o fenomeno chamado Lulismo. Não há que negar esse fato. A questão que se discute são os limites do alcance de tal benefício enquanto política de emancipação social, haja visto que não são consideradas políticas universalizantes e sim políticas focalizadas, e portanto, incorrem na possibilidade de criar um caráter assistencialista mantendo o cidadão dependente das benesses do Estado, o que acarretaria o aspecto negativo de tal política ser utilizada de forma equivocada, como política de governo e não como política de estado. Sabemos que o povo nordestino, honrado e digno, com certeza, não compactua com tais práticas. Cabe ao cidadao brasileiro no entanto, o direito e o dever de se manifestar em sua liberdade de opinião expressando seu descontentamento com o abuso por parte de um partido político postulante à reeleição do monopólio da benfeitoria social, cometendo assim vício condenável de prática populista e assistencialista que não contribui em nada com o desenvolvimento economico político e social da região Nordeste.

    • Denisbaldo Postado em 29/Oct/2014 às 08:45

      Verdade, contribuiu em nada com o desenvolvimento econômico político e social da região Nordeste. Tanto que obteve maioria massacrante em todos os Estados do NE. Quer saber seu coxinha, sua conversinha não cola e o Brasil demonstrou isto nas eleições. O resto é choro, e ele é livre. Pega a senha e espera na fila por mais 4 anos, enquanto isso engole o choro! Aliás, espera mais 12 anos, porque em 2018 e 2022 já tem dono. LULALÁ!

      • Helena Pereira Postado em 01/Nov/2014 às 19:21

        Caro colega Denisbaldo, simplesmente, amei seu post !!! kkkk...mais que demais !!!

  6. Carlos Max Postado em 29/Oct/2014 às 08:43

    A verdade é apenas uma: cada um vota de acordo com os interesses próprios. Nao existe senso de coletividade no voto. Se a Dilma ganhou no Nordeste por causa do sentimento de aflição de quem vive nessa Região, é estranho que em 12 anos de governo do PT, o Nordeste nao tenha alcançado o indice econômico das demais regiões do país. O que não foi feito em 12 anos, não será feito em 4. Viva a Democracia.

  7. poliana Postado em 29/Oct/2014 às 11:23

    Cesar souza: mimimimimimimimimimimiminimimimimini....

  8. Verônica Postado em 29/Oct/2014 às 12:55

    Coxinha....Admita que o seu candidato perdeu. Reconheça que os argumentos dele não foram suficientes para ludibriar a população. Aécio tentou se passar de bom moço, tampando os seus erros e os erros do seu partido, como se nunca tivesse ocorrido...um santo...um herói que vai salvar o Brasil, isso não quer dizer que o PT também é santo..mas ahhh pelo amor de Deus né....Chega...O Brasil é um país democrático e as pessoas tem o direito de votar em quem bem entender..Respeita...Admita que o prevaleceu foi a vontade do povo, povo este o qual teve a sua vida transformada com as políticas sociais. Aposto que você conhece alguém que teve a vida melhorada, e que o poder dela de compra também melhorou. Pessoas como você não se preocupa com o lugar que vive, pois se preocupasse adotaria outra postura, reconhecendo a vitória e cobrando a concretização das promessas que todos os candidatos fizeram e sem vão fazer.

  9. eu daqui Postado em 29/Oct/2014 às 14:12

    Não sei pq tanto mimimi contra o separatismo. Por acaso nortistas e nordestinos precisam do resto? é esse o "orgulho" de ser nordestino?

  10. luiz carlos Postado em 30/Oct/2014 às 17:41

    Sinceramente... É dando espaço para opiniões deste tipo (falo da opinião deste Tuma Jr.) é que ele conseguem ressoar para fora de sua própria arrogância. Se alimentarmos com comentários os mais variados, estaremos alimentando, e por consequência fazendo crescer a sensação de que está certo quem assim pensa. Ignorar....este é o melhor caminho...pois certamente quando perceber que seus comentários não merecem e nem despertam interesse...a mágoa e a tristeza, a frustração consumirá devagarinho esta (s) mente (s) prodigiosa(s), fazendo-as se desmancharem feito cinzas ao vento.

  11. Rodrigo Postado em 31/Oct/2014 às 10:42

    Este negócio de separatismo é coisa de filho da ditadura mal resolvido e confuso com a democracia a tentar espernear ao ver sua classe abastada sendo colocada de lado em um país que olha para o futuro.

  12. Natália MS Postado em 31/Oct/2014 às 17:56

    A pior forma de perder é fingir que não está perdendo!

    • Maria Augusta Postado em 31/Oct/2014 às 19:54

      Não existe como dividir o Brasil. Ele é indivizível, é único, é maravilhosos com é. Ele é um só, com sua miscigenação, com seus problemas, com suas contradições...só uma mente muito imbecil e doentia para pensar nisto. Minas,principalmente, tem um pouco de cada região. E nós não poderíamos viver divididos, o coração partido!

  13. Regina Spínola Postado em 01/Nov/2014 às 00:40

    O querido Chico diz muito bem. Deixa prá lá! Sinceramente... Ficar dando ibope para essas opiniões preconceituosas, é ajudar a disseminação desses covardes, os segregacionistas. A causa, não foi a vitória de Dilma sofremos segregação em tempos que já lá vão. Aliás, é importante que se diga que em todas as Regiões brasileiras, mais da metade do seu povo, sofre algum tipo de segregação. Então, Não cabe tão somente a nós nordestinos que sempre tiramos de letra...

  14. Mineirense MG+CE Postado em 02/Nov/2014 às 01:16

    Só para lembrar: Sul-Sudeste 26,7 milhões de votos pró Dilma; Norte- Nordeste 24,8 milhões de votos Sul- Sudeste deram 2 milhões de votos a mais para Dilma. Aécio perdeu em Minas e RJ (2º e 3º colégios eleitorais do Brasil) Mas ganhou em MIAMI! kkkkk Sou mineira, moro no Ceará há 34 anos, de qualquer forma vou ter dupla nacionalidade! Não vou precisar de visto para visitar meus parentes das gerais. E chega de mimimi, agora é miamimiamimiamimiami,,,,

  15. daniel Postado em 03/Nov/2014 às 15:36

    O curioso é que Minas Gerais (que deu vitória contundente a Dilma) fica do lado de cá da divisão.

  16. Renan PA Postado em 04/Nov/2014 às 15:50

    Ótimo paulistas e sulistas se vcs querem tanto dividir o Brasil, por que o Tucano não ganhou, façam que nem na revolta de 1932, se armem a população de são paulo e do sul (RS, SC, PR) e vão as ruas entrar em combates sangrentos contra o exercito, não se esqueçam que vcs dependem do Norte e Nordeste Hidrelétricas e Cana de Açucar, não se esqueçam que o Nordeste já foi a maior região poderosa do país o berço da economia, e São Paulo só cresceu mesmo graças a emigração dos nordestinos na década de 40.... Cês são fodas mesmo cospem no prato que come Paulistas e Sulistas