Redação Pragmatismo
Compartilhar
Mulheres violadas 05/Sep/2014 às 19:00
47
Comentários

Dez opiniões chocantes sobre estupro

Uma em cada dez jovens foi vítima de estupro ou violação até os 20 anos. Ainda há quem pense que a culpa pelo estupro é da mulher

mulher estupro medo

Cerca de 120 milhões de mulheres jovens em todo o mundo, o equivalente a uma em cada dez, foi vítima de estupro ou violação até os 20 anos, segundo relatório divulgado nesta sexta-feira (5) pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Em estudo global sobre a violência contra crianças, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostra que um quinto das vítimas de homicídio são crianças ou adolescentes com menos de 20 anos.

O homicídio é a principal causa de morte em rapazes e em jovens com idade entre 10 e 19 anos nos países da América Latina, incluindo a Venezuela, a Colômbia, o Panamá e o Brasil.

O Unicef diz que o estudo Escondido à Vista (Hidden in plain sight) é o maior trabalho realizado sobre violência contra crianças e foi baseado em dados de 190 países.

“Esses são fatos desconfortáveis, nenhum governo ou pai vai querer vê-los”, disse o diretor executivo da instituição, Anthony Lake. “Mas se não enfrentarmos a realidade que cada estatística representa – a vida de uma criança que tem direito à segurança, a uma infância protegida e que foi violada – nunca deixaremos de pensar que a violência contra as crianças é normal e permissível. E não é”, acrescentou.

Outro abuso é o bullying, que afeta uma em cada três crianças com idade entre 13 e 15 anos.

O estudo revela ainda que 17% dos jovens em 58 países foram vítimas de punições físicas severas e de forma repetida.

Como prevenção da violência contra crianças, o levantamento recomenda que se fomente o apoio aos pais e às crianças com competências para a vida, uma mudança de atitudes e comportamentos, o fortalecimento do sistema judicial e uma consciencialização para a violência e os custos humanos e socioeconômicos que ela acarreta. Mudanças de atitudes e de legislação são outras sugestões.

Abaixo, 10 opiniões chocantes sobre o estupro:

estupro1

“Tem mulheres que pedem”. Para essa jovem, o uso de roupas curtas justifica um estupro

estupro2

“A mulher tem culpa sim”. Essa outra internauta acredita que andar de roupas curtas é semelhante a “sentar nua em cima do cara”

estupro3

Mulheres ~estuprando~ o segurança do metrô. Esse rapaz diz que mulheres atacadas por usarem roupas curtas não podem reclamar. “Não vem falar que são vítimas inocentes as mulheres que se vestem assim porque não são”

estupro4

“Coma-me por favor”. É comum a opinião de que o uso de roupas curtas (“a ocasião”) está diretamente relacionado às ocorrências de estupro (“faz o ladrão”). Uma usuária do Facebook diz que algumas mulheres usam o modelito “coma-me por favor”

estupro5

Roupa curta não é causa, mas “provocação”. Uma internauta levou quase 100 curtidas ao descrever o traje de mulheres que, segundo ela, vão “atiçar mais esses vagabundos”, em referência a estupradores. Para ela, é uma provocação aos homens, ainda que não seja a causa dos abusos sexuais

estupro6

“Até pais de famílias leais”. Um internauta comenta que mulheres com bermudas “atoladas” provocam o “interesse até mesmo em pais de família leais”

estupro7

“Tá cheio de tarado por aí”. Para essa mulher, como há muitos “tarados por aí”, as mulheres deveriam vestir uma calça ou aumentar o tamanho da saia

estupro8

“Quem ousa demais acaba mexendo com esse instinto”. Para esse senhor, se a mulher “ousar” nas vestimentas, ela se sujeita ao “instinto” de possíveis estupradores. Por isso, ela deve aguentar as consequências, segundo ele

estupro9

Os estupradores curtem. Esse jovem desqualifica o protesto #EuNãoMereçoSerEstuprada

estupro10

“Incompetência em compreender as fraquezas do sexo oposto”. Esse usuário do Face diz que o protesto contra a cultura machista, que justificou os números do Ipea, ignora algo bastante importante: “as fraquezas do outro lado, do sexo oposto”. Fraquezas…

Brasilpost

Recomendados para você

Comentários

  1. Daniel Postado em 05/Sep/2014 às 19:22

    Faltou o "Se convidou ele para o quarto é pq queria", não é Karina BB?

    • Jonas Schlesinger Postado em 05/Sep/2014 às 20:03

      Kkkkkk coitada teve um súbito...

  2. poliana Postado em 05/Sep/2014 às 19:30

    mais chocante ainda é ouvir opiniões de cunho altamente machistas vindas das próprias mulheres! ouvir uma mulher dizer q a culpa pelo estupro é da própria vítima pq ela usou roupas curtas é algo insuportável, chocante, desprezível, cruel, mesquinho e desumano! realmente, eu n sei nem o q pensar de uma mulher q pensa dessa forma.

    • walter garcia Postado em 07/Sep/2014 às 17:03

      concordo com você nada é motivo para essa violência contra as mulheres devemos é sempre respeita-las pois todos temos mãe que é uma mulher

    • raphael_subversivo Postado em 08/Sep/2014 às 07:59

      Pra mim, dizer uma atrocidade dessa deveria ser crime, apologia ao estupro, misoginia, não é possível aceitarmos esses posicionamentos como simples livre opinião.

    • eu daqui Postado em 12/Sep/2014 às 13:10

      Pelo menos se atreveram a pensar algo, ainda que criminoso. Pior as que não pensam nada e ainda não querem que ninguem pense........

  3. Thiago Teixeira Postado em 05/Sep/2014 às 19:44

    Nossa, que comunidade é essa? Coxinhas anônimos? Somando o conteúdo intelectual acho que não dá o segundo ano do ensino fundamental.

  4. Roberto Oliveira Postado em 06/Sep/2014 às 03:07

    Digo sempre, estupro é um crime em boa parte de oportunidade e estimulado pela crença na impunidade. Instinto é o caramba! O engraçado é que esse instinto, tão irresistível, só se manifesta quando o criminoso consegue levar ou a vítima já está num local sem testemunhas, exceto em locais em que estão todos ou apoiando o ato, e/ou intoxicados. Quem por acaso já ouviu falar de um homem que encostasse um dedo numa passista escultural, vestida apenas com tintas e um "cache-sexe" adesivo, numa concentração de Escola de Samba, quando ela está cercada de seguranças e de atentos participantes da Escola?? Engraçado, aí não tem instinto, todo mundo se controla, quando sabe que a punição, inclusive física, doa homens que a protegem, virá na hora! Interessante esse instinto com hora e local para ser "incontrolável"! Não tem nada disso, quem culpa a vítima deveria ser acusado de apologia ao crime, isso sim, ou já ser preso pelos ainda não tipificados "crimes" de burrice, má-fé, mesquinharia (porque não foi com parente sua, quando a opinião mudaria rapidinho), sexismo e mau caratismo generalizado e desavergonhado. A mulher tem o direito de estar vestida COMO QUISER, nenhum tipo de roupa tirará dela o direito à liberdade de ir e vir, à integridade corporal, a não ser agredida física e psicologicamente de formas que para quem nunca passou por isso são inimagináveis. Vítima é vítima, estuprador é criminoso, e quem culpa uma vítima deste crime demonstra uma falta de humanidade, decência e empatia que beiram a psicopatia. Mas nada que cobri-los da vergonha do que dizem e falam não possa, quando mais pessoas o fizerem, resolver. Condenação social pra estas pessoa de má índole.

    • Andréia Postado em 09/Sep/2014 às 17:21

      Falou tudo. E tb como se só as mulheres jovens e bonitas fossem estupradas. E as idosas, as crianças? Elas tb provocam?

  5. Luiz Souza Postado em 06/Sep/2014 às 12:01

    Quem sugere promiscuidade até em vacinação não deve conseguir conter-se vendo a Shererazade na praia.

  6. beatriz Postado em 07/Sep/2014 às 00:10

    Gente estupro n é por causa de roupas pq eu estava de calça de dormi. E fui estuprada

  7. Thiago Teixeira Postado em 07/Sep/2014 às 11:32

    Acabou de acabar (rsrs) o desfile de 7 de setembro em Brasília. Coisa linda, maravilhosa, ver e conhecer nossos brasileiros e brasileiras (nunca vi tanto contingente feminino num desfile) das forças armadas. O público, nota 10, nem coxinhas e nem esquerdistas chatos que diminuem o dia da independência mas estão lá no circo da Fórmula 1 enaltecendo os gringos. Não sei quem difundiu que patriotismo é coisa exclusivamente da Direita e que o verdadeiro esquerdistas deve urinar no símbolo nacional.

  8. Leandro Rodrigues Postado em 07/Sep/2014 às 12:19

    Se essas opiniões partissem somente dos homens acho que seria mais fácil combater,mas não é.As próprias mulheres oprimem as vítimas.Ao invés de tentar mudar essa visão de sociedade,as pessoas preferem obrigar a vítima a se adequar à moralidade retrógrada,é lamentável.

  9. walter garcia Postado em 07/Sep/2014 às 16:58

    o estuprador deveria ser castrado pois todos temos o direito de nos vestir como achamos melhor sou homem e tenho certeza que o sexo forçado deve ser traumático para as vitimas .quem acha que a mulher por querer vestir mais a vontade em um pais tropical não ficaria triste se alguem da sua familia fosse o alvo dessa violência

  10. Ives Silva Postado em 07/Sep/2014 às 18:32

    Fica claro para mim que a mulher estuprada leva fama de vadia. Não importa se na hora do estupro ela estava voltando do trabalho de calça jeans e blazer. Vão dizer que ela estava de mini saia, sem calcinha, dançado a boquinha da garrafa no meio da rua.

  11. André Anlub Postado em 07/Sep/2014 às 19:19

    Imaginando que o argumento da roupa curta, mostrando o corpo, tivesse algum fundamento... Haveriam centenas de casos de dois ou mais bissexuais bombados currando os homens que andam de sunga e sem camisa na rua!

    • raphael_subversivo Postado em 08/Sep/2014 às 08:01

      Ou não existiria estupro nem violência sexual no Oriente Médio, Índia....pra mim esses comentários são puro sadismo de pessoas perturbadas

    • Felipe Peters Berchielli Postado em 08/Sep/2014 às 11:47

      Esse argumento da roupa curta não faz sentido. Digamos que um homem passe na rua e veja uma moça de roupas curtissimas,digamos que de fato isso meche com um homem,mas esse homem não tem auto-controle,Se não consegue se controlar em uma situação simples então de fato não pode viver em sociedade.

      • raphael_subversivo Postado em 08/Sep/2014 às 12:05

        Perfeito Felipe, se o homem vai agir feito um animal doente e perturbado, isso prova no MINIMO, que ele não tem a menor condição de viver numa sociedade minimamente civilizada. E quem aceita esse comportamento como justificavel pela vitima é porque sofre de iguais problemas mentais.

  12. Fozzy Postado em 07/Sep/2014 às 19:50

    André Anlub Disse tudo!! Argumento insuperável!!

  13. Mariana Postado em 07/Sep/2014 às 21:28

    É a mesma coisa de uma mulher justificar um assassinato dizendo: ah eu tava na tpm e ele tava me irritando, fazer o que né?! ativou meus instintos

  14. Internauta Postado em 07/Sep/2014 às 21:31

    Pior do que ver alguém proferindo tamanhos absurdos, é olhar os likes e ver que existem pessoas que concordam com tamanha estupidez, a ignorância é realmente um mal da humanidade.

  15. Jonas Schlesinger Postado em 07/Sep/2014 às 22:15

    Eu não culpo a vítima. Hoje esses incidentes ocorrem pelo acaso quando a pessoa tá no lugar errado na hora errado. Não interessa se a mulher tá de saião até o tornozelo ou de fio dental no meio da rua, se tiver um estuprador ali vai estuprar. Não importa a cor, estatura, religião... se tiver uma vagina tá valendo para essa escória.

  16. Jonas Schlesinger Postado em 07/Sep/2014 às 22:19

    "Tá cheio de tarados por aí" sim está e caberá somente a pessoa que roupa usar, com quem se associar, que local frequentar. Vai no bom senso da mulher se ela acha ou não vantajoso para si própria tomar medidas de precaução.

  17. Fabianni Postado em 08/Sep/2014 às 00:44

    De todos, o que mais me incomodou foi o que disse que quem provoca deve aguentar as consequências? Essa pessoa parou, em algum momento, para pensar de que consequências estamos falando? Do tipo: consequências que destroem a vida de qualquer ser humano de maneira permanente... Consequências que fazem com que muitas prefiram morrer do que passar por algo semelhante... Do tipo que acabam com a integridade física e psíquica, além de ser uma das piores humilhações a que alguém possa se submeter... Então não é possível que a pessoa tenha pensado antes de escrever isso.

  18. fernanda Postado em 08/Sep/2014 às 01:18

    Infelizmente os argumentos acima não tem fundamento algum. Mas uma mentira dita mil vezes se torna "verdade", então eles continuam sendo propagados.

  19. Rodrigo Postado em 08/Sep/2014 às 02:07

    Mesmo que ela estivesse nua na rua dançando a boquinha da garrafa, ninguem teria o direito de violentá-la.

  20. Rodrigo Postado em 08/Sep/2014 às 02:27

    Ninguém e nada da o direito de violar o corpo de uma mulher e/ou pessoa. Jonas Schlesinger, vc está justificando o estupro e isso é grave. VOCÊ E TODAS AS PESSOAS QUE USAM TAIS ARGUMENTOS.

    • Jonas Schlesinger Postado em 10/Sep/2014 às 00:31

      Rodrigo entenda. EU FALEI QUE É DA RESPONSABILIDADE DA DONZELA SAIR COM UMA ROUPA MAIS CURTA OU NÃO. SE ELA ANDAR PELADA OU EMPACOTADA É DECISÃO DELA E SÓ CABE A ELA DECIDIR SE TOMARÁ ALGUMAS PRECAUÇÕES. SABE PQ? PORQUE NÃO EXISTE MUNDO PERFEITO QUE TODOS RESPEITAM TODOS. É PERIGOSO SAIR NAS RUAS HOJE EM DIA PORQUE JUSTAMENTE ESTA UTOPIA DE QUE O ESTUPRADOR NÃO TEM DIREITO DE ESTUPRAR. ORA, ELE É A ESCÓRIA, O BANDIDO, O MARGINAL, ELE NÃO VAI TER ESSE MESMO CONCEITO SEU. ENTENDEU? E DISSE QUE A CULPA NÃO É DA VÍTIMA. LEIA MEUS COMENTÁRIOS ANTES DE DISTRIBUIR BOSTA GRATUITAMENTE! (Capslock Off)

  21. Regina Postado em 08/Sep/2014 às 03:58

    Não tenho link fácil pra pesquisa aqui (realizada nos EUA eu acho) mas a maioria das vítimas de estupro são crianças e os abusadores são pessoas próximas da família ou de dentro dela mesma. Essas pessoas imbecis acham q estupradores são sempre caras enormes e peludos q saltam detrás de uma moita pra pegar as "vadias" pq elas incitaram a libido deles. Se toquem. O turn-on de estupradores é a vulnerabilidade física e emocional da vítima, n o tamanho do decote.

  22. raphael_subversivo Postado em 08/Sep/2014 às 07:58

    Fazia tempo que eu não via esse tipo de opinião tão ridicula e nojenta, pelos Deuses, ainda existe gente, e o pior, MULHERES, que culpam a vitima do estupro? como uma pessoa com as faculdades mentais preservadas pode querer justificar um crime hediondo desse, cometido por um ser perturbado e doentio, com a vestimenta da mulher? ta bom, pq se o cara é estuprador mas a mulher estiver de burca, ele não vai violenta-la? por isso as taxas de violencia sexual no Oriente são tão esdruxulas de altas? pq burca previne estupro? isso é a coisa mais ridícula que um humano pode pensar e na moral, só de dizer isso deveria ser crime, isso é apologia ao estupro, deveria ser equiparado à pratica de racismo legitimar isso, se vc legitimar violência contra um judeu ou negro da cjaula, que se faça justiça com as mulheres.

  23. Maurício Ruiz Postado em 08/Sep/2014 às 07:58

    Dizem que: O que difere o ser humano dos animais é a capacidade de pensar. Pergunto: Será mesmo? Ninguém tem o direito de forçar outra pessoa a ter relações,independente se ela estiver pelada, vestida, de batina e etc...

  24. Nora Almeida Postado em 08/Sep/2014 às 09:19

    Jonas, estupro não é "incidente", é crime!!!

    • eu daqui Postado em 10/Sep/2014 às 12:59

      E quaqueur incentivo ou apologia ao crime também é crime !

  25. eu daqui Postado em 08/Sep/2014 às 11:35

    Teocracias naziislamicas a gente vê por aqui. Agora falem mal dos árabes.

  26. Marcos Vinicius Postado em 08/Sep/2014 às 12:09

    NUNCA que irei respeitar essas "opiniões"! Não passam de esgoto à céu aberto.

  27. Lari Postado em 08/Sep/2014 às 15:23

    "Fraquezas" do sexo oposto Só se forem as de caráter...

  28. Cristiane Carvalho Postado em 08/Sep/2014 às 15:46

    Não sai da minha cabeça uma adolescente que estava de blusa de moletom de touca, calça jeans e mochila nas costas, como mostraram as câmeras que flagraram o estuprador passando com ela a caminho de onde seria o local do estupro.

  29. Sabrina Postado em 08/Sep/2014 às 17:02

    Só queria lembrar aqui que mulheres não podem ser consideradas machistas; apenas repercutem valores e comportamentos que aprenderam como válidos, mas continuam sendo vítimas. A única possibilidade de mudança acredito que vem da educação, quando conseguirmos educar nossos filhos aprendendo a respeitar o corpo e as liberdades individuais alheias.

    • raphael_subversivo Postado em 09/Sep/2014 às 07:54

      Discordo, podem ser consideradas sim, tem mulher que defende com mais afinco que qualquer homem que já vi os valores do patriarcado, sendo estupidez isso vindo de uma mulher ou não, acreditar, defender e propagar machismo é ser machista.

      • eu daqui Postado em 09/Sep/2014 às 13:28

        E criminoso também. Incentivo e/ou apologia do crime também é crime.

  30. Jonas Schlesinger Postado em 08/Sep/2014 às 18:25

    Porra apagaram meu comentário. Só porque eu disse que tem mulher que estupra homem XD

    • eu daqui Postado em 09/Sep/2014 às 13:28

      Não há nenhuma impossibilidade nisso.............

  31. Daiane C. Postado em 08/Sep/2014 às 20:36

    Comentários machistas feitos por mulheres?! Que país é esse?! Daqui a pouco tais pessoas vão exigir o q é exigido em alguns países da Ásia, o testemunho de 4 homens para comprovar o estupro.

  32. Bruna Postado em 10/Sep/2014 às 00:38

    A falha está na impunidade. Mulheres podem ser estupradas indiferentemente das roupas que estejam usando. O problema é que as pessoas pensam que devem ser oito ou oitenta. Se a guria sai na rua com uma roupa indecente, não significa que ela deva ou que alguém tenha permissão para estuprá-la, mas também não significa que ela está certa em andar com tanta ousadia na rua. É como você andar com um smartphone carésimo na rua e esperar não ser assaltado. Pode acontecer se você "der mole" por aí. É um absurdo alguém roubar o que é teu? É. É absurdo estuprar seja quem for? É também. Mas já que a falha vem de cima, de uma deficiência na maneira de punir seja o ladrão ou o estuprador, é melhor evitar. Infelizmente, é essa a sociedade qual vivemos, e pra isso se resolver, o acerto tem que ser com o sistema.

  33. Fabio Burch Salvador Postado em 11/Sep/2014 às 11:13

    Isso tudo é a maior babaquice do mundo. É o tipo de discurso que me soa PRECONCEITUOSO CONTRA OS HOMENS e eu, como homem, vejo nesse discurso algo como "olha, os homens são animais sem controle, então, se a mulher usa roupas provocantes, esse bicho, essa besta enfurecida, não tem como se controlar". Dizer que o "homem não se controla quando esfregam a buceta nele" é um preconceito e uma rotulação tão ofensiva quanto dizer que "índio não controla a preguiça", ou outra afirmações do tipo. Aliás, esse tipo de discurso reforça o discurso FEMINISTA (no mau sentido da palavra) por trás de leis que consideram o homem um AGRESSOR NATURAL: ele é o lado "sem controle" do conflito. Ridículo. Eu fui professor em uma escola profissionalizante e uma vez uma aluna (loirinha, bonitinha) literalmente saltou no meu colo. Não, não "comi". Eu já era casado e continuo sendo, com a mesma mulher. E olhem que, no meu caso, se eu tivesse feito algum coisa, ainda assim seria consensual, pois ela era maior de idade!

    • raphael_subversivo Postado em 11/Sep/2014 às 12:06

      Então, esse não é o discurso feminista, vc vai ver algumas mulheres com ideias radicais aos quais chamamos de FEMISTAS que, de fato, tratam todos os homens como estupradores por natureza. Isso é um erro, uma desonestidade, uma generalização e sim, também me sinto profundamente ofendido. Mas, não, não é discurso feminista tratar o homem como uma besta-fera, e não, não é um preconceito também pq uma pequeníssima parcela de pessoas pensam assim, é fruto de um mundo extremamente violento com a mulher que, por consequencia, produz esses tipos de pensamento equivocados, que partem de uma revolta legitima, mas perdem validade por serem fantasiosos. Mas meu camarada não confunda essas fanaticas que deliram com a causa feminista, eu sei, é dificil separa-las pq todas essas se intitulam feministas, mas por exemplo aquele grupo Femen, que apoia os nazistas da Ucrania, uma das lideres esses tempos publicou que deveria abortar qualquer bebe que fosse homem, isso dai é doentio, não ideologico.