Redação Pragmatismo
Compartilhar
Rede Globo 15/Sep/2014 às 18:55
36
Comentários

As teorias sobre a saída de Patrícia Poeta do Jornal Nacional

Patrícia Poeta está fora do Jornal Nacional. Uma das teorias conspiratórias sugere que Dilma mandara demiti-la após ela lhe apontar o dedo na já célebre entrevista ao telejornal

patrícia poeta jornal nacional
Patrícia Poeta em entrevista com Dilma no Jornal Nacional. Apresentadora será substituída por Renata Vasconcellos da bancada do telejornal (reprodução)

Paulo Nogueira, DCM

Era uma vez Patrícia Poeta. Três anos depois de chegar ao Jornal Nacional, ela está fora.

Segundo o comunicado da Globo, o prazo já estava estabelecido quando ela passou a fazer companhia a Bonner no JN. Como pouca gente acredita na Globo, também a explicação oficial foi imediatamente alvo de suspeição na internet.

Uma das teorias conspiratórias sugeria que Dilma mandara demiti-la depois que ela lhe apontou o dedo na já célebre entrevista concedida ao Jornal Nacional.

Mas um momento: se isto for verdade – não dá para ter certeza sequer a respeito do dedo – então Ricardo Noblat já deve estar esvaziando a gaveta.

Infração à etiqueta por infração à etiqueta, a de Noblat foi muito pior – além de comprovada. Na sabatina presidencial do Globo, Noblat mandou Dilma falar menos para que ele e os colegas de Globo pudessem falar mais. Noblat diria a mesma coisa a algum Marinho, numa reunião da empresa?

Mas é muito difícil acreditar que Dilma tenha pedido a cabeça de Patrícia. Dilma não tem histórico de pedir cabeças de jornalistas, ao contrário de Serra, para ficar num caso, e de Aécio, para citar outro.

Logo, não existem razões para Noblat esvaziar preventivamente a gaveta.

Outra especulação é que teria pesado contra Patrícia a informação, dada por Lauro Jardim, da Veja, de que ela estaria comprando um apartamento de 12 milhões de dólares de frente para o mar, no Rio.

“Os caras da Globo ganham tanto assim?”, perguntou um internauta quando soube do apartamento.

De fato, mesmo sem levar a sério as teorias conspiratórias, é estranho a Globo anunciar a saída dela tão perto das eleições, sobretudo depois da grande repercussão das entrevistas do JN com os presidenciáveis.

As empresas costumam anunciar este tipo de coisa em momentos de calmaria, e não no calor de uma campanha presidencial.

Saiamos das especulações e entremos nas coisas como concretas como o desempenho de Patrícia. Estaria aí a razão da troca? Sob o ponto de vista do Ibope, ela foi mal. Pegou o JN com audiência média de 30%, em 2011, e o entrega um terço menor.

Mas, se fosse assim, Bonner também teria que ser despedido. Quando Bonner assumiu o JN, em 1996, a audiência era superior a 40%. Agora, é metade disso.

Na mesma linha, o editor do JN, Ali Kamel, também teria que ser substituído. Mas sejamos justos: a má qualidade responde apenas por uma pequena parte da queda de audiência não apenas do JN mas de todos os demais programas da Globo.

O impacto muito maior vem da internet. A internet é uma mídia disruptora. Ela vai pegando todas as demais. Revistas e jornais sofreram primeiro, mas a tevê convencional é a próxima grande vítima.

Como mostra a Netflix, a tevê vai ser uma atividade a mais dentro da internet. Você vai ver sua série favorita ou o telejornal de sua preferência na hora em que quiser, em seu laptop ou em seu tablete.

A famosa grade da Globo é insustentável na Era Digital. Até os eventos esportivos ao vivo vão marchando para a internet. Neste ano, pela primeira vez, o site do US Open, um dos maiores torneios de tênis do mundo, transmitia os jogos ao vivo.

Em breve, você não precisará de uma tevê para ver esporte ao vivo, mas apenas de wifi e um aparelho qualquer. Contra isso, até a Globo, com toda a sua força, é impotente.

Em termos de JN, isso quer dizer que mesmo que fosse um telejornal esplêndido, a audiência seria declinante na Era Digital. Ninguém imaginava até recentemente que a tevê se transformaria numa mídia decadente, mas a internet fez isso.

Patrícia Poeta não precisa ficar embaraçada se alguém disser que ela levou para baixo a audiência do JN. Nem Bonner. Nem Kamel. Nem, a rigor, os Marinhos.

Schumpeter, o grande economista, falou na “destruição criadora” que é a essência do capitalismo. Para a Era Digital florescer, as mídias tradicionais serão forçosamente destruídas, ou reduzidas a quase nada. É a “destruição criadora” em curso, ela que nunca se aquieta.

Recomendados para você

Comentários

  1. Jonas Schlesinger Postado em 15/Sep/2014 às 20:57

    Renata Vasconcelos. Outra que daqui a alguns anos será substituída hehe

    • Elisângela Ferreira Ingle Postado em 16/Sep/2014 às 10:47

      Creio que não pela sua competência e postura. A Patrícia Poeta estava muito feliz no Fantástico de onde foi tirada para suprir a falta da Fátima no JN, teve seu cabelo cortado a contragosto, trabalhar todos os dias da semana, era visível, desde o início sua insatisfação, logo anunciou que queria engravidar, anunciando um desejo de saída ou de "um tempo", durante a Copa do Mundo por muitas vezes reclamou de ter que estar trabalhando, se mostrando incomodada com a carga horária extra, foi inclusive advertida por Bonner no ar. Sua postura demonstrava insatisfação e a gota d'água foi seu comportamento, talvez incentivado pelo Âncora Bonner, um tanto agressivo demais, perdendo a medida, justamente por não estar fazendo o que gostaria. Não acredito que ninguém tenha pedido sua cabeça e sim foi sua própria insatisfação que a direcionou para essa mudança. Boa sorte e realizações Patrícia Poeta!

    • Jaco Postado em 19/Sep/2014 às 10:37

      Bom, eu não assisto o JN... Aliás, pouco assisto a Globo, Band, SBT ou RIC. Um fala mal do outro, mas são todos a mesma porcaria. Os quadros são horríveis, a programação pior ainda. Coloquei TV a cabo em casa, mas se não tivesse, estaria na internet mesmo, que ali achamos coisa muito melhor, com melhor qualidade. Também prefiro jogar, pois passo o meu tempo com algo divertido. Mas falando nos jornalistas, tem vários desses profissionais que deveriam pendurar a chuteira. Outros, que não podem fazer seu trabalho devidamente, pois são fiscalizados pela empresa onde trabalham. A Patrícia deve estar nessa segunda categoria. Fará um programa de entretenimento, a exemplo da Fátima, que não é a dela. Se sair da Globo, pode até dar certo, mas se continuar, será outro caos.

    • Renata Santana Postado em 09/Nov/2014 às 03:53

      Foi tarde!! Onde já se viu, colocar o dedo na cara da maior autoridade do país! Poe o dedo na cara dos irmãos Marinhos, quero ver ter coragem! ABOMINO este tipo de conduta dos "puxa saco" que faltam com respeito e educação, só para agradar seus "patrões". A bela elegante, de nariz torto, mostrou-se nada elegante com a mulher, mãe, avó e presidente do Brasil. Além da beleza e do "cargo" de esposa de diretor da Globo, é preciso um pouco mais de conteúdo para sustentar o posto de âncora do JN.

  2. Deisi Postado em 15/Sep/2014 às 21:01

    Há 12 anos não vejo o JN não dei conta que já está lá a 3 anos, com a audiência em queda vai acabar encontrando Aécio no fundo do poço. Faz tempo que fiz uma faxina mental ao deixar de assistir a Globo principalmente o JN, limpando meus neurônios do lixo desse jornaleco. Não adianta mudar a ancora, o navio está afundando, melhor seria uma boia. Só coxinha acredita que por causa do dedo da poeta, tem o dedo da Dilma na saída da Bufante. Diferente do Aécio e Serra que processam e interferem na liberdade de expressão. Em quatro anos o PIG não faz outra coisa senão manipular notícias. Eu sigo o conselho do Lula que o maior controle da mídia é o remoto, do rádio é desligar o botão. Já a presidente Dilma sempre diz, que mais vale o ruído das criticas, que o silêncio da ditadura.

    • andre fln Postado em 16/Sep/2014 às 00:59

      gostei dessa reflexão Deisi e parabens pelos 12 anos!

    • natalie Postado em 16/Sep/2014 às 09:25

      Concordo com você Deisi! Muito coisa de coxinha achar que tem dedo da Dilma na saída da Poeta, chega ser engraçado pensar nisso. Acho também, que as pessoas dão muita importância pra pouca bosta, a substituição de um âncora no JN não muda porcaria nenhuma. Essa reflexão do Lula é válida e eu sigo esse conselho!

    • ERibeiro Postado em 16/Sep/2014 às 09:37

      Parabéns pelos 12 anos sem JN. Idade sinônimo de qualidade, pelo menos em bebidas :). Espero chegar a tanto. Pela minha contagem, estou há 5 anos sem JN, Jô, Fantástico, Jornal Hoje e etc. Espero chegar a bodas de diamante. Na faxina também inclui Veja, Isto É e afins. Se é para ter contato com lixo, então que ao menos seja lixo reciclável.

      • Nilson Santos Postado em 17/Sep/2014 às 08:17

        A veja é outro lixo, matérias vendidas, é trocar lixo por lixo, melhor ler gibi, pelo menos você se diverte e pode viver em um faz de conta de final feliz.

      • Deisi Postado em 17/Sep/2014 às 08:31

        Concordo com você Eriribeiro, também eliminei todos os lixos citados, o mais engraçado é que fazem 12 anos que separo meu lixo reciclável e mais ou menos 2 anos uso sacola retornável quando vou ao supermercado, KKKKKKKKKKK.

    • Wilson Postado em 16/Sep/2014 às 13:12

      Sou jornalista e concordo com seu texto, falou tudo.

    • Marcelo Postado em 16/Sep/2014 às 13:28

      Concordo, plenamente sintetizando seu texto na minha interpretação "Adeus Patrícia Poeta, Globo e JN", você não me representa "

    • Mírian Postado em 21/Sep/2014 às 01:01

      Há muito, eu também deixei de assistir, não apenas o Jornal Nacional, como a Globo também !!!!!!!!! Essa emissora é manipuladora, arrogante e não tem minha credibilidade !!!!!!

  3. poliana Postado em 15/Sep/2014 às 21:33

    Putz...dizer q dilma pediu a cabeça da poeta e a fez ser demitida...meu deus, sem palavras. Como se dilma e o pt exercessem grande influência sobre a rede globo. Kkkkkkk..ah se isso fosse verdade...e patricia poeta foi despedida? Coitada...é algo tão raro de se acontecer com um trabalhador! Ela deve ta muito triste e chorando horrores no seu apto. De 12 milhões! Só a título de curiosidade, kem vai ficar no lugar de vasconcelos no fantástico?

    • Ianna Rodrigues Postado em 20/Sep/2014 às 00:54

      12 Milhões de dólares, chegando a 23 Milhões de Reais. Ela deve tá triste mesmo,só que não!

  4. Eduardo Postado em 16/Sep/2014 às 00:45

    Não sou Patricia mas sou poeta, não tem nada a ver, a não ser que queiram sacrificar ela em nome de crescer os protegidos da venus prateada devedora...... Estou doido que chegue no Natal, pra ver se poderemos comer uma ceia bem gostosa ou se teremos que guardar para aturar as besteiras neo liberais que nos prometem.... DILMA é o caminho certo, e convenhamos não tem caminho que não tenha pedras..... mas escolher o que tem mais pedras (A Sereia Amazonica e o do Aeroporto) é no mínimo idiotice.

  5. José Martins Postado em 16/Sep/2014 às 01:36

    Não entro no mérito quanto a saída da Patrícia Poeta por falta de elementos concretos e, depois, se trata de uma empresa privada que trata dos seus negócios como bem entender. Mas, quanto ao futuro da TV convencional está fadado a se tornar uma ferramenta obsoleta. Assim com a TV acabou com o cinema, a internet vai acabar com a TV convencional.

  6. Stella Postado em 16/Sep/2014 às 08:31

    Bem, não consigo imaginar que Dilma exerça algum poder sobre a "demissão" de Poeta...até pq é Globo. Pelo que sei, a Poeta é casada com um poderosão de lá, por isso o apê de 12 milhões. Outra coisa, é possível que o maridão tenha tirado a esposa do JN antes de o barco afundar completamente. Pode ser que sim, pode ser que não.

    • Nivea Araújo Postado em 16/Sep/2014 às 09:20

      Acho que tem o dedo da Fátima Bernardes. Se fosse comigo, faria o mesmo.

  7. Janton Postado em 16/Sep/2014 às 09:13

    "Tudo que é sólido desmancha no ar"....(karl Marx)

  8. Sélmio Postado em 16/Sep/2014 às 09:50

    Se a "Patricinha" só vai sair em novembro, porque foi anunciado agora?

  9. Gisele Prado Postado em 16/Sep/2014 às 10:42

    Trabalhava muito mal. Cheia de caras e bocas, emitia opiniao pessoal frente às notícias e manipulava as informações. Já vai tarde. Prejudicou bastante a audiência q já era fraca!

  10. Ramiro Postado em 16/Sep/2014 às 10:46

    Para os empregados da Rede Globo, existem duas "classes" no Brasil: os empregados da Globo e os outros. E "SIM", respondendo ao questionamento da matéria, os empregados da Globo, ao menos aqueles que aparecem na tela, apresentadores, diretores e donos, ele ganham muito sim. Por isso que parece que tanto faz quem for o presidente, para esta "elite" de pseudojornalistas não haverá mudança no status. Para eles, é vomitar notícias, mesmo que falsas, só para assistir o circo pegar fogo. Em nome da liberdade de expressão, é um abuso atrás de outro e pouco se lixe a "verdade".

  11. Ana maria Postado em 16/Sep/2014 às 12:17

    o problema e com internet as noticias que eles dizem todos já sabem ........... como eles se recusam a fazer matérias de entretenimento e curiosidade como fazem os outros jornais as coisas vão piorar ainda muito para JN

  12. Wanderson Postado em 16/Sep/2014 às 13:17

    Artigo muito bom. Não pela saída da Poeta do JN e sim pela análise da decadência dos meios de comunicação tradicionais. Isso daria outro bom artigo.

  13. Alfredo Postado em 16/Sep/2014 às 13:56

    Ela tava dando em cima do Willian Bonner. Esse foi o real motivo! Fátima pediu a cabeça dela!

  14. Jean Postado em 16/Sep/2014 às 17:26

    Apenas mais uma mulher de diretor, que mostrou toda a sua limitação profissional: enfadonha e sem carisma algum...

  15. Erika Almeida Postado em 16/Sep/2014 às 19:16

    Mas o Bonner e o Kamel nunca cairiam (espero que afundem junto com o JN!), em primeiro lugar porque são homens, já pensou em um telejornal que só tivesse ancora mulher? Assim como Bonner e Poeta não teriam tratado um presidente do país com tamanho desrespeito se fosse homem, papo de feminazi, alguns podem pensar, especialmente se forem homens, mas a realidade numa redação é bem diferente pra homens e mulheres!

  16. Sirlene Postado em 16/Sep/2014 às 21:53

    Literalmente notável que ai só fica quem eles realmente manipula, ou enfim quem eles querem que seja a bola da vez, e com isso somos excluído da realidade por mera satisfação de um todo. Meu Brasil é lindo demais, ou melhor esse povo guerreiro que faz toda essa diferença.....

  17. Gledson Aragão Postado em 16/Sep/2014 às 23:57

    Ai gente pelo amor de Deus. Os programas da globo já estão decadente, É tanta porcaria, ela que fala tanto em família, e cadê a programação de família?? Ufa, agora tira e põe, tira e põe. Pow, o programa de Fátima é uma água, o mais você, ai meu deus, e esse tal de bem estar eu me sinto e mal. KKKK Pow globo melhora mais em tempo de internet, no país ainda tem criança que precisa ser criança acorda cedo e vê desenho.

  18. Leleu Postado em 17/Sep/2014 às 00:22

    Quem deveria sair da bancada do JN era Bonner e não a Poeta...

  19. Paulo Postado em 17/Sep/2014 às 19:10

    Acho que foi uma saída negociada pelo marido, por alguma razão muito forte.

  20. Jose Lins Postado em 18/Sep/2014 às 12:21

    É lamentavél a forma que a Patricia Poeta esta deixando o JN é uma grande profissional e merece respeito.

  21. Tinoco Postado em 19/Sep/2014 às 23:48

    Que se dane a Globo! Lixo! Manipula as informações para que o povo não forme opinião, mas sim tenha a dela, Globo.

  22. Laura Postado em 20/Sep/2014 às 01:09

    Foi descoberta a traição de ambos pelos seus respectivos cônjuges e o marido da Poeta acabou com a festa! Estava insustentável a situação... transparecia até no ar no JN...Essa foi a razão forte Paulo!

  23. Antonio Postado em 20/Sep/2014 às 01:47

    Uia... quanta bobagem! Saiu porque a audiência do JN vem despencando e pesquisas internas deles identificaram que ela não inspira credibilidade. Não tem nada a ver com apartamento muito menos com a tal entrevista da Dilma.