Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 04/Sep/2014 às 17:46
81
Comentários

Aluna cria projeto para denunciar seu estuprador

Em seu projeto-protesto “Carregando o Peso”, estudante circula com o seu colchão em tradicional universidade de Nova York enquanto seu estuprador permanecer no campus

aluna estuprada universidade nova york
Aluna que foi estuprada na Universidade de Columbia protesta contra permanência de agressor na instituição (Imagem: Columbia/Pragmatismo Político)

Alyssa Figueroa, Alternet. Tradução: Vinicius Gomes, Fórum

Na Universidade de Columbia, em Nova Iorque, a estudante de artes visuais Emma Sulkowicz está iniciando seu ano letivo carregando pelo campus mais do que sua mochila e seus livros. Como parte de um projeto artístico, Sulkowicz carregará seu colchão por toda Columbia, uma vez que seu estuprador ainda está no campus.

Ela diz que foi violentada no primeiro dia de seu segundo ano na universidade. Não denunciou o estupro de maneira imediata, mas após conversar com duas mulheres que foram atacadas pelo mesmo homem, todas decidiram registrar o ocorrido. Ela então passou por uma audiência inapropriada, como a própria escreveu na revista Time: “Durante minha audiência, que não ocorreu até sete meses depois do incidente, uma das presentes no inquérito continuou me perguntando como era fisicamente possível acontecer o estupro anal. Eu fui colocada na horrorosa posição de tentar educá-la e explicar como essa coisa terrível aconteceu comigo”.

VEJA TAMBÉM: Estudante de direito perseguida por professor publica manifesto

A universidade ignorou os casos das três mulheres.

Na semana passada, a The Nation publicou um e-mail que um administrador enviou acidentalmente para um estudante, revelando o desdém da universidade para o movimento anti-estupro no campus. O administrador, basicamente, debochou do pedido das estudantes para um maior envolvimento [da administração] nas políticas de ataques sexuais na universidade.

Em abril, Sulkowicz assinou junto de outras 22 estudantes uma reclamação contra a universidade por sua ineficiência em lidar com casos de estupro. No mês seguinte, ela decidiu reportar o estupro para a polícia, onde foi tratada de maneira ainda mais insensível.

“Você o convidou a seu quarto. Essa não é a definição legal para estupro”, disse um dos policiais. O projeto artístico tem o nome de “Performance do Colchão: Carregando o Peso”.

“Fui estuprada em meu próprio dormitório e desde então, aquele espaço se tornou um tormento para mim”, diz Sulkowicz em um vídeo publicado pelo Columbia Spectador. “E eu sinto que tenho carregado o peso daquilo que aconteceu comigo por todos os lugares desde então”.

Vídeo:

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Teixeira Postado em 04/Sep/2014 às 18:10

    É assim então? Se uma mulher me convidar para entrar na casa dela, ou no quarto, automaticamente recebo um alvará de sexo muito gostoso, anal, oral, subacal, grupal, independente se a garota não quiser? Que lei mais vazia, que suposição mais simplória e machista. Não é a toa que sabe-se que outras duas pessoas foram violentadas, o cara sabe que há impunidade e continuará fazendo isso. Universidade da onde? Columbia? Meu Deus ... acho que na cracolândia de SP as leis e tratamento a crimes de estupro são mais avançadas.

    • KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 18:26

      o que parece e que essa garota quer seus 15 minutos d fama,pq demorou tanto pra denunciar ????foi estuprada por tras por um homem e depois nao gritou ou denunciou???se tivesse provas suficientes o cara estaria preso,essa dai ta parecendo a geisi arruda

      • Daniel Postado em 04/Sep/2014 às 19:19

        Concordo Karina. Acredito que deveria ser até uma lei. Se uma mulher não denunciar um estupro na primeira semana após ocorrido, não tem o direito de reclamar. (Ironia - depois do artigo do antonio prata é melhor sempre avisar)

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 07:51

        Que absurdo, vc como mulher deveria se envergonhar de dizer um absurdo desses, o trauma é gigantesco, talvez a senhora devesse passar por tal situação já que não compreende através de empatia, o peso e a carga que é tal violência, a mulher em nossa sociedade sabe que ao denunciar estará sujeita a mais constrangimento ainda, humilhação, questionamentos infelizes e todo tipo de tortura psicológica, graças a pessoas repulsivas como vc que as denuncias não são rápidas e a lei não anda, por que legitima o agressor dessa forma, vc deveria se envergonhar de se dizer mulher, e desejo a vc o mesmo que acontece com milhares de mulheres todos os dias, para ver se aprende o sofrimento que isso causa, e se vai correndo pra policia denunciar pra ser ainda mais humilhada,m ai talvez vc entenda como o processo é torturante, e não julgue as outras mulheres dessa forma, no dos outros é refresco né...

      • Sara Postado em 05/Sep/2014 às 08:54

        Nem todos agem do mesmo jeito as mesma situações!

      • GabrielG Postado em 05/Sep/2014 às 12:00

        Karina, você é um exemplo de arremedo humano. Espero que passe metade do que essa mulher passou, afinal, você me parece do tipo que adora uma desgraça alheia.

      • Silney Costa e Silva Postado em 06/Sep/2014 às 20:55

        Porra! Karina você como mulher ser esculachada por vários homens, é a prova mais segura de que você é uma anta...

      • Rafael Postado em 08/Sep/2014 às 14:34

        Karina, és completamente ignorante, se fostes ou não fostes estuprada não importa, as pessoas tem pensamentos diferentes, e reagem de formas aleatórias a cada situação, não queiras por-se ao lugar dela em opiniões mesquinhas, não imaginas o que passa a cabeça de uma pessoa em tal situação; sim ela teve seus minutos de fama, mas a fama dela é de uma mulher batalhadora que luta pelos seus direitos, pois hoje em dia conseguir um atendimento seja em um hospital, em um departamento de policia, reclamações politicas e etc, só mesmo pela mídia... repense sobre seu comentário!

  2. C.O. Postado em 04/Sep/2014 às 18:31

    Lembra muito UFJF - BRASIL há 2 anos atrás. Coincidentemente, também se tratava de um estupro no campus, em uma festa no Instituto de Artes

  3. Maurício Postado em 04/Sep/2014 às 18:35

    A universidade esta correta em não expulsar uma pessoa inocente perante a lei, uma vez que o cara não foi condenado por estupro e uma vez que sua condenação parece longe de acontecer, a universidade não tem respaldo legal para espulsá-lo. Não me entendam mal, mas as vezes a criminosa é ela, pois ser indevidamente acusado de um crime tão grave, é muito grave. Infelizmente resta a ela tentar confiar no justiça e no seu protesto para que ela seja ouvida, não pela faculdade, mas sim pela justiça que é quem deve cuidar deste caso. Não adianta criminalizar a posição da faculdade pois a posição dela esta correta, inocente até que se prove o contrário.

  4. Ana S Postado em 04/Sep/2014 às 18:59

    Lamentável esse seu comentário KARINA BB.. ainda mais por ser mulher, só espero que não precise ser molestada para parar de falar asneiras como essas..

    • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 13:22

      Nao é porque sou mulher q vou concordar com tudo que vejo,antes de ser mulher sou cidadâ e tenho cerebro pensante,nao vou com a galera se vc nao aceita opinioes diferentes da sua o problema é seu,quem sabe concordamos em qualquer outro pist,seja tolerante,e nao adianta mandar link de bulevoador tendeu!!!! Eu penso por mim mesma nao vou pela cabeça d ninguem

      • Thaisa Postado em 05/Sep/2014 às 18:37

        Karina BB: cérebro pensante? Imagino se não tivesse.

      • patricia Postado em 11/Sep/2014 às 08:38

        Vc he uma pessoa horrivel Karina. Vc leu uma reportagen he ja julgou e condenou a garota, e vc he um cerebro pensante sim, so que so pensa merda!!!

    • Ana Postado em 05/Sep/2014 às 18:15

      Lamentável mesmo. Me envergonho de mulheres como essa. Só quem já passou por uma violência sexual, sabe que não é a mesma coisa que ir dar queixa de um roubo. Às vezes levam anos para criar coragem de, sequer, lembrar do que aconteceu.

    • Elaine Postado em 07/Sep/2014 às 09:40

      Pois é, lembram do caso do médico ginecologista que estuprou inúmeras mulheres? A maioria demorou anos para denunciar e ele foi condenado. A demora não aconteceu porque elas são safadas ou não prestam. A demora aconteceu pela vergonha de passar por este processo doloroso. Mas sempre existirão mulheres cretinas e burras como Karina BB para julgá-las. Lamentável, Karina, vc é um ser repugnante!

  5. KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 19:48

    Entao o cara estuprou tres meninas numa universidade nos EUA e nao foi preso ou processado por nenhum deles e vc acha mesmo que se fosse verdade ele nao estaria preso e processado Daniel,nao seja ingenuo

    • Peterson Silva Postado em 04/Sep/2014 às 22:29

      Não sei nem por onde começar. Sua ignorância me enoja.

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 07:53

        Essa Karina é repulsiva, como se em nossa sociedade estupradores fossem exemplarmente punidos, só são na quebrada quando a população descobre, mas o meio judiciário só reforça a impunidade do agressor. Só pq o cara não foi punido quer dizer que ele não estuprou? o que dizer de um ser vivo tão desprezível?

    • Peterson Silva Postado em 04/Sep/2014 às 22:54

      Eduque-se: http://www.bulevoador.com.br/2013/01/evitando-o-estupro/

    • Sara Postado em 05/Sep/2014 às 09:01

      A vítima se sentia só e envergonhada! Ao comentar com alguém de sua confiança descobriu outras vitimas...se reuniram e criaram o movimento. Pra mim faz todo o sentido ela se sentir culpada, só e fraca no primeiro momento. E após refletir sobre sua falta de ação se fortalecer e ir a luta!

      • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 13:18

        IR A LUTA CARREGANDO UM COLCHÃO NAS COSTAS,VCS SABEM MUITO BEM COMO SAO ESSAS FESTAS D UNIVERSIDADE,TANTO NOS EUA QUANTO NO BRASIL,JA DISSE NAO VOU MUDAR MINHA OPINIAO ,PELO Q LI NO PIST A OPINIAO CONTINUA A MESMA,Lamento q muitos d vcs aqui desejem q eu seja estuprada,isso é fundamentalismo ridiculo,e maldade,nao basta dar suas opinioes e aceitar a dos outros !!!!!!!!! ENTAO SE VCS CONVIDAREM UM CARA PRO QUARTO D VCS E ELE COMEREM OS SEUS CUS,A FORÇA,DENUNCIEM PIR FAVOR E NAO DEIXEM PRA LA E UM BELO DIA COLOQUEM UM COLCHAO NAS COSTAS PRA ANDAR POR AÍ ,POIS VCS VAO PERDER A CREDIBILIDADE,PROCUREM A POLICIA Q ENCAMINHARA VCS AO IML PRO EXAME DO CP D DELITO E AO HOSPITAL PRA TOMAREM O COQUETEL ANTI AIDS,E A PILULA DO DIA SEGUINTE ALEM D RECEBER AMPARO PSICOLOGICO,TAH BOM MINHAS AMADINHAS,

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 14:31

        Ela só perde a credibilidadep or causa de pessoas despreziveis como vc, que na minha opinião, deveriam ter sido extintas já no século XIX, desejo só que vc passe pelo que ela passou pra ai ter propriedade para julga-la, só isso.

      • Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 14:33

        Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk raxei...

      • patricia Postado em 11/Sep/2014 às 08:41

        Pelo geito dessa Karina escrever da pra ver que nao passa de louca histeria, vou nem perder meu tempo lendo!

      • Jonas Schlesinger Postado em 13/Sep/2014 às 15:00

        Eitcha lelê... jeito com g aí não.

  6. Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 20:37

    Não acredito que essas palavras vão surgir dos meus dedos mas: eu concordo com a Karina. Essa dona aí quer se aparecer, cadê o nome do acusado? Quem é este? Tá mais fácil essa daí ter estuprado os caras viu. Não caiam na lábia dessa ninfa.

    • Peterson Silva Postado em 04/Sep/2014 às 22:30

      Você é imbecil ou só machista mesmo? Se ela passou por uma AUDIÊNCIA no Campus o processo ocorreu e é óbvio que houve um acusado.

      • Jonas Schlesinger Postado em 04/Sep/2014 às 22:50

        Nenhuma coisa nem outra. Eu percebo a quilômetros que essa história tá mal contada. Como pode um estuprador que nem nome tem andar por aí sem ter sido preso? Essa história me lembra das novelas e mexicanas onde tudo pode acontecer. Se você acredita neste papo então deve acreditar em Papai Noel e Saci Pererê.

      • Peterson Silva Postado em 04/Sep/2014 às 22:53

        Ah tá, entendi. É os dois! :)

      • Silney Costa e Silva Postado em 06/Sep/2014 às 21:12

        Este Jonas é o típico jurado recusado tanto pela defesa como pela acusação...

  7. Daniel Postado em 04/Sep/2014 às 22:49

    Sou obrigado a concordar com você Karina, e vou mais além, essas denúncias contra políticos que depois sempre são absolvidos pela justiça são coisa da imprensa marrom, de pessoas que querem aparecer a base de nossos nobres governates.(Ironia novamente). Conheço várias mulheres machistas, mas sempre ficom impressionado quando me deparo com uma delas. Como pode.

    • KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 23:09

      Daniel ,as leis nos EUA sao muito rigidas pra casos d estupro,se essas 3 tivessem sido estupradas ,assim que tivessem livres do cara elas teriam chamado a policia e feito exame d corpo d delito,ou seja uma pericia ,e tomariam o coquetel anti aids ,mais a pilula do dia seguinye,ou seja,tomado todos os procedimentos,mas elas nao fizeram nada disso e vc vem dizer que tem nojo de mim por eu nao acreditar nessa mulher !!!!!!!ahhh me poupe neh,ela deu o C....porque quis e seculos depois resolveu denunciar ahhhhh se fosse no Brasil com essas leis eu acreditaria ,mas la nos eua kkkkk

    • KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 23:14

      Como disse jonas a historia ta mal contada,,se vc perceber ninguem la acreditou na historia dela,sera que as autoridades estavam todas erradas??? E eram todas machostas tambem ?????encerro esse assunto por aqui

    • KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 23:18

      So pra terminar,acho q ele deve ser o bonitao do campus e pega todas,tanto é que foi convidado pra ir ao quarto OK...essa dai ta kerendo holofote ou vc acha q esse fenomeno d celebridade instantanea so existe no Brasil!!! Se liga,nao ve a kim kardashiam,vazou video transando com um cara e virou celebridade com direito a reality pronto falei

      • Daniel Postado em 04/Sep/2014 às 23:30

        Não tenho nojo de você, apenas me impressiono com a sua forma de pensar. Primeiro que as leis e a justica americana não sao infaliveis. Essa semana dois negros foram considerados inocentes depois de decadas presos. Saiu em todos os lugares. Segundo, mesmo que as três sejam "vagabundas" como você sugere, não merecem ser estupradas. Terceiro, quando você fala que foi ele foi convidado para o quarto, tentabdo justificar, a única coisa que me vem à cabeça é: com que tipo de homens vc se relaciona? Com certeza vc consegue coisa melhor!

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 07:55

        Eu tenho nojo dela sim, do modo de pensar, e dela respirar. Pessoas assim financiam ideologicamente a barbárie que vivemos, vir de uma mulher, só torna mais repulsivo ainda.

  8. KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 23:45

    Daniel,nao seja leviano,primeiro nao chamei nenhuma delas de vagabunda ,segundo nao disse em momento algum q elas mereceram ser estupradas,vc quer causar aqui no PP,leia meus coments e vai ver que eu nao disse essas coisas,tenho minha opiniao,e vc tem a sua ,e daí,nao acredito em tudo que leio ou vejo ,eu tenho cetebro e nao vou ficar aqui jogando pra galera e dizer nosssa coitada dessa menina,nao vou!!! Li e reli o post e tirei minhas conclusoes,nao sou piolho ora ir pela cabeca dos outros

  9. KARINA BB Postado em 04/Sep/2014 às 23:50

    So pra constar ,meu namorado é um homem mto serio .mais velho q eu,um medico competente no rio d janeiro,ele nunca se envolveria com uma mulher desse tipo,por isso eu estou com ele OK ,eu me valorizo ,

    • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 07:56

      Vc é uma machista alienada e não merece se dizer mulher, respeitada? se curvando pro patriarcado? vc não tem o minimo de respeito minha filha, pessoas como vc deveriam renunciar a existir no século XXI, seu tipo de gente pertence a idade média pra sempre.

    • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 07:58

      Eu sendo um homem hetero já me da nojo de vc, imagina se alguma mulher ler isso aqui, vc é uma vergonha pra HUMANIDADE. Homem dizer esse tipo de atrocidade entendo, é facil ser machista e patriarcal sendo homem né, quem sabe o que ele já fez, agora vc, de verdade, só da pra sentir vergonha alheia.

      • Ana Postado em 05/Sep/2014 às 18:20

        Raphael, fico feliz em ver que existem homens como você. Sua mãe te criou como um homem de verdade. O triste é ver que os comentários mais baixos, partem das próprias mulheres.

    • Rafaela Postado em 06/Sep/2014 às 09:10

      Karina, me entristece muito, você como uma mulher dizer: "meu namorado nunca se envolveria com uma mulher desse tipo" e de que tipo é esse homem que entra, mesmo que convidado, no quarto da moça em questão, e usando da força pratica atos sexuais com os quais ela não concorda? isto é estupro, é agressão, é utilizar da força para abuso... Em geral eu respeito a opinião dos outros, mas nesse caso, eu não posso nem sequer considerar a sua , a mulher já sofreu historicamente por este tipo de comportamento para ouvir neste momento uma opinião tão vil de uma mulher.....

  10. Thiago Teixeira Postado em 05/Sep/2014 às 08:36

    Esse site a um longo tempo foi um ponto de encontro de pessoas pragmáticas que gostavam de debater assuntos polêmicos. Agora está tomados por coxinhas, reacionários, modinhas, mulher machista ... meu? Vou ser obrigado a cassar outro rumo. Como podem insinuar que se não denunciou o estupro no dia não deveria mais ter validade a denuncia? É sinal que se não denunciou foi porque gostou? Que a moça quer seu minuto de fama? Que fama essa? Fui estuprada dá ibope a alguém? Parei. Torço para alguém comer a suas bundas dentro vossas casas para realmente entenderem o que uma vítima de violência sexual passa em relação a seu estado emocional.

    • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 08:57

      Thiago teixeira vc ta sendo incoerente,quando tu diz que ela nao denunciou de imediato por vergonha,entao me diga porque ela nao teve vergonha de andar por uma universidade com um colchao nas costas pra explicar como foi q o cara comeu o c...... Dela por tras,tu nao acha que isso é muito mais vergonhoso do que ir a uma delegacia denunciar um estupro,fazer o exame d corpo d delito pra provar q houve violencia (sexo sem consentimento)e todas as outras providencias !??????????tenham suas opinioes e respeitem a minha ,mesmo porque nao vou mudar de ideia certo,continuo t admirando por suas posicoes,apesar de suas ofensas a mim

      • Thiago Teixeira Postado em 05/Sep/2014 às 20:28

        Tá ... entendi AGORA seu ponto de vista. Mas você como mulher, ao meu entender, deveria (ou não, pode ser um machismo de minha parte) ter mais sensibilidade com a causa, fiquei chateado com isso. Mas tudo bem, desculpe se te ofendi, a intensão aqui é debater ideias e quero continuar discutindo com você democraticamente!

    • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 09:04

      Entao todas as autoridades que ela procurou estao erradas??????vcs nao acham estranho ninguem ter dado credito a ela,sera que todos estao sendo injustos,isso foi apenas um post se for a fundo no assunto vcs vao descobrir que nao houve estupro nenhum,pois nem as autoridades e foram varias nao acreditaram nela,o sistema legal nos EUA, é rapido e nao tem essa de responder em liberdade,pois la a constituicao nao diz que todos sao inocentes ate que se prove o contrario,la dependendo do crime é julgado rapidamente

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 14:34

        Quem é vc pra julgar a garota? segundo, considerando o mundo machista que vivemos, com pensamentos IGUAIS ao seu, um estupro pode ser chamado só de ''sexo ruim'' como é na India, então, nao me venha com essa conversinha, relativizar o sofrimento alheio é uma barbaridade por sí só, ninguem se presta ao papel de violada por atenção, vc não entende de nada mesmo filha.

  11. KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 08:50

    Thiago e subversivo,Vou relevar todas essas barbaridades que vcs disseram,ja expliquei o pq da minha conclusao se vcs estao a fim de causar comigo nao vao conseguir,nao vou mudar de opiniao,sou combativa aqui no que diz respeito a liberdades individuais ,direito dos homossexuais,preconceito de todos os tipos eu sempre combato aqui,leia meus coments e vc entendera,acho que nao precisava de tantas ofensas,mas to relevando,eu nao jogo pra galera,nem me deixo manipular,por isso quando leio uma noticia ponho meu cerebro pra funcionar ,analiso e tiro minhas conclusoes sempre tentando ser justa

    • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 14:36

      Ta na hora de estudar bastante então pq se esse é seu limite de senso critico ta faltando MUITO conhecimento para contextualizar e analisar viu, a humanidade só perde com pessoas como vc

  12. Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 09:57

    Em resumo: não houve estupro nenhum. E antes que alguém venha falar merda comigo, vai perder tempo. A CREDIBILIDADE dessa história não me convenceu, pq primeiro ela inventou esse estupro porque é do naipe da Geisi Arruda só pra começar e segundo é muito novelesco o fato do suposto criminoso andar solto por aí. Se querem acreditar nisso meus parabéns (batendo palmas) a televisão aberta já controlou suas mentes. Nelson Rubens é o seu sensei.

  13. Natalia Alencar Postado em 05/Sep/2014 às 10:18

    Cacildis, Karina Eu lamento muito quando vejo a culpabilização da vítima em casos de estupro, mas quando isso parte de outra mulher eu desacredito ainda mais. A falta de empatia nunca cansa de me surpreender. Você acha de vdd que julgamentos de estupro são isentos de falhas pela justiça, qualquer que seja o país? Os números são enormes, boa parte dos casos são trazidos a tona até mesmo anos depois, é o tempo que cada uma tem de superar o trauma e reagir a ele. Isso sem contar quem não denuncia - justamente por não ter coragem de enfrentar a descrença e acusação dos outros, fora conflitos pessoais que o machismo causa como fazer a vítima acreditar que seja culpada pelo ato de alguma forma (quando elas ouvem repetidamente coisas como "mas foi você quem o convidou", "que roupa você estava usando?", etc...). Tudo isso conta, fia. Achei mega corajoso da parte dela transformar o sofrimento em projeto acadêmica, e NUNCA é tarde para acusar o agressor - inclusive porque ele pode continuar agindo (afinal atacou duas garotas antes dela, quem garante que essa será a última). Não desejo que você seja violentada. É um sofrimento e humilhação que ninguém deveria passar. Mas espero que a vida te faça repensar de alguma forma, para que não seja mais uma a engrossar o coro dos acusadores às vítimas. Se quiser ler um pouco mais sobre o assunto: http://escrevalolaescreva.blogspot.com/2014/09/guest-post-numero-de-estupros-ja-supera.html http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2014/08/guest-post-o-feminismo-me-mostrou-que.html? http://escrevalolaescreva.blogspot.com.br/2014/06/guest-post-precisamos-falar-sobre.html =-=-=-= E.T.: Parabéns Raphael, Thiago e Daniel, pelo posicionamento.

    • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 12:26

      Natalia entendo e respeito seu posicionamento e espero q respeite o meu ,pois esses sites d debate,servem pra confrontar diferentes ideias e nao pra que todos concirdem com todos,ou seja cada um tem a sua opiniao e sua visao dos fatos,por exemplo meu namorado so le a VEJA ele é o tgipico reacionario,quer q a policia saia exterminando todo mundo,ele ama a shegerazade vive postando videos dela no face,é contra o mais medicos (ele e medico ) odeia o PT,ele ia votar no aecio mas migrou pra marina so pra tirar o PT do poder ele é judeu e posta videos d elogio a matança de israel,enfim um verdadeiro coxinha,e no entanto a gente se da super bem ,pq eu nao tento mudar a opiniao dele e ele nao tenta mudar a minha,ele vota marina eu voto Dilma TENDEUU !!!77amadinha a gemte tem que aprender a conviver com opinioes diferentes da nossa,,NAO SEJA FUNDAMENTALISTA

    • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 12:32

      Eu nao culpei a vitima,apenas duvido da historia dela,ta muito cheia de furos,parece mesmo uma novela mexicana ,mas se ela realmente foi estuprada,espero que esse cara seja preso e pague por isso com a privacao da liverdade,mas repito nao vou mudar meu pensamento com relacao a isso ta bom ,nao fica chateada comgo,aceite minha opiniao eu t respeito tu me respeita e a gente vai conviver bem aqui no PP,discordando algumas vezes e concordando em outras abrçs

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 14:39

        Ou seja, vc culpou a vitima já que duvidou da veracidade da afirmação dela....acho que vc e seu namorado se dão bem pq se merecem...eu por exemplo não aguentaria respirar o mesmo ar que vc, não sou fundamentalista, mas na defesa das minhas convicções e principalmente da mulher, não abro mão.

    • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 14:47

      Perfeito Natália, eu não tive paciência de responder calmamente tal barbaridade de pensamento, mas, para reforçar nosso posicionamento, por exemplo, cerca de 80% dos estupros se dão por parentes ou conhecidos, aos quais o silencio as vezes só é quebrado depois de anos ou decadas, e sofrem do descredito igualmente, motivados por essa ignorancia e falta de capacidade de compreensão do sofrimento e vergonha do próximo, e é isso que vc não consegue entender Karina, são pessoas como vc, com essa opinião, que fazem a vitima ter medo e vergonha de denunciar, pq sabe que não vão ser compreendidas ou acolhidas, e sim julgadas, questionadas, ainda mais invadidas. Nossa sociedade machista só aceita o estupro se for o ''estupro perfeito'' onde a vítima é pega de supresa, por um desconhecido, no meio da rua, e depois de brutal luta corporal, o estuprador consegue consumar o ato. Pra maioria, e pessoas como vc Karina, se a violencia não se der nesse formato, já pode ser questionada. Isso é um pensamento, no minimo medieval.

      • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 15:04

        Querido SUBVERSIVO NAO FUI EU Q QUESTIONEI PRIMEIRO E SIM AS AUTORIDADES Q ELA PROCUROU,EU SOU TOLERANTE COM AS OPINIOES DIFERENTES DA MINHA,APENAS ISSO,MEU NAMORADO É UM HOMEM MUITO BOM E MTO RESPEITADO,PELAS PESSOAS VCS SAO INTOLERANTES ,FIQUEM COM SUAS OPINIOES JA DISSE NAO VOU MUDAR D OPINIAO,VCS VAO FAZER O QUE!!!! ME TORTURAR E ME AMARRAR NUM POSTE PRA SER LINCHADA !!!Vcs sao uns BARBAROS DESEJANDO Q EU SEJA ESTUPRADA ,VCS SE ACHAM MELHORES DO Q EU ??? HAHAHAHA, VAO CAÇAR O Q FAZER AO INVES D FICAR AMEACANDO PESSOAS QUE NAO TEM A MESMA OPINIAO OK

      • KARINA BB Postado em 05/Sep/2014 às 15:11

        AHHHH MEDIEBAL É VC QUE PELA TERCEIRA VEZ AQUI DIZ QUE QUERIA Q EU FOSSE ESTUPRADA,NA VERDADE TOMARA QUE ELE ESTUPRE VC PRA TU APRENDER A RESPEITAR A OPINIAO DOS OUTROS E FAZER AQUI UM DEBATE SADIO OK VC NAO VAI ME INTIMIDAR COM ESSAS PRESSOES E AMEAÇAS

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 16:16

        Não te ameacei Karina, que eu saiba imaginar o mal ou bem pra alguem não configura nada do tipo, e mesmo assim não foi na intenção sádica de prazer em sua desgraça que lhe ''desejei'' o mal(na verdade, nem isso te desejo, não tenho nenhum motivo particular para querer que vc passe por algum sofrimento) e sim que se vc não consegue se colocar no lugar do proximo, vc estando de fato no lugar dela talvez pudesse entender melhor o sofrimento que isso tudo é, e que pessoas como vc só agrava. De qualquer forma, vc ainda continua com um pensamento barbaro e medieval, mas do jeito que vc escreve vc parece uma pessoa desprovida de conhecimento, baseando suas ideias em senso comum, sem contextualizar, mal conseguindo se expressar. Vc é um tipo de pessoa repulsiva, ainda assim, acho que é por pura ignorância e não malicia. Não vou discutir mais com vc, fique em paz e estude sobre o assunto.

      • raphael_subversivo Postado em 05/Sep/2014 às 16:18

        Na verdade Karina, vc parece uma criança escrevendo, vc é maior de idade né? se não, acredito que seu problema é só infantilidade.

  14. Danila Postado em 05/Sep/2014 às 11:12

    Sem entrar na questão dela ter sido ou não estuprada... acho que existem formas muito mais inteligentes e impactantes de protestar. Carregar esse colchão está sendo uma piada, e está tirando a credibilidade de sua denúncia.

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 05/Sep/2014 às 16:32

      Discordo,é uma bela forma de protesto,qual seria uma forma mais eficaz? Gritar,esmurrar,espernear? Uma moça carregando um colchão chama bastante atenção e quando perguntarem porque ela vai responder.

  15. Danila Postado em 05/Sep/2014 às 17:29

    Felipe não pensei em gritos e esperneios como forma eficaz de protesto. Mas isso de carregar colchão também não está dando certo. Fica claro pela reportagem que ninguém está levando ela a sério.

  16. Laura Postado em 05/Sep/2014 às 17:43

    Karina, você não sabe escrever. Por favor, pare! É cansativo.

  17. Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 17:50

    Eu digo e repito que ela é do perfil da Geisi Arruda ou dessas subcelebridades que querem chamar atenção.

    • Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 18:24

      Ou do naipe da Andressa Urach, Babi Rossi, Dani Bolina, Karina Bacchi e muitas outras subcelebridades que apareceram...

      • Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 18:31

        Tem homens subcelebridades tbm. Começando pelo Jean Wyllys, aquele cara do Lepo Lepo, Matheus Verdelho, Seginho do bbb, e mais um punhado desses babacas que surgiram de um reality show.

      • Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 18:34

        O BBB e a Fazenda é o ninho de sub celebridades. Claro que teve uma como a Geisi Arruda que surgiu do nada, teve 15 minutos de fama igual o carinha que disse ter visto o corpo do Eduardo Campos. Essa gente não contribui nem 0,1% pra nossa cultura. A garota aí do artigo só quer ser famosa da forma mais mirabolante que vier. Foi estuprada pelo homem invisível.

    • Silney Costa e Silva Postado em 06/Sep/2014 às 21:25

      Cara você existe mesmo ? Pensei que foram extintos ainda na idade do bronze.

  18. Anne Postado em 05/Sep/2014 às 18:14

    Eu não sei o que é pior: a culpabilização de uma vítima de estupro partindo de uma mulher ou vários homens acharem que desejar que ela mesma seja estuprada é uma crítica cabível. Karina, uma pessoa como você, que já perdeu tanto tempo nesse post repetindo ad infinitum que as opiniões individuais devem ser respeitadas, precisa entender que num debate as opiniões são passíveis de crítica. Responder a sua opinião, ainda que refutando-a, é uma forma de respeitá-la. Uma forma de desrespeitar sua opinião seria, por exemplo, ignorando-a como algo baixo, menor, sequer passível de atenção. Diferente disso, aqui vemos que muitas pessoas deram atenção a sua opinião, uns de forma mais agressiva e outros de forma mais educada. Agora, você pode continuar o debate a partir dos contra-argumentos que foram lançados, ou você pode continuar repetindo os mesmos argumentos iniciais como se fosse incapaz de raciocinar. Se é sua opinião que a garota está mentindo, não vejo exatamento um problema. Na verdade, essa é uma hipótese que precisa estar em jogo sempre que qualquer um, sob qualquer acusação, se veja na qualidade de acusado/suspeito. Mas analisando os seus comentários, isso que você chama de "sua opinião" foi colocado de forma muito agressiva, incorreta, incoerente e machista. Em muitos momentos você faz afirmações categóricas sobre o que deve ter acontecido, isso não é o mesmo que opinar. Ainda, mesmo que devamos considerar a hipótese dela estar mentindo, é preciso levar a sério uma acusação de estupro, é preciso ter o mínimo de solidariedade. Por todo o dilema que uma garota vive para ter a coragem de acusar, por toda a culpa que normalmente recai sobre quem faz a acusação, por todos os procedimentos falhos na investigação e apuração dos fatos, e por todas as mulheres estupradas que nunca tiveram a chance de ver seus estupradores punidos devido a isso tudo.

    • Gisa Postado em 06/Sep/2014 às 16:49

      Muito lúcido teu comentário. Obviamente podem existir casos em que alguém faça uma acusação falsa, mas todAs nós sabemos a violência que sofremos diariamente. A possibilidade de alguém mentir a respeito disso me parece muito baixa. A demora em denunciar é totalmente compreensível, muitas não chegariam nunca a denunciar. O que não me admira é a postura da universidade, os EUA é um país extremamente preconceituoso e certamente o pacote de preconceitos deve ser dos mais diversos. Enfim, tens toda a razão. Uma opinião é dizer, que talvez a pessoa não esteja falando a verdade (mas mesmo nisso existe um posicionamento que tira a credibilidade da vítima). Ou seja, Opinião é bem diferente de fazer uso da sua liberdade de expressão pra continuar oprimindo...para reforçar um preconceito. Por isso eu acho que deveria ter uma regulação dos meios de comunicação, incluso o uso que se faz da internet...mas enfim...

  19. Gisa Postado em 05/Sep/2014 às 19:19

    Karina tra la la la e Jonas qualquer coisa, estudo muito sobre perfis como os vossos nas aulas de psicopatologia. Mas sempre me assusto quando "vejo" perto de mim ou dos meios nos quais circulo (mesmo virtuais). Vocês são um desserviço pra humanidade. Nem vou debater o resto porque pra antisocial não há remédio. Perversos.

    • Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 19:55

      Kkkk "Jonas qualquer coisa?" É esse tipo de tropeço que tira toda credibilidade de um comentário por completo kk

      • Gisa Postado em 06/Sep/2014 às 16:42

        Querido, pra mim você é um amontoado de qualquer coisa, sem cérebro. Certamente você significa algo pra alguém (ou não, não me importo), mas os teus comentários me fazem sentir pena de qualquer pessoa que tenha que vir a conviver contigo. Talvez tu não sejas um perverso, mas tuas opiniões beiram a perversão, pois apoiam atos perversos. Eu não ligo a mínima se para você meu comentário tem credibilidade ou não (assim como talvez tu não ligue também), mesmo assim, não ficaria bem com a minha consciência se não dissesse que considero um grande desserviço pra humanidade uma pessoa como você existir (minha opinião). É o que tu me despertas, mesmo sem te conhecer... e imagino que isso também seja despertado por mais pessoas que leem teus comentários (não só aqui, mas em outras postagens), mesmo assim te desejo sorte, vai que um dia algo impressionante aconteça na tua vida e te faça ter um pouco mais de empatia pelo próximo. Abraços aí.

      • Jonas Schlesinger Postado em 06/Sep/2014 às 17:40

        Ok aprendiz de psicopatologista. A simploriedade mórbida deveria ser considerada uma patologia mental já que tem nego que acredita nessas bobagens de sub celebridades. Um abraço.

      • Jonas Schlesinger Postado em 06/Sep/2014 às 17:41

        E se for pra dizer a mesma coisa "vc é um amontoado de qualquer coisa e blablabla" nem se dê ao trabalho. Vá assistir a globo que é a tua cara...

      • Jonas Schlesinger Postado em 06/Sep/2014 às 17:48

        Eu apoiar atos perversos? Se realmente ela foi estuprada que o bandido seja preso e que passe o resto da vida preso. Agora andar com um colchão nas costas feito um mendigo aí já é demais. Se eu visse essa garota na minha frente eu arrancava esse colchão dela e ainda dizia pra ela se mancar e ir pra delegacia. SE NENHUMA AUTORIDADE NÃO DEU TRELA PRA ELA É PQ TODAS AS AUTORIDADES ESTÃO DO LADO DO VAGABUNDO? NÃO. PQ A VERSÃO QUE ELA FALOU NÃO TEM FUNDAMENTO, PORTANTO VENDO POR UM LADO CRÍTICO E RACIONAL NÃO HOUVE ESTUPRO. ELA É DIGAMOS E REPITO, A GEISI ARRUDA DOS EUA.

  20. Alessandro Postado em 05/Sep/2014 às 21:24

    É uma mulher cuspir a palavra "E" que as feministas enlouquecem e perdem a noção dos fatos. Uma adolescente imatura transa e se arrepende, daí inventa um estupro. Lá nos Estados Unidos isso é epidemia, os policiais recusaram o caso dela não estavam sendo insensíveis, mas porque perceberam que se tratava de mais um caso de falso estupro como dezenas de outros que sem dúvida já viram.

    • SORAIA Postado em 07/Sep/2014 às 10:27

      Ja ouvi falar disso tambem,os EUA sempre lançando modinhas

  21. schw Postado em 07/Sep/2014 às 03:21

    A demora na denúncia decorre da Síndrome do Panico Pós-Traumático. Quando soldados demoram a falar sobre as experiencias traumáticas que viveram na frente de combate, ninguém questiona ou acha que eles estão "querendo aparecer" (embora algumas pessoas minimizem o impacto da experiencia). É exatamente por causa de reações como essa que os estupradores consideram que tem um passe livre.

    • SORAIA Postado em 07/Sep/2014 às 10:25

      SCHW,no tempo do ronca as mulheres tinham vergonha ate d comprar absorventes mas no mundo atual realmente ela se expos mais carregando o tal colchao do que indo a uma DP pra relatar o ocorrido,e como ja disseram aqui existe todo um procedimento de exame pericial,coquetel anti aids ,bom essas coisas..pq sem as provas periciais nao ha como condenar esse rapaz,seria a palavra de um contra a do outro,mesmo q seja verdade,,,,ja era,,,