Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 25/Sep/2014 às 09:21
61
Comentários

Gentili deveria assistir a entrevista de Luciana Genro para Rafinha Bastos

As entrevistas de Luciana Genro para Danilo Gentili e Rafinha Bastos foram completamente distintas. Ao contrário do primeiro, Bastos não foi arrogante e fez as perguntas que muita gente despolitizada gostaria de fazer

luciana genro rafinha bastos
Luciana Genro foi entrevistada por Rafinha Bastos, no programa Agora é Tarde, da TV Bandeirantes. É possível discordar e debater sem ser grosseiro ou arrogante (captura)

Paulo Nogueira, DCM

É interessante confrontar as entrevistas que Luciana Genro deu a dois apresentadores da televisão brasileira, Danilo Gentili e Rafinha Bastos. Os dois são, com todo o respeito, analfabetos políticos. Mas há uma diferença: DG acha que não é. RB tem mais os pés no chão. Isso levou a que fossem duas entrevistas inteiramente distintas.

Bastos como que se comportou como aluno, e isso foi bom para o programa [assista a íntegra abaixo]. Gentili agiu como professor, mesmo sem saber nada de política e de história, e com isso a entrevista perdeu muito.

Bastos fez as perguntas que muita gente despolitizada gostaria de fazer. Disse candidamente que tinha medo, por exemplo, do “controle da mídia”. A resposta de Luciana, se não vai convencê-lo, ao menos o fará pensar.

VEJA TAMBÉM: Luciana Genro estuda processar Gentili após ser comparada a Hitler

Controle de mídia, disse ela, é o que se tem hoje. A liberdade de expressão vigora apenas para os donos das empresas jornalísticas. Ele mesmo, Rafinha Bastos. Se disser coisas políticas que desagradem os proprietários da Band, sumirá rapidamente do ar.

Bastos também não sabia que o canal cuja concessão Chávez revogou, na Venezuela, estava comprovadamente envolvido numa tentativa de golpe de Estado. Derrubar um governo eleito nas urnas não está na lista das coisas aceitáveis quando se trata de uma concessão pública.

Bastos teve a oportunidade rara de sair de seu programa mais informado do que entrou. Se se dispuser a estudar, e a diversificar suas fontes de leitura de notícias, vai ser um ex-analfabeto político.

Gentili não. É um caso muito mais complicado. Ele parece tomado pelo conservadorismo rasteiro de Olavo de Carvalho, assim como Lobão e Roger.

Roger, que participa do programa de Gentili, deu sua contribuição milionária à entrevista com uma pergunta da linha que sustenta que comunista come criancinha. Mais tarde, em sua conta no Twitter, ele estendeu sua contribuição. “Ignorância histórica: os socialistas foram duramente perseguidos pelos nazistas. HAHAHAHAHA!”

SAIBA MAIS: Por que Lobão e Roger se transformaram em dois derrotistas explícitos?

Antes de se dedicar a exterminar os judeus, Hitler caçou socialistas e comunistas. Em 1933, o campo de concentração de Dachau tinha apenas esquerdistas. Em 1936, 11 000 alemães foram presos pela polícia de Hitler por “atividades socialistas ilegais”.

Mas Roger tem outras ideias. Num momento de inspiração, Luciana Genro sugeriu a Gentili que estudasse antes de dissertar sobre assuntos que desconhece. É inútil. Gentili é um analfabeto político irrecuperável, bem como Roger.

Rafinha Bastos, não. Ele mostrou, na entrevista, que pode crescer. Eu não ficaria inteiramente surpreso se ele votasse na entrevistada.

Confira a íntegra da entrevista de Luciana Genro no programa de Rafinha Bastos:

Recomendados para você

Comentários

  1. juliano Postado em 25/Sep/2014 às 09:33

    Perfeita a sua análise!

  2. amanda Veríssimo Postado em 25/Sep/2014 às 10:50

    E o Danilo Gentili se diz melhor que Rafinha B. Coitado

    • mayko Postado em 27/Sep/2014 às 10:53

      Tadinha de voce Amanda... Veja Alem das aparências. Não gosto de nenhum dos dois como humorista, mas o Gentili não se acovarda. Não forme suas ideias com base em poucas noticias, se informe, pois estamos vivendo em um mundo de gente que ganha a vida influenciando opiniões.

  3. Silva Postado em 25/Sep/2014 às 10:54

    Bueno, não tenho o costume de assistir esses dois programas de talk-show, raramente olho uns pedaços quando vou me deitar e ligo a tevê. Por coincidência, vi trechos dos dois programas, ambos atacando o programa do outro, Rafinha Vs Danilo, Danilo Vs Rafinha. Vejo que ambos são "flor que não se cheira", pelos seus histórico, para mim isso não passa de um oportunismo rasteiro do boçal do Bastos diante da ação de seu ex-colega de programa - assista ao meu programa, e não daquele idiota. Caso esse episódio lamentável não tivesse ocorrido no programa do Gentilli, quase de certeza aconteceria com o seu concomitante, pois são da mesma estirpe.

    • Paulo Postado em 25/Sep/2014 às 12:58

      Se não me engano, Rafinha Bastos e Danilo Gentili são amigos e sócios.

      • Paulinho Postado em 25/Sep/2014 às 13:26

        Mas isso não impede que se tenha divergência de ideias.

      • Tavares Postado em 25/Sep/2014 às 14:41

        Eles possuem uma casa de stand up comedy. Aí já viu. Mas o rafinha me parece um pouco menos alienado. Pelo menos, não é militante da ignorância, como o Gentili.

      • Neusa Postado em 25/Sep/2014 às 23:36

        Sócios sim, amigos não

      • Felipe Porto Postado em 26/Sep/2014 às 04:40

        Danilo Gentili disse em entrevista recente que são sócios, mas não amigos.

    • Braian Postado em 25/Sep/2014 às 14:22

      Amigo, conforme o Paulo lhe disse, eles são sócios e amigos. Não se "atacam" verdadeiramente, e sim, por puro sarcasmo. Quanto ao Rafinha, sugiro que assista a participação dele no Roda Viva, na íntegra. Você consegue achar no próprio YouTube. Talvez você muda o pensamento que tem dele. Um abraço.

      • Neusa Postado em 25/Sep/2014 às 23:38

        Eles não são amigos, nunca foram amigos.

    • fran Postado em 26/Sep/2014 às 12:24

      o Rafinha tem uma postura menos conservadora do que o Gentilli, é só tu ver a entrevista que ele fez com o Bolssonaro, e os dois são sócios, acho que é uma tretinha pra ibope msm

    • Leandro Postado em 27/Sep/2014 às 04:29

      É, mas mal sabe você que eles são amigos né? que danilo gentili e rafinha bastos são bem amigos, e que a zoação de um para o outro é digamos... "esportiva", tanto que qnt bastos tava na pior gentili ajudou. e que histórico você diz? ahh é, diz que eles falam o que bem entendem e foda-se o resto? que pena que não tem mais gente assim na tv.

    • Moisés kiefer Pacheco Postado em 29/Sep/2014 às 15:11

      Cara acho que não, como tu disse não olha o programa de nenhum dos dois, se assistisse teria uma ideia diferente, Danilo faz uma paródia do Jô Soares, já o Rafinha não faria a mesma coisa que ele só pelo fato de ser gaúcho e conhecer a Luciana genro.

  4. Ériko Postado em 25/Sep/2014 às 10:54

    Excelente texto! Concordo com cada linha escrita.

  5. Ana Cecilia Buzo Postado em 25/Sep/2014 às 11:01

    Depois da lavada que ela deu no Danilo Gentili, o Rafinha Bastos não se atreveria a ser arrogante!

    • Claudia Postado em 26/Sep/2014 às 22:00

      Perfeito, o do Gentilli pegou muito mal. A chapinha foi grotesca

  6. Carlos Odarp Postado em 25/Sep/2014 às 11:18

    E você é o sabe-tudo por acaso sr Carlos Prado?

  7. Fernanda Rocha Postado em 25/Sep/2014 às 11:25

    Gostei muito da entrevista do Rafinha, totalmente diferente do Danilo. Ele deu espaço para a Luciana falar e não fez comentários irônicos e desnecessários como o Danilo. Espero que as entrevistas com outros candidatos sejam assim também.

  8. Antônio Carlos Fraga Postado em 25/Sep/2014 às 11:27

    Bem mais legal mesmo. Pelo menos, o chapa-branca deixa ela falar. Ao contrário de outros, que sequer sabem falar, uma vez que nunca estudaram. Nazicosinhas e seu catupiri arterial, sempre unidos na defesa dos seus.

  9. Nagib Abner Postado em 25/Sep/2014 às 11:28

    Luciana Genro estudou Direito na PUC-RS de 1988 a 1990, curso que não chegou a concluir. Também chegou a estudar Letras na UFRGS e foi professora de inglês de 1988 a 1994. Após retomar estudos na área, formou-se em direito na UNISINOS, em 2011, e lançou o livro "Direitos Humanos - O Brasil no banco dos réus", somando-se à corrente jurídica que defende que a Lei de Anistia não pode ser um obstáculo para que os agentes públicos acusados de crimes de tortura, assassinato e desaparecimento político durante a ditadura militar continuem impunes.16 Atua nas áreas do Direito Previdenciário e Direito Penal no escritório Genro & Genro Advocacia dos Direitos Constitucionais em Porto Alegre17 . Atualmente é mestranda de direito na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, sendo orientada pelo professor Alysson Mascaro.

  10. KARINA BB Postado em 25/Sep/2014 às 11:46

    Esclarecimento item por item em rede nacional,desmontando mentiras veiculadas sobre a Lei ,por empresas interessadas em manter seu monopolio,explicando o por que da lei estar sendo rechaçada pela velha midia,e quais os interesses envolvidos,q se regulamente ja a lei de midias da CF

  11. Bruno Postado em 25/Sep/2014 às 11:48

    Em Dachau, em 1933, não haviam só esquerdistas. Concordo a respeito da arrogância do Gentili, mas não acrescente falácias no teu texto

  12. Alex Postado em 25/Sep/2014 às 11:54

    de uma coisa concordo, não gosto esse Gentili que ao invés de entrevistar, prefere ironizar as pessoas, pura falta de cultura foi assim com Roberto Justus, agora com Luciana Genro etc. como disse bem o texto ele é um analfabeto irrecuperável.

  13. Rafael F T Postado em 25/Sep/2014 às 11:54

    Impressionante como ninguém no Brasil conhece a tentativa de golpe de estado na Venezuela. Nossa maldita mídia não mostra isso pra gente. Bem que o Pragmatismo político podia contar a história né? Talvez com trechos do filme do Oliver Stone, pra ficar mais atraente pros que não querem ler textos longos.

  14. Alicia Postado em 25/Sep/2014 às 12:04

    Boa entrevista até ele entregar a ela uma chapinha! Me irrita profundamente esses padrões de beleza impostos.

    • r.t.a Postado em 25/Sep/2014 às 15:52

      Conhece piada? O fato de "padrões de beleza" ser algo "obrigatório", torna-se jocoso, motivo de riso, isso que faz a piada funcionar, exatamente ser boba, achar que é necessário fazer chapinha que provoca risos, se não entendeu... bom... Não é machismo, não é apologia aos padrões estéticos "impostos pela mídia fascista", é exatamente o oposto, é tipo "olha que coisa de mongol, uma chapinha", ridicularizando o objeto e o ato de se modificar... Repare no cara abaixo que associa chapinha bonitas, isso sim é o que vc está atacando e ele supostamente também estaria.

      • Murilo Postado em 25/Sep/2014 às 17:58

        Com licença r.t.a, não creio que a piada tenha funcionado. Mais que machista, ela cai novamente no sentido de que cabelo bom é cabelo liso - característica majoritariamente branca. Não da pra falar em racismo porque a candidata é branca branca. Mas que os fundos do padrão estético do cabelo liso tem muito a ver com isso, ai sim.

      • Aline Postado em 25/Sep/2014 às 20:08

        Infelizmente essa piada "boba" que muitos acham que não afeta me nada, afeta sim principalmente quem tem cabelo cacheado e sofre no dia a dia piadas como essas e muitas vezes até usam química no cabelo pra se adequar aos "padrões de beleza".

  15. Rodrigo Batista Postado em 25/Sep/2014 às 12:05

    este presente foi o exemplo perfeito de "como conseguir arruinar uma entrevista em alguns segundos". por que mulheres são proibidas de não seguirem padrões estéticos? Nunca é exigido de um candidato homem algo do tipo. Mulheres têm que ser bonitas e homens inteligentes? Piadas assim, impregnadas de machismo, arruínam a liberdade que o Rafael Bastos tanto quer. Mal sabe ele o quanto tudo isso está ligado.

  16. Gabriel Postado em 25/Sep/2014 às 12:07

    Ah mas essa piadinha machista da chapinha no final não precisava né? Rafinha marcou ponto positivo na política mas tropeçou no machismo DE NOVO.

  17. Gustavo Postado em 25/Sep/2014 às 12:08

    Dizer que Hitler perseguiu comunistas não o torna necessariamente capitalista, direitista. Todas suas medidas de Estado foram de viés esquerdista.

  18. KARINA BB Postado em 25/Sep/2014 às 12:09

    Acho curioso as pessias q acham q elogiam tudo nos EUA ,é claro que a qualidyade de vida la é melhor que no Brasil,porem la o aborto é legalizado e aqui é uma gritaria contra,os medicos cubanos ja atuam em varios paises,inclusive nos EUA, e quando vieram ora ca,outra griraria,a pena d morte tambem la é legalizada,aqui,mais gritaria,quer dizer la é bom ,mas aqui nao ???????????,lei d midias la é bom,aqui MAIS GRITARIA nao entendo

    • guara Postado em 25/Sep/2014 às 17:45

      A qualidade de vida é melhor porque a renda percapta é 5 vezes maior, só que a desigualdade também é extrema, existem dezenas de outros países para se ter como exemplo, que com menos dinheiro fazem mais pelo povo. La o aborto é legalizado sobretudo nos estados do norte desenvolvido. La a pena de morte é legalizada sobretudo nos estados pobres e mais violentos do Sul.

  19. Marcus Postado em 25/Sep/2014 às 12:11

    Po, esquerdista não! "Antes de se dedicar a exterminar os judeus, Hitler caçou socialistas e comunistas. Em 1933, o campo de concentração de Dachau tinha apenas esquerdistas. Em 1936, 11 000 alemães foram presos pela polícia de Hitler por “atividades socialistas ilegais”"

  20. assalariado. Postado em 25/Sep/2014 às 12:14

    Carlos Prado, além de "chapa Branca", Rafinha se diferencia mostrando que, estudou o assunto Socialismo, e asssim, de forma politizada conseguiu arrancar da Dona Luciana o seu melhor quanto ao significado um futuro 'modo socialista' de governar o Estado brasileiro. Enquanto aquele Danilo Gentili, ainda acho que, precisa estudar muito o que é a literatura socialistas marxista. Uma vez que, comparou a candiadata ao lider nazista Hitler, enquanto sabemos que os ideais socialista nada tem haver com "raça pura", pregada pelos nazismo. Rafinha, foi franco, direto e politizado, portanto, não midiotizado segundo o "socialismo" da Rede BOBO de Televisão, que mais manipula do que informa.Usando assim o povo "intelectualizado" da mídia como um midiota/ midiotizador das massas. Saudações Socialistas.

  21. Maxi Postado em 25/Sep/2014 às 12:19

    Pro inferno! Bastos é tão ou mais idiota que Gentíli. Foi instruído a aproveitar a repercussão negativa da entrevista concedida ao seu rival para atrair audiência dos eleitores de Genro. São dois programas de péssimo nível e sequer podem ser comparados aos demais do horário. E Genro é mais um fantoche que defende confortavelmente qualquer ideia porcaria, pois embora saiba que não ganhará a eleição, seu partido quer ter boa margem de negociação do seu tempo de TV no segundo turno. Enfim, mais do mesmo. Um mimimi interminável.

  22. Rodrigo Postado em 25/Sep/2014 às 12:25

    http://informadordeopiniao.blogspot.com.br/2014/09/crie-vergonha-na-cara-flavio-morgenstern.html

  23. Clarissa Ezaki Postado em 25/Sep/2014 às 12:56

    Rafinha Bastos pagou um preço pela arrogância, parece ter surtido um efeito

  24. Lúcio Postado em 25/Sep/2014 às 13:06

    Tu sempre faz comentários idiotas e solta argumentos falaciosos nas páginas do pragmatismo político? Devo traduzir o signo "Carlos Prado" com a tarja "palhaçadas reacionárias"?

  25. Sarah Postado em 25/Sep/2014 às 13:41

    Tava até sorrindo com a entrevista até ele dar uma chapinha pra ela. Decepção total.

  26. Sarah Postado em 25/Sep/2014 às 13:43

    Queria que ela tivesse dado um sermão de duas horas depois da chapinha.

  27. Pereira Postado em 25/Sep/2014 às 13:44

    Agora Rafinha bastos é um bom moço ! a canalice da esquerda é sem limites.

  28. Pereira Postado em 25/Sep/2014 às 13:46

    "ainda acho que, precisa estudar muito o que é a literatura socialistas marxista." Bahhh, nem com 10 vidas a pessoa consegue estudar toda a literatura marxista. Só a editora estatal da URSS lançava centenas de livros por ano. fora as editoras estatais da cortina de ferro. Nem que alguém queira dá para se ler toda a literatura marxista.

  29. Munique Postado em 25/Sep/2014 às 13:51

    O Rafinha n deixou de atirar sua farpa logo de início, qdo mencionou seu "cocozão" em que se sentaria a candidata...

  30. Rodrigo Postado em 25/Sep/2014 às 14:01

    Em compensação, ele foi extremamente tendencioso na entrevista com o bolsonaro

  31. Edson Postado em 25/Sep/2014 às 14:08

    Perfeita a analise e mais perfeita ainda a Entrevista!

  32. Lenadro Postado em 25/Sep/2014 às 14:29

    Exagero, programa é de humor, e vai levar a entrevista a sério só pq um candidato a presidência vai ao programa ?

  33. eduardo Postado em 25/Sep/2014 às 15:27

    Olha nao vi nenhuma das duas entrevistas mas cobheco o trabalho de ambos .nao gosyo de nenhum dos dois r muito menos ainda do danilo gentili.q se acha engracado sem ser.se acha esperto e inteligente sem ser.n sri como tem programa na tv.por isso desistir de tv aberta a muito tempo.

  34. gilson Postado em 25/Sep/2014 às 17:29

    Só para esclarecer, este não é o personagem que ele interpreta em seu programa todos os dias !!!

  35. JoaoMineirim Postado em 25/Sep/2014 às 18:48

    Depois que vi um vídeo do RB no youtube satirizando os atores globais na campanha pingo dágua contra Belo Monte, percebi que ele não mais é um dos tantos coxinhas do CQC.

  36. bsap Postado em 25/Sep/2014 às 22:22

    NOSSA ...... SANTA INOCENCIA A DE VOCES (INCLUSIVE DE QUEM REDIGIU A A MATÉRIA )............. UMA SIMPLES MANOBRA E JÁ SAEM ACHANDO QUE: O RAFINHA BASTOS VAI VOTAR NO PSOL ? AAIIIII AI.

  37. Marcelievsky Postado em 25/Sep/2014 às 22:40

    Eu acredito que o analfabeto político está mais para quem acredita que um modelo de governo ostensivamente esgotado e fracassado dê certo num mundo globalizado e informatizado, do que naquele que desconhece alguns fatos (sendo matéria árdua dominar tudo o que ocorre no Brasil e no mundo) que o torna "analfabeto político". A palavra "analfabeto" e seu significado diz: "quem ou que é muito ignorante". Ignorar tudo e acreditar somente em suas doutrinas políticas ou modelo "X" ou "Y" é tudo o que uma pessoa analfabeta política faz. Mas confesso que Luciana Genro tem mais astúcia e discernimento do que os três candidatos principais. Mas peca em acreditar que o modelo de capitalismo adotado no Brasil é igual no mundo todo. Pena que se fechou num partido-anão sem visibilidade, arredio e que fundamenta suas ações justamente na desestabilização do estado - como foi percebido nas manifestações de junho/julho.

  38. Thaís Bortolato Postado em 26/Sep/2014 às 07:56

    Muito boa entrevista mesmo! Me surpreendi com o Rafinha e com Luciana. As eleições seriam muito mais interessantes se outros candidatos tivessem espaço e não ficássemos somente no FLA x FLU, com considerações e promessas vagas que não dizem nada.

  39. Penelope Ruiz Postado em 26/Sep/2014 às 08:14

    Ele se preparou para a entrevista haja vista o revés que o Danilo levou. E outra não menos importante, ambos são gaúchos e o bairrismo gaúcho.....

  40. Fabrício Postado em 26/Sep/2014 às 10:33

    Cara, a Luciana Genro é analfabeta economicamente...olhem no site do Psol sobre a candidatura dela a primeira coisa que ela apoia é a moratória da dívida: "Somente uma auditoria independente, precedida da suspensão do pagamento". Vocês têm alguma noção do que isso significa?!?!? Tipo, blz opiniões e quem acredita no socialismo, mas sério que vocês acreditam que o problema seja o capitalismo?

  41. Elisabet Postado em 26/Sep/2014 às 21:28

    Gostei muito da entrevista.Eu não conhecia a Luciana e me surpreendi positivamente em muitos aspectos.Concordo quando ela diz que todos os candidatos deveriam ter o mesmo espaço nos programas de televisão. Quanto ás alfinetadas dos apresentadores, faz parte das bobeiras dos dois.

  42. Junior Postado em 27/Sep/2014 às 02:18

    A entrevista do Rafinha foi após e pautada em cima da entrevista do Danilo... O mesmo aconteceria se fosse ao contrario. O Danilo fez perguntas ineditas e arriscadas, ja o rafinha fez praticamente o mesmo questionario... O mesmo aconteceu na entrevista com o Levy Fidelix entre os dois apresentadores... A questao é: O Rafinha se tornou mais "pe no chao" por que teve a oportunidade de ver a entrevista do apresentador anteriormente e nao cometer os mesmos erros

  43. Felipe Augusto Postado em 27/Sep/2014 às 08:51

    Achei o texto muito interessante gosto muito do DG apesar de ter divergências de pensamento político, mas ele tem a opinião dele e ele estudou pra ter, tudo bem que é daquele grupo de extrema direita que acha que nazismo era socialismo e que lê as porcarias que escreve Olavo de Carvalho, mas é a opinião dele, assim como eles foram arrogantes fazendo tais declarações no programa, quem alega a falta de conhecimento dele para tal opinião, também está sendo arrogante.

  44. Silvia Postado em 27/Sep/2014 às 12:47

    Os meios de comunicação, são uma concessão do poder pública à exploração pela iniciativa privada. São ferramentas poderosas na formação de opinião e não cabe à iniciativa privada usá-las como bem lhe aprouver. É dever do Estado regulamentar seu uso assim com regulamenta o transporte coletivo e outras concessões, acho até que o Estado intervém muito pouco no controle do conteúdo que é apresentado, haja vista a quantidade de lixo veiculado. Os donas das produtoras de mídias que utilizando os meios de comunicação confunde seu propriedade com o que é propriedade pública e, na verdade, todo conteúdo veiculado deveria ser submetido à vontade popular.

  45. Dani Postado em 27/Sep/2014 às 17:55

    tava indo mais ou menos, aí ele vem com o presente no final: uma chapinha?! Cara perdeu todo e qq pouco ou nehum crédito que ele tinha.