Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 19/Sep/2014 às 17:12
52
Comentários

Os 252 candidatos Ficha Suja nas eleições 2014

Lista dos candidatos Ficha Suja para as eleições de 2014 é composta por 252 nomes. Confira, a seguir, a relação por Estado e partido

candidatos ficha suja limpa brasil
253 candidatos estão impugnados pela Lei da Ficha Limpa em 2014 (Imagem: Pragmatismo Politico)

252 candidatos a cargos eletivos em todo o Brasil estão barrados pela Lei da Ficha Limpa em 2014. De acordo com a Lei, ficam inelegíveis os candidatos que tiverem suas contas rejeitadas por ato intencional (ou “doloso”) de improbidade administrativa quando exerciam cargos ou funções públicas, ou que foram condenados por determinados crimes em órgãos colegiados.

No caso das contas, é necessária a comprovação de que a irregularidade seja incorrigível, ou “insanável” e que e o ato ilegal seja considerado como improbidade administrativa. Também podem ser barrados os políticos que tiveram mandato cassado ou que renunciaram para escapar de processo de cassação. A palavra final se o candidato é “ficha suja” ou “ficha limpa” é da Justiça eleitoral. Mas o caso pode parar até no Supremo Tribunal Federal (STF).

VEJA TAMBÉM: Soninha Francine é Ficha Suja, diz TRE

A rejeição da candidatura não tira o político da corrida eleitoral e permite que ele siga com a campanha até a votação caso não tenham se esgotado todas as possibilidades de recurso. Se a situação dele não for regularizada, seus votos serão considerados inválidos.

Confira abaixo a lista dos 252 impugnados pela Lei da Ficha Limpa por Estado e partido.

Atualização. Antes com 253 nomes, a lista foi reduzida para 250 após o candidato Wilson Filho (PTB-PB), Junji Abe (PSD-SP) e Newton Lima (PT-SP) conseguir, junto ao TSE, o deferimento de sua candidatura

Acre 5 candidaturas
PMDB- 1 | PSB- 1 | PSD- 1 | PSL- 1 |PT- 1

Alércio Dias (PSD) – deputado estadual
Dra Grace (PT) – deputada federal (desistiu)
Fagner Sales (PMDB) – deputado federal
Nilson Areal (PSL) – deputado estadual
Jazanias Mendes (PSB) – deputado estadual

Amapá 2 candidaturas
PMN- 1 | PSC- 1

Caetano Bentes (PSC) – deputado estadual
Fran Júnior (PMN) – deputado federal

Amazonas 5 candidaturas
PSB- 1 | DEM- 1 | PMDB-1 | PMN- 1 | PV-1

Antonio Marcos Maciel Fernandes (Marquinhos da Macil) (PSB) – deputado estadual
Dissica Valério Tomaz (PMDB) – deputado estadual
Jorge Ataíde (DEM) – deputado estadual
Platiny Soares (PV) – deputado estadual
Robson Gama (PMN) – deputado estadual

Bahia 5 candidaturas
PMDB- 2 | PRB- 1 | PT- 1 | PTdoB – 1

Beto Lelis (PMDB), deputado federal
Herzem Gusmão (PMDB), deputado estadual
Osmar Torres (PTdoB), deputado estadual
Silvio Ataliba (PT), deputado estadual
Zé Carlos da Pesca (PRB), deputado federal

Ceará 10 candidaturas
PSDC- 1 | PSB- 1 | PCdoB- 1 | PTC- 1 | PRTB- 1| PTN- 1 | PTB- 1 | PROS- 1 | PSL- 1 | PSB- 1

Agenor Manoel Ribeiro (PSDC), deputado estadual
Antônio Roque de Araújo (PSB), deputado estadual
Augusta Brito de Paula (PCdoB), deputada estadual
Francisco José Cunha de Queiroz (PTC), deputado estadual
José Acélio Paulino de Freitas (PRTB), deputado estadual
José Macêdo de Lima (PTN), deputado estadual
José Rocha Neto (PTB), deputado estadual
Mirian de Almeida Rodrigues Sobreira (Pros), deputada estadual
Raimundo Cordeiro de Freitas (PSL), deputada estadual
Raimundo Dias Angelim (PSB), deputado federal

Distrito Federal 7 candidaturas
PMDB- 1 | PMN- 2 | PP- 1 | PR- 2 | PV- 1

Aylton Gomes (PR) – deputado distrital
Célia Sousa (PV) – deputada distrital
Dr. Juarez de Paula (PMN) – deputado distrital
Jaqueline Roriz (PMN) – deputada federal (desistiu)
José Roberto Arruda (PR) – governador (desistiu e lançou a esposa como candidata a vice)
Marco Antonio Leal da Silva (Sgt. BM leal) (PP) – deputado distrital
Vandercy Antônia de Camargos (Professora Vandercy) (PMDB) – deputada distrital

Espírito Santo 11 candidaturas
PR- 1 | PRP- 1 | PTB- 1 | SD- 1 | PV- 1 | PP- 1 | PTB- 1 | DEM- 1 | PTB- 1 |PTdoB- 1 | PRTB- 1

Claudimar Henker (PR) – deputado estadual
Cleone Gomes do Nascimento (PRP) – deputado federal
Edson Henrique Pereira (PTB) – deputado estadual
Hélio Dutra Leal (SD) – deputado federal
Heliomar Costa Novais (PV) – deputado federal
Jackson Rangel (PP) – deputado federal
José Carlos Elias (PTB) – deputado federal
Lauriano Zancanela (DEM) – deputado estadual
Maryhanderson (PTB) – deputado estadual
Modesto Godi (PTdoB) – deputado estadual
Pastor Ivan (PRTB) – deputado federal (desistiu)

Goiás 10 candidaturas
DEM- 1 | PEN- 1 | PHS- 2 | PMDB- 1 | PPS- 1 | PSC- 1 | PSDB- 2 | SD-1

Alex Batista (PHS), deputado estadual
Anázio Airton Bernardes Pereira – Anazão (SD), deputado estadual
André Luiz Gomes de Almeida – Doutor André (PPS), deputado estadual
Cláudio da Unifam (PSC), deputado estadual
Gênio Eurípedes (PSDB), deputado federal
Gisele Silva (PMDB), deputada estadual
Iris Lira (PEN), deputado estadual
Maria da Conceição da Silva Vieira (DEM), deputada estadual
Rui Figueiredo (PHS), deputado estadual
Valdivino de Oliveira (PSDB), deputado federal

Maranhão 9 candidaturas
PDT- 1 | PR- 1 | PRTB- 1 | PSB- 1 | PSL- 1 | PT- 1 | PV- 2 | SD- 1

Chico do Rádio (PDT) – deputado estadual
Francisco Valbert Ferreira de Queiroz (Quininha) (PSB) – deputado estadual
Frank Seba (SD) – deputado estadual (desistiu e lançou o neto Seba no lugar)
Hemétrio Weba (PV) – deputado estadual (candidato à reeleição, ele foi liberado pelo TRE-MA, mas barrado pelo TSE após recurso do Ministério Público Eleitoral)
Jeová Alves (PSL) – deputado federal
Magno Bacelar (PV) – deputado estadual
Manoel Dentista (PRTB) – deputado estadual (desistiu)
Raimundo Louro (PR) – deputado estadual
Raimundo Monteiro (PT) – 1º suplente de senador

Mato Grosso 9 candidaturas
PCdoB-1 | PR-1 | PSD– 4 | PT- 3

Altir Peruzzo (PT) – deputado estadual
Eunice Rodrigues (PT) – deputada estadual
José Antunes de França (Dega) (PSD) – deputado estadual
José Geraldo Riva (PSD) – governador (desistiu e lançou a esposa em seu lugar)
Meraldo Sá (PSD) – deputado estadual
Nelci Capitani (PSD) – deputado estadual
Neldo Egon Weirich (PR) – deputado estadual
Valdir Barranco (PT) – deputado estadual
Zózimo Wellington Chaparral (PCdoB) – deputado estadual

Mato Grosso do Sul 3 candidaturas
PP- 1 | PSB-1 | PT- 1

Alcides Bernal (PP) – senador
Danilo Luiz (PSB) – deputado estadual
Bonelli (PT) – deputado estadual (desistiu)

Minas Gerais 13 candidaturas
PCdoB- 2 | PDT- 1 | PEN- 1 | PMN- 1 | PP- 1 | PRB- 2 | Psol- 1 | PTC- 2 | PTdoB- 2

Anderson Adauto Pereira (PRB), deputado federal
Carlos Alberto Pereira (PMN), deputado federal
Carlos Eduardo de Almeida (PCdoB) deputado estadual (renunciou)
Hélio Pinheiro da Silva (PTC), deputado estadual
Ivo Mendes Filho (PCdoB), deputado estadual
Jorge Tarcísio Torquato (Psol), deputado federal
José do Nascimento Elias (PDT), deputado estadual
Marcos Tolentino da Silva (PEN), deputado federal (renunciou)
Natalício Tenório Cavalcanti (PTdoB), deputado estadual
Neyval José de Andrade (PTC), deputado estadual
Paulo Orlando Rodrigues de Mattos (PTdoB), deputado federal
Pedro Ivo Ferreira Caminhas (PP), deputado estadual
Ronaldo Resende Ribeiro (PRB), deputado federal

Pará 20 candidaturas
PCdoB- 1 | PDT- 1 | PHS– 1 | PMDB– 1 | PP– 2 | PPS– 2 | PR– 1 | PRB– 1 | Pros- 1 | PSB- 1 | PSC– 1 | PSD– 1 | PSDB– 2 | PT– 3 | PV– 1

Artur Tourinho (PMDB) – deputado estadual
Bernadete Ten Caten (PT) – deputada estadual (desistiu)
Chico da Pesca (Pros) – deputado estadual
Edna Lusia de Souza Costa (Bispa Edna) (PR) – deputada estadual
Jordânio Felizardo (PHS) – deputado estadual
Luiz Sefer (PP) – deputado estadual
Luiz Rebelo (PP) – deputado estadual (desistiu e lançou o filho no lugar)
Maura Edwirges Marques dos Santos (PSDB) – deputada federal
Marlene Mateus (PV) – deputada federal
Marta Dionisio Batista (Irmã Batista) (PSC) – deputada estadual
Olávio Rocha (PSB) – deputado estadual
Orlando Lobato (PRB) – deputado estadual
Paulo Rocha (PT) – senador
Pedro Barreirão (PCdoB) – deputado estadual
Ronivaldo Fernandes do Carmo (Rony) (PSDB) – deputado estadual
Rosilane Evangelista (PT) – deputada estadual
Silvio Carlos Bahia Santos (Silvinho Santos) (PSD) – deputado estadual
Vagner Curi (PDT) – deputado estadual (desistiu)
Wanderley Dias Vieira (Dr. Wanderley) (PPS) – deputado estadual
Zé Carlos Galiza (PPS) – deputado estadual

Paraíba 6 candidaturas
PDT- 1  | PMN- 2 | PTB- 1 | PTN- 1 | PV- 1

Balduíno Clementino (PTN) – deputado estadual
Genival Lacerda (PMN) – deputado federal
Lúcia Braga (PV) – deputada estadual (desistiu)
Pastor Luciano Breno (PMN) – deputado estadual
Raoni Barreto (PDT) – deputado estadual
Wilson Filho (PTB), deputado federal [liberado pelo TSE]

Paraná 8 candidaturas
PDT– 2 | PRP- 1 | PSD- 1 | PT- 1 | PTB- 1 | PTN- 1 | PV- 1

Almir Batista (PTB) – deputado estadual (desistiu)
Baka (PDT) – deputado federal
Bispo Costa (PDT) – deputado estadual
Celso Luiz Soares Rocha (PRP), primeiro suplente de senador (desistiu)
Dr. Alecsandro (PT) – deputado estadual
José Augusto Felippe (PSD), deputado estadual (desistiu)
Oscar da ONG Anjos (PTN) – deputado estadual
Sônia Sapata (PV), deputada federal

Pernambuco 4 candidaturas
PP- 1 | PSB- 1 | PSL- 1 | PTB- 1

Carlos Evandro Pereira de Meneses(PSB) – deputado estadual (desistiu)
Clarice Correa de Oliveira (PP) – deputada estadual (desistiu)
Gilson Muniz Dias (PTB) – deputada federal
Tarcísio Dias das Mercês (PSL) – deputado estadual

Piauí 1 candidatura
PRP- 1

Laécio Borges (PRP) – deputado federal

Rio de Janeiro 18 candidaturas
DEM– 1 | PDT– 4 | PMDB– 3 | PMN– 1 | PR- 2 | PRTB– 1 | PSB– 2 | PSD- 1 | PSL- 1 | PTdoB- 2

Ademir Alves de Melo (PSD) – deputado federal (desistiu)
Alciones Cordeiro (PRTB) – deputado federal
Arnaldo Vianna (PDT) – deputado estadual (desistiu)
Carlos Augusto Carvalho Balthazar (PSL) – deputado estadual
Celso Jacob (PMDB) – deputado federal
César Maia (DEM) – senador
David da Costa Villar Filho (PSB) – deputado estadual
Elton da Silva Neves, Cel. Elton Queixada (PSB) – deputado estadual
João Barbosa Bravo (PTdoB) – deputado federal (desistiu)
José Valdezir Pereira de Lima, Kikinho (PMN) – deputado federal
Marcus Lorenz Melo de Abreu (PR) – deputado federal
Maria Aparecida Panisset (PDT) – deputado federal
Maria José Cassane Soares (PMDB) – deputado estadual
Ricardo Martins David (Ricardo Abrão) (PDT) – deputado estadual (desistiu)
Riverton Mussi Ramos (PMDB) – deputado estadual
Rubem Nelson (PDT) – deputado federal
Samuel Correa da Rocha Junior, Samuquinha (PR) – deputado estadual
Werner Benites Saraiva da Fonseca (PTdoB) – deputado federal (desistiu)

Rio Grande do Norte 5 candidaturas
PHS- 1 | PP- 2 | PSD- 1 | PTdoB- 1

Amaro Saturnino (PTdoB) – deputado estadual
Betinho Rosado (PP) – deputado federal (desistiu e lançou a candidatura do filho)
Fernando Fernandes (PP) – deputado estadual
Rivaldo Felix de Lima (Rei Pop Show) (PHS) – deputado federal
Zé Vander (PSD) – deputado estadual

Rio Grande do Sul 3 candidaturas
PDT- 1 | PEN- 1 | PPS- 1

Fábio Rocha (PEN) – deputado federal (desistiu)
Flavio Zacher (PDT) – deputado federal
Sérgio Camps de Morais (PPS) – 2º suplente de senador (desistiu)

Rondônia 5 candidaturas
PDT- 1| PP- 1 | PR- 1 | PT- 1 | SD- 1

Assis Gurgacz (PDT) – 1o suplente de senador
Edvilson Negreiros (PR) – deputado estadual
Joarez Jardim (PP) – deputado federal
Rosália Negona (PT) – deputada estadual
Nilton Caetano (SD) – deputado estadual (desistiu)

Roraima 11 candidaturas
PSB- 1 | PDT- 1 | PRP- 1 | PTN- 1 | PP- 1 | PSDC- 1 | PPS- 1 | PCdoB- 1 | PP- 1 | DEM- 1 | PRP- 1

Alysson Mota Ferreira (PSB) – deputado estadual (desistiu)
Augusto Alberto Iglesias Ferreira (PDT) – deputado federal
Chico das Verduras (PRP) – deputado federal
Denner Ratts (PTN), deputado estadual (desistiu)
Evandro Moreira (PP), deputado estadual (desistiu)
Jalser Renier (PSDC) – deputado estadual
James Batista (PPS) – deputado estadual
Lurenes Cruz do Nascimento (PCdoB) – deputado federal
Neudo Campos (PP) – governador (desistiu e lançou a mulher em seu lugar)
Paulo César Quartiero (DEM) – vice-governador (apesar de contestada, sua candidatura foi deferida pelo TRE-RR. Acabou barrado por compor chapa com Neudo Campos. Seu registro ainda figura como indeferido com recurso na página do TSE)
Teylor Colares Filgueiras (PRP), deputado estadual (desistiu)

Santa Catarina 5 candidaturas
PP- 1 | PSB- 1 | PSDB- 2 | PTB- 1

Dagomar Carneiro (PSB), deputado estadual
Gilmar Knaesel (PSDB), deputado estadual
João Pizzolatti (PP), deputado federal (desistiu da reeleição e indicou o filho no lugar)
Paulo Boeira (PTB), deputado estadual
Saulo Sperotto (PSDB), deputado federal

Sergipe 6 candidaturas
DEM- 1 | PMN- 1 | PP- 1 | PPS- 1 | PSB- 1 | PSC- 1

André Luís Dantas Ferreira (André Moura) (PSC) – deputado federal
Carlos Augusto Ferreira (Carlinhos) (PSB) – deputado federal (desistiu)
Givanildo Batista da Silva (PP) – deputado estadual
José Job de Carvalho Filho (Dr. Job) (PPS) – deputado estadual (desistiu)
Josilda Alice da Graça Monteiro (DEM) – deputado federal (desistiu)
Reinato Rodrigues dos Santos (Shaullim) (PMN) – deputado estadual

São Paulo 69 candidaturas
DEM- 1 | PCdoB- 1 | PDT- 2 | PEN- 8 | PMDB- 4 | PMN- 1 | PP- 4 | PPS- 2 | PR- 2 | PRB- 2 | PRP- 1 | PSB- 7 | PSC- 4 |PSD- 5 | PSDB- 2 | PSDC- 1 | PSL- 1 | PSTU- 1 | PT- 8 | PTB- 5 | PTN- 1 | PV- 4 | SD- 2

Abelardo Camarinha (PSB), deputado estadual
Adauto Aparecido Scardoelli (PT), deputado federal
Adeir Cupertino (PSC), deputado federal
Adelson de Souza Penha (PV), deputado federal
Adler Alfredo Jardim Teixeira (PSC), deputado federal
Alexandre José da Cunha (PP), deputado estadual
Alexandre Simões Pimentel (PT), deputado estadual
Aluizio Leonardo (PDT), deputado federal
Anésia Aparecida Rodrigues Schmidt (PR), deputada estadual
Angelo Augusto Perugini (PT), deputado estadual
Antonio Amaral Junior (PT), deputado estadual
Antonio Aparecido Rodrigues da Silva (PEN), deputado federal
Aparecido Carlos dos Santos (SD), deputado estadual
Aparecido Inacio da Silva (SD), deputado estadual
Aroldo Pereira de Souza (PTB), deputado federal
Balbina de Oliveira de Paula Santos (PMDB), deputada federal
Carlos Antonio Ferreira dos Santos (PEN), deputado federal
Délbio Camargo Teruel (PSD), deputado federal
Edmilson Gonçalves de Souza (PSDC), deputado estadual
Estevam Galvão de Oliveira (DEM), deputado estadual
Francisco Pereira de Sousa Filho (PPS), deputado estadual
Fuad Gabriel Chucre (PSDB), deputado estadual
Isac Franco dos Reis (PT), deputado estadual
Isaías Conceição (PEN), deputado federal
Ivana Camarinha (PV), deputada estadual
Jaime Donizete Pereira (PSC), deputado federal
Jairo Ferreira da Silva (PTB), deputado federal
João Lucio Balduzzi Pereira (PSB), deputado estadual
João Luis Dias Zafalão (PSTU), deputado estadual
Jorge Abissanra (PSB), deputado federal
José Izidro Neto (PMDB), deputado estadual
José Roberto de Oliveira (PEN), deputado federal
José Roberto Tricoli (PV), deputado estadual
José Urias Costa de Oliveira (PRP), deputado federal
Joseph Raffoul (PTB), deputado federal
Joseph Zuza Somaan Abdul Massih (PP), deputado estadual
Júlio César Polaco Zitelli (PEN), deputado estadual
Junji Abe (PSD), deputado federal [liberado pelo TSE]
Leandro de Camargo Barros (PSB), deputado estadual
Luiz Gonzaga Vieira de Camargo (PSDB), deputado estadual
Marcelo Pires Vieira (PTB), deputado estadual
Marco Antonio Marchi (PSD), deputado estadual
Marco Aurélio de Souza (PT), deputado estadual
Maria Helena Borges Vannuchi (PT), deputado estadual
Mazen Ezzat Haidar (PP), deputado estadual
Miguel Francisco Lopes (PSD), deputado estadual
Newton Lima (PT), deputado federal [liberado pelo TSE]
Odmir Alves Pereira (PSB), deputado federal
Osvaldo Franceschi Junior (PV), deputado federal
Osvaldo Martins (PSL), deputado estadual
Paulo Cesar Neme (PSC), deputado federal
Paulo Maluf (PP), deputado federal
Paulo Sérgio Rodrigues Alves (PR), deputado estadual
Pedro Luiz Viviane (PMN), deputado federal
Pedro Nunes Filho (PDT), deputado estadual
Pedro Tomishigue Mori (PSB), deputado federal
Reinaldo Guimarães Mota (PSB), deputado estadual
Ricardo Moraghi (PMDB), deputado estadual
Roberto Pereira Peixoto (PEN), deputado estadual
Roberto Ramalho Tavares (PRB), deputado federal
Ronaldo Ferreira da Costa (PEN), deputado estadual
Rubens Sanchez Proença (PRB), deputado federal
Sandra Pereira da Silva Lima (PTB), deputada estadual
Sergio Benassi (PCdoB), deputado estadual
Sonia Francine Gaspar Marmo (PPS), deputada federal
Vanessa Damo Orosco (PMDB), deputada estadual
Wagner Ricardo Antunes Filho (PSD), deputado estadual
Wanderley Madeira Adão (PTN), deputado estadual
Welinton José dos Santos (PEN), deputado federal

Tocantins 3 candidaturas
PMDB- 1 | PSD- 1 | PSOL- 1

Amiron José Pinto (PMDB), deputado estadual
Joaquim Rocha Pereira (Psol), 2º suplente de senador
José Viana Povoa Camelo (PSD), deputado estadual (renunciou)

Na Justiça

A palavra final sobre esses casos será dada pela Justiça eleitoral, responsável pela análise dos recursos apresentados pelos candidatos. A legislação permite que os candidatos barrados pela Ficha Limpa continuem em campanha até que se esgotem as possibilidades de apelação.

Recomendados para você

Comentários

  1. Mauricio Augusto Martins Postado em 20/Sep/2014 às 15:29

    E ainda por cima esta lista parece-me a "Ponta de um Iceberg", pois se trata de Fichas Sujas que mesmo tendo uma "Capivara" com a assepsia de um "Pau de Galinheiro", teimaram em se inscrever ou por "Vai que Cola!!!" Ou certeza da Impunidade via Recursos na Justiça, mas existem os que nem conseguem "ouvir" a palavra Ficha Limpa, e estes estão por aí "na miúda" aguardando serem "esquecidos", com a "lentidão" a Favor do POVO de nossa (in)Justiça, e o PIG que temos, o Incauto Eleitor cada vez mais tende a se tornar, mesmo que forçosamente um "Sherlock Holmes" para poder votar certo. Mas isto faz parte dos "Novos Tempos" da Internet, onde a Verdade agora é MODA, sacanas sempre existirão, mas o resultado disto tudo Todos Nós sentimos na Pele, ou aliás em Sampa na Pele suja, por falta d'água para pelo menos tomar um Banho, e o que nos chama a atenção é o Estado do Pará onde os conflitos de Terras são os mais Sangrentos e Sanguinários, desnudando com isto a corrupção Maior que é do Próprio Judiciário e seus "auxiliares" da Política... maumau

    • André Anlub Postado em 20/Sep/2014 às 16:48

      O poder Judiciário é o mais vil, atroz e inábil dos nossos poderes; fica no seu cantinho, comendo pelas beiradas e é o principal responsável das impunidades que permeiam nossa pátria.

      • Driana Postado em 21/Sep/2014 às 10:36

        Perfeita colocação. Incluir também ganham os salários mais altos, fazem greve para aumentá-los ainda mais, deixam processos parados por anos e arquivam para "esvaziar as mesas", sem a conclusão, trabalhando apenas para o bem próprio, nunca pela sociedade.

      • Maria Lucia de Sousa Postado em 21/Sep/2014 às 12:44

        Isso mesmo. Eles não agem. A culpa é todinha deles. Não temos justiça, esse bando rouba e fica tudo do mesmo jeito. Eu acho que a unica maneira de puni-los é não votar. Nem comparecer lá. Eles não merecem o nosso voto.

      • martins Postado em 30/Sep/2014 às 16:43

        Acho que a reforma do Estado brasileiro deveria começar pelo Judiciário. Absurdo um Juiz do Supremo reter um processo "para vistas" por até 600 dias! Além dos elevadíssimos salários e mordomias, maiores até do que os do Legislativo. A morosidade e ineficiência do Judiciário é, talvez, o maior entrave à evolução e ao Estado de Direito.

      • Rosa Maria Fontenele Postado em 30/Sep/2014 às 21:00

        Concordo com voce Andre Anlub, estes representantes são todos cartas marcadas.O povo ja acordou e eles estão alimentando feras.....Espera que um dia os encontram na rua...ai vai ser bom pagar o milho que a cabra comeu....Tudo passa seus embrulhões.

    • Luis Carlos de Andrade Postado em 30/Sep/2014 às 15:59

      Fica complicado e difícil para votar nas eleições onde os candidatos tem interesses próprios e não exerce o cargo de parlamentar (político) para a sociedade (povo) e a corrupção desse País chamado brasil não tem fim.

  2. Heitor Postado em 20/Sep/2014 às 15:51

    Companheiro, cumpra sua obrigação de votar! Escolha alguém que amanhã não mereça estar dentre os que estão na lista acima...

    • André Anlub Postado em 20/Sep/2014 às 16:44

      Enfim, vote em branco!

      • Anônimo Postado em 21/Sep/2014 às 15:20

        Não, não vote em branco! A porcentagem de votos brancos não são consideradas no final, desta forma, diminuindo a porcentagem de votos válidos, o que pode favorecer ao candidato que está na frente. Esse vídeo pode explicar melhor (copie e cole o endereço no seu navegador): https://www.youtube.com/watch?v=5WovoXJYSic

    • Carlos de Assis Bravo Postado em 22/Sep/2014 às 18:17

      Amigo, tens bola de cristal, és vidente? Como escolher? Somos todos brasileiros de um país que não tem nada de sério.

      • Arliwan Maciel Postado em 23/Sep/2014 às 18:00

        Há muitos anos carregamos nas costas por culpa dos nossos governantes a famosa frase dita pelo general francês Charles de Goulle "O Brasil não é um país sério", este sim, tinha a bola de cristal nas mãos.

  3. Daniele Postado em 20/Sep/2014 às 17:19

    Cadê o armando da farmácia? O cara assumiu a prefeitura de Itaquaquecetuba com uma farmácia de bairro e hoje 7 fazendas na Bahia. Isso não significa ser ficha suja? #decepcionada

  4. Caio Postado em 20/Sep/2014 às 18:23

    E o Cássio Cunha Lima o candidato mais forte a governador do estado da Paraíba que foi cassado?? Esse bandido vai governar novamente o Estado? Não sei que é pior, a justiça ou o paraibano.

  5. Ana Edmonds Postado em 20/Sep/2014 às 19:02

    Lugar de politico corruptor e atrás das grades.

  6. Rômulo Postado em 20/Sep/2014 às 21:08

    Já alertei os Paraibanos sobre o Cássio, mas eu vejo o Paraibano como um povo provinciano não cruzou o século pararam em um tempo de oligarquia política são conservadores, prisioneiros de seus medos.

    • José Valter Bastos Postado em 23/Sep/2014 às 17:44

      O que falta neste país é uma lei que puna com rigor esses canalhas corruptos que roubam e não acontece nada com eles. Tá que vão pra cadeia e passam três meses preso só pra enganar a população depois colocam de volta nas urnas pra os trouxas o eleger novamente. Já esta na hora de acabar com isso.

  7. Marcio Postado em 20/Sep/2014 às 22:32

    "desistiu e lançou a esposa como candidata"... Segunda vez SEGUIDA que acontece isso aqui no DF... Sem noção.

  8. Lia Batista Postado em 21/Sep/2014 às 01:03

    Que bom saber que o senhor LUIZ GONZAGA VIEIRA DE CAMARGO esta inelegível, que sorte para TATUI!!! Graças a Deus a justiça foi feita!!!

  9. João Postado em 21/Sep/2014 às 01:30

    Ainda bem que não estava pensando em votar em nenhum desses. Qual o motivo da FICHA SUJA do BAKA? Ele esta muito forte aqui na minha região.

  10. Thiago Postado em 21/Sep/2014 às 07:25

    O Garotinho (RJ) não é ficha suja?

  11. Valfrides da Cruz Postado em 21/Sep/2014 às 10:39

    Só voto em ficha limpa e em quem ainda nunca governou ou fez parte de algum mandato, ou seja candidato novo.

    • carlos wagner Postado em 30/Sep/2014 às 14:59

      Tentei ser candidato em 2010, tendo me filiado em 2009. Não pude ser candidato porque o partido "esqueceu" de enviar o meu nome com um ano de antecedencia das eleições. Fizeram toda a enturagem como se eu fosse candidato até que o TRE me barrou, pois o partido não havia enviado meu nome.Agora em 2014 tento ser candidato e o TRE esta me impugnando porque não prestei contas nas eleições de 2010.descobri que o partido enviou meu nome e endereço errado para que fosse emitida CNPJ-eleitoral em 2010, que não foi emitida e não podia prestar contas, primeiro porque não fui candidato, não tive CNPJ e não podia efetuar despesas pois se o fizesse ai sim estaria impugnado, pois as compras tinham que ser com CNPJ-eleitoral. É necs

  12. Lourival Postado em 21/Sep/2014 às 23:59

    O pior disso tudo é que o povo ainda vota nesses parasitas. E aí, a culpa é de quem ?

  13. Renan Postado em 22/Sep/2014 às 17:54

    Ótima matéria. Conteúdo de grande utilidade. Alguém chegou a compilar por partido??

  14. Luciano Santos Postado em 22/Sep/2014 às 18:55

    É isso ai... Não votar em ficha suja, nem em meio limpo. Quem esta enroscado fica fora e cobrar o judiciário para aplicar a lei.

  15. Walmiir Veiga Postado em 22/Sep/2014 às 21:08

    A ineficiência do poder judiciário e do tribunal Eleitoral, que são inertes e coniventes com tal situação, estimula estes elementos nocivos a insistirem em suas candidaturas. Dizer que temos que escolher entre os outros candidatos seria até válido, desde que houvesse entre eles em quem pudéssemos confiar.....O eleitor não pode ser acusado de não saber votar, pois dentre tantos candidatos não vê alguém realmente capaz e confiável. Enquanto os Poderes, que deveriam fazer a Justiça, estiverem infestados de indivíduos que defendem interesses excusos e a perpetuação dos ignóbeis no Poder, iremos viver à mercê destes algozes......

    • carlos wagner Postado em 30/Sep/2014 às 15:00

      parabens pelo comentário, é isto ai. reforma eleitoral URGENTE.

  16. Alex Postado em 23/Sep/2014 às 09:56

    Isso é uma vergonha! Mas para mim, errado é o povo que se vende, porque ele se vende hoje e sofre amanhã.

    • Seu nome Postado em 26/Sep/2014 às 09:47

      O grande problema é o sistema eleitoral. Os partidos inexistem como partido, não fazem reunioes mensais, não discutem problemas e a cupula define quem vai ser candidato, escolhendo de preferencia,radialistas, jogadores de futebol/volei..., comentaristas esportivos, médicos de postos médicos, palhaços... enfim que está na midia, e os paralamentares que durante 3,5 anos estão a fazer campanha com nosso dinheiro. Lei no Brasil somente existe no papel, pois quem faz as leis são os próprios parlamentares que não colocar claúslas punitivas para elese e seus comparsas. Acorda Brasil!

  17. Frederico Postado em 23/Sep/2014 às 13:10

    Paulo Maluf finalmente foi declarado ficha suja, mas continua tendo espaço na mídia para divulgar sua candidatura, afirmando que em seu tempo tinha ROTA na rua e bandido na cadeia, criticando os tucanos.

  18. Jonas Postado em 23/Sep/2014 às 17:31

    Eles tinham que estar era presos e não apenas "impugnados" eita país da corrupção.

  19. Reis dos Santos Postado em 23/Sep/2014 às 18:58

    O brasileiro ainda nao aprendeu a votar. O voto é coisa séria e eles, os políticos brincam com o voto do povo. Isso é palhaçada.

  20. Inaldo Postado em 23/Sep/2014 às 20:43

    Na Paraíba não foi colocado o candidato ao governo, Cássio Cunha Lima!!!!!!!!!?????????

  21. Beatriz Postado em 23/Sep/2014 às 23:12

    Se todos são ficha suja, o correto seria nem dar a chance do político se candidatar e seríamos abençoados com um safado a menos no horário eleitoral obrigatório. Ou é ou não é ficha suja!!!!

  22. Arleth Ferreira Postado em 24/Sep/2014 às 11:20

    É uma tristeza, mas muitos que são fichas limpas não estão na relação. É lamentável mesmo...

  23. Marcos Postado em 24/Sep/2014 às 14:07

    Isso porque o judiciário arquiva muita coisa. A investigação sobre o cartel do metrô de São Paulo foi calada pelo STF

  24. Hermes Lourenzo Postado em 24/Sep/2014 às 18:43

    É necessário antes de tudo, que nesta eleição, cada voto valha a pena, no sentido de se fazer uma faxina no Congresso Nacional, através da única arma que é o VOTO. É lamentável se constatar em nossa sociedade a decepção e a descrença nesses políticos vagabundos, ladrões, cínicos e descarados,fazendo publicidade para continuarem no poder. É lamentável se constatar que a esperança em dias melhores, está ameaçada de morte. O que será de um povo sem esperança.? Qual o futuro de uma sociedade que perde total credibilidade naqueles que deveriam nos representar.?

  25. Pedro Júnior Postado em 24/Sep/2014 às 22:14

    Isso é a prova que todos os partidos ativos estão envolvidos com corrupção. Não existe quem tem mais ou menos. Aquele que não se encontra na lista de ficha suja é porque no momento soube camuflar as falcatruas.

  26. Paulo Tarso da Costa Postado em 27/Sep/2014 às 08:52

    Isso com o" Ficha PT" , Dias Toffoli ,no cargo de presidente TSE...

  27. Paulo Tarso da Costa Postado em 27/Sep/2014 às 08:54

    E quem foi condenado por crimes comuns..., não fica ficha suja ?

  28. Jeferson Carvalho Postado em 27/Sep/2014 às 12:12

    a lei de ficha limpa era pra valer para o candidato e para parentes em primeiro e segundo grau porq o candidato ficha suja nao concorre mas seu filho, sua esposa, seu sobrinho cocorrem por ele... será q nao fik tudo em familia???..acho q essa lei tem q ser revista e reformulada....

  29. Chiquinho Postado em 27/Sep/2014 às 13:28

    Espero que o Candidato a Deputado Estadual Abelardo Camarinha FICHA SUJA, seja preso pois é um Ladrão, Bandido,Roubou dinheiro da Merenda Escolar espero que seja feita Justiça aqui em Marília, Ministro DIAS TOFOLLI faça justiça.

  30. Cristiane Postado em 28/Sep/2014 às 06:29

    Desde quando podemos acreditar que o voto é nossa arma??? Você estuda o currículo do candidato....acredita e quando chega lá o canalha se vende. ....decepção atrás da outra...tô de saco cheio!!!!!

  31. Gerson Archanjo Postado em 28/Sep/2014 às 20:38

    Paulo Salim Maluf não pode entrar em + d 100 países q pode ser preso enquanto no Brasil ele é candidato.É talvez estes países estão equivocados né.

  32. walter de oliveira santos Postado em 30/Sep/2014 às 14:01

    Um cidadão cumun, não pode participar dos concursos publico respondendo processo seja ele qual for. tem que esta em dia com a justiça! Porque os politicos, teimam em participar das eleiçoes, estando eles respondendo processo. É possivel confiar? dica-me como! ai sim terei coragem em votar.se eles realmente tivessem boa vontade e desejo de ter e ver um Brasil melhor. criariam uma PEC. tirando seu Direitos Politicos e Imunidade Parlamentar. deste forma a palavra Ordem e Progresso seria respeitada. Direitos iguas pra todos e não para alguns.

  33. walter de oliveira santos Postado em 30/Sep/2014 às 14:15

    De que forma o Brasil vai crescer realmente? onde as passoas que nos representam. dentros dos podertes. ( Legislativo. Execultivo e Legislativo ). estão. comprometidos até o pescoço com a corja que estão dentro do Parlamento e Senado. não vou muito longe. lembram que fizeram. com um homem correto e honesto que tentou por ordem ( Joaquim Barbosa ). o lado podre pela força politica o derrubou. tem como confia? me dica como? todos não tem vegonha na cara nem cidadania. so pensam em tirar proveito desta bagunça em que colocaram o meu lindo BRASIL.

  34. Ailson Postado em 30/Sep/2014 às 16:48

    Estes deveriam estar no vôo da Malásia Airlines que foi abatido na Ucrânia.

  35. Rosa Maria Fontenele Postado em 30/Sep/2014 às 21:07

    Nunca vi tamanha safadeza em meus 65 anos de idade...Tenho nojo destes bandidos que me representam sem que eu queira e permanecem no poder mais de 25 anos ganhando muito e fazendo tudo mal feito.Quatro anos é o suficiente para estes vagabundo ficarem em Brasilia.Quem quer fazer algo pelo povo é tempo demais.Penso só em beneficios proprios.Iria adorar se a bandidagem os pegassem eles ou a familia e fizessem passar o terror que nos meros mortais passamos.Como os bonecos tem carros blindados, soldados nas portas de ruas residencias o povo que se ferrem....Voces merecem é uma chuva de vergonha nao se aguenta mais ver a cara de merda de voces na televisao mentindo tanto.Voces fedem, voces nao passam de uns pinicos de bostas...São todos uns inrresponsavéis e sem responsabilidade alguma...Deveria haver um Bim Ladem por aqui e explidir Brasilia qdo na calada da noite voces safados almentam seus salirios sugando o pobre o necessitado o miseravel que voces criaram....Tomem vergonha na cara, seus pilantras.

  36. joao carlos Postado em 30/Sep/2014 às 21:12

    eu pretendo acreditar mais na justiça eleitoral pois só assim os fichas sujas vão ter que ficar na deles pois estamos cansados de sermos enganados vamos limpar e tirar estes sujos do poder.

  37. MARIO GLORIA DA SILVA Postado em 01/Oct/2014 às 04:59

    Os excelentíssimos ministros do STF que vão proferir a sentença final, todos tem ficha limpa?

  38. Maria Aparecida Cruz Postado em 01/Oct/2014 às 21:33

    Então, nós povo ficamos indignados,com as injustiças da Justiça brasileira. Alegamos q o Brasil é o País da impunidade,e que só o povo é punido. Isso é perfeito e fato,mas quando se diz que com o jeitinho brasileiro se conquista tudo,ou que somos um povo alegre e receptivo, todos aceitam e ainda fazemos carinha do gato do Shrek. "Coitadinho de nós "Povo sofredor, acolhedor aqui dentro, pq lá fora somos mal vistos e até fazem piadinhas dizendo...Cuidado q tem brasileiro por aqui entre outras,injustiçados,famintos por uma vida mais digna e por um país mais igualitário e mais humano. Pois bem ; temos a carta na manga pra se resolver tudo isso... e o que fazemos? Ficamos indignados, xingando os políticos, votando em branco ,nulo ou ainda justificando voto a anos isso tudo pra nos eximir da culpa do país ser essa porcaria toda ,ter essa imundice de corruptos ,vendidos para o crime e por aí vai... tanta irregularidade, controversas que acabamos de admitir nossa incompetência enquanto cidadão brasileiro. Gente! O País só vai mudar quando cada um de nós mudarmos nossa postura, 1º interior- vamos estudar o País, respeitar o País- nos estimulando e a nossos filhos, pra que levem os estudos á sério, lendo bons livros, participando e propondo bons eventos culturais em nossos Bairros e ou vilas,fazendo o mínimo que é reciclarmos nossos lixos juntos com nossa vizinhança, não jogando lixo nas ruas e vias ,colhendo a sujeira de nosso animalzinho de estimação, incentivando nossos jovens a um lazer saudável ,criando um grupo de adultos ativos para espionar a vizinhança e não deixar proliferar o tráfico e crimes cometidos por jovens.Cada um de nós podemos ser uma ONG., trazendo atrativos saudáveis e estimulador a nassa juventude. Isso tudo está em nossas mãos e sugiro em nossos corações ,pois os maiores afetados pelas agruras da comunidade somos nós mesmos ,e os maiores benfeitores e beneficiados tb seremos nós. Ao invés de irmos as escolas qd esta nos intima ,devemos intimar as escolas a nos interar de tudas as oportunidades que a Educação oferece a nós e a nossos filhos. Existem enes eventos, concursos, cursos que as Secretarias oferecem aos alunos ou comunidade que nem os alunos têm conhecimento pois são ignorados pela própria direção. Proponho-nos amigos a participar mais da vida escolar, da política e de tudo de bom que nos é oferecido,e não damos a mínima por acreditarmos ser perda de tempo sem ao menos tomarmos conhecimento. Acontece muita coisa boa na política, mas só temos olhos e palpites nesta era crucial. E pq é crucial ? Pq passamos cada 4 anos de nossas vidas,reclamando, apontando erros, mais nada fazemos pra melhorar . Então amigos , precisamos mudar a nós mesmo, em 1º lugar. Se melhorarmos, tudo ao nosso redor melhora, é uma onda de energia positiva que vai crescendo a cada boa e renovada ação que cometemos . Acreditem. Isso funciona. Não é balela nem belas palavras ,nem política da boa vizinhança, nem balelas. São palavras tirados do fundo do meu coração com o desejo que cada um de nós possamos refletir e começarmos a arregaçar as mangas e a fazer desse País o que ele é de verdade : Belo em sua diversidade natural , e maravilhoso por seu povo alegre ,dinâmico e corajoso. No mais vamos q ainda da tempo.Divulgarmos em nossas páginas da internet essa lista de pilantras e os que conhecemos e q não consta na lista. Somos nós quem queremos a mudança . Bora Mudar !