Redação Pragmatismo
Compartilhar
Racismo não 04/Sep/2014 às 09:38
45
Comentários

Torcedora racista do Grêmio diz que "intenção não era ofender"

Jovem diz que não queria ofender, mas não falou em "arrependimento" e nem manifestou intenção de pedir desculpas ao goleiro Aranha

patrícia moreira racista grêmio
Patrícia Moreira chegou aos prantos na delegacia e disse que intenção não era ofender (Imagem: Pragmatismo Político)

A torcedora Patrícia Moreira, flagrada pelas câmeras de transmissão do jogo entre Grêmio e Santos, na última quinta-feira, chamando o goleiro Aranha de ‘macaco’ não negou as palavras. Em depoimento que durou menos de uma hora nesta quinta, a jovem de 23 anos admitiu as palavras contra o camisa 1 santista. Porém, descartou que tivesse intenção racista.

“Ela admitiu que estava no local e que disse aquelas palavras. Mas negou que tenha intenção racista. Segundo ela, ‘foi no embalo’ da torcida. Há hinos, músicas que falam ‘macaco’ na torcida do Grêmio. Todos estavam falando e ela falou também”, disse o chefe das delegacias regionais de Porto Alegre, delegado Cleber Ferreira, em entrevista coletiva após o depoimento da jovem.

VEJA TAMBÉM: Para provar que não roubou, homem negro é obrigado a tirar a roupa em shopping

Segundo o delegado, a jovem não usou o termo “arrependida” e nem manifestou intenção de pedir desculpas ao goleiro Aranha. Patrícia também relatou as ameaças sofridas após o episódio, que motivaram um reforço no esquema de segurança da polícia para sua chegada na delegacia. As declarações da jovem serão adicionadas ao inquérito, que podem resultar no indiciamento de Patrícia pelo crime de injúria racial.

Se indiciada, julgada e considerada culpada, o crime de injúria racial cabe fiança e a pena vai de 1 a 3 anos de detenção.

Na saída da 4ª DP, Patrícia foi protegida pelo irmão, pelo chefe de investigações da 4ªDP e por policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Civil. Ela deixou o local sob gritos de protesto de jovens do movimento União de Negros pela Igualdade (unegro), que se manifestaram segurando uma faixa que dizia “Rebele-se contra o racismo”.

Grêmio punido

Na quarta-feira, o Grêmio foi julgado no STJD e punido com a exclusão da Copa do Brasil por conta dos atos racistas dos torcedores. Em decisão unânime, o clube ainda recebeu uma multa total de R$ 54 mil, e as pessoas que foram identificadas xingando o jogador foram proibidas de entrar em estádios por 720 dias. O árbitro Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) foi multado em R$ 1.600 e suspenso por 90 dias por não relatar o incidente na versão inicial da súmula, e os auxiliares também foram punidos por esse motivo (multa de R$ 1 mil e suspensão de dois meses).

Vídeo da chegada de Patrícia Moreira na delegacia:

com informações de Zero Hora e Folhapress

Recomendados para você

Comentários

  1. Marcos Vinicius Postado em 04/Sep/2014 às 12:57

    Quando a cabeça não pensa, o corpo padece! Cara de pau dela dizer que não teve intenção de ser racista. Imagine se tivesse!

  2. poliana Postado em 04/Sep/2014 às 13:02

    é pouco pra ela!

  3. deisi Postado em 04/Sep/2014 às 13:04

    Coitadinha, não teve intenção? Chamar um negro de macaco é brincadeirinha de criança, Me poupe!

  4. KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 13:05

    Imagine ,a intencao nao foi ofender,ela queria fazer amizade com o goleiro,por isso toda akela agressividade ao berrar MACACOOOOOOOOOOOO (IRONIA)

  5. michel sd Postado em 04/Sep/2014 às 13:17

    Ela serviu como bode expiatório (com todo o contexto que isto significa). Foi flagrada no vídeo, ela e somente ela ("méritos" do câmera), e por isto ela deverá ser "apedrejada em praça pública" (não sei se isso é "mais certo" que o próprio ato racista). Cometeu um (baita) erro, como guria pós-adolescente/inconsequente. Perdeu o emprego, será processada, execrada pela mídia e pela sociedade. Provavelmente deve ter pessoas desejando que ela se mate/morra. Está pagando com juros e correção monetária. Perguntinha interessante: dois erros fazem um acerto?

    • Luiz Souza Postado em 04/Sep/2014 às 20:03

      Brancos perdem o emprego. Emprego consegue-se outro. Pretos perdem a vida, como naquele revide de 2006. Mais de quatrocentos executados, a maioria pretos e mestiços com carteira assinada e sem qualquer ligação com o PCC. Ou aquele dentista executado por ser preto. Há muita coisa mais importante para eu ter pena que mentecaptos gremistas

      • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 11:33

        Brancos só perdem o emprego mas não por vontade dos negros. Por vontade dos negros brancos estariam perdendo a vida também e pelo simples fato de serem brancos.

  6. Leticia Postado em 04/Sep/2014 às 13:18

    Sinceramente, um tremendo exagero tudo isso! ¬¬' Cade os caras que estavam do lado dela xingando também? As pessoas vão muito além, esquecem até porque estão com raiva e ridicularizando essa garota, que por sinal é uma maria vai com as outras. Mas apedrejar a residência dela? ofender familiares que não tem nada a ver com tal atitude? Para né!

    • Guilhermo Postado em 04/Sep/2014 às 17:19

      Concordo 100%.

    • Thiago Teixeira Postado em 04/Sep/2014 às 18:22

      Infelizmente Letícia ... o sherazadismo oportunista alopra. A moça errou? Errou. A justiça está cuidando disso? Está. Então as coisas devem parar por ai e cada um segue a sua vida carregando somente a lição do ocorrido.

    • Luiz Souza Postado em 04/Sep/2014 às 20:06

      Os mesmos que reclamam que somos o país da impunidade reclamam quando a justiça é feita. Nós somos um povo diferente mesmo.

    • eu daqui Postado em 05/Sep/2014 às 11:36

      A intenção dela foi ofender sim, assim como negros adoram atacar brancos gratuitamente todos os dias. Quem infringe normas legais deve responder independente da cor de quem infringiu. Apedrejar a casa dela é mais um ato de desproporcional extremismo nazinegrista, afinal, ela xingou mas não apedrejou ninguém.

  7. Oscar R. Postado em 04/Sep/2014 às 13:33

    Ela e outros torcedores expuseram o goleiro Mário Lúcio Duarte Costa (Aranha) a uma situação inaceitável, proferindo-lhe ofensas raciais... mas hoje quem se vê exposta é a ofensora, Patrícia Moreira. Diferentemente de Mário Lúcio (Aranha), Patrícia está em evidência por sua pequenez, está em evidência porque seu ato a colocou em posição inferior a qualquer animal que ela possa tentar comparar com outro ser humano, está em evidência por representar uma geração individualista e mesquinha, acostumada com o protecionismo de classe que anui, aplaude e defende as infantilidades dos seus pares. No entanto, as coisas estão mudando. Mesmo que a garota não se arrependa e não peça desculpa, apenas o fato de ficar calada já torna nosso mundo um pouco melhor.

    • KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 16:18

      PARABENS OSCAR R

      • Oscar R. Postado em 05/Sep/2014 às 14:06

        Obrigado Karina BB, fico feliz de você ter gostado! Grande abraço!

    • Jeferson Santos Postado em 04/Sep/2014 às 16:25

      Mais cirúrgico, impossível. Nada mais a acrescentar. Beleza, Oscar!

      • Oscar R. Postado em 05/Sep/2014 às 14:28

        Grande Jeferson! Obrigado viu...abraço

    • Rodrigo Postado em 04/Sep/2014 às 19:26

      Ótima análise, mas queria ver o linchamento moral dos outros racistas.

      • Oscar R. Postado em 05/Sep/2014 às 14:35

        Obrigado Rodrigo... pois é, infelizmente não foram mostrados todos os racistas, mas já é um começo... pelo menos saímos daquela época em que não eram mostrados nenhum deles. Abraço

  8. Peterson Silva Postado em 04/Sep/2014 às 13:40

    "Na quarta-feira, o Grêmio foi julgado no STJD e punido com a exclusão da Copa do Brasil por conta dos atos racistas dos torcedores. Em decisão unânime, o clube ainda recebeu uma multa total de R$ 54 mil, e as pessoas que foram identificadas xingando o jogador foram proibidas de entrar em estádios por 720 dias. O árbitro Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO) foi multado em R$ 1.600 e suspenso por 90 dias por não relatar o incidente na versão inicial da súmula, e os auxiliares também foram punidos por esse motivo (multa de R$ 1 mil e suspensão de dois meses)." Wow, finalmente punições proativas contra o racismo no futebol. Ótimo.

    • Nuno Postado em 04/Sep/2014 às 15:11

      mermão, foi a maior palhaçada isso, como o gremio pode conter um torcedor? o gremio nao foi racista, se a torcedora é é muito mais por culpa da educação que sua familia deu do que do gremio, mto injusto com o clube.

      • taciane Postado em 04/Sep/2014 às 15:58

        Nuno, acho que punições contra o time são necessárias também, pois quem vai ao estadio a partir de hoje, vai pensar duas vezes antes de chamar alguém de MACACO ou qualquer ofensa que seja. Lembra da pancadaria no couto pereira, em Curitiba-Pr em dez 2009? campeonato brasileiro, coritibaxfluminense, após a derrota contra o flu e o arbitro encerrar o jogo a torcida invadiu o campo depredando tudo e todos? policiais feridos, jogadores, torcedores. O STJD puniu o coritiba com a perda de 30 mandos de campo, multa de R$ 610 mil, os torcedores foram e vão ao terror pelo seu time, quando levam uma punição dessas, ficam sem estádios, sem disputas, torcedor não pensa (não generalizando, mas a maioria deles, torcidas organizadas). Adoro futebol, adoro meu time, mas jamais tiraria meus princípios por causa de um time/jogo de futebol.

      • Tchekowski Postado em 04/Sep/2014 às 16:31

        É a tal da torcida "geral" do Grêmio. Eles têm 17 votos no conselho do time e vêm fazendo merda há anos, acobertados pela diretoria que quer o seu apoio. São racistas, homofóbicos e se aproximam das atitudes dos skinheads. Esses caras são reincidentes e o Grêmio nunca fez nada para contê-los. Agora é tarde. Mereciam pior.

      • taciane Postado em 04/Sep/2014 às 17:09

        Tchekowski, "São racistas, homofóbicos e se aproximam das atitudes dos skinheads", não se pode generalizar os skinheads, QUAIS atitudes dos skinheads? QUAL a versão da história deles você tem conhecimento???

      • Rafael Postado em 05/Sep/2014 às 15:34

        Concordo! O Clube não deveria responder por ações da sua torcida, mas sim a torcida sofrer com as suas ações! O ideal seria não permitir a entrada de nenhum torcedor durante uns 10 jogos! É como disse uma vez o grande Maluf! "Estupra, mas não mata!"... O Gremio foi estuprado e morto!

  9. Gusman Postado em 04/Sep/2014 às 14:01

    Realmente trata-se de um ser que tomou uma atitude desprezível. Acho justa e me alegra a reação da sociedade na condenação de atitudes como essa. Contudo me impressiona e choca a proporção que tudo isso tomou. Por que apenas ela está sendo crucificada? Por que não apresentar a mesma indignação para com os outros tantos marmanjos que também demonstraram o mesmo grau de racismo? Por que eles não estão sofrendo retaliações da sociedade (não do Estado) no mesmo nível? Pelas redes sociais somente a imagem dela aparece. Chamar essa menina de vaca e galinha racista demonstra o mesmo preconceito que xingar alguém de macaco.

  10. Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 14:04

    Hehehehe primeiro o Grêmio, agora o Ceará kkkk meu dia está muito melhor hoje.

  11. Thiago Teixeira Postado em 04/Sep/2014 às 14:27

    Essa vai pensar duas vezes antes de chamar alguém de macaco na rua. Agora fica a minha indagação ... e o Gentili que fez o mesmo em rede nacional? Esse continuará fazendo suas "piadas" contra negros, portadores de necessidades especiais e nordestinos.

  12. Beatriz Postado em 04/Sep/2014 às 14:42

    Exatamente, Thiago. Cadê a punição pra Gentili???? Quero TODOS os racistas punidos

    • José Ferreira Postado em 04/Sep/2014 às 15:09

      Inclusive o negro que também fez som de macaco. Prender a menina é mole, quero ver prender homicidas e traficantes. E o Aranha deve ser punido por dizer que todos os gaúchos são racistas, é injúria racial contra os brancos riograndenses.

      • Rogerio Postado em 04/Sep/2014 às 15:28

        José Ferreira, prove o que vc está afirmando. Não seja leviano.

      • José Ferreira Postado em 04/Sep/2014 às 17:03

        A imagem mostra. A ESPN mostrou tudo, inclusive o rapaz negro foi depor na polícia.

      • José Ferreira Postado em 04/Sep/2014 às 17:05

        O Aranha fez declarações injuriosas na imprensa sobre os gaúchos, generalizando-os.

      • poliana Postado em 04/Sep/2014 às 17:47

        e ele n mentiu! gaúcho é sim um povo racista! conheço vários, e a grande maioria é!

      • Luiz Souza Postado em 04/Sep/2014 às 19:25

        Eles elegeram Alceu Collares, talvez o primeiro negro no Executivo brasileiro. Coisa que nem a preta Bahia fizera. Depois a filha do governador foi barrada num elevador social, lembram? O racista é capaz de incongruências deste tipo: barrar preto no elevador ao mesmo tempo que vota neles. O preto pode sujar a cadeira do governador, mas não pode sujar meu prédio. A luta é dura. O inimigo às vezes está dentro de nós, pois o pensar racista é incutido no ser humano cem por cento do tempo. É incutido no preto e no branco. Há milhares de anos a depuração racial habita nossas mentes, sem contar as inúmeras ocasiões em que foi levada a cabo como política pública: do nazismo à PM brasileira. Não dá para dizer que gaúchos sejam todos racistas, embora obviamente tenham sido formados e bem mais influenciados pelo homem europeu, intrinsecamente ligado à questões racialmente depurativas desde a Antiguidade.

      • Luiz Souza Postado em 04/Sep/2014 às 19:35

        Ela tem a vantagem de ser acusada por um crime que cometeu. Muitos pretos não tiveram essa sorte e confessaram crimes que não cometeram sob tortura.

  13. Leandro Rodrigues Postado em 04/Sep/2014 às 15:35

    A desculpa da garota não convence,e deve haver punição pro ato dela.Mas me agradaria um pouco mais se as pessoas fossem menos hipócritas e começassem a combater outros tipos de preconceito,e não apenas o racismo contra negros.

    • Luiz Souza Postado em 04/Sep/2014 às 19:37

      Se não fôssemos o país dos Amarildos o que disse teria sentido.

  14. taciane Postado em 04/Sep/2014 às 16:00

    Se não recebe educação em casa, recebe no estádio com time punido. Haha, boa!!

  15. Selton Postado em 04/Sep/2014 às 18:46

    Esse caso não deve ser tratado com a mínima complacência judiciária: cadeira para ela!

  16. deisi Postado em 04/Sep/2014 às 21:09

    Achei justa a punição, só assim para pensarem duas vezes antes de um ato racista, a verdade é que os clubes financiam as torcidas organizadas dão poder e privilégios. Eles comentem crimes e não são punidos, na realidade torcida organizada deveria acabar. Tenho saudades do tempo que não precisava dividir espaço entre os torcedores, conseguiam torcer lado a lado. Hoje isso é impossível, a grande maioria dos torcedores são verdadeiros animais e bandidos. Viramos o século mais em vez de evoluir estão voltando a Idade da Pedra. Lamentável!

  17. deisi Postado em 04/Sep/2014 às 21:09

    Achei justa a punição, só assim para pensarem duas vezes antes de um ato racista, a verdade é que os clubes financiam as torcidas organizadas dão poder e privilégios. Eles comentem crimes e não são punidos, na realidade torcida organizada deveria acabar. Tenho saudades do tempo que não precisava dividir espaço entre os torcedores, conseguiam torcer lado a lado. Hoje isso é impossível, a grande maioria dos torcedores são verdadeiros animais e bandidos. Viramos o século mais em vez de evoluir estão voltando a Idade da Pedra. Lamentável!

  18. Cristiano Martins Postado em 05/Sep/2014 às 03:56

    Vivemos num pais ainda extremamente racista apesar de parecer para alguns - brancos normalmente - que ele não existe, pois não o veem acontecendo. Mas existe e muito, por exemplo ao relativizar a questão em foco e dizer que é perfeitamente natural chamar alguém de macaco por ter a pele mais escura. Nesse país onde os negros foram trazidos e mantidos cativos por mais de 400 anos e onde ainda permanecem marginalizados - basta olhar pra os presídios, para as favelas, pros moradores de rua etc é inadmissível atos racistas ou de injúria racial serem tachados como normal ou "coisa" de futebol. Entendo que dentro dos estádios deva ser um ambiente para extravasar, pra botar pra fora nossos "bichos" enfim, agora não podemos achar que o estádio de futebol é um lugar imune às leis, onde pode tudo, onde em bandos podemos expor os traços mais podres e perversos do nosso caráter. Não acho isso, por mais que o "sociólogo" W. Luxemburgo discorde, contudo, acho um exagero o que estão fazendo com essa menina, esse linchamento moral, ela talvez não seja racista, mas contaminada por um ambiente onde é natural chamar jogadores negros de macacos, foi ingenuamente na onda e pagou um preço alto que talvez a marque pelo resto da vida. Quanto a condenação do grêmio achei que seria mais justo perder vários mandos de campo, punir o clube no bolso pela letargia da direção em não agir antes e o torcedor em geral, se não pelo racismo, pelo consentimento com o mesmo, como fizeram alguns gremistas protegendo os racistas que ofenderam o Paulão no grenal. Pra finalizar, esse tema não pode ser banalizado jamais, o racismo não é normal e jamais devemos aceitá-lo como normal, seja num shopping center ou num estádio de futebol, se tu cultiva dentro de ti esse sentimento é um problema teu com teu íntimo e os teus, agora se expõe em público essa tua sordidez interna deve pagar nos termos da lei, seja gremista, colorado, santista, etc. Concordo com o Juarez Alvarez quando diz que esse tema, é em termos civilizatórios, além da história e circunstâncias que vive o nosso país um tema que ultrapassa muito, mas muito o simples contexto de uma punição a um clube de futebol, onde o que deve ficar é fundamentalmente o exemplo de uma punição dura aos infratores e aos omissos.

  19. nietzsche Postado em 07/Sep/2014 às 09:28

    a intenção é ir pra mídia, pra virar capa de revista masculina ?

  20. eu daqui Postado em 08/Sep/2014 às 13:37

    E pode apostar que se acontecer a revista será consumida majoritariamente por negros........