Redação Pragmatismo
Compartilhar
Eleições 2014 01/Sep/2014 às 21:21
59
Comentários

Dilma e Marina protagonizam debate do SBT

Dilma Rousseff e Marina Silva polarizam debate entre presidenciáveis no SBT. Aécio Neves se apequena e já é encarado como a terceira força

dilma marina debate sbt
Debate do SBT entre presidenciáveis foi marcado por polarização entre Dilma e Marina (Imagem: Pragmatismo Político)

Igor Carvalho, Fórum

Nesta segunda-feira (1), aconteceu mais um debate entre os presidenciáveis, promovido pelo SBT, em parceria com a Jovem Pan, Folha de S. Paulo e UOL. Participaram do confronto a presidenta e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT), Marina Silva (PSB), Aécio Neves (PSDB), Luciana Genro (PSOL), Levy Fidélix (PRTB), Eduardo Jorge (PV) e Everaldo (PSC). O debate foi dividido em cinco blocos. Intercaladamente, candidatos foram perguntados por seus oponentes no pleito eleitoral e, depois, questionados por jornalistas.

Primeiro bloco

Dilma Rousseff perguntou para Marina Silva onde ela irá arranjar os recursos para financiar suas promessas de campanha. A candidata do PSB citou o “desperdício muito grande dos recursos públicos, inclusive em projetos que estão desencontrados.” Insatisfeita com a resposta, Dilma ironizou a ambientalista: “A senhora falou, falou, mas não respondeu a pergunta de onde vem o dinheiro.”

Eduardo Jorge perguntou à Dilma sobre o sistema penitenciário, que classificou como “barbárie”. Dilma concordou com o termo empregado pelo candidato do PV e falou que seu governo disponibilizou R$ 1 bilhão para a construção de novos presídios, mas “os governos estaduais têm encontrado dificuldades em instalar essas penitenciárias, uma vez que os municípios muitas vezes não querem ter uma penitenciária no seu território”.

Luciana Genro questionou Aécio Neves se a desvinculação do salario mínimo do reajuste dos aposentados aproxima PSDB e PT. O tucano respondeu: “Agora é importante, candidata, que nós reconheçamos o caminho que percorremos para chegar até aqui. A senhora certamente concordará comigo que o Brasil de hoje é um Brasil melhor do que era há quinze ou vinte anos atrás, e este Brasil veio sendo construído com a responsabilidade e o trabalho de vários homens públicos e de vários partidos”.

A candidata do PSOL respondeu Aécio Neves em sua réplica. “O PSOL defende o fim do fator previdenciário e a revinculação do reajuste dos aposentados com salário mínimo. É inaceitável que o cidadão se aposente ganhando três salários mínimos e em poucos anos esteja ganhando apenas um. É preciso valorizar aqueles que trabalharam pelo Brasil”, afirmou.

Economia foi o tema da pergunta de Aécio Neves para Eduardo Jorge (PV). O tucano quis saber se o PT falhou no setor durante seus doze anos. “Sim, e esse é o legado que vai ser deixado para quem vai sucedê-lo. No nosso ponto de vista do PV, ao contrário da maioria dos candidatos aqui, os três do G 3, nós não concordamos que esse controle da inflação tenha que ser feito pela bolsa Selic”, respondeu.

Segundo bloco

O jornalista Fernando Rodrigues, do UOL, questionou Marina Silva se a ideia de “nova política”, difundida por ela, não contrasta com a cláusula de fidelidade que proíbe que seja revelada as empresas que contrataram a ambientalista para palestras que lhe renderam R$ 1,6 milhão nos últimos três anos.

Marina afirmou que separa a vida privada da pública e que não se importa que seja revelada quais foram as empresas que a contrataram. A candidata informou que chegou a dar 200 palestras gratuitas por conta de sua militância socioambiental.

Fernando Canzian, da Folha de S. Paulo, perguntou à Dilma sobre economia e quis saber se, depois de quatro anos, ela acha que o eleitor é incapaz de reconhecer as qualidades de seu governo, já que, segundo a última pesquisa do Datafolha, ela perde para Marina Silva no segundo turno.

“Eu considero que a queda na atividade econômica que nós estamos vivenciando é momentânea. Menos dias úteis e prolongamento da crise econômica têm um grande impacto. O mercado consumidor aumenta por conta do emprego e por conta do aumento de salários”, afirmou a presidenta.

Kennedy Alencar, do SBT, quis saber se o PSDB é conivente com a corrupção, lembrando uma série de casos em que o partido esteve envolvido em escândalos políticos sem ser penalizado, como o “trensalão tucano”, em São Paulo, o “mensalão tucano”, em Minas Gerais, e o caso de compra de votos para a reeleição no governo Fernando Henrique (PSDB).

Aécio não respondeu sobre os motivos para que os casos tenham sido investigados e preferiu atacar os petistas. “No caso do PT, houve uma condenação pela maior corte brasileira e, não que nós torcêssemos por isso, mas é uma condenação que tem que ser respeitada e a reação, na verdade, do PT não ajuda ao sentimento e ao entendimento, principalmente das novas gerações, de que existe uma mesma justiça para todos”, disse.

A presidenta Dilma apontou mecanismos que permitiram, segundo ela, ampliar a investigação de casos de corrupção. “A Polícia Federal promoveu 162 operações de combate à corrupção, lavagem de dinheiro, e crime financeiro. Também no governo meu e do presidente Lula, a CGU ganhou status de ministério”, ressaltou.

Levy Fidelix se irritou quando foi perguntado, por Kennedy Alencar, se seu partido seria uma legenda de aluguel e que viveria de negociar candidaturas e atacou o jornalista. “Agora você, que é típico representante dessa mídia vendida, essa mídia que ataca, essa mídia exatamente que coloca a gente nas pesquisas lá embaixo, porque são pesquisas não testadas, não provadas, nem registradas, são apenas protocolizadas, é sim de aluguel, você se comporta como tal e alguns outros da própria mídia”. Em seguida, afirmou que Eduardo Jorge concordaria com ele.

Obrigado pelo regulamento a comentar a resposta de Fidelix, o candidato do PV arrancou risos e aplausos dos convidados e jornalistas. “Eu não tenho nada a ver com isso”, afirmou Jorge.

Terceiro bloco

Dilma abriu o bloco perguntando a Marina sobre a pouca atenção dada pela candidata do PSB ao pré-sal em seu programa de governo. “É preciso ir para onde a bola vai estar. E, na verdade, o mundo inteiro está numa corrida na busca de novas fontes de energia, que o Brasil é campeão, tem um grande potencial de geração de biomassa, de energia eólica, solar, inclusive negligenciadas durante o seu governo”, afirmou a ambientalista.

“Tu és a segunda via do PSDB?”, perguntou Luciana Genro a Marina Silva. Acuada, a ambientalista gaguejou, mas não negou a ligação programática com os tucanos. “Nós reconhecemos que a estabilidade econômica foi uma conquista da sociedade brasileira, que infelizmente foi negligenciada no governo da presidente Dilma”, respondeu a candidata do PSB, que tentou demonstrar ligação também com o governo petista, citando as “conquistas sociais do governo Lula”.

Marina quis saber de Dilma o que teria dado errado em seu governo, já que três em cada cinco famílias estão endividadas no Brasil. Sucinta, a presidenta afirmou que, em seu governo, foram tiradas 36 milhões de pessoas da pobreza e levadas 42 milhões de pessoas à classe média.

Já no final do bloco, Aécio quis saber se Dilma considera que Segurança Pública é de responsabilidade do governo federal. “Candidato, acho que você tem memória fraca. O governo federal deu um apoio financeiro para Minas Gerais criar 5668 vagas em quinze presídios, como Uberlândia, Ribeirão das Neves, Pará de Minas e Lavras”, respondeu a petista, lembrando os repasses feitos pela União ao estado governado pelo tucano.

Recomendados para você

Comentários

  1. Thiago Postado em 01/Sep/2014 às 22:22

    Se for pro segundo turno, acho muito difícil a Dilma ganhar. Isso pq em geral os eleitores do Aécio não votam no PT de jeito nenhum, de modo que os votos dele irão pra Marina. Precisaria acontecer uma reviravolta muito grande.

    • poliana Postado em 01/Sep/2014 às 22:26

      essa sempre foi a minha preocupação thiago. a única coisa q poderia acontecer, é marina perder votos caso a poeira baixe em torno desse fenômeno q ela vem sendo apontada...aí sim muitos dos eleitores dela migrariam pra dilma como ocorreu em 2010. marineiro ainda vota em dilma e no pt, mais os tucanos, JAMAIS! é algo preocupante sim.

      • Jonas Schlesinger Postado em 01/Sep/2014 às 22:43

        Vc tem razão. Se a Dilma quiser ganhar vai ter que angariar esses votos logo no primeiro turno pq se deixar pra depois vai ser quase impossível vencer. Entretanto enquanto nossa presidenta debater no gaguejo, vai ser difícil. Eu vi a cara dela enquanto os outros a criticavam, cara fechada. Poli a boa oratória consegue a persuasão. A Dilma não tá conseguindo debater sem gaguejar e não olha direto pra câmera. Isso dificulta muito pq esses que votam na marina vão continuar desconfiando da capacidade que a presidente tem. Vejo esse fraquejo nela.

      • Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 01:55

        Verdade Poli. É absolutamente necessário que a Dilma volte a liderar as pesquisas com alguma margem de, por exemplo, 5% para termos alguma chance no segundo turno. Agora veremos qual é o grau de consistência do voto destes eleitores que migraram pra Marina Silva em tão pouco tempo, antes mesmo de saber quais eram as suas reais propostas de governo. Faltam 35 dias...haja coração! Vai ser preciso ter nervos de aço!

      • Cauê Postado em 02/Sep/2014 às 08:39

        Concordaria com vocês dois. Mas, para contribuir, leem isto: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/por-que-a-direita-teme-que-marina-seja-um-novo-janio/

      • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 09:17

        Poliana, a verdade é que a Marina vai continuar subindo e subindo! Não duvido que ela passe o 1º turno em 1º lugar! Depois quem vota em tucano, não vota em Lula! Vejo a Marina ganhando com louvor! Se o Brasil vai para frente ou para trás é outra história, mas pelo menos o Brasileiro vai aprender por bem ou por mal que o seu voto faz diferença sim para destino deste país! Quem sabe começa a separar politica de futebol!

    • [email protected] Postado em 01/Sep/2014 às 23:58

      eu voto nulo ,não voto nem na marina e nem dilma

    • Rogerio Postado em 02/Sep/2014 às 07:40

      Dilma se reelege se o Aécio passar a Marina.

      • rafael Postado em 02/Sep/2014 às 09:18

        A Marina é uma pessoa do Bem! A onda Marina Cresce e ela vai para o segundo turno e ganha de Dilma facilmente!

      • Luis Postado em 02/Sep/2014 às 09:52

        Aecio tem que voltar!

      • O ateu Postado em 02/Sep/2014 às 10:40

        Luis, aécio nunca foi presidente, então ele n pode "voltar", Rafael, a Marina é o Janio quadros,o collor de mello de saias, fora que bastaram quatro tuittes do Malafaia pra faze-la mudar de ideia.

      • Maria Aparecida Postado em 02/Sep/2014 às 11:13

        Sr. Rafael, o senhor precisa não ver os debates, mas sim, pelo menos assisti-los! Neste debate do SBT ficou claro a falta de consistência da candidata Marina! Se as pessoas estão com intenção de votar nela é por que a conhecem pela imagem que ela criou quando estava no PT a frente do ministério do meio ambiente! A máscara dela já caiu! Ela fala em abandonar o pré-sal! Por trás da campanha dela está uma herdeira do Banco Itaú! Quer dar autonomia ao Banco Central para cobrar os juros que quiser! Se tivermos uma presidente como esta tal Marina, correremos o risco de perder a Petrobrás! Fico só imaginando a privatização da Petrobrás, vamos ter que engolir os gringos explorando nosso petróleo! Ela fala em liberar as terceirizações! Terceirização é sinônimo de corrupção e exploração do trabalho!... A tal Marina teve até que admitir que seu programa de governo se assemelha muito com o programa do PSDB!!! Afinal que mudança é essa!!! Peço a todos um pouco mais de esforço para reconhecer que Dilma foi muito bem no debate! A Dilma soube colocar os feitos de seu governo. Cconcordo que em oratória ela fica a desejar, mas desde quando um bom governo é feito de oratória!!! Um abraço!

      • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 17:19

        Maria Aparecida... Até parece que a Petrobras é nossa!huehuehue!!! A 13º maior empresa petrolífera do mundo e temos umas das gasolinas mais caras! Vendemos gasolina para a Argentina de melhor qualidade e eles ainda tem a pachorra de ter uma gasolina mais em conta! Sem contar que sou TOTALMENTE a favor de privatizar empresas que não estejam vinculadas a Transporte, Segurança e Educação que na minha opinião, é a unica coisa que o estado tem que oferecer!(Obs: Transporte tem que ser cobrado apenas depreciação+gasolina+mão de obra). Quanto menor o Estado,melhor a economia!

      • Maria Aparecida Postado em 02/Sep/2014 às 19:48

        Sim, Sr. Rafael, a Petrobrás é nooooossaaaaaa!!! Se a gasolina é de mais qualidade então tem que ser cara! Ao povo eleitor que estiver interessado em mais justiça e qualidade de vida não pode estar a favor do Estado mínimo! O governo que instaurar o Estado mínimo será engolido por empresários, banqueiros e especuladores que só pensam em lucrar e explorar o trabalho. Um abraço!

    • André FLN Postado em 02/Sep/2014 às 21:09

      Vocês acreditam nas pesquisar???? hahaha

  2. Jonas Schlesinger Postado em 01/Sep/2014 às 22:29

    Mas ninguém fala do que é realmente necessário. Ninguém fala em como diminuir a corrupção do Brasil, ninguém fala como irá acabar realmente com a insegurança pública, ninguém fala como dar uma melhor educação, ninguém fala como os hospitais e serviços de saúde podem melhorar. A saúde não melhorou, ela ficou menos pior. Tudo no brasil ficou menos pior, mas melhorar nada. Todos os candidatos usam do ataque e se esquecem de expor propostas. Bom, que tal que ao invés de debater temas como aborto, casamento gay ou liberação da maconha, falassem sobre a melhoria da qualidade de vida dos periféricos? A periferia das cidades está igual a Africa no que diz IDH, mas nas poucas partes nobres o IDH é de país europeu. PRECISA-SE DEBATER ASSUNTOS BÁSICOS PARA UM CIDADÃO VIVER COM QUALIDADE. Ps: A Dilma gagueja pra car@#%

    • Fernanda Postado em 01/Sep/2014 às 23:45

      Eles não têm projetos .

    • Fernanda Postado em 01/Sep/2014 às 23:47

      E daí que Dilma gagueja.De políticos que discursam bem o inferno está cheio.

    • Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 01:47

      Me desculpe Jonas, mas discordo de você quanto a questão do combate a corrupção. O Aécio chegou a ficar desnorteado! A Dilma disse que investiu na PF e na CGU, Lei de transparência, Lei Anti-corrupção, etc, etc e não varreu desvios para debaixo do tapete, nem nomeou um Engavetador Geral da República como FHC. E o Aécio no afã de tentar atacar a Dilma acabou elogiando a PF que é subordinada ao próprio governo. Hehehe!

      • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 09:21

        É verdade Onda! Mas a mesma sempre ta enroscada em um monte de tramóias da Petrobras! Nunca saberão a verdadeira participação que ela teve no esquema da refinaria!

      • Maria Aparecida Postado em 02/Sep/2014 às 11:17

        Rafael, Espero que mais nenhum petista seja condenado e preso sem provas e até com o acusador desmentindo a acusação, como foram José Genoíno, José Dirceu e Delúbio Soares. Um abraço!

      • Jonas Schlesinger Postado em 02/Sep/2014 às 16:03

        Onda o problema do brasil é que a corrupção só começa a ser combatida quando a bomba explode. Não era isso que eu queria dizer no meu comentário anterior. Eu queria dizer que um projeto para diminuir a corrupção antes dela ser feita. Olha o e exemplo da Suécia, pq o brasil não adota esses exemplos para melhorar a situação do país? Só falácia.

    • Robson Lopes Postado em 02/Sep/2014 às 12:20

      Se ficou menos pior, é porque realmente estava muito ruim, não dá para pular de um indicador péssimo para ótimo, principalmente quando estão tentando boicotar, como no caso da extinção da CPMF. Ainda tem muito a se fazer, mas seu comentário, apesar de parecer uma crítica, é um elogio.

  3. Rodrigo Mitraud Postado em 01/Sep/2014 às 22:50

    Thiago. Respeito seu comentário, inclusive acreditando no que se refere a não transferência de voto. Também penso assim, mas em relação ao pessedebista original e não os que votam em momentos favoráveis. Entretanto, quanto mais assisto a esses debates, mais fico convicto da fragilidade da nossa oposição. Veja que a Dilma é, digamos, inábil nos debates. Mas, também veja que ela é uma das únicas a realmente apresentar propostas e falar de realizações. Aliás, o Aécio fala de realizações em Minas que não se sustentam a uma simples conferência. O resto é crítica em cima de crítica, sem mostrar nenhuma proposta real. A Marina, coitada, um dia diz uma coisa e em outro desdiz. Vai ceder aos fatos e mostrar sua fragilidade, sua subida no muro, seu discurso sem posição, oportunista. Pra te dizer a verdade, excetuando a Dilma, que apresenta propostas, de forma atabalhoada, mas que demonstra saber do que está falando, apenas o Eduardo Jorge tem se esforçado em demonstrar novas propostas e é por isso que tem chamado a atenção. De resto, caro Thiago, penso que a Dilma, com toda dificuldade discursiva, vai passar o trator por essa fraquíssima oposição.

  4. Gabriel Postado em 01/Sep/2014 às 23:23

    “Eu não tenho nada a ver com isso” a melhor parte de todo o debate!

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 07:55

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Eu passei mal de tanto rir!!!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    • Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 07:57

      Gabriel essa frase Eduardo Jorge é até "engraçadinha", mas a pergunta do jornalista Kennedy Alencar dirigida ao Levy Fidélix(PRTB) também se aplicava ao PV. Afinal, o partido também serve barriga de aluguel e negocia tempos de TV, tanto que abrigou a Marina Silva e já apoiou o tucano Geraldo Alckmin em São Paulo....

  5. Paulo henrique jurgensen Postado em 01/Sep/2014 às 23:34

    Vão brincando com fogo, depois que Malafaia virar ministro quero ver o que vcs vão dizer.

  6. Carlos Villas-Bôas Postado em 02/Sep/2014 às 00:20

    A Dilma não é uma boa oradora, não tem jeito com público - isso já é sabido. Discurso está longe de ser um 'arma' para ela. Por outro lado, é a candidata a ser batida. Os adversários não têm satisfações a dar. A Dilma é a presidente do País, ela é quem tem que dar explicações sobre a situação do Brasil. E nisso ela não é a pessoa indicada. Ela se aborrece, não tem paciência e, se bobear, se atrapalha. Mas, mesmo assim, é quem está, no final das contas, se saindo melhor. Tem apresentado propostas, ideias concretas e mostrado alguma convicção nas palavras (às vezes trêmulas e gaguejadas).

  7. joão Postado em 02/Sep/2014 às 00:57

    Continuo tentando... Boa noite. Gostaria de perguntar aos que questionam as pesquisas: Em 2010 as pesquisas do Ibope e da Datafolha acertaram a vitória de Dilma no segundo turno. Por que motivo estariam erradas agora em 2014 indicando a vitória de Marina Silva? Antes de me taxarem de "coxinha" ou "tucano" gostaria de reforçar que é somente uma pergunta. Fiz esse questionamento no facebook do Pragmatismo Político e no site anteriormente, porém ninguém comentou. E mais, se as pesquisas de 2014 são compradas, as de 2010, que apontavam a vitória da Dilma, também podem ter sido, correto? Minha intenção aqui é tentar entender o porquê dos fortes questionamentos aos resultados das pesquisas. Obrigado.

    • Cruz Postado em 02/Sep/2014 às 01:25

      João, da mesma forma que, quando a economia vai bem, o mérito é do governo, e quando a economia vai mal, a culpa é da crise de longos 6 anos atrás, tratada como "marolinha". Quando a pesquisa é a favor, é legítima. Quando é contrária, tem algo de errado. Sempre.

    • Ives Silva Postado em 02/Sep/2014 às 08:01

      João, quem questionou as pesquisas foi Levy Fidelix. Não vejo ninguém, neste canal, questionando a veracidade das pesquisas. Talvez por isso você tenha ficado no vácuo.

    • Maria Aparecida Postado em 02/Sep/2014 às 10:32

      Oi João, não sei se você ficou informado, mas as pesquisas de 2010, que apontavam a vitória de Dilma no segundo turno, não foram divulgadas, e foi com a maior cara de pau que os intitutos declararam que não estavam informando o resultado das pesquisas para não desanimar quem iria votar no Serra!!! Aqui ninguém está afirmando que as pesquisas, que estão apontando o crescimento de Marina, estão erradas, mas podemos ter certeza que sempre existirá manipulação de resultados das pesquisas de alguma maneira! Um abraço!

      • João Postado em 03/Sep/2014 às 00:01

        Ives, os leitores do site questionaram muito as pesquisas. Basta olhares os comentários feitos nas matérias (sobre as pesquisas) aqui do pragmatismo político e verás. Acredito que eu tenha "ficado no vácuo" pois as pessoas não têm como explicar isso. Maria Aparecida, estás equivocada. As pesquisas foram divulgadas sim. Inclusive no G1 e em outros sites de grande acesso. Basta pesquisar no google, pois ainda estão lá. Está escrito claramente "Dilma teria 45% e Serra, 38%, segundo o Ibope". De qualquer forma: Cruz, Ives e Maria Aparecida, muito obrigado pelos comentários feitos até aqui.

  8. Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 01:37

    No debate do SBT, agora a pouco, a Marina Silva ao invés de posicionar ficou, novamente, em cima do muro, e propôs um plebiscito para o aborto e para a regularização do uso das drogas. Mas já sabemos que o Silas Malacheia vai enviar um twitter pra a candidata “sem personalidade” EXIGINDO que ela #volteatrás e desminta essa proposta em no máximo 48 HORAS. Afinal, ele é pastor "dono" da Assembleia de Deus, denominação que ela frequenta. Não é mesmo? Hehehe!

    • Josiane Postado em 02/Sep/2014 às 10:47

      Acho que assistimos outro debate, Marina é a única aliás que é direta em suas respostas, uma pessoa equilibrada e sensata. Quanto ao Silas é um oportunista que sempre detonou Marina Silva exatamente por ser coerente com estas questões, duvido que ela dê atenção ao Silas que aliás apoia o Pr. Everaldo. Se informe antes de digitar coisas que desconhece, Silas não é dono da Assembleia de Deus nem Marina é membro da igreja do Silas (Vitória em Cristo). O presidente da convenção das Assembleias de Deus no Brasil é José Wellington Bezerra da Costa que sempre apoiou o PSDB. As Assembleias de Deus de nome no Brasil são Belém e Madureira, não distorça informações para que os menos informados acreditem. Silas há muito tempo não faz parte da Assembleia de Deus por isso abriu sua própria Vitória em Cristo. Agora o quesito principal para governar o Brasil e privilegiar o LGBT? Penso que quem governa deve lutar pelo bem estar de todos os brasileiros, assim como a candidata do PSOL disse ser um absurdo o ensino Criacionismo nas escolas, acho um absurdo beneficiar um grupo acima dos outros cidadãos.

      • Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 16:34

        Josiane, a Marina é a única aliás que é direta em suas respostas? Sabe de nada, inocente! Aqui está um belo exemplo do embromation da Maria Silva(PSB): Via facebook De Clézio de Lacerda "Marina Silva no Supermercado: - Crédito ou débito? - Nenhum dos dois. Vamos parar com os rótulos. Vamos parar de achar que tem que ser crédito ou débito. A verdade não está nem no débito, nem no crédito - está entre ambos. Precisamos parar com isso, precisamos buscar uma nova via, uma nova forma de pagamento. Por que teria que escolher entre crédito e débito? Posso escolher ambos, ou nenhum. Posso escolher o melhor de cada um deles, ou nenhum. Precisamos ter visão estratégica para buscar uma saída." Hehehe! E obrigado pela "aula" de religião, sem ironia! Outra coisa! Não tenho dúvidas que é sim dever do Estado e seus governantes proteger minorias já tão discriminadas em nosso país. E os LGBT's são SIM um destes grupos que DEVEM ter seus direitos civis respeitados e ampliados como qualquer cidadão. Aliás, foi esse o espírito da histórica decisão do STF ao reconhecer a união civil de casais homoafetivos. Sou hétero e me importo com os direitos de meus semelhantes. Não a discriminação!

  9. Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 01:59

    Marina é a própria “negação” da política enquanto “arte de solução de conflitos” numa sociedade que se quer civilizada, mas bem lá no fundo d’alma todos sabemos que, por mais que nos provoque “asco” e “revolta”, sem a política com “P” maiúsculo não há solução à vista que agrade e harmonize a todos. Fora disso é a barbárie! É ditadura! É o que nos ensina a Ciência Política. Ok? Todos nós temos críticas aos partidos políticos em geral, e aos políticos em particular, mas eles são absolutamente necessários enquanto não se indicar outro caminho mais próspero e seguro. O discurso da Marina Silva contribui para DESPOLITIZAÇÃO da sociedade. É ALIENANTE porque procura passar uma borracha de forma a apagar os diferentes interesses de classe de uma sociedade tão complexa como a nossa. Menospreza a importância dos partidos na organização da vida política. E, obviamente, vai ao encontro daqueles que julgam que se pode governar acima e além dos partidos. É do jogo! Ela tem o direito de se apresentar assim. Mas nem ela, nem seus seguidores podem ficar livres da crítica quando se está em disputa o cargo mais importante deste país, o de Presidente da República. E o destino e as vidas de mais 200 milhões de cidadãos da 7ª economia do Mundo e a maior da América Latina. Vamos ao debate! E vamos explorar as contradições e as inconsistências de seu discurso VAZIO, e de seus planos e propostas de governo MIRABOLANTES, recentemente apresentados, e que representam SIM um RETROCESSO em diversas áreas, sejam na economia, na política e nas relações sociais. E somente não vê isso quem é muito tacanho ou muito IRRESPONSÁVEL com os destinos deste país que deixaremos para nossas futuras gerações. Não se OMITA! Ou você quer viver um flashback? Então, vamos lá! Eram Tempos de Cólera! Foi quando se elegeu um "aventureiro desconhecido" e “provinciano” de uma família tradicional das Alagoas. Assim como hoje, também contava com direito a apoio da “mídia tradicional”, Rede Globo à frente da manipulação de corações e mentes, e capa da revista Veja, sem base política sólida e com o mesmo discurso MORALISTA vazio de agora para evitar uma vitória do PT. Dizia-se que ele seria um “Caçador de Marajás” e acabaria com TODOS os corruptos, por mais ridículo que isso possa parecer nos dias de hoje. Portanto, já vimos um FILME parecido com esse antes, e ele não terminou nada bem. Deu no que deu: confisco de poupança, crise econômica, crise política e impeachment. Nesta ordem! Ah, registre-se também que ocorreram alguns casos de suicídio porque alguns comerciantes com o confisco de suas economias foram à ruína e o dinheiro depositado perdeu valor. Collor e seu nanico e extinto PRN(Partido da Reconstrução Nacional), PC Farias e a Zélia Cardoso de Mello que o digam! Lembram? Sem novas “aventuras” ou “saltos no escuro”, por favor! Ok? Sou mais Dilma para o Brasil seguir mudando com segurança, justiça social e distribuição de renda!

    • EduNeto Postado em 02/Sep/2014 às 09:11

      Comentário bonitinho... agora comente "para o Brasil seguir mudando com segurança, justiça social e distribuição de renda": Mudando para pior? Segurança aonde? Justiça social como a que o garoto Bernardo teve? E a distribuição de renda pelos programas de bolsa isso, bolsa aquilo?

    • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 09:23

      Onda Vermelha, a Marina é uma linda que vai levar o Brasil para frente! Chega de Vermelho, esta cor nem ta na nossa bandeira! O vermelho é ruim e corrupto!

      • Maria Aparecida Postado em 02/Sep/2014 às 11:17

        Sr. Rafael, o senhor precisa não ver os debates, mas sim, pelo menos assisti-los! Neste debate do SBT ficou claro a falta de consistência da candidata Marina! Se as pessoas estão com intenção de votar nela é por que a conhecem pela imagem que ela criou quando estava no PT a frente do ministério do meio ambiente! A máscara dela já caiu! Ela fala em abandonar o pré-sal! Por trás da campanha dela está uma herdeira do Banco Itaú! Quer dar autonomia ao Banco Central para cobrar os juros que quiser! Se tivermos uma presidente como esta tal Marina, correremos o risco de perder a Petrobrás! Fico só imaginando a privatização da Petrobrás, vamos ter que engolir os gringos explorando nosso petróleo! Ela fala em liberar as terceirizações! Terceirização é sinônimo de corrupção e exploração do trabalho!... A tal Marina teve até que admitir que seu programa de governo se assemelha muito com o programa do PSDB!!! Afinal que mudança é essa!!! Peço a todos um pouco mais de esforço para reconhecer que Dilma foi muito bem no debate! A Dilma soube colocar os feitos de seu governo. Cconcordo que em oratória ela fica a desejar, mas desde quando um bom governo é feito de oratória!!! Um abraço!

    • fernando Postado em 02/Sep/2014 às 09:38

      e os ptralhas q mamam no estado vao a loucura...

      • poliana Postado em 04/Sep/2014 às 12:28

        os petralhas q mamam no estado??? o q vc me diz da filha de fernando henrique cardoso q há bem pouco tempo era funcionária fantasma no gabinete do senador democrata heráclito fortes, lá em bsb??? e vc vem dizer q são os petralhas q mamam no estado??? me diz quem é o sangue suga nessa!!! hipócrita!

  10. Repik Postado em 02/Sep/2014 às 05:20

    É muito divertido ver essa tucanada votando em peso na Marina apenas no intuito de tirar o PT do governo. Isso demonstra claramente o despreparo e o quanto são movidos unicamente pelo ódio e a desinformação. Se fosse o Pastor Everaldo na condição, iriam todos na missa no final de semana??? Aécio se foi, bye bye, e a Dilma ainda terá mais 40 dias do segundo turno para desmanchar essa ilusão chamada Marina, tempo esse que Aécio não dispõe. Na verdade o cara que vota apenas no contra, demonstra claramente que não tem princípios, que não defende idéias e que topa qualquer parada, mesmo que essa venha prejudicar o Brasil. Mas ver a elite dançar antes do primeiro turno e ainda correr em massa para apoiar a Marina, que é muito, mas muito mais radical e de esquerda que o PT, está muto divertido e mostra que os valores desses simplesmente não existem, não passam de marionetes na mão da mídia!!!

    • Rafael Postado em 02/Sep/2014 às 09:25

      A Marina vai crescer e vai ganhar notoriedade em todos os estados! A mudança já tem um rosto e vejo um futuro brilhante na Gestão da Marina! Esta sim vai mudar o Brasil!

      • Maria Aparecida Postado em 02/Sep/2014 às 11:18

        Sr. Rafael, o senhor precisa não ver os debates, mas sim, pelo menos assisti-los! Neste debate do SBT ficou claro a falta de consistência da candidata Marina! Se as pessoas estão com intenção de votar nela é por que a conhecem pela imagem que ela criou quando estava no PT a frente do ministério do meio ambiente! A máscara dela já caiu! Ela fala em abandonar o pré-sal! Por trás da campanha dela está uma herdeira do Banco Itaú! Quer dar autonomia ao Banco Central para cobrar os juros que quiser! Se tivermos uma presidente como esta tal Marina, correremos o risco de perder a Petrobrás! Fico só imaginando a privatização da Petrobrás, vamos ter que engolir os gringos explorando nosso petróleo! Ela fala em liberar as terceirizações! Terceirização é sinônimo de corrupção e exploração do trabalho!... A tal Marina teve até que admitir que seu programa de governo se assemelha muito com o programa do PSDB!!! Afinal que mudança é essa!!! Peço a todos um pouco mais de esforço para reconhecer que Dilma foi muito bem no debate! A Dilma soube colocar os feitos de seu governo. Cconcordo que em oratória ela fica a desejar, mas desde quando um bom governo é feito de oratória!!! Um abraço!

  11. Frederico Postado em 02/Sep/2014 às 05:54

    Assistir ao debate de ontem à noite me convenceu ainda mais de como que alguns dos nossos Políticos (não vamos generalizar, claro!) e, por extensão, seus Partidos, estão nivelados e nivelando nossa Política por baixo. E, pra variar, o cerne do encontro, ou seja, a apresentação clara e definida de propostas potencialmente e economicamente viáveis para a melhoria do atual modo de vida da maioria dos Brasileiros; a exposição de projetos de longo prazo visando fortalecer a economia interna, ações buscando interação com outras nações visando o aumento da participação do País em outros blocos de comércio mundiais, dentre vários outros temas, novamente foi deixado de lado. Percebi que os Jornalistas escalados para fazer as perguntas aleatórias aos Presidenciáveis praticamente polarizaram o debate entre Dilma e Marina. Essas são as minhas considerações à respeito do debate: - Dilma Rousseff bem que tentou se manter firme perante a quantidade de tiros já sabida por ela de antemão que sofreria por parte dos demais candidatos, mas é visível que ela ainda se sente incomodada quando precisa responder à uma pergunta direta antecedida de uma represália. Considerando que o Brasil inteiro a estava assistindo e da importância de suas respostas serem coerentes até vá lá, mas parece que o tempo que ocupa o cargo ainda não a calejou o suficiente para esse tipo de situação. Prendeu-se o máximo possível aos resultados de seus programas sociais, mas ficou a sensação de que não tem força por si só para se sustentar diante de um debate um à um em um possível segundo turno. E a gagueira só piorou a situação... - Marina Silva, infelizmente, expôs mais uma vez a fragilidade de seu programa de governo. Dando respostas em sua maioria evasivas e que fugiam da questão pretendida, mostrou que ainda aparenta ser crua para um cargo tão exigido, o que reforça a tese de muitos de que ela seria apenas mais um fantoche da mídia, dos empresários e de seu próprio partido em se tratando de liderar o país, uma vez que poderia sucumbir às idéias e orientações dessas lideranças. Os recentes episódios envolvendo o Malafaia, sua suposta admiração por parte das classes dominantes e sua terrível tendência à repensar suas convicções em prol de terceiros aumentam sua incredibilidade, justamente em um momento tão delicado da campanha. - Aécio Neves, junto com Eduardo Jorge, à meu ver, foi o que mais tentou passar, apesar das críticas feitas e sofridas, uma imagem serena e focada em futuras realizações, e é o que ele tinha que fazer mesmo, já que sabia porventura que o debate seria centrado em Dilma e Marina. Ficou visível para mim ali a representação dos governos anteriores do PSDB, com sua calmaria antes da tempestade. - Eduardo Jorge, apesar de não ter nada à ver com os outros, demonstrou ter bom conhecimento de causa e mostrou-se focado em propor soluções para os problemas do país, até que enfim! A pouca quantidade de perguntas feitas e a rapidez das respostas o impediram visivelmente de ir mais fundo nas questões e expor na totalidade seus projetos, mas ficou evidenciado que seu programa de governo é consistente. - Luciana Genro, ao menos para mim, óbvio, mostrou como que a nossa esquerda por vezes pode se afogar em sua própria piscina. Parecia perdida em várias réplicas ao sempre recorrer à um mesmo assunto para utilizar como prova da falência do atual sistema de governo e raramente apresentava propostas firmes para melhorá-lo, preferindo ironizar os programas de governo dos demais candidatos. Ao menos para mim não passou uma boa imagem. - Levy Fidelix Também mostrou, assim como Eduardo Jorge, idéias consistentes, embora um tanto quanto vagas. Apresentou propostas viáveis e que até podem ter futuro, desde que consiga dobrar a elite direitista primeiro. E ele precisa se acalmar com a rapaziada do jornalismo senão o cara, se eleito, vai ter um infarto quando receber a faixa de Presidente... No geral a impressão que fica é a de que novamente não temos opções de voto fortes. Direita e esquerda se digladiam como em uma batalha vietnamita onde, no final, sobram mais cadáveres do que conquistas.Torçamos para que o predestinado seja um bom timoneiro e saiba guiar o barco em meio às tempestades, pois elas estão vindo em ritmo acelerado.

  12. Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 07:57

    Cada dia que passa a Marina Silva está mais BLÁ BLÁ BLÁRINA!!!!!!!!!! Cheguei a dormir no debate do jornal da Noite. Se bem que o Waak não estava entrevistando, e sim querendo constranger a Blá Blá de toda forma. Ridículo.

  13. Xenilson Postado em 02/Sep/2014 às 09:32

    Companheiros, A verdade é que Dilma pode dar as melhores informações possiveis que os antipetistas não votarão nela, pois o que existe hoje, é o voto do odio e não da civilidade politica. Eu particularmente acho que das duas uma. Ou, o PT já tem pesquisa interna em que retrata uma boa segurança em relação a intenção de votos na Dilma, ou a coordenação da campanha vá buscar rapidamente um novo fato politico para conseguirmos vencer esta eleição ainda no 1 turno. Acretido que o grande fato politico seria o retorno de Lula como candidato a Presidente nesta eleição. Alguem precisa dizer ao PT, que o que esta em jogo é um projeto de Governo e não projeto pessoal.

  14. Antonio Carlos Bueno Postado em 02/Sep/2014 às 10:05

    -Culpam o Governo Dilma (PT) por todas as mazelas que ocorrem e pelas dificuldades enfrentadas pelo Brasil, mas é preciso entender que os problemas estão "mais embaixo", é preciso saber separar o que é dever dos Poderes Executivo (Presidente, Governadores e Prefeitos-inclusive Ministros, Secretários estaduais e municipais); Legislativo (Senadores, Deputados federais e estaduais, vereadores); e Judiciário (Juízes, desembargadores e Ministros do STF) e atribuir a cada um deles as respectivas responsabilidades pelos desmandos, desvios de verbas e corrupção, assim com é preciso também reconhecer o que cada um deles realiza de bom em seus mandatos. Chega de demagogia e boatos inverídicos para iludir o povo brasileiro. Acorda, eleitor!

    • Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 17:01

      Antônio o que você abordou é evidente para alguns, mas a tentativa desesperada da oposição (e da mídia nativa) de impedir uma quarta vitória consecutiva do PT não nos dá trégua, nem contribui para os esclarecimento do cidadão. Se você for daqueles que como eu assiste de forma crítica os jornais da Rede Globo verá que a emissora, através de seus repórteres postados em campo, quase toda semana tentam incutir na mente do telespectador que TODOS os problemas, sejam eles de saúde, educação, transporte, segurança, etc são culpa do Governo Federal, mesmo quando sabemos que as competências e responsabilidades de cada ente federativo são distintas. Acho que isso explica, em parte, essa insatisfação generalizada e difusa com o Governo Federal. E isso nunca foi exigido de FHC e da oposição enquanto estiveram no poder. Uma pena!

  15. José Ferreira Postado em 02/Sep/2014 às 10:44

    Nem dá para argumentar aqui, pois a maioria dos comentários são de apoiadores do Petê. São mais torcedores do que eleitores.

    • Robson Lopes Postado em 02/Sep/2014 às 12:08

      Caramba, é mesmo né, valeu pelo aviso!

    • Onda Vermelha Postado em 02/Sep/2014 às 17:03

      Acho que o que te falta mesmo é o essencial: argumentos! Não? Afinal, o espaço é livre!

  16. Guilhermo Postado em 02/Sep/2014 às 11:37

    A melhor parte é quando os "candidatos pequenos" esculhambam os "grandes"! Luciana Genro tocando o terror em Dilma, Aécio e Marina é lindo de ver. O Pastor Everaldo respondendo clichês sobre segurança pública quando foi perguntado sobre saneamento me fez rir.

  17. Robson Lopes Postado em 02/Sep/2014 às 12:07

    O melhor do debate foi essa fala do Aécio: "A senhora certamente concordará comigo que o Brasil de hoje é um Brasil melhor do que era há quinze ou vinte anos atrás, e este Brasil veio sendo construído com a responsabilidade e o trabalho de vários homens públicos e de vários partidos”. Ato falho?

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 14:13

      Acho que o PSDB se defende de maneira errada, tanto é que ele se atrapalhou no debate. O PSDB tinha que dizer que faz parte da melhoria do desenvolvimento do pais pois governa São Paulo, Goiás, Paraná, Minas, Pará, Alagoas, fora as prefeituras. Ao meu ver quase todos os candidatos estão muito mal assessorados, as bolas quicam na frente deles e o apagão de ideias se sobressaem!

    • Thiago Teixeira Postado em 02/Sep/2014 às 14:21

      E tem mais, outro trunfo do PSDB que eles não sabem ou não utilizam, o estado de Goiás, sob o governo de Marconi Perillo, foi o primeiro a implementar um cartão magnético de benefícios a famílias carente, e há discursos do próprio presidente Lula enaltecendo o trabalho do tucano: https://www.youtube.com/watch?v=BfzvHMgknjY

  18. Onda Vermelha Postado em 03/Sep/2014 às 01:25

    Pra aqueles que não viram! O SÉTIMO programa da Dilma exibido à noite, é e-x-c-e-l-e-n-t-e! Aqui são apresentados os melhores momentos do debate do SBT. Além de ter vencido o debate durante a transmissão ao vivo, Dilma vence na repercussão do debate, o que é visto por muito mais gente. E, finalmente, o programa investe no esclarecimento da população a respeito das inconsistências e fragilidades das “promessas” de campanha da candidata Marina Silva que são irrealizáveis e não tem lastro na realidade. Todas as “promessas” dela somadas chegam R$ 140 bilhões de despesa e ela NÃO explica da onde sairão esses recursos! Repare como Dilma trava o bom debate político, sem ataques, sem baixarias, sobre temas como a nefasta independência do Banco Central, sobre não fazer demagogia com promessas incompatíveis com o plano de arrocho de Marina na economia, saber aproveitar a riqueza do pré-sal que a Marina torce o nariz, e ter a governabilidade como um dever que precisa ser cumprido para honrar o mandato dado pelo povo fazendo as transformações necessárias ao Brasil. Veja em http://www.youtube.com/watch?v=J_5qM_yXXLI