Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 08/Sep/2014 às 15:08
25
Comentários

Mídia ataca Marina e Dilma para tentar reerguer Aécio

Como última cartada para tentar alavancar a candidatura apática de Aécio Neves, grande mídia usa delação para atingir Dilma e Marina

dilma marina delação petrobras
Mídia usa “delação” para atingir Dilma e Marina e tentar ajudar Aécio (Pragmatismo Político)

Eduardo Guimarães, blog da cidadania

A última sexta-feira foi permeada por especulações e até pânico da classe política por conta do conteúdo dos depoimentos que o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto da Costa – preso em março pela Polícia Federal no âmbito da Operação Lava Jato – vem dando após acordo de “delação premiada” que fez com o Ministério Público e a Justiça.

Costa propôs acordo de “delação premiada” que pode lhe valer a quase absolvição dos crimes cometidos. Por esse acordo, tem que denunciar envolvidos em um suposto esquema de corrupção que haveria na Petrobrás. Tem que denunciar, sobretudo, políticos envolvidos.

O vazamento do que Costa está afirmando em sua “delação premiada” é uma irresponsabilidade da mídia, com destaque para o papel da Veja – sempre ela – no que, aliás, é uma ilegalidade.

VEJA TAMBÉM: As eleições na internet, o mito da imparcialidade e a dificuldade de interpretar

Para os que acham que contra o PT vale-tudo, porém, convém refletir sobre o denunciante.

Quando Costa foi preso, em março, a Polícia Federal encontrou com em sua residência 180 mil dólares e 720 mil reais – tudo em espécie. Além disso, o ex-executivo da Petrobrás ganhou um caro automóvel Land Rover do doleiro Alberto Yousseff, também preso nessa operação da PF e condenado no caso Banestado.

Costa teme acabar como Marcos Valério, que pode terminar seus dias na cadeia. O acordo de delação premiada pode salvá-lo desse destino; sua pena seria praticamente extinta. Porém, delatando supostos comparsas ou não esse indivíduo é um criminoso e tudo que disser no âmbito do acordo que fez com as autoridades é suspeito até prova em contrário.

O que Costa está dizendo terá que ser tudo muito bem checado porque alguém como ele pode mentir para prejudicar quem ele julga que não o apoiou ou para preservar quem acha que vale à pena, por esta ou aquela razão. Ou seja: enquanto as “delações” do sujeito não forem verificadas, tudo que está dizendo é suspeito.

O processo de verificação dessas informações deve levar meses e terminará muito depois das eleições em segundo turno. Neste momento, portanto, os meios de comunicação que estão divulgando nomes e partidos dos acusados por Costa estão sendo irresponsáveis e agindo com claro objetivo eleitoral.

Como sempre, coube à Veja, de forma criminosa e eleitoreira, divulgar o conteúdo não verificado das denúncias do ex-diretor da Petrobrás. E para saber o que Veja pretende o leitor nem precisa se submeter à pena de ler aquele lixo de publicação. Na porta da Veja há uma lixeira que chamam de blog do Reinaldo Azevedo que já delata a intenção da revista.

Por contraditório que pareça, as denúncias de Veja são sempre muito “transparentes” quanto a suas intenções, ainda que esse não seja o objetivo da revista. Nesse caso em particular, a “transparência” é gritante. Um outro trecho do post de Azevedo sobre a denúncia da revista que o emprega, deixa tudo ainda mais claro.

“(…) VEJA teve acesso a parte do depoimento de Paulo Roberto e traz reportagens exclusivas na edição desta semana, com a lista dos nomes citados por Paulo Roberto. Entre eles, estão cabeças coroadas da política brasileira, como o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, que morreu numa acidente aéreo no dia 13 de agosto (…) Uma coisa é certa: as revelações de Paulo Roberto atingem em cheio as duas candidatas que lideram a disputa pela Presidência da República: Dilma, por razões óbvias, e Marina, por razões menos óbvias, mas ainda assim evidentes. Ela é a atual candidata do PSB à Presidência. Confirmadas as acusações de Paulo Roberto, é de se supor que o esquema ajudou a financiar as ambições políticas de Campos, de que ela se tornou a herdeira (…)”

Precisa dizer mais? É óbvio que o vazamento de supostas declarações de Costa às autoridades visa matar dois coelhos com uma cajadada só.

Não se tem garantia de não haver tucanos ou demos envolvidos nas “denúncias” de Costa. O vazamento das informações pode ser seletivo ou, pior, Costa pode estar mentindo, inventando acusações para ter o que oferecer às autoridades em troca de sua liberdade.

Essa é a última cartada que a mídia tucana tem para tentar reverter o que lhe constitui um verdadeiro desastre político, ou seja, a eleição presidencial ficar restrita entre duas candidatas que, por razões distintas, não lhe interessa.

Não, Marina não interessa à mídia. Aliás, a [tucana] imprensa paulista tem produzido crescentes colunas, artigos e editoriais anti Marina. O Estadão já divulgou editorial atacando a “fadinha da floresta”, Reinaldo Azevedo e congêneres vêm batendo pesado nela, dizendo-a “até pior” do que Dilma. Neste sábado, a Folha, em editorial, também atacou a candidata do PSB.

As razões da tucanérrima imprensa paulista para temer Marina explicam-se pela charge do blogueiro, no alto da página. Ainda que o banco Itaú tenha escrito o programa de governo de Marina, ela, assim como o PSOL e o PSTU, esteve por trás dos protestos tresloucados de 2013 e deste ano. No fim, os sócios “de esquerda” desse consórcio ficaram a ver navios e Marina foi quem lucrou.

Seja como for, as relações pretéritas de Marina com a esquerda e suas sistemáticas idas e vindas sobre vários assuntos estão metendo medo na direita midiática, apesar do aval do Itaú e de um economista cabeça-de-planilha que assessora a candidata do PSB.

Por que Veja cuidou de atingir Dilma e Marina? Porque se focasse só em Dilma a beneficiária seria Marina. Atacando a ambas, a mídia acredita que o beneficiário natural será Aécio. Pode até não ser suficiente para levá-lo de volta ao segundo lugar, mas a ideia é vitaminar o tucano para que o PSDB não eleja só meia dúzia de deputados. É simples assim.

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 08/Sep/2014 às 15:24

    O que será de Reinaldo Azevedo sem o PT no poder? Se tornará um inútil, pois a especialidade dele é criar factoides contra o partido dos trabalhadores. No fundo ele vota na Dilma.

    • poliana Postado em 09/Sep/2014 às 09:14

      Thiago, ja percebeu a coxinhada chamando marina de "morena"? Kkkkk..eu me divirto!! E adorei o belo anagrama..o naro n engana mais não. Viu ele defendendo os militares lá no outro post? Se entregou ne? Kkkkkk

      • Thiago Teixeira Postado em 09/Sep/2014 às 09:39

        Coxinha é assim, evitam utilizar o termo NEGRA, pois para eles é inferior. Já morena, é uma ex-negra que obteve um passaporte de aceitação no meio deles. Ridículo.

      • Luiz Souza Postado em 10/Sep/2014 às 03:02

        É o estamento. O estamento! Morena é o passe livre no estamento superior.

    • Yule Cristina Postado em 10/Sep/2014 às 11:16

      Esse é o verdadeiro rejeitado, como o PT jamais o aceitaria, por ser imprestável demais, só tiraria votos, ele tenta destruir o PT, é tipo aquele sujeito rejeitado que tenta matar a moça que o despreza, se não for minha não será de ninguém.

  2. Rafael Postado em 08/Sep/2014 às 15:49

    Que o PT ta envolvido é algo que todos sabem, mas envolver o Eduardo Campos que nem pertence mais a este mundo é algo extremamente anti-ético! O minimo que o Pt deveria fazer é assumir as suas responsabilidades corruptas com a Petrobras e deixar a memória do Eduardo Campos em paz! Tá na hora da Dilma assumir as suas responsabilidades e começar abrir o bico sobre todo o esquema de corrupção que existe no Governo! É como disse o Thiago Teixeira: "Se é para cair, que caia atirando!".

    • Franklin Postado em 08/Sep/2014 às 20:46

      Ué, por quê não pode envolver o Eduardo Campos? Morreu, virou santo?

      • Rafael Postado em 09/Sep/2014 às 08:38

        Não, mas ele não tem como se defender!

    • Gabriel Postado em 10/Sep/2014 às 01:52

      Coitado do Hitler, não ta mais aqui para se defender das acusações de crimes contra a humanidade.

  3. KARINA BB Postado em 08/Sep/2014 às 16:26

    Aecio nao se ergue nem com um guincho poderoso ushushusssaaashuas,ele quer ganhar a eleicao assim,,olha gente eu tenho nojo d pibre e favelado ,mas vou enviar meus bonecos d papelao hahahaha votem em mim ,foi a missa e ficou num cercadinho junto com o serra hhehehehe eles nao se misturam com a ralé,esse cara ja virou piada ,com essa cara d boneco cheia de botox

  4. Rafael Postado em 08/Sep/2014 às 16:26

    A Marina isentou a Dilma, mas condenou o partido que controla toda a corrupção! Se a Dilma sair do Pt, posso pensar nela como candidata!

  5. Jonas Schlesinger Postado em 08/Sep/2014 às 16:36

    Aff mídia satânica. Ataquem o PT, deixa a morena fora disso desgraça!

    • KARINA BB Postado em 08/Sep/2014 às 17:51

      Sera que a Morena vai levar uma rasteira da loura

  6. Denisbaldo Postado em 08/Sep/2014 às 16:47

    O Tiririca é o mais íntegro de todos eles. Ele interpreta um palhaço para conseguir votos, e ele faz isso abertamente. Todos os outros interpretam personagens, mas não assumem isso.

  7. Deisi Postado em 08/Sep/2014 às 17:37

    A revistinha Veja como sempre no epicentro do golpe midiático, as noticias vazam, não apuram se existe algum sinal de legitimidade, divulgam sem nenhuma responsabilidade, apesar que está cada dia mais fraca depois que sua maior fonte o Cachoeira, foi preso, na atualidade vive capengando. Sinal claro que fazem parte da mídia golpista sem nenhuma credibilidade, aliás a Veja hoje não consegue sustentar qualquer veracidade de uma denuncia. Graças a Deus o futuro da revistinha preste a encerrar suas atividades com noticias mentirosas está muito próximo! Mas se a intenção é fazer o Aero decolar, não vai funcionar, já que está tão fraco que não sairá do chão do aeroporto de Claudio.

    • antonio nunes Postado em 09/Sep/2014 às 09:23

      SÓ QUERIA ENTENDER: O que faz esses políticos ficarem engolindo ilações? se é que é ilações da revista veja, porque esses políticos não acionam a revista na justiça? ninguém esta acima da lei, porque mais a frente quando descobrirem a verdade seja em que tempo for se houverem culpados ou inocentes, o estrago já esta acontecendo agora. Portanto ninguém pode sair por aí inventando coisas sem a devida comprovação. Se for ilação dessa revista, que eu acho que não é muito difícil por se tratar de uma revista comandada por tucanos, tem que pagar por isso, agora se for verdade que paguem em dobro por se tratar de agentes públicos.

  8. Ecthor Postado em 08/Sep/2014 às 17:49

    mas sejamos coerentes o quanto o Pragmatismo esta recebendo para apoiar estes criminosos ??? militante político é igual a mulher de malandro conversando: “ ele me espanca, me humilha mas gosta de mim...ele me xinga, me queima com cigarro mas é trabalhador e traz comida pra dentro de casa...” ora, será que não dá pra almejar um governo melhor sem fazer apologia a uma zorra de partido(qualquer que seja ele)? Será que temos que idolatrar ex-governante pilantra pra termos um gestor competente? Se um dia quiserem viver em um país decente tratem logo de parar de elogiar gente indecente."

  9. voto alternativo Postado em 08/Sep/2014 às 20:09

    corrupto é o sistema politico que faz depender do poder financeiro para ser "grande", corrupto também é quem defende o atual sistema. Eu voto em gente que rouba e/ou financia a campanha com dinheiro sujo, mas eu voto em quem é contra e tenta mudar tudo isso, não sou hipócrita de acusar alguns de ladroes e votar em outro ladrao

  10. Repik Postado em 09/Sep/2014 às 00:19

    Quanta ingenuidade, então um cara com a corda no pescoço envolve diversas pessoas do governo sem prova alguma, apenas no diz que me diz, e passa então a ser papél ético da mídia colocar isso como verdade irrefutável para toda população? Você também acredita em papai noel?

    • Eva Postado em 09/Sep/2014 às 07:25

      E na véspera das eleições. E justo a veja.

  11. Gustavo Postado em 09/Sep/2014 às 10:51

    Seria como eu dizer que campanha da Dilma ataca Marina para beneficiar Aécio.

  12. Maurício Ruiz Postado em 09/Sep/2014 às 16:13

    Agora quem vai colocar a roupa de palhaço do Tiririca sou: - Porque só agora veio a tona esse envolvimento todo com a Petrobras . Acredito que , sendo verdade, isso já deveria ter sido exposto faz tempo, e não agora. Claro não eximindo a culpa daqueles envolvidos seja PT ,PSDB ou quaisquer outras siglas ... Enquanto o governo desse país for pró -partido e não um pró-nação, independente de quem assuma, o Brasil não mudará.

  13. Thiago Teixeira Postado em 08/Sep/2014 às 17:26

    O Aifalama Salis, quantos anos você tinha na década de 90? Sabia que o PiG tinha outra postura? Alexandre Garcia apresentava as crônicas do Fantástico, trazia imagens de comédia, políticos dormindo no plenário, ministros dando esclarecimentos enrolaitor ... ele apresentava seu bloco sorrindo, não se lembra? A Veja só publicava assuntos internacionais e documentários de avanços tecnológicos brasileiros. Jornal da Noite era apresentado por um única apresentadora, e seu conteúdo era extremamente light (parlamento alemão, gols da noite, entrevista do FHC) e quando a ancora (geralmente eram apresentada por mulheres) retornava, sempre estava sorrindo. Bom dia Brasil era dedicado a entrevistas com os ministros, e os repórteres baba ovo concordando e explicando novamente ao telespectador a fofura do ministro tucano. Então meu amigo, tenho fundamento e histórico para comparar a mídia do governo tucano versus petista.

  14. Onda Vermelha Postado em 08/Sep/2014 às 18:20

    Kkkkk. Thiago, tens uma memória privilegiada, mas é isso mesmo. Quanta diferença dos tempos de FHC! Hoje, o "Bom Dia Brasil" traz doses cavalares de "Mal Dia". E tome pau no Governo Federal sem trégua todo santo dia! Não há qualquer ação ou politica pública digna de elogio. Simples assim!

  15. Luiz Souza Postado em 10/Sep/2014 às 02:59

    Um caso interessante do PiG foi a reeleição de FHC. Diziam as cifras (R$ 500.000.000,00) e davam ar de legalidade à coisa, como se a grana representasse um esforço hercúleo dum grande estadista e não um proto-mensalão. Parecia que comprar reeleições era algo pueril como comprar um sorvete. PS.: o Thiago foi exemplar! Lembro-me bem daqueles tempos em que o oligarcado determinava o que podíamos saber.